Quando você descobriu que tinha DE ?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 31/8/2014, 09:01

Bem, galera, estou no processo de Reboot, como muitos de vocês. Outros devem estar iniciando ainda e outros devem estar tomando coragem pra tomar essa decisão. Porém, acho que algo que temos em comum é a DE induzida pela pornografia.

Eu descobri a DE aos 24 anos, bem tarde. O que me trouxe uma decepção e vergonha enorme e uma espiral de emoções e questionamentos.

Eu sempre fui muito tímido e anti social (com certeza consequências do vício), então meu relacionamento com mulheres sempre foram raros, difíceis e tardios. Meu primeiro beijo foi com 18 anos, com 20 anos tive a minha primeira namorada e ficamos juntos por 3 anos. Não tivemos sexo durante esses 3 anos porque ela era evangélica e queria se casar virgem.

Depois terminamos e conheci a minha segunda namorada. Esta foi como ganhar na loteria!! Uma mulher incrivelmente linda, daquelas de parar o trânsito, com um corpo de modelo, fantástica e que se apaixonou por mim e, pasmem, me pediu em namoro.

Logo 2 meses depois que começamos a namorar, tivemos nossa primeira relação sexual. Fomos pra um motel da região e quando ela tirou a roupa eu fiquei encantado, ela me causava uma atração muito grande. Começamos a nos beijar e notei que minha ereção estava fraca, tipo uns 65%. Depois das preliminares eu coloquei o preservativo e na hora de penetrá-la, aconteceu a tragédia!! Não consegui mais ter ereção, ao ponto de não conseguir penetrá-la. "Como assim??! Como não estou conseguindo penetrar essa mulher linda, com o corpo lindo e que me deixa babando de tesão?" - foram meus pensamentos na hora. Ela se sentiu totalmente frustrada, questionando o porquê de ter acontecido aquilo. Então chegamos à conclusão que foi ansiedade devido à primeira vez, já que eu tinha 24 anos e estava tendo a minha primeira relação sexual.

Isso foi num sábado. Então nós marcamos de tentar de novo na semana seguinte. Durante a semana eu fiquei sem me masturbar e sem ver pornografia (coisa rara de acontecer, mas consegui), pra ter um desempenho melhor. Tinha a plena certeza que sete dias sem masturbação me fariam uma máquina de sexo no próximo encontro.

Chegando no dia, fomos para o motel e nas preliminares tive uma ereção fraca de novo, uns 75%, uma irrelevante melhora. Coloquei a camisinha e fui penetrá-la. Apesar da ereção não estar normal, consegui penetrar. Mas notei um outro problema: eu não conseguia ejacular. Eu pingava de suor, ficava 10, 20, 30 minutos em cima dela num ritmo frenético e não conseguia ejacular. E quanto mais tempo eu passava em cima dela, mais suado e cansado eu ficava e minha ereção ficava mais fraca. Até o ponto que não conseguia mais penetrar. No meu orgulho, coloquei a culpa no preservativo.

Ela começou a tomar remédio e fomos tentar a terceira vez, sem preservativos. Ereção 75%, desempenho um pouco melhor do que com preservativo e dificuldade de manter a ereção e de ejacular. Foi quando nos demos conta que eu tinha disfunção erétil. Me senti um merda, um fraco, um incapaz. Ela foi compreensível, quis me ajudar, ficou preocupada, quis até procurar um médico pra mim, mas eu não quis na época.

Bem, o namorou acabou depois de 2 anos e meio, culpa das consequências do vício, que arruinou meu relacionamento.

Foi assim que descobri a impotência.



Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 31/8/2014, 09:48

A minha história é parecida com a sua. Aos 25, a mesma coisa. No começo eu coloquei a culpa na camisinha, depois pensei que era excesso de refrigerante (sério), depois que era culpa da garota, depois que era psicológico, depois que era fisiológico, enfim, muitos depois depois, eu finalmente cheguei no site do Gary Wilson e isso mudou minha vida. Decidi que até eu terminar o reboot não iria concluir mais nada a respeito do assunto e para minha surpresa, 30 dias depois eu estava curado da DE, podendo transar com camisinha, a mesma garota, tomando refrigerante e tudo, rs.
avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 31/8/2014, 12:44

Encontrar outras pessoas que passaram pela mesma situação e conseguiram se curar é motivador para mim.

Bem, eu tentei fazer sexo com uma pessoa real depois de uns 30 dias de reboot e me arrependi. Achei q já tivesse curado, mas não estava. Falhei e tive que fantasiar pra conseguir a ejaculação com a masturbação. Por isso eu recomecei a contagem e estou há 10 dias sem pornografia e masturbação e em 37 dias tive só essa recaída "diferente".

Vou esperar os 100 dias pra tentar uma nova relação sexual. Se bem que o Gary falou que existem casos de jovens que precisam de 6 a 9 meses pra encontrar a cura. Se esse for o meu caso, vou pagar o preço, ficar o tempo que for pra ser curado e livre desse vício.

Projeto, mas você teve relação sexual com 30 dias? Ou vc "sentiu" que estava curado?

Abraços

Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 1/9/2014, 07:35

Sim, tive relação sexual! Mas não senti que estava curado não. Na verdade estava com um grande pavor de falhar, já que isso na cabeça de um homem infelizmente é a coisa mais humilhante que pode acontecer. O que aconteceu na verdade para mim com apenas 30 dias ter coragem de fazer sexo mesmo sabendo que estava com DE, é que no meu entendimento fazer sexo ajudaria no reboot, por substituir algo virtual e fantasioso por uma experiência real, com uma garota real e que eu gostava. Mas o ponto principal para mim ter me exposto assim com uma garota foi que por segurança eu comprei um desses remédios para ereção, (imagina a vergonha que eu senti, indo comprar aquilo com apenas 25 anos). Usei nas primeiras vezes, depois não precisei mais para minha surpresa. Foi aí que eu descobri que não estava mais com DE graças ao reboot de pornografia.

(*OBS: Não estou recomendando que façam isso, muito menos que usem esses remédios, já que são extremamente perigosos e podem colocar em risco a sua vida ou mesmo comprometer para sempre seus órgãos sexuais, apenas estou relatando aqui essa história para que as pessoas possam comparar suas experiências com a minha, já que escrevo para um público adulto, maior de idade e, portanto responsável pelos seus atos).


Última edição por Projeto em 14/9/2015, 13:20, editado 1 vez(es)

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 2/9/2014, 21:05

Será que vale a pena ter uma relação sexual antes dos 90 dias? Todos sabemos que o número 90 de dias é simbólico e não quer dizer que seja padrão para todos. É um desafio em que nos propomos a cumprir em nome da liberdade.

Porém, estou saindo com uma colega de trabalho e ela quer transar. Eu também quero, mas não sei se vai ser bom para o meu reboot. Digo isso porque fazia quase 30 dias que eu estava no reboot, sem pornografia e sem masturbação, mas conheci uma outra garota e começamos a ficar, depois começamos a falar coisas sexuais pelo telefone, isso me fez ter várias fantasias e, quando finalmente fomos para a cama, eu falhei (obs: tomei viagra antes da relação sexual). Foi terrível, acabei tendo uma recaída ali mesmo.

Enfim, ao mesmo tempo fico pensando que seria bom ter uma relação sexual pra poder experimentar algo real, mas sem cometer o erro de fantasiar antes.




Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 2/9/2014, 21:08

Ahhh, e agora faz 10 dias que reiniciei o reboot e agora estou mais confiante que antes. Esse fórum com certeza vai ajudar muito no processo. Estou muito confiante de que vou alcançar os 90 dias. Depois pra sempre

Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 2/9/2014, 22:56

90 dias é 90 dias sem pornografia e estimulação artificial e não necessariamente 90 dias sem sexo.

Usuários que relatam terem ficado 90 dias sem sexo, o fizeram por conta própria no que os americanos chamam de "hard mode". Mas o conceito de reboot, se refere à dar um tempo para o seu cérebro de estimulação artificial, até ele recuperar sua sensibilidade normal à dopamina que está desregulada.

Desta forma, para algumas pessoas sexo durante essa fase é bom (como foi o meu caso), para outras é ruim, porque talvez o vínculo com a parceira, seja um vínculo fantasioso demais (como no exemplo de ficar se excitando com fotos e telefonemas).

Uma coisa legal de se experimentar e que o Gary Wilson sempre sugere, principalmente para quem tem DE, é o meio termo. Ou seja, no inicio ao invés de ir para a relação sexual com penetração propriamente dita, focar nas preliminares ou numa sexualidade que estimule a sensação de vínculo com o casal. O que é bem diferente da sexualidade que é mostrada e estimulada na pornografia.

Esse tipo de relação, não só vai te ajudar a religar as sinapses distorcidas pelo vício em sexo virtual para uma relação real, como também vai ajudar a te dar a segurança para fazer o reboot, já que terá a cumplicidade da sua parceira. Mas claro, isso vai depender do perfil da sua parceira.


Última edição por Projeto em 2/9/2014, 23:01, editado 1 vez(es)
avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 2/9/2014, 23:01

Pergunta: Você falhou mesmo tomando viagra? (isso é mais uma prova de que o Gary está certo).
avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 3/9/2014, 18:41

Projeto, eu tomei viagra duas vezes. Na primeira eu ainda estava namorando e existia um vínculo afetivo muito forte com minha namorada, então eu tive uma ótima ereção, mas não consegui ejacular, como das outras vezes. Então percebi que com remédio ou não, eu tinha uma disfunção, que é a ejaculação retardada.

Na segunda foi durante o reboot, já solteiro. Eu devia ter uns 25 dias sem pornografia propriamente dita, mas estava fantasiando muito devido a um sexo casual que estava praticamente marcado com uma mulher que conheci. Com essa não existia vínculo nenhum. Tomei o viagra e depois fui para os finalmentes. Tive uma ereção fraca e depois perdi a ereção totalmente, ao ponto de nem conseguir penetrá-la mais.

Eu só tinha ereção 100% quando eu encontrava "aquele vídeo", aquele depois de horas procurando o vídeo perfeito. Se eu não encontrasse, eu finalizava com um vídeo "mais ou menos", com uma ereção de 80% e sem muita empolgação.

Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 5/9/2014, 12:09

Puxa... mesmo com viagra cara! Isso vai de encontro a lógica da dopamina. Isso prova que o excesso de fantasias é o que ferra a coisa toda!
avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Magrao em 5/9/2014, 21:52

Embora o Projeto tenha se curado da DE em torno de 30 dias, eu acho que é bem pouco tempo 25, 30 dias. Então, não desanime, nosso cérebro em geral precisa de um bom descanso e estar fantasiando é um sinal de que estamos no ciclo do vício ainda (e de que provavelmente não iremos nos excitar com uma mulher real, por mais testosterona que tenhamos armazenado nesse tempo todo). O reboot "elimina" as fantasias (não 100%, mas muito, muito mesmo!). Quando eu fui transar após 109 dias sem PMO eu não tinha nenhuma fantasia em mente - e as fantasias, mais que a pornografia, sempre foram minha maior dificuldade. Eu simplesmente curti a transa e senti pela primeira vez como o sexo é algo incrível. Senti algo completamente diferente: uma conexão entre eu e a pessoa, algo difícil de explicar. Posso dizer que perdi minha virgindade aos 28 anos! haha Pois foi a primeira vez que senti o verdadeiro sexo.

Vamos combinar uma coisa. Se estamos sendo tomados de assalto por fantasias, estamos ainda na dinâmica do vício. O que nos excita ainda é irreal, imagens mentais, e a mulher real não vai dar barato por enquanto. Conforme as semanas forem passando, os assaltos de fantasias vão ficando mais esparsos e mais fáceis de controlar, vão enfraquecendo.

As fantasias no cérebro de um viciado em pornografia costumam ser extremas, fetiches perversos que quanto mais ferem a moral, mais dopamina liberam. Portanto as fantasias liberam uma quantidade de dopamina muito superior a uma mulher comum nua na nossa frente. Quando você está no ciclo de fantasias (que é o vício em pornografia) são picos e picos de dopamina. A mulher comum não vai fazer o pênis subir mesmo rs

A abstinência de PMO fará com que os níveis de dopamina em nosso cérebro vão abaixando. As fantasias não mais serão gratificadas com dopamina (masturbação e orgasmo), muito menos reforçadas com pornografia. Com os níveis de dopamina caindo e as fantasias sumindo, uma mulher real já passa a ser algo cada vez mais "interessante", se é que me entende. alien

avatar
Magrao

Mensagens : 397
Data de inscrição : 30/07/2014
Idade : 31

http://www.vivasempornografia.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Brother em 6/9/2014, 15:59

Bom, minha história é bastante complexa. Na verdade eu a chamo de uma vida sem graça e sem sentido. Fui educado em uma igreja evangélica, criado por mulheres sem pai e sem irmãos. Aos 14 anos me dei conta de que eu era homossexual. Minha primeira atitude foi lutar contra esse desejo através de oração, quando vi que precisava de ajuda busquei me aconselhar com pastores. Na primeira vez que procurei, o pastor me falou que era necessário um acompanhamento, e como ele era de outra cidade, não podia me ajudar. Então procurei o pastor de minha igreja, e esse, além de não saber o que fazer, ainda pediu que eu fizesse resenhas de alguns livros. Eu achava que fazia parte do processo, mas na verdade eu estava fazendo o trabalho dele da faculdade. Descobri depois. Então, passado algum tempo procurei um terceiro pastor. Esse foi ótimo em dar conselhos, disse que nos veríamos uma vez por semana pra conversar e orar, mas do primeiro ao segundo encontro foram 30 dias. Pro terceiro mais 30, e então ele foi embora da cidade porque havia comprado demais e estava devendo no comércio. Até se envolveu com agiota. Então decidi não mais procurar ajuda de ninguém. Nesse tempo, desde os 14 anos eu havia começado a me masturbar. Me masturbava todos os dias, várias vezes ao dia. Eu permaneci virgem até meus 23 anos, quando finalmente sai com um rapaz. Foi uma experiência muito ruim. Algum tempo depois, saindo com outros percebi que não tinha ereção boa. Tinha dificuldade para penetrar. Só conseguia ficar com o pau duro se me masturbasse, e isso logo me dava vontade de gozar. Com o tempo só foi piorando, chegando a momentos que nem masturbando meu pau subia. Procurei um urologista, com os exames soube que não havia problema. Então me dei conta de que era por causa da masturbação. Embora em nenhum lugar estivesse afirmando que a masturbação causava impotência, eu sabia que era isso. Mas então, eu já estava viciado e não conseguia parar. Com a internet só piorou, o vicio em masturbação passou a ser por vídeo pornô. Com o tempo comecei a usar estimulantes e isso me ajudou a transar, mas eu não me sentia satisfeito porque, por mais que conseguisse ter ereções satisfatórias, aquilo pra mim era artificial. Então, aos 30 anos, comecei a lutar com mais determinação contra a masturbação. Consegui ficar vários dias sem, mas sempre voltava. Quando encontrei esse livro, só veio a ratificar o que eu já desconfiava e me motivou a lutar mais. Eu cheguei aos 60 dias sem. Voltei a ter ereções espontâneas e matinais. Mas tive recaída, e agora fica mais difícil lutar. Cheguei novamente aos 30 dias, mas recaí outra vez. Eu sei o quando me é prejudicial, mas sempre caiu. É muito difícil. Eu ativei o bloqueador de pornografia no meu notebook e guardei a senha em lugar difícil de pegar. Mas eu sempre encontro uma forma de burlar o bloqueador. Me sinto culpado, patético por saber o que devo fazer e não faço. Estou com 32 anos, sou gay sem querer ser, ativo e brocha. Estou no meu melhor aspecto físico, malhando e correndo, me sinto bonito como nunca estive antes. Sou concursado e tenho um poder aquisitivo hoje que nunca tive antes. No entanto, nunca me senti tão só quanto me sinto agora. Hoje em dia entendo que a homossexualidade em minha vida foi pela falta da presença masculina em minha educação. Eu precisava de um mentor, de um pai, pois estava muito confuso. Bom, eu conseguir superar muita coisa. Mudei várias características de minha personalidade, mas ainda me sinto fraco, principalmente nessa luta contra o vício. A vida sem amor não tem sentido.

Brother

Mensagens : 23
Data de inscrição : 06/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 6/9/2014, 21:03

Cara, você foi muito bem em ter chegado aos 60 dias, não desista por causa da recaída.

Antes de chegar aos 90, eu recaí várias vezes, mas botei na cabeça que eu não ia desistir pelo menos até chegar aos 90 dias. Se chegasse aos 90 eu iria ver por mim mesmo se a coisa funcionava ou não e a partir daí tomaria uma decisão sobre o vício. E foi isso que eu fiz.

Na época eu estava com DE e me sentindo um lixo. A auto-estima estava lá em baixo e eu estava começando um namoro (recém tinha terminado outro, pensando que a minha DE era culpa da menina). Foi assim, motivado pela vergonha infelizmente, que decidi que pornografia não era mais uma opção para a minha vida.

Relembrando a história aqui para relatar para vocês, percebo que um detalhe que me ajudou foi o namoro. Talvez esse seja um ponto chave que faz muitas pessoas recaírem. O compromisso com o namoro, mais a sensação de vínculo e principalmente, o "religamento" através de relações sexuais normais, ajudam e muito o reboot!

Nesse sentido, talvez seja só nisso que você esteja "falhando", considerando que já tem o entendimento teórico de como o vício funciona.

E quanto ao aconselhamento, eu respeito muito as pessoas religiosas, mas infelizmente temos que admitir que muitas delas não ter a menor condição de aconselharem aos outros, ainda mais na questão da homossexualidade. Quem sabe uma terapia com algum psicólogo seja mais produtiva, no sentido de você trabalhar esses "grilhos" aí da infância. Mas não deixe de fazer o reboot, apesar da terapia...

Por fim, se quiser recomeçar o reboot, eu me ofereço para acompanhar de perto o seu caso. Desde que obviamente, pornografia não seja mais uma opção na sua vida. A ideia é começarmos um projeto experimental que consiste em estabelecermos "parceiros de reboot" que tenham completado o experimento, para aconselhar mais diretamente quem ainda não completou os 90 dias à concluir o reboot.  É uma proposta terapêutica do fórum que eu pretendo testar na prática com um número reduzido de pessoas.

Existem 2 moderadores que já fizeram o reboot (eu e o Magrão), então você pode escolher um de nós para iniciar o processo (o mesmo vale para os outros membros do fórum). As recaídas serão toleradas, no sentido de que a ideia não é  fazer um trabalho no estilo "recompensa e castigo", mas ao mesmo tempo as pessoas que entrarem nesse experimento devem estar comprometidos com coisas básicas como por exemplo: Ver o vídeo do Gary, ler o ebook inteiro, instalar um contador e um bloqueador de pornografia e postar ao menos uma vez por semana no seu diário pessoal.

Enfim, fica aí o convite...

Independente dessa possibilidade, seja bem vindo ao fórum!

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Paulista em 7/9/2014, 18:40

A minha história é muito parecida com a do "Brother" quando o assunto é a disfunção erétil. Muitas pessoas acham que eu sou "o cara" quando o assunto é pegar mulher, pois tenho um poder aquisitivo elevado, sou bonito e sociável. No entanto, eu sofro demais com essa pressão.

Tive as mesmas impressões que vocês de que o problema era com as mulheres, até que um dia descobri que era a pornografia. No entanto, nunca tinha conseguido lutar contra ela até que no carnaval deste ano fui fazer uma viagem para uma cidade que tinha carnaval de rua e me vi trancado num quarto com 3 mulheres ao mesmo tempo. Foi o momento que me senti mais envergonhado em toda a minha vida por não ter conseguido ter uma ereção.

Mesmo após esse evento, o máximo que havia conseguido ficar sem pornografia, era em torno de 10 dias. Até que a 20 dias atrás eu conheci o site do "como parar" e consegui entender fisiologicamente a coisa toda. Desde então, estou a 19 dias sem pornografia.

_______________________________________
avatar
Paulista

Mensagens : 140
Data de inscrição : 07/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 8/9/2014, 21:39

Quando estamos sozinhos no nosso problema, achamos que só nós sofremos com DE. E no fórum vemos que vários jovens sofrem o mesmo que nós. Cara, vale muito a pena ficar sem pornografia!

Às vezes bate uma vontade louca que nos tortura, mas é passageira e nos fará ainda mais forte na luta contra o vício.

Ceder é a pior escolha! É como uma coceira. Se nos coçarmos, achamos que estamos resolvendo o problema e temos um alívio temporário, mas logo depois vai começar a coçar ainda mais.

Assim é com o vício. Ceder só vai nos fazer ter mais vontade de ver pornô.

Estou há 16 dias sem pornô. Em 40 dias tive uma só recaída! Mas tenho a cada dia mais convicção de que não é mais uma alternativa.

Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Gabriel C em 8/9/2014, 22:11

Eu também fui ter relações sexuais com vinte e poucos dias sem PMO e também falhei. Acho que é normal. E olha que usei viagra !!!!!

Alguns precisam de um tempo maior para a cura, acredito nisso.

Gabriel C

Mensagens : 22
Data de inscrição : 30/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Paulista em 8/9/2014, 22:47

Acredito que se for possível, o melhor é tentar ter uma relação e se você falhar, tem que tocar o barco e continuar com o contador firme e forte. Essa será a minha estratégia, não vou fugir de mulher mais. Se for o caso, pretendo até recorrer ao serviço de prostitutas aonde eu posso abrir o jogo sem se sentir um bosta. E se eu falhar, eu sei que as coisas não vão tudo para a estaca zero se eu não ter uma recaída ao chegar em casa.

Vou encarar como uma tentativa e com frieza. Estou com essa ideia porque vejo que muita gente vai tentar lá pelo dia 20~60 e que por acabar falhando, acaba jogando tudo no lixo.

Essa porra de vício não é uma opção, não é como fumar um cigarro ou beber. Não existe vida descente com isso.

_______________________________________
avatar
Paulista

Mensagens : 140
Data de inscrição : 07/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  _new em 9/9/2014, 22:31

Depois de várias tentativas infrutíferas de fazer sexo. Todas eu culpava o álcool, quando tentei sem álcool e não consegui mesmo assim. O máximo que consegui foi ter uma semi-ereção seguida de ejaculação precoce (como se não bastasse DE, rs). Aconteceram duas vezes, então vi a palestra do gary wilson e comecei o reboot. Fiquei dois anos tentando parar, mas eu não levava o vício a sério então parava, continuava, parava e assim ia levando, recaída após recaida. Dava desculpas esfarrapadas "ah, é sexta-feira, vou começar de novo na segunda", "é dia 28, vou esperar zerar o mês e começo novamente". Terrível. Perdi muito tempo nisso. Hoje faço 61 dias e estou confiante. Tive uma "recaída" 17 dias atrás: me cadastrei em site de relacionamento e fiquei procurando mulher com a desculpa de achar uma companhia para ajudar no reboot. Resultado: fiquei 7 dias nessa e no sétimo, o ápice já eatava procurando gordinhas na internet, quase indo para o pornô. Agora mantenho um contador para fantasias e vou estar plenamente realizado quando este, que computa hoje 10 dias, estiver no 90.

Eatou na segunda flatline, mas vamos que vamos. Estava usando uma técnica descrita no próprio site do Gary Wilson, que consiste em tocar-se enquanto se massageia o membro, sem fantasiar ou esperar uma ereção, afim de religar os sensores cerebrais que se estimulam através do toque. Mas prefiro usar a técnica do Magrão: quando eu estiver livre de fantasias vou me arriscar a dizer que estou curado.
avatar
_new

Mensagens : 110
Data de inscrição : 09/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Thales em 15/9/2014, 16:12

Eu tinha voltado para minha escola antiga temporariamentr, e tinha uma garota bonita, mas nao uma panikat, e a minha "madeira" nao subiu qdo iria masturbar para um angulo de uma garota normal um pouco acima da media, e depois eu procurei sexo amador, nao levantou, procurei sexo + pesado levantou 70% aquele dia foi horrivel

_______________________________________
"Os que se acostumam com a mediocridade estão condenados à ela"



My life is a movie and everyone's watching
So let's get to the good part and past all the nonsense

Sometimes it's hard to do the right thing
When the pressure's coming down like lightning
It's like they want me to be perfect
When they don't even know that I'm hurting

This life's not easy, I'm not made out of steel
Don't forget that I'm human, don't forget that I'm real
You act like you know me, but you never will
But that's one thing that I know for sure
I'll show you






Ultima P. vista: 10/02/2016
Ultimo orgasmo com M: 10/02/2016
Ultimo edging: 10/02/2016

Ultimo recorde: 40 dias
avatar
Thales

Mensagens : 164
Data de inscrição : 06/09/2014
Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Foi triste...

Mensagem  Justiceiro do Sertão em 16/9/2014, 09:14

Já nos tempos de colégio começava a achar estranho não me empolgar tanto quando diante de uma garota real, na maioria das vezes. Com pornografia, porém, ia ao êxtase, para depois desabar...
Anos se passaram até que eu descobrisse ser verdade o que eu tanto temia.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
avatar
Justiceiro do Sertão

Mensagens : 414
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Sputnik em 16/9/2014, 20:26

Justiceiro, é mesmo muito triste se dar conta do tempo que a gente perdeu...

Mas a boa notícia é que isso tem jeito, basta estar determinado! Persistência é a única opção!

Força!

Sputnik

Mensagens : 13
Data de inscrição : 14/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

ELEVADA SENSIBILIDADE AO TOQUE E AO SOM REAL!

Mensagem  Engenheiro em 17/9/2014, 21:40

Olá, pessoal.

Sou novo no fórum. Desde já agradeço aos companheiros de luta contra o vício e aqueles que contribuem para os avanços no combate a esse comportamento destrutivo.

Quanto a ter DE, eu não apresento sintomas como falta de ereção, no entanto, algumas vezes apresento ereção pouco firme e pouco duradoura.

Agora, o que mais me chateia é que descobri uma hipersensibilidade ao real!
Eu me condicionei ao virtual e quando tenho relações com minha parceira é muito difícil para mim aguentar e manter um controle sobre a ejaculação quando estou ali, sentindo mesmo as sensações do tato. Além disso, o que contribui muito são os sons, enfim, os gemidos. Descobri que tenho uma elevada sensibilidade quando ela geme, me levando a quase ejacular. Obviamente, quando estou sob outras circunstâncias difíceis, como estresse de trabalho e tal, esse efeito se agrava.

Alguém mais tem problemas com controle da ejaculação e hipersensibilidade ao sexo real?!

GRANDE ABRAÇO E É SÓ POR HOJE!

_______________________________________
avatar
Engenheiro

Mensagens : 16
Data de inscrição : 17/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Nsh em 17/9/2014, 22:17

HomemCompleto escreveu:Olá, pessoal.

Sou novo no fórum. Desde já agradeço aos companheiros de luta contra o vício e aqueles que contribuem para os avanços no combate a esse comportamento destrutivo.

Quanto a ter DE, eu não apresento sintomas como falta de ereção, no entanto, algumas vezes apresento ereção pouco firme e pouco duradoura.

Agora, o que mais me chateia é que descobri uma hipersensibilidade ao real!
Eu me condicionei ao virtual e quando tenho relações com minha parceira é muito difícil para mim aguentar e manter um controle sobre a ejaculação quando estou ali, sentindo mesmo as sensações do tato. Além disso, o que contribui muito são os sons, enfim, os gemidos. Descobri que tenho uma elevada sensibilidade quando ela geme, me levando a quase ejacular. Obviamente, quando estou sob outras circunstâncias difíceis, como estresse de trabalho e tal, esse efeito se agrava.

Alguém mais tem problemas com controle da ejaculação e hipersensibilidade ao sexo real?!

GRANDE ABRAÇO E É SÓ POR HOJE!

Seja bem vindo e boa sorte na sua empreitada!

Quanto ao seu questionamento eu posso compartilhar minha experiência. Três anos atrás eu já estava viciado, mas só hoje percebo isso (uma fase de negação do vício, talvez?). Eu namorava e não tinha problemas de ereção, mas sofria um pouco com a sensibilidade.

Já na época, porém, eu percebi um padrão. Sempre que eu ficava um tempo sem pornografia e, consequentemente, sem masturbação, eu durava mais; muito mais na verdade - eu conseguia controlar o sexo perfeitamente. Aliás, não só durava mais, como o sexo era incomparavelmente melhor. Eu inclusive decidi me impor uma limitação ao pornô: só depois de transar. Como tínhamos uma rotina de sexo mais ou menos definida, era fácil de seguir.

Lembro de um episódio que nós só conseguimos nos ver no fim de semana, sete dias depois da última transa; eu já estava subindo pelas paredes, ela também. Fazia tempos que eu não ficava tanto tempo sem me masturbar. Para resumir: até hoje foi o melhor transa que eu já tive.

Muito provavelmente essa sensibilidade está diretamente relacionada ao ciclo vicioso da pornografia e, por experiência própria, acredito que seja uma fase prévia à DE. Eu posso afirmar o seguinte: como o fim do namoro, o fim do sexo, eu não tinha mais a necessidade de esperar para ver pornografia e poucos anos depois eu passei pelo constrangimento de não conseguir ejacular numa transa (mais de uma hora sem quase sentir nada). Posteriormente veio minha primeira experiência de DE. Foi então que internalizei: sou um viciado, preciso parar.

Amigo, comece o reboot e aproveite muito bem o fato de você estar namorando. Se o seu caso for semelhante ao meu, perceberás que o sexo fica muito melhor sem pornografia e, ao meu ver, isso vai ser um ponto forte na sua recuperação.

_______________________________________
avatar
Nsh

Mensagens : 25
Data de inscrição : 07/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Disfunção Erétil

Mensagem  fiodor em 2/10/2014, 20:09

Caros, boa noite!

Tenho 25 anos e a minha história não é muito diferente da de todos aqui. Comecei a me masturbar com doze anos e já de início a níveis preocupantes; meu pai chegou a tirar a tranca do banheiro, por eu passar o dia inteiro lá dentro, por vezes passando das dez punhetas diárias. Fui crescendo e modéstia à parte, sempre fui um cara atraente fisicamente e também inteligente. Por conta disso sempre tive muitas garotas no meu pé, mas por vezes eu as rejeitava para me masturbar ou então ir atrás de prostitutas ou travestis. Sou hétero, meu interesse no caso por esse tipo de sexo seria o da fantasia com a "sujeira" da coisa. Tive alguns namoros e me viciei em cocaína. Nessa época falhei algumas vezes com uma garota pela qual eu estava apaixonado e ela não foi compreensiva. Isso me frustrou muito e me deixou inseguro. Nós nos separamos, em um ano me livrei do vício em cocaína e mais um ano depois, comecei a sair com uma garota. Na primeira vez em que fomos transar meu eu brochei. E esse foi o início do meu maior pesadelo. Tentamos uma segunda vez e nada. Na semana seguinte tb falhei. Na terceira vez eu tomei remédio, viagra. A relação deu certo e tudo o mais, fiquei aliviado por ter conseguido, mas cheio de culpa por ter sido por outros meios. Vou resumir, senão vamos longe: desde então, e isso já faz uns quatro anos, só consigo ter relações sexuais tomando remédio; já cheguei a falhar mesmo com o remédio. A única que foi sem remédio foi uma em que eu estava bebedo e correu tudo bem, no outro dia transamos mais duas vezes comigo são e correu tudo bem. Mas foi só. Tem pessoas que compram camisinhas quando sabem que vão transar, eu compro remédio. E eu transo muito, esse ano já transei com quinze garotas diferentes. E tudo isso não passar de uma farsa, fico muito, muito, muito triste por tudo isso. O meu problema, além da pornografia, se estendeu à ansiedade: quanto o mais interessado estou na garota, mais ansioso e preocupado fico e o pau não sobe de jeito maneira.

Nunca consegui parar, mas hoje estou no meu maior número de dias sem pornografia: 21 dias! Estou saindo com uma garota da qual estou gostando; saímos duas vezes e transamos nas duas - com remédio obviamente. Estou muito empenhado a conseguir fazer o reboot e começar a ter relações sexuais normais, pq é o que mais quero na vida. Eu tenho a vida sexual que todo o homem gostaria de ter, posso sair com uma mulher por final de semana se quiser... mas ao mesmo tempo não sinto prazer nenhum com isso, pq por mais que o meu pau fique duro, eu me tornei muito insensível, então o prazer cai pela metade, fora a culpa que vem depois pela mentira e a farsa.

Posso dizer que o vício em pornografia é pior que o de cocaína, com toda a certeza. Ele é silencioso e mortal. Pq eu me sinto morto.

Mas enfim, estou feliz por esses 21 dias! Será que tenho salvação ainda!???

Muito obrigado pela atenção!

fiodor

Mensagens : 18
Data de inscrição : 02/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 4/10/2014, 23:32

Sim! Pela minha experiência você tem salvação ainda, com certeza. Eu estava na mesma situação de disfunção Erétil e depois de 30 dias recuperei a capacidade de ter ereções normais. Mas esse tempo varia de pessoa para pessoa.

Na verdade, é você mesmo quem vai ter que "se dar" a oportunidade e testar o método do Reboot. Se depois de 90 dias de abstinência completa de fantasias e pornografia você ainda não conseguir ter ereções sem ajuda de remédios é porque o método não funciona, do contrário, ele funciona. Simples assim!

Mas mudando um pouco de assunto, num determinado momento do seu relato você falou que o vício em pornografia e pior do que o vício em cocaína. Eu nunca fui viciado em nada além de pornografia, por isso achei  bem impactante essa frase. Será que você poderia fazer a gentileza de compartilhar comigo e com os outros membros do fórum um pouco da sua experiência com esses dois vícios, no sentido de comparar seus efeitos um com o outro para efeito de estudo? Grato desde já!

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum