Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 3
Data de inscrição : 24/06/2016
Ver perfil do usuário

Início

em 24/6/2016, 19:08
Olá!!!

Sou nova aqui. Tenho 24 anos, e pelo que me lembro fui exposta à P muito cedo. Recordo-me de que mais ou menos aos 8 anos de idade já via as revistas eróticas e pornográficas que meu irmão escondia em seu quarto. pale Mas não era algo frequente.
Durante minha infância recordo-me também de sempre brincar de algo que estava relacionado ao sexo, e isso aos 9, 10 anos de idade. Neutral
No início da adolescência tive pouco contato com conteúdo P, mas criava fantasias em minha mente e me M. Era capaz de passar horas pensando em situações eróticas, sem ao menos manter contato com as pessoas.
Apesar disso, ou exatamente por isso, sempre fui muito fechada para relacionamentos. Encontrava dificuldades em me conectar com os rapazes, os afastando de mim, além de ter problemas nos relacionamentos sociais também.
Foi aos 13 anos que comecei a descobrir a nocividade que minhas fantasias traziam. Entre os 14 e 16 anos a prática de PMO era quase inexistente, sobretudo dos 15 aos 16 anos.
Com meu primeiro e único namorado até então, aos 18 anos comecei a experimentar desejos e ter experiências mais reais. Frise-se que a despeito desta bagagem, me mantive virgem até hoje, também por questão de crenças e fé, pois sou evangélica, por mais contraditório que possa parecer. Embarassed
Apesar de toda esta experiência, foi aos 19 anos, com minha ida para a faculdade e acesso amplo à internet que mergulhei no mundo escuro da PMO e tive meu primeiro orgasmo. A partir de então, vivo uma luta constante contra o vício. Em 2013 minha luta foi mais concisa. Mas nos últimos dois anos, principalmente em 2015 eu praticamente desisti de lutar.
Neste ano, tenho conseguido passar períodos mais longos sem a prática da PMO, mas este tempo geralmente se limita à um mês.
Já percebi alguns pontos fracos, coloquei filtros em meu PC, e etc...
Luto principalmente pela fé que professo, mas passei a pesquisar muito sobre o vício e percebo o quanto meu desempenho acadêmico, profissional e emocional estão comprometidos.
Atualmente, estou emocionalmente envolvida com um rapaz, e principalmente por meus valores cristãos, quero começar uma nova vida, e ter um casamento bem sucedido. Em uma crise de abstinência encontrei o fórum...

Obs.: É engraçado que o assunto de maneira geral é um tabu, mas quando trata-se de mulheres, as dificuldades para alcançar ajuda são maiores, dados o preconceito e a cultura machista que infelizmente nos permeia, gerando uma tendência de luta e sofrimento solitários, e talvez ineficazes.

Enfim, é isso... Espero conseguir vencer!



_______________________________________
Mensagens : 108
Data de inscrição : 08/06/2016
Ver perfil do usuário

Seja bem vinda

em 24/6/2016, 20:55
Olá guerreira. O primeiro passo você já deu. O importante é seguir todos os procedimentos, fechar todas as brechas, estabelecer o objetivo e guerrear até chegar nele. Sucesso na tua caminhada. Fique na paz.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1681
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 24/6/2016, 22:11
Spoiler:
Ju Oui escreveu:Olá!!!

Sou nova aqui. Tenho 24 anos, e pelo que me lembro fui exposta à P muito cedo. Recordo-me de que mais ou menos aos 8 anos de idade já via  as revistas eróticas e pornográficas que meu irmão escondia em seu quarto.   pale Mas não era algo frequente.
Durante minha infância recordo-me também de sempre brincar de algo que estava relacionado ao sexo, e isso aos 9, 10 anos de idade.  Neutral
No início da adolescência tive pouco contato com conteúdo P, mas criava fantasias em minha mente e me M. Era capaz de passar horas pensando em situações eróticas, sem ao menos manter contato com as pessoas.
Apesar disso, ou exatamente por isso, sempre fui muito fechada para relacionamentos. Encontrava dificuldades em me conectar com os rapazes, os afastando de mim, além de ter problemas nos relacionamentos sociais também.
Foi aos 13 anos que comecei a descobrir a nocividade que minhas fantasias traziam. Entre os 14 e 16 anos a prática de PMO era quase inexistente, sobretudo dos 15 aos 16 anos.
Com meu primeiro e único namorado até então, aos 18 anos comecei a experimentar desejos e ter experiências mais reais. Frise-se que a despeito desta bagagem, me mantive virgem até hoje, também por questão de crenças e fé, pois sou evangélica, por mais contraditório que possa parecer.   Embarassed
Apesar de toda esta experiência, foi aos 19 anos, com minha ida para a faculdade e acesso amplo à internet que mergulhei no mundo escuro da PMO e tive meu primeiro orgasmo. A partir de então, vivo uma luta constante contra o vício. Em 2013 minha luta foi mais concisa. Mas nos últimos dois anos, principalmente em 2015 eu praticamente desisti de lutar.
Neste ano, tenho conseguido passar períodos mais longos sem a prática da PMO, mas este tempo geralmente se limita à um mês.
Já percebi alguns pontos fracos, coloquei filtros em meu PC, e etc...
Luto principalmente pela fé que professo, mas passei a pesquisar muito sobre o vício e percebo o quanto meu desempenho acadêmico, profissional e emocional  estão comprometidos.
Atualmente, estou emocionalmente envolvida com um rapaz, e principalmente por meus valores cristãos, quero começar uma nova vida, e ter um casamento bem sucedido. Em uma crise de abstinência encontrei o fórum...

Obs.: É engraçado que o assunto de maneira geral é um tabu, mas quando trata-se de mulheres, as dificuldades para alcançar ajuda são maiores, dados o preconceito e a cultura machista que infelizmente nos permeia, gerando uma tendência de luta e sofrimento solitários, e talvez ineficazes.

Enfim, é isso... Espero conseguir vencer!



Olá Ju Oui

Seja bem vinda ao Fórum

Siga a metodologia como parar? descrita no E-BOOK . Leia o E-BOOK e tenha ele sempre como fonte de consulta. Instale os bloqueadores de P nos seus dispositivos de acesso a internet.
http://comoparar.forumeiros.com/f11-ferramentas-e-bloqueadores
Instale um contador de dias para que possamos lhe acompanhar melhor.
http://comoparar.forumeiros.com/t5-como-instalar-um-contador-de-dias
Esteja sempre que possível aqui no Fórum em seu diário esclarecendo e relatando sua jornada, postando nos diários dos outros usuários, pois o sistema de ajuda mútua também é importante para internalizar o processo do Reboot no cérebro. Aconselho, principalmente nos primeiros 60 dias de Reboot, evite redes sociais, watssap,facebook, programas de tv libidinosos etc. Procure fazer atividades extras como, praticar atividades físicas, estudar, ler e outras atividades que lhe agradar, menos atividades de cunho libidinoso. Os primeiros dias de Reboot são mais difíceis porque é uma situação nova e o cérebro detesta sair da zona de conforto, então os sintomas de desconfortos são naturais nesse início, mas o melhor está por vir depois que você internalizar na sua mente que P e M não são mais opções para sua vida, seu cérebro também não vai querer mais sair desse novo sistema, isso só se consegue com o tempo de Reboot, não sabemos ao certo quanto tempo, mas faça o experimento de 90 dias primeiro para fazer uma avaliação melhor do Reboot. Realmente o que vem fácil também tende a ir embora fácil, assim é o prazere originado da pornografia e masturbação, logo devemos obter prazer de forma natural buscar se religar ao sexo real e vivermos o melhor da vida. Estamos aqui para lhe ajudar. Cuidado com sentimentos de culpa, eles não ajudam em nada. O melhor a fazer é abraçar sua culpa e entender que fomos condicionado ao vício, mas agora temos conhecimento sobre como parar.

Abçs!

Sucesso e Vitórias na sua Jornada

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Mensagens : 311
Data de inscrição : 25/04/2016
Idade : 26
Localização : Brasil
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 25/6/2016, 16:43
Olá!
Ótima atitude vir aqui no fórum...

Siga os passos que o grande Mario Vieira postou, que é sucesso com certeza.

Também sou cristão, peça perdão a Deus e principalmente se perdoe, você é humana e vai cometer erros a vida toda, só que alguns podemos evitar, como a P.

Qualquer duvida estamos por aqui!
Estou contigo nessa jornada

Força guerreira!!

_______________________________________


DIÁRIO DO QUERUBIM CLIQUE AQUI
avatar
Mensagens : 1081
Data de inscrição : 10/08/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 25/6/2016, 17:02
Seja bem vinda ao processo de reboot. Estarei te acompanhando assim que puder.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 4833
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 25/6/2016, 19:10
Ju Oui escreveu:Olá!!!

Sou nova aqui. Tenho 24 anos, e pelo que me lembro fui exposta à P muito cedo. Recordo-me de que mais ou menos aos 8 anos de idade já via  as revistas eróticas e pornográficas que meu irmão escondia em seu quarto.   pale Mas não era algo frequente.
Durante minha infância recordo-me também de sempre brincar de algo que estava relacionado ao sexo, e isso aos 9, 10 anos de idade.  Neutral
No início da adolescência tive pouco contato com conteúdo P, mas criava fantasias em minha mente e me M. Era capaz de passar horas pensando em situações eróticas, sem ao menos manter contato com as pessoas.
Apesar disso, ou exatamente por isso, sempre fui muito fechada para relacionamentos. Encontrava dificuldades em me conectar com os rapazes, os afastando de mim, além de ter problemas nos relacionamentos sociais também.
Foi aos 13 anos que comecei a descobrir a nocividade que minhas fantasias traziam. Entre os 14 e 16 anos a prática de PMO era quase inexistente, sobretudo dos 15 aos 16 anos.
Com meu primeiro e único namorado até então, aos 18 anos comecei a experimentar desejos e ter experiências mais reais. Frise-se que a despeito desta bagagem, me mantive virgem até hoje, também por questão de crenças e fé, pois sou evangélica, por mais contraditório que possa parecer.   Embarassed
Apesar de toda esta experiência, foi aos 19 anos, com minha ida para a faculdade e acesso amplo à internet que mergulhei no mundo escuro da PMO e tive meu primeiro orgasmo. A partir de então, vivo uma luta constante contra o vício. Em 2013 minha luta foi mais concisa. Mas nos últimos dois anos, principalmente em 2015 eu praticamente desisti de lutar.
Neste ano, tenho conseguido passar períodos mais longos sem a prática da PMO, mas este tempo geralmente se limita à um mês.
Já percebi alguns pontos fracos, coloquei filtros em meu PC, e etc...
Luto principalmente pela fé que professo, mas passei a pesquisar muito sobre o vício e percebo o quanto meu desempenho acadêmico, profissional e emocional  estão comprometidos.
Atualmente, estou emocionalmente envolvida com um rapaz, e principalmente por meus valores cristãos, quero começar uma nova vida, e ter um casamento bem sucedido. Em uma crise de abstinência encontrei o fórum...

Obs.: É engraçado que o assunto de maneira geral é um tabu, mas quando trata-se de mulheres, as dificuldades para alcançar ajuda são maiores, dados o preconceito e a cultura machista que infelizmente nos permeia, gerando uma tendência de luta e sofrimento solitários, e talvez ineficazes.

Enfim, é isso... Espero conseguir vencer!



Bem vinda, Ju.

Quando for possível, relate suas experiências do processo para sabermos como está sendo seu progresso e dificuldades.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
Mensagens : 3
Data de inscrição : 24/06/2016
Ver perfil do usuário

Dois meses

em 13/8/2016, 19:10
Boa noite!

Hoje fazem exatamente dois meses desde minha última PMO, já que não utilizava V.
Fiquei distante do fórum por um longo período, pela correria mesmo, e por não passar muito tempo em frente ao PC.
Estou lendo o e-book, mas gradativamente, tbm pela falta de tempo.
Durante este período de reboot minha vida social melhorou significativamente. Voltei a estabelecer vínculos naturalmente com as pessoas, sem me apegar ao medo exagerado de ser eu mesma. Estou mais calma.Minha mente parece mais tranquila... Tenho tido bons resultados no trabalho e no estágio, e com o período letivo recomeçando, acredito que na faculdade terei bons resultados tbm.
Mas esta semana, especificamente, tenho estado carente, estressada e ansiosa, o que me impulsiona a querer voltar às práticas antigas. Hoje, principalmente, tive uma decepção com um rapaz por quem nutria (ou ainda nutro) sentimentos, e agora, minha mente parece me dizer o tempo todo para recorrer à minha antiga fonte de prazer, então, decidi vir aqui, me fortalecer. Todo o progresso na minha vida social e na minha vida profissional/acadêmica me fazem querer prosseguir ainda mais.

PS: Como quando encontrei o fórum, não estava dispondo de tanto tempo, não criei meu diário. Assim, gostaria de saber como posso fazê-lo.

Muito Obrigada!

Abs. Smile

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1440
Data de inscrição : 31/07/2016
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 13/8/2016, 22:18
Você já criou seu diário. É só continuar respondendo aqui.
Não crie novos tópicos.

Não esqueça de ler as orientações básicas: http://comoparar.forumeiros.com/t78-reboot-de-pornografia-orientacoes-basicas

Abç.

_______________________________________


Meu Diário
Minha História de Sucesso
avatar
Mensagens : 3
Data de inscrição : 24/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 13/8/2016, 22:38
TGuerreiro escreveu:Você já criou seu diário. É só continuar respondendo aqui.
Não crie novos tópicos.

Não esqueça de ler as orientações básicas: http://comoparar.forumeiros.com/t78-reboot-de-pornografia-orientacoes-basicas

Abç.

Muito Obriagada T Guerreiro! Irei fazer isso sim. Valeu.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 516
Data de inscrição : 04/09/2015
Localização : [url=http://pmo-tracker.appspot.com/?u=4828654177615872][img]http://pmo-tracker.appspot.com/img?u=4828654177615872[/img][/url]
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 13/8/2016, 22:46
Ju Oui escreveu:Boa noite!

Hoje fazem exatamente dois meses desde minha última PMO, já que não utilizava V.
Fiquei distante do fórum por um longo período, pela correria mesmo, e por não passar muito tempo em frente ao PC.
Estou lendo o e-book, mas gradativamente,  tbm pela falta de tempo.
Durante este período  de reboot minha vida social melhorou significativamente. Voltei a estabelecer vínculos naturalmente com as pessoas, sem me apegar ao medo exagerado de ser eu mesma.  Estou mais calma.Minha mente parece mais tranquila... Tenho tido bons resultados no trabalho e no estágio, e com o período letivo recomeçando, acredito que na faculdade terei bons resultados tbm.
Mas esta semana, especificamente, tenho estado carente, estressada e ansiosa, o que me impulsiona a querer voltar às práticas antigas. Hoje, principalmente, tive uma decepção com um rapaz por quem nutria (ou ainda nutro) sentimentos, e agora, minha mente parece me dizer o tempo todo para recorrer à minha antiga fonte de prazer, então, decidi vir aqui, me fortalecer. Todo o progresso na minha vida social e na minha vida profissional/acadêmica me fazem querer prosseguir ainda mais.

PS: Como quando encontrei o fórum, não estava dispondo de tanto tempo, não criei meu diário. Assim, gostaria de saber como posso fazê-lo.

Muito Obrigada!

Abs. Smile

Ótimo progresso, e os bloqueadores?

_______________________________________
“O verdadeiro homem mede sua força, quando se defronta com o obstáculo”. Antoine de Saint-Exupéry

avatar
Mensagens : 195
Data de inscrição : 01/08/2016
Idade : 23
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 14/8/2016, 20:55
Acho interessante, você ja contar pra gente aí como fez pra resistir a PMO por esses 2 meses. Assim os guardiões podem te auxiliar para continuar firme aí na luta.

_______________________________________
   Minha Luta: http://www.comoparar.com/t3628-21-diario-cjfilho-01ago16
Mensagens : 183
Data de inscrição : 13/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 15/8/2016, 21:03
Ju Oui escreveu:Boa noite!

Hoje fazem exatamente dois meses desde minha última PMO, já que não utilizava V.
Fiquei distante do fórum por um longo período, pela correria mesmo, e por não passar muito tempo em frente ao PC.
Estou lendo o e-book, mas gradativamente,  tbm pela falta de tempo.
Durante este período  de reboot minha vida social melhorou significativamente. Voltei a estabelecer vínculos naturalmente com as pessoas, sem me apegar ao medo exagerado de ser eu mesma.  Estou mais calma.Minha mente parece mais tranquila... Tenho tido bons resultados no trabalho e no estágio, e com o período letivo recomeçando, acredito que na faculdade terei bons resultados tbm.
Mas esta semana, especificamente, tenho estado carente, estressada e ansiosa, o que me impulsiona a querer voltar às práticas antigas. Hoje, principalmente, tive uma decepção com um rapaz por quem nutria (ou ainda nutro) sentimentos, e agora, minha mente parece me dizer o tempo todo para recorrer à minha antiga fonte de prazer, então, decidi vir aqui, me fortalecer. Todo o progresso na minha vida social e na minha vida profissional/acadêmica me fazem querer prosseguir ainda mais.

PS: Como quando encontrei o fórum, não estava dispondo de tanto tempo, não criei meu diário. Assim, gostaria de saber como posso fazê-lo.

Muito Obrigada!

Abs. Smile

Como vc já sabe decepções são gatilhos fortíssimos que nos leva ter uma recaída, vc já deve ter passado por isso durante esses dois meses, mais como vc entro numa rotina pesada, foi mais fácil de lidar e esquecer do problema passando por cima dele, pois vc tinha muitas coisas para se ocupar e fazer.

Pense nos benefícios que ate agora esses dois meses lhe proporciono e não vai ser uma decepção amorosa que merece vc voltar para o fundo do poço que um dia com muito custo e determinação da sua parte vc saiu, então decepção amorosa nenhuma merece que vc tenha uma recaída, se mantenha forte equilibrada que vc consegue!

_______________________________________
Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Filipenses 3:13

Mas nós não somos dos que retrocedem para perdição; mas dos que têm a fé para a salvação da alma.
Hebreus 10:39-39

Ebenézer
Até aqui nos ajudou o Senhor.

Link do meu diário: http://www.comoparar.com/t1408p25-preciso-de-pessoas-que-me-entende?highlight=preciso+de+pessoas+que+me+entende

avatar
Mensagens : 22
Data de inscrição : 11/12/2016
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 28/12/2016, 09:42
Olá Ju,

As decepções amorosas causam sofrimento e um sentimento de tristeza, o que leva muitas pessoas a cometerem erros e vícios com a ilusão de que está fugindo do problema ao consumir drogas, álcool em excesso e, em nosso caso, a pornografia e masturbação.

Em nosso caso, que estamos na luta para vencer a PMO, qualquer problema ou sentimento de tristeza pode nos levar a buscar um refúgio na pornografia ou masturbação. Temos que manter o pé firme e ficar atento a esses impulsos que aparecem do nada em nossa mente.

Até porque tudo começa com um simples pensamento e depois um pequeno impulso, quando voce perceber já está fazendo o que não deveria. No mais, estou torcendo por você e fico feliz em saber que você está conseguindo manter a distância da PMO.

Bjos!

_______________________________________
MEU RELATO >> http://comoparar.forumeiros.com/t4300-a-jornada-de-andy-dufresne

Mensagens : 89
Data de inscrição : 19/07/2016
Ver perfil do usuário

Força

em 29/12/2016, 16:40
Compreendo
Eu já estive 45 dias sem este vicio que me destrói mas ultimamente não aguento mais de 1 semana sem PMO. Sinto-me triste e revoltada comigo mesma. Tenho uma vida social activa, tenho amigos, faço desporto, não tenho namorado mas sinto um vazio na alma. Esta ansiedade e tristeza fazem-me procurar a PMO que apenas me alivia momentaneamente. E o pior é que nada sinto enquanto me masturbo.. Que 2017 nos traga a vitória sobre os nossos demónios interiores!

_______________________________________


A maior batalha é comigo mesma é uma guerra entre dois demónios que habitam em mim..
Mensagens : 81
Data de inscrição : 25/12/2016
Ver perfil do usuário

Re: Início

em 8/1/2017, 17:03
Eu entendo,tbm não sinto prazer de antes,mais aquele coseirinha parece ser maior que a nossa força de vontade.
Ja fiquei 5 meses sem isso esei cmo e a decepção botar todo a perder.
Estamos juntas nessa!!
Vc consegui,conte as vitórias de cada dia,corrija os erros,feche brechas e errando e concertando que a receita um dia da certo!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum