Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

41º dias

em 28/3/2017, 00:30
Renovatio obrigado pela mensagem brother! Isso sobre evitar comparações é uma grande verdade. Percebo que essa é uma das coisas que farão parte da minha filosofia de vida e na qual acredito que a felicidade resida.
Skullandbones tbém tô sempre vendo as suas postagens brother! Me sinto mto honrado em tê-lo aqui! Fiquei mto feliz qdo vc falou que não precisava falar em tom de despedida, pois vc ia continuar aparecendo aqui. Mano me lembro sempre disso de tirar motivação por estar em reboot! O fato de não ter me M em 2017 me motiva demais a não bater uma, sempre me achei viciado em M, tbém me admiro essa marca.

HOJE
Pessoal hoje o meu dia foi mto bom! Mto disso se deve ao fórum.
Eu fui dormir umas 4h da manhã e acordei meio dia, boa notícia acordei seco!
Daí almocei, vi um filminho na sessão da tarde (o filme de hoje foi mó legal kk), tomei um café da tarde e vim aqui pro fórum. Comecei a ler o diário do Broda e me fez mto bem, sou mto grato a ele. Irá me ajudar não só no reboot como tbém a me tornar um homem melhor, se eu for escrever tudo aqui vai ficar mto longo, mas uma coisa que me veio em mente agora que eu quero deixar registrado é sobre viver a vida com mais equilíbrio. Sabem, quando me bate uns sentimentos de HOCD é justamente quando me sinto mais exaltado. Se eu cultivar esse equilíbrio tenho certeza que o HOCD sumirá pra sempre.
Então, outra coisa legal que ele falou e que eu coloquei em prática hoje era sobre aproveitar o prazer de um banho gelado. Eu sempre gostei de tomar banho, mas no final das minhas sessões de PMO eu ia me lavar como que pra me limpar daquela sujeira. Desde que comecei o reboot tenho tomado banhos frios e a sensação é outra, de fato dá uma revigorada, mas eu estava tomando banhos rápidos. Talvez por isso não esteja me trazendo tantos benfícios. Daí hoje eu fiz o que ele falou, fiquei uns 15 minutos no chuveiro, sentado no chão, sentindo aquela água fria. Foi mto bom! Como perco um pouco a noção do tempo durante o banho coloquei umas músicas pra tocar. Ouvi uma playlist punk rock pra encarar entrar na água fria, pois aqui tá meio frio já KK não foi mto meditativo.
Isso do banho foi depois de voltar do treino que fiz a noite. O treino hoje foi legal demais! Só que como no fds eu não fiz nada, me senti beeem cansado. Lição aprendida: sair pra pelo menos dar uma caminhada no fds. A socialização rolou legal no treino. Amanhã vou treinar de novo.
Agora vou colocar uma musica bem tranquila pra me acompanhar na meditação que eu continuo praticando firme e forte. O bom de ir dormir de madrugada é aproveitar o silêncio pra meditar.
Tenho certeza que amanhã o dia será bom! Boa noite e forte abraço em todos!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
skullandbones
Mensagens : 137
Data de inscrição : 14/12/2016

Re: Diário do Brit

em 28/3/2017, 08:24
Brit tá virando o batman ! hauahuahuaha tá trocando o dia pela noite Very Happy
Cara, fico muito feliz de ver uma postagem boa como essa e mais ainda de ver seu progresso. Como disse antes, torço muito por você véio !

Força !

_______________________________________
Quem dá desculpas não dá resultados.
Vamos vencer !
#VamoVamoChapeee !

"Plante qualquer semente de pensamento na sua mente e ela florescerá, se ramificará e dará frutos. Alguns muito amargos e irreparáveis. O reboot é uma questão de podar essa árvore e ir arrancando cada vez mais esses galhos até chegar na raiz"

Acompanhe meu diário aqui


avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

42º dia

em 29/3/2017, 02:02
Fala pessoal! O meu dia hoje foi bom como eu disse que seria! Wink

Brother Skullandbones, mano é sempre bom receber uma msg de apoio, o fórum continua fazendo mto bem pra mim, eu gosto de vir aqui, se vc postar 1000 vezes aqui irei te agradecer em todas pq faz toda a diferença pra mim, pro meu dia e pra minha vida. Muito obrigado irmão!
Estou trocando o dia pela noite mesmo e acabo de fazer a maior doideira, 2h00m da manhã e fui tomar banho gelado pra acalmar as coisas lá em baixo KKK

Hoje o dia começou com um estresse aqui em casa logo cedo (entende-se umas 10h kkk), maaaaaas eu tinha prometido que meu dia seria bom, respirei fundo e pensei, não vou deixar nada me abalar. Funcionou.
Logo quando acordo faço uma prática de yoga que dura uns 20min, essa semana fecha um mês que pratico de seg a sex. É um programa que tem práticas diferentes pra cada dia então isso acaba me forçando a manter a prática diária. Daí a gritaria aqui em casa foi bem na hora que eu tava lá concentrado fazendo meu yoga, me deu uma raiva ser atrapalhado nesse momento, a vontade que eu tinha era de sair que nem um louco gritando, mas me mantive sereno, concluí meu yoga, saí do quarto, dei bom dia e disse que depois de tomar meu café iria fazer o que estavam me pedindo. Lembrei de algo que li no Broda tbém, ele dizia algo sobre como vc dizer um não te dá uma firmeza de caráter.

Daí a tarde uns tios vieram aqui em casa, minha tia trabalha com RH e disse pra eu fazer um Linkedin, acho que vou fazer... daí ela mostrou um óculos novo dela e eu coloquei de zoeira pra ver como ficava, coloquei e falaram que fiquei mó bonito Cool  ela me elogiou falando que eu lembrava um cara de uma série que ela via black list... foi um bom elogio! Falei que vou comprar um sem lentes só pra ficar no estilo KK
A tarde passou, fui jogar futebol. O jogo foi bom! Cansei! Tomei uma bolada no pau que tá doendo até agora. Daí chegando em casa eu comecei meio que massagear, assim que comecei lembrei de um negócio que o Renovatio escreveu no diário dele sobre não tocar no nosso pênis, pois ele não é brinquedo (pelo menos não um com o qual se brinca sozinho) parei na hora!
Mesmo assim agora a noite estava sentindo algo diferente lá embaixo e pensei, putz vou acabar tendo polução noturna, tenho que (tentar) evitar isso, pois minha última foi no domingo! Daí fui tomar uma ducha gelada as 2h da manhã! Nem acredito que consegui encarar. Deu uma aliviada sim!
Dei uma lida em uns diários, mas tô meio cansado e acho que não vou comentar hoje, vou meditar uns minutos e depois ir dormir.

Ow galera, gosto muito de vocês! Mta força pra todos nós! Vamo que vamo! Abraços!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Marco
Mensagens : 1159
Data de inscrição : 09/01/2017

Re: Diário do Brit

em 30/3/2017, 21:49
Brit, meu irmão.

Fico feliz que você esteja feliz. Como é bom vermos que o nosso reboot caminha. Há dias de dificuldade e há dias bons, como esse seu.

Eu tenho uma ideia que é a seguinte: os dias bons são os dias em que nós superamos alguma dificuldade nossa, são os dias que superamos algum desafio por menores que sejam. Isso nos faz sentir bem. Exemplo, eu no 21º dia do reboot. Foi o dia que passei inteiramente fora de casa. Se tivesse cedido à minha ansiedade teria ficado em casa frustrado. Eu a enfrentei e tive um dia maravilhoso. Me superei. O seu diário, meu amigo, está cheio de exemplos vide o período do carnaval. E hoje foi um deles. Você acordou disposto a ser uma pessoa melhor, prometeu a si mesmo que o dia seria bom e enfrentou o dia. Vc superou o estresse e se manteve sereno o que evidencia o poder de sua vontade sobre as adversidades. Meu caro, se em algum momento você se pensou fraco seu diário revela o contrário. Ao final do dia preferiu encarar um banho frio de madrugada a atiçar o vício. Tudo isso com bom humor e disposição. O resultado é esse relato bem-humorado e leve que faz a gente ter fé no reboot e desejar seguir seus passos para termos um dia como esse seu.

Nobre amigo, deixo aqui meus agradecimentos por estar me acompanhado desde o começo. Eu caí duas vezes e tu fostes pedir lá o meu retorno. Registro aqui que lhe acompanharei sempre e lerei com muito gosto sua história de sucesso.

Seu diário está numa lista de favoritos para eu ler (reler no caso). Seus relatos são tirados da alma e falam com profundidade do desafio que enfrentamos. Mas primeiro eu tenho que vencer a montanha que é o diário do Broda kkkk

Abraço.

Sucesso hoje e sempre. Força Brit!

_______________________________________
"Expecta Dominum viriliter age et confortetur cor tuum et sustine Dominum"


avatar
Fake Anonimous
Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/01/2017

Re: Diário do Brit

em 31/3/2017, 19:34
Fala Brit blz.

Como andam as coisas.

Trocar o dia pela noite! Eu também faço muito, .as curiosamente na última semana consegui atenuar isso. Tenho acordado às 09:30H.

O ruim disso é ficar a noite sem ter o que fazer e consequentemente ir pra Net cheia de gatilhos.

Fiquemos firmes colega... Até mais um abraço

_______________________________________



Visitem aqui meu DIÁRIO
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

45º dia

em 31/3/2017, 20:38
Fake Anonimous obrigado pela força brother! Isso da madrugada eu sempre gostei, mas acaba prejudicando o dia seguinte, é mais isso que me incomoda, pois vc já acorda tarde etc... amanhã vou acordar bem cedo pra ir fazer um bate e volta pra praia, depois conto como foi. Abs!

Marco obrigado pela força cara! A todo o momento eu me sinto um fraco Sad
As suas palavras me tocaram demais e me deram mta força, eu tinha lido ontem, mas não estava com o humor justo para respondê-lo.
Engraçado que eu tinha achado o meu relato passado meio bosta... Achei mto bonito isso que vc disse:
Seus relatos são tirados da alma
essa é a única coisa com a qual eu realmente me importo, em ser honesto aqui, em mostrar como eu sou, até como forma de eu mesmo me entender, pois não sei dizer direito. Saber que de alguma forma vc percebeu isso me emociona. É nóis man!

Esse exercício da escrita, eu não estava acostumado a isso, pois exige uma atitude ativa e eu sinto mais facilidade em ter atitudes passivas (não queria usar o termo mas não veio nada melhor na minha mente), sou mais de ler do que de escrever, sou mais de ouvir do que de falar, não necessariamente por gostar disso, mas por ser mais cômodo e me expor menos assim. Por isso, a minha razão de manter meu diário é essa de tentar me abrir com vcs da forma mais verdadeira possível, caso contrário não vejo sentido nisso.

Atualizando o diário...
Na quarta estava cansado fisicamente depois das atividades de seg e ter, daí resolvi ficar sem fazer nada em casa... pior decisão. Acabei me deparando com um gatilho, mas consegui me controlar. Foi um dia bem bosta e comecei a ficar desanimado. A tarde fui tomar um banho gelado pelo gatilho que eu vi, só que dessa vez foi mto sofrido, estava quase chorando no banho.
Na quinta continuei desanimado, mas saí pra almoçar no shopping. Fui de óculos de sol e chegando lá pendurei o óculos na gola da camiseta, estava no estilo "o transão", mas teve um momento que fiquei envergonhado por estar assim, sei lá... mto arrumado? Acho que isso é minha baixa autoestima. Outra coisa que tá foda: qualquer coisa já me emociono e meus olhos chegam a marejar. Sabem aquelas músicas de fundo que toca no shopping? Então, eu tava lá esperando a comida e ouvindo a música, daí teve uma hora que a música que tocou me deu uma tristeza.
Dps saí de lá e fui no dar uma volta, andei pra caramba e fui ouvindo umas músicas mais animadas, fui no mercado, voltei pra casa e fui pro treino. Me cansei. Dps entrei no fórum, mas não tava no humor pra comentar nada, mas li a mensagem de apoio do Marco e aquilo ficou matutando na minha cabeça, principalmente a injeção de ânimo e o que ele me disse sobre superarmos a nós mesmos.

Hoje...
Acordei desanimado e fui fazer meu yoga (sem a mínima vontade)... tem uma hora que o cara do vídeo fala pra nós prestarmos atenção no que estamos pensando naquele momento. Eu na hora respondi: tô pensando que estou cansado e quero que isso aqui acabe logo etc. só reclamando, daí ele continuou dizendo... se vc teve pensamentos negativos perceba se esses pensamentos não estão sendo uma constante na sua vida. Eu vi que sim estão.
Li de novo o fórum. Saí de casa e fiz várias coisas: feira, mercado, banco (como estava acordando tarde nunca dava tempo de ir, estava precisando mto ir).

Amanhã vou pra praia com aquele casal de amigos, e a minha amiga vai levar a irmã dela. Eu não a conheço, mas já a vi uma vez, não é o tipo que me atrai, ela é um pouco fortinha e não é mto feminina. Espero que ela seja legal, mas não vou forçar nada, se bem que seria legal dar uns beijos, que faz tempo que não dou.

Ah! Todos esses dias acordei seco cheers

Uma última reflexão...
Uma coisa acho que consigo dizer sobre mim é que sou determinado, apesar da procrastinação e preguiça que sinto. Essa determinação eu percebo que é fruto de uma cobrança que eu faço, essa cobrança me diz que eu já estou muito atrasado na vida e que não posso perder mais tempo.

Esse sentimento me acompanha há bastante tempo. Eu entrei na universidade com 20 anos, depois de ter feito 2 anos de cursinho, quando eu entrei, me achava mto velho e mto mais maduro do que os outros, pois vários colegas meus eram mais novos 18, 19 anos. Isso me dava essa sensação de que eu não podia perder tempo, meus colegas se formariam com 22 e eu com 24, eu pensava: quando eles tiverem com 24 eles poderão já ter concluído o mestrado... daí esses dias me deparei com uma foto minha do primeiro ano de faculdade (eu não costumo tirar mtas fotos) e quando me olhei eu vi um muleque tão novo ali, uma cara de menino ainda e me veio isso em mente, cara eu era só um mlk, como eu tinha essa visão errada de mim mesmo!

Essa minha determinação me afasta de PMO completamente. Por isso sei que vou concluir o reboot e não me permito recaídas (mesmo eu já tendo um resset). Eu sinto que essa minha determinação é suficiente pra não praticar PMO nunca mais depois de saber tudo o que eu sei. Isso pode parecer bom né? Não pra mim... isso me faz ficar pensando, será que sou realmente viciado? Todo mundo fala sobre bloqueadores e talz, mas eu realmente não me importo com isso. Eu fico pensando, eu sei que consumi P por anos, mas será que isso não era só uma coisa que eu fazia pra preencher o tempo ocioso que sempre foi mto grande? O que me conforta é saber que existem caras que conseguiram vencer o reboot sem bloqueadores, apenas pela sua força de vontade, um desses caras que comentou aqui é o Ryudo. Então isso me dá força. Quis dizer isso aqui, pois pode ser que alguém tenha esses pensamentos e identificar alguém na mesma situação é sempre reconfortante.

AHHHHHHHHHHHHHH mto obrigado por terem lido tudo! Vcs sao demais! Kkk
Força pra nóis! Abração do Brit!
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

47º dia

em 2/4/2017, 07:43
Bom dia pessoal!
Há um tempo eu não conseguia curtir uma manhã e hoje estou curtindo, espero manter meus horários de sono mais estáveis a partir de agora, é muito boa a sensação de conseguir aproveitar bem o dia. Acordei umas 6h e enrolei um pouco na cama, estava com fome, mas aqui em casa não tinha nada, decidi ir à padaria no estilo "se você não fizer algo por você ninguém irá", chegando lá dei com a porta na cara, o que eu fiz, sentei no banco da praça e fiquei lá ouvindo rádio e tirando umas fotos enquanto esperava a padaria abrir Smile pra mim isso é um avanço pois representa um maior autocontrole quando as coisas não vão como espero, é um exemplo bobo, mas esse tipo de coisa me tirava do sério antes. Tive um ótimo café da manhã ouvindo música, agora tô aqui no fórum e ainda tenho um dia inteiro pela frente.

Ontem na praia foi de boas, nada tããããooo super legal, mas foi gostoso. Só uma hora que a irmã da minha amiga colocou uns funk pra tocar no carro, todos só falando putaria, ouvi 1, ouvi 2, ouvi 3, ouvi 4, pedia pra tirar e nada, daí não aguentei e dei um jeito de desligar o negócio e o clima ficou um pouco chato... foda-se, não vem estragar meu reboot!!!!!! Mas depois na praia pude curtir, relaxar e me cansar...

Me esforçar na socialização é importante. Ano passado deixei de ir no casamento de uns amigos pq eu não estava bem comigo mesmo, se fosse hoje eu jamais deixaria de ir, pois teria que vir aqui dizer pra vcs e isso doeria pra mim. Além dessa vez, em várias ocasiões em que eu ia pra alguma festa, com mto esforço, a pedido dos meus amigos, eu dava um jeito de sumir, ficava indo no banheiro só esperando o tempo passar, ou saía, dava uma volta e retornava como se eu estivesse ali o tempo todo curtindo e eles que não tinham me visto. Ridículo! Superar a barreira da socialização deve me ajudar também a barreira da paquera que pra mim ainda é gigante.

Sobre o que eu falei antes, não vou pensar naquilo e sim que de qualquer forma estou me livrando de um hábito prejudicial, pq ao menos isso é certo, PMO era um hábito pra mim.

Bom domingo pessoal!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Stark
Moderador
Moderador
Mensagens : 1376
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 19
Localização : Torre Stark

Re: Diário do Brit

em 2/4/2017, 10:17
Eai grande Brit!!
Que contadores bonitos hein.

Isso de acordar cedo é realmente muito importante, é como se o dia ganhasse algumas horinhas a mais, infelizmente estou perdendo esse habito, pois pra mim é sempre mais fácil trocar o dia pela noite. Eu também percebo esse beneficio de "curtir mais os momentos", isso prova que não existe momentos ruins, isso depende de como decidimos "enxergar" a situação.

Sobre os funk... fez foi certo kkkkk tem é que colocar moral mesmo kkkkk Só tome cuidado pra não passar aquela imagem de "cara chato que não respeita os gostos dos outros", isso pode não ser bom, mas se for entre amigos(as) então tem é que desligar mesmo hehehe.

Continue assim parceiro, esse é o caminho.
Abrçs.

_______________________________________
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1213
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário do Brit

em 2/4/2017, 12:03
Muitos avanços Brit, parabéns. Me identifico contigo nessa questão de ser determinado. Apesar das dificuldades nunca desisti de nem um projeto que tenha começado.
Sobre esses períodos de melancolia no reboot, acontecem mesmo, mas vejo que vc está tirando de letra.
Mais uma vez parabéns e obrigado pelo apoio que tem me dado.

_______________________________________
Sem PMO desde 10 de dezembro de 2017
avatar
Broda
Mensagens : 1470
Data de inscrição : 10/12/2015

Re: Diário do Brit

em 2/4/2017, 15:08
"Essa determinação eu percebo que é fruto de uma cobrança que eu faço, essa cobrança me diz que eu já estou muito atrasado na vida e que não posso perder mais tempo."

Essa frase significa muito Bro. Quando notei que o meu tempo para ser medíocre acabou, o negócio começou a andar. Parabéns por já ter feito mais da metade do caminho, fiquei feliz ao ver que você seguiu algumas das ideias do meu diário!

Acompanhando, abração!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário do Brit

em 2/4/2017, 20:52
Boa noite pessoal!
Então... de ontem pra hoje eu gripei, de manhã não comentei pois parecia estar melhor, mas durante o dia vi que estava gripado mesmo, daí passei o dia em repouso. Desde que comecei o reboot é a primeira vez que pego alguma coisa kkk

A tarde fui dormi e adivinhem? Polução! Outra vez foi um sonho desagradável, tinha achado que tinha ressetado, ainda bem que não. Acordei qdo fui ter O, reparei que a ereção se manteve por um bom tempo após a ejaculação acho que uns 20 min até baixar. Achei isso bom.

Li os relatos de hoje, mas estou com dor de cabeça e deixarei pra comentar amanhã. Só quis agradecer a vcs três pelo apoio.

Stark é mano, tá ficando bom! Estou pensando em fazer um relato edição especial quando chegar nos 50 dias que foi quando ressetei... gosto muito de trocar ideia aqui contigo, esses poucos dias que vc se ausentou fez falta, mas eu sentia que vc estava bem, não me preocupei, fico feliz por não ter me enganado. Obrigado demais pela força, significa muito pra mim você aqui. Depois irei comentar lá no seu diário. Abs!

TGuerreiro eu que só tenho a te agradecer! Eu acho que sou meio contraditório pois já desisti de várias coisas, mas não naquelas em que eu realmente acreditava. O reboot é uma dessas coisas em que eu acredito. Geralmente sou cético e desconfiado, mas o e-book fez sentido demais pra mim pra que eu conseguisse ignorá-lo. Simplesmente não dá. Espero que meu humor dê mesmo uma estabilizada, obrigado por me lembrar que isso acontece mesmo. Essas palavras de identificação são um alento no peito e são sempre muito importantes. Abs!

Broda te agradeço demais pela força, por aparecer aqui e comentar, mano significa mto pra mim também. Falou tudo brother, o tempo da mediocridade acabou, eu já vivi sob o lema "deixa a vida me levar" hoje sei que sem planos e sem atitudes não vamos pra lugar nenhum. Tenho seguido seu diário e as suas dicas lá sim, inclusive habilitei o modo restrito no you tube, nem sabia que tinha isso, como eu disse acredito mais na minha força de vontade do que nos bloqueadores (no começo acho que foram mais importantes), mas não custa nada se precaver. Abs!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 288
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: Diário do Brit

em 3/4/2017, 08:58
Brit, lendo seu último relato até estranho que não tenha tido uma polução sequer desde que comecei o reboot. Não sei é a posição que durmo, mas não tive de jeito nenhum. Às vezes percebo que alguns resíduos saem com a urina ou quando tenho uns amassos mais intensos com minha namorada (sem sexo, já que nos abstemos, por ora). Acredito que ao longo do reboot tive uns 2 ou 3 sonhos eróticos e, mesmo assim, não houve polução.
Não fico preocupado com isso e nem vou usar isso como desculpa para me M... só achei curioso mesmo.
Força, meu irmão, você está indo muito bem.
Já percebeu que está há quase 100 dias sem M? Apesar de alguns dizerem aqui que a M é permitida sem fantasiar, acho muito difícil dissociá-la de qualquer fantasia ou, quando se M, não deixar de cair também na P... Enfim, 100 dias sem M é uma vitória e tanto. Particularmente, eu me sentia mais mal quando caía na M do que quando via P. Claro que a causa de tudo era a P, mas acreditava que uma ou outra espiadinha sem M era menos ofensivo, já que não estava buscando uma satisfação genital fora do sexo ou da relação a dois.
Enfim, parabéns pelos 100 dias sem M e pelos quase 50 sem PO.

_______________________________________
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1213
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário do Brit

em 4/4/2017, 12:33
Eu também achava estranho não ter polução, mas dando uma pesquisada vi que é normal. Inclusive, descobri que ter poluções demais pode ser mau sinal, por conta de ansiedade, preocupações e outros fatores que mexam com os nervos.
No meu caso Renovatio, acontece o mesmo que com você, o excesso de sêmen sai com a urina, quando o jato está acabando.

_______________________________________
Sem PMO desde 10 de dezembro de 2017
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Resset

em 5/4/2017, 02:03
Pessoal, me desculpem, mas eu caí...
Caí na segunda e caí na terça.
Pensei em voltar aqui só depois de ter uns dias no contador, para que ninguém se sentisse mal por mim, mas considero que me afastar do fórum só vai ser prejudicial.
Pensei em vir aqui apenas para dizer que caí e não dar mtos detalhes, mas, sei lá, decidi compartilhar como foi, vai que ajuda alguém, e também me sentirei melhor colocando isso pra fora pois são 3h da manhã e não consigo dormir...
Nada pode justificar o ocorrido. Eu tinha noção do que estava fazendo. Não me importei com nada nem ninguém. Eu quis cair. Só me importei em sentir prazer no momento.

Na segunda estava gripado, naquela noite tive duas poluções noturnas. Acordei numa fissura enorme e não tive forças para combatê-las.
Cedi aos pensamentos que vieram a mente. Uma voz dizia que ao me permitir fantasiar eu estava ressetando, eu a ignorei. Ali começou a minha queda.
Eu já disse aqui que fui escalando para gêneros de P que conscientemente me desagradam, e frequentemente esses pensamentos ainda retornam, mas como eles me desagradam esses eu combato com certa facilidade. Só que dessa vez os flashs que apareceram foram de P mais normal e a eles eu cedi, meio que me satisfazendo por eles terem aparecido.

No momento em que cedi a esses pensamentos eu sabia que ia ter que ressetar, daí minha vontade de concluir aquilo em M me dominou. Depois de 100 dias sem M eu merecia, dizia a mim mesmo.
Passei o dia à procura de assuntos gatilhos e acabei me deparando com alguns. Não consumi P propriamente dita, mas conteúdos mais leves como vídeos do you tube que de qualquer forma alimentaram minha excitação.
Fiquei nesse estado de fissura, teve um momento em que percebi que tinha um monte de abas abertas e eu estava tendo o mesmo comportamento de quando estava viciado em P. Procurando o vídeo perfeito.

Ainda não tinha praticado M, mas estava decidido a fazer. Parei tudo e fui tomar um banho. Mas daí já era tarde, o incômodo na região genital estava forte demais, mal conseguia andar, eu precisava aliviar... assim sucumbi a M, sem a presença de nada, nenhum gatilho. Mas eu acredito que praticar M sem recorrer a nada é impossível, mesmo que isso ocorra inconscientemente.

Depois disso estava me sentindo bem, não me senti culpado nem nada.

Estava me sentindo ainda mais determinado para fazer um reboot melhor e estava com um monte de planos de como seria. Não iria ficar mais no meu quarto a não ser quando fosse ir dormir. Não iria usar o pc a não ser para um uso com propósito determinado. Iria ler mais e etc. Estava mais determinado do que nunca.

Aí chegou a terça.
Acordei na fissura lembrando o que acontecera. Saí de casa, almocei fora, fui ao mercado, mas assim que cheguei em casa me deixei levar por pensamentos de que eu devia praticar M mais uma vez, pois tanto fazia eu estar um dia a mais ou a menos em reboot. Cedi.

Dessa vez fiquei mal depois. Saí de casa, fui ao treino, pensamentos negativos e sentimento de vergonha me acompanharam por todo o caminho. Eu tinha medo de que o treino seria péssimo. Apesar de tudo foi bom.

Nesse momento tenho até medo de ficar no pc. Eu devia ter tido esse medo há mto tempo atrás.
Em algum momento, eu visitei o fórum e me senti mal ao ver meus amigos rebooters se esforçando enquanto eu caía. Mesmo assim eu só sabia dizer, vc já ultrapassou o limite para um resset, agora já está tarde demais, conclua e depois sim recomece.

Agora estou aqui de volta, no final da fila.
Sinto muito mesmo. Para mim, estamos numa luta coletiva e eu pisei na bola com todos.

Preciso me lembrar que:
Aqueles caras legais e fodas que eu admiro, você não terá a amizade deles enquanto consumir P e se M. Isso não combina com eles.
Aquelas mulheres que você gosta e outras que você possa vir a gostar, nenhuma delas merece um cara que se afunda em PMO.
Aquele cara que você quer ser, na vida desse cara não há espaço para PMO. A vida dele é incompatível com isso. Enquanto você não estiver consumindo P e se M, você estará vivendo a vida como a desse cara que você quer ser.
Quando se entregar a PMO você estará se afastando de todo mundo e do cara que você quer ser.

É com vergonha que clico "Enviar"

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
skullandbones
Mensagens : 137
Data de inscrição : 14/12/2016

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 13:11
Fala Brit meu brother !!!
Cara.. Ninguém se afoga por cair na água, mas por permanecer nela.
É uma merda recair.. Eu recaí vinte vezes até conseguir acertar um período. Pode parecer um discurso barato, mas o importante realmente é não desistir. É claro que teria sido muito melhor se não tivesse recaído, mas agora que recaiu, tape os furos no seu barco, e continue a remar. Se caiu segunda e caiu terça, hoje é quarta feira ! Um novo dia ! Levanta e começa de novo.

A grande questão é porque recaiu ? Foi uma brecha nos bloqueadores ? Foi uma rede social que acionou um gatilho ? Foi uma lembrança de alguma fantasia ? Não importa o que tenha sido. Corrija, e corrija já.

E em breve sua contagem de dias vai estar nas alturas novamente.
Esse é o ano para nos livrarmos do vício, então bora lá ! Sem perder tempo, vamos corrigir as falhas e correr atrás da vitória.

Força cara ! Não se afaste do fórum e não desista de você mesmo.

Skull

_______________________________________
Quem dá desculpas não dá resultados.
Vamos vencer !
#VamoVamoChapeee !

"Plante qualquer semente de pensamento na sua mente e ela florescerá, se ramificará e dará frutos. Alguns muito amargos e irreparáveis. O reboot é uma questão de podar essa árvore e ir arrancando cada vez mais esses galhos até chegar na raiz"

Acompanhe meu diário aqui


avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 13:36
Obrigado pelo apoio skullandbones... agora a ficha do que eu fiz está caindo e a sensação é horrível. Não queria que vc lesse que eu caí, sabe quando vc faz algo errado e daí as pessoas vão descobrindo e vc tem que encará-las? Essa é minha sensação agora.
Outro dia tinha me deparado com um gatilho e acho que aquilo ficou na minha cabeça de que eu iria fazer um reboot sujo, daí minha gripe me desanimou tbém... Tudo isso foi uma grande besteira de um viciado tentando se justificar, acabei cedendo para uns flashs P, fiquei fantasiando e depois ao invés de parar me deixei dominar pelo pensamento: já que caiu, aproveita! A sorte é que não cheguei a ver nenhum vídeo P propriamente dito, mas faltou pouco, e procurei outros estímulos que são derivações de P.
Você tem toda razão! Tenho que ser homem e superar o que fiz, seguir em frente. Obrigado por me estender a mão e me ajudar a me levantar.

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Broda
Mensagens : 1470
Data de inscrição : 10/12/2015

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 13:59
Fala Bro!

Sem pedir desCULPAS. Se culpar é bobagem, é contra-produtivo e ainda é contra o próprio método que seguimos aqui. Aconteceu a recaída? Bola pra frente! Corrija o que deu errado, monte uma estratégia para quando bater a fissura (postei um relato sobre isso no meu diário hoje) e volte com tudo. Pense nisso como oportunidade de fazer tudo isso ainda melhor, se não foi dessa vez é porque ainda não era a hora, se prepare ainda melhor que com certeza você consegue.

Não desista, até eu completar os primeiros 90 dias eu tive recaídas com 48 dias, 54, 32 e por aí vai, ou seja, chegando longe mas nem tanto. De tanto insistir, uma hora foi.

Continuarei torcendo por você e te acompanhando, abração!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Dom_Quixote
Mensagens : 98
Data de inscrição : 04/01/2017

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 14:44
Cada dia que você ficou sem, foi um dia ganho, foi uma conquista que não se apaga. Antes de iniciarmos o reboot o que éramos afinal? um monte de viciados que se masturbava de forma frequente todos os dias, e olha pra vc agora mano! vc conseguiu uma ótima marca sem se masturbar, vc já não é o mesmo quando iniciou. Agora é aprender ainda mais com essa recaída ( que é algo normal no processo) e seguir adiante!

_______________________________________
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1213
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 16:00
Fala Brit! Tinha entrado aqui rapidão e não vi que você também deu uma vacilada, triste coincidência. A galera já te deu várias dicas e a mais importante é: não se culpe. A culpa só vai fazer você ficar mais fragilizado, dificultando sua recuperação. Sua mente pode usar isso pra te levar a consumir mais pornografia como forma de aliviar o sofrimento.
Estimo melhoras e que possamos superar esse contratempo.
Abs

_______________________________________
Sem PMO desde 10 de dezembro de 2017
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 288
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 16:05
Brit, uma pena mesmo.
Recair é uma merda, o cara se sente mal, acredita que não tem jeito, que a luta está perdida. Eu sei exatamente o que você sente. Cada vez que eu recaí eu tive a mesma sensação: eu me sentia péssimo, dizia que aquela era a última vez, que não era possível que dessa vez eu conseguisse... e então, depois de uma ou duas semanas, eu estava outra vez no meio da lama.
O foda desse vício é que ele nos engana direitinho. Até cair, achamos que será ótimo se entregar à P e M, que DESSA VEZ será diferente das outras. Um dos grandes "problemas" do ser humano, a meu ver, é que as experiências vividas - boas ou más - vão se apagando da nossa sensibilidade, da nossa imaginação, da nossa memória. O que antes era uma sensação intensa e clara ao nosso entendimento (seja a de um prazer autêntico, como o do amor verdadeiro, seja a de um falso prazer, como o da PMO) vai se apagando e se tornando uma abstração, somente uma ideia. Aquilo que antes era vívido e intenso vai se tornando uma ideia. E ideias são frias, porque estão somente na nossa razão. E por mais que a gente tente revivê-las na mente, elas nunca serão tão intensas como quando vividas na prática. Essa é a merda da PMO: a gente busca achando que é um prazer bom e quando cai fica numa tristeza terrível. Essa tristeza nos motiva a recomeçar, a sacudir a poeira, a criar verdadeira repulsa pelo vício a ponto de nos afastarmos dele por uns tempos. O problema é que essa tristeza que antes era intensa vai se esfriando e fica na nossa razão apenas a ideia de que P é mau, não faz bem. E aí a gente começa a penar: por que é mau? Eu me senti bem pra caralho quando me M! Aí a gente cai de novo... Isso pode se tornar um ciclo sem fim.
Viva positivamente o presente, mas não esqueça nunca dessa sensação que você experimenta agora. Que ela sirva de motivação para voltar a começar. Mas não deixe jamais que essa sensação vá esfriando com o tempo. Um dia ela vai esfriar, vai se tornar, de novo, apenas uma ideia abstrata na nossa cabeça. Nesse momento, você deverá pensar em tudo de bom que você conseguiu sem PMO, todas as conquistas. E se não tiver nenhuma visível, pense ao menos em você mesmo.
Quando estiver sereno, sem fissuras, sugiro pensar na queda, também abstratamente. Gostaria de cair? Claro que não. Pensar na possibilidade da queda nos faz manter a vigilância e a humildade para não nos sentirmos autossuficientes, para não achar que a batalha está ganha.
Em suma, tenha um são "temor" da P, veja-a como o pior que pode acontecer na sua vida e não deixe que esse sentimento se apague com o tempo.
Mantenha o foco e, mesmo que possa causar vergonha a queda, não nos abandone.
Tudo isso que eu escrevi pode servir para mim um dia. Nenhum de nós está imune à queda. Acho que a presunção é um ingrediente presente em toda queda.
Aproveito para compartilhar um texto que o Spirtum Novus escreveu no meu diário, logo no começo, quando eu falava dos meus gatilhos. Acho válido. Força, meu irmão!


Em seu texto "Meus gatilhos" do dia 15/01/2017, você fala "...já que 'estava na merda', eu me afundava totalmente nela...".
Pois é, eu conheço uma expressão que diz: "O que é um peido pra quem tá cagado"
Esta expressão é uma desculpa esfarrapada pra fazer um monte de coisa errada e continuar no erro, são falsas racionalizações que a gente tem que bloquear!

Muitas e muitas vezes o "peido", neste caso vem sempre acompanhado de uma "diarreia descontrolada"! Então se o cara tá "cagado", vai ficar ainda mais borrado!

Esta sim é a desculpa do fracassado! "Deixa a vida me levar" é o maior desserviço que o Zeca Pagodinho poderia fazer pela humanidade! A gente é que tem que tomar as rédeas da nossa vida!

_______________________________________
avatar
Fake Anonimous
Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/01/2017

Re: Diário do Brit

em 5/4/2017, 17:21
Fala Brit
Cara sua recaída foi leve resetou (retornou) muito pouco o seu reboot.
Algumas considerações:
1° Vc diz que não consumiu PMO propriamente dita.
2° Alguns entendem que masturbação é permitido em um reboot.
3° Você está solteiro no momento.

Cara, na moral, se eu estivesse solteiro e fizesse o reboot sem ter sexo no período eu consideraria uma masturbação até o orgasmo, tentando não pensar em nada, pelo menos uma vez por mês.
Acho que a natureza do homem necessita de um alívio.

Mas cada um sabe de suas necessidades e conhece a si mesmo.

De todo modo, o seu ganho até hoje ninguém tira.

Costumo dizer que quem reseta, nunca começa do zero, pois está sempre na frente de quem conheceu o método agora é iniciou o reboot agora.

Vamos firmes


_______________________________________



Visitem aqui meu DIÁRIO
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Agradecimentos

em 5/4/2017, 18:02
Agradeço pela força pessoal: Fake Anonimous, Renovato, TGuerreiro, Dom_Quixote e Broda. Meu dia foi melhor graças a vocês. Fizeram toda a diferença para que eu recomeçasse meu reboot.

Fake Anonimous é brother já nem sei mais nada viu. É que eu não quero mais ser esse cara que fica na M para se aliviar, não posso continuar nisso, além do que, a gente começa com o plano de fazer uma vez por mês, depois acaba desandando. Isso do corpo precisar de um alívio eu acabo tendo com as poluções noturnas também né, só que elas são quase sempre tão traumáticas que talvez de fato seja melhor eu me M. Não sei. Sobre meus ganhos é verdade, ninguém tira, mas ao mesmo tempo assusta como a gente pode desandar rapidamente... só que o próprio fato de naquele momento de fissura extrema eu ter conseguido não procurar por vídeos P, acho que até isso é um ganho do reboot. É por isso tudo que devo permanecer nele.

Renovatio cara vc falou tudo que eu sinto, são exatamente esses pensamentos, incrível como os nossos relatos, diários, emoções e percepções se confundem uns com os outros, mas isso tem o lado bom de saber que outros caras sentem as coisas da mesma forma que eu. Isso me conforta e me dá esperança de que eu sou um cara normal e que logo estarei bem também. Você acertou, fui presunçoso mesmo, tinha esquecido a vida de viciado em PMO, fui seduzido pela mentira de que M ia ser bom, hoje percebo o perigo que esse esquecimento pode causar. Obrigado por todos os alertas que te fizeram recair depois de se levantar achando que "daquela vez" teria sucesso, exatamente o que eu senti, só que agora já não tenho mais essa confiança toda e talvez isso seja algo bom para manter os pés no chão. Eu acho que já conferi o diário do Spiritum Novus, mas vou voltar nele. Também conheço e já usei várias vezes essa expressão chula para justificar coisas erradas. E a expressão deixa a vida me levar, eu cheguei a comentar aqui algo parecido com o que ele disse, talvez essa ideia eu tenha tirado do diário dele mesmo, é bem provável.

TGuerreiro infeliz a nossa sincronicidade. O meu medo ao retornar ao fórum era causar um efeito dominó entre os que leem meu diário e quando vi o teu relato já assumi a culpa. Porém, se podemos nos influenciar negativamente, podemos nos influenciar positivamente tbém. Então, assim como vc, estarei tentando até vencer de vez.

Dom_Quixote é verdade mano, vou me focar nisso, dos ganhos que tive e aproveitar esse momento como um aprendizado. Tudo acontece por uma razão, talvez se eu nunca tivesse caído e concluísse o reboot, talvez no futuro se eu recaísse eu não teria o aprendizado que estou tendo agora para me dar forças e me levantar. Obrigado por me acompanhar cara, você disse que acompanhava e está aqui mesmo. Assim que der dou um pulo no teu diário também, na verdade já li a tua história, aguardo vc dar uma atualizada lá para comentar algo.

Broda agradeço os conselhos e deixo registrado aqui que devo trabalhar em algum plano e método para seguir quando tiver uma fissura forte como essa que me fez cair. Isso da culpa, não sei se meu entendimento é errado sobre o e-book, mas eu entendo que uma coisa é vc se sentir culpado por ser quem vc é, outra é vc se sentir culpado por algo que fez. O e-book me ajudou a superar a culpa de ser quem eu sou e achar que tinha algo errado comigo, mas nesse momento a culpa que sinto é por ter feito o que eu fiz. De qualquer forma, fica o aprendizado de que foi uma falha do meu processo de recuperação que estava entregue a sorte de eu não ter um plano para quando eu quisesse cair. Eu achava que não iria querer cair, mas acabei esquecendo que era um viciado e não consegui me controlar tão bem quanto eu achava que iria.

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

1º dia

em 5/4/2017, 18:20
Finalmente se passaram 24 horas do meu resset.

1º dia concluído!
Estou assimilando tudo o que aconteceu e refletindo sobre as mensagens de apoio que recebi. Uma coisa é inegável, o reboot está mudando a minha vida, e até a forma como eu encaro o resset é um pouco mais madura, mas nem por isso é menos difícil.

Ainda estou me recuperando da gripe e fiquei descansando em casa, mas saí do meu quarto assim que acordei e passei o dia na sala vendo tv, não é a melhor coisa mas me mantive afastado de PMO. Também fiz minha prática de yoga.

Agora só faltam 89 dias.

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Marco
Mensagens : 1159
Data de inscrição : 09/01/2017

Re: Diário do Brit

em 6/4/2017, 09:18
Olá meu amigo. Sinto estar falando no seu diário apenas agora. Sinto sua queda como uma queda minha. Essa frustração e culpa que aparecem, sei como você se sentiu. Olha, o importante é que você já retomou a luta e saiba isso: você não está só. Olhando como a galera aqui te apoiou só reforçou em mim a necessidade de continuar no fórum.

Meu amigo, há poucos dias atrás você escreveu essas palavras:

Brit escreveu:Uma coisa acho que consigo dizer sobre mim é que sou determinado, apesar da procrastinação e preguiça que sinto. Essa determinação eu percebo que é fruto de uma cobrança que eu faço, essa cobrança me diz que eu já estou muito atrasado na vida e que não posso perder mais tempo.

Esse sentimento me acompanha há bastante tempo. Eu entrei na universidade com 20 anos, depois de ter feito 2 anos de cursinho, quando eu entrei, me achava mto velho e mto mais maduro do que os outros, pois vários colegas meus eram mais novos 18, 19 anos. Isso me dava essa sensação de que eu não podia perder tempo, meus colegas se formariam com 22 e eu com 24, eu pensava: quando eles tiverem com 24 eles poderão já ter concluído o mestrado... daí esses dias me deparei com uma foto minha do primeiro ano de faculdade (eu não costumo tirar mtas fotos) e quando me olhei eu vi um muleque tão novo ali, uma cara de menino ainda e me veio isso em mente, cara eu era só um mlk, como eu tinha essa visão errada de mim mesmo!

Hora de resgatar esse "Brit". Não deixe esse Brit determinado e forte se perder e se derrotar. Força. Estamos contigo.

Sucesso meu amigo.

Abraço.

_______________________________________
"Expecta Dominum viriliter age et confortetur cor tuum et sustine Dominum"


avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

3º dia

em 7/4/2017, 18:07
Terceiro dia já galera!

Marco obrigado pelo apoio, não se preocupe, pois eu sabia que mais cedo, mais tarde, vc ia aparecer aqui, e tenho sempre a certeza de que vc está torcendo por mim. Sinto-me mal por ter compartilhado esse momento ruim contigo, mas faz parte da vida. Obrigado de coração. Hoje já estou melhor graças ao apoio de todos vocês aqui.

Caras, sério, muito obrigado pela força! Nem acreditei que recebi tanto apoio. Refleti bastante sobre tudo e quero dizer para ficarem tranquilos, pois eu estou bem mais tranquilo.
Após zerar o contador dá essa impressão de que começamos do zero, mas isso não é verdade, não é pq eu me M que voltei a estaca zero, nada disso. O mais importante é continuar nesse processo de restauração da minha vida, os 90 dias serão marcados no contador como consequência. É difícil combater algo que parece ser bom. Quando descobrimos o e-book e começamos o reboot está muito claro que PMO é ruim, mas o tempo vai passando e essa memória vai se apagando e aí mora o risco de recair.

Atualizando...
ontem fui pro meu treino e foi muito bom! Realmente é fundamental nós termos essas atividades de religação. Infelizmente continuo procrastinando demais e com os horários de sono desregulados. Amanhã terei um aniversário de um tio pra ir, não estou com muita vontade, mas vou.

Sabem, a verdade é que a vida não tá fácil e que fora o fórum e o reboot não tenho nada.
Sem amigos, sem trabalho e sem mulher, aos olhos de qualquer um, um perfeito fracassado. É preciso ter paciência pra resolver toda essa situação. Além disso, tenho duas coisas mto importante e vou me apegar a elas: o reboot me dá um objetivo nobre pelo qual levantar da cama todas as manhãs e vcs do fórum são meus amigos mais próximos e são uma luz no meu mundo de solidão, se importam comigo e eu com vocês, essa troca é muito boa.

Só faltam 87 dias...

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum