Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/12/2016
Ver perfil do usuário

Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 12/12/2016, 16:25
Boa noite pessoal!!
Fiquei muito feliz em descobrir o site e o fórum! Procurando respostas, juntando as peças, acabei descobrindo o que estava na minha cara e eu não tinha percebido ainda.
Farei um resumo da minha história para chegar ao ponto de como desconfiei que ele tem o vício em PMO.
Conheci uma pessoa há exato 7 meses, através de uma amiga em comum. Não nos conhecemos pessoalmente ainda pq ele não teve coragem. Ele me confessou que tem muito medo de me ver. Eu não entendia o porquê! Em junho ele comprou as passagens para vir me conhecer e passar 15 dias aqui no Brasil. A viagem seria para agosto passado, mas 2 dias antes da viagem ele entrou em parafuso, inventou mil desculpas. Ele oscilava entre querer vir e não vir. No final, ele não veio mesmo. A sorte é que tenho uma grande amiga que é psicóloga e veio acompanhando nosso relacionamento à distância e percebeu que algo tinha de errado. Ninguém compra passagens, aluga casa de praia na ultima hora não vir ao encontro da pessoa que ele ansiava por conhecer. Algo não batia. Minha amiga me disse que ele estava com medo de algo, mas do quê? Eu perguntei a ele e ele confirmou que estava mesmo, com muito medo de mim. Ele ficou surpreso por eu falar isso, no momento ele pensou que eu tivesse desconfiada de algo. Mas gente, eu sabia que não era desinteresse dele, que ele quer me conhecer mesmo, ele não é cafajeste, mas eu pensei em tudo, menos no vício em PMO. Pensei em filofobia pq ele saiu de um relacionamento de 9 anos, mas isso já tem 6 anos e ele nunca mais teve relacionamento com ninguém. Nesse dia ele me disse assim: agora vc entende pq eu só tinha sexo sem compromisso? Ele disse que era viciado em sexo. Uma coisa me chamou atenção, ele se envolvia com mulheres nada a ver. Com perfis que ele nunca se apaixonaria. E nunca deixava passar de 1 mês. Qdo ele me conheceu, ele disse que pela primeira vez depois desse relacionamento longo, fui a primeira pessoa que ele sentiu algo diferente, tínhamos muitos planos. Ele logo colocou minha foto no perfil do WhatsApp dele. Ele diz que é pra verem que ele tem compromisso sério com alguém. E assim fomos levando mesmo depois dele não ter vindo. Sempre com a afirmativa de muito medo. E eu sempre às cegas procurando respostas, sempre juntando as peças soltas de algo que ele me falava e do comportamento dele. Ele sempre deixou claro que se masturbava vendo minha foto, mesmo de roupa comum. Ele me dizia que quando acordava, antes de dormir todos os dias antes de se despedir de mim à noite, ele dizia que ia se masturbar. Final de semana ele via muitos filmes nesse gênero. Às vezes me mandava link pra eu ver, mas nunca encarei como algo errado. Hoje vejo que estava além do normal e eu não percebia. O que mais me chamou atenção foram 2 vídeos que ele me mandou se masturbando vendo fotos minhas na tela do computador dele, mas  num vídeo eu estava com roupa de inverno e a outra foto estava com um vestido longo de festa. Isso me chamou atenção. Com o tempo ele foi se afastando de mim, foi deixando de me chamar, de me partilhar coisas. Ele estava muito feliz, os amigos dele diziam que ele estava mais feliz, ele me dizia que eu havia devolvido o sorriso a ele. Ontem eu marquei ele no vídeo do Terry Crews, depois de 2 meses sem comunicação, ele curtiu isso. Será que ele está com vergonha?? Até hoje ele não tirou minha foto do perfil dele, ele quando troca, substitui por outra foto minha. Pessoal, não sei mais o que faço, se desisto ou insisto. Quando mandei uma mensagem pra ele mês passado dizendo que estava cansada, ele me respondeu dizendo que tem 100% de certeza de que ele vai me ver frente a frente, que ele sonha com isso. Mas depois disso, ele se fechou novamente. Minha amiga disse que ele não tem ninguém lá na Itália. Ele se afastou cada vez mais dos amigos. Ele dizia tb ter um sentimento de culpa muito grande em relação às outras mulheres que ele se envolveu, mas fugiu. Ele disse que vai pagar por isso, que sabe que elas não mereciam. Eu penso que ele não veio por medo de falhar, já que quem é viciado em PMO perde o desejo por sexo real, não é?? Sei que ele tentou, mas infelizmente algo maior ainda o domina. O que vcs acham disso?? Desculpem esse texto tão longo pessoal! Obrigada!!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 4984
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 12/12/2016, 17:39
Bena escreveu:Boa noite pessoal!!
Fiquei muito feliz em descobrir o site e o fórum! Procurando respostas, juntando as peças, acabei descobrindo o que estava na minha cara e eu não tinha percebido ainda.
Farei um resumo da minha história para chegar ao ponto de como desconfiei que ele tem o vício em PMO.
Conheci uma pessoa há exato 7 meses, através de uma amiga em comum. Não nos conhecemos pessoalmente ainda pq ele não teve coragem. Ele me confessou que tem muito medo de me ver. Eu não entendia o porquê! Em junho ele comprou as passagens para vir me conhecer e passar 15 dias aqui no Brasil. A viagem seria para agosto passado, mas 2 dias antes da viagem ele entrou em parafuso, inventou mil desculpas. Ele oscilava entre querer vir e não vir. No final, ele não veio mesmo. A sorte é que tenho uma grande amiga que é psicóloga e veio acompanhando nosso relacionamento à distância e percebeu que algo tinha de errado. Ninguém compra passagens, aluga casa de praia na ultima hora não vir ao encontro da pessoa que ele ansiava por conhecer. Algo não batia. Minha amiga me disse que ele estava com medo de algo, mas do quê? Eu perguntei a ele e ele confirmou que estava mesmo, com muito medo de mim. Ele ficou surpreso por eu falar isso, no momento ele pensou que eu tivesse desconfiada de algo. Mas gente, eu sabia que não era desinteresse dele, que ele quer me conhecer mesmo, ele não é cafajeste, mas eu pensei em tudo, menos no vício em PMO. Pensei em filofobia pq ele saiu de um relacionamento de 9 anos, mas isso já tem 6 anos e ele nunca mais teve relacionamento com ninguém. Nesse dia ele me disse assim: agora vc entende pq eu só tinha sexo sem compromisso? Ele disse que era viciado em sexo. Uma coisa me chamou atenção, ele se envolvia com mulheres nada a ver. Com perfis que ele nunca se apaixonaria. E nunca deixava passar de 1 mês. Qdo ele me conheceu, ele disse que pela primeira vez depois desse relacionamento longo, fui a primeira pessoa que ele sentiu algo diferente, tínhamos muitos planos. Ele logo colocou minha foto no perfil do WhatsApp dele. Ele diz que é pra verem que ele tem compromisso sério com alguém. E assim fomos levando mesmo depois dele não ter vindo. Sempre com a afirmativa de muito medo. E eu sempre às cegas procurando respostas, sempre juntando as peças soltas de algo que ele me falava e do comportamento dele. Ele sempre deixou claro que se masturbava vendo minha foto, mesmo de roupa comum. Ele me dizia que quando acordava, antes de dormir todos os dias antes de se despedir de mim à noite, ele dizia que ia se masturbar. Final de semana ele via muitos filmes nesse gênero. Às vezes me mandava link pra eu ver, mas nunca encarei como algo errado. Hoje vejo que estava além do normal e eu não percebia. O que mais me chamou atenção foram 2 vídeos que ele me mandou se masturbando vendo fotos minhas na tela do computador dele, mas  num vídeo eu estava com roupa de inverno e a outra foto estava com um vestido longo de festa. Isso me chamou atenção. Com o tempo ele foi se afastando de mim, foi deixando de me chamar, de me partilhar coisas. Ele estava muito feliz, os amigos dele diziam que ele estava mais feliz, ele me dizia que eu havia devolvido o sorriso a ele. Ontem eu marquei ele no vídeo do Terry Crews, depois de 2 meses sem comunicação, ele curtiu isso. Será que ele está com vergonha?? Até hoje ele não tirou minha foto do perfil dele, ele quando troca, substitui por outra foto minha. Pessoal, não sei mais o que faço, se desisto ou insisto. Quando mandei uma mensagem pra ele mês passado dizendo que estava cansada, ele me respondeu dizendo que tem 100% de certeza de que ele vai me ver frente a frente, que ele sonha com isso. Mas depois disso, ele se fechou novamente. Minha amiga disse que ele não tem ninguém lá na Itália. Ele se afastou cada vez mais dos amigos. Ele dizia tb ter um sentimento de culpa muito grande em relação às outras mulheres que ele se envolveu, mas fugiu. Ele disse que vai pagar por isso, que sabe que elas não mereciam. Eu penso que ele não veio por medo de falhar, já que quem é viciado em PMO perde o desejo por sexo real, não é?? Sei que ele tentou, mas infelizmente algo maior ainda o domina. O que vcs acham disso?? Desculpem esse texto tão longo pessoal! Obrigada!!

Se há alguma desconfiança sobre ele evitar te visitar e saber que ele se masturba vendo fotos suas, nada mais que uma conversa franca com ele. Tem um vídeo de um pioneiro nos estudos de vício em pornografia, o italiano Carlo Foresta, que afirma o alto índice de homens viciados em pornografia na Itália. Na verdade, é uma epidemia mundial, mas as autoridades da saúde pública escondem.

Procure conversar com ele sobre sexo e pornografia e perceba como ele se expressa e se ele curte isto. Pergunte também sobre o porque ele evita te visitar.
Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/12/2016
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 12/12/2016, 19:55
Blpr escreveu:
Bena escreveu:Boa noite pessoal!!
Fiquei muito feliz em descobrir o site e o fórum! Procurando respostas, juntando as peças, acabei descobrindo o que estava na minha cara e eu não tinha percebido ainda.
Farei um resumo da minha história para chegar ao ponto de como desconfiei que ele tem o vício em PMO.
Conheci uma pessoa há exato 7 meses, através de uma amiga em comum. Não nos conhecemos pessoalmente ainda pq ele não teve coragem. Ele me confessou que tem muito medo de me ver. Eu não entendia o porquê! Em junho ele comprou as passagens para vir me conhecer e passar 15 dias aqui no Brasil. A viagem seria para agosto passado, mas 2 dias antes da viagem ele entrou em parafuso, inventou mil desculpas. Ele oscilava entre querer vir e não vir. No final, ele não veio mesmo. A sorte é que tenho uma grande amiga que é psicóloga e veio acompanhando nosso relacionamento à distância e percebeu que algo tinha de errado. Ninguém compra passagens, aluga casa de praia na ultima hora não vir ao encontro da pessoa que ele ansiava por conhecer. Algo não batia. Minha amiga me disse que ele estava com medo de algo, mas do quê? Eu perguntei a ele e ele confirmou que estava mesmo, com muito medo de mim. Ele ficou surpreso por eu falar isso, no momento ele pensou que eu tivesse desconfiada de algo. Mas gente, eu sabia que não era desinteresse dele, que ele quer me conhecer mesmo, ele não é cafajeste, mas eu pensei em tudo, menos no vício em PMO. Pensei em filofobia pq ele saiu de um relacionamento de 9 anos, mas isso já tem 6 anos e ele nunca mais teve relacionamento com ninguém. Nesse dia ele me disse assim: agora vc entende pq eu só tinha sexo sem compromisso? Ele disse que era viciado em sexo. Uma coisa me chamou atenção, ele se envolvia com mulheres nada a ver. Com perfis que ele nunca se apaixonaria. E nunca deixava passar de 1 mês. Qdo ele me conheceu, ele disse que pela primeira vez depois desse relacionamento longo, fui a primeira pessoa que ele sentiu algo diferente, tínhamos muitos planos. Ele logo colocou minha foto no perfil do WhatsApp dele. Ele diz que é pra verem que ele tem compromisso sério com alguém. E assim fomos levando mesmo depois dele não ter vindo. Sempre com a afirmativa de muito medo. E eu sempre às cegas procurando respostas, sempre juntando as peças soltas de algo que ele me falava e do comportamento dele. Ele sempre deixou claro que se masturbava vendo minha foto, mesmo de roupa comum. Ele me dizia que quando acordava, antes de dormir todos os dias antes de se despedir de mim à noite, ele dizia que ia se masturbar. Final de semana ele via muitos filmes nesse gênero. Às vezes me mandava link pra eu ver, mas nunca encarei como algo errado. Hoje vejo que estava além do normal e eu não percebia. O que mais me chamou atenção foram 2 vídeos que ele me mandou se masturbando vendo fotos minhas na tela do computador dele, mas  num vídeo eu estava com roupa de inverno e a outra foto estava com um vestido longo de festa. Isso me chamou atenção. Com o tempo ele foi se afastando de mim, foi deixando de me chamar, de me partilhar coisas. Ele estava muito feliz, os amigos dele diziam que ele estava mais feliz, ele me dizia que eu havia devolvido o sorriso a ele. Ontem eu marquei ele no vídeo do Terry Crews, depois de 2 meses sem comunicação, ele curtiu isso. Será que ele está com vergonha?? Até hoje ele não tirou minha foto do perfil dele, ele quando troca, substitui por outra foto minha. Pessoal, não sei mais o que faço, se desisto ou insisto. Quando mandei uma mensagem pra ele mês passado dizendo que estava cansada, ele me respondeu dizendo que tem 100% de certeza de que ele vai me ver frente a frente, que ele sonha com isso. Mas depois disso, ele se fechou novamente. Minha amiga disse que ele não tem ninguém lá na Itália. Ele se afastou cada vez mais dos amigos. Ele dizia tb ter um sentimento de culpa muito grande em relação às outras mulheres que ele se envolveu, mas fugiu. Ele disse que vai pagar por isso, que sabe que elas não mereciam. Eu penso que ele não veio por medo de falhar, já que quem é viciado em PMO perde o desejo por sexo real, não é?? Sei que ele tentou, mas infelizmente algo maior ainda o domina. O que vcs acham disso?? Desculpem esse texto tão longo pessoal! Obrigada!!

Se há alguma desconfiança sobre ele evitar te visitar e saber que ele se masturba vendo fotos suas, nada mais que uma conversa franca com ele. Tem um vídeo de um pioneiro nos estudos de vício em pornografia, o italiano Carlo Foresta, que afirma o alto índice de homens viciados em pornografia na Itália. Na verdade, é uma epidemia mundial, mas as autoridades da saúde pública escondem.

Procure conversar com ele sobre sexo e pornografia e perceba como ele se expressa e se ele curte isto. Pergunte também sobre o porque ele evita te visitar.

A resposta sempre foi que ele tem medo. Hoje eu penso que esse medo que ele tanto se referia, talvez fosse por medo de DE ou EP, não sei... pode ser tanta coisa. Hoje ele tá numa fase de esquiva, não fala comigo. Fizemos muitos planos, mas acho que por muita vergonha, ele não falou comigo. Eu tenho esperança de que ele me fale o real motivo. Jamais vou abandoná-lo por isso. Depois do final do relacionamento dele, ele se fechou e passou a viver nesse mundo. Esse só pode ser o tal segredo que ele dizia que só ele sabia. Imagino o sofrimento que seja ter que guardar isso. Enfim, vou aguardar! Já tentei de todas as formas falar com ele, mas ele não quer falar comigo agora. Vou parar de pressionar e esperar! Muito obrigada pela atenção!
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 4984
Data de inscrição : 30/05/2015
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 13/12/2016, 08:12
Bena escreveu:
Blpr escreveu:
Bena escreveu:Boa noite pessoal!!
Fiquei muito feliz em descobrir o site e o fórum! Procurando respostas, juntando as peças, acabei descobrindo o que estava na minha cara e eu não tinha percebido ainda.
Farei um resumo da minha história para chegar ao ponto de como desconfiei que ele tem o vício em PMO.
Conheci uma pessoa há exato 7 meses, através de uma amiga em comum. Não nos conhecemos pessoalmente ainda pq ele não teve coragem. Ele me confessou que tem muito medo de me ver. Eu não entendia o porquê! Em junho ele comprou as passagens para vir me conhecer e passar 15 dias aqui no Brasil. A viagem seria para agosto passado, mas 2 dias antes da viagem ele entrou em parafuso, inventou mil desculpas. Ele oscilava entre querer vir e não vir. No final, ele não veio mesmo. A sorte é que tenho uma grande amiga que é psicóloga e veio acompanhando nosso relacionamento à distância e percebeu que algo tinha de errado. Ninguém compra passagens, aluga casa de praia na ultima hora não vir ao encontro da pessoa que ele ansiava por conhecer. Algo não batia. Minha amiga me disse que ele estava com medo de algo, mas do quê? Eu perguntei a ele e ele confirmou que estava mesmo, com muito medo de mim. Ele ficou surpreso por eu falar isso, no momento ele pensou que eu tivesse desconfiada de algo. Mas gente, eu sabia que não era desinteresse dele, que ele quer me conhecer mesmo, ele não é cafajeste, mas eu pensei em tudo, menos no vício em PMO. Pensei em filofobia pq ele saiu de um relacionamento de 9 anos, mas isso já tem 6 anos e ele nunca mais teve relacionamento com ninguém. Nesse dia ele me disse assim: agora vc entende pq eu só tinha sexo sem compromisso? Ele disse que era viciado em sexo. Uma coisa me chamou atenção, ele se envolvia com mulheres nada a ver. Com perfis que ele nunca se apaixonaria. E nunca deixava passar de 1 mês. Qdo ele me conheceu, ele disse que pela primeira vez depois desse relacionamento longo, fui a primeira pessoa que ele sentiu algo diferente, tínhamos muitos planos. Ele logo colocou minha foto no perfil do WhatsApp dele. Ele diz que é pra verem que ele tem compromisso sério com alguém. E assim fomos levando mesmo depois dele não ter vindo. Sempre com a afirmativa de muito medo. E eu sempre às cegas procurando respostas, sempre juntando as peças soltas de algo que ele me falava e do comportamento dele. Ele sempre deixou claro que se masturbava vendo minha foto, mesmo de roupa comum. Ele me dizia que quando acordava, antes de dormir todos os dias antes de se despedir de mim à noite, ele dizia que ia se masturbar. Final de semana ele via muitos filmes nesse gênero. Às vezes me mandava link pra eu ver, mas nunca encarei como algo errado. Hoje vejo que estava além do normal e eu não percebia. O que mais me chamou atenção foram 2 vídeos que ele me mandou se masturbando vendo fotos minhas na tela do computador dele, mas  num vídeo eu estava com roupa de inverno e a outra foto estava com um vestido longo de festa. Isso me chamou atenção. Com o tempo ele foi se afastando de mim, foi deixando de me chamar, de me partilhar coisas. Ele estava muito feliz, os amigos dele diziam que ele estava mais feliz, ele me dizia que eu havia devolvido o sorriso a ele. Ontem eu marquei ele no vídeo do Terry Crews, depois de 2 meses sem comunicação, ele curtiu isso. Será que ele está com vergonha?? Até hoje ele não tirou minha foto do perfil dele, ele quando troca, substitui por outra foto minha. Pessoal, não sei mais o que faço, se desisto ou insisto. Quando mandei uma mensagem pra ele mês passado dizendo que estava cansada, ele me respondeu dizendo que tem 100% de certeza de que ele vai me ver frente a frente, que ele sonha com isso. Mas depois disso, ele se fechou novamente. Minha amiga disse que ele não tem ninguém lá na Itália. Ele se afastou cada vez mais dos amigos. Ele dizia tb ter um sentimento de culpa muito grande em relação às outras mulheres que ele se envolveu, mas fugiu. Ele disse que vai pagar por isso, que sabe que elas não mereciam. Eu penso que ele não veio por medo de falhar, já que quem é viciado em PMO perde o desejo por sexo real, não é?? Sei que ele tentou, mas infelizmente algo maior ainda o domina. O que vcs acham disso?? Desculpem esse texto tão longo pessoal! Obrigada!!

Se há alguma desconfiança sobre ele evitar te visitar e saber que ele se masturba vendo fotos suas, nada mais que uma conversa franca com ele. Tem um vídeo de um pioneiro nos estudos de vício em pornografia, o italiano Carlo Foresta, que afirma o alto índice de homens viciados em pornografia na Itália. Na verdade, é uma epidemia mundial, mas as autoridades da saúde pública escondem.

Procure conversar com ele sobre sexo e pornografia e perceba como ele se expressa e se ele curte isto. Pergunte também sobre o porque ele evita te visitar.

A resposta sempre foi que ele tem medo. Hoje eu penso que esse medo que ele tanto se referia, talvez fosse por medo de DE ou EP, não sei... pode ser tanta coisa. Hoje ele tá numa fase de esquiva, não fala comigo. Fizemos muitos planos, mas acho que por muita vergonha, ele não falou comigo. Eu tenho esperança de que ele me fale o real motivo. Jamais vou abandoná-lo por isso. Depois do final do relacionamento dele, ele se fechou e passou a viver nesse mundo. Esse só pode ser o tal segredo que ele dizia que só ele sabia. Imagino o sofrimento que seja ter que guardar isso. Enfim, vou aguardar! Já tentei de todas as formas falar com ele, mas ele não quer falar comigo agora. Vou parar de pressionar e esperar! Muito obrigada pela atenção!

O medo dele pode ser de ser rejeitado por você caso ele expresse o fator causador do medo. Ou pode ser por alguma parte do corpo dele que ele considera defeito e afete a auto estima dele. Mas converse com ele. É estranho que um casal não possa dividir e compartilhar as fraquezas e defeitos. Ou o nível de confiança entre vocês e baixo ou pode ser outro motivo. Enfim, torço pelo sucesso de ambos neste relacionamento.
Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/12/2016
Ver perfil do usuário

Dificuldade em assumir o vício em PMO

em 17/12/2016, 00:31
Boa noite! Gostaria de saber se vocês decidiram contar pra esposa ou namorada por que foram descobertos e pressionados, ou se algum de vcs não suportaram a pressão de guardar esse segredo e por amor tiveram a iniciativa própria de contar às suas parcerias?? Ou não contaram por medo de perdê-las?? O que interfere na decisão de abrir o jogo ou não? ?
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1694
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 37
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 17/12/2016, 06:21
Bena escreveu:Boa noite! Gostaria de saber se vocês decidiram contar pra esposa ou namorada por que foram descobertos e pressionados, ou se algum de vcs não suportaram a pressão de guardar esse segredo e por amor tiveram a iniciativa própria de contar às suas parcerias?? Ou não contaram por medo de perdê-las?? O que interfere na decisão de abrir o jogo ou não? ?

Olá

Sou solteiro, mas se estivesse em um relacionamento com certeza contaria para minha parceira e pediria sua colaboração. Aliás quando tiver em um relacionamento a minha parceira será sabedora da minha história com a PMO, não gosto de mentiras e no meu entendimento o relacionamento tem que ser limpo, afinal são dois adultos e um diálogo limpo e aberto entre ambos não deve ser difícil ou impossível.
Abçs.

Sucesso!!

_______________________________________
" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Mensagens : 176
Data de inscrição : 16/10/2015
Idade : 24
Localização : RJ
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 20/2/2017, 22:38
Bena escreveu:Boa noite! Gostaria de saber se vocês decidiram contar pra esposa ou namorada por que foram descobertos e pressionados, ou se algum de vcs não suportaram a pressão de guardar esse segredo e por amor tiveram a iniciativa própria de contar às suas parcerias?? Ou não contaram por medo de perdê-las?? O que interfere na decisão de abrir o jogo ou não? ?

Olha, sinceramente eu nunca nem namorei, porém nos primeiros dias de reboot a ideia de contar sobre isso pra alguém é aterrorizante, eu diria. Até hoje só contei pra um dos meus irmãos, ninguém mais. Primeiro existe a vergonha, depois vem alguns sintomas do vício, como ansiedade, falta de confiança em tudo (isso também pode afetar na decisão de não te contar), entre outras coisas. Teve um caso aqui nessa seção mesmo que o cara, segundo a mulher que criou o tópico, só contou pra ela sob pressão. Antes tinha até dito pra ela que preferia mulheres brancas (ela é negra), mesmo sabendo que a magoaria. Tudo isso pra não ter que contar. Então só de ver um caso desse já se nota que decidir contar não é nada fácil, no geral.

Espero ter ajudado em algo. Abraço!

_______________________________________
Desistir, só morto.

Diário do pai:
http://www.comoparar.com/t1682-a-saga-do-mestrechefe-desistir-jamais
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 663
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Comportamento de esquiva/evitamento pode ser consequência do vício em PMO?

em 22/2/2017, 10:48
Bena escreveu:Boa noite! Gostaria de saber se vocês decidiram contar pra esposa ou namorada por que foram descobertos e pressionados, ou se algum de vcs não suportaram a pressão de guardar esse segredo e por amor tiveram a iniciativa própria de contar às suas parcerias?? Ou não contaram por medo de perdê-las?? O que interfere na decisão de abrir o jogo ou não? ?

Meu parceiro só me contou depois que eu pressionei muito, cheguei a falar que tudo bem ele não me querer na cama, afinal homem só para o sexo está cheio e eu poderia lidar com isso, e comecei a trocar mensagens com vários homens na frente dele.
Eu fui uma pessoa horrível, mas só depois disso que ele abriu o jogo e me deixou ajudar.
Acho que a decisão de contar é algo que vai do casal mesmo, se a sua parceira for extramente insegura ou autoritária é melhor ficar sozinho nessa jornada porque certamente ela não saberá lidar com a verdade, porém por outro lado, se você possui um companheiro que não pode te ajudar nos momentos mais difíceis é melhor repensar na relação.
Espero ter te ajudado.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum