Meu Diário - A última esperança

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 14/1/2017, 20:22

Olá a todos, tenho 22 anos e gostaria de contar um pouco da minha história e como o vício em masturbação e P. arruinou a minha vida.

Sempre fui uma criança brincalhona e que gostava de sair e brincar na rua, nada de ficar em casa trancafiado. Gostava de jogar bola, escalar muros e comer frutinhas das árvores, então, aos 8 anos, eu descobri a masturbação. Primeiro era aquela sensaçãozinha boa, depois o relaxamento. E como eu não tinha esperma me masturbava diariamente sem problema algum. Dos 9 e 10 anos eu já frequentava a casa dos meus amigos para ver fotos de mulher pelada, revistas e Internet. Nesse meio tempo eu já fantasia sexo com as coleguinhas da escola, eram vários tipos de fantasias, algumas até adultas demais para uma criança.

Aos onze eu me mudei de bairro e passei a não ter tanto o contato diário com meus amigos. Isso me deixou muito ocioso e como cabeça vazia é oficina do diabo, passei a me masturbar mais e assistir cine privê e acessar sites pornos para ver as fotos, já que a minha Internet era lenta e eu conseguiu ver muito pouco vídeos. Então ia sempre dormir na casa dos meus amigos; assisti-amos Cine Privê, e, - como meu amigo já tinha Banda Larga - Pornografia. Passei a assistir coisas bem mais pesadas do que eu estava acostumado. E assim passei a maior parte da minha adolescência. Quando tinha a oportunidade, ia dormir, ou melhor, ia apenas na casa dos meus amigos e ficava a noite toda assistindo pornografia.


Quando já estava com meus 16 17 anos, meu cérebro já estava fodido pela pornografia e masturbação compulsiva induzida por fantasias sexuais. Sempre fui meio ansioso, mas minha ansiedade havia aumentado consideradamente, passei a não ter tanto prazer na vida e a desanimar com estudos. Cheguei a parar de estudar. Já apresentava sinais de ansiedade, depressão, sindrome do pânico e hipocondria. Minha primeira(e última) experiência de quase sexo, foi em 2011 quando meus amigos chamaram meninas para uma "festinha" na casa de um deles, que, até então, era pra ser só uma noite de jogatina de video game. Entrei quase em desespero, sexo pra mim era só na minha imaginação. No final, acabou não rolando nem uma nem outra coisa. Ficamos só no vídeo game.

2012, 13 e 14... e o fundo do poço

Chegou 2012, e enfim veio a tão esperada Internet Banda Larga - Agora não precisava ficar no computador da sala olhando para os lados. Neste mesmo ano concluí os estudos e foi meu último ano de socialização. Fiz amizades e conheci uma guria legal, mas minha ansiedade social não me deixou seguir adiante.Os amigos se foram... e eu me isolei completamente. Nos anos seguintes me tornei um zumbi sem vida social, só ficava no meu quarto me masturbando e assistindo P. O P. hétero já não era o suficiente, queria mais. Então me afundei em fetiches: shemales, gays, orgias, estupro cuckold, novinhas, etc. Não tenho problemas com a minha sexualidade, porque vejo que o PMO deformou meu cérebro e só muito esforço pra mudar isso.


Sou virgem e nunca beijei na boca. Até alguns anos atrás não me importava muito, mas agora isso me corrói por dentro. Me dá uma tristeza enorme ver amigos namorando e estudando, e eu aqui, trancado no meu quarto, inventando desculpas pra não sair, pois não tenho energia nenhuma e minha ansiedade social me impede de curtir bons momentos fora de casa. Lembro com remorso quando tive oportunidades de beijar na boca e sempre desperdicei, por ser nervoso demais. Mas sempre tive energia e vontade de sobra para me masturbar e fantasiar. chegava a me masturbar 5 vezes seguidas. Após mais uma sessão de masturbação decidi procurar sobre vício em pornografia, e cheguei até o Gary Wilson e ao fórum Como Parar. Então decidi tomar uma atitude, e no dia seguinte iniciei o meu reboot. Já faz 6 dias. Tive um momento de fissura quarta feira, quase incontrolável, mas consegui segurar. Já instalei um bloqueador(k9) e excluí 60 gigas de P. Confesso que foi doloroso, mas sei que foi pro meu bem.


Espero pegar fragmentos desse texto para usar em "histórias de sucesso" futuramente. E espero que essa seja minha primeira e última tentativa de parar.

Obrigado pela paciência.
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Isso aí

Mensagem  Leleco em 14/1/2017, 23:40

Cara, você vai ver que pelo simples fato de não se masturbar e não ver pornografia as mulheres parecem te olhar diferente. Sabe porque? Porque elas não são mais simples objetos sexuais pra você, você as querem sim! Mas não vai ficar colocando elas num pedestal, como se fossem aquelas dos vídeos pornos que assistia.

Sorte a nós! Vou pro 5° dia!
avatar
Leleco

Mensagens : 48
Data de inscrição : 11/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  JulioMarques252 em 15/1/2017, 02:20

Bem vindo ao forum. Cara, sua história é muito parecida com a minha: sou jovem também, 21 anos, fico só em casa, ansiedade social, desempregado etc.. A unica diferença é que eu perdi meu bv e virgindade no ano passado e ainda tenho contato com a mina. Masturbacao e pornografia são vicios desgraçados que arruinam nossa vida. Comecei a fazer uma coisa e recomendo você a fazer quando lhe der vontade de se masturbar: Baixe ou salve nos seus favoritos um vídeo que te faça refletir sobre todo o mal que isso tras a sua vida, que te faça ficar com nojo de tal ato, e que de forças pra lutar. Eu, como cristão, baixei um video sobre o sacrificio que Jesus fez por mim e que me envergonha de praticar masturbação, está sendo valioso e me ajudando muito. Começe a praticar atividades físicas (estou fazendo calistenia e recomendo) também recomendo você a ler o ebook que está disponivel, pra te motivar mais ainda e saber mais sobre o que você está enfrentando. Te desejo toda a sorte, nós vamos vencer essa!

_______________________________________
"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo"
- Efésios 6:11
avatar
JulioMarques252

Mensagens : 24
Data de inscrição : 30/12/2016
Idade : 22
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 15/1/2017, 10:25

Leleco escreveu:Cara, você vai ver que pelo simples fato de não se masturbar e não ver pornografia as mulheres parecem te olhar diferente. Sabe porque? Porque elas não são mais simples objetos sexuais pra você, você as querem sim! Mas não vai ficar colocando elas num pedestal, como se fossem aquelas dos vídeos pornos que assistia.

Sorte a nós! Vou pro 5° dia!

Obrigado por comentar. Você falou exatamente o que se passa comigo. Sorte pra nós!

JulioMarques252 escreveu:Bem vindo ao forum. Cara, sua história é muito parecida com a minha: sou jovem também, 21 anos, fico só em casa, ansiedade social, desempregado etc.. A unica diferença é que eu perdi meu bv e virgindade no ano passado e ainda tenho contato com a mina. Masturbacao e pornografia são vicios desgraçados que arruinam nossa vida. Comecei a fazer uma coisa e recomendo você a fazer quando lhe der vontade de se masturbar: Baixe ou salve nos seus favoritos um vídeo que te faça refletir sobre todo o mal que isso tras a sua vida, que te faça ficar com nojo de tal ato, e que de forças pra lutar. Eu, como cristão, baixei um video sobre o sacrificio que Jesus fez por mim e que me envergonha de praticar masturbação, está sendo valioso e me ajudando muito. Começe a praticar atividades físicas (estou fazendo calistenia e recomendo) também recomendo você a ler o ebook que está disponivel, pra te motivar mais ainda e saber mais sobre o que você está enfrentando. Te desejo toda a sorte, nós vamos vencer essa!

Obrigado por comentar. Ainda não li o ebook mas lerei hoje mesmo. Minha motivação tem sido as histórias de sucesso do Fórum e vídeos do Gary Wilson mostrando exatamente como eu me sinto.

Esse vício é destruidor, perdi parte da minha vida com isso. Hoje sou desempregado, solitário e ansioso, assim como você.

Boa sorte a nós. Smile

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 15/1/2017, 17:05

Problemas familiares e ansiedade diária tem me feito querer voltar pro PMO. Mas tenho pensado nos benefícios que me livrar disso pode me causar. Amanhã pretendo fazer caminhadas e exercícios físicos, só espero não procrastinar.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 16/1/2017, 08:35

Não sei se é efeito da abstinência, mas me sinto um caco; Ansiedade a mil, dois dias sem banho e desânimo e cansaço. Procrastinei na caminhada que eu ia fazer de manhã, por ficar até tarde na internet. Mas de tarde eu faço pelo menos flexão e abdominais.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Romano1500 em 16/1/2017, 11:38

cara q texto pesado , mas tbm ja vi casos iguaizinhos o seu no historias de sucesso e o cara sai de la um vitorioso , meu caso e diferente , eu sempre fiquei com meninas tudo , so que hj em dia , n sinto prazer em beijar , sexo , sei la, e como se eu fosse virgem ou bv tbm

mano , instala os bloqueadores imediatamente , como vc viu , eu tbm tinha feitiches por videos hocd , trans esse tipo de coisa nojenta pra mim e cara , pq eu sei q no meu estado normal eu nao gosto disso , fiquei 35 dias sem PMO , praticando esportes , esquecendo um pouco essa parte do sexo , e ai cara , um monte de mina apareceu , infelizmente eu deixei o TOC falar mais alto , mas tbm acho q 35 dias apesar de ser um tempo consideravel e pouco pra mim , eu n tenho carro, faculdade, to na CAIXA , eu quero aprender a fazer alguma coisa

quero fiar uns 5 meses desligado de sexo , pmo entao nunca mais ai sim eu vou me sentir prnto
avatar
Romano1500

Mensagens : 458
Data de inscrição : 10/11/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 16/1/2017, 19:12

Spoiler:
Romano1500 escreveu:cara q texto pesado , mas tbm ja vi casos iguaizinhos o seu no historias de sucesso e o cara sai de la um vitorioso , meu caso e diferente , eu sempre fiquei com meninas tudo , so que hj em dia , n sinto prazer em beijar , sexo , sei la, e como se eu fosse virgem ou bv tbm

mano , instala os bloqueadores imediatamente , como vc viu , eu tbm tinha feitiches por videos hocd , trans esse tipo de coisa nojenta pra mim e cara , pq eu sei q no meu estado normal eu nao gosto disso , fiquei 35 dias sem PMO , praticando  esportes , esquecendo um pouco essa parte do sexo , e ai cara , um monte de mina apareceu , infelizmente eu deixei o TOC falar mais alto , mas tbm acho q 35 dias apesar de ser um tempo consideravel e pouco pra mim , eu n tenho  carro, faculdade, to na CAIXA , eu quero aprender a fazer alguma coisa

quero fiar uns 5 meses desligado de sexo , pmo entao nunca mais ai sim eu vou me sentir prnto

Bem vindo, Romano. Eu tenho justamente buscado motivação nas histórias de sucesso, principalmente com histórias e conflitos internos parecidos com o meu. Eu baixei dois bloqueadores, mas ainda to com a senha.. mas irei esconder em breve. Sobre o hocd eu já tive dúvidas, mas sei que isso é o meu cérebro desregulado, então nem encuco.

De fato, não ter tido nenhum contato com mulheres tem sido uma barreira para minha socialização e paquera. Espero tomar coragem um dia quebrar isso.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Romano1500 em 16/1/2017, 19:46

mano bloqueador com senha nao vira, joga no face de um amigo seu , muda a senha , cola no bloco de notas qqer coisa e joga no face de uma amigo seu e exclui , so pede p ele e dar a senha em ultimo caso msm , eu fiz isso cara
avatar
Romano1500

Mensagens : 458
Data de inscrição : 10/11/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 17/1/2017, 20:58

Hoje fui no centro pagar uma contas. Fiquei nervoso antes de ir, e no caminho, quanto mais enchia o maldito ônibus, mais o meu desconforto aumentava. No caminho apreciei a vista, e, é claro, olhei as mulheres no caminho. Pensamentos libidinosos invadiram meu pensamento. Desviei o pensamento. No fim, creio que a saída tenha contribuído para minhas "atividades extranetes".

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Isso aí

Mensagem  Leleco em 18/1/2017, 18:34

Boooooooa cara, persiste! Os resultados são libertadores!
avatar
Leleco

Mensagens : 48
Data de inscrição : 11/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  OlavoLim em 18/1/2017, 19:06

a maior arma contra os impulsos é fazer alguma coisa que vc goste ler, fazer exercicio, aprender a tocar uma música
agora é a melhor hr de procurar alguma coisa eu percebi que meu animo muda completamente quando eu faço algo q me interessa
eu sei que vc consegue sair dessa mano qualquer coisa tamo aqui o/
avatar
OlavoLim

Mensagens : 24
Data de inscrição : 15/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  ilCapo em 18/1/2017, 19:29

Iae parceiro, seja bem vindo ao Fórum! Lendo o teu relato, pude me identificar com a tua história, pois também sempre me achei um cara brincalhão, que se divertia com os amigos, e mesmo sendo tímido, minha vida antes de viciado em pornografia era bem feliz. Era uma vida decente, eu diria. Depois de ser apresentado a esse submundo nefasto, já sabe como é né ... Mas atualmente, tenho aprendido muitas coisas.

Lendo ontem um relato de um Rebooter, encontrei uma reflexão muito interessante, que serviu tanto para mim, e acho que deve servir para o comentário que você escreveu (que falava sobre sua insatisfação de ser virgem, e nunca ter beijado). Nesse comentário, o rebooter relatava o quanto nossa sociedade nos faz acreditar que nós, homens, só conseguiremos encontrar a nossa felicidade e satisfação enquanto estivermos fodendo e pegando várias mulheres, enquanto o sexo for a coisa mais importante de nossas vidas, e que sem o sexo ou sem uma mulher, não conseguiremos encontrar a plenitude da vida. Obviamente, não estou dizendo para você continuar do jeito que está. Se você não quer continuar assim, escolha definitivamente a mudança na sua vida [e, afinal, largar a PMO, já é uma grande mudança, amigo]. Mas quero dizer que a sua felicidade não deve depender de você estar ou não estar com uma mulher ao seu lado. Ás vezes temos uma mulher ao nosso lado, mas ela não nos faz feliz.

Também estou solteiro como você, e estou me sentindo muito bem atualmente. Claro que eu gostaria de ter uma namorada, mas estou me preparando para tê-la, e não estou afim de ficar com qualquer mulher que aparecer pela rua. Já namorei, e aprendi coisas muito boas com esse relacionamento, e a mesma coisa pode acontecer contigo. Se tu estás afim de namorar, sai de casa, vai socializar com teus amigos e conhecer gente nova. Se estiver com poucos amigos, se inscreve num hobbie que tu curta fazer (fotografia, lutas, natação, grupo de pedal, grupo de animais, etc.) e lá você vai encontrar muita gente legal. O negócio é não ficar parado.

No mais, depois de muitas palavras (haha), desejo sucesso ao seu Reboot. Não deixe de ler o ebook, de instalar os bloqueadores, de participar do Fórum, de fazer atividades extranet (sair de casa e desejar bom dia ao porteiro, ao gari, ao tio do hot dog já tá valendo), e os outros passos importantes do experimento. Espero ter ajudado, irmão! Flws Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 349
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 18/1/2017, 21:27

Leleco escreveu:Boooooooa cara, persiste! Os resultados são libertadores!

Valeu!

OlavoLim escreveu:a maior arma contra os impulsos é fazer alguma coisa que vc goste ler, fazer exercicio, aprender a tocar uma música
agora é a melhor hr de procurar alguma coisa eu percebi que meu animo muda completamente quando eu faço algo q me interessa
eu sei que vc consegue sair dessa mano qualquer coisa tamo aqui o/

Bem vindo e obrigado, Olavim. Infelizmente estou procrastinando nisto, mas o mais rápido possível quero fazer exercícios e caminhadas. Já estou lendo livros que eu gosto muito, agora só falta procurar algum hobbie e sair mais de casa.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 18/1/2017, 21:28

ilCapo escreveu:
Iae parceiro, seja bem vindo ao Fórum! Lendo o teu relato, pude me identificar com a tua história, pois também sempre me achei um cara brincalhão, que se divertia com os amigos, e mesmo sendo tímido, minha vida antes de viciado em pornografia era bem feliz. Era uma vida decente, eu diria. Depois de ser apresentado a esse submundo nefasto, já sabe como é né ... Mas atualmente, tenho aprendido muitas coisas.

Lendo ontem um relato de um Rebooter, encontrei uma reflexão muito interessante, que serviu tanto para mim, e acho que deve servir para o comentário que você escreveu (que falava sobre sua insatisfação de ser virgem, e nunca ter beijado). Nesse comentário, o rebooter relatava o quanto nossa sociedade nos faz acreditar que nós, homens, só conseguiremos encontrar a nossa felicidade e satisfação enquanto estivermos fodendo e pegando várias mulheres, enquanto o sexo for a coisa mais importante de nossas vidas, e que sem o sexo ou sem uma mulher, não conseguiremos encontrar a plenitude da vida. Obviamente, não estou dizendo para você continuar do jeito que está. Se você não quer continuar assim, escolha definitivamente a mudança na sua vida [e, afinal, largar a PMO, já é uma grande mudança, amigo]. Mas quero dizer que a sua felicidade não deve depender de você estar ou não estar com uma mulher ao seu lado. Ás vezes temos uma mulher ao nosso lado, mas ela não nos faz feliz.

Também estou solteiro como você, e estou me sentindo muito bem atualmente. Claro que eu gostaria de ter uma namorada, mas estou me preparando para tê-la, e não estou afim de ficar com qualquer mulher que aparecer pela rua. Já namorei, e aprendi coisas muito boas com esse relacionamento, e a mesma coisa pode acontecer contigo. Se tu estás afim de namorar, sai de casa, vai socializar com teus amigos e conhecer gente nova. Se estiver com poucos amigos, se inscreve num hobbie que tu curta fazer (fotografia, lutas, natação, grupo de pedal, grupo de animais, etc.) e lá você vai encontrar muita gente legal. O negócio é não ficar parado.

No mais, depois de muitas palavras (haha), desejo sucesso ao seu Reboot. Não deixe de ler o ebook, de instalar os bloqueadores, de participar do Fórum, de fazer atividades extranet (sair de casa e desejar bom dia ao porteiro, ao gari, ao tio do hot dog já tá valendo), e os outros passos importantes do experimento. Espero ter ajudado, irmão! Flws Wink

Obrigado e valeu por comentar, isso motiva muito!

Então, muitos de nós temos histórias parecidas. Essa maldita PMO destruiu a minha sociabilidade. Acabei por adquirir outros distúrbios, como por ex: vício em comer. Desconto tudo na comida e me sinto muito mal. Não sou gordo, mas estou um pouco acima do peso, fora o sedentarismo.

Concordo com você, não devemos depositar nossa felicidade em ninguém, tampouco em relacionamentos. Espero que esse ano mesmo eu já esteja pronto para namorar, mas claro, não precisa ser esse ano(rs), mas estar pronto para um relacionamento, ou até mesmo para curtir, beijar, etc, já seria um grande avanço para mim. Tenho que me empenhar mais nas atividades extranetes, mas confesso que a minha ansiedade social tem sido um grande empecilho. Mas é só o começo da jornada. Para nós.


Abraços

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 18/1/2017, 21:45

Hoje(já é meia noite, mas vá lá..) acordei com muita ansiedade. Mas foi mais um dia de batalha vencido.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boooooooa

Mensagem  Leleco em 19/1/2017, 06:34

Também estou a 10 dias sem PMO cara, pelo que vi em seu contador.

Também tenho dias que parece que não vou aguentar, principalmente a noite, quando vou dormir e quando acordo. Mas como já identifiquei os pontos fracos é mais fácil trata-los.

Vamo que vamo!
avatar
Leleco

Mensagens : 48
Data de inscrição : 11/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  ilCapo em 19/1/2017, 08:04

Nero escreveu:
ilCapo escreveu:
Iae parceiro, seja bem vindo ao Fórum! Lendo o teu relato, pude me identificar com a tua história, pois também sempre me achei um cara brincalhão, que se divertia com os amigos, e mesmo sendo tímido, minha vida antes de viciado em pornografia era bem feliz. Era uma vida decente, eu diria. Depois de ser apresentado a esse submundo nefasto, já sabe como é né ... Mas atualmente, tenho aprendido muitas coisas.

Lendo ontem um relato de um Rebooter, encontrei uma reflexão muito interessante, que serviu tanto para mim, e acho que deve servir para o comentário que você escreveu (que falava sobre sua insatisfação de ser virgem, e nunca ter beijado). Nesse comentário, o rebooter relatava o quanto nossa sociedade nos faz acreditar que nós, homens, só conseguiremos encontrar a nossa felicidade e satisfação enquanto estivermos fodendo e pegando várias mulheres, enquanto o sexo for a coisa mais importante de nossas vidas, e que sem o sexo ou sem uma mulher, não conseguiremos encontrar a plenitude da vida. Obviamente, não estou dizendo para você continuar do jeito que está. Se você não quer continuar assim, escolha definitivamente a mudança na sua vida [e, afinal, largar a PMO, já é uma grande mudança, amigo]. Mas quero dizer que a sua felicidade não deve depender de você estar ou não estar com uma mulher ao seu lado. Ás vezes temos uma mulher ao nosso lado, mas ela não nos faz feliz.

Também estou solteiro como você, e estou me sentindo muito bem atualmente. Claro que eu gostaria de ter uma namorada, mas estou me preparando para tê-la, e não estou afim de ficar com qualquer mulher que aparecer pela rua. Já namorei, e aprendi coisas muito boas com esse relacionamento, e a mesma coisa pode acontecer contigo. Se tu estás afim de namorar, sai de casa, vai socializar com teus amigos e conhecer gente nova. Se estiver com poucos amigos, se inscreve num hobbie que tu curta fazer (fotografia, lutas, natação, grupo de pedal, grupo de animais, etc.) e lá você vai encontrar muita gente legal. O negócio é não ficar parado.

No mais, depois de muitas palavras (haha), desejo sucesso ao seu Reboot. Não deixe de ler o ebook, de instalar os bloqueadores, de participar do Fórum, de fazer atividades extranet (sair de casa e desejar bom dia ao porteiro, ao gari, ao tio do hot dog já tá valendo), e os outros passos importantes do experimento. Espero ter ajudado, irmão! Flws Wink

Obrigado e valeu por comentar, isso motiva muito!

Então, muitos de nós temos histórias parecidas. Essa maldita PMO destruiu a minha sociabilidade. Acabei por adquirir outros distúrbios, como por ex: vício em comer. Desconto tudo na comida e me sinto muito mal. Não sou gordo, mas estou um pouco acima do peso, fora o sedentarismo.

Concordo com você, não devemos depositar nossa felicidade em ninguém, tampouco em relacionamentos. Espero que esse ano mesmo eu já esteja pronto para namorar, mas claro, não precisa ser esse ano(rs), mas estar pronto para um relacionamento, ou até mesmo para curtir, beijar, etc, já seria um grande avanço para mim. Tenho que me empenhar mais nas atividades extranetes, mas confesso que a minha ansiedade social tem sido um grande empecilho. Mas é só o começo da jornada. Para nós.


Abraços

Iae parceiro!! Concordo contigo quando tu escreveu que gostaria de estar pronto para encontrar uma parceira. Acho que isso é bem maduro em qualquer atitude que a gente tomar em nossas vidas. Aprendi que, apesar de não sermos 100% racionais, todas as atitudes que formos tomar precisam ser bem pensadas. Ao longo do experimento, você vai vivenciar muitos avanços, e com certeza, vai chegar o tempo que você vai ver que está preparado. Se estiver afim de encontrar uma namorada, vá com fé, irmão.

Realmente, a PMO acaba com a nossa sociabilidade, man, e isso aconteceu comigo e com muitos outros rebooters também. Mas com o Reboot encaminhado, ela melhora e muito, e logo menos você vai se ver um cara renovado, pronto pra luta. Nessa etapa, a coisa mais importante para fazermos em nossas vidas é engatarmos o Reboot com tudo, pois ele é a coisa mais importante a fazermos. Seguir os passos que tem no ebook, e ter paciência com o experimento - ou seja, mesmo nos dias das bads manter-se firme - é fundamental.

Espero ter ajudado, man! Flws Wink

_______________________________________


"Um novo homem vai nascer"
avatar
ilCapo
Moderador
Moderador

Mensagens : 349
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 20
Localização : Corleone, Sicilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sociabilidade

Mensagem  Leleco em 19/1/2017, 08:45

É um efeito meio placebo!

O vício nos deixa na zona de conforto, recuado. E quando passamos pelo processo de reboot saímos do conforto para uma zona de risco, mais um risco bom a se correr. Conseguimos nos socializar melhor porque não enxergamos mais a mulher como uma atriz porno ou um objeto sexual. Lógico que queremos sexo, óbvio. Mas vamos encarar as coisas com naturalidade e não estando na zona de conforto.

Sem parecer aqueles tarados, com cantadas de pedreiro para cada mulher que passa na rua.
avatar
Leleco

Mensagens : 48
Data de inscrição : 11/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 19/1/2017, 20:49



Iae parceiro!! Concordo contigo quando tu escreveu que gostaria de estar pronto para encontrar uma parceira. Acho que isso é bem maduro em qualquer atitude que a gente tomar em nossas vidas. Aprendi que, apesar de não sermos 100% racionais, todas as atitudes que formos tomar precisam ser bem pensadas. Ao longo do experimento, você vai vivenciar muitos avanços, e com certeza, vai chegar o tempo que você vai ver que está preparado. Se estiver afim de encontrar uma namorada, vá com fé, irmão.

Realmente, a PMO acaba com a nossa sociabilidade, man, e isso aconteceu comigo e com muitos outros rebooters também. Mas com o Reboot encaminhado, ela melhora e muito, e logo menos você vai se ver um cara renovado, pronto pra luta. Nessa etapa, a coisa mais importante para fazermos em nossas vidas é engatarmos o Reboot com tudo, pois ele é a coisa mais importante a fazermos. Seguir os passos que tem no ebook, e ter paciência com o experimento - ou seja, mesmo nos dias das bads manter-se firme - é fundamental.

Espero ter ajudado, man! Flws Wink
[/quote]

Iae, cara. Realmente, espero que com o reboot completado - e eu tenho noção de que isso pode levar bem mais do que 90 dias - eu já esteja pronto para sair, conhecer e conversar com mulheres, e, enfim, namorar. kkk Mas claro, sem depositar expectativas em terceiros. rs

Poxa, esses vícios me isolaram do mundo e me tornaram um cara triste e que se auto sabota, mas tenho fé que com persistência eu vou sair dessa. Tenho até notado pequenas diferenças no meu comportamento, como se pedaços de mim estivessem se libertando de pensamentos negativos que insistem em me atormentar.

Valeu pela força!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 19/1/2017, 20:53

Leleco escreveu:É um efeito meio placebo!

O vício nos deixa na zona de conforto, recuado. E quando passamos pelo processo de reboot saímos do conforto para uma zona de risco, mais um risco bom a se correr. Conseguimos nos socializar melhor porque não enxergamos mais a mulher como uma atriz porno ou um objeto sexual. Lógico que queremos sexo, óbvio. Mas vamos encarar as coisas com naturalidade e não estando na zona de conforto.

Sem parecer aqueles tarados, com cantadas de pedreiro para cada mulher que passa na rua.

Verdade, tenho notado pequenas diferenças no meu comportamento.Claro que eu ainda tenho dificuldade em não imaginar as mulheres como objetos, atrizes pornô, mas é um passo de cada vez.

É como se eu estivesse num doloroso, difícil e lento processo de reprogramação cerebral. Na verdade é exatamente isso que estamos fazendo, né. kkkk

Valeu pelo apoio!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 19/1/2017, 20:59

Hoje foi um dia "bom", se considerar os meus últimos dias.. não tive surto de ansiedade e me senti um pouco mais disposto. Também andei pesquisando vídeos sobre meditação; gostei muito e vou começar hoje mesmo. O legal é que 5 ou 8 minutinhos já o suficiente pra começar.

Tem dois vídeos muitos bons se alguém se interessar:

https://www.youtube.com/watch?v=14OWnra1tdg&list=LL2QpTmtmjyZR17e9isbBEMg&index=5

https://www.youtube.com/watch?v=WRP-3J1OWow&list=LL2QpTmtmjyZR17e9isbBEMg&index=3

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 20/1/2017, 21:22

Dia tranquilo; meditei, li livros, mas ainda não tive vontade de praticar exercícios. Também tenho que melhorar o meu sono e maneirar na minha compulsão alimentar.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Marco em 20/1/2017, 22:42

Nero, meu amigo

Suas experiências e seu entendimento do vício em PMO são quase idênticos aos meus. Também sou virgem, tenho ansiedade, perdi amigos, vida, relacionamentos etc etc etc. Acompanharei frequentemente seu diário. Além de uma historia parecida começamos o reboot no mesmo dia com algumas horas de diferença. Te considero um irmão de fórum.

Vamos vencer, vamos chegar ao pódio!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4437p125-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade#107083


Crux Sacra Sihi mihi lux; non draco sihi mihi dux; vade retro satana!; nunquan suad mihi vana; sunt mala quae libas; ipse venena bibas
avatar
Marco

Mensagens : 921
Data de inscrição : 09/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Meu Diário - A última esperança

Mensagem  Nero em 21/1/2017, 00:27

Marco escreveu:Nero, meu amigo

Suas experiências e seu entendimento do vício em PMO são quase idênticos aos meus. Também sou virgem, tenho ansiedade, perdi amigos, vida, relacionamentos etc etc etc. Acompanharei  frequentemente seu diário. Além de uma historia parecida começamos o reboot no mesmo dia com algumas horas de diferença. Te considero um irmão de fórum.

Vamos vencer, vamos chegar ao pódio!


Seja bem vindo ao meu diário, Marco, já lhe considero um irmão de fórum também. Só quem foi socialmente afetado pela PMO sabe o que é isso. Uma adolescência toda que poderia ser regada viagens, festar namoros ficar apenas focada em P. é realmente algo muito triste e me causa sentimento de remorso e raiva. Sempre fico me martirizando por isso, mesmo que inconscientemente. Me isolei de todos os amigos, raramente os vejo. De 2012 pra cá minha vida tem sido basicamente na frente de um computador praticando PMO. Mas eu decidi mudar, não quero viver assim pra sempre. Quero vencer! E venceremos!

Que o primeiro dia de reboot não seja a única semelhança, mas também o último! O dia que estaremos libertos desse mal. Abraços!


_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t4471-meu-diario-a-ultima-esperanca
avatar
Nero

Mensagens : 114
Data de inscrição : 14/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum