Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 5/5/2017, 18:56
Agradeço pelos comentários de todos. Estou meio sem ânimo de postar no meu diário, isso reflete o momento pelo qual estou passando, sem motivação. Infelizmente (ou felizmante, sei lá) é necessário passar por essas etapas para que o crescimento possa ocorrer, de preferência sem a interferencia da pornografia.
Esses dias assisti a uma palestra sobre educação onde era falado que quando você queima etapas, põe em risco todo o processo. O palestrante citou dois exemplos, no primeiro ele pediu que se imaginasse um pinto fazendo todo esforço pra quebrar a casca do ovo, então, alguém com peninha dele vai lá e quebra a casca. O que acontece? Ele morre de fome, pois o exercício de quebrar a casca é que fortalece o bico pra que ele possa coletar alimento. No segundo exemplo se usou a figura de uma borboleta tentando sair do casulo, alguém passa, fica com peninha e ajuda a rasgar o casulo, então a borboleta cai no chão e morre, pois o exercício de sair do casulo era que fortalecia as asas para proporcionar o vôo.
Imaginei isso em relação a pornografia. Ela é um meio fácil de se obter prazer, no entanto, destrói nossa capacidade de ir atrás de relacionamentos reais, nos torna fracos e dependentes.
Então vejo que é preciso passar por esses momentos difíceis, pois eles fortalecem nossa vontade e nos ajudam a desenvolver aquilo que o vício em PMO meio que atrofiou. Querendo ou não a pornografia é uma forma de pular etapas, de antecipar um prazer que só deveria ser experimentado após a conquista, aí sim esse prazer teria sentido e não acabaria naquele vazio que sentimos depois de uma sessão de PMO.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Dangelo
Mensagens : 356
Data de inscrição : 20/12/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 5/5/2017, 21:09
Ótimo texto. O que você escreveu é a prova de que ficar deprimido não pode ser desculpa pra recair em nenhuma hipótese. Essas reflexões são boas, eu já sabia disso que você citou, mas quando li fortaleceu mais ainda esse pensamento na minha mente, e tenho certeza que na próxima racionalização com relação a tristeza que eu tiver vou ter mais resistência. É bom sempre deixar claros os motivos pelo qual estamos lutando contra isso, se não uma hora ou outra recaímos.
Abraços, fique com Deus e que Nossa Senhora interceda por você. Até breve.
avatar
Arqueiro
Mensagens : 666
Data de inscrição : 10/01/2016
Idade : 24

Re: Diário TGuerreiro

em 6/5/2017, 21:41
TGuerreiro escreveu:Agradeço pelos comentários de todos. Estou meio sem ânimo de postar no meu diário, isso reflete o momento pelo qual estou passando, sem motivação. Infelizmente (ou felizmante, sei lá) é necessário passar por essas etapas para que o crescimento possa ocorrer, de preferência sem a interferencia da pornografia.
Esses dias assisti a uma palestra sobre educação onde era falado que quando você queima etapas, põe em risco todo o processo. O palestrante citou dois exemplos, no primeiro ele pediu que se imaginasse um pinto fazendo todo esforço pra quebrar a casca do ovo, então, alguém com peninha dele vai lá e quebra a casca. O que acontece? Ele morre de fome, pois o exercício de quebrar a casca é que fortalece o bico pra que ele possa coletar alimento. No segundo exemplo se usou a figura de uma borboleta tentando sair do casulo, alguém passa, fica com peninha e ajuda a rasgar o casulo, então a borboleta cai no chão e morre, pois o exercício de sair do casulo era que fortalecia as asas para proporcionar o vôo.
Imaginei isso em relação a pornografia. Ela é um meio fácil de se obter prazer, no entanto, destrói nossa capacidade de ir atrás de relacionamentos reais, nos torna fracos e dependentes.
Então vejo que é preciso passar por esses momentos difíceis, pois eles fortalecem nossa vontade e nos ajudam a desenvolver aquilo que o vício em PMO meio que atrofiou. Querendo ou não a pornografia é uma forma de pular etapas, de antecipar um prazer que só deveria ser experimentado após a conquista, aí sim esse prazer teria sentido e não acabaria naquele vazio que sentimos depois de uma sessão de PMO.


Metamorfose do Reboot
PARABENS PELOS 9 dias

_______________________________________


Diario
http://www.comoparar.com/t2365p650-24-arqueiro-de-jesus-fe-coragem

O Reboot é o caminho para um vida livre da pornografia & Jesus Cristo é o caminho para vida eterna!!!
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 7/5/2017, 20:01
Arqueiro e Dangelo, obrigado pela presença aqui.

Esse final de semana foi difícil. Se não fosse o bloqueio no celular provavelmente agora estaria em algum chat me masturbando pela décima vez. Foi difícil resistir a tentação de juntar as partes da senha e desbloquear tudo, mas a dificuldade meio que me desanimou.
O pior dia foi o sábado, já hoje a fissura foi diminuindo e agora estou bem melhor.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1053
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário TGuerreiro

em 7/5/2017, 23:07
Eaí mano TGuerreiro!
Cara não se permita pensar assim "ah se eu cair vou logo me M 10x". Nunca é tarde demais pra voltar pra trás, pode ser que vc tenha ultrapassado limite do aceitável e terá que ressetar o contador, só que aquilo que acontece com o contador não é mais importante com aquilo que acontece com você, com o teu cérebro.
Se vc estiver no meio de uma sessão de PMO nesse momento, pare agora. Estar em reboot significa estar cuidando de você, se você fez algo mínimo que te prejudicou pare por ali mesmo, não avance. É só você quem tem a ganhar com isso meu amigo.

Em relação a metáfora, realmente bastante significativa. Tanto é que muitos, eu incluso, se sentem imaturos. Eu me considero um moleque e sou tratado como um mtas vezes. Só que eu não sou mais um moleque. Isso tbém me fez pensar na relação com GP's. É meio que isso tbém né, pular etapas, quase que nem P. Se você não desenvolve a vontade e capacidade de conquistar uma mulher então obter o prazer sexual vai continuar um ato vazio de significado.

Fiquem bem aí parceiro! Tamo junto! Abraço!

_______________________________________

Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 8/5/2017, 19:07
No livro A Idade Decisiva se fala muito na questão de como nos acomodamos e deixamos muitas oportunidades passar. A gente acha difícil e preferimos nos refugiar em ilusões. Tipo, o cara que não quer aquele emprego porque a primeira vista não parece algo promissor, ou então que desiste de se relacionar só porque uma menima não deu bola pra ele. Quer dizer, toma o fracasso como regra por causa de primeiras impressões, sendo que, na vida, pra acertar é preciso tentar, e tentar supõe correr riscos, sair da zona de conforto.

As histórias citadas neste livro servem como exemplo para nós, viciados em PMO, por que muito daquilo que nos prende ao vicio está ligado a evitar o esforço, a fugir das situações da vida que nos fariam crescer, a passar uma vida procrastinando enquanto o tempo se esvai e não acumulamos nenhum capital (o livro usa esse termo para se referir a experiência que adquirimos, contatos que criamos com as pessoas e tudo aquilo que enriquece um curriculo). Confesso que a primeira vista não gostei muito desse livro, achei que ele jogava muita pressão sobre as pessoas ao limitar uma idade em que as mesmas poderiam se resolver na vida, mas após ler mais um pouco percebi que ele faz mais bem que mal, ajuda a despertar pra muitas coisas.

Olhando pra minha vida a luz do que li, pude perceber que profissionalmente falando minha vida não está tão ruim, posso dizer que adquiri um bom capital nessa área. Agora quando o assunto é sexualidade, fui um desastre, percebo que perdi muito tempo com coisas absurdas, quando na verdade viver a sexualidade não é tão complicado assim, como tudo na vida existe algumas regras a serem seguidas, mas a gente insiste em querer inventar moda e acaba metendo os pés pelas mãos. Como dizem não é preciso inventar a roda, basta aprimora-la. Sugiro que leiam esse livro, está disponível em pdf e é fácil de achar, só dar uma pesquisada.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Soli Deo Gloria
Moderador
Moderador
Mensagens : 1161
Data de inscrição : 12/06/2015

Re: Diário TGuerreiro

em 8/5/2017, 20:29
TGuerreiro escreveu:No livro A Idade Decisiva se fala muito na questão de como nos acomodamos e deixamos muitas oportunidades passar. A gente acha difícil e preferimos nos refugiar em ilusões. Tipo, o cara que não quer aquele emprego porque a primeira vista não parece algo promissor, ou então que desiste de se relacionar só porque uma menima não deu bola pra ele. Quer dizer, toma o fracasso como regra por causa de primeiras impressões, sendo que, na vida, pra acertar é preciso tentar, e tentar supõe correr riscos, sair da zona de conforto.

As histórias citadas neste livro servem como exemplo para nós, viciados em PMO, por que muito daquilo que nos prende ao vicio está ligado a evitar o esforço, a fugir das situações da vida que nos fariam crescer, a passar uma vida procrastinando enquanto o tempo se esvai e não acumulamos nenhum capital (o livro usa esse termo para se referir a experiência que adquirimos, contatos que criamos com as pessoas e tudo aquilo que enriquece um curriculo). Confesso que a primeira vista não gostei muito desse livro, achei que ele jogava muita pressão sobre as pessoas ao limitar uma idade em que as mesmas poderiam se resolver na vida, mas após ler mais um pouco percebi que ele faz mais bem que mal, ajuda a despertar pra muitas coisas.

Olhando pra minha vida a luz do que li, pude perceber que profissionalmente falando minha vida não está tão ruim, posso dizer que adquiri um bom capital nessa área. Agora quando o assunto é sexualidade, fui um desastre, percebo que perdi muito tempo com coisas absurdas, quando na verdade viver a sexualidade não é tão complicado assim, como tudo na vida existe algumas regras a serem seguidas, mas a gente insiste em querer inventar moda e acaba metendo os pés pelas mãos. Como dizem não é preciso inventar a roda, basta aprimora-la. Sugiro que leiam esse livro, está disponível em pdf e é fácil de achar, só dar uma pesquisada.

Fala TGuerreiro! Fazia um tempo que eu não postava por aqui, como anda as coisas?

Curti a reflexão, vou procurar pelo livro.

Abraço

_______________________________________
De pé e lutando.
diário: http://www.comoparar.com/t1157-25-soli-deo-gloria-reinicio
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 9/5/2017, 21:39
Estou bem amigo. Fim de semana rolou uma fissura, mas com o passar dos dias e a rotina de trabalho minha mente foi vencida pelo cansaço, tô de boa. Valeu por se importar. Tmj

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Dangelo
Mensagens : 356
Data de inscrição : 20/12/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 9/5/2017, 22:58
Baixei este livro ''Idade Decisiva'' umas semanas atrás por me interessar pelo título. Não cheguei a ler ainda, mas você indica a leitura? Não é um livro muito secular? Qual sua avaliação?
avatar
Marco
Mensagens : 1091
Data de inscrição : 09/01/2017

Re: Diário TGuerreiro

em 10/5/2017, 21:00
TGuerreiro escreveu:
As histórias citadas neste livro servem como exemplo para nós, viciados em PMO, por que muito daquilo que nos prende ao vicio está ligado a evitar o esforço, a fugir das situações da vida que nos fariam crescer, a passar uma vida procrastinando enquanto o tempo se esvai e não acumulamos nenhum capital

Perfeito Tguerreiro.

Obrigado constantes lições que traz aqui em seu diário. Nos fazem crescer muito. Fique com Deus.

Sucesso e siga firme.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4437p475-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade#126309



Crux Sacra Sihi mihi lux; non draco sihi mihi dux; vade retro satana!; nunquan suad mihi vana; sunt mala quae libas; ipse venena bibas
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 17/5/2017, 20:18
Obrigado Marco.
Dangelo, o livro é bom sim, leia que vai te ajudar a sair um pouco do comodismo, só tenha cuidado pra não te gerar muita ansiedade.

Nossa! Isso aqui tá um deserto. Passando só para dizer que estou bem, 20 dias e me sinto ótimo. Breve irei postar no diário dos amigos, com esse teclado alfa numérico não dá.

Abraços e força a todos.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 18/5/2017, 19:13
Agora sim, com um teclado decente, da pra relatar melhor como tenho passado esses dias.

O que tem me mantido afastado da prática de pmo é o fato de estar sem internet rápida e com um celular mais modesto, o outro que usava e sempre acabava recaindo por meio dele deu problema, na hora fiquei com raiva, mas depois percebi que isso acabou me ajudando e me fazendo perceber o quanto estava viciado em internet.

Outra coisa que tem me ajudado é o trabalho. Esses dias me deparei com um fato que mexeu profundamente comigo. Não vou entrar em detalhes por que prezo pelo anonimato , mas tem haver novamente com a exposição de crianças a pornografia, isso está virando uma verdadeira epidemia, meninos de 6 anos desenhando imagens de sexo com órgãos genitais e tudo, crianças de 8 anos tentando agarrar colegas de classe, mostrando os genitais, se esfregando nas meninas a força, essa semana presenciei tudo isso e tive que intervir, fiz ligação direta com a pornografia.

Pode ser que eu esteja enganado, que tudo isso seja fruto da realidade em que elas vivem, que talvez presenciem isso na família ou na rua onde moram, sei lá. Mas o fato é que as crianças estão tendo acesso a internet cada vez mais cedo e não existe nenhuma barreira que as impeça de chegar a conteúdos pornográficos. Me dói ver elas começando a destruir sua sexualidade sem nem dar conta disso, que daqui ha alguns anos poderão estar assim como nós, presas a esse mundo vazio.

Estou meio que numa crise interior por conta disso, quero ajudar de alguma forma, por que no meu trabalho posso fazer isso, mas não tenho nem ideia de qual abordagem usar. Penso também que o melhor é deixar pra lá, me sinto hipócrita por que isso me incomoda ao passo que a poucos dias estava consumindo essa porcaria de pornografia. Espero que tudo isso pelo menos me ajude a tomar consciência de que preciso abandonar de vez esse vício.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 20/5/2017, 14:25
Olá a todos.

Sobre minha postagem anterior, não irei fazer nada, acho que me deixei levar pelo fato de ter problemas relacionados a pornografia e meio que exagerei as coisas. E como que um viciado como eu poderia ajudar alguém? Eu é que preciso de ajuda!

Hoje tive muitas fantasias e acabei me masturbando, acho que vou zerar o contador, estou me sentindo um lixo. Mas é isso, há dias bons e dias ruins, é preciso aprender a lidar com isso.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Marco
Mensagens : 1091
Data de inscrição : 09/01/2017

Re: Diário TGuerreiro

em 21/5/2017, 08:23
TGuerreiro escreveu:Olá a todos.

Sobre minha postagem anterior, não irei fazer nada, acho que me deixei levar pelo fato de ter problemas relacionados a pornografia e meio que exagerei as coisas. E como que um viciado como eu poderia ajudar alguém? Eu é que preciso de ajuda!

Hoje tive muitas fantasias e acabei me masturbando, acho que vou zerar o contador, estou me sentindo um lixo. Mas é isso, há dias bons e dias ruins, é preciso aprender a lidar com isso.

Não acho que você exagerou TGuerreiro. Não sei se a pornografia tem relação direta, mas podemos dizer sim que isso é resultado de uma sociedade desordenadamente sexualizada. Poxa, são crianças de 6 e 8 anos. Se fosse 11, 12 estranharia menos.


E como que um viciado como eu poderia ajudar alguém?

Compartilhando com quem precise, e se abra à possibilidade, um pouquinho do enorme conhecimento e experiência que você tem na luta contra o vício. Ou fazendo isso que você fez agora: Continuando a luta, apesar dos tropeços, com paciência e determinação e sendo um exemplo inspirador e motivador para os outros.

Meu amigo, não se desmereça. Logo um grande cara como você. Você é um campeão Guerreiro. Sua presença aqui nos motiva.

Sucesso Templário!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4437p475-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade#126309



Crux Sacra Sihi mihi lux; non draco sihi mihi dux; vade retro satana!; nunquan suad mihi vana; sunt mala quae libas; ipse venena bibas
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 21/5/2017, 15:18
Obrigado pelas palavras de apoio Marco. Se eu tivesse lido tua mensagem antes talvez não tivesse recaído. Isso mesmo, tive mais uma recaída Crying or Very sad. Como havia dito meu celular deu defeito, então passei a usar uma mais simples, só que esse mais simples também tem acesso a internet, ainda que mais lento e com uma tela pequena, o que não é muito atraente, mesmo assim serviu pra me fazer cair. Estava muito desanimado e acabei cedendo aos caprichos da minha mente. O pior é que esse celular não tem como bloquear, preciso me desfazer dele.

Marco, o que você falou sobre eu me desmerecer tem total fundamento, eu sempre fui assim, sempre tive um lado meu que parece me puxar para baixo, que vê a vida pelo lado negativo. Quando eu era adolescente, me sentia esquisito, parecia que os outros caras sempre eram melhores do que eu em tudo, inclusive uns boçais que ficavam mexendo com todo mundo e desrespeitando os outros. Eu achava que aquilo era ser homem, por que eles sempre estavam participando de tudo e conseguiam um espaço que eu não tinha. Como eu não conseguia ser igual a eles, me sentia inábil como homem, o desenvolvimento da minha masculinidade foi fortemente afetado por isso, acho que aí se encontra a raiz do meu desejo por homens, não se trata tanto do desejo sexual ou de querer ser gay, mas de uma vontade de querer ser aceito, de firmar minha identidade masculina, coisa que só aconteceu muito tempo depois quando passei a compreender esse processo, mesmo assim ficaram as sequelas.

Veja por exemplo a minha participação no fórum. Se você olhar o meu diário vai ver um monte de postagens de caras tentando me ajudar, mesmo assim as vezes me dá um sentimento de que não estou  sendo acompanhado aqui,  de que meu diário não é interessante o suficiente, de que eu não deveria estar aqui. É algo como um complexo de inferioridade que me ataca e faz pensar que sou menos homem que os outros, que não sirvo para estar no meio dos homens. Isso já me causou muitos problemas, me fez ficar isolado o que agravou ainda mais o vício em pornografia.

Minha sorte é que encontrei muito material na internet que falava sobre esses assuntos, inclusive livros. Como as pessoas não costumam admitir que passam por esses problemas, as pesquisas eram a única forma de ter contato com a experiência de quem tinha as mesmas dificuldades que eu e que conseguiram superar. Foi o que me ajudou a resolver vários dos meus conflitos, mas como disse, muitas marcas permanecem e as mudanças não acontecem da noite pro dia, é um processo lento e doloroso.

É Marco, essa vida é muito louca, superar esses males que nos afligem não é fácil. Somos grandes por estarmos nessa luta, procurando vencer a cada dia.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Dangelo
Mensagens : 356
Data de inscrição : 20/12/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 23/5/2017, 03:30
Guerreiro desculpe minha ausência, saiba que ela se deve por motivos bem parecidos com o que você relatou, não está nada fácil amigão. Eu também sinto o mesmo as vezes, quando li o que você escreveu foi estranho, nunca tinha visto ninguém falar isso, pensei que só eu era assim.

Bom, temos nossas complexidades, muitas vezes esses sentimentos são um placebo, nós achamos que somos aquilo e acabamos nos tornando aquilo. Talvez por causa da confusão mental que a PMO causa isso se agrave muito. O que posso aconselhar é só continuar no caminho que está e tentar corrigir os erros e brechas. Tente esquecer seu passado (sei que já te falaram isso mil vezes), mas realmente tente.
Eu passei por algo parecido com você na infância, mas por não ter me tocado tanto eu esqueci com o tempo.

Teve um certo dia que em uma troca de e-mails com você eu relatei o que aconteceu comigo, e aquele relato que eu fiz me machucou bastante como nunca tinha machucado, eu tive muito trabalho pra esquecer aquilo depois, pois fazia muito tempo que eu não me lembrava. Mas por fim eu acabei esquecendo de novo, talvez a diferença seja que eu perdoei a pessoa... Não sei, eu não guardo rancor dela.
Enfim, espero que fique bem e continue no caminho de Deus.
avatar
Dangelo
Mensagens : 356
Data de inscrição : 20/12/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 23/5/2017, 03:52
Com relação a combater e tentar salvar as outras crianças, eu acredito que você deva se preparar pra isso primeiro. Nas minhas orações eu quase sempre peço à Deus para me deixar em condições de combater (a erotização) um dia, pois atualmente eu me sinto vulnerável, só quando eu vencer isso vou conseguir combater e dar meu exemplo.
Me parte o coração ver isso também, eu moro em um condomínio, e lá embaixo ficam crianças de 6,7,8 anos falando palavrões, escutando, cantando e dançado funk. Você duvida que elas tenham relações sexuais desde cedo? Eu não duvido, afinal, os pais deixam eles a mercê disso.
Mas isso tudo é um trampulim que Jesus nos dá para largar isso logo, enquanto estamos viciados estamos meio que no mesmo barco deles, dói falar isso mas é verdade. Em todos os Santos canonizados que eu conheço eu vejo a mesmo característica que é essa inquietação de compactuar de qualquer forma com o mal. Eles vêem o mal existente no mundo e ficam com o coração inquieto até se tornarem Santos, e é isso que deve ocorrer conosco.

Desculpa escrever tanto, mas pra mim isso meio que foi um desabafo também, espero que entenda e tire proveito. Deus lhe abençoe.
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1053
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário TGuerreiro

em 26/5/2017, 23:29
Brother essas reflexões que vc fez eu já pensei muito nisso, de fato o mundo tem tanta sujeita, tanta desigualdade, tanta violência, eu pensava mais ou menos assim "com o mundo do jeito que está aquele que consegue ser feliz é um alienado, eu sim tenho consciência das coisas e por isso sou infeliz". Isso tem certo fundamento? Não sei, sinceramente não tenho forças pra pensar nisso agora, mas acho que esse tipo de pensamento é uma forma da gente exteriorizar os nossos fracassos. O mundo tá errado? Sim, e muitas vezes é assustador, mas pra fazermos algo de bom e plantarmos a nossa semente nós temos que estar bem e quando estivermos bem em cada esquina do nosso país infelizmente haverá alguém precisando de ajuda. Esse tipo de reflexão que vc fez demonstra que vc tem mta bondade aí dentro, e um cara do bem assim, tbém merece ser feliz.
Meu amigo, também me identifiquei muito com isso que vc escreveu sobre o desenvolvimento da sua masculinidade, da carência afetiva, de querer ser aceito e o desejo por homens como consequência disso. As suas palavras descreveram perfeitamente aquilo que eu sinto. É um alívio saber que tudo isso tem jeito. Obrigado por compartilhar isso. Tamo junto! Abração!

_______________________________________

Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 31/5/2017, 17:58
Olá amigos, me perdoem por não responder a cada um como deveria, mas é que não estou bem, preciso da ajuda de vocês.

Sexta feira passa fiquei com uma menina, a gente não se conhecia, foi um lance muito louco e repentino. Apesar de termos dado uns amassos não transamos e eu fiquei numa vontade enorme. Nos falamos por celular, mas ainda não nos encontramos novamente.

O problema é que depois que fiquei com ela não consigo mais me controlar. Desde sexta que me masturbo direto, no começo com fantasias, depois com pornografia, agora parei com a pornografia, me livrei daquele celular que não dava pra bloquear e agora tá tudo bloqueado.

Mesmo assim não consigo para , sempre que lembro da menina me dá uma vontade enorme, fico fantasiando e me masturbo, tô parecendo um louco. Minha rotina está normal, trabalho, chego em casa super cansado, meu sono támbem tá normal.

Queria saber o que faço pra acabar com essa fissura, pois não tenho nem ideia se vai rolar alguma coisa com menina, nem sei se quero, não gosto de tratar mulher como objeto que é usado e jogado fora.

Queria alguma dica de como acabar com essa fissura senão acho que vou acabar morrendo de tanto me masturbar. Até com a minha chefe eu tive sonhos eróticos. Não tá fácil, não sei de onde tá vindo tanta energia, minha libido tá muito alta.

Se puderem me deem dicas. Fico grato.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Wolverine
Mensagens : 799
Data de inscrição : 28/05/2016
Idade : 33

Re: Diário TGuerreiro

em 31/5/2017, 21:07
Spoiler:
TGuerreiro escreveu:Olá amigos, me perdoem por não responder a cada um como deveria, mas é que não estou bem, preciso da ajuda de vocês.

Sexta feira passa fiquei com uma menina, a gente não se conhecia, foi um lance muito louco e repentino. Apesar de termos dado uns amassos não transamos e eu fiquei numa vontade enorme. Nos falamos por celular, mas ainda não nos encontramos novamente.

O problema é que depois que fiquei com ela não consigo mais me controlar. Desde sexta que me masturbo direto, no começo com fantasias,  depois com pornografia, agora parei com a pornografia, me livrei daquele celular que não dava pra bloquear e agora tá tudo bloqueado.

Mesmo assim não consigo para , sempre que lembro da menina me dá uma vontade enorme, fico fantasiando e me masturbo, tô parecendo um louco. Minha rotina está normal, trabalho, chego em casa super cansado, meu sono támbem tá normal.

Queria saber o que faço pra acabar com essa fissura, pois não tenho nem ideia se vai rolar alguma coisa com menina, nem sei se quero, não gosto de tratar mulher como objeto que é usado e jogado fora.

Queria alguma dica de como acabar com essa fissura senão acho que vou acabar morrendo de tanto me masturbar. Até com a minha chefe eu tive sonhos eróticos. Não tá fácil, não sei de onde tá vindo tanta energia, minha libido tá muito alta.

Se puderem me deem dicas. Fico grato.

Fala, TGuerreiro!

Eu nunca passei por uma situação igual à sua, mas vou dizer o que penso.

Será que essa compulsão de se masturbar não é causada pela ansiedade? Talvez você estivesse ansioso para encontrar uma parceira para transar, e como possivelmente encontrou, o seu cérebro resolveu antecipar o ato fantasiosamente. Bom, isso é apenas um mero palpite. Fiquei curioso com esse seu caso.

Acredito que a melhor pessoa para responder ao seu questionamento seja você mesmo.

Espero ter ajudado.

Abraços!



_______________________________________

avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1053
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário TGuerreiro

em 1/6/2017, 01:17
Poxa mano, olha só eu acabei de ler o cap 4 que tem o relato dos viciados em P, e vários deles tem a mesma tônica desse teu relato de usar a M de forma compulsória por causa de um evento X que pode ser ter feito sexo, não ter feito sexo por ter falhado, ou não ter feito por outros motivos (como foi o teu caso).
Isso da garota não é a chave da questão, esse foi só o evento que desencadeou o comportamento de um viciado em P, poderia ter sido uma série de outros eventos.
Acho que o teu cérebro estava à espera de um evento pra fazer vc usar como justificativa pra esse comportamento compulsório... e vc infelizmente caiu feio nessa cilada.
Algo bom se transformou em algo ruim. Uma pena. Queria estar aqui celebrando contigo a tua conquista por ter ficado com uma mina. Só que a prioridade das nossas vidas tem que ser o reboot, se vc está falhando nisso não tem o que comemorar. Coloque a cabeça no lugar mano! Não se afaste do fórum! Releia o e-book.

Cara se vc achou que falei besteira, sinto muito, desconsidere, eu tbém não tô lá essas coisas, mas não consegui deixar pra lá teu relato. Gosto de vc e quero tanto vê-lo bem e livre do vício em PMO.

_______________________________________

Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
bakanodesu
Mensagens : 126
Data de inscrição : 02/08/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 1/6/2017, 11:19
Cara, talvez seja bom tentar algo diferente e sair com a garota e ver se rola sexo. Quem sabe isso pode fazer com que vc busque mais coisas reais do que virtuais, como o porno. E quem sabe depois de finalmente pegá-la de novo vc diminui toda essa libido.

De qualquer jeito, vc já sabe qual foi o gatilho: a garota e a pegação. E vc já sabe o que o seu cérebro esta pedindo: contato humano, sexo.

Abraço

_______________________________________

30 dias:
45 dias:
60 dias:
90 dias:

Meu diário: http://www.comoparar.com/t3632-diario-caio
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1126
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário TGuerreiro

em 1/6/2017, 19:38
Wolverine, com certeza a ansiedade tem muito haver com a compulsão. Acho que estou compreendendo melhor o que aconteceu, ou pelo menos em parte. Falei com a menina novamente por celular e ela me disse que passamos um pouco do limite, e realmente, se ela não tivesse posto um freio eu teria ido até o fim. Marcamos de nos encontrar em local mais movimentado e apenas ficarmos juntos e conversar, isso me deu um certo alívio, pois depois desses dias parecendo um tarado estou meio que de ressaca, sem vontade de sexo.
Valeu por responder mano.

Brit, que coincidência, procurei ajuda no ebook e li essa parte que você se referiu. Apesar de já ter lido o ebook inteiro, não lembrava dessa parte. Realmente o fato de ter ficado só nos amassos me fez ficar com uma vontade muito grande e como viciado não soube lidar com isso. Lembro de outras situações parecidas na minha adolescência que conseguia ficar de boa. Acho que esses anos todos de vício me prejudicaram muito. Sobre não ter dado certo, não foi bem assim, eu apenas não soube lidar com uma situação normal. Quem nunca ficou só nos amassos com uma mina? E outra, ainda vamos nos ver outras vezes, mas combinamos sermos mais comportados, acho que isso vai ser bom pra trabalhar o meu autocontrole. Tem mais, quero uma namorada, uma companheira, não uma atriz pornô pra satisfazer as minhas bizarrices sexuais. Acho que essa é uma ótima oportunidade, essa menina é muito gente boa e não vou deixar essa chance passar.
Te agradeço pelo comentário Brit, vou procurar ficar bem sim e longe do vício.

Caio eu compreendo essa questão da necessidade que a gente tem de contato humano, de sexo e tal. Eu mesmo tava me sentindo muito carente, mas não quero ficar nessa só de sexo. Cara eu já tenho quase 30, tô afim de algo mais consistente. Tem também a questão da religião, fui criado no catolicismo e pra nós tem toda essa questão da culpa em relação a pornografia e da prática do sexo fora do casamento, pra nós que temos essa fé é muito mais difícil e é algo que faz parte da vida da gente. Sempre que acontece o sexo ou a masturbação com ou sem pornografia fica aquele sentimento de vazio, de incompletude. Minha preocupação maior não é só finalizar o ato do sexo, mas criar vínculo, acho que isso sim é a ligação. A menina já deixou claro que não quer só sexo e vou aproveitar isso pra ver se me livro dessas compulsões que no fundo estão muito ligadas ao vício.
Obrigado por comentar amigo Caio. Você me ajudou a olhar mais pro meu lado humano. Um dos problemas que nós que professamos uma fé temos é exaltar demais o lado espiritual, o que muitas vezes nos faz esquecer que somos tão humanos quanto qualquer outra pessoa.
Abs.

_______________________________________
Sem PMO desde 11 de outubro de 2017
Meu Diário: Aqui
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1053
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário TGuerreiro

em 2/6/2017, 00:56
Mano até me emocionei com essa tua mensagem, pois sei da importância que esse relacionamento terá na tua vida, que bom que encontrou uma mina bacana, que bom que vc está se dando a chance de se relacionar com ela e que bom que vc tem curtido ela. Vc merece demais meu brother!

_______________________________________

Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Wolverine
Mensagens : 799
Data de inscrição : 28/05/2016
Idade : 33

Re: Diário TGuerreiro

em 2/6/2017, 15:24
Olá, TGuerreiro!

Você não tem que se preocupar com sexo, pelo menos agora. O simples fato de ter um encontro já ajuda bastante no reboot, pois é uma excelente atividade de religação. Entre investir em sexo casual e em relacionamento sério, certamente a última opção é melhor, em todos os sentidos. Isso se a garota atender os seus critérios, é claro. Espero que dê tudo certo.

Desejo sucesso no lance com a garota!

Grande abraço!

_______________________________________

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum