Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 14/12/2016, 14:06
Olá pessoal, sou o Thompson, tenho 18 anos, já estou há 33 dias sem PMO e após muita resistência interna vou registrar meu reboot... Comecemos com a minha história no vício.

Vamos nessa? Smile

Antes de vício:
Fui um cara com fama de nerd/CDF o ensino fundamental todo. Não tinha muita habilidade social, e, por esta razão fui BV até os 15 anos.

Como acabei caindo no vício, o início:
Em março de 2011, quando eu estava na sétima série a internet chegou na minha casa, era de 10 mega. Mais que o suficiente para a merda acontecer. Logo nas primeiras semanas comecei a acessar os sites pornográficos, em categorias leves, em poucas semanas as sessões já duravam de 1 a 4 horas por dias, ou seja, podia não ser viciado ainda, mas a rotina era a de um. Chegava da escola ao meio dia e após almoçar a insanidade se iniciava. Nesta época meu pênis ainda funcionava perfeitamente e me excitava bastante com a realidade. Mas P... ah, aquilo me fascinava, eu aproveitava quase toda tarde para praticar PMO, era dali que eu extraía minha dose de dopamina diária.

Como as coisas foram evoluindo para algo mais doloroso:
No ano seguinte as categorias já tinham ficado mais intensas, nada doentio, mas agora vejo o quão óbvia é a escalação para gêneros mais pesados. É evidente que eu não fazia sequer idéia do que estava acontecendo no meu cerebro, teoricamente eu era apenas um garoto fazendo coisas de garoto.
Inclusive, ainda neste segundo ano lembro de pesquisar algo como "porque só consigo me excitar intensamente me masturbando para tal categoria?". O ano foi passando e o vício estava piorando, mas eu continuei... e o menino de 14 anos que ainda era BV começou a perder seu brilho nos olhos... as sessões continuavam intensas mas não tinha a mínima idéia de que havia algo de errado. Presumo que foi aos 14 anos que minha ereções típicas de adolescente foram perdendo um pouco a intensidade... pudera, eu já era um viciado.

Os anos foram passando...
No fim de de 2012 fui admitido numa instituição de grande prestígio, onde prestei parte do ensino médio... Comecei a estudar lá em 2013. Nesta época eu já tinha leve DE, mas não fazia a mínima idéia disso. Achava que era normal, hoje noto que era clara a minha perda de potência, mas eu ainda não sabia que isso era anormal ou algo decorrente do meu hobby "mais prazeroso".
Em 2013 estava trabalhando 4h ao dia, treinando na academia, fazendo dieta e estudando. Teoricamente não sobrava tempo pra PMO mas eu sempre dava uma escapada rs, mais ou menos 3x por semana, ou seja, menos que nos anos anteriores, no entanto as categorias estavam piorando, eu estava vendo coisas mais hardcore, mas ainda heterossexuais.
Após 6 meses eu saí do trabalho e, desta forma, tive muito mais tempo pra PMO. Voltei a praticar bastante, 1 a 3h ao dia e geralmente pela madrugada. Após meses nesta época comecei a ver vídeos que não correspondiam com a minha sexualidade, vídeos de transexuais. É logico que a prograssão para algo tão diferente do que está "escrito" no cerebro não ocorre de um dia para o outro. Começou com eu vendo por curiosidade e sentindo nojo, aí passei a ver e sentir menos nojo, e por aí seguiu, até que eu estava realmente me excitando com os vídeos, mas me sentindo nojento durante e depois do ato.

Quando o calo começou a apertar:
Em 2015 comecei a estudar sedução e finalmente comecei a conhecer e beijar mulheres com frequencia, isso ocorria bem frequentemente na rua, nas baladas, no onibus, terminais, etc; o problema? eu não ficava ereto pegando as gurias. Muitas vezes eram meninas lindas demais, mas não dava, eu ficava no maximo com o pênis "acordado". Inclusive presumo que minha ultima ereção intensa "ao natural" foi aos 14 anos. Depois disso nenhuma passou dos 80% de intensidade, exceto quando eu usava viagra, simplesmente para ver meu penis duro... enfim, patetico.
Em janeiro de 2016 fui pra minha primeira tentativa de perder a virgindade, depois de 7 meses conhecendo mulheres. Por que demorei tanto sendo que estava conhecendo mulheres novas toda semana? Porque eu não tinha coragem de arriscar, neste ano e após ter ficado com tantas eu já estava ciente da minha enorme dificuldade para ficar ereto e eu ainda era virgem, por estas razões, assim que eu notava que a interação estava rumando em direção ao sexo eu estragava tudo de propósito... Enfim, brochei nessa primeira tentativa.
Em fevereiro fui para a segunda tentativa, brochei tambem... e me frustrei bastante, a mulher era interessante e também era linda fisicamente, tinha silicone e um corpo delicioso. Como aquilo podia ter acontecido novamente? Nessa epoca eu não estava mais tendo muito contato com mulheres, eu não podia satisfazê-las na cama mesmo... assim fiquei por varios meses... raramente ficava com alguem, quando ficava, fazia umas cagadas de proposito depois do beijo para a menina se desinteressar, como contei ali em cima.

Primeiras tentativas de reboot:
Na verdade em novembro de 2013 fiz uma especie de reboot, o chamado "no fap november" e notei melhoras muito boas nas minhas ereções, o desafio durou uns 25 dias pra mim até eu falhas, mas pra mim era apenas um desafio mesmo... não cheguei a processar que aquilo estava fazendo minha potência sexual voltar e que eu deveria continuar. Tomei conhecimento de que eu não estava funcionando devido ao vício pouco tempo após a segunda brochada, quando notei que eu não ficava mais ereto sequer com P, e me desesperei... li um pouco sobre e falei: vou tirar de letra! Mas não foi assim... eu primeiro reboot iniciou em maio de 2016 e durou 24 dias, quando tive a maior crise de abstinência a PMO de toda a minha vida... foi algo terrível... coração saindo pela boca, respiração ofegante demais, próstata dando pontadas, cenas vindo à minha mente; e falhei pela primeira vez... a sensação foi horrivel. A partir daí tentei umas 40 vezes fazer o reboot, eles duraram de 0 a +- 20 dias, mas eu não resistia às crises de abtinência e acabava caindo... eu não estava com muitas atividades extranet e não usava bons bloqueadores, então era muito mais fácil cair. Ah, tive também leve HOCD, achava que talvez eu me atraísse por transexuais e caras e por isso ficava meio cabreiro para manter contato visual, mas esse problema sempre desaparecia nos primeiros dias de reboot e me tranqulizei quanto a isso...

Hora da reviravolta definitiva:
Em novembro (mês passado) conheci uma linda mulher, que se mostrou tão doce que, mesmo com bastante resistência interna, contei tudo sobre esse vício que tanto me afligiu. Ela se dispôs, de todo o coração a me auxiliar, e começamos... eu já estava há quase uma semana sem PMO quando nos conhecemos, uns 10 dias sem PMO no encontro posterior e lá se iniciou a recuperação... consegui ficar excitado com a pegação, mas ainda não com a parte que leva ao sexo em si, eu estava com medo e isso se manifestava de uma forma estranha em mim... eu começava a TREMER de PURO MEDO, é a forma com que meu subconsciente lidava com os traumas anteriores e pelo medo de brochar novamente tambem, isso já tinha acontecido várias vezes quando a pegação com alguma mulher ficava mais forte... eu sei, eu devia parar de me cobrar, mas mesmo meditando é difícil para mim controlar essa parte de traumas do cérebro. Nesta oportunidade rolou bastante pegação e um oral, com o meu pênis parcialmente ereto. Foi um bom começo. No encontro posterior apesar da minha enorme dificuldade para ficar ereto eu consegui finalmente perdi minha virgindade... me senti maravilhado... o reboot estava funcionando!, nesse dia eu estava com uns 14 dias de reboot (foi há poucos mais de duas semanas), daí pra frente rolou umas 5 ou 6 vezes - ah! a tremedeira passou na terceira vez -, em todos os dias tive 2 a 4 orgasmos.

Hoje:
Neste momento estou com 33 dias completos e vou seguir, agora com o apoio de vocês. Eu fui bastante resistente para fazer começar a relatar aqui. Na verdade meu primeiro reboot foi em maio... talvez se eu tivesse relatado aqui desde o início estaria com centenas de dias completos. Foram mais de 40 tentativas desde maio, algumas com 0 dias de duração, algumas com por volta 25.
Estou com alguns probleminhas/dúvidas atualmente...
1. Creio que o fato de ter tido esses orgasmos todos tenham me atrasado um pouco, a excitação foi baixando pouco a pouco e agora estou com mais dificuldade de ficar ereto que na primeiras duas semanas de reboot. Sei que é recomendado para quem tem DE, ficar umas semanas sem sexo, só focando no toque, no cheiro, nas sensações, mas assim que vi que eu estava "funcionando" eu fiz. Não tenho certeza se é culpa dos orgasmos em si, pode ser a flatline tambem... o que acham?
2. Muitas vezes me pego fascinado por fotos, não são fotos que busco ativamente, mas fotos aleatorias de mulheres, as vezes de decote, ou de roupa apertada... fotos de perfil no whatsapp, televisão, etc etc. Nada pornográfico e quando noto que estou olhando mais que o necessário paro. Mas isso que me preocupa... será que isso está atrapalhando minha progressão?
3. Não faço muitas atividades extranet... vou resolver isso esta semana, entrando na academia, voltando a fazer cursos, indo mais a parques, etc. (me impressiona eu não ter caído nesses 33 dias dias ficando boa parte do tempo em casa, não quero mais correr nenhum risco e vou resolver isso)  

É isso, galera! Conto com o apoio de vocês e avante! Very Happy


Última edição por Thompson em 15/12/2016, 10:45, editado 1 vez(es)
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Resetei

em 15/12/2016, 00:01
Galera, serei honesto comigo e vou resetar. Já zerei meu contador, essas olhadas pra fotos que citei na outra msg são recaídas, simples assim! Já saí dos grupos do whats que me enviavam esse material, instalei o newsfeed eradicator para não ver o feed do facebook (recomendo) e agora serei mais cauteloso. Tava com 33 dias, zerar dói sim, mas é melhor que me enganar. Neutral

_______________________________________
Ultimo Reset: 07/01/17.

avatar
Nazgul
Mensagens : 201
Data de inscrição : 30/03/2016
Idade : 17

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 15/12/2016, 07:47
Thompson escreveu:Olá pessoal, sou o Thompson, tenho 18 anos, já estou há 33 dias sem PMO e após muita resistência interna vou registrar meu reboot... Comecemos com a minha história no vício.

Vamos nessa? Smile

Antes de vício:
Fui um cara com fama de nerd/CDF o ensino fundamental todo. Não tinha muita habilidade social, e, por esta razão fui BV até os 15 anos.

Como acabei caindo no vício, o início:
Em março de 2011, quando eu estava na sétima série a internet chegou na minha casa, era de 10 mega. Mais que o suficiente para a merda acontecer. Logo nas primeiras semanas comecei a acessar os sites pornográficos, em categorias leves, em poucas semanas as sessões já duravam de 1 a 4 horas por dias, ou seja, podia não ser viciado ainda, mas a rotina era a de um. Chegava da escola ao meio dia e após almoçar a insanidade se iniciava. Nesta época meu pênis ainda funcionava perfeitamente e me excitava bastante com a realidade. Mas P... ah, aquilo me fascinava, eu aproveitava quase toda tarde para praticar PMO, era dali que eu extraía minha dose de dopamina diária.

Como as coisas foram evoluindo para algo mais doloroso:
No ano seguinte as categorias já tinham ficado mais intensas, nada doentio, mas agora vejo o quão óbvia é a escalação para gêneros mais pesados. É evidente que eu não fazia sequer idéia do que estava acontecendo no meu cerebro, teoricamente eu era apenas um garoto fazendo coisas de garoto.
Inclusive, ainda neste segundo ano lembro de pesquisar algo como "porque só consigo me excitar intensamente me masturbando para tal categoria?". O ano foi passando e o vício estava piorando, mas eu continuei... e o menino de 14 anos que ainda era BV começou a perder seu brilho nos olhos... as sessões continuavam intensas mas não tinha a mínima idéia de que havia algo de errado. Presumo que foi aos 14 anos que minha ereções típicas de adolescente foram perdendo um pouco a intensidade... pudera, eu já era um viciado.

Os anos foram passando...
No fim de de 2012 fui admitido numa instituição de grande prestígio, onde prestei parte do ensino médio... Comecei a estudar lá em 2013. Nesta época eu já tinha leve DE, mas não fazia a mínima idéia disso. Achava que era normal, hoje noto que era clara a minha perda de potência, mas eu ainda não sabia que isso era anormal ou algo decorrente do meu hobby "mais prazeroso".
Em 2013 estava trabalhando 4h ao dia, treinando na academia, fazendo dieta e estudando. Teoricamente não sobrava tempo pra PMO mas eu sempre dava uma escapada rs, mais ou menos 3x por semana, ou seja, menos que nos anos anteriores, no entanto as categorias estavam piorando, eu estava vendo coisas mais hardcore, mas ainda heterossexuais.
Após 6 meses eu saí do trabalho e, desta forma, tive muito mais tempo pra PMO. Voltei a praticar bastante, 1 a 3h ao dia e geralmente pela madrugada. Após meses nesta época comecei a ver vídeos que não correspondiam com a minha sexualidade, vídeos de transexuais. É logico que a prograssão para algo tão diferente do que está "escrito" no cerebro não ocorre de um dia para o outro. Começou com eu vendo por curiosidade e sentindo nojo, aí passei a ver e sentir menos nojo, e por aí seguiu, até que eu estava realmente me excitando com os vídeos, mas me sentindo nojento durante e depois do ato.

Quando o calo começou a apertar:
Em 2015 comecei a estudar sedução e finalmente comecei a conhecer e beijar mulheres com frequencia, isso ocorria bem frequentemente na rua, nas baladas, no onibus, terminais, etc; o problema? eu não ficava ereto pegando as gurias. Muitas vezes eram meninas lindas demais, mas não dava, eu ficava no maximo com o pênis "acordado". Inclusive presumo que minha ultima ereção intensa "ao natural" foi aos 14 anos. Depois disso nenhuma passou dos 80% de intensidade, exceto quando eu usava viagra, simplesmente para ver meu penis duro... enfim, patetico.
Em janeiro de 2016 fui pra minha primeira tentativa de perder a virgindade, depois de 7 meses conhecendo mulheres. Por que demorei tanto sendo que estava conhecendo mulheres novas toda semana? Porque eu não tinha coragem de arriscar, neste ano e após ter ficado com tantas eu já estava ciente da minha enorme dificuldade para ficar ereto e eu ainda era virgem, por estas razões, assim que eu notava que a interação estava rumando em direção ao sexo eu estragava tudo de propósito... Enfim, brochei nessa primeira tentativa.
Em fevereiro fui para a segunda tentativa, brochei tambem... e me frustrei bastante, a mulher era interessante e também era linda fisicamente, tinha silicone e um corpo delicioso. Como aquilo podia ter acontecido novamente? Nessa epoca eu não estava mais tendo muito contato com mulheres, eu não podia satisfazê-las na cama mesmo... assim fiquei por varios meses... raramente ficava com alguem, quando ficava, fazia umas cagadas de proposito depois do beijo para a menina de desinteressar, como contei ali em cima.

Primeiras tentativas de reboot:
Na verdade em novembro de 2013 fiz uma especie de reboot, o chamado "no fap november" e notei melhoras muito boas nas minhas ereções, o desafio durou uns 25 dias pra mim até eu falhas, mas pra mim era apenas um desafio mesmo... não cheguei a processar que aquilo estava fazendo minha potência sexual voltar e que eu deveria continuar. Tomei conhecimento de que eu não estava funcionando devido ao vício pouco tempo após a segunda brochada, quando notei que eu não ficava mais ereto sequer com P, e me desesperei... li um pouco sobre e falei: vou tirar de letra! Mas não foi assim... eu primeiro reboot iniciou em maio de 2015 e durou 24 dias, quando tive a maior crise de abstinência a PMO de toda a minha ida... foi algo terrível... coração saindo pela boca, ofegante demais, próstata dando pontadas, cenas vindo à minha mente; e falhei pela primeira vez... a sensação foi horrivel. A partir daí tentei umas 40 vezes fazer o reboot, eles duraram de 0 a +- 20 dias, mas eu não resistia às crises de abtinência e acabava caindo... eu não estava com muitas atividades extranet e não usava bons bloqueadores, então era muito mais fácil cair. Ah, tive também leve HOCD, achava que talvez eu me atraísse por transexuais e caras e por isso ficava meio cabreiro para manter contato visual, mas esse problema sempre desaparecia nos primeiros dias de reboot e me tranqulizei quanto a isso...

Hora da reviravolta definitiva:
Em novembro (mês passado) conheci uma linda mulher, que se mostrou tão doce que, mesmo com bastante resistência interna, contei tudo sobre esse vício que tanto me afligiu. Ela se dispôs, de todo o coração a me auxiliar e começamos... eu já estava há quase uma semana sem PMO quando nos conhecemos, uns 10 dias sem PMO no encontro posterior e lá se iniciou a recuperação... consegui ficar excitado com a pegação, mas ainda não com a parte que leva ao sexo em si, eu estava com medo e isso se manifestava de uma forma estranha em mim... eu começava a TREMER de PURO MEDO, é a forma com que meu subconsciente lidava com os traumas anteriores e pelo medo de brochar novamente tambem, isso já tinha acontecido várias vezes quando a pegação com alguma mulher ficava mais forte... eu sei, eu devia parar de me cobrar, mas mesmo meditando é difícil para mim controlar essa parte de traumas do cérebro. Nesta oportunidade rolou bastante pegação, oral, mas nada alem disso. Foi um bom começo. No encontro posterior apesar da minha enorme dificuldade para ficar ereto eu consegui finalmente perdi minha virgindade... me senti maravilhado... o reboot estava funcionando!, nesse dia eu estava com uns 14 dias de reboot (foi há poucos mais de duas semanas), daí pra frente rolou umas 5 ou 6 vezes - ah! a tremedeira passou na terceira vez -, em todos os dias tive 2 a 4 orgasmos.

Hoje:
Neste momento estou com 33 dias completos e vou seguir, agora com o apoio de vocês. Eu fui bastante resistente para fazer começar a relatar aqui. Na verdade meu primeiro reboot foi em maio... talvez se eu tivesse relatado aqui desde o início estaria com centenas de dias completos. Foram mais de 40 tentativas desde maio, algumas com 0 dias de duração, algumas com por volta 25.
Estou com alguns probleminhas/dúvidas atualmente...
1. Creio que o fato de ter tido esses orgasmos todos tenham me atrasado um pouco, a excitação foi baixando pouco a pouco e agora estou com mais dificuldade de ficar ereto que na primeiras duas semanas de reboot. Sei que é recomendado para quem tem DE, ficar umas semanas sem sexo, só focando nas sensações, mas assim que vi que eu estava "funcionando" eu fiz. Não tenho certeza se é culpa dos orgasmos em si, pode ser a flatline tambem... o que acham?
2. Muitas vezes me pego fascinado por fotos, não são fotos que busco ativamente, mas fotos aleatorias de mulheres, as vezes de decote, ou de roupa apertada... fotos de perfil no whatsapp, televisão, etc etc. Nada pornográfico e quando noto que estou olhando mais que o necessário paro. Mas isso que me preocupa... será que isso está atrapalhando minha progressão?
3. Não faço muitas atividades extranet... vou resolver isso esta semana, entrando na academia, voltando a fazer cursos, indo mais a parques, etc. (me impressiona eu não ter caído nesses 33 dias dias ficando boa parte do tempo em casa, não quero mais correr nenhum risco e vou resolver isso)  

É isso, galera! Conto com o apoio de vocês e avante! Very Happy

Cara, gostei da tua história e me identifico em algumas partes, por isso, passarei a acompanhar seu diário. Estamos junto nessa luta, inclusive, eu também tenho tido recaídas frequentes depois que perdi meus 100 e poucos dias longe de pmo. É tenso mesmo e isso só ajuda a piorar o esquema.

1. O correto nesse caso é ficar sem P, m ou o mesmo. Acho que isso passa em poucos dias, fique o tanto que tu conseguir e depois de perceber melhoras, pode ocorrer uma flatline e aí então depois a poeira abaixa. Só não utilize pornografia mais, eis o grande mal. Masturbação também não recomendo.
2. Isso é normal, só não fique olhando profundamente pra essas fotos pois eu já tive recaídas tão básicas assim, tu olha por muito tempo e as "memórias subsconscientes" (veja os vídeos do Gary Wilson para mais informações) se ativam, aí é recaída na certa. O mais correto é ocupar o tempo e não dar muita bola pra essas imagens, se olhar, não fique olhando por muito tempo.

3. Atividades extranet são só mais uma forma de ocupar seu tempo, elas são as melhores pra te manter longe da pornografia. Uma pessoa poderia fazer o reboot sem focar muito em extranet, mas aí teria que ter outras formas de ocupar o tempo. A grande jogada é ocupar o tempo, eis o grande segredo. Fazer coisas que levam tua mente a outros lugares, a outros pensamentos, longe do mal da pornografia.

Boa sorte aí no reboot. Vi que recaiu, eu só posso te dar uma dica pra não recair. Tenha força de vontade e diga para si mesmo que essa vai ser a vez definitiva que tu vai completar o reboot. Também recomendo que não te desanime por algum pensamento ruim em relação ao reboot, que não dá certo, etc. esse tipo de pensamento. Isso são só armadilhas do vício, coisas que ocasionalmente tu vai pensar apenas pra recair e perder progresso. Treine sua mente pra ignorar esse tipo de coisa fútil.

É isso aí, sei que tu consegue.
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Dia 1 mais uma vez

em 15/12/2016, 10:54
Obrigado pelo apoio Nazgul! Li teu diário e encontrei semelhanças também, além de muitas informações de valor, tanto suas quanto de quem está acompanhando. Vou acompanhar o seu também! Smile

-------

Dia 1:
Hoje acordei com uma ereção matinal, é uma boa sensação. Ontem eu resolvi resetar porque realmente vi dois vídeos, curtos. Deve ter dado uns 3 minutos. Mas foi uma recaída.
O dia segue, agora a pouco tive uma ereção espontânea, durou 1 minuto +-.

Hoje vou ver a muié, vamos ver se noto alguma coisa diferente... Talvez alguma melhora, ou não...


Thompson

_______________________________________
Ultimo Reset: 07/01/17.

Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 19/12/2016, 01:40
Olá! Dia 4 de reboot aqui (37 sem M)

Disse na última msg que ia testar meu junior pra ver se haveria alguma evolução... Pois bem, creio que não mudou muito não. Mas também não piorou. Fiz na sexta a noite.

No sábado acordei com uma ereção matinal mas passei o resto do dia mais letargico que o normal, tanto que fui na balada mais à noite e fiquei fortemente com duas meninas muito atraentes: nem sinal de vida do meu amigo Sad
Fiquei meio pensativo, mas sei que o Reboot tem fases assim. Então tudo bem. (mas se a evolução fosse mais linear seria melhor, claro. Paciência)

Hoje (domingo) tive algumas ereções espontâneas, alternadas por eu letargico e com o pênis beeem murcho. Então foi um pouco estranho pra mim já que geralmente quando o dia tem muitas ereções espontâneas, fico o dia todo com ele já meio acordado.

Por enquanto é só. Avante!
avatar
MS-Voly
Mensagens : 982
Data de inscrição : 29/08/2015

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 19/12/2016, 17:19
Olá Thompson, lê seu relato e que história em... Até chegar aqui houve muitos momentos de turbulência, e bom ver que mesmo em meio há tantas dificuldades conseguiu ver que o maior problema e erá a pornografia em si.

Sobre as suas duvidas não tem muito o que falar, o esplendido Nazgul já respondeu todas. Só vou fazer uns adendos.

1: Então, só reforçando. Quem tem DE tem que evitar o estimulo temporariamente para que o cérebro volte ao "normal". Se continuar tendo eles não irá retornar ao "padrão" vamos dizer assim.  Quando ver que está melhorando em relação com a DE pode retornar a prática, já foi relatado por muitos nesse fórum que a prática ajuda bastante ao decorrer das vezes.

2: Até essas fotos que não são pornográficas atrapalham por ativar o velho hábito de olhar várias mulheres na P. O que pode acabar fazendo com que inconsciente lembre da pornografia e logo possa parar lá. Opinião pessoal: Qual a importância de ver essas mulheres se não irá desejar ter nenhum contato pessoal (além de muitas nem morarem no seu estado), Principalmente essas de "Roupa apertada", só irá te despertar sentimentos desnecessários.

Continue firme, já está perto de uma semana!
Abraços.  Cool


Última edição por MS-Voly em 21/12/2016, 17:11, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t1265-diario-ms-voly
História de sucesso:http://www.comoparar.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia
---------------------------------------------              --------------------------------------------------------------------------
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Evolução e mais evolução

em 21/12/2016, 00:07
Obrigado MS-Voly! O meu texto ficou gigante, fico feliz que tenha lido. Smile

Pois bem, 5 dias "já" (38 sem M) e estou melhorando!!! Minha estamina está mais alta e minha potência sexual voltando... (testei ontem). Minha reação psicológica ao sexo tem ficado vaga vez mais intensa, tenho tido mais prazer, tanto "mental" quanto físico. Minhas ereções estão mais duras e tenho tido muito mais sensibilidade no amiguinho, ou seja, tô voandoooo! Razz

Não tenho mais prestado atenção em imagens. Posso dizer que o sexo real está me ajudando muito apesar do meu quadro de DE.

Ontem fiz umas coisas que estava procrastinando e hoje também, a sensação é libertadora. Creio que procrastinação é meu hábito mais destrutivo e vou alterá-lo Very Happy

Tenho aderido a uma ou outra atividade extranet e agora sinto como o reboot é facilitado quando elas estão presentes. Pretendo fazer duas viagens nos próximos 40 dias, isso sem dúvida vai refrescar ainda mais minha cabeça...

Por hoje é só Wink

_______________________________________
Ultimo Reset: 07/01/17.

avatar
MS-Voly
Mensagens : 982
Data de inscrição : 29/08/2015

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 21/12/2016, 17:11
Bom notar que está tendo melhoras. Evite procrastinar, sempre quando estamos com mente vagas acabamos pensando em atividades que geram prazer rápido (pornografia está no topo).
Pretendo fazer duas viagens nos próximos 40 dias
Viajar ajuda bastante, vai te fazer com que foque no lugar e nas experiências que terá la. Desejando boas viagens. Cool

Continue firme!
Abraços. Cool

_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t1265-diario-ms-voly
História de sucesso:http://www.comoparar.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia
---------------------------------------------              --------------------------------------------------------------------------
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 25/12/2016, 00:05
Obrigado MS-Voly... Espero que as viagens realmente me ajudem em algo nesse aspecto.

Pois bem. Estou com um problema que pode, ou não, ter relação com minha abstinência de PMO: estou muito apático! Nada me alegra profundamente, nada me atinge emocionalmente, estou introspectivo, falando pouco, não estou me emocionando, estou me sentindo meio perdido no mundo...
Ontem e hoje foram os dias em que isso mais me afligiu, estou me sentindo bem indiferente em relação a tudo, a menina que tenho ficado notou e está tentando me ajudar, mas estou resistente a me abrir, justamente por não saber exatamente o que se passa, além de não querer parecer vulnerável. Enfim... Perguntei a ela se eu tenho estado assim sempre e após um pouco pensar ela disse que sim... Desde a segunda vez que vim na casa dela, ou seja, desde a vez após a primeira noite em que fiz amor com ela... Isso me deixou intrigado, será que tem relação com os orgasmos e as descargas de dopamina? Sei lá, estou realmente confuso.

Ontem e hoje eu broxei com ela e me frustrei bastante, pois isso não acontecia faziam umas 2 semanas já. Inclusive estou escrevendo esse post após ter broxado, aconteceu uns 10 minutos atrás. Ela não liga pra isso, nem um pouco, já eu me frustro bastante mesmo que tente não me frustrar.

Creio que faltam atividades extranet pra mim, ainda não resolvi isso. Deve faltar estímulos que liberem dopamina e por isso fico assim: apático.

Se alguém puder me dar uma luz eu agradeço... Não tenho tido sessões de masturbação com P faz 43 dias e não me masturbei sem P nesse reboot tbm, por isso estou decepcionado... Será que se eu seguir nessa rotina até o dia 90 estarei melhor ou é melhor eu parar de fazer sexo por um tempo?

Tem um detalhe que não contei, mas assim que comecei a fazer sexo real minhas ereções na pegação ficaram mais difíceis de acontecer... Como se a depois dos primeiros orgasmos eu tivesse gastado meu estoque de tesão.

Como nota-se, eu estou bem perdido e meu texto ficou fora de cronologia, mas se eu editar vou acabar cortando detalhes que podem ser importantes...

É isso, bom Natal a todos Smile

Thompson


_______________________________________
Ultimo Reset: 07/01/17.

avatar
MS-Voly
Mensagens : 982
Data de inscrição : 29/08/2015

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 26/12/2016, 08:19
estou muito apático! Nada me alegra profundamente, nada me atinge emocionalmente, estou introspectivo, falando pouco, não estou me emocionando, estou me sentindo meio perdido no mundo...
Essa questão depende muitos fatores, não se pode chegar ao sim e não só se baseando na pornografia, observe se ultimamente ocorreu várias mudanças contigo. Agora tentando responder a dúvida, uma vez que se abstém irá faltar quantidades enormes de dopamina em curto prazo seu cérebro ainda está se acostumando com a diminuição (então isso que se relatou acontece). A longo prazo ele se acostuma e seu humor e suas emoções podem voltar ao padrão (creio que ocorra assim se o que está te ocorrendo for P.

será que tem relação com os orgasmos e as descargas de dopamina? Sei lá, estou realmente confuso.
Como e a reação depois que acaba a atividade sexual com essa menina? tem algum sentimento ruim? fica feliz? analise que conseguirá disseminar se tem haver ou não.
- Sobre as descargas de dopamina seu cérebro pode estar confundindo os atos que está tendo com a Pornografia, bem indiretamente. (E uma hipótese).

Ontem e hoje eu broxei com ela e me frustrei bastante, pois isso não acontecia faziam umas 2 semanas já.
Então meu caro, depois de longas lidas pelo fórum + pesquisas. Isso pode ocorrer não só pelo fator físico, o psicológico também afeta bastante. Quando está pensando muito no ato em si, acaba ficando nervoso demais (não sei se é seu caso). Além de pensar tanto que não pode "broxar" logo que acaba ocorrendo, atrapalhando seu foco.

Creio que faltam atividades extranet pra mim, ainda não resolvi isso. Deve faltar estímulos que liberem dopamina e por isso fico assim: apático.
Procure encontrar atividades produtivas + animadoras. Só abstinência não vai resolver o problema, seu corpo vai te pedir por dopamina de uma forma ou outra. Essa situação apática eu já expliquei acima. Então logo irá melhorar.

Será que se eu seguir nessa rotina até o dia 90 estarei melhor ou é melhor eu parar de fazer sexo por um tempo?
Como eu disse no post anteriormente, em alguns casos as pessoas precisam dar uma pausa em O para sua mente estabilizar. Se chegar aos 90 dias e não sentir melhoras ou até antes disso, seria aconselhável parar por hora.

Desejando forças e continue em frente!
Abraços. Cool






_______________________________________
Meu Diário: http://www.comoparar.com/t1265-diario-ms-voly
História de sucesso:http://www.comoparar.com/t3593-ms-voly-o-cacador-guia
---------------------------------------------              --------------------------------------------------------------------------
Thompson
Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/08/2016

Recaí, recaí e recaí.

em 6/1/2017, 20:46
Bom... como o título já diz, eu recaí.

Antes de escrever sobre o que rolou, gostaria de expressar minha gratidão ao MS-Voly que tem comentado sempre que posto aqui. São de grande ajuda! Smile

Vamos lá: recaí uns 10 dias atrás, uns 3 dias atrás, ontem e hoje (hoje com duas sessões). A confiança não é produtiva em caso de vício rs. Senti que meu pau estava funcionando normalmente e caí, por achar que umazinha não atrapalharia. Aí me bateu o efeito caçador e bati outra depois de uns dias, e outra depois de poucos dias, e mais outra no dia seguinte. Assim vou voltar ao vicio, tenho certeza! Então devo parar de me enganar.

O pior é conhecer todos os meus mecanismos de recaídas, por ter tentado me livrar do vício tantas vezes, e ainda cair. Me sinto um merda! Depois da M, claro, durante a sensação é encoberta por pensamentos encorajadores que o vício arquitetou.

Fiz a primeira viagem agora na virada e foi bacana, voltei me sentindo otimo! Foi minha primeira viagem solo e o significado é especial.

Confesso que lia os relatos aqui e sempre achava as pessoas que resetavam com frequencia e aqui relatavam fracas, mas estou no mesmo barco e já abandonei esse rótulo. Contei pra minha ficante sobre isso e ela ficou bem decepcionada, tadinha Sad mas vou honrá-la, e mais! Honrar a mim mesmo.

Voltarei ao reboot, resetei o contador e lá vamos nós!



_______________________________________
Ultimo Reset: 07/01/17.

avatar
Zepir
Mensagens : 459
Data de inscrição : 21/04/2016
Idade : 18

Re: Thompson - 18 anos, 5 anos de vício, DE

em 9/1/2017, 04:13
É complicado lidar com o efeito caçador por causa disso, ele te leva a procurar por mais o tempo todo. Sendo assim é melhor se manter ocupado sempre que possível pra evitar essas recaídas.

_______________________________________


 Countdown Clocks

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum