Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
happiness1987
Mensagens : 25
Data de inscrição : 08/09/2016

Dúvidas sobre a "FALTA" de sintomas no reboot

em 14/9/2016, 09:15
Bom dia, guerreiros!

Gostaria que me esclarecessem algo relacionado aos meus primeiros 10 dias de reboot , por favor!

Escrevo diariamente no diário do Joseph1989, e lendo diversos diários aqui no fórum tenho percebido algo diferente no meu em relação à maioria. Antes de expor minha dúvida vou escrever um breve resumo sobre o quão diferente e estranha foi minha vivência na pornografia (quem sabe alguem até se identifique com o caso) .

Conforme disse no diário do Joseph1989, aos 7 anos de idade (e não 9 como disse no topico do Joseph1989) fui estuprado por garotos mais velhos (na faixa de 14 anos). Eu não sabia nessa época o que era sexo e penetração. Só depois de alguns anos soube que o que fizeram comigo se tratava de um estupro. Foi no de ano de 1993 e algo chamado videogame era novidade na época, e fazia os olhos de qualquer criança brilharem. Infelizmente os meus brilharam demais e o dono do videogame percebeu isso. Em troca de partidinhas de um jogo chamado world cup 94, me levaram a fazer "coisas" que por duas vezes ocorreram: a primeira vez só com o dono do videogame, e na segunda ele convocou mais 4 quatro garotos e fizeram um GANG BANG comigo.

Depois disso, eu prossegui minha vida "normalmente", tendo ereções quando via mulher de biquini e tudo que se considera padrão quanto à sexualidade. No entanto, tinha algo diferente em relação aos outros garotos: eu tomei nojo de penetração sexual mesmo em mulheres. Estranho mas foi assim - gostava de mulher mas tinha nojo de vaginas.

Então, desenvolvi ao longo da adolescência um tipo de compulsão nada convencional: me sentia atraido por situações em que homens eram submetidos a situações humilhantes por mulheres. Exemplos: situações em que homens estavam nus e eram caçoados por mulheres pelo tamanho menor do penis ou por situações constrangedoras, meninas mais velhas e mais fortes batendo em garotos mais fracos e indefesos, enfim FEMDOM baseado principalmente em humilhação psicologica e não na dor fisica em si. Infelizmente aos 20 anos descobri que a internet tinha um prato cheio para isso: comecei vendo os videos femdom, e logo desembarquei em coisas horrendas como CFNM e Mixed Wrestling sempre com dominio feminino. Resultado, sempre me masturbei com esse tipo de situação e nunca com relações sexuais de verdade.

Em suma, nunca liguei meu computador para assistir video porno com penetração!

Agora, iniciando o meu Reboot, eu to com uma sensação de nojo e asco tão horriveis que não me sinto tentado em absolutamente nada para essas fantasias ou para qualquer tipo de pornografia. É um nojo tão grande que nem sequer ódio eu estou conseguindo nutrir pela PMO. É uma sensação de que "aquilo" que essas fantasias me fizeram é tão pequeno e repugnante, que eu não sinto nenhuma pena de mim mesmo, mas sinto pena é da compulsão por PMO e do ridiculo a que esses atores se submetem nesses atos. Desculpe pela enrolação, vamos a pergunta:

Alguem com mais experiencia em reboot e/ou que ja tenha lido relatos nessa linha, pode me responder: como eu devo encarar essa minha total indiferença? é algo positivo, negativo ou padrão no processo de reboot?

_______________________________________
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 4710
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Dúvidas sobre a "FALTA" de sintomas no reboot

em 14/9/2016, 11:41
happiness1987 escreveu:Bom dia, guerreiros!

Gostaria que me esclarecessem algo relacionado aos meus primeiros 10 dias de reboot , por favor!

Escrevo diariamente no diário do Joseph1989, e lendo diversos diários aqui no fórum tenho percebido algo diferente no meu em relação à maioria. Antes de expor minha dúvida vou escrever um breve resumo sobre o quão diferente e estranha foi minha vivência na pornografia (quem sabe alguem até se identifique com o caso) .

Conforme disse no diário do Joseph1989, aos 7 anos de idade (e não 9 como disse no topico do Joseph1989) fui estuprado por garotos mais velhos (na faixa de 14 anos). Eu não sabia nessa época o que era sexo e penetração. Só depois de alguns anos soube que o que fizeram comigo se tratava de um estupro. Foi no de ano de 1993 e algo chamado videogame era novidade na época, e fazia os olhos de qualquer criança brilharem. Infelizmente os meus brilharam demais e o dono do videogame percebeu isso. Em troca de partidinhas de um jogo chamado world cup 94, me levaram a fazer "coisas" que por duas vezes ocorreram: a primeira vez só com o dono do videogame, e na segunda ele convocou mais 4 quatro garotos e fizeram um GANG BANG comigo.

Depois disso, eu prossegui minha vida "normalmente", tendo ereções quando via mulher de biquini e tudo que se considera padrão quanto à sexualidade. No entanto, tinha algo diferente em relação aos outros garotos: eu tomei nojo de penetração sexual mesmo em mulheres. Estranho mas foi assim - gostava de mulher mas tinha nojo de vaginas.

Então, desenvolvi ao longo da adolescência um tipo de compulsão nada convencional: me sentia atraido por situações em que homens eram submetidos a situações humilhantes por mulheres. Exemplos: situações em que homens estavam nus e eram caçoados por mulheres pelo tamanho menor do penis ou por situações constrangedoras, meninas mais velhas e mais fortes batendo em garotos mais fracos e indefesos, enfim FEMDOM baseado principalmente em humilhação psicologica e não na dor fisica em si. Infelizmente aos 20 anos descobri que a internet tinha um prato cheio para isso: comecei vendo os videos femdom, e logo desembarquei em coisas horrendas como CFNM e Mixed Wrestling sempre com dominio feminino. Resultado, sempre me masturbei com esse tipo de situação e nunca com relações sexuais de verdade.

Em suma, nunca liguei meu computador para assistir video porno com penetração!

Agora, iniciando o meu Reboot, eu to com uma sensação de nojo e asco tão horriveis que não me sinto tentado em absolutamente nada para essas fantasias ou para qualquer tipo de pornografia. É um nojo tão grande que nem sequer ódio eu estou conseguindo nutrir pela PMO. É uma sensação de que "aquilo" que essas fantasias me fizeram é tão pequeno e repugnante, que eu não sinto nenhuma pena de mim mesmo, mas sinto pena é da compulsão por PMO e do ridiculo a que esses atores se submetem nesses atos. Desculpe pela enrolação, vamos a pergunta:

Alguem com mais experiencia em reboot e/ou que ja tenha lido relatos nessa linha, pode me responder: como eu devo encarar essa minha total indiferença? é algo positivo, negativo ou padrão no processo de reboot?

Eu considero que o fator de experiência sexual passada parece influenciar no seu gosto por este estilo de pornografia. É como se você vendo filmes deste tipo seja uma forma inconsciente de se vingar simbolicamente daqueles que abusaram de você. Nos filmes se projeta esta vingança. Agora, se você adquiriu vício em PMO por causa disso, o fórum pode auxiliar você a tratar do vício. Agora, fatores ligados a sua sexualidade ou caso houve agravo ou comportamento nocivo a partir de suas experiências sexuais, o auxílio de psicoterapia pode ser necessária.
Evolutivo
Moderador
Moderador
Mensagens : 1005
Data de inscrição : 23/05/2015

Re: Dúvidas sobre a "FALTA" de sintomas no reboot

em 14/9/2016, 12:49
Eu também via esse tipo de P, alias muitos homens escalam até ele, por envolver medo, vergonha e sensações que aumentam o estímulo, não se preocupe, esses fetiches passam se você não alimenta-los.

E ta sentindo falta da fissura? Relaxa, 10 dias é pouco, uma hora ela virá rsrsrs.
avatar
happiness1987
Mensagens : 25
Data de inscrição : 08/09/2016

Re: Dúvidas sobre a "FALTA" de sintomas no reboot

em 14/9/2016, 19:43
Bom e alentador saber disso, Evolutivo! Obrigado pelo esclarecimento!

Nunca tinha parado pra pensar por esse lado, Blpr! Sua tese sobre o que aconteceu estando certa ou nao, sozinho eu é que não vou descobrir. Vou seguir o seu conselho!

Muito obrigado!

_______________________________________
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum