Compartilhe
Ir em baixo
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Como cheguei ao fundo do poço

em 8/1/2016, 09:01
Aos companheiros Bom dia! Venho através deste relato demonstrar o quanto o vício em pornografia pode ser prejudicial à vida de um homem. O que venho lhes contar é muito sério. Peço desculpas antecipadamente se por acaso o relato se tornar muito extenso.

Tenho 32 anos e iniciei minha jornada com a masturbação aos 13. Sempre fui um adolescente tímido e magrinho. Nessa época, meu traquejo com as mulheres era péssimo e sempre recorria a masturbação como forma de aplacar a solidão. Com o tempo, essa se tornou minha vida: estudos, estudos e no fim, masturbação.

A masturbação tem o incrível poder de aos poucos aumentar seus fetiches. Então, aos 17 anos, ainda sem pegar ninguém, comecei a sair com prostitutas – eu já trabalhava e portanto tinha dinheiro para pagá-las, inclusive perdi a virgindade com uma. Nada contra. Entretanto, é uma relação comercial, artificial.

Como forma de melhorar, comecei a estudar por conta própria várias técnicas de sedução com material espalhado pela net. Comprei livros e li fóruns. Passei a malhar intensamente e tornei-me bem mais atraente aos olhos femininos. Entretanto, o vício ainda estava lá.

Por conta do meu trabalho fui transferido algumas vezes para cidades onde não conhecia ninguém. Um otimista encararia essa situação como uma oportunidade ímpar de conhecer novas pessoas. Porém, aos 22 anos e ainda muito tímido, intensifiquei meu vício.

É óbvio que saí com algumas garotas, mas depois do sexo, a vontade era simplesmente de sumir do lado delas ou que de que elas sumissem. Lembro de ficar me perguntando se eu era gay por isso.

Aos 24 anos me casei com uma morena linda. Fomos casados durante 4 anos. Nos 2 primeiros anos eu conseguia manter uma rotina sexual com ela e alimentar o meu vício. Acontece que não consegui sustentar essa situação pois minha libido foi diminuindo com o tempo. Passei então a me masturbar mais e deixar de lado minha esposa. Como eu trabalhava meio período, enfrentava maratonas cada vez mais intensas de masturbação, com fetiches cada vez mais estranhos. Minha ex-esposa não suportou a situação e começou a me trair – sem que eu soubesse – rotineiramente. No terceiro ano de casamento, conversei com ela sobre o meu vício para obter ajuda e, como ela era nova e não tinha maturidade para lidar com a situação, ela não só não quis entender, como também me ridicularizou e disse às amigas que o próprio marido preferia “bater punheta do que comê-la”. Descobri as traições no fim do terceiro ano. Por mais incrível que possa parecer eu não a traia fisicamente. Isso só foi acontecer no último ano de casamento, quando tudo era um inferno e para encurtar, no quarto ano nos separamos.

No processo de separação cheguei ao fundo do poço: me masturbava até 6h por dia, quantas vezes desse (5, 6, 7 ou mais), minhas ereções eram incompletas e tive que tomar remédios para mantê-las. Via, e ainda vejo, pornografia pesada. Saí com uma travesti uma vez e luto até hoje com o desejo que tenho de continuar saindo. Foi aí que me dei conta de que eu precisava de ajuda, pois sabia do problema, já havia tentado parar, mas não tinha forças para conseguir. Fui a psicólogos, um disse que punheta é coisa de adolescente e o outro que eu tinha que me masturbar mesmo para “manter minha libido” e procurei ajuda religiosa para superar o problema mas foi tudo em vão. Tive outras namoradas mas meu desejo sexual atual é pífio perto do que um dia já foi e continuo me masturbando compulsivamente. Sad  Sad  Sad
Foi aí que pesquisando, achei esse blog e o livro. Vi o vídeo do Gary Wilson e mais alguns  outros. Fiquei muito interessado, especialmente após ler os relatos das pessoas sobre o período pós-vício, Nunca contei meu caso a ninguém, afinal como explicar racionalmente que apesar da minha boa aparência e de atrair facilmente várias mulheres, não consigo ter desejo nas minhas relações sexuais. Que dependo de remédios para ter ereções completas. Que tenho fetiches estranhos que incluem travestis, gays, pancadaria e urina...

Quero me libertar disso. Quero deixar de procrastinar e me envolver em meus projetos, coisa que o tempo e a energia que gasto com a masturbação não permitem. Quero alinhar minha moral à minha sexualidade e eliminar esses fetiches estranhos da minha vida. Quero voltar a ter potência sexual e sensibilidade no prazer. Hoje sei que isso é possível e nesse dia,08 de janeiro de 2016, me comprometo a “encarar” o programa dos 90 dias. Me livrei de toda a pornografia física que tinha. Infelizmente, tentei de várias maneiras bloquear a pornografia na net aqui em casa, não pude ainda pelo OPEN DNS, mas vou tentar por outros caminhos. Estou me socializando mais: me inscrevi num curso de dança e participarei dos bailes, pretendo trabalhar em alguma atividade beneficente por aqui na minha cidade, passei a meditar todos os dias e desejo me reconciliar com a minha espiritualidade. Sei que por tudo que passei enfrentarei uma flat line poderosa mas estou pronto para encará-la.

Aos amigos, espero que se inspirem a iniciar o processo de “cura” após lerem meu relato e me dêem forças para que eu consiga resistir aos sintomas da abstinência: ansiedade, carência extrema, nervosismo, etc. Irei relatar meu progresso aos poucos por aqui e especialmente, quando irá ocorrer a restauração.


Atenciosamente,
Thunder01.
Toguro
Toguro
Mensagens : 6099
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 35
http://blokporn.blogspot.com

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 8/1/2016, 09:13
Já instalou bloqueadores e está fazendo atividades extranet. É um bom começo.

Participe com mais frequência deste fórum, que isso irá lhe ajudar a se livrar do vício mais rápido.

Livre-se de qualquer sentimento de culpa. Eu percebi no seu relato que você se martiriza por causa do vício. Isso não ajuda em nada. Ao invés de se martirizar, achar que seu casamento foi destruído por sua culpa (ela também teve sua parcela de culpa, pelo que eu pude perceber no relato), isso não interessa. A única coisa que interessa é se livrar dos sintomas que o vício lhe provocou, e isso é possível através do reboot.

Você jamais deixará de ser um viciado. Vou frisar: o reboot tem como única finalidade te livrar dos sintomas que o vício lhe provocou, como essa baixa sociabilidade e timidez. O vício em si estará aí para sempre. A única coisa que você pode fazer neste sentido é nunca mais acessar pornografia, manter os bloqueadores para sempre e se manter em atividade.

Força aí no reboot.

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6253155511697408

Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://comoparar.forumeiros.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): toguroextranet@gmail.com

Diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3599-saga-do-toguro
M.V
M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1680
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 38

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 8/1/2016, 10:32
Olá camarada, sua história é muito parecida com a minha. Em Setembro de 2015 estava igual você, hoje conto 101 dias de sucesso no Reboot, você vai conseguir pode acreditar, faça o que deve ser feito, acompanhe o fórum e tenha muita força e determinação para vencer. Avante Força e Vitórias nessa nova jornada.

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

Sobrevivente
Sobrevivente
Mensagens : 255
Data de inscrição : 15/05/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 8/1/2016, 11:09
Bom dia, Cara!

Ninguém aqui te julgará. Não precisa se culpar por nada. A melhor coisa aqui deste fórum é ver que existem outros que já tiveram experiências até mais pesadas que as nossas. Todos aqui tem um passado que deixaram para trás. Faça o mesmo. Se procurou ajuda religiosa é pq tem fé. Eu também recorri a fé e saí por causa dela. Acho que não conseguiria sair por vontade própria, já que tentei inúmeras vezes. Mas meu desespero foi tão grande que literalmente fugi de perto do computador e fui para uma Igreja aqui perto. Conversei com um padre que acabou se tornando meu amigo. Ele não me julgou, e disse que eu era bem vindo. Passei a procura-lo com mais frequencia só para conversar. E depois disso passei 296 dias limpo, mas caí, por achar que já estava curado e podia ver pornografia para testar. Depois de ter caído voltei ao reboot e estou há mais e vou completar um ano limpo em maio. Sou casado também, e estava trocando minha mulher pela punheta. Agora estou bem. Minha família também. Estou em paz. Apesar das inúmeras tentações, que não têm mais aquele poder sobre mim. Vc, como eu, é melhor do que isso. Vc como eu vai sair disso, pq, se não há cura, há pelo menos a chance de lutar até o fim das nossas forças. E se Deus está conosco, quem será contra nós?
Texugo
Texugo
Mensagens : 163
Data de inscrição : 18/11/2015
Idade : 37

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 8/1/2016, 15:08
Bem vindo ao Fórum Thunder01, estamos todos na mesma situação aqui ou pelo menos já passamos por ela, estou na luta ainda para completar o reboot e a minha história tem vários pontos em comum com a sua. Já consegui ficar tempo o suficiente no reboot pra sentir os benefícios e te digo que basta ter disciplina e paciência.

Você já chegou me ajudando, hoje estou em um dia bem complicado, quase voltando para meus antigos hábitos (a tentação está bem grande), ver o seu relato me lembrou da minha luta pessoal contra o vício em pornografia e renovou minhas forças, obrigado Smile

Leia o e-book, faça um contador e bem vindo a bordo.

_______________________________________
Gladiator
Gladiator
Mensagens : 151
Data de inscrição : 26/11/2015
Idade : 38
Localização : BSB

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 10/1/2016, 00:36
Também percebo mtos pontos incomum em nossas histórias. Nem td esta perdido, siga em frente. O método funciona, apesar de ainda estar, nos 28 dias (já caí uma vez aos 20 dias e resetei), estou convicto disso. Força man!!!

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6668561258905600
Marcelo37
Marcelo37
Mensagens : 137
Data de inscrição : 06/11/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 11/1/2016, 07:46
Oi Thunder01, seja bem-vindo ao fórum. Como muitos já dizeram, passamos por todos esses problemas e o maior dele está na nossa cabeça. Faça o reboot e você colherá bons resultados. Se precisar de ajuda estamos aí.

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6204310593470464
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Recaída no 4º dia!

em 12/1/2016, 22:30
Boa noite rapaziada!
Quando expus minha situação tinha em mente dar atualizações semanais sobre minha situação, e consequente evolução. Entretanto, hoje me ocorreu um fato que realmente preciso relatar. Já no primeiro dia de abstinência pude sentir os efeitos da flat line: ansiedade e carência extremas, minha libido aumentou muito. No 4º dia - hoje no caso -, acabei combinando com uma garota de programa. Horas antes, eu estava tão ansioso que procurei no celular mesmo - ele não tem bloqueio -, um site de travestis e cheguei a combinar com uma delas. E reparem no tamanho da minha loucura: eu retirei um dinheiro que não posso gastar no banco, enfrentaria uma viagem de quase 4 horas, só para saciar minha compulsão. Aliás, um dos motivos pelos quais eu fiquei endividado atualmente, foi o dinheiro gasto com web chats e prostitutas. Fiz vários empréstimos e já gastei muito dinheiro com isso. Voltando a situação, eu já estava no ponto esperando o ônibus e de repente, me bateu um arrependimento e voltei pra casa. Acontece que moro só e estou de férias, sendo assim, a ansiedade voltou e para diminuí-la e usando um pouco de sensatez, combinei com uma GP perto de onde moro mesmo. Aí entra a merda dos efeitos do vício: a gente fantasia cada detalhe do que vai rolar no programa, mas quando chega nele o prazer não é tão intenso e não fazemos metade daquilo que idealizamos. Como consequência, nos sentimos frustrados e culpados por termos "caído em tentação" nos mais variados aspectos.
Mas nem tudo está perdido. Zerei meu contador (espero que isso não se torne um hábito mas está realmente FOOOODA lidar com a ansiedade), estou participando de uma grupo de corrida para me socializar e também continuo fazendo aula de dança. Tenho continuado com a meditação todos os dias e ainda não me encontrei com minha espiritualidade, algo que pretendo resolver logo. O melhor de tudo é que meu tempo ocioso está acabando pois minhas férias terminam na quinta e ainda nesse mês minhas aulas reiniciam na faculdade de História. Portanto, terei muito para ocupar a minha mente e por fim, estou usando um sistema de recompensa onde me premiarei a cada 30 dias de abstinência. No fim desses 30 dias me darei um Tablet de presente que coincidirá com meu aniversário.

Attt. Thunder 01
Bender Rodriguez
Bender Rodriguez
Mensagens : 415
Data de inscrição : 05/10/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 13/1/2016, 11:41
cara para com esse negocio de sair com travestis, não existe puteiro de travesti, então vc vai ter que pegar uma na rua, prostituição na rua é complicado, tem muita coisa errada, com travesti a chance de vc contrair HIV se a camisinha estourar é imensa, muitas são ladras, outras são loucas, fora que por fora parece mulher mas tem força de homem se algo der errado a travesti vai te enfiar a porrada igual um homem kkk

acho que é otimo optar pelo reboot no hard mode (sem sexo) mas se vc não conseguir o ideal é arrumar uma namoradinha ou ficante, se não der e vc for cair, for realmente impossivel melhor sair de casa e ir procurar uma prostituta, melhor um sexo ruim e mecanico do que uma masturbação. mas tente evitar o maximo possivel isso de prostitutas.

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6498952933277696

Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5985475634397184

Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6228324292493312

Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5163438959493120
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 13/1/2016, 12:30
Bender Rodriguez escreveu:cara para com esse negocio de sair com travestis, não existe puteiro de travesti, então vc vai ter que pegar uma na rua, prostituição na rua é complicado, tem muita coisa errada, com travesti a chance de vc contrair HIV se a camisinha estourar é imensa, muitas são ladras, outras são loucas, fora que por fora parece mulher mas tem força de homem se algo der errado a travesti vai te enfiar a porrada igual um homem kkk

acho que é otimo optar pelo reboot no hard mode (sem sexo) mas se vc não conseguir o ideal é arrumar uma namoradinha ou ficante, se não der e vc for cair, for realmente impossivel melhor sair de casa e ir procurar uma prostituta, melhor um sexo ruim e mecanico do que uma masturbação. mas tente evitar o maximo possivel isso de prostitutas.

Obrigado camarada, é sempre bom ser lembrado desses aspectos.
abç
Nada me domina
Nada me domina
Mensagens : 314
Data de inscrição : 29/10/2015
Idade : 37

Como cheguei ao fundo do poço Empty Sigamos nessa caminhada!

em 13/1/2016, 13:11
Olá caro Thunder.

Então, primeiramente, devo dizer que temos histórias realmente similares, inclusive quanto aos fetiches, pois me envolvi com travestis ( Inúmeras vezes ), só parei, quando vi que também brochava com eles e percebi que não adiantava a fantasia que recorresse, havia algo em mim que causava a disfunção erétil ( DE ). Ainda não havia descoberto o reboot.

Hoje estou completando um mês eme sinto bem melhor, já passei 100 dias limpo, mesmo sem conhecer o reboot e lhe digo, foram os melhores dias da minha vida! Então caí e só me levantei depois que conheci o reboot e passei a seguir todas as recomendações possível que achei por aqui.

Uma delas e que peço que você a faça de forma meticulosa e rigorosa, é dedicar o tempo que for necessário para regular os bloqueadores! Os mesmos precisam estar travando de uma forma tal o seu acesso a porn, que não terá como fazê-lo. Uma estratégia é baixar o K9 e o open DNS e enviar as senhas para amigos de confiança e colocar o email de recuperação de senha desses mesmos amigos.

No mais, é participar do forum, sempre buscando a criação de vínculos de auxílio mútuo e seguir firme !

Desejo um bom reboot pra vc! Sucesso!

_______________________________________
"Deus já nos deu a vitória, mas somos nós que temos que combater esse bom combate"

Pirata Feio
Pirata Feio
Mensagens : 335
Data de inscrição : 09/07/2015
Idade : 43
Localização : Porto Alegre

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 13/1/2016, 15:44
Prezado Thunder,

Primeiramente bem vindo ao Forum, e quero te parabenizar pelos teus relatos, a riqueza de detalhes e sinceridade empregada neles ajuda muitas pessoas.

Eu já fiz um reboot quase completo de 80 dias e caí, usei prostitutas para dar uma aliviada, pois mantinha meu pensamento assim : se quiser prazer vai ser somente com sexo real !

Hoje, depois de algumas quedas retomei o reboot e com outro espírito. Por ser casado, estou tentando não trair minha mulher com prostitutas.

Mas tu tá no caminho, cada dia sem PMO é uma vitória, estou te acompanhando.

abraço

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5449455595683840

Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5634415677931520

Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5313565045030912
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 25/1/2016, 09:06
Bom dia companheiros!

Já se passaram 16 dias desde meu último relato e a promessa de que ficaria livre da masturbação. Entretanto esse período foi um tanto conturbado para mim. Procurei por sexo pago para não me masturbar e acabei fazendo-o. Na busca por mulheres em meu celular - nele não coloquei bloqueio -, procurei por travestis e acabei me masturbando também. Para piorar, minha ex-namorada vem entrando em contato comigo e a angústia, ansiedade e desejo de tê-la de volta, me fez cair de vez na masturbação. Eu havia instalado os bloqueadores no meu pc mas ele deu problema e ao formatá-lo acabei não reinstalando-os . Enfim, quase desisti dessa história de ficar sem me masturbar, porém reli os relatos de histórias de sucessos e me senti animado novamente em engajar no reboot. Vou reiniciar a contagem hoje.
Sobrevivente
Sobrevivente
Mensagens : 255
Data de inscrição : 15/05/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 29/1/2016, 00:41
É assim que se fala. Manda a porra do vício em PMO pro inferno. Levanta e continua a andar. 90 dias são uma jornada muito longa, mas necessária para que possamos lutar de igual para igual contra este vício.
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 30/1/2016, 11:07
Sobrevivente escreveu:É assim que se fala. Manda a porra do vício em PMO pro inferno. Levanta e continua a andar. 90 dias são uma jornada muito longa, mas necessária para que possamos lutar de igual para igual contra este vício.

Obrigado Amigo! Somos sobreviventes!
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 30/1/2016, 11:34
Bom dia!

Consegui finalmente passar uma semana sem PMO! Foi extremamente difícil conter a ansiedade até o 3º dia mas agora me sinto bem melhor. Aquela procrastinação recorrente de um viciado praticamente acabou. Por mais incrível que possa parecer, muitas mulheres tem se aproximado de mim. Acho que estou mais sociável agora. O desejo de PM diminuiu muito, assim como minha libido. Tive oportunidades para sexo mas acabei nem investindo porque não bateu o desejo. Acho que estou na flat line. Parece até que meu pênis está menor. Em compensação, os benefícios tem me ajudado a lidar com a situação. Como agora ocupo todo o meu tempo vago e me dispus a me socializar mais também, ainda que os efeitos da abstinência sejam fortes, me sinto bem porque leio os relatos e penso nas recompensas a longo prazo..
Stone
Stone
Mensagens : 47
Data de inscrição : 07/12/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 30/1/2016, 17:45
Parabéns cara, é isso aí. É sempre bom se superar.

A maior recompensa do reboot é o fim das fantasias mais "desagradáveis". Há vários relatos no fórum que mostram isso. Acho que quem se recusa a desistir, inevitavelmente, também vai chegar lá.

Enfim, boa sorte e força no reboot, Thunder.

Abraços.

_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=5494787968860160
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Nova recaída!

em 13/2/2016, 23:55
Infelizmente tive uma recaída forte esses dias. Acho que meu inconsciente tentou me compensar por eu ter feito aniversário e me "presenteei" com PMO. Além do mais, estava iniciando uma relação e acabei ficando sem libido alguma em função do reboot. Apelei para o Viagra mas o efeito caçador pós-transa me deixou com vontade de me masturbar e assim o fiz. Meu pc está dando problema com os bloqueadores e tentarei o reboot agora "na marra". Estou reiniciando a contagem a partir de amanha.
Toguro
Toguro
Mensagens : 6099
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 35
http://blokporn.blogspot.com

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 14/2/2016, 07:12
Thunder01 escreveu:     Infelizmente tive uma recaída forte esses dias. Acho que meu inconsciente tentou me compensar por eu ter feito aniversário e me "presenteei" com PMO. Além do mais, estava iniciando uma relação e acabei ficando sem libido alguma em função do reboot. Apelei para o Viagra mas o efeito caçador pós-transa me deixou  com vontade de me masturbar e assim o fiz. Meu pc está dando problema com os bloqueadores e tentarei o reboot agora "na marra". Estou reiniciando a contagem a partir de amanha.

O seu efeito caçador indica que você tem que transar de novo, e de novo, se necessário, até atingir o orgasmo. Só isso. É só o seu cérebro pedindo por orgasmo.

Quanto à sua recaída, avalie onde errou, corrija este erro e não o cometa mais.

Nos vemos no pódio.
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 14/2/2016, 09:43
Toguro escreveu:
Thunder01 escreveu:     Infelizmente tive uma recaída forte esses dias. Acho que meu inconsciente tentou me compensar por eu ter feito aniversário e me "presenteei" com PMO. Além do mais, estava iniciando uma relação e acabei ficando sem libido alguma em função do reboot. Apelei para o Viagra mas o efeito caçador pós-transa me deixou  com vontade de me masturbar e assim o fiz. Meu pc está dando problema com os bloqueadores e tentarei o reboot agora "na marra". Estou reiniciando a contagem a partir de amanha.

O seu efeito caçador indica que você tem que transar de novo, e de novo, se necessário, até atingir o orgasmo. Só isso. É só o seu cérebro pedindo por orgasmo.

Quanto à sua recaída, avalie onde errou, corrija este erro e não o cometa mais.

Nos vemos no pódio.

Muito obrigado Toguro! Valeu
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 6/3/2016, 20:34
É rapaziada! Muito difícil se libertar de uma vício. Eu estava no caminho certo mas aí uma relação mal sucedida me fez procurar MO. Eu perdi as contas de quantas vezes reiniciei minha contagem e não declarei isso aqui por vergonha. Tá cada vez mais difícil me concentrar nas tarefas do dia a dia sem procrastinar. Além disso, o sexo passou a ser um fardo gigantesco porque tenho que tomar remédios SEMPRE. Mas vou zerar meu contador pela enésima vez hoje. Infelizmente esses bloqueios não tem funcionado no meu pc. O K9 trava tudo e o DNS simplesmente não bloqueia. Utilizarei de outros artifícios para desviar minha mente desses pensamentos porque desejo muito os benefícios que as pessoas relatam ter como melhora e o melhor de todos: voltar a ter ereções normais.

E vamos nessa: 1º Dia!
Texugo
Texugo
Mensagens : 163
Data de inscrição : 18/11/2015
Idade : 37

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 6/3/2016, 21:49
Não precisa ter vergonha Thunder01, é só você lembrar que todo mundo aqui sabe exatamente a sensação. Não sei se funciona assim para você mas pra mim, registrar aqui a queda ajuda a levar mais a sério o recomeço, é como "renovar o contrato" do reboot.

Boa sorte no reboot!

_______________________________________
Toguro
Toguro
Mensagens : 6099
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 35
http://blokporn.blogspot.com

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 6/3/2016, 22:22
Identifique os erros que te fizeram recair, corrija-os e não os cometa mais. Faça isso sempre que recair, e chegará o momento que recair será impossível!

Nada de ficar se culpando ou ficar sentindo vergonha. Isso não ajuda em nada. Aliás, culpa e remorso até podem te fazer recair de novo.

Se bloqueadores x ou y não funcionam, pesquise por outros. Bloqueadores têm aos montes na web. É bem provável, inclusive, que você encontre bloqueadores melhores que aqueles que a gente tem sugerido.

Está fazendo atividades que te mantenham longe do PC? Se não, procure por alguma(s).

Não suma do fórum. Comente com mais frequência, nem que seja pra dar bom dia a todos. Aqui, você pode falar sobre coisas que não pode em nenhum outro lugar. Sumir daqui é um erro.


_______________________________________
Como cheguei ao fundo do poço Img?u=6253155511697408

Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://comoparar.forumeiros.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): toguroextranet@gmail.com

Diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3599-saga-do-toguro
Thunder01
Thunder01
Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/01/2016

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 6/4/2016, 20:39
Agradeço o incentivo e as palavras amigas de todos. Têm sido de grande valia nessa jornada.
Parei de me sentir culpado e me aceitei como um viciado que procura redenção. O vício até o momento trouxe muitas coisas ruins à minha vida: minhas fantasias sexuais cada vez mais pesadas, inclusive a prática de sexo mais violento; fetiches esquisitos; extremo isolamento social: apesar da minha boa aparência e porte físico, fico procrastinando o sexo real com as mulheres; maneira depressiva de enxergar a vida; apatia geral e falta de motivação para estudar em virtude do cansaço. Esses são os que me lembro. Evidentemente há outras coisas ruins que se instalam e são silenciosas e nem percebemos ou não sabemos nomeá-las. Mas quero compartilhar que nessa semana consigo me abster do PMO!!! Estou muito contente!. Vou contar toda semana como me senti. Nessa semana estou me sentindo extremamente ansioso e carente. Mas já sabia que isso aconteceria. De ontem para hoje eu praticamente não dormi de tanta ansiedade mas estou firme no meu propósito! Não senti nenhum efeito no pênis com a flatline, apesar do meu estado. Minha libido continua baixa e ainda possuo o desejo extremo de MO. Tenho ocupado minha mente cada vez mais e me engajado em atividades sociais para tirar o foco de mim mesmo e tem ajudado.

Broda
Broda
Mensagens : 1828
Data de inscrição : 11/12/2015

Como cheguei ao fundo do poço Empty Re: Como cheguei ao fundo do poço

em 7/4/2016, 03:37
Fala bro!

Tá indo bem, tenha calma que as coisas se ajeitam. Um dos segredos do reboot é ter uma paciência de ferro, só com isso você já leva pelo menos 1/5 do processo nas costas de forma tranquila.

Algumas sugestões: coloque uma foto de perfil para ficar mais fácil de identificar quem é você (sempre ao entrar em algum diário, fica bem mais fácil de saber quem é o cara se ele tem uma foto que o marca, diferenciando de tantos outros que também não possuem foto) e dessa forma ajuda a criar uma certa "personalidade" para seu perfil.

Também instale um contador, pois assim fica muito mais fácil de te ajudar, já que saberemos qual fase exata do reboot que você está passando, sem falar que ver a barrinha verde crescer é muito estimulante!

Continue firme que em breve o pior vai passar.

Abraços!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum