Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/2/2018, 07:47
Agora você terá mais justificativas para continuar com o tratamento. Você sabe quais as consequências dos seus maus hábitos e sabe os frutos que está colhendo mesmo sem ter se livrado totalmente deles.
O Método já está validado com você, então quando estiver com os pensamentos de queda é só lembrar como o foi esse sexo e como era antes, é melhor não correr o risco neh?

Você vai conseguir, boa sorte e parabéns!
Moderador
Moderador
Mensagens : 309
Data de inscrição : 07/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/2/2018, 10:37
Fico feliz por você estar conseguindo vencer! Somos todos fortes, só necessitamos descobrir essa força dentro de nós.
Só não se acostume ao sexo sem proteção. Segurança sempre!

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 482
Data de inscrição : 08/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/2/2018, 11:12
Concordo com a Domi e o Marcos!

Use camisinha SEMPRE e sempre se lembre dessa experiência como prova de que o reboot sim vale a pena.

Só de vc ter tido ereção completa e não ter sentido sintomas de EP, já quer dizer que vc evoluiu muito na jornada. Recair traz uma sensação ruim mesmo, mas bola pra frente e continue lutando.

Abç.

_______________________________________



''All good things to those who wait'' (Mother Gothel, Enrolados)
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Hora de voltar!

em 21/5/2018, 09:21
Queria poder dizer que consegui. Que me libertei do vício e que agora sou um novo homem. Pena.

Os primeiros meses do ano foram fantásticos. Parecia que tinha energia de sobra para tudo e que finalmente PMO ficaria no passado.

Não tenho conseguido avançar mais que 4 dias. Estava blindado mas atualmente um simples pensamento me move em direção á queda. A coisa está no mínimo deprimente e voltar aqui foi um tremendo desafio.

Á cada queda venho me arrependendo. Sentindo repulsa, não tenho levado á sério o Reboot e parece que a ilusão de que vai ficar tudo bem depois do orgasmo domina minha mente, mesmo com o choque de realidade que vem depois.

Mas chega de ficar nesse mar de ilusão. É inútil tentar sozinho e por isso eu voltei pra tentar de novo. Sei que a luta vai ser grande mas, quem não luta pelo que quer, não merece o que deseja.

Dia 0
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/5/2018, 09:27
É exatamente esse sentimento que me move em direção ao reboot. Não quero mais me sentir impotente, sem poder controlar minimamente minha mente e meu corpo.
Você está no caminho certo! Não desista!!!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/5/2018, 09:45
Brigado pelo apoio amigo. As vezes penso em como estaria se me dedicasse mais e não me rendesse tão fácil. O certo mesmo é focar no agora e não se deixar desistir. Muita força pra você também!
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/5/2018, 09:47
Estamos juntos Psico!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/5/2018, 15:35
Psco, eu já havia dito isso para o Santo e direi a você também.

Quanto mais inteligente a pessoa é, mais elaborada serão suas desculpas para a queda.
Quando você estava prestes a cair, começou a questionar fortemente o método lembra? Falar sobre psicologia e sobre que os métodos não são modelos que servem para todos os pacientes.
Começou a se convencer sutilmente de que o método não serviria para você e ai achou a brecha moral novamente para cair.

O Santo também teve o próprio período de se convencer e depois se rendeu.

Vocês dois são muito inteligentes e por isso desenvolvem desculpas complexas para se deixar cair. Por isso eu pergunto para você Psico, o que ainda está te convencendo a ver pornografia?
O que precisa ser o seu fundo do poço para te levar a buscar desesperadamente pela cura? É necessário chegar nele?
Qual é a melhor opção, sendo que você sabe que possui um vício?

Talvez assim te dê mais ferramentas para lutar contra você mesmo.
QUANTO MAIS INTELIGENTE MAIOR O DESAFIO MENTAL.

Mas eu tenho certeza que se sairá bem dessa.
Gosto demais de você.
beijos
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 21/5/2018, 21:26
Domi,

Suas palavras podem ser até um pouco duras, mas é a mais pura verdade. Parece que me vejo no espelho quando as leio... Até dei uma suspirada...

De qualquer maneira, acredito que você tem razão. É preciso convencimento e antes disso ter um pouco de amor próprio para começar esse processo. As tentações vêm e até acho que isso faz parte da dinâmica da vida, entretanto, um cérebro treinado terá mais chance para desviar-se dos gatilhos. O método funciona e agora tenho bastante certeza. Sei que o Psico está convencido disso, ele só precisa se entregar um pouco mais.

Bora lá Psico! Você consegue!!!!
Domi1 escreveu:Psco, eu já havia dito isso para o Santo e direi a você também.

Quanto mais inteligente a pessoa é, mais elaborada serão suas desculpas para a queda.
Quando você estava prestes a cair, começou a questionar fortemente o método lembra? Falar sobre psicologia e sobre que os métodos não são modelos que servem para todos os pacientes.
Começou a se convencer sutilmente de que o método não serviria para você e ai achou a brecha moral novamente para cair.

O Santo também teve o próprio período de se convencer e depois se rendeu.

Vocês dois são muito inteligentes e por isso desenvolvem desculpas complexas para se deixar cair. Por isso eu pergunto para você Psico, o que ainda está te convencendo a ver pornografia?
O que precisa ser o seu fundo do poço para te levar a buscar desesperadamente pela cura? É necessário chegar nele?
Qual é a melhor opção, sendo que você sabe que possui um vício?

Talvez assim te dê mais ferramentas para lutar contra você mesmo.
QUANTO MAIS INTELIGENTE MAIOR O DESAFIO MENTAL.

Mas eu tenho certeza que se sairá bem dessa.
Gosto demais de você.
beijos

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Dia 1

em 21/5/2018, 23:04
Eu só posso agradecer imensamente ao apoio de todos vocês. Realmente, não é fácil e Domi, cara, todas vezes você sempre fala exatamente aquilo que eu preciso ler. Mesmo estando tanto tempo longe do fórum é como se eu estivesse contando sobre tudo o que está acontecendo comigo que você me acerta na veia. Muito obrigado.

Mas tenho que admitir que os questionamentos que eu levantei á um tempo atrás, não foram os motivos que me fizeram recair. Pra quem acompanhou, viu que havia me recuperado bastante da DE. Estava mais bem disposto, menos ansioso, mais controlado de uma certa forma e mesmo caindo, alcançar a marca de 10 dias ou 15 não estava tão difícil como agora. O principal motivo pra que eu tornasse á recair repetidas vezes foi um maldito pensamento do tipo "OK, estou praticamente curado, tenho conseguido fazer sexo, estou menos descontrolado então... acho que uma vez ou outra não tem problema" Verdadeiramente, a comodidade de sentir prazer sozinho foi me reconquistando afinal, entre ter que ficar horas ou até dias na internet procurando alguém "legal", ter que se deslocar ás vezes para longe, correr o risco de se frustrar por causa da DE tendo um MUNDO de imagens e vídeos bem aqui no meu quarto e que vão me proporcionar o mesmo prazer só que sem riscos ou até mesmo perigos ah meus amigos... PMO forever!

Só que depois que a gente toma a "pílula vermelha", a realidade muda pra sempre e tudo que sobra depois do ato é só aquela sensação horrível e o pensamento "eu poderia ter aguentado mais se eu tivesse feito isso ou aquilo"

É exatamente por isso que voltei. Nada vai mudar se meus hábitos não mudarem. Vou ter que me acostumar com a voz grossa, com as palavras fluindo sem bloqueios da minha mente pra minha boca, com a falta de timidez e insegurança, com o senso de humor que fica mais apurado e até mesmo com uma fala cheia de duplo sentido. Esse sou eu limpo. É difícil ás vezes suportar o peso da mudança mas, eu não vejo outra opção. Não dá mais pra poder ficar sempre pensando a mesma coisa sempre quando eu recaio. Vou ter que substituir PMO por sexo real, isso pra mim significa ir contra aquilo que eu aprendi na igreja, e contra aquilo que as pessoas pensam de mim. Acho que a escolha mais difícil não é decidir subir a montanha, pra mim pelo menos, o mais difícil é chegar lá em cima e ter coragem de olhar pra baixo e ver o quanto se subiu.

Enfim, essa tentativa vai ser bastante diferente das outras pois o maior desafio é se acostumar com uma nova percepção do meu próprio eu diante dos resultados. Isso me amedronta mas, como eu sei que vou continuar tentando pro resto da minha vida...
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 253
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 22/5/2018, 10:42
psico escreveu:Eu só posso agradecer imensamente ao apoio de todos vocês. Realmente, não é fácil e Domi, cara, todas vezes você sempre fala exatamente aquilo que eu preciso ler. Mesmo estando tanto tempo longe do fórum é como se eu estivesse contando sobre tudo o que está acontecendo comigo que você me acerta na veia. Muito obrigado.

Mas tenho que admitir que os questionamentos que eu levantei á um tempo atrás, não foram os motivos que me fizeram recair. Pra quem acompanhou, viu que havia me recuperado bastante da DE. Estava mais bem disposto, menos ansioso, mais controlado de uma certa forma e mesmo caindo, alcançar a marca de 10 dias ou 15 não estava tão difícil como agora. O principal motivo pra que eu tornasse á recair repetidas vezes foi um maldito pensamento do tipo "OK, estou praticamente curado, tenho conseguido fazer sexo, estou menos descontrolado então... acho que uma vez ou outra não tem problema" Verdadeiramente, a comodidade de sentir prazer sozinho foi me reconquistando afinal, entre ter que ficar horas ou até dias na internet procurando alguém "legal", ter que se deslocar ás vezes para longe, correr o risco de se frustrar por causa da DE tendo um MUNDO de imagens e vídeos bem aqui no meu quarto e que vão me proporcionar o mesmo prazer só que sem riscos ou até mesmo perigos ah meus amigos... PMO forever!

Só que depois que a gente toma a "pílula vermelha", a realidade muda pra sempre e tudo que sobra depois do ato é só aquela sensação horrível e o pensamento "eu poderia ter aguentado mais se eu tivesse feito isso ou aquilo"

É exatamente por isso que voltei. Nada vai mudar se meus hábitos não mudarem. Vou ter que me acostumar com a voz grossa, com as palavras fluindo sem bloqueios da minha mente pra minha boca, com a falta de timidez e insegurança, com o senso de humor que fica mais apurado e até mesmo com uma fala cheia de duplo sentido. Esse sou eu limpo. É difícil ás vezes suportar o peso da mudança mas, eu não vejo outra opção. Não dá mais pra poder ficar sempre pensando a mesma coisa sempre quando eu recaio. Vou ter que substituir PMO por sexo real, isso pra mim significa ir contra aquilo que eu aprendi na igreja, e contra aquilo que as pessoas pensam de mim. Acho que a escolha mais difícil não é decidir subir a montanha, pra mim pelo menos, o mais difícil é chegar lá em cima e ter coragem de olhar pra baixo e ver o quanto se subiu.

Enfim, essa tentativa vai ser bastante diferente das outras pois o maior desafio é se acostumar com uma nova percepção do meu próprio eu diante dos resultados. Isso me amedronta mas, como eu sei que vou continuar tentando pro resto da minha vida...

Me identifiquei com algumas coisas que você relatou, amigo.

Com 34 dias de reboot, eu achei que estava curado, então pensei que não teria problema em assistir P eventualmente. Por isso caí. Consegui sexo duas vezes nesse meio também, o que reforçou a ideia de cura. Para quem estava há 6 meses sem sexo, tinha sido uma evolução e tanto. Depois disso ainda caí mais duas vezes. Até que resolvi voltar ao fórum.

Conforme avançamos no reboot, a sensibilidade a estímulos sexuais aumenta bastante, então qualquer acesso a P pode gerar um surto dopaminérgico muito mais intenso do que na época em que seu cérebro estava anestesiado pelo consumo frequente de P. O vício pode voltar com ainda mais força. Como você mesmo disse, nosso cérebro sempre opta pela fonte de prazer mais fácil, rápida e segura. Não podemos baixar a guarda.

_______________________________________
 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 22/5/2018, 13:16
O vício infelizmente seguirá todos até o fim da vida, ele faz parte de vocês. E só por vocês serem os donos é que serão capazes de definir como vão encarar as consequências de terem deixado ELE mandar por um tempo nas suas vidas.
Eu encaro o vício do meu parceiro como uma praga e uma benção, pois se não fosse pelo vício muitas coisas que mudaram para a melhor não teria acontecido, ele não teria perdoado o pai, não teria ficado mais aberto comigo, a vida não teria sido repensada de forma tão ampla e profunda, ele estaria no mesmo emprego e não teria arriscado a abrir a própria empresa, etc, etc... A praga todos sabem dos PQ's então não preciso citar.

Com o tempo não vai incomodar mais viver sem pornografia, pode as vezes dar vontade, porém logo passa. Só que agora é hora de aprender a lidar com os problemas, solucionar um monte de coisas que deixamos para trás, gastar energia para fazer coisas que deveriam ser simples como navegar na internet e não ter gatilhos no meio do caminho, ou ver um filme no cinema e conseguir desviar a atenção durante as cenas de nudez, ver televisão e não ficar atentado com um comercial de perfume onde aparece homens perfeitos e poderosos, temos que gastar energia até com o entender o que passa na nossa cabeça, se o que estamos sentindo é coisa do vício ou coisa real. Mas uma hora tudo fica natural novamente.

O Reboot serve para o vício, porém o que eu percebo aqui no fórum é que a maioria das pessoas encaram ele como uma virada de vida, o que é muito bom. Há diversas pessoas que conseguiram conquistar diversos sonhos só utilizando essa energia que era desperdiçada com PMO.

Psico, fico feliz que está se percebendo melhor, porém algumas mudanças que parece que te incomodam são resposta do seu corpo ao aumento de testosterona, encare como o que acontece na adolescência, depois isso vai se normalizar.
Essa voz grossa, o duplo sentido, um humor mais agressivo são respostas do seu corpo ao tempo sem PMO e sexo, esse feedback positivo de hormônio masculino vai se normalizar com o passar dos meses. E sobre a igreja, da para encontrar um meio termo dentro de qualquer religião para algumas coisas, tente não se desgastar tanto com isso
Nesse meio tempo tente ser uma pessoa que você se sentiria confortável em estar ao lado, pois no fim seremos sempre nós juntos com nós mesmos.


Eu adoro seu modo direto de ser, por isso tento ser direta com você também.
Mas é direta com muito carinho Embarassed

beijos
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 22/5/2018, 13:32
Brigado novamente pelas palavras Domi.

Você disse algo que eu mesmo disse a minha psicóloga durante o tempo que estava fazendo terapia: "eu preciso ser a companhia mais agradável pra mim mesmo antes de qualquer um" é isso que me faz criar expectativas sobre o resultado disso tudo. Rola um medo como também rola a curiosidade.

Eu pretendo não me distanciar do fórum por que se isso acontece às chances de recaída aumentam. Gostei muito do que vc disse sobre aprender a aproveitar as coisas simples da vida. Realmente, as vezes tenho que ir lá no meu mundo mental, cheio de imagens e ansiedades, e me expulsar pro lado de fora. Tenho admitido que o que se passa na mente não é real e o real é o aqui e agora e é nisso que eu preciso concentrar minhas forças pra quando a vontade bater eu der conta. Tudo começa na mente e não no computador ou celular.

Tenho tido vontade de ficar com alguém mas, por enquanto, vou esperar um pouco. Acho que esse tempo limpo de tudo vai me dar mais clareza. No mais, prosseguindo!

Obs: achei fofo o "direta mas com muito carinho" Laughing só vc msm.
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Dia 2

em 22/5/2018, 22:52
Hoje aconteceu algo engraçado que me fez pensar naquilo que o reboot bem lá no fundo representa.

Uma das minhas professoras no curso passou mal e em decorrência disto não tivemos aula e fomos liberados um tanto quanto cedo demais. Só que um amigo de sala havia ouvido sobre uma suposta palestra que iria acontecer perto de onde nós estudávamos. Olhamos um para o outro e como nos conhecemos bem apenas perguntei pra ele se daria tempo, ele bem humorado disse: "ou a gente perde tempo com coisa útil ou com coisa inútil mas no final vamos todos perder alguma coisa" ele é bem filosófico ao mesmo tempo que é bem engraçado.

Rumamos para o local conversando sobre muitas coisas. Ele sabe sobre a minha atração mas, antes que pensem, por ele não sinto nada. Ele é um bom amigo principalmente para desabafar então sei que nunca vai rolar nada. Até porque eu não quero.

Mas, continuando, ao chegar ao prédio percebemos que pra uma palestra havia pouco movimento. fomos indo até chegar em uma das salas. Era uma sala comercial mas que havia sido transformada em escola com uma recepção e uma outra sala onde as aulas aconteciam. Vimos duas senhoras muito bem apessoadas e logo foram chegando outras pessoas. Todas pareciam ser bem intelectuais pra simples estudantes mas nem ligamos para isso. Quando a palestra começou é que veio o baque. A linguagem sofisticada do palestrante e o assunto que ele tratava (nada á ver com o tema que nós havíamos visto antes) nos deixou no mínimo desnorteados. E logo todos os outros começaram á falar exatamente do mesmo jeito, o mesmo nível de conversa e nós ali nos perguntando "onde viemos parar?"

No final das contas, após a palestra, fomos perguntar pra um dos palestrantes o que era aquele grupo. Pra nossa surpresa TODOS eram psicólogos formados com anos de experiência, alguns com mestrado outros com doutorado e eu e meu amigo ali como formiguinhas no meio de leões. Mas fomos bem recebidos e até mesmo convidados á voltar se quiséssemos.

Vindo pra casa fiquei pensando na vida que aquela galera deveria ter de estudo e dedicação exatamente por aquilo que escolheram ser. Foi inspirador ver cada um deles conversando entre si mostrando um domínio do que estavam falando. Acredito que mais do que resistir bravamente por 90 dias sem pornografia e masturbação, o reboot nos faz, pelo menos voltei pra casa com essa concepção, de que o reboot no faz pensar afinal sobre qual tipo de vida que nós escolhemos viver á cada dia. Afinal, nós queremos viver uma vida de viciado em PMO ou não? Se não por quê? Quais sacrifícios nós estamos dispostos á fazer por causa disso?

Hoje li várias historias de superação e inclusive quase chorei lendo uma que estou lendo até de novo por que esse cara merece meu respeito (marcos). Mas, não só a dele como de vários outros que estão lutando na tentativa de terem uma vida plena, sem PMO como também sem nenhum outro vício. De fato, o reboot não é apenas para fazer com que uma pessoa pare de se masturbar vendo pornografia ou não vendo. É algo tão bem mais complexo do que só consigo defini-lo como sendo algo sublime. Sugiro até que no caso de dúvidas procurem o significado dessa palavra.

No mais, prosseguindo.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 23/5/2018, 11:15
Acho ótimo que a palestra tenha te motivado, a vida nos motiva de formas diferentes quem diria que uma palestra assim te inspirasse não é? São esses momentos que eu chamo de presente do acaso.

Mas acho que tão importante quanto pensar onde queremos chegar é saber o como, faça pequenos objetivos para você sempre ter a percepção que está avançando, assim se sentirá bem e vencendo sempre.

Me sinto feliz em te ver bem.

Beijos
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Dia 3

em 23/5/2018, 21:23
Dia tranquilo. Hoje tive tempo de ficar mais tempo atoa no trabalho e por isso pude ler algumas historias aqui no fórum e responder alguma coisa em alguns tópicos. Fiz mais um atendimento (já comecei á atender na faculdade. Aplico testes psicológicos em crianças) na aula rimos sobre muitas coisas. Vou jantar, estudar pra prova de amanhã e dormir.

Prosseguindo.

OBS: Nunca senti esse diário sendo um DIÁRIO de verdade como estou sentindo agora. Pra mim é como se eu estivesse escrevendo algo que não vai se tornar público. Engraçado isso.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 24/5/2018, 13:29
Isso aí Psico, as coisas estão mudando para a melhor.

Ter intimidade com o diário te ajudará a se libertar e logo emoções mais profundas virão a tona de forma mais organizada. Pois o legal de escrever é isso, conseguir organizar de forma lógica e clara as emoções.

beijos
avatar
Mensagens : 1478
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 24/5/2018, 14:26
Acompanhando mto legal! Parabéns. Agora a sessão homossexual está bem movimentando. To gostando. Me sinto em casa acolhido.;

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho


avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 24/5/2018, 14:32
Também tenho percebido essa movimentação David Very Happy . Muito bom isso!
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Dia 4

em 24/5/2018, 21:26
Dia seguiu normal e sem nenhuma grande vontade nem de ver P ou praticar MO. Tudo até então seguindo tranquilo.

Só tenho que reclamar mesmo do cansaço. Fim de semestre na faculdade é algo sempre complicado mas, desta vez... Deus é pai! Tem sido extremamente desgastante e talvez, se eu não tivesse perdido tanto tempo com PMO, estaria mais focado e com a situação mais arrumada. Só quero que esse mês termine o mais rápido possível para as coisas se tranquilizarem um pouco que seja.

Tem me passado pela cabeça marcar alguma coisa com um rapaz com quem eu já fiquei mas, no fundo, não estou com clima pra nada disso.

Vamos seguindo.
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 25/5/2018, 07:06
Bora lá Psico! Uma dúvida: e o seu contador?

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 25/5/2018, 08:30
Pronto!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 25/5/2018, 12:42
Não se force a sair nesse primeiro momento, foque em cuidar de você mesmo, aí aos poucos como se sentirá melhor, com a vida mais arrumada, mais bonito, com a casa mais organizada, você se sentirá mais livre e com certeza mais aberto a novas conquistas.

Cuide de você mesmo, se ame, se namore a moda antiga, com flores e elogios, aí tudo ficará mais claro no final.

até mais
avatar
Mensagens : 309
Data de inscrição : 06/11/2016
Ver perfil do usuário

Dia 5

em 25/5/2018, 19:26
Quinto dia frio e chuvoso. Seguindo sem nenhuma fissura apesar de ter tido um sonho que se eu contar pra vocês... haverão risadas. MUITAS risadas, principalmente por ter sido meio erótico.

Domi1 agradeço pelo conselho meu amigo e pode ficar tranquilo que eu não vou me forçar á fazer algo desse tipo. Além de faltar tempo falta um "fogo" que me faz procurar alguma coisa então, vai demorar pra mim tomar alguma atitude.

No mais, estou levando o reboot na paz. Foram só 5 dias e já faz um tempo que não chego nessa marca limpo. Pra mim é uma conquista.
avatar
Mensagens : 1478
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Re: Diario psico

em 25/5/2018, 20:05
psico escreveu:Quinto dia frio e chuvoso. Seguindo sem nenhuma fissura apesar de ter tido um sonho que se eu contar pra vocês... haverão risadas. MUITAS risadas, principalmente por ter sido meio erótico.

Domi1 agradeço pelo conselho meu amigo e pode ficar tranquilo que eu não vou me forçar á fazer algo desse tipo. Além de faltar tempo falta um "fogo" que me faz procurar alguma coisa então, vai demorar pra mim tomar alguma atitude.

No mais, estou levando o reboot na paz. Foram só 5 dias e já faz um tempo que não chego nessa marca limpo. Pra mim é uma conquista.

Parabéns Psico!
Confesso que fiquei curioso por saber do sonho, mas visto que pode ser gatilho melhor nem arriscar.
Só um toque: A Domi1 é uma mulher!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho


Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum