Compartilhe
Ir em baixo
Libry
Mensagens : 3
Data de inscrição : 10/07/2016

Mais uma tentativa

em 10/7/2016, 22:53
Sou casada com um viciado em pornografia há cinco anos, quando descobri, fui parceira, compreendi todas as situações que poderiam tê-lo levado a isso, estendi minha mão, abri meu coração e não o julguei em momento algum, apesar de estar com o coração na mão e me achando a pior pessoa do mundo, tentando entender o por que de ele perder tempo com isso e não tendo relações saudáveis comigo, mas tudo bem, respirei fundo e disse que poderíamos conversar abertamente e que qualquer outra situação que ocorresse, que conversássemos que eu o apoiaria, os dias se passaram e aconteceu de novo, tentei de novo, e mais um tempo, de novo, ai já fui ficando brava, me fazendo de idiota por qual razão? Eu propus sinceridade, me mantive firme e fiel e outra mentira? Outro blá, blá, blá? Eu decidi que queria separação, que não aguentava mais que já havia virado um desrespeito e que e não queria mais fazer parte disso, foram horas conversando e meu desânimo aumentando... continuamos juntos e a história se repetindo, ano após ano, e isso porque eu sou do princípio que o relacionamento só deve acabar quando o amor acaba e não quando algum problema toma conta, mas nesse caso o meu amor estava diminuindo a cada recaída que ele tinha, a cada mentira que ele proferia, gente a dor é grande e isso culminou em alguns problemas, ele abusava da pornografia e eu do cartão de crédito, por que eu nunca falei sobre isso com ninguém, nenhuma amiga, eu carregava isso sozinha, pois nunca tive intenção de expor meu marido, por mais que tivéssemos esse problema, ao sairmos pela porta, ninguém desconfiava do que passávamos.
Assim seguiram os anos com um sexo vazio, pois o mesmo não me satisfaz, não consegue, e minha autoestima não me permite dizer que a culpa é minha, do meu corpo, sou segura de quem sou e de meu potencial, mas lamento que ele desperdice o tempo dele, marquei médico para ele, para que falasse sobre a ejaculação precoce e a aproximada impotência, mas nada resolveu... veio outra recaída das grandes e foi agora no final de junho, e eu???? Joguei a toalha, resolvi que sozinha sou melhor e que agora é um bom momento para colocar em prática alguns planos relacionados a estudo, disse tudo isso a ele, que a partir de então seria livre para acessar a hora que bem entendesse esses conteúdos e nem precisaria mais de artifícios para tal, pois eu sairia de casa, disse isso e fui trabalhar e incrível, com uma leveza na alma nunca dantes sentida. Ao retornar a noite ele me pediu para conversar, que havia achado um ebook e que queria me mostrar, eu sinceramente ouvia blá, blá, blá, tomei banho e fui dormir no outro dia veio ele de novo com essa conversa, ignorei e fui trabalhar, assim foram mais três dias, até que resolvi ouvir e ele me falou sobre tudo, sobre fórum, sobre a proposta, dei uma lida no livro, vi a palestra e como ainda o amo, vou continuar com ele e espero vê-lo evoluir nesse processo... Sendo esta mais uma tentativa de continuar meu casamento.
Desculpem-me se me prolonguei, mas fica um resumo disso tudo, dói demais toda essa situação, a descoberta a compreensão, mas quando a gente ama e o problema consiste em decidir clicar ou não em determinado site e nele permanecer deixando-se levar por ilusões, vale a pena tentar salvar algo de bom que a pessoa tenha, todos merecem uma chance, estou com a consciência tranquila, dei muitas e esta pode ser a derradeira.
avatar
Escorpiana
Mensagens : 20
Data de inscrição : 24/04/2016

Re: Mais uma tentativa

em 10/7/2016, 23:55
Sou casada com alguém.. e me senti tão traída..
Tem dias que minha auto estima ta la em baixo... resolvi dar uma chance.. e tal... mais da difícil...
avatar
Toguro
Mensagens : 6214
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
http://blokporn.blogspot.com

Re: Mais uma tentativa

em 11/7/2016, 06:53
Olá, Libry.

Seu marido está participando do fórum? Não precisa dizer quem ele é, mas, se ele buscar ajuda diretamente aqui, vai ser mais fácil para ele abandonar o vício. É recomendável que você também desabafe aqui o que está sentindo, para tornar essa luta mais fácil.

Sendo curto e grosso, o que ele precisa fazer é, primeiro, instalar bloqueadores no computador para não ter mais acesso a nenhum material pornográfico. Sem bloqueadores, nossa ajuda no fórum será inútil. E mais, tem que instalar no mínimo três: k9, Kurupira, Interapp, Blok Free, OpenDNS, Cold Turkey, arquivo de hosts do Windows, ferramenta de controle parental disponível no próprio Windows, e muitos outros que você encontra na internet.

Celular também tem que ser bloqueado. Meu conselho é que ele troque o aparelho por um mais antigo sem acesso a internet.

Outra coisa, vocês precisam fazer programas que tirem OS DOIS de casa. Sair para jantar fora, ir na casa de parentes, viajar, ir para um clube, dar uma caminhada, e todas essas coisas que casais fazem. Vocês precisam reaprender a sentir prazer em coisas reais, e não em coisas virtuais. Eu recomendo, inclusive, que os dois desativem todas as redes sociais, para forçá-los a buscar contatos ao vivo.

Por fim, termine de ler o ebook para entender o problema. Eu concordo com você que ele tem que ter força de vontade para sair dessa. Mas lhe adianto que força de vontade sozinha não adianta nada. Tem que usar o método com bloqueadores e atividades extranet.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://comoparar.forumeiros.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): toguroextranet@gmail.com

Diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5205
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Mais uma tentativa

em 11/7/2016, 07:16
Libry escreveu:Sou casada com um viciado em pornografia há cinco anos, quando descobri, fui parceira, compreendi todas as situações que poderiam tê-lo levado a isso, estendi minha mão, abri meu coração e não o julguei em momento algum, apesar de estar com o coração na mão e me achando a pior pessoa do mundo, tentando entender o por que de ele perder tempo com isso e não tendo relações saudáveis comigo, mas tudo bem, respirei fundo e disse que poderíamos conversar abertamente e que qualquer outra situação que ocorresse, que conversássemos que eu o apoiaria, os dias se passaram e aconteceu de novo, tentei de novo, e mais um tempo, de novo, ai já fui ficando brava, me fazendo de idiota por qual razão? Eu propus sinceridade, me mantive firme e fiel e outra mentira? Outro blá, blá, blá? Eu decidi que queria separação, que não aguentava mais que já havia virado um desrespeito e que e não queria mais fazer parte disso, foram horas conversando e meu desânimo aumentando... continuamos juntos e a história se repetindo, ano após ano, e isso porque eu sou do princípio que o relacionamento só deve acabar quando o amor acaba e não quando algum problema toma conta, mas nesse caso o meu amor estava diminuindo a cada recaída que ele tinha, a cada mentira que ele proferia, gente a dor é grande e isso culminou em alguns problemas, ele abusava da pornografia e eu do cartão de crédito, por que eu nunca falei sobre isso com ninguém, nenhuma amiga, eu carregava isso sozinha, pois nunca tive intenção de expor meu marido, por mais que tivéssemos esse problema, ao sairmos pela porta, ninguém desconfiava do que passávamos.
Assim seguiram os anos com um sexo vazio, pois o mesmo não me satisfaz, não consegue, e minha autoestima não me permite dizer que a culpa é minha, do meu corpo, sou segura de quem sou e de meu potencial, mas lamento que ele desperdice o tempo dele, marquei médico para ele, para que falasse sobre a ejaculação precoce e a aproximada impotência, mas nada resolveu... veio outra recaída das grandes e foi agora no final de junho, e eu???? Joguei a toalha, resolvi que sozinha sou melhor e que agora é um bom momento para colocar em prática alguns planos relacionados a estudo, disse tudo isso a ele, que a partir de então seria livre para acessar a hora que bem entendesse esses conteúdos e nem precisaria mais de artifícios para tal, pois eu sairia de casa, disse isso e fui trabalhar e incrível, com uma leveza na alma nunca dantes sentida. Ao retornar a noite ele me pediu para conversar, que havia achado um ebook e que queria me mostrar, eu sinceramente ouvia blá, blá, blá, tomei banho e fui dormir no outro dia veio ele de novo com essa conversa, ignorei e fui trabalhar, assim foram mais três dias, até que resolvi ouvir e ele me falou sobre tudo, sobre  fórum, sobre a proposta, dei uma lida no livro, vi a palestra e como ainda o amo, vou continuar com ele e espero vê-lo evoluir nesse processo... Sendo esta mais uma tentativa de continuar meu casamento.
Desculpem-me se me prolonguei, mas fica um resumo disso tudo, dói demais toda essa situação, a descoberta a compreensão, mas quando a gente ama e o problema consiste em decidir clicar ou não em determinado site e nele permanecer deixando-se levar por ilusões, vale a pena tentar salvar algo de bom que a pessoa tenha, todos merecem uma chance, estou com a consciência tranquila, dei muitas e esta pode ser a derradeira.

Seja bem vinda!

Seu marido achou o fórum? Encontrou o Lugar certo. Eis uma oportunidade valiosa de se livrar do vício. Aqui tem todas as orientações necessárias.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


avatar
M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1734
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37

Re: Mais uma tentativa

em 11/7/2016, 09:54
Libry escreveu:Sou casada com um viciado em pornografia há cinco anos, quando descobri, fui parceira, compreendi todas as situações que poderiam tê-lo levado a isso, estendi minha mão, abri meu coração e não o julguei em momento algum, apesar de estar com o coração na mão e me achando a pior pessoa do mundo, tentando entender o por que de ele perder tempo com isso e não tendo relações saudáveis comigo, mas tudo bem, respirei fundo e disse que poderíamos conversar abertamente e que qualquer outra situação que ocorresse, que conversássemos que eu o apoiaria, os dias se passaram e aconteceu de novo, tentei de novo, e mais um tempo, de novo, ai já fui ficando brava, me fazendo de idiota por qual razão? Eu propus sinceridade, me mantive firme e fiel e outra mentira? Outro blá, blá, blá? Eu decidi que queria separação, que não aguentava mais que já havia virado um desrespeito e que e não queria mais fazer parte disso, foram horas conversando e meu desânimo aumentando... continuamos juntos e a história se repetindo, ano após ano, e isso porque eu sou do princípio que o relacionamento só deve acabar quando o amor acaba e não quando algum problema toma conta, mas nesse caso o meu amor estava diminuindo a cada recaída que ele tinha, a cada mentira que ele proferia, gente a dor é grande e isso culminou em alguns problemas, ele abusava da pornografia e eu do cartão de crédito, por que eu nunca falei sobre isso com ninguém, nenhuma amiga, eu carregava isso sozinha, pois nunca tive intenção de expor meu marido, por mais que tivéssemos esse problema, ao sairmos pela porta, ninguém desconfiava do que passávamos.
Assim seguiram os anos com um sexo vazio, pois o mesmo não me satisfaz, não consegue, e minha autoestima não me permite dizer que a culpa é minha, do meu corpo, sou segura de quem sou e de meu potencial, mas lamento que ele desperdice o tempo dele, marquei médico para ele, para que falasse sobre a ejaculação precoce e a aproximada impotência, mas nada resolveu... veio outra recaída das grandes e foi agora no final de junho, e eu???? Joguei a toalha, resolvi que sozinha sou melhor e que agora é um bom momento para colocar em prática alguns planos relacionados a estudo, disse tudo isso a ele, que a partir de então seria livre para acessar a hora que bem entendesse esses conteúdos e nem precisaria mais de artifícios para tal, pois eu sairia de casa, disse isso e fui trabalhar e incrível, com uma leveza na alma nunca dantes sentida. Ao retornar a noite ele me pediu para conversar, que havia achado um ebook e que queria me mostrar, eu sinceramente ouvia blá, blá, blá, tomei banho e fui dormir no outro dia veio ele de novo com essa conversa, ignorei e fui trabalhar, assim foram mais três dias, até que resolvi ouvir e ele me falou sobre tudo, sobre  fórum, sobre a proposta, dei uma lida no livro, vi a palestra e como ainda o amo, vou continuar com ele e espero vê-lo evoluir nesse processo... Sendo esta mais uma tentativa de continuar meu casamento.
Desculpem-me se me prolonguei, mas fica um resumo disso tudo, dói demais toda essa situação, a descoberta a compreensão, mas quando a gente ama e o problema consiste em decidir clicar ou não em determinado site e nele permanecer deixando-se levar por ilusões, vale a pena tentar salvar algo de bom que a pessoa tenha, todos merecem uma chance, estou com a consciência tranquila, dei muitas e esta pode ser a derradeira.

Olá Libry seja bem vinda ao Fórum

Seu marido já se cadastrou no Fórum? não precisa falar quem é. Para se livrar do vício em pornografia precisa de um método certo e de muita força de vontade, garra, e espírito de vencedor. Aqui temos o método como parar que  quando seguido de forma correta tem mostrado resultados de vitórias, porém se ele não quiser de nada adianta. Ele precisa seguir as orientações do E-BOOK, moderadores, fórum, não é fácil se livrar do vício em pornografia, mas é perfeitamente possível desde que o usuário queira isso de verdade e siga um método eficiente como o método como parar. Seu marido deve se orgulhar de ter você o apoiando e isso vai ser muito mais fácil se ele quiser de verdade se livrar do vício, agora se ele não quiser, se ficar acreditando nas mentiras do próprio cérebro primitivo, ele vai continuar no vício.

Essa é minha orientação que costumo dar aos que chegam ao Fórum, mostre isso para ele:

Siga a metodologia como parar descrita no E-BOOK e Leia sempre que possível esse E-BOOK. Instale os bloqueadores de P nos seus dispositivos de acesso a internet.
http://comoparar.forumeiros.com/f11-ferramentas-e-bloqueadores
Instale um contador de dias para que possamos lhe acompanhar melhor.
http://comoparar.forumeiros.com/t5-como-instalar-um-contador-de-dias
Esteja sempre que possível aqui no Fórum tirando dúvidas, postando nos diários dos outros usuários, pois o sistema de ajuda mútua também é importante para internalizar o processo do Reboot no cérebro. Os primeiros dias de Reboot são mais difíceis porque é uma situação nova e o cérebro detesta sair da zona de conforto, então os sintomas de desconfortos são naturais nesse início, mas o melhor está por vir depois que você internalizar na sua mente que P e M não são mais opções para sua vida, seu cérebro também não vai querer mais sair desse novo sistema, isso só se consegue com o tempo de Reboot, não sabemos ao certo quanto tempo, mas faça o experimento de 90 dias primeiro para fazer uma avaliação melhor do Reboot. Realmente o que vem fácil também tende a ir embora fácil, assim é o prazer originado da pornografia e masturbação, logo devemos obter prazer de forma natural buscar se religar ao sexo real e vivermo o melhor da vida. Nessa guerra você tem que controlar os instintos do sistema natural de recompensas comandados pelo cérebro primitivo que se ilude pela pornografia pensando que aquilo é uma possibilidade de perpetuação da espécie. Coloque seu cérebro inteligente no comando e deixe que ele gerencie sua vida. Lembre-se o Reboot não é fácil de cumprir muitos tentam e não conseguem, mas é perfeitamente possível e alcançável, basta seguir o método como parar descrito no E-BOOK e sempre revisar e consultar essa teoria quando estiver em dúvidas, ter muita disciplina, determinação e sangue no olho para vencer, porque o tempo vai passar de qualquer forma, ou você atolado no fundo do poço do vício em PMO ou você vencendo um dia de cada vez, obtendo vitórias na sua jornada. Estamos aqui para lhe ajudar.


Abçs

Sucesso e Vitórias na sua Jornada.

_______________________________________
Veja Meu Diário e Histórias de Sucesso
http://comoparar.forumeiros.com/t1587-novo-tempo-nova-vida
http://comoparar.forumeiros.com/t3600-300-dias-de-reboot-novo-tempo-nova-vida


" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

Libry
Mensagens : 3
Data de inscrição : 10/07/2016

Re: Mais uma tentativa

em 11/7/2016, 12:13
Oi gente, boa tarde, obrigada pelas respostas e pelo apoio, mas sim ele já está no fórum, mas não sabe que eu estou, prefiro deixar espaço para que ele se desenvolva nesse processo que acompanho de perto, mas sem sufocar, não sei se instalou bloqueadores no pc, pois usamos máquinas diferentes, eu prefiro assim, e já tirei dele há tempos o celular com android e o tablet, limitando bastante as ações. Está pelo que fala levando a sério o processo. Ao menos conversa mais abertamente sobre o assunto.

Escorpiana, não desista, se você ainda o ama e acredita que este relacionamento pode dar certo, ajude-o, e ao se olhar no espelho, não se diminua por nada, pense o quanto está sendo forte em ajudar alguém a ter vida nova, isso é ser guerreira e guerreiras não ficam de cabeça baixa, olham para frente e vão eliminando os obstáculos, vamos juntas nessa, nos apoiemos.

Um abraço.

avatar
Toguro
Mensagens : 6214
Data de inscrição : 13/11/2015
Idade : 34
http://blokporn.blogspot.com

Re: Mais uma tentativa

em 11/7/2016, 15:40
Sem bloqueadores, ele não estará em reboot e não teremos como ajudá-lo. Os bloqueadores e as atividades fora do PC são fundamentais para o reboot dar certo.

_______________________________________


Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, dá desculpa.

Blog:

http://blokporn.blogspot.com.br/

História de Sucesso:

http://comoparar.forumeiros.com/t3167-toguro-32-anos-previa-180-dias

Email (criado especialmente para o fórum): toguroextranet@gmail.com

Diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3599-saga-do-toguro
avatar
Lua
Mensagens : 178
Data de inscrição : 07/06/2016

Re: Mais uma tentativa

em 12/7/2016, 20:43
Libry, parabéns pelo apoio que deu a ele nesses anos de sufoco. Mas não desacredite agora, logo que ele achou o e-book e o fórum, tem tudo pra dar certo!

É difícil demais lidar com o vício, mas assim que ele descobriu muitas outras pessoas na mesma situação, e soube que é possível vencer, garanto que as coisas se tornaram menos distantes da realidade. Recomendo que você tire um tempinho e também leia o e-book, veja algumas histórias de sucesso do fórum e até diário das outras de pessoas que ainda estão na batalha. Isso ajudará demais a você compreender o vício e as consequências dele.

Seja bem-vinda!!!

_______________________________________
Meu diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3362-namorada-de-um-rebooter

Muitos não dão valor aos dias de luta porque esquecem que são deles que se fazem os dias de glória. Só desista de desistir!
avatar
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1094
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46

O outro lado da moeda

em 13/7/2016, 04:15
Libre, bom dia! Eu também sou casado e digo a você, como viciado, com toda sinceridade:

1. O vício do seu marido não tem nada a ver com falta de amor por você. Ele lhe ama, pode ter certeza! Imagine-se que você fosse obesa e viciada em chocolate. O fato de você ir ao Shopping escondida devorar uma deliciosa torta de chocolate não teria nada a ver com a sua afetividade por seu marido.

2. Não tem nada a ver com o seu corpo nem com seu poder de sedução. Existem várias namoradas e esposas de rebooters deste fórum que são lindas e que mesmo assim são substituídas por imagens. Não tem como uma mulher normal competir com imagens pornográficas que são produzidas artificialmente por adobe, por exemplo. Além disso, O córtex occiptal dele é condicionado, ou seja, os caminhos neurais para a estimulação exclusivamente visual são infinitamente mais poderosos do que o sexo real e saudável, onde se usa os outros sentidos como o cheiro, o toque e a efetividade.

3. Ele não é safado! Não é tarado! Não é pervertido! É apenas uma pessoa doente, que lhe ama muito e que precisa muito da sua ajuda! Se você enxerga-lo dessa forma todo o seu sofrimento vai se transformar em compaixão

Eu, por exemplo, não sinto atração alguma por minha esposa, embora muitos a achem bonita e atraente. Garanto-lhe porém que a amo muito.

O meu reboot tem me ensinado que o problema não está nela, mas em mim, pois mesmo nos relacionamentos anteriores, Eu precisava usar viagra para ereções (mesmo sendo jovem).

Por isso, Libre, não se deixe levar pelos julgamentos da sua mente (a mente, mente). Use o seu coração e a sua compaixão como estrelas guias e você e ele vencerão.

Um abração : Antônio
avatar
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 382
Data de inscrição : 20/09/2015

Não deixem que a doença dele te adoeça.

em 13/7/2016, 20:23
O que te escrevo serve para todas nós, e é parte da minha experiência.
Não é fácil entender o porque não conseguimos satisfazer o nosso parceiro, seja fisicamente ou mentalmente.
Nós o tempo todo sabemos que há algo errado e naturalmente começam as dúvidas quanto o amor, o nosso corpo, nosso sexo. Não é fácil lidar com isso, nós já possuímos nossas inseguranças quanto a vida e a aparência e o tempo passa, a moda muda, o corpo envelhece e a sociedade insiste em nos falar que nosso ápice foi aos 20 anos, depois disso só pioram os dias.
Sejamos coerentes aos vinte anos nem sabíamos direito sobre o nosso corpo, e quanto menos se conhece sobre si na cama, menos prazer podemos oferecer, pois sexo é troca se para você não está legal, certamente não está dando o seu melhor para o outro.

Mas as dúvidas continuam a crescer
Será que não conseguimos satisfazer um homem?? Será que realmente aquele defeitinho que tanto valorizamos é o motivo? Ele tem outra?? Porque prefere o filme e a mão do que uma pessoa de verdade??

Com certeza todas me responderão que o problema não sou eu, que eu sou linda, que ele que é um babaca por preferir se Masturbar como um adolescente, mas para sí mesmas porque é um possível sim??
Você como mulher acha mesmo as atrizes maravilhosas??? Claro que tem uma ou outra, mas o famoso cara de puta tem um motivo. Uma coisa é ser, a outra é vender que é, e é essa a "coisa" da droga, ela vende o inferno e faz a pessoa acreditar que verá Deus, mesmo sabendo que não está certo, a maioria dos homens se sentem mal depois dos filmes, procurem na internet e verão que eu não estou inventando.
Só pensar no cigarro amigas, ele fede, deixa a pessoa com os dentes amarelos e todo mundo em duas décadas atrás achava o máximo, sério mesmo que é um máximo soltar fumaça pela boca??? Na verdade o barato está no que vem por trás disso, é maior que a sensação de relaxamento que ele dá, e é exatamente isso que vem por trás das gp's, dos filmes, das fotos.... O problema não são vocês e sim a ideia que eles compraram para sí, e posteriormente se viciaram nela.

Não tentem arrumar razões para o viciado, apenas entendam que ele precisa se tratar, ele está doente e será sempre, todo viciado se entra em contato com a droga ele volta, alguns conseguem se segurar, mas a maioria não.

Mas Domiiiiiiii Eu não entendo porque ele prefere um filme que eu.

Vocês querem entender mais ou menos??? Vejam o desfile da victoria secrets angel e depois pensem como se sentem em relação a vocês, depois reflitam se realmente ser muuuuuuito magra é bonito realmente, depois pensem no que naturalmente atrai homens e verá que sempre há uma necessidade inalcançável que nos vicia no final. Por isso que há mulheres que se matam pela magreza.
Agora compara:
Os caras ficam querendo ter 3 horas de ereção, ter pênis de 30 cm, ser muito forte, muito vigoroso no sexo.... Mas blz, ser bom de sexo não é fazer a mulher gostar muito??? Então porque eles querem fazer de uma forma que não gostamos??? É o mesmo motivo de querermos ser muito magras amores, não faz sentido algum, mas martela alí na caixola.

Se o seu parceiro sabe que tem o problema, ajude-o, será bom para você também se aproveitar para crescer com ele, se descobrir e fazer ele descobrir você, tudo depende dos dois.
Será quase uma segunda primeira vez, lembro que meu parceiro chorou quando gozou pela sem esforço, sem precisar fantasiar, me pediu perdão por ter demorado tanto tempo para ser meu de verdade... Aquele choro de alívio dele me fez entender o quão angustiante é viver preso nesse vício.
Eu sofri muito, mas o que temos hoje é muito mais forte pois lutamos juntos, nos redescobrimos sem pressa, aos poucos, uma vitória de cada vez, se há amor ainda há motivos para lutar.

Ajudem seus parceiros, só peço para que entendam que eles estão doentes, não permitam que essa doença adoeça a você mesma, use-a para se tornar mais forte, mais mulher, fortalecer sua alma e seu sexo no final, vejam como um recomeço e não como um fim.

avatar
Antônio71
Moderador
Moderador
Mensagens : 1094
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 46

Excelente e inspiradora postagem!

em 14/7/2016, 02:35
Domi1 escreveu:O que te escrevo serve para todas nós, e é parte da minha experiência.
Não é fácil entender o porque não conseguimos satisfazer o nosso parceiro, seja fisicamente ou mentalmente.
Nós o tempo todo sabemos que há algo errado e naturalmente começam as dúvidas quanto o amor, o nosso corpo, nosso sexo. Não é fácil lidar com isso, nós já possuímos nossas inseguranças quanto a vida e a aparência e o tempo passa, a moda muda, o corpo envelhece e a sociedade insiste em nos falar que nosso ápice foi aos 20 anos, depois disso só pioram os dias.
Sejamos coerentes aos vinte anos nem sabíamos direito sobre o nosso corpo, e quanto menos se conhece sobre si na cama, menos prazer podemos oferecer, pois sexo é troca se para você não está legal, certamente não está dando o seu melhor para o outro.

Mas as dúvidas continuam a crescer
Será que não conseguimos satisfazer um homem?? Será que realmente aquele defeitinho que tanto valorizamos é o motivo? Ele tem outra?? Porque prefere o filme e a mão do que uma pessoa de verdade??

Com certeza todas me responderão que o problema não sou eu, que eu sou linda, que ele que é um babaca por preferir se Masturbar como um adolescente, mas para sí mesmas porque é um possível sim??
Você como mulher acha mesmo as atrizes maravilhosas??? Claro que tem uma ou outra, mas o famoso cara de puta tem um motivo. Uma coisa é ser, a outra é vender que é, e é essa a "coisa" da droga, ela vende o inferno e faz a pessoa acreditar que verá Deus, mesmo sabendo que não está certo, a maioria dos homens se sentem mal depois dos filmes, procurem na internet e verão que eu não estou inventando.
Só pensar no cigarro amigas, ele fede, deixa a pessoa com os dentes amarelos e todo mundo em duas décadas atrás achava o máximo, sério mesmo que é um máximo soltar fumaça pela boca??? Na verdade o barato está no que vem por trás disso, é maior que a sensação de relaxamento que ele dá, e é exatamente isso que vem por trás das gp's, dos filmes, das fotos.... O problema não são vocês e sim a ideia que eles compraram para sí, e posteriormente se viciaram nela.

Não tentem arrumar razões para o viciado, apenas entendam que ele precisa se tratar, ele está doente e será sempre, todo viciado se entra em contato com a droga ele volta, alguns conseguem se segurar, mas a maioria não.

Mas Domiiiiiiii Eu não entendo porque ele prefere um filme que eu.

Vocês querem entender mais ou menos??? Vejam o desfile da victoria secrets angel e depois pensem como se sentem em relação a vocês, depois reflitam se realmente ser muuuuuuito magra é bonito realmente, depois pensem no que naturalmente atrai homens e verá que sempre há uma necessidade inalcançável que nos vicia no final. Por isso que há mulheres que se matam pela magreza.
Agora compara:
Os caras ficam querendo ter 3 horas de ereção, ter pênis de 30 cm, ser muito forte, muito vigoroso no sexo.... Mas blz, ser bom de sexo não é fazer a mulher gostar muito??? Então porque eles querem fazer de uma forma que não gostamos??? É o mesmo motivo de querermos ser muito magras amores, não faz sentido algum, mas martela alí na caixola.

Se o seu parceiro sabe que tem o problema, ajude-o, será bom para você também se aproveitar para crescer com ele, se descobrir e fazer ele descobrir você, tudo depende dos dois.
Será quase uma segunda primeira vez, lembro que meu parceiro chorou quando gozou pela sem esforço, sem precisar fantasiar, me pediu perdão por ter demorado tanto tempo para ser meu de verdade... Aquele choro de alívio dele me fez entender o quão angustiante é viver preso nesse vício.
Eu sofri muito, mas o que temos hoje é muito mais forte pois lutamos juntos, nos redescobrimos sem pressa, aos poucos, uma vitória de cada vez, se há amor ainda há motivos para lutar.

Ajudem seus parceiros, só peço para que entendam que eles estão doentes, não permitam que essa doença adoeça a você mesma, use-a para se tornar mais forte, mais mulher, fortalecer sua alma e seu sexo no final, vejam como um recomeço e não como um fim.


Domi, dessa vez você se superou! Sei que você não teve essa intenção. O seu objetivo veio do que lhe ia no coração e é exatamente essa a beleza de sua postagem.

Vou sugerir ao Projeto que acrescente essa sua postagem no blog pois é importantíssima para todas as usuárias que têm esse mesmo problema.

Tudo o que você escreveu é realmente de uma sabedoria profunda e indescritível.

_______________________________________
Libry
Mensagens : 3
Data de inscrição : 10/07/2016

re:mais uma tentativa

em 14/7/2016, 08:50
Bom dia, bem vamos lá... Eu tenho e sempre tive uma visão otimista da vida, e tem roupas que não me servem mais, lugares nos quais não caibo e situações nas quais não me encaixo e o fórum é uma dessas, não sirvo para essa montanha russa emocional, li um pouco de tudo por aqui, fiquei muito feliz com as conquistas e com as batalhas que travam todos os dias os viciados e as esposas/namoradas, parabéns, mas não me sinto bem em remexer de novo, todos os dias coisas que eu já havia conseguido enterrar, vou continuar aqui torcendo para que todos fiquem bem, que cada dor, cada agonia se transforme em dedicação e histórias de sucesso, que cada lágrima derramada e cada noite mal dormida dê lugar a noites saudáveis de prazer e intimidade, e que possam comemorar um ano novo fora de época pois houve transformação, renascimento e início de uma vida nova. Obrigada pelos que me receberam bem aqui e pelos que ao menos leram. Sucesso na caminhada, conseguirão eu creio. Namastê.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum