Dia a dia - Diário del Capo

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

48 dias sem PMO

Mensagem  ilCapo em 14/12/2016, 19:51


No meio do caminho... Retornando ao Fórum, depois de uma sumida para me dedicar à outras áreas de minha vida... Bom, de fato, eu percebo melhoras significativas em minha vida depois desses dias sem PMO, à exemplo da ansiedade social em mim que era severíssima, e não é exagero. Venho procurando fazer mais atividades prazerosas para mim, mas sinto que ainda estou em falta com relação às minhas interações sociais e mais especificamente com as mulheres. É um ponto que eu preciso melhorar, há tempos. Eu gosto de ficar em casa, parar um pouco para pensar na vida, ler textos que não sejam científicos e que nos faz pensar de uma maneira mais serena sobre a vida, e talvez isso tenha uma certa influência.

Uma coisa que eu aprendi com o Reboot: se eu quero uma coisa, eu preciso correr atrás dela. Parece muito óbvio, e para muitos simples de ser entendido, mas para mim não era tão claro assim, apesar de eu ter conhecimento dessa informação. Antes de ter compreendido isso, eu acreditava simplesmente que as coisas que eu mais almejava, à exemplo, ter um bom emprego, ganhar bem, passar na prova, fazer a viagem dos sonhos, viriam se eu apenas pedisse a Deus. E Ele, como num passe de mágica, me daria o que eu pedia kkk

É engraçado até de ler, mas era assim mesmo que eu vivia, ou sobrevivia. Eu pedia muito para que Deus me curasse desse vício nefasto em Pornografia, porém eu não fazia corretamente a minha parte, fato que eu acredito estar muito mais relacionado aos mitos que a sociedade cria com relação à Pornografia (e.g.: pornografia é saudável; quando você namorar você vai parar de ver P; entre outros...) do que à minha vontade de parar. Também com relação ao namoro, eu pedia muito a Deus que ele me desse uma boa namorada, porém não fazia a minha parte, que era socializar com as meninas, cuidar do rosto, colocar um perfume, se vestir legal e etc. Não me preocupava muito com isso e esperava que, um dia, uma menina chegasse na porta de minha casa e me dissesse: "Eis que eu sou a sua enviada" kkk
Pra mim parece mesmo engraçado, porque é um tanto quanto besta, óbvio ou imaturo viver sob os moldes que eu estava vivendo, ou seja, viver esperando que as coisas caíssem do Céu, o que nunca iria acontecer.

Bom, além de tantas outras coisas que eu aprendi - e espero estar relatando mais adiante em outros posts - a mais significante foi que, se quisermos algo para nossas vidas, precisamos correr atrás e lutar. Se não fizemos nossa parte, Deus não nos dará a sua vitória. Afinal, Ele nos fez livres para fazermos nossas escolhas como quisermos, e as consequências virão a partir das escolhas que nós fizermos. A Pornografia me anestesiava nesse quesito, e me deixava inerte, procrastinando em tantas coisas de minha vida. Quero seguir os rumos de minha vida, sabendo aonde estarei/estou pisando, sem mais parecer um retardado que não sabe para onde vai. Já que quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  fenix94 em 14/12/2016, 21:46

IlCapo, boa noite.

Antes de mais nada, que dizer que admiro, de coração, a sua fé! É um sentimento maravilhoso que move o mundo.

Quanto ao vício e nossas atitudes, podmos dizer que ha uma relação inversamente proporcional, ou seja, quanto maior o vício, menores serão suas atitudes para frea-lo. Isto ocorre pq o cérebro é alterado em sua parte que é responsável pela tomada de decisões, logo, nao conseguirá, por si só, acabar com o vício.

Porém, vc pode readaptar seu cérebro a viver sem a PMO. Óbvio que vc deve saber disso já. Apenas estou comentando o qto é extraordinário nosso reboot. Penso que ele nos trás mto mais que o fim do vício, Ele nos proporciona a sensação de poder tomar qualquer decisão em nossa vida, ter o controle.

Parabéns por estar conseguindo levar o tratamento a sério. Nao esqueça de seguir a risca as dicas dadas. Sério, não subestime o vício e o que ele faz com seu cérebro.

Boa noite!!

_______________________________________
http://comoparar.forumeiros.com/t3992-22-fenix94 -> Meu diário.


"O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis."
avatar
fenix94

Mensagens : 79
Data de inscrição : 05/05/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 16/12/2016, 17:39

fenix94 escreveu:IlCapo, boa noite.

Antes de mais nada, que dizer que admiro, de coração, a sua fé! É um sentimento maravilhoso que move o mundo.

Quanto ao vício e nossas atitudes, podmos dizer que ha uma relação inversamente proporcional, ou seja, quanto maior o vício, menores serão suas atitudes para frea-lo. Isto ocorre pq o cérebro é alterado em sua parte que é responsável pela tomada de decisões, logo, nao conseguirá, por si só, acabar com o vício.

Porém, vc pode readaptar seu cérebro a viver sem a PMO. Óbvio que vc deve saber disso já. Apenas estou comentando o qto é extraordinário nosso reboot. Penso que ele nos trás mto mais que o fim do vício, Ele nos proporciona a sensação de poder tomar qualquer decisão em nossa vida, ter o controle.

Parabéns por estar conseguindo levar o tratamento a sério. Nao esqueça de seguir a risca as dicas dadas. Sério, não subestime o vício e o que ele faz com seu cérebro.

Boa noite!!

Iae parceiro, brigado pela força! De fato, procuro sempre ter minha fé em Deus, pois sou cristão, mas muitas vezes percebo que nós queremos que Deus nos dê tudo de "mão beijada" ou pensamos que tudo de ruim que acontece na nossa vida é culpa d'Ele. E era assim que eu pensava ser. Não pensamos que nós também temos que fazer a nossa parte, e temos que lutar para conquistar o que queremos. Tou me sentido um cara completamente renovado por estar esses dias em hard mode no Reboot. Abração vei Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

51º dia em hard mode

Mensagem  ilCapo em 16/12/2016, 18:13


Bom, acho que meus posts estão um pouco dessincronizados com a contagem real de dias sem PMO. O fato é que hoje, 16 de dezembro de 2016, estou a 51 dias em hard mode no Reboot, amanhã estarei no meu 52º dia, com a graça de Deus.

Como comentei acima, me sinto um cara que está se renovando, por completo. Um novo homem está nascendo, é o que eu percebo. E sei que preciso me esforçar bastante para seguir a minha vida plenamente, cuidando para não cair nos gatilhos.

A procrastinação diminuiu significativamente. Hoje mesmo cheguei de bike de um curso de excel de 30h que estou fazendo (termina quarta que vem), e logo desci com meu cachorro, para passear com ele. Os passeios com meu cachorro são bons tanto para mim quanto para ele, pois estou treinando para que ele tenha um condicionamento físico melhor, e consequentemente, acabo por me exercitar também, dando umas corridinhas. Depois fui logo lanchar, organizar umas coisas minhas, e fui jantar, pois estava com muita fome.

O que eu noto daí é que estou fazendo as coisas com mais objetividade, fato que quando eu consumia Pornografia quase todos os dias não existia em minha vida. Isso é mais um sinal do quanto a Pornografia suga as nossas energias e nos deixa inertes, sem saber que rumo tomar [bom, isso é pelo menos o que ocorria comigo, e acho que isso também deve ocorrer com muitos outros].

Ao sair pela rua me sinto muito mais confiante, ando sempre com a coluna ereta, sem timidez, sem vergonha de falar com as pessoas, de olhar nos olhos e sem pensar que eu sou "sujo".

Faço constantemente o exercício de enxergar as mulheres como pessoas,  e não como objetos. Quando eu consumia Pornografia, todas as mulheres bonitas que eu via eram como se fossem uma extensão da Pornografia, o que me fazia sempre querer olhar pra peitos e bundas constantemente. Bom, não acho que peitos e bundas sejam uma coisa ruim, mas precisamos também saber que as mulheres não são objeto de nossas satisfações sexuais. O sexo é uma relação, e como tal precisa do feedback do parceiro ou da parceira. Tenho certeza que a Pornografia quebrava e destruía essa verdade dentro de nós, e comigo não foi diferente. Eu simplesmente achava que uma mulher servia apenas para me satisfazer sexualmente quando eu bem entendesse, sem sequer me questionar se em um tal dia, ela ia estar afim de fazer sexo comigo ou não. Não existia "estar afim", ela tinha que fazer o sexo. E é quase isso que nós vamos treinando o nosso cérebro ao consumir P, uma vez que sempre que desejarmos, teremos a nossa disposição centenas de sites pornográficos em HD - já deve existir até mesmo em 4K, sei lá... - com centenas de vídeos de atrizes super gostosas a nossa disposição, para consumirmos e depois descartarmos. E assim vamos treinando nosso cérebro para que ele use e descarte as mulheres.

Uma coisa que sei que é muita, mas muita mentira mesmo, é acreditarmos que acabaremos de ver Pornô ao termos uma namorada, ou quando nos casarmos. Namorei 9 meses com uma menina, o que para mim foi um período muito enriquecedor, mas durante o namoro eu não conseguia deixar de ver pornografia. Eu até me esforçava, pois consegui passar um mês sem consumir (eu ainda não conhecia o Método Como Parar), mas não deixava de ver a pornografia.

O resumo: é impossível não notarmos melhoras significativas em nossas vidas ao deixar essa única variável. Espero poder ter ajudado outras pessoas aqui no Fórum, e vou seguir em frente, com FOCO, FORÇA e FÉ nessa jornada. Abraços !

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  Rafa77 em 16/12/2016, 18:25

Passando para deixar meus parabéns meu camarada!.. tu é um cara bem determinado e focado isso é essencial para o reboot Wink
avatar
Rafa77

Mensagens : 39
Data de inscrição : 28/10/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  Pekka Rinne em 16/12/2016, 19:06

Parabéns pelos 51 dias e pelos benefícios obtidos durante esse período. Seu relato é motivador para todos os rebooters.

Um abraço.

_______________________________________
SEM PMO'd - REBOOT HARDMODE

avatar
Pekka Rinne

Mensagens : 143
Data de inscrição : 08/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 17/12/2016, 09:25

Rafa77 escreveu:Passando para deixar meus parabéns meu camarada!.. tu é um cara bem determinado e focado isso é essencial para o reboot Wink

Valeu pela força, man !! Tmj Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 17/12/2016, 09:26

Pekka Rinne escreveu:Parabéns pelos 51 dias e pelos benefícios obtidos durante esse período. Seu relato é motivador para todos os rebooters.

Um abraço.

Brigado pela força man!! Sempre que puder acompanharei teu diário. Abraços Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

52º dia de Reboot em Hard Mode

Mensagem  ilCapo em 17/12/2016, 19:59

Hoje o dia foi comum, não fiz coisas excepcionais. Desci com meu cachorro para passear com ele, atividade que venho fazendo praticamente todo santo dia há, pelo menos, um mês, o que me dá uma alegria em mim. Graças a Deus que tenho um cachorro para cuidar, pois é cientificamente comprovado que a companhia dos cachorros diminuem significativamente as chances de um indivíduo desenvolver depressão, e acho que esse dado se aplica bem pro meu caso.

Como sou filho único, nunca cresci com a presença de uma outra pessoa com mais ou menos minha idade para compartilhar o quarto, a vida, as coisas, etc [Eis aí um dos pontos negativos de ser filho único. Agradeçam, aqueles que têm irmãos... hehe], e a minha vida social nunca foi das mais badaladas. Talvez por ser algo do meu perfil mesmo. Mas sempre tive meus amigos de colégio, jogava meu futebol durante a escola, o que me favorecia ter amigos e conhecer novos. Nunca fui de ter vários contatos e tals, até porque não tenho muito gosto de acessar WhatsApp, Facebook e afins, só uso por questão de necessidade.

Mas o meu dog me ajuda bastante a seguir a minha vida fazendo alguma coisa de útil para alguém. E no meu caso esse alguém é o meu cane (cachorro). Correr com ele e perceber que ele se sente melhor quando volta dos passeios é uma das atividades extranet que venho fazendo, e me permitiu socializar com outras pessoas e outros donos de cachorros, afinal quando um cão se encontra com outro, sabe como é, né ?!... Aí você pergunta: "É macho/ fêmea?", "Tem quantos anos?", "Essa raça é mais pra corrida ou pra ficar parada?", enfim, troca umas ideias com o dono do outro cachorro. Pena que não encontrei ainda alguma menina legal, interessante, pra trocar umas ideias e que tenha um cachorro. Mas enfim... Vou nos parques com o meu cane , vejo as pessoas. É bem massa.

Se Deus quiser, amanhã darei meu pedal de contra-relógio. Pra aqueles que não são obrigados a saber o que é um pedal de contra-relógio, é uma prova na qual o ciclista corre sozinho contra o tempo. Guardadas as devidas condições, uma vez que minha bike é simplesinha e não tenho todos os materiais caros que esses ciclistas utilizam, é o meu contra-relógio. kkk

Venho notado melhoras no meu humor, na minha capacidade de concentração, na minha assertividade com as coisas, e atribuo, com certeza, ao fato de estar dando seguimento ao Reboot. Quero me motivar todos os dias para ler o e-book - ainda que já tenha lido inteiro uma vez - e ler os blogs do Toguro e do Magrão, que ajudam e muito para entendermos o vício em Pornografia. Tenho um objetivo de voltar a estudar direitinho inglês, para poder ter acesso ao material na íntegra do Gary e do pessoal gringo que tem um canal do Youtube. Nessa, eu somo o útil com o agradável. Tenho que estudar inglês e acabo aprendendo mais sobre o vício. Espero seguir firme na jornada que se segue, com muito mais FOCO, FORÇA e FÉ!

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

O início de TUDO

Mensagem  ilCapo em 21/12/2016, 07:00

Talvez eu tenha escrito os posts anteriores fora de ordem, mas espero relatar aqui como conheci esse Fórum, e a tamanha alegria que foi conhecê-lo. Talvez também possa conter alguns poucos gatilhos. De antemão, alerto aos que forem ler.

Era o dia 24 de setembro - dia de sábado - do ano de 2016. Lembro-me bem pois é algo marcante para quem está viciado e no fundo do poço. Nesse dia meus pais [leia-se minha mãe e meu padrasto] não estavam em casa, tinham saído para algum evento religioso aqui próximo. Então estava eu aqui sozinho em casa, sem uma rotina estipulada das coisas para fazer naquela tarde, portanto eu estava teoricamente livre e sem ter o que fazer.

Como eu já vinha me masturbando há muito tempo, com uma frequência de quase todos os dias, eu vi nesse tempo livre a oportunidade de aproveitar e me deleitar na Pornografia [chamo a atenção aqui para percebemos como está o nosso cérebro quando estamos viciados. Eu achava que eu ia "aproveitar"/"deleitar" alguma coisa...]. Na realidade o meu desejo era poder relaxar, uma vez que eu estava com o desejo de bater uma punheta vendo um vídeo pornô “legalzinho”, e dar vazão à essa vontade, e logo depois, na minha concepção, eu iria estar mais calmo para poder estudar, pensar na vida e fazer as minhas atividades. Não foi assim que aconteceu.

Na primeira masturbação, eu senti um certo alívio, mas o problema é que o desejo de se masturbar com pornografia não acabava, e eu tive vontade de me masturbar mais uma vez, afinal eu estava sozinho em casa, não tinha ninguém para me vigiar [tinha apenas meu cachorro haha] e eu podia "aproveitar" para bater quantas punhetas quisesse. Antes de partir para a segunda masturbação, eu parei, pensei um pouco comigo, e disse: "Rapaz, já batesse uma punheta, pra quê outra? Já não foi suficiente?". Resposta: não foi suficiente. Na tentativa de relaxar, eu acabei ficando ainda mais ansioso, e ao invés de sentar para estudar, pois ia ter uma prova na semana seguinte, aquela vontade de se masturbar novamente passava por minha cabeça, me atordoando. Depois de uns 20 minutos, fui me masturbar novamente, no mesmo site pornô, com várias abas abertas, consumindo conteúdos de pornografia pesados (muitas vezes em HD), que não condiziam com o que eu acreditava que fosse uma relação sexual.

Esse dia, para mim, foi o fundo do poço. Não foi apenas esse dia, nem foi apenas ter me masturbado praticamente duas vezes seguidas. Foi uma série de eventos que aconteciam, e que eu via estarem totalmente associados com o consumo de Pornografia. Eu apenas não possuía o esclarecimento que o aparato científico e os que o e-book, o blog do Magrão, do Toguro e o site do Projeto nos dão . Conto aqui para vocês...

O mal que a Pornografia faz. Primeiro ponto

Bom, nessa fase de minha vida, eu já tinha tido uma tentativa de parar - sem conhecer o Método Como Parar - que eu diria ter sido bem sucedida, uma vez que eu fiquei aproximadamente 3 meses sem PMO. Isso sem bloqueadores, sem e-book, sem nada. Como eu não utilizei um contador, eu não tenho a precisão do número, mas lembro-me que decidi parar no mês de dezembro de 2015, e recaí novamente em março de 2016, coincidindo com o reinício das aulas na faculdade.

Minha primeira suposição de que a Pornografia estava fazendo um mal em minha vida veio quando eu entrei na faculdade, em 2015. Teoricamente, eu escolhi um curso que eu gostava, que me identificava, porém o rendimento na faculdade foi bastante medíocre. Primeiro período fui pra final em quatro de seis cadeiras, desesperado para não reprovar, e não reprovei. Nesse tempo, eu não sentia motivação para vencer barreiras, motivação para parar, aprender, se esforçar... Eu estava já me anestesiando com o vício. Nem sei como passei nas cadeiras, pra falar a verdade. Somado a isso, notei o quanto a nossa educação nas escolas é de qualidade baixa, não condizendo com a demanda que o ensino superior pede do aluno.

Segundo período. A mesma falta de motivação, de determinação me afetavam. Não estava empolgado para estudar, apesar de estar cursando cadeiras que, só pelo nome, já davam um tesão no cara que gostasse do assunto. Minha rotina era ir pra faculdade de manhã, voltar de tarde, bater uma punheta, e estudar. Temos que abrir um parênteses aqui [dos tantos que eu já abro kk], pois a parte de minha rotina que era Estudar, quando existia, era bem medíocre. Eu tentava estudar, mas a concentração era baixíssima, meu rendimento nos estudos era muito baixo; passar 1h estudando era quase um martírio, eu ficava ansioso para que desse logo essas 1h e eu cumprisse com a minha obrigação. Com isso, estudando pouco, baixa concentração, sem determinação, meu rendimento era, oh, uma bosta. Foi nesse período que eu reprovei minha primeira cadeira da faculdade.

Muitos podem pensar: "Pô, foi só uma cadeira, depois recupera. Tanta gente aí que reprova duas, três e não tá morrendo". Concordo plenamente. A questão aqui está que eu notei que existia um correlação muito forte entre estar viciado em PMO e rendimento escolar. Não vou demonizar meu vício em Pornografia, para não exagerar nas proporções, mas sei que se existiu uma variável que afetou consideravelmente meu rendimento nos estudos foi o fato de eu ter implicitamente acrescentado à minha rotina uma sessãozinha de Pornografia. E olhe que o meu relato é só mais um, no meio de tantos outros que eu já li atestando a mesma coisa. Podem ter faltado outras coisas nessa minha análise, porém o vício em Pornografia foi, eu diria, responsável por entre 85 a 90%. Estamos falando aqui do ano de 2015. Primeiro Ponto.

Meio da história

Tendo percebido em algum grau que a Pornografia afetava consideravelmente o meu rendimento escolar e outras coisas de minha vida (ansiedade, relacionamento com minha mãe, relacionamento com as meninas), eu decidi que tinha que tentar mais uma vez parar. Deixar de lado todos os mitos que a sociedade nos contam, do tipo "pornografia é saudável", "pornografia é bom", etc e concluir que pelo menos para a minha pessoa a Pornografia era uma coisa que fazia mal. Podia ser que não fizesse mal a Fulano, Cicrano, mas para mim fazia mal e eu tinha que acabar com isso. Meu método foi procurar ajuda na internet, e mudar minhas rotinas. O objetivo era mudar o hábito, e de noite, parte do dia em que eu mais via pornografia e me masturbava, para poder ler sites que me orientassem em como conduzir com o problema da Pornografia. Como eu sou católico, encontrei vários sites medíocres que explicavam sobre o vício em Pornografia, lia-os, mas não encontrava o Como Parar, a cereja do bolo. Por outro lado, achei um site muito bom, que falava sobre viver sobre sexualidade, castidade, sexo e pornografia. [Para quem quiser acessar, aconselho com firma autenticada. Tá aqui o link: Vida e Castidade]. Achei também um dos poucos conteúdos, que apesar de religiosos, tratam única e exclusivamente sobre o ponto de vista científico do vício em Pornografia, com muitas referências que inclusive são utilizadas aqui por nós. São quatro vídeos do Youtube do Padre Paulo Ricardo que falam sobre Pornografia, Vício e Masturbação. Outro que fica a dica. São vídeos longos, de aproximadamente 2h/2h30 de conteúdo, que esclarecem bastante.

Nisso, meu objetivo era me informar e mudar de hábito. Como mudança prática, toda noite antes de dormir eu lia a Bíblia por pelo menos 15 minutos, o que era muito bom. Tanto por que era uma atividade em substituição à Pornografia, quanto porque eu lia a Palavra de Deus. Passei, como disse, cerca de três meses sem PMO. Sem bloqueadores, sem nada. Só força de vontade mesmo.

Segundo Ponto

Sem bloqueadores, sem um método, sem o relato dos outros ex-usuáros, a coisa não deu muito certa. Em março eu recaí, e simplesmente não conseguia me livrar desse vício. Voltava, aos poucos, a ver P uma vez na semana, duas vezes na semana, quatro, seis, todo dia. Percebam como o vício é gradual. Era a frequência aumentando e o conteúdo sendo cada vez mais pesado. Eu ia escalando para gêneros mais pesados, de vídeos de lésbicas, para categorias cada vez mais pesadas. Nisso, eu estava no 3º período da faculdade, prestes a concluir meus quatro anos do curso de idiomas, que eu gostava e gosto pacas de estudar [me dá um tesão danado...].

O que é que isso tem a ver ? Bom, tem a ver, pois na cerimônia de conclusão do curso - que foi com minha turma que só tinha senhorinhas simpáticas e um homem, simpático também, que tem a idade pra ser meu pai - eu cheguei na Escola e estava super ansioso, nervoso, preocupado, mas o que me estranhava era justamente o fato de eu estar nervoso, ansioso, preocupado, com coisas que não existiam e com um grupo de pessoas que eu via todo final de semana, que eles gostavam de mim e com professores que eu tinha um afeto e que também gostavam de mim, e eu deles. Nessa, a minha professora, que era italiana, era/é super gata, e muitas vezes no dia anterior à aula eu me masturbava, numa tentativa de relaxamento. O resultado era estar mais ansioso para as aulas. Ás vezes eu olhava pro corpo dela, e não conseguia me concentrar plenamente na aula, seja por conta dela, seja pelo fato de eu perder a concentração por conta da Pornografia mesmo.

Outra coisa que me incomodava era o fato de eu observar essa minha professora como um objeto, e não como uma mulher realmente. Ela era super simpática, delicada, gostava também de mim, talvez por que eu fosse o mais jovem da turma. Com quatro senhorinhas de média de 60 anos, e um homem com aprox. 45/50 anos, eu era uma criança. Essa professora era, novamente, super simpática, fazia até meu tipo, se não fosse ser uns 15 anos mais velha que eu. Isso me incomodava, ao ver aquela "menina" jovem, legal, simpática, mas que eu só conseguia enxergar como uma extensão da Pornografia, sendo tentado a olhar pros peitos, bunda, etc. Parecia que eu era um animal, que não controlava os impulsos.
Retomando à cerimônia, eu estava super ansioso. Tivemos uma foto do grupo, e eu simplesmente não conseguia sorrir, pois estava quase que paralisado, e isso nunca tinha acontecido antes comigo. Eu sou tímido, mais na minha, porém à esse nível de timidez eu nunca tinha cegado antes.

Isso foi há uma/duas semanas antes do meu fundo do poço, dia 24 de setembro de 2016. O Segundo ponto que me fez ter certeza que pornografia fazia mal, e que eu tinha que parar, fazer o que fosse preciso.

O encontro com o site Vício em Pornografia

No dia do fundo do poço, eu pensei comigo: ”Peraí. A internet tem um monte de coisas boas e um monte de coisas ruins. Não é possível que não tenha um site que trate sobre o vício em pornografia de forma digna, responsável e verdadeira.” Procurei no google no mesmo dia: “Vìcio em Pornografia Como parar”. Nem sabia que existia um site com esse mesmo nome, pois procurei assim por acaso mesmo. O primeiro resultado foi o vicioempornografiacomoparar.com . Nesse momento, eu via que tinha encontrado um milagre que minha vida precisava, e que tanto eu pedia a Deus para me curar. O site tinha um conteúdo massa, cheio de relatos de caras que também consumiam e que se autodeclaravam “viciados”. Me identificava com todos os relatos. Percebia que tudo fazia muito sentido. Depois vi que tinham blogs, explicavam sobre bloqueadores, tinha um ebook, e vi que o site era mesmo o que eu precisava. No dia seguinte, sem mesmo saber, eu começava o meu primeiro Reboot, sem imaginar que precisava instalar os bloqueadores, ler o ebook, e tals. Passei uns 10 ou 15 dias sem os bloqueadores, até que me convenci que precisava instalá-los como uma parte do processo de restauração. Notei os primeiros sintomas positivos no Reboot: maior concentração ao estudar, mais disposição ao acordar e ao longo do dia, maior confiança com as mulheres, ansiedade muito mais controlada, sem falar nos benefícios que eu não me lembro.

Todos os dias eu lia os relatos do site, lia o blog do Toguro e do Magrão (duas lendas, junto com Projeto e muitos outros), via uns vídeos que o Magrão aconselhou no blog dele, sobre uma ex-viciada em álcool, que contava o processo de recuperação dela, que assemelha-se muito com o processo que nós passamos. Também me identificava muito com os sintomas que ela relatava.

Os primeiros dias não foram muito martirizantes, pois com duas semanas depois do meu fundo do poço, eu estava indo para um encontro de jovens próximo de minha cidade, onde discutimos sobre religião, política, sociedade, e vários outros temas, sob uma perspectiva cristã, e que sempre dialoga com aqueles que não compartilham dessa mesma fé. Lá tinha várias meninas, legais, da minha idade, que eu pude conhecer, trocar ideias e dançar um forró que sempre fazem lá. Nos quatro dias que durou esse encontro, acho que pude produzir bastante dopamina natural, em substituição à artificial da pornografia. Um momento insignificante, mas que pra mim foi significante, foi quando eu estava conversando ao mesmo tempo com 4 meninas, todas olhando para mim e eu sem estar tímido, sem gaguejando pra falar e tals. Acho que já foi um avanço. Mantenho contato com algumas pessoas desse encontro, pessoas que, aliás, são muito tops.

Na volta, eu já percebia o quanto que parar por três semanas de consumir pornografia produziu na minha vida. A autoestima estava bem melhor, minha disposição lá em cima, minha concentração idem, e não tinha como eu não perceber que isso se dava em virtude do desligamento com a pornografia.
Fiquei ao todo 33 dias sem PMO, quando eu cai consumindo uma sessão de pornografia na noite de uma terça, e mais duas sessões de P na minha do dia seguinte. Eu me enganava pensando que precisava lançar pra fora toda energia sexual acumulada durante esses 33 dias, o que no fundo só me gerou mais arrependimento e insatisfação. Procurei não desanimar, porém, lendo os relatos do e-book e o capítulo do livro que fala sobre as recaídas, um momento que a gente não pode nunca desanimar. Pra me levantar foi difícil, fiquei com a vontade de masturbar com Pornografia por uns quase 10 ou 15 dias, e depois disso foi passando. Foi durante esses dias iniciais do meu segundo Reboot que eu tive uns sintomas meio depressivos, pois num domingo eu estava muito triste, me sentindo sozinho e eu não conseguia sair de minha cama nem conseguia fazer nada. Era também um momento que eu precisava desabafar com meu pai, pois eu havia me lembrado que ele tinha me estimulado para ver pornografia quando eu era um pouco mais jovem, o que me deixou bastante triste ter me lembrado desse fato. No dia seguinte eu conversei com ele, falando sobre o vício em pornografia, sobre o fato de ele ter me influenciado a consumir pornô e acho que foi uma conversa saudável. Como eu não moro com ele, pois meus pais são separados, ele veio se encontrar comigo para almoçar a falar também das dificuldades que ele está passando em sua vida pessoal. Depois desse dia foi como se eu me sentisse restaurado. Uma coisa que eu não tinha vontade era de voltar a me masturbar, mesmo passando por essa bad que eu também nunca tinha experenciado antes. Aproximadamente uns 10 dias depois, tive uma nova bad semelhante à anterior, porém mais sutil, a qual eu pude gerenciar com mais tranquilidade e menos espanto.  

Passados os 21 dias, foi como se eu tivesse tido um primeiro alivio, uma vez que os primeiros 21 dias são os mais difíceis de se passar. Daí eu diante foi mais administração mesmo do meu Reboot. Nesse período eu já tinha lido todo o ebook e sabia de umas coisinhas. Mas não hesitei em ler novamente, principalmente o aspecto científico do vício em PMO, que nos esclarece bastante sobre a procrastinação, capacidade de concentração, impotência, ansiedade, entre outro. Li também o e-book “O futuro da Pornografia” e fiquei sabendo do quanto esses empresários querem lucrar em cima de pessoas que a cada dia que passa vão se afundando num vício que até mesmo elas próprias nem considerem vício. Fodem com a vida de tantas pessoas, e estão lucrando bilhões às nossas custas.
Hoje eu venho sentindo maior compaixão com as mulheres que se vendem em troca de dinheiro, seja para particulares, seja pra essas empresas poderosas. Muitas delas tiveram uma história de exploração sexual, brigas com os pais, desunião e tantos outros problemas, e elas viram que a indústria pornográfica seria uma fuga para elas. O que eu pude aprender um pouco num documentário da Netflix – After Porn Ends – foi que muitas delas  fazem os filmes pornográficos sem querer, pois em boa parte das cenas elas são mal tratadas, desrespeitadas, e só o fazem para sustentar um vício em drogas, uma maneira que elas têm para poder se livrar dos males que os caras estão fazendo com elas. Muitas também contraem doenças sexualmente transmissíveis, que levam uma vida inteira para serem curadas. Não é exagero falar que esse submundo é de fato nefasto.

Hoje está fazendo 56 dias que estou sem PMO e tenho notado melhoras muito significativas em minha vida. Meu desejo é que meu relato possa servir de ajuda para outras pessoas que estão aqui no Fórum e que querem trocar suas experiências também. Sei que tem muito chão pela frente, e que preciso ter muito foco e determinação nessa jornada. Creio eu, humildemente, que se eu tou conseguindo chegar aonde estou chegando, é uma prova que qualquer um também poderá atingir a sua meta pessoal, com muita determinação, força de vontade, leitura do e-book e todas as medidas necessárias. Espero escrever os benefícios que venho notando num outro post. No mais, desejo sucesso a todos.

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  Rafa77 em 21/12/2016, 09:11

Show de bola seu relato brother! Meus parabéns acompanho seu diário e vejo a cada dia sua evolução mesmo que de longe, virtualmente.. tu escreve bem é um camarada focado, disciplinado. Seria bom se todos conseguissem manter um certo nível de auto controle, ter atividades extra net pois ambos são essenciais. Eu infelizmente cair por vacilo é um vício mto traiçoeiro do tipo deu bobeira e ja era.. por isso tem de estar sempre se policiando, lembrando do que quer para o futuro.. ser um vencedor ou um fracassado.
avatar
Rafa77

Mensagens : 39
Data de inscrição : 28/10/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 21/12/2016, 19:21

Rafa77 escreveu:Show de bola seu relato brother! Meus parabéns acompanho seu diário e vejo a cada dia sua evolução mesmo que de longe, virtualmente.. tu escreve bem é um camarada focado, disciplinado. Seria bom se todos conseguissem manter um certo nível de auto controle, ter atividades extra net pois ambos são essenciais. Eu infelizmente cair por vacilo é um vício mto traiçoeiro do tipo deu bobeira e ja era.. por isso tem de estar sempre se policiando, lembrando do que quer para o futuro.. ser um vencedor ou um fracassado.

Iae man!! Valeu pela força cara !! Verdade como tu fala, o vício é muito traiçoeiro mesmo, a gente tem que se policiar a todo instante pra não cair. Mas acredito muito que as quedas também são oportunidades muito boas pra a gente aprender com nossos erros. Não desanima não cara, você consegue !! Flws Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

61 dias (Hard Mode)

Mensagem  ilCapo em 26/12/2016, 18:13

Retornando ao Fórum, peço desculpas aos poucos que leem meus relatos pela ausência. Tou me achando irresponsável com relação à participação aqui, como um sinal de relaxamento com os benefícios que venho adquirindo ao longo desse tempo com o Reboot. Me esforçarei para mudar essa situação.

Com relação ao Reboot, eu venho percebendo que esse período de 61 dias sem PMO tem sido de grande aprendizado para minha vida e de reacendimento de luzes que estavam apagadas em mim.

Como também minha vida vem sendo muito monótona, relatar todos os dias sobre o que eu fiz parece sem significância, mas procurarei me esforçar para participar do Fórum ajudando ou relatando minha vida. Também por estar sendo um período de aprendizado em outras áreas de minha vida (pessoal, profissional, etc.) eu venho gastando minhas energias de forma mais útil nessas coisas, buscando ter um maior esclarecimento de minhas ideias.

Sem dúvidas, não consigo deixar de perceber benefícios claríssimos que vieram em virtude do Reboot de PMO. Venho listar aqui alguns que me veem a mente:

- Foco
- Ansiedade [praticamente] zero
- Facilidade ao lidar com as pessoas
- Percepção de linguagem corporal muito aguçada (parece que eu estou adivinhando o que as pessoas querem apenas pelo comportamento)
- Perda da mania de acessar PMO
- Maior controle com relação aos gatilhos
- Menor objetificação das mulheres
- Concentração em atividades úteis para o ser como um todo

Os meus benefícios preferidos são o controle da ansiedade e a menor objetificação das mulheres. Com o primeiro, eu via uma clara correlação entre PMO e ansiedade, que não necessariamente atesta que esta seja causada única e exclusivamente pelo consumo de P. Com o segundo, é meio que uma situação de bem estar comigo mesmo. Independente de minha religião, poder olhar para uma mulher como uma mulher, que necessita ser amada, respeitada e compreendida, é sensacional. Somando-se a isso, falar com as mulheres gatas não vem sendo um problema, assim como também olhar no olho (ao invés de olhar pro peito ou pra bunda, parecendo um maníaco sexual).




Última edição por ilCapo em 26/12/2016, 18:44, editado 1 vez(es)

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  Rebirth em 26/12/2016, 18:19

Parabens pelos 61 dias e pelo aparecimento desses beneficios parceiro ilCapo, isso tudo em 60 dias, imagine o que nos espera ano quem? O reboot vale a pena, então tenha a determinação que tem mostrado até aqui que ainda terá muita coisa boa para nos relatar aqui. Abraços para voce parceiro, tenha um feliz ano novo, aproveite bastante! Abraços.

Rebirth

Mensagens : 203
Data de inscrição : 19/08/2016
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 26/12/2016, 18:43

Rebirth escreveu:Parabens pelos 61 dias e pelo aparecimento desses beneficios parceiro ilCapo, isso tudo em 60 dias, imagine o que nos espera ano quem? O reboot vale a pena, então tenha a determinação que tem mostrado até aqui que ainda terá muita coisa boa para nos relatar aqui. Abraços para voce parceiro, tenha um feliz ano novo, aproveite bastante! Abraços.

Iae Rebirth !! Brigado pelo apoio man, feliz ano novo pra você também!! Realmente, tenho esperança que as coisas ano que vem serão muito melhores em nossas vidas, sobretudo por estar seguindo com o Reboot. A P acaba com nossas vidas que não é brincandeira. Mas com muita determinação a gente consegue vencer esse vício.

Flws parceiro, abração Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

63 dias (Hard Mode)

Mensagem  ilCapo em 28/12/2016, 11:20

Estou aprendendo muitas coisas. E talvez a mais importante delas é o fato de que se eu quiser parar de consumir pornografia definitivamente de minha vida EU PRECISO ME ESFORÇAR. Tenho aprendido que tudo aquilo que eu conquistei ou conquistarei foi ou será fruto de meu esforço, de minha dedicação e de minha força de vontade em querer mudar, e somando-se a isso tudo o fato de saber fazer as coisas corretas. É claro que muitos de nós - assim como eu - sabemos disso, porém só sabemos intelectualmente, e as nossas atitudes várias vezes não condizem com aquilo que achamos saber.

Com relação ao Reboot, nada disso é diferente. Estou certo de que se consegui chegar até aqui foi porque há dois meses atrás eu queria com todas as minhas forças me livrar dessa desgraça, e que mesmo tendo caído uma vez e com todos os relatos de que se levantar de uma queda é mais difícil, eu lutei arduamente.

Usando algo que eu sei que eu possuo e que inconscientemente relaciona-se também com PMO: determinação e foco para praticar uma atividade física. Ainda que não esteja no auge de minha forma física e estar parado sem fazer um esporte regularmente, pois estou com uma dor miseráviu na lombar, estou dilatado para logo começar a fazer musculação, colocar meu corpo na ativa, e não parar mais. Eu não tenho preguiça, mas tenho determinação, foco e uma meta que, se eu quiser alcançá-la, precisarei ME ESFORÇAR BASTANTE sobre as formas de praticar a musculação pro meu objetivo (hipertrofia e ganho de força).

Isso não muda na vida, nem no vício de Pornografia, o intuito de estar escrevendo o meu diário e estar participando deste Fórum. Tenho conhecido um cara que eu não sabia existir dentro de mim, um cara que tem um Foco, uma determinação, que é esforçado para FAZER O QUE TEM QUE SER FEITO. Um cara que está sabendo tomar decisões importantes na vida, e que sabe que a vida não é feita somente de sombra e água fresca, uma das ilusões que essa desgraça da pornografia fez com a minha vida. As coisas da vida não ocorrerão ao acaso, e se algo estiver difícil significa que eu precisarei de MAIS ESFORÇO para tentar melhorar a situação.

No mais, o clichê que todos nós sabemos, mas não colocamos em prática: NO PAIN NO GAIN.

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ThunderSincero em 28/12/2016, 11:59

ilCapo escreveu:
Estou aprendendo muitas coisas. E talvez a mais importante delas é o fato de que se eu quiser parar de consumir pornografia definitivamente de minha vida EU PRECISO ME ESFORÇAR. Tenho aprendido que tudo aquilo que eu conquistei ou conquistarei foi ou será fruto de meu esforço, de minha dedicação e de minha força de vontade em querer mudar, e somando-se a isso tudo o fato de saber fazer as coisas corretas. É claro que muitos de nós - assim como eu - sabemos disso, porém só sabemos intelectualmente, e as nossas atitudes várias vezes não condizem com aquilo que achamos saber.

Com relação ao Reboot, nada disso é diferente. Estou certo de que se consegui chegar até aqui foi porque há dois meses atrás eu queria com todas as minhas forças me livrar dessa desgraça, e que mesmo tendo caído uma vez e com todos os relatos de que se levantar de uma queda é mais difícil, eu lutei arduamente.

Usando algo que eu sei que eu possuo e que inconscientemente relaciona-se também com PMO: determinação e foco para praticar uma atividade física. Ainda que não esteja no auge de minha forma física e estar parado sem fazer um esporte regularmente, pois estou com uma dor miseráviu na lombar, estou dilatado para logo começar a fazer musculação, colocar meu corpo na ativa, e não parar mais. Eu não tenho preguiça, mas tenho determinação, foco e uma meta que, se eu quiser alcançá-la, precisarei ME ESFORÇAR BASTANTE sobre as formas de praticar a musculação pro meu objetivo (hipertrofia e ganho de força).

Isso não muda na vida, nem no vício de Pornografia, o intuito de estar escrevendo o meu diário e estar participando deste Fórum. Tenho conhecido um cara que eu não sabia existir dentro de mim, um cara que tem um Foco, uma determinação, que é esforçado para FAZER O QUE TEM QUE SER FEITO. Um cara que está sabendo tomar decisões importantes na vida, e que sabe que a vida não é feita somente de sombra e água fresca, uma das ilusões que essa desgraça da pornografia fez com a minha vida. As coisas da vida não ocorrerão ao acaso, e se algo estiver difícil significa que eu precisarei de MAIS ESFORÇO para tentar melhorar a situação.

No mais, o clichê que todos nós sabemos, mas não colocamos em prática: NO PAIN NO GAIN.

Bela reflexão mano... Faço das suas palavras as minhas também.
Estou com as mesmas sensações descritas por você.
É muito incrível quando a grande névoa causada pelo vício começa a ir embora e então passamos a enxergar o mundo da maneira que realmente é.
Também tenho essa coisa de FOCO e DETERMINAÇÃO. Gosto disso.. gosto de rotinas e planilhas. De dar de sí e depois receber a recompensa, de comparar resultados e principalmente maximizar os resultados.
As vezes podemos até sentir uma pressão para vermos PMO de novo, mas nunca será a mesma coisa... O desejo vai embora e passa, mas a sensação de vitória é duradoura... é eterna
Parabéns mano pelo seu esforço e por chegar aonde está. Desejo apenas que continue assim e se mantenha com esse excelente raciocínio. Em breve estará voando junto a liberdade.
Abraços !

_______________________________________








Meu diário: http://comoparar.forumeiros.com/t3780p525-thundersincero-pmo-fantasias
avatar
ThunderSincero

Mensagens : 701
Data de inscrição : 26/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Parabéns

Mensagem  Soldier of christ em 28/12/2016, 14:41

Caro ilCapo,

         Li todo o seu diário e senti-me profundamente inspirado. Sua palavras ao longo destas páginas me motivaram bastante a seguir com meu reboot. Gostaria de parabenizá-lo pelos 63 dias em hard mode.  
         identifiquei-me muito com uma de suas postagens na qual você disse que esperava que as coisas caíssem do céu sem realizar o mínimo de esforço para alcançá-las. Também sempre agi dessa forma. Ficava orando e pedindo a Deus que mandasse uma bela namorada. Apesar disso, eu não fazia o mínimo (estar bem arrumado, perfumado, etc) para alcançar tal fim. Atualmente, ainda continuo orando, mas percebo que os resultados dependem em grande parte das minhas ações. Como Deus poderá me ajudar se eu não faço minha parte?
        Desejo a você um feliz ano novo e que em 2017 possamos comemorar juntos o fim do seu reboot. Grande abraço.

ps: Lendo o seu diário, também me despertou a vontade de sair mais com meu cachorro. Tenho um labrador que está bem acima do peso. kkkkkkk. Só preciso comprar uma coleira para o cidadão.
avatar
Soldier of christ

Mensagens : 111
Data de inscrição : 27/11/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 1/1/2017, 17:36

ThunderSincero escreveu:
ilCapo escreveu:
Estou aprendendo muitas coisas. E talvez a mais importante delas é o fato de que se eu quiser parar de consumir pornografia definitivamente de minha vida EU PRECISO ME ESFORÇAR. Tenho aprendido que tudo aquilo que eu conquistei ou conquistarei foi ou será fruto de meu esforço, de minha dedicação e de minha força de vontade em querer mudar, e somando-se a isso tudo o fato de saber fazer as coisas corretas. É claro que muitos de nós - assim como eu - sabemos disso, porém só sabemos intelectualmente, e as nossas atitudes várias vezes não condizem com aquilo que achamos saber.

Com relação ao Reboot, nada disso é diferente. Estou certo de que se consegui chegar até aqui foi porque há dois meses atrás eu queria com todas as minhas forças me livrar dessa desgraça, e que mesmo tendo caído uma vez e com todos os relatos de que se levantar de uma queda é mais difícil, eu lutei arduamente.

Usando algo que eu sei que eu possuo e que inconscientemente relaciona-se também com PMO: determinação e foco para praticar uma atividade física. Ainda que não esteja no auge de minha forma física e estar parado sem fazer um esporte regularmente, pois estou com uma dor miseráviu na lombar, estou dilatado para logo começar a fazer musculação, colocar meu corpo na ativa, e não parar mais. Eu não tenho preguiça, mas tenho determinação, foco e uma meta que, se eu quiser alcançá-la, precisarei ME ESFORÇAR BASTANTE sobre as formas de praticar a musculação pro meu objetivo (hipertrofia e ganho de força).

Isso não muda na vida, nem no vício de Pornografia, o intuito de estar escrevendo o meu diário e estar participando deste Fórum. Tenho conhecido um cara que eu não sabia existir dentro de mim, um cara que tem um Foco, uma determinação, que é esforçado para FAZER O QUE TEM QUE SER FEITO. Um cara que está sabendo tomar decisões importantes na vida, e que sabe que a vida não é feita somente de sombra e água fresca, uma das ilusões que essa desgraça da pornografia fez com a minha vida. As coisas da vida não ocorrerão ao acaso, e se algo estiver difícil significa que eu precisarei de MAIS ESFORÇO para tentar melhorar a situação.

No mais, o clichê que todos nós sabemos, mas não colocamos em prática: NO PAIN NO GAIN.

Bela reflexão mano... Faço das suas palavras as minhas também.
Estou com as mesmas sensações descritas por  você.
É muito incrível quando a grande névoa causada pelo vício começa a ir embora e então passamos a enxergar o mundo da maneira que realmente é.
Também tenho essa coisa de FOCO e DETERMINAÇÃO. Gosto disso.. gosto de rotinas e planilhas. De dar de sí e depois receber a recompensa, de comparar resultados e principalmente maximizar os resultados.
As vezes podemos até sentir uma pressão para vermos PMO de novo, mas nunca será a mesma coisa... O desejo vai embora e passa, mas a sensação de vitória é duradoura... é eterna
Parabéns mano pelo seu esforço e por chegar aonde está. Desejo apenas que continue assim e se mantenha com esse excelente raciocínio. Em breve estará voando junto a liberdade.
Abraços !

Iae parceiro !! Brigado pela força das palavras, elas realmente fazem uma diferença e tanta pra a gente. Afinal todos nós aqui estamos nos ajudando um ao outro. Pretendo muito continuar firme com meu Reboot e tenho como meta principal nunca mais consumir pornografia. Sei que a estrada é longa, e pelo caminho precisaremos de muito FOCO, FORÇA e FÉ. Desejo muito sucesso ao seu Reboot cara, e sempre que puder estarei aqui pra ajudar !! Flws, tmj Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 1/1/2017, 17:48

Soldier of christ escreveu:Caro ilCapo,

         Li todo o seu diário e senti-me profundamente inspirado. Sua palavras ao longo destas páginas me motivaram bastante a seguir com meu reboot. Gostaria de parabenizá-lo pelos 63 dias em hard mode.  
         identifiquei-me muito com uma de suas postagens na qual você disse que esperava que as coisas caíssem do céu sem realizar o mínimo de esforço para alcançá-las. Também sempre agi dessa forma. Ficava orando e pedindo a Deus que mandasse uma bela namorada. Apesar disso, eu não fazia o mínimo (estar bem arrumado, perfumado, etc) para alcançar tal fim. Atualmente, ainda continuo orando, mas percebo que os resultados dependem em grande parte das minhas ações. Como Deus poderá me ajudar se eu não faço minha parte?
        Desejo a você um feliz ano novo e que em 2017 possamos comemorar juntos o fim do seu reboot. Grande abraço.

ps: Lendo o seu diário, também me despertou a vontade de sair mais com meu cachorro. Tenho um labrador que está bem acima do peso. kkkkkkk. Só preciso comprar uma coleira para o cidadão.

Iae Soldier of christ !! Primeiramente, agradeço pelas palavras, mano, elas realmente incentivam cada um de nós a seguirmos adiante com o nosso Reboot. Agradeço também pelo tempo dispendido para ler todo meu diário, é uma honra e tanta hahaha Também fico feliz por estar trocando ajuda nesse Fórum com pessoas que vivem experiências semelhantes e que boa parte dessas experiências são relacionadas ao vício em PMO.

Tenho aprendido na prática que nós somos responsáveis por nossas escolhas, e que tudo na vida é feito de escolhas. Nós escolhemos ler um e-book que trate sobre vício em PMO, escolhemos fazer uma experiência de ficar 90 dias sem PMO, mesmo que com altos e baixos... Enfim, escolhemos tudo que fazemos.

Pra mim também bate muito forte o que você falou: "Como Deus poderá me ajudar se eu não faço minha parte?" Espero poder fazer minha parte e seguir firme no Reboot.

Mudando de assunto. Que bom que você quer cuidar mais do teu cão haha Venho aprendendo muitas coisas sobre esses caras que, por incrível que pareça, nos ensinam muitas coisas sobre a vida e sobre como nós - seres humanos - deveríamos ser. É uma satisfação e felicidade muito grande uuahshuah

No mais, desejo sucesso nessa jornada, parceiro. Que Deus possa lhe iluminar sempre e que nós possamos também fazer a parte que nos cabe. Feliz ano novo pra você também, man Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

67 dias em hard mode. Rumo a vitória

Mensagem  ilCapo em 1/1/2017, 18:05

Tudo parece ficar mais fácil. A cada dia que passa percebo que, como tantos outros relatos que já li, o Reboot vai ficando relativamente mais simples de se administrar, o que não significa dizer que não precisamos nos policiar com relação às centenas de gatilhos que encontramos por aí. Fico muito feliz em olhar para mulheres e não pensar apenas em "pedaços de carne" que só servem para sexo. É outra vida.

Mesmo com vários benefícios, venho notando uma dificuldade em seguir com os estudos e fazer as obrigações da faculdade que tenho que fazer. Algumas vezes não tenho a mínima vontade em sentar para estudar, ao passo que outras vezes me sinto estimulado. Tudo parece muito louco e não sei o porquê disso. Estou atrás de respostas, e tentando fazer o possível para encontra-las. O ponto mais importante nisto é que não necessariamente está associado ao Reboot, ou que por isso eu deveria me desanimar. Ainda assim, venho tentando perceber os vários outros pontos positivos que estou vivenciando, como: mais tempo para fazer as coisas, o dia parece mais longo, tenho aprendido sobre várias outras coisas, estou cuidando mais dignamente do meu cão.

Aproveitei esses dias para ficar mais tempo com meu pai, o que vem me dando muito ensinamentos sobre a vida que eu tenho e qual vida eu desejo viver no meu futuro.

No mais, acho que ficamos por aqui hoje. Estive ausente pois na casa do meu pai não tem internet, e o único ponto negativo disso é o fato de eu não poder participar diariamente do Fórum. Tirando isso, é uma maravilha. Desejo sempre sucesso a todos, e um Feliz Ano Novo. Wink



_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

70 dias em Hard Mode. Rumo a vitória

Mensagem  ilCapo em 4/1/2017, 18:24

Graças a Deus hoje faz 70 dias sem PMO. Dois meses e 10 dias! Fico contente, e ao mesmo tempo procuro colocar os pés no chão. Como já escrevi antes, se eu cheguei até aqui foi por que EU ME ESFORCEI. E sinceramente, não existe outra forma de chegar em qualquer objetivo se não despendermos ESFORÇO.

Sinto o início de uma vida digna, com felicidade, com muito chão pela frente e sem medo de aprender coisas novas. Tou vendo que viver minha vida serviu para alguma coisa, afinal pelo menos aprendi que Pornografia nunca vai fazer bem à ninguém em hipótese alguma.

Estava pensando ontem em como eu estava antes de iniciar o Reboot, e até mesmo durante o meu primeiro Reboot (iniciado em 24 de setembro). Lembro-me muito bem que o meu vício em pornografia estava tão grande que eu não via a hora de encontrar uma prostituta para fazer sexo. A vontade estava realmente muito grande, uma vez que eu estava solteiro. E se não tivesse lido o ebook e o post do blog do Toguro que fala sobre Prostituição e Reboot, acredito que eu teria buscado algo a mais. Mas nada disso condiz com o que eu busco seguir na minha vida.

Lendo novamente ontem o ebook, no capítulo Sexo, Masturbação e Orgasmo (cap. 15), vi o quanto de contraprodutivo teria sido eu eu tivesse ido às vias de fato. Não fui, mas teria feito, acredito. Daí a gente vê o quanto o vício nos consome, o quanto ele nos deixa anestesiados. Eu não conseguia conversar com uma menina, sair para paquerar, conversas com pessoas normalmente pois estava preso num vício que aos poucos ia acabando com minha vida.

Hoje eu saio de casa todos os dias pra passear com meu cachorro, passo por pessoas às quais desejo boa tarde, boa noite, troco algumas ideias. Ando sem ansiedade, com a coluna ereta, com maior autoconfiança. A produtividade nos estudos melhorou bastante. E tenho aprendido tantas outras coisas que ninguém aprenderia se lesse os melhores livros do mundo. Impossível não sentir-se bem
.

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  VEntaNia em 4/1/2017, 19:53

Parabéns pelos 70 dias sem PMO.
Estava lendo algumas partes de seu diário e me senti extremamente motivado a continuar no reboot, recentemente cheguei aos 32 dias sem PMO (hardmode), porem como descrito no meu diário tive uma pequena recaída e acabei praticando MO ao ver uma foto nua que uma garota mandou para mim.
Não considero que ao ver a foto tenha visto pornografia, até porque comparado a antigamente quando sentava em frente a tela do notebook e passava horas me masturbando com videos, isso que eu fiz não foi mt grave, repito na minha opinião, porém seguindo o conselho do evolutivo e do ctroy resetei o contador, contudo não exclui o contador antigo.
Mas é isso, novamente parabéns por essa marca e logo logo os 90 dias.
Fé em Deus.
Boa sorte pra nós haha

_______________________________________
Veni, vidi, vici!!!!



avatar
VEntaNia

Mensagens : 16
Data de inscrição : 01/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dia a dia - Diário del Capo

Mensagem  ilCapo em 5/1/2017, 19:08

VEntaNia escreveu:Parabéns pelos 70 dias sem PMO.
Estava lendo algumas partes de seu diário e me senti extremamente motivado a continuar no reboot, recentemente cheguei aos 32 dias sem PMO (hardmode), porem como descrito no meu diário tive uma pequena recaída e acabei praticando MO ao ver uma foto nua que uma garota mandou para mim.
Não considero que ao ver a foto tenha visto pornografia, até porque comparado a antigamente quando sentava em frente a tela do notebook e passava horas me masturbando com videos, isso que eu fiz não foi mt grave, repito na minha opinião, porém seguindo o conselho do evolutivo e do ctroy resetei o contador, contudo não exclui o contador antigo.
Mas é isso, novamente parabéns por essa marca e logo logo os 90 dias.
Fé em Deus.
Boa sorte pra nós haha

Iae parceiro!! Brigado pela força aqui no diário!! Fico feliz por estar contribuindo um pouco com o seu Reboot. Entendo o que você está passando, e acredito que isso pode servir de aprendizado para otimizar ainda mais o teu Reboot. Tenta perceber se ter visto essa foto dessa mina piorou ou não alterou em nada o teu Reboot, acho que isso é muito essencial pro teu segmento na experiência. Apesar de não ter sido algo voluntário de tua parte, achei correto você ter resetado o contador, uma vez que os estímulos de fotos e vídeos não são muito diferenciados no nosso cérebro, e no final das contas ele compreende como sendo P.

Sucesso na jornada também, parceiro. Muita determinação e foco na meta chegaremos lá. Abraços !!

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

72 dias em Hard Mode

Mensagem  ilCapo em 6/1/2017, 19:56

Tou impressionado com a produtividade dessa semana. Pelo visto comecei o ano novo com o pé direito. Primeiramente, graças a Deus, e em segundo lugar, ao meu esforço e dedicação.

Para falar a verdade, as primeiras semanas de dezembro, em termos de produtividades nos estudos, foram, oh, uma bosta. Eu até estudava, sentava e tals, mas perdia a motivação e o foco rapidinho. Mas essa semana (dia 2 de janeiro pra cá) tenho melhorado significativamente. Desde terça venho estudando bastante, pois tive uma prova hoje para a qual necessitava estudar, se não ia me lascar na faculdade. O que estava me faltando era somente a motivação, daí foi procurar no google e no youtube como aumentar a minha motivação. Nessa, consegui melhorá-la bastante, e fiz hoje a prova acima das minhas expectativas.

Desde quarta dessa semana eu tava fazendo um intensivão mesmo - estudei cerca de 5h na quarta e na quinta -  e ontem tive algumas fantasias bem rápidas, coisa que havia tempos que eu não experimentava. Fiquei meio chateado com isso, pois me sentia muito bem sem fantasiar, sem pensar em bundas, peitos e pornografia, porém isso não afetou o caminhar do meu Reboot. No mesmo instante tentei me controlar, mudar de pensamentos, e depois de um tempinho já estava com o foco voltado nos estudos.

Tou muito contente comigo, por conta das escolhas que venho fazendo em minha vida, e pelos resultados que venho experimentando. Como consequência de descer todos os dias durantes esses dois/três meses com meu cachorro, ele agora está mais calmo, sem latir tanto, e as visitas quando veem aqui pra casa falam o quanto o meu jovem está mais tranquilo. Fico feliz, pois isso era uma coisa que eu precisava e queria fazer há tempos, mas por vários motivos eu não fazia (falta de conhecimento, falta de tempo, falta de dedicação). Percebo que minha dedicação e foco no Reboot está gerando os resultados que venho experimentando atualmente, como mais calma, menos ansiedade, mais concentração, e vários outros, todos frutos de meu esforço que fiz tempos atrás para não consumir pornografia depois de minha primeira queda. Meu relacionamento com minha mãe está muito melhor, estamos mais calmos, e isso se dá por conta do Reboot também. E o último resultado prático que tenho observado foi a minha dedicação nos estudos dessa semana -  pois eu realmente me esforcei bastante e lutei contra a procrastinação, contra a possibilidade de largar tudo e desistir - que influenciou diretamente no desempenho de minha prova hoje. Espero ter ido bem.

Bom, essas são minhas impressões do meu Reboot esses dois últimos dias. Espero ajudar mais os Brothers do Fórum trocando umas ideias com eles também. Aos que leram, agradeço a força! Tmj

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 375
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum