Quando você descobriu que tinha DE ?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

reply

Mensagem  fiodor em 5/10/2014, 13:48

Olá a todos, boa tarde!

Já cumpriram como dever cívico?rs (ia fazer piadinhas com um partido, mas vai que né... vou me calar)

Antes de mais nada, gostaria de dizer que estou há 24 dias sem me masturbar. Agora há pouco me deu uma vontade enorme e vi algumas fotos de umas vagabundas no facebook por uns cinco minutos mas fechei tudo correndo e entrei aqui. Força na peruca!

Ontem fui em um bar e ao final da noite, fomos eu e um casal para a casa de uma mulher. Meu amigo estava com uma garota e eu comecei a pegar a mulher. Eu estava ligeiramente "alegre" por conta da bebida, mas não me saía da cabeça q muito provavelmente eu iria transar, mas eu não tinha remédio e ia acontecer aquele pesadelo. Meu amigo foi embora com a garota e eu fiquei com a mulher, rolando um beijo e o meu pau mais morto que nada; eu beijava a mulher e sentia a mesma coisa que eu sinto se passar a mão em um sofá ou em um ventilador. Ela passava a mão em mim e tentava alcançar o meu pau, mas eu desviava com medo de ela o encontrar nem ao menos meia bomba, mas mole como uma bexiga furada. Sei que me levantei, dei algumas desculpas e fui embora.

De certa forma fiquei feliz, pois estou gostando mesmo da outra menina que eu estou saindo (não nos vimos esse fds) e isso talvez tenha influenciado um poucooooooo no que - não - aconteceu. Pra vcs terem ideia do nível da mulher, ela anda em carro blindado.

Mas vamos lá, não acredito que eu estarei curado em 30 dias, mas se obtiver melhora em 30 e depois uma cura completa.... ah, que sonho! Pq eu via umas coisas bem pesadas na net, meu caso era bem feio mesmo.

Agora respondendo a você "Projeto", em primeiro lugar agradeço pela sua resposta e apoio.
Quanto aos vícios, é o seguinte: eu tinha uma tendência a me viciar em qualquer coisa que me tirasse da realidade. Sempre achei esse mundo em que vivemos cruel por demais, injusto e mais mil e uma coisas. Por isso do vício. O meu primeiro foi com doze anos, em pornografia. Era início do fenômeno do "funk" então, meu Deus, que desgraça, né? Com treze anos eu comecei a fumar cigarros. Com 19 me viciei em cocaína e quase morri, gastava cerca de 500 reais por semana em droga. Hoje estou liberto de tudo isso, do cigarro, da cocaína, bebo muito raramente, uma vez por mês mais ou menos. E isso já faz tempo, mais de cinco anos. Me livrei de tudo isso buscando a espiritualidade. Não quero entrar de forma alguma nessa questão, mas posso dizer que foi isso que me salvou, caso contrário eu estaria preso ou morto.

Correção: estou liberto de tudo isso, menos da pornografia. Eu digo que esse é pior vício, pq ele é silencioso; os efeitos nefastos demoram a se revelar, é um vício, de certa forma, gratuito, vc não precisa de ngm, não tem riscos, não afeta a sua saúde (pelo menos é o que a gente acha no início, né?) e é algo que é mt mais complicado de revelar para algm que um vício em drogas. A cocaína ou o vício em drogas pesadas, DE CERTA FORMA é mais fácil de se libertar, pq chega um momento em que vc só tem uma escolha: ou vc para ou vc morre. E isso sem dúvida é um poderoso incentivo... já o da masturbação, é um negócio que vc pode manter pela sua vida inteira e jogá-la no lixo, muito silenciosamente, ngm além de vc mesmo vai perceber... mas os dois vícios não tem uma relação direta além do meu desejo de escapar da realidade e querer montar um mundo "perfeito" para mim.

Espero ter respondido a sua pergunta Wink


fiodor

Mensagens : 18
Data de inscrição : 02/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Liu em 5/10/2014, 14:23

Olha, Fiodor. Com certeza essa sua comparação é muito importante, sobretudo no que se refere à manifestação do vício da pornografia. Este pode apodrecer a vida inteira de alguém sem que ninguém em volta perceba. Além disso, o depoimento que você fez sobre sua experiência em ambos os casos foi muito esclarecedor para mim, acho que todos construímos um mundo paralelo por anos onde a sexualidade deturpada era um ideal presente em todos cantos.... Eu agradeço sua disposição, Bro...

_______________________________________
avatar
Liu

Mensagens : 115
Data de inscrição : 14/09/2014
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Convidado em 6/10/2014, 10:51

Fiodor, pra você talvez seja até fácil se desvincular do vício da pornografia, porque tu já tem uma experiências bastante considerável com vícios. De certo forma, tua experiência vai te ajudar bastante nessa nova jornada. Parabéns e boa sorte!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 6/10/2014, 12:53

fiodor escreveu:Correção: estou liberto de tudo isso, menos da pornografia. Eu digo que esse é pior vício, pq ele é silencioso; os efeitos nefastos demoram a se revelar, é um vício, de certa forma, gratuito, vc não precisa de ngm, não tem riscos, não afeta a sua saúde (pelo menos é o que a gente acha no início, né?) e é algo que é mt mais complicado de revelar para algm que um vício em drogas. A cocaína ou o vício em drogas pesadas, DE CERTA FORMA é mais fácil de se libertar, pq chega um momento em que vc só tem uma escolha: ou vc para ou vc morre. E isso sem dúvida é um poderoso incentivo... já o da masturbação, é um negócio que vc pode manter pela sua vida inteira e jogá-la no lixo, muito silenciosamente, ngm além de vc mesmo vai perceber... mas os dois vícios não tem uma relação direta além do meu desejo de escapar da realidade e querer montar um mundo "perfeito" para mim.

Espero ter respondido a sua pergunta  

Respondeu sim. Essa comparação é importante e é bom que fique registrada para efeito de estudo, porque vem diretamente de alguém que teve as duas experiências. Valeu!

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  fiodor em 6/10/2014, 13:37

Olá a todos, boa tarde!

Agradeço pela leitura, interesse e o apoio de todos. Nessa próxima quinta-feira eu vou completar 30 dias sem me masturbar vendo pornografia. Nunca que eu pensei que fosse capaz de chegar nesse número e hoje me sinto capaz de chegar e ainda mais, de ultrapassá-lo! E isso se deve muito ao ebook, a esse site, parabéns pela iniciativa de todos, os criadores e tb os usuários que mantém tudo isso vivo. Ao infinito e além!rs

Então... acho que o Gabriel mencionou que talvez fosse mais fácil eu me livrar do vício em porn por já ter me livrado do vício em cocaína. Cara, vc acredita que eu acho que não? E explico. O vício em cocaína ou drogas pesadas é algo que te muda. Vc se marca, se fere de uma forma que lá vai ter sempre uma ferida que mesmo depois de curada, sempre vai estar lá para te lembrar. Eu peso 80 kg, cheguei a pesar 62; meu processo de envelhecimento se acelerou muito, tenho um aspecto físico pelo menos dez anos mais que a minha idade real. E por dentro uma certa melancolia que ninguém é capaz de entender. Vc ter chegado num ponto extremo de rebaixamente não é algo que se desfaz... eu vi coisas que nunca me esquecerei... já vi uma menina de 12 anos chupar um cara muito mais velho, por droga; isso são coisas que a gente não esquece, são coisas que nos assombram de noite. E a dor de todo o vício é solitária. Viciados (no caso de drogas) só se reúnem em momentos de alegria; e ao estar só - assim como nós, viciados em porn - sentimos uma dor muito solitária que não podemos dividir com ngm, por uma série de fatores... e essa dor é mt difícil de suportar, mt... pq é uma dor vergonhosa. Além de tudo ainda temos de dar conta do peso da vergonha de nós mesmos da nossa própria impotência (até literalmente nesse caso hahaha). Mas voltando ao assunto inicial, foi bem nessa época de recuperação da coca que a pornografia realmente tomou espaço na minha vida como vício. Até então eu via pornografia de uma forma "normal" ia dizer sadia, mas acho q não existe um consumo saudável dessa desgraça. Foi uma época em que tive de me afastar de tudo e de todos e tive um contato maior comigo mesmo. E talvez numa tentativa de me preencher ou mesmo de fugir disso tudo, eu tenha ido de encontro a pornografia, de cabeça. Talvez eu tenha substituído um vício por outro, nada mais. E isso vem se arrastando há sete ou seis anos.

A minha luta é tão dura quanto a de todos aqui... é um acumulado de dor, de vergonha, de desespero, de vergonha, de des-ilusão... mas nada é melhor, nada é mais gostoso que acordar e pensar, puta meu, quinta feira completo 30 dias sem! Nossa, é o oposto. A sensação é de vitória, de controle, de masculinidade mesmo. Não a vergonha e a frouxidão que tivemos de nos acostumar.

Agora há pouco, pouco antes de entrar no fórum, notei com a maior surpresa que eu estava tendo uma pequena ereção involuntária, sem pensar e sem ver nada de sexo, assim, do nada! Como eu tinha há sei lá, quando era adolescente! Tudo bem que foi só uma pequena crescidinha, nada de mais, mas mesmo assim. Cara, vale a pena! Estou com fé!

Já pensou comer a sua mulher, namorada ou qualquer mulher sem remédio, sem medo de brochar e ainda por cima sensível ao toque, ao sexo como deve ser? Nossa senhora, nem me lembro como é, mas em breve eu quero ter isso e vou voltar aqui e relatar pra vcs!

Abraços a todos!

p.s: se algm quiser me fazer alguma pergunta, sinta-se a vontade Wink

fiodor

Mensagens : 18
Data de inscrição : 02/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 12/10/2014, 16:10

Fiodor, concordo com tudo o que você falou. Ambos os vícios foram a forma que encontramos para fugir da realidade e a alegria de viver sem eles é em si mesma, muito recompensadora!

Sugiro que você crie um diário pessoal na sessão experimento. Será interessante acompanhar o seu progresso, principalmente a sua evolução na questão da recuperação da DE.

Um Abraço,
Projeto

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  fiodor em 13/10/2014, 00:29

Olá, boa noite a todos!

Senhores, antes de mais nada gostaria de dizer que estou há 34 dias sem pornografia, fato inédito na minha vida dentro de quinze anos praticamente o/

Gostaria de descrever o momento pelo qual estou passando e pedir alguma dica ou direcionamento de vcs, por gentileza. Como relatei no primeiro post, estou saindo com uma garota. Ela é linda, atenciosa, cheia de qualidades. Nós ficamos nesse final de semana e fizemos sexo - com remédio, bem entendido - e foi tudo muito bom e incrível. Falarei sobre o remédio no final do post.

Quando nós, eu e ela nos reencontramos, eu me sentia um tanto quanto insensível. Com a libido meio baixa, sem muita vontade de transar. Sendo que durante a semana, ao falarmos no telefone de noite, eu ficava louco de vontade de transar, com ela. Pq pessoalmente isso mudou? Será que por conta do reboot a minha libido esteja numa montanha russa? Sei que acabamos nos estimulando e transamos algumas vezes no final de semana; eu amoleci apenas em uma das vezes, mas fiz sexo oral nela e acabei me recobrando o suficiente para penetrá-la. Foi um fds incrível em todos os âmbitos, estamos apaixonadinhos.

O que eu quero contar e saber a opinião de vcs é o seguinte: ao deitarmos para dormir, eu ficava pensando: nossa, ela poderia ser mais gostosa, poderia ter um peito maior (e imaginava o peito), usar tal roupa (imaginava a roupa). Isso quer dizer que eu ainda estou fantasiando, certo? Isso é uma coisa que faço há muitos anos, fico tentando "melhorar" a mulher com que estou e penso sempre: "nossa, se ela fosse assim ou assado, nossa, aí seria perfeita!" Me dei conta disso ali, com ela dormindo ao meu lado e pensei comigo, vou postar isso no fórum!hahahaha

Taí a dúvida: será que o reboot vai funcionar nesse ponto tb? Já estou sossegado em relação ao porn, mas percebi que estou fantasiando, criando coisas em cima de uma realidade para melhorá-la... =/

Quero aproveitar e amar a minha namorada da forma que ela é, sem ficar pensando em peitos e bundas maiores, em decotes, em saltos, em putaria no ouvido. Existe isso!!?? Quero dizer, será que isso vai existir um dia, para mim??

Outra coisa que me prejudica muitíssimo e terei de lidar com: minha ansiedade. Não obstante a DE por conta da pornografia, eu tenho DE por causa da ansiedade. Eu penso que quando tiver completado o reboot e começar (queira Deus!) a me sentir como um cara normal, terei de em seguida lidar com a minha dependência do remédio. Já sei que terei de procurar um urologista e ele vai me indicar um ansiolítico... enfim...

Que complicação, não! Affe Maria!

Mas vamos embora, 34 dias, agora rumo aos 60!

fiodor

Mensagens : 18
Data de inscrição : 02/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Liu em 13/10/2014, 11:58

fiodor escreveu:Mas vamos embora, 34 dias, agora rumo aos 60!

É, amigo. Primeiro eu queria parabenizá-lo pela sua persistência no reboot, pois há mais de 30 dias lidando com toda essa mudança realmente não é simples.

Quanto ao fato de você ficar "melhorando" a mina na sua cabeça, relaxa, isso tende a passar. Eu também já me vi em situações parecidas... O que venho entendo (uma vez que já consegui ficar sem porn por meses antes da minha recaída fatal em 2011) - o que estou compreendendo é que a pornografia é em si um linguagem que adquirimos e desenvolvemos:

A palavra "pornografia" provém dos vocábulos gregos "pornos" (prostituta) e "graphô" (escrever, gravar). O primeiro destes vocábulos é da mesma família de outros, como "porneuô" (ser prostituta, viver da prostituição) e "pernêmi" (vender, exportar). Este último deve-se ao facto de, inicialmente, as prostitutas serem escravas.

A partir desta etimologia facilmente se percebe o significado do termo "pornografia" (como nos é apresentado tanto no Dicionário da Língua Portuguesa, de Moraes, como no de José Pedro Machado): tratado acerca da prostituição, colecção de gravuras ou pinturas obscenas, carácter obsceno de uma publicação. Só a partir daqui é que adquiriu o sentido de devassidão
(Fonte: http://www.ciberduvidas.com/)

Sendo assim, toda nossa sexualidade passa por esse filtro. Nós "traduzimos" o sexo, a sensualidade e o erotismo no material pornográfico que acumulamos: posições, formatos do corpo, acessórios, performance etc, etc, etc. A boa notícia (que eu já experimentei e é por tal que me mantenho no reboot) é que isso passa, simplesmente vamos nos desapegando de uma linguagem que não incentivamos mais. Por isso eu sempre procuro me manter longe das fantasias agora que estou começando um reboot pra valer, pois se imaginamos, lembramos e se lembramos vamos querendo mais e aí, enfim, fodeu.

Assim como o Projeto, sou a favor do sexo real com uma parceira mais de uma vez, pois é assim que conseguimos construir uma linguagem mais própria da intimidade do casal, com detalhes e particularidades que só fazem sentido para o sexo realizado entre os dois. A partir daí acho válido criar nossas próprias fantasias até, ou se quiser, uma nova linguagem que não seja subalterna da indústria pornô que comprou nosso tesão à preço de manga.

_______________________________________
avatar
Liu

Mensagens : 115
Data de inscrição : 14/09/2014
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Projeto em 21/10/2014, 15:04

Fiodor, complementando o que o Lieutenant falou, no seu caso eu sugiro que pare de fantasiar com ela no telefone e em outros lugares sobretudo quando sabem que não vão ter sexo em seguida. Guarde essa energia para o ato sexual. Como você recém parou de se expor à pornografia o seu sistema de dopamina ainda não está bem regulado e se você ficar se estimulando muito mentalmente antes do ato sexual, vai acontecer de na hora H ele exigir uma excitação no mínimo umas 10x maior do que a da fase da excitação, o que pode ter como resultado uma Disfunção Erétil ou uma recaída em pornografia. Aconteceu exatamente assim comigo uma vez. Na época em que eu estava solteiro sai com uma garota linda. Mas ela ficou enrolando muito na parte da excitação, me provocando, etc e eu provocando ela e chegou na hora H eu não consegui ter uma ereção (o que foi cômico). Aliás, foi justamente por causa dessa transa humilhante que eu descobri que tinha DE e comecei a pesquisar pelo tema. Fica a dica!

_______________________________________

avatar
Projeto
Admin
Admin

Mensagens : 1726
Data de inscrição : 27/07/2014

http://www.vicioempornografiacomoparar.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  Professor em 23/10/2014, 07:08

Eu também passei por uma situação semelhante à descrita no tópico. Simplesmente não consegui segurar a ereção. Na hora de tentar penetrar, simplesmente ia "desinflando". Tive o vexame de ficar uma tarde inteira com a garota nessas condições Embarassed
Depois desse episódio fiquei desesperado, porque não sabia o que poderia ser. Pensei em tudo menos que era por causa de meu vício. Mas depois pesquisando na internet, descobri que era SIM por meu cérebro só conhecer a ereção por cenas de pornô da pesada, de forma que eu estava de um jeito que até pra me masturbar vendo pornô era aquela ereção "mais ou menos".

Minha primeira tentativa de abstinência durou oito dias, sem pornô e sem masturbação, e no fim deles, ao me examinar, percebi que tive uma ereção daquelas de muleque kkkk aquelas que chega a dar uma dorzinha de tão duro que está o membro. Mas aí pensei que estava curado, e não insisti no processo. Agora estou começando novamente Very Happy

Eu já tive progressos, porque antes só conseguia ficar excitado com pornô. Não sabia o que era me masturbar com imaginação. Isso me assustava muito, ficava pensando o que poderia ser. Agora ao pensar em minha namorada fico excitadíssimo e já me masturbei várias vezes pensando nela. Sei que é fantasia, e ainda é muito prejudicial, mas é muito menos humilhante que depender de cenas de pornô cada vez mais pesado e degradante para ter uma simples excitação

_______________________________________
avatar
Professor

Mensagens : 36
Data de inscrição : 20/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando você descobriu que tinha DE ?

Mensagem  ninja em 26/4/2015, 03:22

Vou descrever minha vida sexual pra ficar claro

Minha adolescência foi um pouco rebelde, no sentido de experimentar a existência.
Foram tempos difíceis, mas eu sempre tava na captura do sexo, perdi a virgindade bebaço num construção interditada com 14, foi bom.. depois disso amassei muitas garotas, sempre com E normal.
Na primeira vez que arrastei uma mina pro abate com próprio mérito e sóbrio eu tinha 15, eu sempre amassava ela e ficava 100% pronto, mas no dia que eu levei ela pro quarto o meu pênis chegou de diminuir. Ereção -1%.

Acho que depois disso eu sempre fiquei tenso, na hora do sexo e tripliquei a busca por pornografia pra testar se minha ereção ia funcionar, pois eu realmente não esperava isso.

Mas não dei muita bola pra isso a principio e continuei amassando as garotas com ereção normal nesse ato. Com 16 pra 17 arrumei uma namorada, tinha dificuldade em iniciar e manter ereção, e já fiquei pilhado do por quê, já que eu tava afim. Mas eu já tinha muita expectativa sobre o corpo feminino, uma estria pra mim era inaceitável (ou seja, eu culpava a parceira). Mas eu transava com ela dentro do normal pra um guri bobo de 16. (ano passado sai com ela, eu me redimi, pois transei legal com ela algumas vezes, quase namoramos de novo).

Deixei ela pra namorar uma de 14 muito linda, eu tinha 17 pra 18, fiquei mais um ano sem sexo pq ela era virgem e tal (sério), namorei ela 6 anos. Nesse rolê, eu fui de 0 a 100. Tanto tive períodos curtos com DE, outros com DE leve e na maior parte do tempo, sem DE. Nesse altura eu já tava meio grilado de as vezes ter dificuldade pra executar o processo, mas achava que a culpa era a parceira que não fazia isso ou aquilo direito (Aqui a minha sensibilidade nas partes erógenas começou a baixar). Ela terminou comigo eu tinha 23 pra 24, acredito se eu não tivesse DE teriamos nos casado, isso realmente devasta o emocional das mulheres, tanto quanto o nosso, e a relação do casal padece. Eu traí ela no meio do namoro (burro), e no ato foram múltiplos orgasmos precoces na boca da mulher, foi engraçado Laughing .

Fiquei na boemia um tempo, tive dificuldade pra ter vida sexual de novo por 1 ano +- , mas depois de um tempo eu estabilizei e transei com segurança varias vezes, e também apresentei DE em outras. Tenho mais dificuldade com mulheres que eu quero agradar/namorar. E pra piorar, tenho a mania de ver porno com uma atriz parecida com a mulher que eu to afim e ficar fantasiando. Mas nesse ponto minhas ereções espontanêas começaram a diminuir.

Uns 3 anos nessa vida, comecei a namorar já com 26 ou 27... Essa eu morria de tezão, era sempre bom, até a gente começar a brigar, nosso emocional pirar, e as DE's virem junto com muita ansiedade e Pornografia. Fim do namoro, buraco emocional, dessa vez foram 2 anos com dificuldades de sexo satisfatório. Daí no ultimo ano eu desencantei e tive algumas relações. Mas sempre tenso, com sensibilidade nas regiões erógenas muito baixas.

Comecei a namorar agora de novo, com 30 pra 31, mas novamente a DE apareceu depois de pouco tempo de namoro. Acredito que isso seja por estar mais viciado do que nunca em pornografia, nunca assisti tanta quanto nos últimos 4 ou 5 anos.

Uma falha leva a busca da pornografia, que leva a mais falhas e mais busca de pornografia, é um circulo vicioso terrível, e o efeito disso é devastador. E só agora eu entendi que preciso de ajuda.

Desde os 12 anos venho regando minha mente com PMO e criando espectativas, bloqueando meu instinto de homem das cavernas. Se de verdade tranzei com 20/30 mulheres na vida, pro meu cérebro eu já engravidei as 10.000 mais gostosas e boas de cama do mundo.

Pelo que sinto vivi e li, o reboot vai me normalizar.

_______________________________________
avatar
ninja

Mensagens : 26
Data de inscrição : 25/04/2015
Idade : 33
Localização : Minas Gerais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum