21 - Diário 2: looking for freedom

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: 21 - Diário 2: looking for freedom

Mensagem  elvenstriker em 23/9/2016, 10:23

Cara li seu relato todo,e na verdade possuo a mesma experiência de vida,eu sei o que é esse sentimento de solidão e rejeição
Na adolescência era sempre rejeitado e zoado por todos,a garota que eu gostava não gostava de min e zombava de min

Só fui beijar pela primeira vez ao 16 anos e a primeira relação sexual foi aos 21 e com uma prostituta
Desde adolescente nunca fui muito sociável,mas busquei formas de corrigir isso e hoje sou deveras mais sociável do que anos atrás

Por muitas vezes me senti solitário por ser o único que não tem um relacionamento,e a pmo se tornou principal válvula de escape emocional

Você falou no início do relato se tem alguém pior que você : atualmente eu me encontro desempregado,minha mãe com poucas condições financeiras,tem dias que eu nem tenho o que almoçar,tem garotas querendo sair comigo mas eu não tenho nem dinheiro,estou no quarto semestre da faculdade e tem dias que não tenho nem dinheiro para condução,já fui reprovado em mais de 10 processos seletivos de emprego,já tive até vontade de me matar,alguns familiares acreditam que nunca serei ninguém,nunca tive um amigo de verdade,mesmo assim eu sigo em frente...

Essa é parte da minha história,porém existem relatos piores,já cheguei a ver relatos onde pessoas estavam escalando para zoofilia,necrofilia e até pedofilia.Nosso cérebro não faz distinção moral,ele apenas busca por dopamina incansavelmente ou seja,o escalonamento pode é infinito até coisas repugnantes e nojentas pense nisso,pense na pessoa que você quer se tornar daqui 10 anos

Você pode ser bem sucedido,bonito,trazer alegria para sua família,se não for por você faça pelos seus familiares só depende de você

Você já esta no inferno,você pode ficar chorando e reclamando ou você pode lutar contra isso,ninguém vai fazer isso por você
A dor é temporária,mas se você desistir vai durar para sempre,você não vai morrer porque está sentindo um pouco de dor,continue cara você ainda tem tempo.

Abraço

_______________________________________

elvenstriker

Mensagens : 17
Data de inscrição : 06/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 21 - Diário 2: looking for freedom

Mensagem  Ernandes em 24/9/2016, 00:52

Muito obrigado por suas palavras Elvenstriker. Elas são realmente reconfortantes. Torço por você também. Espero sinceramente que todos nós que aqui estamos consigamos nos libertar dessas amarras. Sei que minha vida atualmente não é de todo ruim. Confesso que nos primeiros anos da adolescência foi muito difícil e meio que sem saber, a PMO era também uma válvula de escape de tudo de ruim que me acontecia. Hoje eu sei que podia ter encarado tido aquilo de maneira diferente, com mais serenidade, em vez de chegar a desejar a morte, como fazia. Mas agora sei que devemos é agradecer pelo que temos, pois nos últimos dias estive em um hospital regional e vi o que é sofrimento. Pude então perceber o quão pouco eu valorizo minha vida e minha saúde, tanto física, como mental e espiritual, pois agora pouco tive mais uma recaída. Agora são 1 e 45 da manhã. Mas agora farei diferente. Aqui vai um relato do que aconteceu e do que farei-

Agora são 1 e 10 da manhã, poucos min após minha 2° recaída em menos de 2 dias. Não vim aki postar o quanto lamento e sofro por isso acontecer, mas para confessar onde eu errei: eu bloqueei meus navegadores comuns e a galeria e estava usando o spin, q me recomendaram aki no fórum, mas ele, infelizmente, não bloqueia imagens sensuais não explícitas e eu recaí nelas. Na verdade, não resisti à tentação de dormir sozinho no quarto. Eu me pergunto se eu jamais conseguirei estar sozinho num quarto e pensar em outra coisa q não seja PMO. Pois bem, recaí, mas agora é sanar meus erros para que eles não se repitam, ou seja, abrir mão de todo e qualquer navegador no meu celular. Vô deixar desbloqueado só o whatsapp, pois jamais recairia com ele, que só tem contatos da minha família e um grupo de aprovados em um concurso, no qual recebo informações importantes. Portanto, não vou mais poder estar postando no fórum por algum tempo, mas isso não significa que abandonei o reboot. Na verdade hoje mesmo havia começado uma nova rotina na minha vida, na qual está inclusa a leitura de 10 p. por dia do Ebook e o seu resumo de forma detalhada em um documento de texto para que eu verdadeiramente internalize o que é preciso fazer para me curar disso, além de várias outras tarefas, as quais hoje mesmo (agora já são 1 e 17 da manhã) cumprirei, a começar às 6 dessa amanhã, não importando que eu não durma nem 4 horas essa noite, afinal sou eu quem quis assim. Poderia estar dormindo tranquilamente há um tempão, mas esse cérebro primitivo não resiste a uma oportunidade. Depois fica se sentindo um lixo, mas parece que ele nunca aprende. Sabemos como isso funciona. Sabemos de tantas coisas, mas relutamos, achamos difícil, procrastinamos e depois nos lamentamos por nossa falta de disposição. Esse é o ciclo vicioso que tem impedido muitos de nós rebooters, se é que posso me chamar assim, de prosseguir adiante, de alcançar marcas expressivas, de realmente progredir de modo a se ver curado disso. Do contrário, passarão-se anos e anos e aqui estaremos nós ainda tentando, às vezes se arrastando e sem coragem de tomar as medidas necessárias para sair disso, ou seja, abandonar a nossa zona de conforto e pôr em prática tudo o que é falado no ebook e aqui no fórum. Mas eu já decidi que daqui pra frente, farei o que for preciso. E se isso implica abrir mão de meu navegador, de meu celular, do conforto a que estou acostumado, assim farei. Por isso, como agora vou ficar longe do fórum por um tempo, quero agradecer a todos que me incentivaram e motivaram a continuar na luta e desejar boa sorte a todos que aqui estão. Minha paralisação será temporária. Sem meus navegadores, eu ficarei completamente impossibilitado de pesquisar qualquer coisa que seja, pois atualmente estou sem internet e só usava internet do celular. Logo agora que tava pagando um plano de internet no celular de apenas 4 reais por mês, vou ter que abrir mão de minhas pesquisas. Se eu pesquisasse só o necessário, não precisaria ser assim, mas não adianta, eu não resisto a estar sozinho em um quarto, eu ainda não passei desse nível. Por isso tenho que fazer o que for preciso. Daqui 30 dias volto, postando os resultados obtidos. Tenho certeza que esses 30 dias passarão logo. Até mais... (1 h e 51 min de uma manhã de sábado)

_______________________________________
avatar
Ernandes

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/01/2016
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 21 - Diário 2: looking for freedom

Mensagem  elvenstriker em 25/9/2016, 23:36

Entendo sua decisão mas acho que o isolamento não é a solução.
Eu falo isso porque o que parece é que você ta fugindo da luta e não encarando de frente o problema.

_______________________________________

elvenstriker

Mensagens : 17
Data de inscrição : 06/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 21 - Diário 2: looking for freedom

Mensagem  Autoconhecedor em 26/9/2016, 09:35

Tenta fazer um esforço de ir em uma lan house ou pc de alguém pelo menos 1x por semana. Manter-se ativo aqui só vai te ajudar no reboot.

_______________________________________


Aprendendo com os erros e acertos deste serumaninho: http://comoparar.forumeiros.com/t3797-23-diario-de-um-autoconhecedor
avatar
Autoconhecedor

Mensagens : 277
Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 21 - Diário 2: looking for freedom

Mensagem  Pescador em 19/5/2017, 02:16

E aí Ernandes? Sumiu cara, como está se saindo com os navegadores? E com o celular?
Mande notícias, abrcs

_______________________________________
avatar
Pescador

Mensagens : 42
Data de inscrição : 01/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum