Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 660
Data de inscrição : 21/07/2015
Ver perfil do usuário

domi1

em 23/9/2015, 17:59
o flag tem 58 anos e mais de 40 viciado ele sabe como um viciado se sente e até onde ele chega,
pense amiga da primeira vez que ocorreu isso ele não pensou mas na segunda ele também não pensou,de todos os relatos que vi e posso te falar que ja vi mais de 200 daqui de fora do pais aonde o google tradutor me ajudava mais a sua história é tão somente a mais brusca ,lembra que a neoii te falou que eles poderia virar coisas horriveis (pedofilo e estrupador) sim é realmente isso é verdade quem não se trata vira isso ,sei que eles começaram novinhos e inocentes mais agora eles tem sabedoria o bastante para saber ,continue no forum não suma por favor deixa eu te ajudar ,pense bem você deve pelo seu relato ter poucos anos de vida e ai ,você quer casar ter filho desse cara ,olha amada eu posso te garantir que nesse forum você hoje é a pessoa que mais peço a deus proteger e dar sabedoria ,eu sei meu bem que você o ama mais pense que um dia vai querer uma familia e realmente isso pode além de acabar com sua vida te levar para traumas medos ,bem sei eu ,não suma estou aqui ..neoii
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 24/9/2015, 07:22
Flag, permita-me, educadamente e com todo o respeito, concordar e também discordar de você.

Concordo quando você afirma que o namorado da Dom1 está "levando ela para a lama". Discordo quando você afirma, ainda que implicitamente, que o namorado dela é um "cara ruim" (parafraseio aqui o seu trecho: Você narra que ele te machuca mas não é desejo dele. Ora, como diz o ditado “de boas intensões o inferno está cheio”.

Eu já estive no lugar do namorado dela, na época, eu tinha ejaculação retardada (problema que não tenho mais graças ao reboot) eu também acabava machucando minha namorada, mas não era, de fato, minha intenção... Se na época que eu estava namorada eu tivesse o conhecimento do reboot, eu não pensaria duas vezes e faria o reboot imediatamente, por mim e principalmente por ela.

O problema é que às vezes as circunstâncias nos colocam entre a cruz e a espada. Um dos motivos de eu ter iniciado meu reboot (e reiniciado ontem) é não machucar mais nenhuma mulher que, porventura, eu venha a me relacionar futuramente.

Só preconizo, portanto, que a Dom1 dê um ultimato a ele pra ele acordar pra vida e largar a pornografia... se ele não quiser largar a pornografia, ele não a ama de verdade, e então, nesse caso, é melhor ela procurar outra pessoa.

Ainda sobre o fato de levar uma pessoa para a lama... às vezes renunciar é também um ato de amor.  Nas minhas rompantes de um quase alcoólatra e afundado na lama, desativei meu Facebook, mudei de celular e fiz outras coisas pra sumir da vida de uma pessoa que eu gosto muito (na verdade eu amo em silêncio). Não cheguei a magoá-la (e nem começamos um namoro, porque no fundo, mesmo que inconscientemente, eu estava tomado pelo álcool e sem condições de amar verdadeiramente), mas sentia que ela ficava imensamente triste por eu beber tanto.

Fui percebendo a tristeza dela e cá estou, sóbrio há um bom tempo, fugindo da bebida como o diabo foge da cruz. E cá também estou, no reboot novamente depois de uma marca de 95 dias sem pornografia e masturbação. E lá vou eu de novo, para o além e infinito do reboot, por mim e pelas pessoas que eu amo.

Abraços e boa sorte no seu reboot.


Última edição por Rider em 24/9/2015, 09:27, editado 1 vez(es)

_______________________________________
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 24/9/2015, 07:36
E meu recado pra você, Dom1, é que você dê um ultimato pro seu namorado. Diga a ele que se ele não fizer o reboot, mesmo que vocês se separem, ele vai machucar outra mulher e a história se repetirá. Dê um "gelo" nele, mostre a realidade tal como ela é, mostre as consequências da pornografia, diga a ele que ele pode ficar broxa, nunca mais dá prazer pra uma mulher, enfim...

Mostre pra ela que ou ele larga a porcaria do vício ou você dará um chute no traseiro dele e vai cuidar da sua vida. A mulher que eu amo nem precisou dizer que eu teria que largar o álcool, bastou que eu notasse a tristeza dela por eu ser viciado em álcool e eu comecei imediatamente a largar essa porcaria de vício que é a bebida.

E como já deixei explícito, se ele não largar a pornografia e porque ele estará trocando você por atrizes pornôs, e isso não é amor, é uma relação podre e doentia, como disse o Flag. Se ele começar a instalar os bloqueadores e der a senha pra você jogar fora e começar o reboot com firmeza e seriedade, é porque ele te ama.

Quando eu vejo mulheres como você, em que o namorado sabe que o reboot é a solução pra tornar a mulher feliz mas mesmo assim prefere a pornografia, dá vontade de eu ir pessoalmente socar esse tipo de "namorado" até sangrar o nariz dele (desculpa pela franqueza) e dizer "deixa de ser babaca, cara!!! Você sabe que o problema tem solução mas continua nessa merda de pornografia magoando sua namorada? Você não é homem, você é um moleque babaca."


Boa sorte!!!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 660
Data de inscrição : 21/07/2015
Ver perfil do usuário

RIDER

em 24/9/2015, 11:23
Eu concordo com você rider ,pois eu me lembro bem do seu relato e me lembro o quanto sofre
pela sua amada e se afastou dela por causa do alcool e pmo ,mas agora eu te pergunto se acha tudo isso do namorado dela por que não faz diferente ,e esse contador ,me diz rider vai desistir também pois ai venha socar a cara do namorado da domi1 a do meu parceiro e por favor soca a sua ,cara eu conheci um homem tinha 44 anos e foi cachaceiro dez dos 18 ,mas um bela dia ele acordou e fez supletivo e mais fez um curso de tecno de enfermagem ,bom logo depois começou a trabalhar em um hospital ,a ultima noticia que soube dele foi ,após do casamento com a enfermeira chefe dele ele sumiu ..d
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 24/9/2015, 11:55
neoii escreveu:Eu concordo com você rider ,pois eu me lembro bem do seu relato e me lembro o quanto sofre
pela sua amada e se afastou dela por causa do alcool e pmo ,mas agora eu te pergunto se acha tudo isso do namorado dela por que não faz diferente ,e esse contador ,me diz rider vai desistir também pois ai venha socar a cara do namorado da domi1 a do meu parceiro e por favor soca a sua ,cara eu conheci um homem tinha 44 anos e foi cachaceiro dez dos 18 ,mas um bela dia ele  acordou e fez supletivo e mais fez um curso de tecno de enfermagem ,bom logo depois começou a trabalhar em um hospital ,a ultima noticia que soube dele foi ,após  do casamento com a enfermeira chefe dele ele sumiu ..d

Obrigado pelas pelas palavras, neoii, de coração... e, bom... eu soco a minha cara todos os dias, acredite.. não é à toque que meu avatar é o Rocky Balboa com o olho inchado...

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Obrigada Flag

em 24/9/2015, 12:40
Eu compreendi o seu puxão de orelha, eu não deveria permitir ser desrespeitada da forma que estou sendo.
Primeiro porque eu devo me respeitar antes de respeitar as outras pessoas, acho que é questão de bom senso. A pornografia ensina que mulheres gostam de ser estupradas e que a dor é antes de tudo parte do sexo, que mulheres gostam de serem invadidas e machucadas.
Desconheço algum material destinado a homens que o interesse feminino fosse realmente considerado, e isso cria além de uma cultura de estupro consentido uma insegurança masculina por não conseguir atingir o mesmo desempenho dos profissionais na área, ou até por não gostarem da forma como eles foram ensinados a ter que gostar.
Em contra partida ensina que mulheres devem gostar de serem ¨dominadas¨, humilhadas, e satisfazer seu parceiro mesmo que isso signifique não se satisfazer. Somos ensinadas a não gostar de nós mesmas, nem de nossos órgãos. Devemos ser santas no cotidiano e "putas" na cama e essa tarefa não é simples, principalmente porque quando se tem 17 anos você deve ser virgem e pura e quando chega aos 21 todos esperam que você seja bem resolvida com seu corpo, saiba satisfazer um homem como uma atriz pornô (não que elas realmente satisfaçam todos os homens) e tudo isso sem perder a feminilidade e a segurança em sí mesma.
A pornografia destrói mulheres todos os dias de forma indireta, mesmo que ela não veja pornografia, a mesma será cobrada a ser uma atriz, fingindo orgasmos e gritando por aí.
Por eu mesma ser uma vítima do mercado pornográfico eu acho injusto abandonar meu parceiro, tanto porque somos amigos a muitos anos, e ele é gentil e atencioso quando fora da cama.
É difícil aceitar que se possui um vício, ele sabe que há um problema, só não aceitou o motivador do problema.
Mas o seu puxão de orelha me fez mais uma vez refletir como eu devo me comportar em relação ao meu próprio prazer e bem estar. Eu irei conversar mais vezes, por hora da para notar pequenas mudanças comportamentais positivas, acho que informação e estímulo podem fazer ele se aceitar.
.....................................................................................................................
E eu gostaria de deixar um adendo: Não acho que os viciados são aberrações, acho que eles são vítimas, muitos foram destruídos. Convivi em uma comunidade japonesa por anos, e a maioria dos meus amigos ao completar 21 anos, se não tivessem perdido a virgindade foram obrigados pelos pais a saírem com prostitutas para virar homens. Isso geral na maioria um grande problema em se relacionar.
Claro que não é 100% das pessoas que são consertáveis ou boas, porém eu sei como vocês homens são pressionados diariamente a mostrar uma falsa masculinidade, os mais sensíveis são os que são mais destruídos.
A cultura do estupro é tão forte em nossa sociedade que achamos normal homens irem a puteiros, para pagar a uma mulher muitas vezes sem opção a oferecer seu corpo e achamos depravamento o mesmo moço ir em uma casa de swing sair com mulheres que querem estar lá, que pagaram para estar no ambiente e que podem falar não caso não se sintam motivadas a fazer algo com o moço. Não estou defendendo nenhuma das duas práticas, mas é um exemplo prático de como é naturalizado o abuso da mulher.
...............................................................................................................................

Obrigada de coração pelos conselhos.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Sinto muito pela sua recaída RIDE

em 24/9/2015, 12:55

Obrigada pela força!


Eu estou buscando a cada dia amadurecer minha opinião sobre o assunto, e buscar formas de ajudar meu namorado, o mais engraçado é que conversando com um amigo, ele acabou confessando que era viciado também e que iria iniciar o tratamento. Fiquei impressionada como há homens nessa situação, e isso me deu uma certa angústia.
Eu sei que meu namorado me ama, talvez aqui eu conte apenas a parte ruim da nossa história, porém há momentos que vivemos que me fazem seguir em frente, mesmo nosso namoro sendo recente somos amigos a muitos anos.
Eu agradeço pela proposta de dar um sono nele, acho que as vezes é merecido. Smile


Muitos dos que aqui me escrevem, falam que queriam muito ser apoiados por suas parceiras ou amores, acho que eu deveria fazer isso então, só que sem me culpar, sem me machucar muito (Estou tentando aceitar que eu não sou culpada sempre, esse será um longo processo), eu também sou vítima como vocês, e escrevi isso ao Flag.

Obrigada pelo apoio, vocês tem me feito amadurecer esse assunto de forma mais tranquila, e a cada dia me sinto melhor e mais motivada para seguir em frente com a minha própria felicidade.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Neoii

em 24/9/2015, 13:23
Obrigada pelos inúmeros conselhos, é devastador ser machucada por quem amamos e temos respeito.
Estou tentando recuperar minha auto confiança, que anda abalada, de certa forma escrever aqui o que eu ando sentindo vem me ajudado bastante a superar os meus problemas.
Recentemente meu parceiro perdeu o emprego, então essa semana eu passarei com ele e usarei esse tempo para ir falando aos poucos mais ainda sobre o assunto, já que ele ainda acha que o viciado é o homem que é fissurado em masturbação e em sexo, e como ele não tem muito interesse em sair com meninas ou meninos o tempo todo, e nem tem a necessidade de se tocar sempre que vê um filme então para ele o vício não se caracteriza.
É assim com a maioria dos vícios, eu andei lendo sobre outros tipos para entender melhor esse. Ele ainda vai negar um pouco, é difícil aceitar que está doente, mas da para perceber que ele está pensando sobre. Eu estou tentando fazer ele refletir sobre os porquês de cada coisa que envolve a pornografia e o sexo e ele está chegando em algumas conclusões interessantes.
Muito desse comportamento é estimulado por outros "machos" e nunca são questionados, é como se fosse uma ordem natural esse desrespeito com o outro.
Achei interessante uma frase que um amigo disse para mim (somos todos engenheiros então nosso meio é ainda muito machista): Todas as mulheres são putas, menos a sua mulher, ela é mãe de seus filhos.
Acho que é bem assim que os meninos são educados, os pais não querem que outros meninos toquem em suas filhas, e a esposa ele deve amar até ela virar mãe, mas ele não deve querer muito sua mulher, porquê sexo é desrespeitoso. Sexo ou "putaria" você faz com as outras, pois elas podem ser invadidas e desrespeitadas, e esse pensamento não é questionado, não há uma real reflexão sobre o assunto de como ensinamos aos nossos filhos como eles devem ver o sexo. Sempre falamos como se fosse algo ruim ou algo desrespeitoso, quando na verdade não é. Sempre falamos que aquela menina é "rodada" e não reprimimos nossos filhos por serem "rodados".
É muito complexo imaginar todo o viés que leva uma pessoa a se deixar tomar pela pornografia, mas a distorção atual do que é certo e errado, anda gerando muitos traumas.
Pelo menos antes nunca podia, mas agora pode e não pode ao mesmo tempo, isso é meio louco.

Obrigada pelo seu apoio, você tem sido muito importante para mim.
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 24/9/2015, 13:26
Dom1, muito bonita a sua atitude de tentar compreender o seu namorado, outras mulheres no seu lugar simplesmente o largariam sem ao menos tentar entendê-lo. Diga pra ele que você o ama e que ele fazer o reboot seria uma forma de ele demonstrar o amor dele por você. Com certeza isso o fará refletir sobre a possibilidade de encarar o reboot com seriedade. Boa sorte!!!

PS: eu mesmo to muito apaixonado por uma guria, já fiz de tudo pra tentar esquecê-la mas não consigo rsrs to fazendo meu reboot não é só por mim, é por ela também, pois sei que ela gosta de mim, mas não chegamos a namorar ainda, mas se a gente namorar quero que ela receba um Rider diferente, sabe... quer dizer, ela me odeia um pouquinho também kkkkkkkk coisa de mulher, tipo naquele filme 10 coisas que odeio em você :p Em breve, vou me declarar pra ela, que o deus Roger Waters esteja do meu lado nessa jornada.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 426
Data de inscrição : 31/07/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 24/9/2015, 14:36
Domi1 escreveu:

Retomei o assunto sobre o vício em pornografia.



Falei com o meu parceiro sobre o que eu li aqui e relatei a minha ida ao ginecologista.
Meu medico foi intolerante e irredutível com o assunto e disse que eu era nova e deveria procurar outras pessoas, porque eu apareci na clinica muito machucada internamente (o que não é a primeira vez que isso acontece), pois na tentativa de fazer meu namorado sentir algo durante o ato eu acabei forçando demais a barra comigo mesma e me cortei por dentro devido ao excesso de fricção. O médico esclareceu que essas lesões ao longo prazo me trariam problemas, pois as cicatrizes me fariam perder a sensibilidade na região, além de eu poder pegar alguma infecção ou trauma psicológico e em casos piores comprometer minha uretra.
Ele disse que eu estava sendo estuprada e aceitando isso, que eu estava me condicionando a sentir dor e me machucar, e que meu medo e insegurança gerado pelas minhas frustrações poderiam me causar um distúrbio.
Para mim foi terrível escutar isso de um profissional, ele disse ainda que vícios são controláveis apenas e que a maioria das pessoas não possuem determinação para isso.
Em suma o médico me recomendou abandonar meu parceiro porque eu estava me prejudicando demais já.
Depois que eu falei sobre o relato médico ele disse que desde a nossa última conversa ele tinha parado de ver qualquer tipo de pornografia, que tinha apagado todos os vídeos que ele tinha guardado e que colocaria o nosso amor acima de tudo.
Só que ele não apagou nada.
Eu reparei uma melhora no sexo, e as pesquisas na internet desapareceram (ou ele apagou a histórico), porém ele não instalou nenhum bloqueador como vocês sugeriram aqui.
O que me faz pensar que pelo menos esses dias ele não fez nada, mas por ele não ter deletado a coleção dele é sinal que a decisão não é definitiva, ou eu estou sendo muito dura???

Realmente eu não sei se estou sendo enganada, mas é assim que eu me sinto.

Ficarei eternamente grata pela opinião de vocês.

Uma coisa que é necessário ver é que para o teu namorado se curar,ele primeiro tem que tomar a iniciativa.È um gesto nobre,mais a luta é dele primeiramente.Se ele interiormente não buscar se livrar de uma vez por todas vai cair e cair de novo e cada vez pior.Até ele se dar conta que precisa do reboot.Sem falar que para se curar na primeira tentativa a pessoa tem que estar muito motivada e tambem precisa ter as estratégias certas.Eu ja comecei e recomecei varias vezes.Em PMO cada um vai ter que buscar a sua estratégia que mais se adapte ao contexto de vida de cada um e ir vencendo por tentativa e erro.
Não falo isso para te desmotivar,mais como uma pessoa que foi só perceber aos 27 anos todas as oportunidades que perdeu graças a esse vicio maldito.
Fica firme.

_______________________________________

"Quando se vir diante do vazio da abstinencia,alegre-se porque essa dor vai recriar seu novo extraordinário estilo de vida."




[/i]Clique Aqui para ver o meu diário.Sua sabedoria é bem vinda..
avatar
Mensagens : 655
Data de inscrição : 15/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 25/9/2015, 06:31
Domi1
Me desculpe, mas tenho para comigo que você está se utilizando de um discurso para justificar a permanência em um relacionamento que você própria sabe não ser o que gostaria de ter.
E essa atitude pode ser por insegurança de ficar só, receio de não encontrar outro namorado...
Mas te digo uma coisa, antes só que mal acompanhada.
O cara pode ser isso, ser aquilo, mas não serve.
Tem algumas pessoas aqui no fórum, que não conheço pessoalmente, que, como eu são viciados em PMO, mas que são diferentes do seu namorado e chego até citar nomes: Marquinhos, Pirata, Kronos e outros.
Tem um cara aqui que fez uma postagem super pertinente para você, não vou discorrer sobre isso para não muito delongar, mas vou localizar e de indico onde ler.
Pense no que estou te dizendo, menina assustada.
A propósito, quantos anos tem?
Tchau!

_______________________________________
Deixe uma mensagem no meu tópico
http://www.comoparar.com/t784-o-inicio-de-uma-nova-vida



avatar
Mensagens : 655
Data de inscrição : 15/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 25/9/2015, 06:48
Domi1

Localizei a postagem. Veja no link http://comoparar.forumeiros.com/t932p105-conhecam-como-sua-parceira-se-senti#15602 o que o Sobrevivente escreveu para Neoii. Agora é a penúltima postagem.
Reflita!!!

_______________________________________
Deixe uma mensagem no meu tópico
http://www.comoparar.com/t784-o-inicio-de-uma-nova-vida



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Flag

em 26/9/2015, 13:02
Não encontrei nenhum relato de um moço denominado Sobrevivente, se puder reenviar o link eu ficaria grata.

Eu tenho 24 anos de idade. Desculpe a demora para escrever essa resposta, infelizmente meu avô teve que fazer uma cirurgia de última hora e eu acabei ficando sem tempo de entrar em contato com vocês.

Não sinto medo de ficar sozinha, no final das contas todos trilhamos nossos cominhos com nossas pernas, não é a solidão que me motiva a querer continuar com o meu parceiro e sim as minhas convicções. Eu sou pesquisadora na área de reabilitação humana (trato da parte de engenharia e não medicina ou psicologia) e eu vejo como é devastador quando se vira as costas para o problema dos outros, quando não se apoia alguém simplesmente por ela ter um problema ou por ela ser diferente.
Eu não quero largar uma pessoa sem antes tentar ajuda-la. Não quero desistir tão fácil assim, pode ser teimosia, ingenuidade ou pretensão, porém desistir sem tentar para mim seria uma derrota maior.
Eu estava conversando com a psicóloga que trabalha comigo e ela disse que na descoberta de uma doença grave as pessoas entram em um estágio similar ao luto. E passam por diversas fases até que elas tomem realmente a iniciativa de se tratar. O quanto demora cada fase e quantos ciclos terão varia de pessoas para pessoa e do ambiente no qual ela está inserida.
Ela acredita que ele está sim tomando consciência do problema dele e só está oscilando no momento entre a fase da negação e da barganha. Que é provável que ele ao parar de se boicotar ele verá o fundo o poço e é só nesse momento que as pessoas começam realmente a querer se tratar. O importante nesse momento é eu ser firme e ter conversas objetivas sem permitir que ele expanda os limites impostos.
Eu sei que ele anda pensando mais no assunto, vi ele pesquisando escondido sobre o vício em pornografia, por hora ele só não quer aceitar que há um problema com a cabeça dele.

Bom eu vou tentar mais um tempo, mas manterei na minha cabeça que eu possuo limites e que esses não devem ser negligenciados. Em todas as recaídas dele as suas palavras estarão ecoando em minha cabeça, como estão agora, mas as vezes eu estou na fase da negação da perda então até eu terei que chegar no fundo do meu poço para me libertar.

Obrigada
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1705
Data de inscrição : 27/07/2014
Ver perfil do usuáriohttp://www.vicioempornografiacomoparar.com

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 26/9/2015, 19:44
neoii escreveu:Quero poder ajudar as pessoas ,de alguma forma  ,obrigada por ter esse espaço aqui
graças a você e a todos que me auxiliaram ,hoje posso acolher alguém ,sucesso em sua vida projeto.

Você já está ajudando neoii. Sou eu quem agradeço sua presença no fórum e sua disposição para acolher as meninas que entram aqui. Sua ajuda é muito importante! Sucesso pra você também!

_______________________________________



"Você pode não ter força de vontade para parar de ver pornografia, mas certamente tem para instalar os bloqueadores - Porque ainda não o fez?"

"Prefiro ser escravo dos bloqueadores, do que escravo da pornografia"
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 26/9/2015, 21:39
Valeu, neoii e Dom1... eu tenho uma certo "neurose" de evitar ao máximo magoar as pessoas, já que eu fiz isso no passado, de forma inconsciente... mas enfim, hoje conversei com a guria que eu gosto e ela tá muito bem, tá feliz... meu reboot tem um significado maior agora, to fazendo o reboot por ela também... eu não gosto de manter expectativas, mas depois de "rebootado" novamente eu adoraria namorar com ela... ela recebendo um caro sóbrio e livre de pornografia e masturbação... seria fantástico!!!! Mas como o mundo é uma roda viva, ficarei feliz se ela encontrar outra cara até lá, afinal, ninguém é dono de ninguém. Abraços, galera, boa sorte ae

_______________________________________
avatar
Mensagens : 660
Data de inscrição : 21/07/2015
Ver perfil do usuário

RIDER

em 26/9/2015, 21:50
Se você a ama-se seu contador estaria muito mais alto ,que amor é esse e que conselho você pode me dar ja que seu contador não sai do 0 ,rider ta na hora de acordar e realmente fazer a diferença ,seja como os meninos que serve de inspiração para muitos e não um fracassado que corre da verdade e sempre se acaba pmo ou cachaça ,seu amor por essa guria é igual o do marido e namorados das meninas ,pense nisso e se levanta de verdade ,só falar não resolve ta na hora de colocar esse contador para rodar ..ok
avatar
Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/04/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 26/9/2015, 21:57
neoii escreveu:Se você a ama-se seu contador estaria muito mais alto ,que amor é esse e que conselho  você pode me dar ja que seu contador não sai do 0 ,rider ta na hora de acordar e  realmente  fazer  a diferença ,seja  como os meninos que serve de inspiração para muitos e não um fracassado  que corre da verdade e sempre se acaba  pmo ou cachaça ,seu amor por essa guria é igual o do marido e namorados das meninas ,pense nisso e se levanta  de verdade ,só falar não resolve ta na hora de colocar esse contador para rodar ..ok

valeu, neoii... já instalei mais um bloqueador (agora tenho dois no note) e não há mais brechas para eu recair.. agora eu vou decolar nesse reboot... abs

_______________________________________
avatar
Mensagens : 655
Data de inscrição : 15/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 28/9/2015, 15:17
Domi1

Vou tentar encontrar o texto e te envio o link, embora pelo que estou percebendo, não terá muita utilidade prática.

Tenho uma filha da sua idade, portanto falo com a propriedade de um pai, pois acredito que se tivesse espaço para conversar com o seu pai sobre isso, a posição dele, por certo não seria diferente da minha, pelo menos é o que imagino e sei também que é uma assunto por demais complicado para tratar com qualquer pessoa, portanto sei que estamos discutindo essa questão em razão do anonimato.

Me desculpe a sinceridade, mas tenho percebido em seu comportamento inexperiência e imaturidade.

Essa verborragia de psicologia, está sendo para você uma forma de camuflar uma realidade que não está querendo enxergar.

Sou extremamente pragmático, acho que até demais e se psicologia fosse algo mais além de pura teoria, não existiria tantos psicólogos desequilibrados, dançados, desajustados, em suma mergulhados em comportamentos que essa pseudo ciência propõe "consertar" ou melhorar.

A psicologia explica muita coisa, mas nós precisamos de resultados e isso ela não nos têm a oferecer. Há muito tempo lendo uma entrevista do Woody Allen, ele citou que fazia análise há 35 anos. Citei esse caso como exemplo. Conheço as diversas correntes da psicologia e as distingo da análise, que hoje já nem é reconhecida como ciência, estando lado a lado de práticas alternativas, como ioga e congêneres.

Você iria a um dentista que o tratamento durasse 35 anos? Sejamos práticos.

Mais uma vez peço desculpas caso seja psicóloga, pois me parece que trabalha nessa área. Mas falei obre a psicologia da mesma forma que falo sobre o direito. Sou advogado e não acredito na justiça.

Termino essa narrativa com uma recomendação direta: CAIA NA REAL!

Boa sorte!!!

_______________________________________
Deixe uma mensagem no meu tópico
http://www.comoparar.com/t784-o-inicio-de-uma-nova-vida



avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 28/9/2015, 15:27
Não sou psicóloga, sou engenheira.
Então como dependente você acha que o melhor é ser abandonado e seguir o caminho sozinho?
Acha que é necessário um momento de isolamento para se controlar, ou que como não será curado nunca você deve ficar só o resto de sua vida?
(Estou tentando te entender não é uma afronta)
avatar
Mensagens : 655
Data de inscrição : 15/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 28/9/2015, 16:28
Domi1
Claro que não vi sua mensagem como uma afronta. Debates são salutares.
Vou tentar te explicar como vejo a situação e a razão pela qual me opinei da forma como fiz.
Eu sou casado e minha esposa não sabe desse meu envolvimento com essa questão.
Não quero me enaltecer, mas farei uma considerações para entender meu ponto de vista.
Sou um bom marido e pai, procuro propiciar a elas tudo que está a meu alcance, não só material mas principalmente emocional, moral social e tudo mais. Parece estranho eu proporcionar estabilidade emocional e moral a alguém sendo que apresento um comportamento dispare disso.
Aí que entra o grande problema desse vício que consiste numa dualidade de vida, pois isso não existe para as pessoas, é algo que ocorre recôndito em um ambiente que é só do viciado, portando isso gera muito sofrimento e contradição tornado esse vício que é comportamental muito pior do que outros que estão vinculados a uma substância, como drogas, álcool, fumo etc.
É claro que eu gostaria de uma apoio para sair disso, ao longo de uma vida lutando e sempre perdendo, como acho pertinente ajudar as pessoas.
Porém essa ajuda só deve ser oferecida a que realmente quer ser ajudado.
Eu por exemplo sempre lutei muito, busquei muita forma de sair disso, até que encontrei esse espaço. Se der uma surfada por ai, verá a minha participação efetiva no fórum e minha obstinação para vencer o vício.
Eu quero e sempre quis e minha postura assim demonstra, agora pelo que percebi, o seu namorado, além de não querer, ainda apresenta comportamentos que digamos, nem um pouco recomendáveis.
Se seu namorado quisesse realmente se livrar desse problema, o mesmo é que estaria aqui, "dando a cara a tapa", sofrendo conosco, apoiando e sendo apoiado, ou seja escorando aqui na busca do sucesso, mas não, você é que está aqui. Fazendo o que? buscando conserto para quem não quer ser consertado.
Quem quer faz acontecer, veja o Marquinhos, o Kronos, o Pirata, para citar apenas uns, eu mesmo, estamos lutado, agora veja os companheiros das mulheres que estão aqui no tópico que me parece chamar "namoradas de rebooters", nenhum está aqui, todos acompanham a luta da companheira à distancia.
Não vou citar nomes, para não ser indelicado mas leia todos os tópicos, inclusive o seu e me dará razão.
O que vai acontecer com todas. O companheiro não vai sair da esparrela, porque eles não querem, embora vocês companheiras querem e muito.
Ninguém muda ninguém, qualquer mudança tem que brotar do âmago da própria pessoa.
Eu já havia feito de tudo para largar esse vício inclusive frequentando comunidades tipo do AA, só que para outro fim, a qual eu tentava adaptar à minha realidade pois onde moro não havia aquela voltada para o sexo. Com isso pude tirar muitas conclusões e principalmente isso: só se deixa um vício quando o viciado quer obstinadamente. Fora isso é só tentativa.
Reflita intimamente, mas com toda sinceridade: - o seu namorado quer deixar esse vício mais do que a quantidade que ele quer o vício. Você sabe a resposta.
Se a resposta for positiva, palmas para ele, sou o primeiro a incentivá-la a ajudar, se não, lave as mãos e segue sua vida. Vá ser felizes, você merece. Já existem tantas mazelas na vida que não se mostra razoável procurarmos mais.
E te adianto uma coisa. Você ainda não viu nada. O bicho é muito mais feio do que viu até agora.
Uma menina na flor da idade, com uma formação acadêmica em boa área, com toda uma vida pela frente, em momento de construir sua vida profissional, social, enfiada num buraco desse.
Vá viver minha filha.
Você ainda vai lembrar de minhas palavras e espero que com satisfação.
Acho que desviei um pouco do assunto, mas deu para responder sua provocação, que é diferente de afronta. Eu sou um provocador e admiro pessoas provocadoras.
Tchau!!

_______________________________________
Deixe uma mensagem no meu tópico
http://www.comoparar.com/t784-o-inicio-de-uma-nova-vida



avatar
Mensagens : 98
Data de inscrição : 31/07/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Domi. Parceira de um viciado.

em 1/10/2015, 08:51
"...eu não via a pornografia como uma coisa que deterioriza o ser a alma a mente ,hoje eu sei nunca gostei de ver pornografia pois sempre tive dó das pesssoas ,então acabava que eu não tinha tesão ,mais agora sabendo doque ela fez com essas pessoas ,nossa minha revolta chega ao topo ,esses miseraveis quer dinheiro ganhar dinheiro na custa de criança,sim pode ver relato por relato ninguém começou agora ,começaram na infancia para a pre-adolecencia ,então apenas são crianças grande que trazem sofrimento ,na maioria vejo que as pessoas são bacanas e essa merda pmo acaba com tudo..."
Brilhante conclusão Neoii. Concordo com sua colocação. É preciso amadurecimento e responsabilidade com a situação. Não reconhecer o vício é imaturidade, negligência e irresponsabilidade. Talvez seja possível fazer um paralelo com o comportamento social de cada perfil. Se o indivíduo tem dificuldade em assumir compromissos particulares ele terá dificuldade de reconhecer o vício. Não sou psicólogo. Estou só questionando se não tem relação uma coisa com a outra.
Nas volto a dizer, sua colocação foi perfeita! Foi algo imputado lá atrás e se instalou na mente infantil de cada um. Esse entendimento pode ajudar no processo de recuperação.
Força e fé a todos!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 660
Data de inscrição : 21/07/2015
Ver perfil do usuário

domi1

em 1/10/2015, 09:08
O garota cade você estou preocupada ,por favor não se afasta não passe isso sozinha sei que é dificil sufocante eu sei ,mas estou aqui por favor me dê noticia ...
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Neoii

em 1/10/2015, 13:47
neoii escreveu:O garota cade você estou preocupada ,por favor não se afasta não passe isso sozinha sei que é dificil sufocante eu sei ,mas estou aqui por favor me dê noticia ...

Eu não me distanciei, só estou um pouco sem tempo, meus pais sofreram um acidente de carro, e eu estou meio atolada em compromissos.
Eu tenho algumas coisas a relatar, prometo fazer isso em breve.

Obrigada pelo apoio
avatar
Mensagens : 660
Data de inscrição : 21/07/2015
Ver perfil do usuário

domi1

em 1/10/2015, 14:49
O minha querida tudo acontece de uma vez só ,eu estou com problemas de hospital também com família ,por favor não deixe de me dar noticias ,não caia domi1 por favor se mantenha forte pois agora será a coluna para todos ,pai mãe e namorado ..beijo neoii
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Força para você também

em 1/10/2015, 15:01
neoii escreveu:O minha querida tudo acontece de uma vez só ,eu estou com problemas de hospital também  com família ,por favor não deixe de me dar noticias ,não caia domi1 por favor se mantenha forte pois agora será a coluna para todos ,pai mãe e namorado ..beijo neoii

Pelo menos não perdi os dois, isso é o que me consola.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum