Virando Homem (Broda, 20)

Página 36 de 36 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alguns dias depois...

Mensagem  Broda em 12/5/2017, 22:55

Aaaaahhh, nada melhor do que retornar ao meu diário logo após uma polução noturna! (É ISSO MESMO QUE VOCÊ LEU!)

E então Brozada, como é que vai essa força? Resistindo a tudo e à todas?

Bom, eu tô nesse esquema também. Vou relatar um pouquinho como foram os últimos dias.

A entrada no estágio (Parte I)

Na terça eu tinha decidido que não iria começar no meu estágio na quarta. Tava me sentindo muito mal ainda, tossindo pra dedéu, todo ferrado e tal, tinha decidido algo melhor: iria na minha otorrino logo cedo e ia ver que q era essa porra. Acordei na quarta e já fui no local de raio-x tirar o... raio-x da face e dos pulmões para ver se eu tava com sinusite, para minha surpresa eu não estava com merda nenhuma que eu imaginei que eu estava, na verdade o que eu estou tendo é uma crise alérgica, coisa que fazia tempo que não ocorria.

Enfim, pedi para médica um atestado, já que eu tinha acordado nesse dia com uma ânsia de vômito toda vez que eu tossia, estava me sentindo indisposto e também porque eu iria me atrasar um bocado logo no primeiro dia graças a esses procedimentos que tive de fazer. Como a véia do estágio tinha dito que eu teria que obrigatoriamente levar os acordos e tratados e contratos e o caralho a 4 assinados no dia 10 para ela, pedi para minha mãe ver se ela teria um tempinho para levar lá e ela disse que poderia levar sem nenhum problema.

Então tudo certinho né, teoricamente. Minha mãe foi lá levar a papelada e eu fiquei em casa em repouso, quando de repente a Lei de Murphy foi aplicada novamente no universo, e dessa vez me acertou em cheio.

"Qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível".

Delicious. Tô bem de boa, na verdade nem tanto, passando meio mal, já não consegui comer muito no almoço, quando subitamente o telefone toca. Já sabia que era merda. Atendo, e, logo, minha mãe me diz: "Olha Broda, a sua chefe aqui tá falando que você tem que vir aqui PESSOALMENTE para tomar posse do seu posto. Ela disse que se você não vier, você vai para último na lista de espera do estágio".

Coração palpitando. Raiva atingindo níveis estratosféricos. Ódio sendo destilado no âmago do estômago. Veia na lateral da cabeça pedindo para explodir. Falo para minha mãe: "cê tá falando sério MESMO? Todos os documentos atestando que eu já aceitei o trabalho estão aí, além de um atestado dizendo que eu não estou em condições de ir". Ela responde: "sim, eu sei, mas você tem que vir, e tem que ser AGORA". Digo "ok", desligo o telefone, começo a me arrumar na maior pressa possível. Começo a xingar profundamente minha chefe. Ligo para meu pai, vejo com ele a possibilidade de me arranjar um Uber para ir e ele diz que sim.

Me arrumei bem rápido, meu pai me liga dizendo que chamou o Uber e que ele chega em 2 minutos. Desço apressadamente as escadas, chego no estacionamento do meu prédio e de repente tenho um acesso de tosse e BLLEEEEEEEAAAAARRRRRRRRRRRRRRRRRRRR. Vomito todo meu almoço e, claro, tiro uma foto para caso a minha chefe queira ser filha da puta o suficiente para falar que eu tô enrolando. Não sei se vomitei de nervosismo e ansiedade ou qualquer outra coisa, mas o fato é que eu já tinha acordado assim e isso nunca tinha acontecido antes, pelo menos não de vomitar por conta de ansiedade, então não tenho certeza se foi isso.

Dou uma olhada para as pessoas ao redor, vendo se alguém tinha visto eu vomitar bem no meio de uma vaga que naquele momento estava desocupada. Talvez só uns caras em cima da mureta do prédio arrumando algumas câmeras, logo analisei. Fui pra rua, peguei o Uber e fui direto pra lá.

Demorou um tempinho razoável, meu estágio é em outra cidade, enfim, cheguei lá e fui falar primeiro com minha mãe. Ela disse que a mulher falou que era obrigatório eu ir lá e que meu atestado não tinha serventia porque eu ainda não era funcionário dela (sendo que minha mãe foi entregar justamente os documentos do contrato CONSTATANDO QUE EU AGORA TRABALHAVA PRA ELA). Despeço-me dela e vou direto encarar o bichão.

Chegando na sala dela, sou bem recebido é claro.

- Boa tarde Chefa.

- Boa tarde é o caralho Boa tarde Broda.

- E então?

- Olha Broda, queria ver com você primeiramente, se você REALMENTE tem interesse de trabalhar aqui conosco.

- Mas é claro que sim, qual a razão da pergunta?

- É que você deu entrada nos documentos da faculdade só no dia 02/05, sendo que eu tinha te dado os documentos da faculdade no dia 17/04 (ou algo do gênero, não me lembro exatamente), sendo que você só está trazendo-me assinados hoje, dia 10/05. Isso está passando a impressão de que você não está tão interessado ou tão comprometido com o seu serviço aqui.

- Eu dei entrada nos documentos na faculdade o mais rápido que eu pude. Logo no primeiro dia que você me repassou para levá-los lá para coletar as assinaturas necessárias, fiz o dever de casa e os levei lá. Só que eu dependia da assinatura de dois setores diferentes e eu tive uma viagem longa no meio disso tudo, fazendo com que eu só fosse conseguir levar posteriormente o resto dos documentos para o outro local de assinatura, o resto foi demora da faculdade. (Dei mole e esqueci de dizer que teve dia de recesso e feriado que acabou atrasando o processo ainda mais). Mas, assim, eu não enrolei não, fiz o mais rápido que deu, infelizmente a viagem acabou avacalhando. Quanto a hoje, eu não vim trabalhar porque eu REALMENTE estou passando muito mal, inclusive vomitei antes de chegar aqui.

- Tá bom então. (Com aquela cara de quem não acreditou em nem uma única palavra que eu disse).

Depois disso, ela atendeu o telefone e ficou meia hora conversando, sendo que eu tava me sentindo bem cansado e de saco cheio de ter ido lá. Eu tava com uma cara de quem realmente tava morto, falando tudo devagar e bem incomodado. Quando ela terminou de bater papo no telefone e decidiu acabar com meu tempo de espera, resolvi dar uma ênfase maior ao que eu tinha dito sobre não estar enrolando:

- Olha só, se eu quisesse enrolar mesmo, eu poderia ter enrolado com os documentos do banco e não ter trago no dia 04/05, só trazendo tudo hoje mesmo. É o que eu já te falei, não teve como MESMO fazer o processo antes devido à viagem [...,]

- (Interrompendo bruscamente) Tá, tá tá. Já entendi. O negócio aqui é o seguinte. Você leu lá as cláusulas do contrato né, você sabe que ao passo que você pode se desligar, eu também posso decidir te desligar das atividades se você não cumprir com as regras que constam lá. Então fica assim, tanto você quanto eu podemos encerrar o contrato a qualquer momento.

Notaram a grandiosidade desse momento? Logo antes de começar, já estamos tendo uma conversa sobre o meu possível desligamento. Como eu disse, delicioso.

To be continued...

_______________________________________
Meu diário > http://comoparar.forumeiros.com/t2081-virando-homem-broda-20-recomecando
avatar
Broda
Moderador
Moderador

Mensagens : 1007
Data de inscrição : 10/12/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

A entrada no estágio e um pouco mais

Mensagem  Broda em 16/5/2017, 22:08

A entrada no estágio (parte II)

Falei para minha chefe: tá ok. Aí claro, ela pergunta: você entendeu?

Eu respondi: sim, entendi tudo.

- Ok então, tomou posse.

Eu saí de lá sentindo uma mistura de ódio com raiva insana, já pensando que eu deveria ter falado que não queria trabalhar lá e foda-se. Achei uma filha da putisse absurda ter me mandado lá só para ter que ouvir essa merda de frase "tomou posse", sendo que minha mãe tinha levado o contrato constando que eu já ia trabalhar naquela porra. Enfim, cheguei em casa e fiz a melhor coisa que eu poderia fazer: deitei e dormi.

Ao acordar, me senti revigorado. Acordei infinitamente melhor do que quando tinha me deitado, parei para refletir e de repente fiz algo que até eu me surpreendi comigo mesmo na hora: resolvi perdoar a minha chefe na minha cabeça.

Comecei a pensar no cara que eu quero ser, e vi que nessa versão de mim mesmo não podem existir esses sentimentos mesquinhos, tais como ódio. A pessoa mais sábia que existe com certeza não perde tempo útil remoendo um sentimento ruim desses, portanto, já que quero ser sábio, não faz sentido continuar alimentando isso. Resolvi deixar de ser mesquinho e ser um pouco maior do que eu vinha sendo e perdoá-la por tudo isso, não interessa se eu sou novo e tenho tempo para aprender, eu quero já interiorizar essas questões desde agora.


Tendo liberado o perdão, meus sentimentos voltaram a se alinhar e eu voltei a sentir paz. No dia seguinte, antes de ir trabalhar, é óbvio, fiquei cheio de ansiedade, pensando que já seria demitido no primeiro dia de cara. Engraçado que eu estava para trabalhar na Justiça, e minha situação era justamente a oposta da lei: perante a justiça, você é inocente até que se prove o contrário. Graças à minha chefe achar que eu tava de corpo mole, eu já entrei como culpado até que eu prove o contrário.

Acabou que eu fui lá, tratei todo mundo bem e o primeiro dia passou. Assim também foi o segundo dia e está sendo até agora. Consegui segurar a onda e a ansiedade e venho melhorando, ainda que a passos curtos, um pouco a cada dia. Já começar a trabalhar pressionado não é tarefa fácil, mas o cara que eu quero ser não pode se importar com isso, ele tem de ser capaz de manter a cabeça acima da tempestade.

Venho aprendendo funções relativamente simples, já anotei tudo e estou na fase da execução, considero que estou aprendendo relativamente rápido. Só estou com um pouco de medo de não conseguir desenvolver bem os relacionamentos com o pessoal do trabalho, já que no último trabalho eu não tinha conseguido, apesar que no meu último trabalho eu estava completamente afundado na PMO.

Nos últimos dias passei por aquele efeito de Brain Fog, ou "névoa mental". Em alguns momentos eu venho sentindo basicamente como se eu estivesse desligado de tudo, viajando completamente. Sei que devo estar com uns 10 dias de reboot mais ou menos (estou evitando fazer as contas), lembro-me que fazia tempo que eu não sentia efeito parecido. Estou tentando controlar minha ansiedade e não ficar pensando ansiosamente na hora em que eu vou melhorar de todas essas porras e voltar a ser um ser humano normal e até que venho obtendo bons resultados nessa área.

No relacionamento com a menina lá sinto que estou cometendo uns erros. Nesses últimos dias fiquei disponível até demais, tenho que dar uma afastada. Coisa de quem não é muito experiente, pelo menos estou sendo capaz de notar os erros assim que ocorrem, acho que eu ainda vou encontrar a batida perfeita. No geral, estou sentindo que estou passando por um processo pesado de amadurecimento, onde estou sendo confrontado toda hora com os meus demônios interiores, e sinto que estou destruindo-os aos poucos, com paciência.

Aliás, paciência é a virtude que eu mais estou investindo recentemente, pois minha mania idiota de querer resolver problemas que já vem de 500 anos em um dia só sempre me trouxe péssimos resultados, principalmente com relação à ansiedade. Estou buscando me cobrar menos, ficar mais tranquilo e entender que eu não tenho que resolver TUDO agora. Certos hábitos, problemas e outras coisas só se resolvem com o tempo, e aos poucos estou entendendo isso.

Enfim, é isso que tá rolando comigo. Reboot tá andando, quando eu tiver impressão que já passei dos 21 dias eu reativo o contador, mas, por enquanto, não quero nem pensar nisso. O tempo passará de qualquer forma, eu prestando atenção nele ou não.

_______________________________________
Meu diário > http://comoparar.forumeiros.com/t2081-virando-homem-broda-20-recomecando
avatar
Broda
Moderador
Moderador

Mensagens : 1007
Data de inscrição : 10/12/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Virando Homem (Broda, 20)

Mensagem  Vimes em 17/5/2017, 05:11

Fala Broda!

Ahh, chefes de merda... quantas recordações! Quantas belas palavras de baixo calão ditas escondido. Quantos planejamentos de assassinatos que pareceriam acidentes jamais executados. Very Happy

Mano, te entendo perfeitamente. Tive chefes da pior espécie, e tive muita, MUITA dificuldade em fazer o que você conseguiu fazer: deixar pra lá. Levei MUITO tempo, até que certas memórias parassem de doer. Até que parassem de queimar por dentro.

Pombas, por três anos seguidos eu fui demitido exatamente na semana do meu aniversário. Até parei de comemorar. Very Happy

Então parabéns pela atitude madura mano. Pra mim definitivamente não seria tão fácil. Smile

O legal é que a PMO não faz parte desse teu relato de início de emprego. Ou seja, você passou por momentos complicados e de ansiedade, mas a impressão que deu é que o vício simplesmente não estava lá. Algo excelente.

Fora isso, força no reboot, e manter o foco sempre.

A propósito... o teu estilo de escrita é um prazer de se ler. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Vimes

Mensagens : 183
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 39
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Virando Homem (Broda, 20)

Mensagem  Broda em 18/5/2017, 11:01

Vimes escreveu:Fala Broda!

Ahh, chefes de merda... quantas recordações! Quantas belas palavras de baixo calão ditas escondido. Quantos planejamentos de assassinatos que pareceriam acidentes jamais executados. Very Happy

Mano, te entendo perfeitamente. Tive chefes da pior espécie, e tive muita, MUITA dificuldade em fazer o que você conseguiu fazer: deixar pra lá. Levei MUITO tempo, até que certas memórias parassem de doer. Até que parassem de queimar por dentro.

Pombas, por três anos seguidos eu fui demitido exatamente na semana do meu aniversário. Até parei de comemorar.  Very Happy

Então parabéns pela atitude madura mano. Pra mim definitivamente não seria tão fácil.  Smile

O legal é que a PMO não faz parte desse teu relato de início de emprego. Ou seja, você passou por momentos complicados e de ansiedade, mas a impressão que deu é que o vício simplesmente não estava lá. Algo excelente.

Fora isso, força no reboot, e manter o foco sempre.

A propósito... o teu estilo de escrita é um prazer de se ler. Very Happy

Valeu Bro!

Não foi fácil tomar essa atitude, mas eu senti que tinha que tomá-la logo, pois com mais tempo de trabalho a situação só pioraria. Foda esse lance de ser demitido no aniversário, mas eu gosto de pensar que se uma coisa ruim aconteceu, é para repensar e ter a oportunidade de tomar um caminho ainda melhor.

Obrigado pela força, abração!

_______________________________________
Meu diário > http://comoparar.forumeiros.com/t2081-virando-homem-broda-20-recomecando
avatar
Broda
Moderador
Moderador

Mensagens : 1007
Data de inscrição : 10/12/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Virando Homem (Broda, 20)

Mensagem  Vimes em 20/5/2017, 09:23

Fala Broda!

Mano, muito obrigado mesmo pela ajuda! Foi um momento ferrado de ansiedade e fraqueza, e tua mensagem ajudou muito.

Passei o dia inteiro fazendo atividades, conversando, tudo pra me tirar da fissura. Mesmo assim o bicho tava pegando, e forte. Sabe aquele momento em que junta tudo de ruim ao mesmo tempo?

Sou muito grato por ter conhecido esse fórum. Obrigado de coração, mano! Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Vimes

Mensagens : 183
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 39
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Virando Homem (Broda, 20)

Mensagem  Broda Ontem à(s) 00:33

Vimes escreveu:Fala Broda!

Mano, muito obrigado mesmo pela ajuda! Foi um momento ferrado de ansiedade e fraqueza, e tua mensagem ajudou muito.

Passei o dia inteiro fazendo atividades, conversando, tudo pra me tirar da fissura. Mesmo assim o bicho tava pegando, e forte. Sabe aquele momento em que junta tudo de ruim ao mesmo tempo?

Sou muito grato por ter conhecido esse fórum. Obrigado de coração, mano! Very Happy

Fala Bro!

Nada mais do que a minha obrigação, temos que nos ajudar aqui.

Abração!

_______________________________________
Meu diário > http://comoparar.forumeiros.com/t2081-virando-homem-broda-20-recomecando
avatar
Broda
Moderador
Moderador

Mensagens : 1007
Data de inscrição : 10/12/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Virando Homem (Broda, 20)

Mensagem  Vimes Hoje à(s) 11:53

Por uma incrível coincidência, eu também gosto do que escrevo. E pelo visto nosso senso de humor é bem parecido. Very Happy

Reli aquele meu relato umas dez vezes já. Incrível como escrever, traduzir idéias e sentimentos para texto, podem ajudar a dar muito mais clareza.

Funciona como conversar e ter empatia comigo mesmo. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Vimes

Mensagens : 183
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 39
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 36 de 36 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum