Compartilhe
Ir em baixo
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

Diário de Selfgnosis

em 7/4/2017, 17:10
Saudações a todos aqueles que, assim como eu, estão lutando para vencer esse vício que tanto nos prejudica.

Sou viciado em PMO desde os 13 anos, idade em que entrei para a puberdade e que me descobri gay. Foi nessa idade também que meu pai comprou o primeiro computador para nossa casa. Antes disso, costumava ser um menino interessado nos estudos - quase sempre o melhor da classe -, lia muitos livros, praticava atividade física na escola e tinha uma quantidade razoável de amigos. Porém, tendo em vista minha orientação sexual e, juntando-se isso, ao fato de vivermos em uma sociedade extremamente homofóbica, comecei a me sentir como um peixe fora d’água em qualquer ambiente que frequentava. Eram piadinhas de todo lado, críticas ao meu jeito de falar e agir, amigos que deixaram de andar comigo e diversos outros acontecimentos que fizeram com que eu me isolasse completamente.

Essa foi uma fase muito difícil da minha vida. Além de perder os amigos acabei perdendo o interesse pela leitura e pelos estudos, embora não tenha deixado de tirar boas notas (o que não significa que meu aprendizado não tivesse piorado). A única coisa que me distraía da situação deprimente em que me encontrava era assistir animes e jogar alguns jogos online no computador de casa. Foi nesse período que descobri a pornografia e, principalmente, o quanto ela me “ajudava” a esquecer completamente dos meus problemas. Acho que me viciei quase que instantaneamente, pois, logo após essa “maravilhosa descoberta” as atividades que eu utilizava como válvula de escape (animes e jogos) acabaram indo para segundo plano. A pornografia se tornou o centro e o objetivo da minha vida.

Quando volto atrás, perco as contas de quantas vezes deixei de sair com amigos, de ir a festas e até mesmo de viajar com minha família para poder ficar em casa, sozinho, na frente do computador, assistindo pornografia. Essa situação de vício e isolamento se manteve em um nível constante até eu completar 19 anos, idade em que comprei um notebook, o que fez, obviamente, com que a situação piorasse ainda mais. Antes, eu tinha que dividir o computador com mais quatro pessoas. Agora tinha um computador só pra mim, onde eu podia procurar por pornografia a qualquer hora e em qualquer lugar.

Foi também aos 19 anos que iniciei minha faculdade. Embora, como já dito, o vicio não tenha influenciado negativamente em meu boletim, a realidade é que eu não conseguia aprender, com profundidade, o que me era ensinado. Meu aprendizado era basicamente instrumental, ou seja, estudava o suficiente para tirar boas notas, mas não o suficiente para exercer de forma competente a profissão para a qual estava me formando. Isso ocorreu, obviamente, porque tinha que sustentar meu vício, o que tomava, no mínimo, quatro horas de todos os meus dias. Em resumo, minha rotina consistia em ir a faculdade pela manha, ir para o estágio pela tarde, assistir pornografia à noite e estudar às vésperas das provas para garantir as boas notas. Os meus finais de semana eram sempre reservados para sessões longuíssimas de pornografia.

Já na metade do meu curso comecei a perceber que não estava tendo um rendimento tão bom como gostaria. Em primeiro momento, não consegui relacionar meu vício com essa situação, mas também não consegui identificar sozinho uma outra causa. Foi então que eu decidi procurar a ajuda de um psicólogo.

Fiz terapia por dois anos. Minha psicóloga foi muito boa no sentido de me ajudar a identificar qual era a causa do problema, porém, ela não conseguiu me ajudar a acabar com o PMO na minha vida. Ela acabava tendo o mesmo discurso que diversas pessoas aqui no fórum relataram que seus respectivos psicólogos tiveram, “pornografia e masturbação são coisas saudáveis e que seria necessário apenas achar o meio termo”. Por essa razão, tentando desesperadamente achar esse meio termo (e obviamente não conseguindo), acabei fazendo toda a minha graduação convivendo com o meu vício, o que afetou negativamente meu rendimento acadêmico e, consequentemente, minha vida profissional.

Foi só após me formar, no final de 2013, que, parando com as sessões com minha psicóloga, passei a pesquisar por contra própria sobre o meu vício e sobre o que poderia ser feito para vencê-lo. Foi nesse período que encontrei o fórum “NoFap”, e a palestra do Gary Wilson. Fiquei chocado com a quantidade de pessoas que, assim como eu, sofriam deste mesmo mal sem saber, ou sabendo e não conseguindo parar. Além disso, comecei a perceber que a piora na capacidade de aprendizado, o cansaço constante, a falta de interesse por outras coisas, a dificuldade de fazer amigos, a dificuldade de lidar com diversas situações da vida dentre outros problemas, eram comuns a quase todos aqueles que se diziam viciados em pornografia. Pouco tempo depois comecei a implementar o método apresentado no fórum recém encontrado para aqueles que quisessem parar com PMO. Em poucos dias instalei os bloqueadores e os programei.

Nessa primeira tentativa, que se deu em meados de 2014, consegui ficar um mês inteiro sem PMO. Nesse tempo, minha vida melhorou em quase todos os aspectos. Me senti mais disposto, mais inteligente, mais focado e mais interessado em outras coisas. Porém, ainda inexperiente com essas questões, achei que já estava curado e que poderia voltar a ver pornografia. O final dessa história já sabemos: Recaí. Desde então foram diversas as tentativas e também diversos os fracassos.

Só agora percebi que estava errando nas estratégias. Os bloqueadores infelizmente não são o suficiente. Devemos mudar diversas atitudes em nossas vidas para vencer qualquer vício. No caso do vício em pornografia não é diferente. Por essa razão estou abrindo esse diário, onde vou passar a postar meu dia-a-dia nessa luta. Desta vez, além de ter apagado as senhas dos meus bloqueadores (as quais só terei acesso de 30 em 30 dias), estou praticando atividades físicas e fazendo uso de outras estratégias que estão na apostila disponibilizada nesse fórum. Espero que eu finalmente consiga chegar à meta de 90 dias sem PMO e que a pornografia deixe de ser parte do meu dia-a-dia e da minha vida.

Desejo sorte a todos.

OBS: Começo a contagem no dia de hoje


Última edição por selfgnosis em 11/4/2017, 15:25, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
gabriel22
Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/08/2015
Idade : 25

Re: Diário de Selfgnosis

em 7/4/2017, 18:54
Boa noite Selfgnosis,

É interessante ir lendo os diários do fórum, que a gente vai vendo que sempre há pontos em comum com a nossa história; vemos que não é só a gente que passa e sofre com determinados problemas.

Somos privilegiados por termos descoberto a existência de tal vício, pois agora sabemos do estrago que este fez na nossa vida. Eu também acredito - ou melhor, tenho certeza - que ele prejudicou muito o meu rendimento acadêmico. Foram muitas noites perdidas na frente de uma tela, se masturbando para vários pixels, vendo pessoas fingindo ter prazer e orgasmos; e quando não, era vendo vídeos amadores vazados a fim de prejudicar os que neles estavam. E eu dando audiência a isto, a que ponto a pessoa não chega, né? Em busca da satisfação, que eu nunca atingia, e nunca iria atingir, pelo menos, não na pornografia. Mas as invés de sentir culpa pelo tempo perdido, podemos agradecer, como eu disse, por estar tendo a oportunidade de livrar-se de tal mal; muitas pessoas ainda estão cegas em relação a isso, e eu espero que o quanto antes, elas descubram também.

Sinta-se a vontade para compartilhar suas vivências; vamos superar todas as marcas da intolerância e da ignorância nas nossas vida e construir uma nova história, livre de julgamentos.  

Vamos com garra, chegaremos lá!
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 8/4/2017, 16:33
Boa noite Selfgnosis

Encontrei muitas semelhanças comigo na sua história.
Eu tinha um défice baixo de popularidade e poucos ou quase nenhuns amigos na minha infância.Em parte porque também comecei a me masturbar por volta dos 11 anos.

Eu desde de 2015 que descobri o forum, mas depois de fraquejar no meu primeiro reboot, afastei-me do forum e nunca mais consegui bater os meu records.

Voltei agora.

Por isso força nisso e mantenha-se connosco.
Acredita o forum é uma fonte de força e vitórias continuas todos os dias

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

3 dias sem PMO

em 10/4/2017, 16:02
Como prometido, começo, à partir de hoje, a relatar aqui no fórum meu dia-a-dia na luta contra o vício em PMO. Acredito que, ao relatar as situações pelas quais irei passar, além de ajudar outras pessoas, acabo entendendo melhor a extensão do meu problema e me fortaleço na luta contra ele. Confesso também que estou escrevendo este texto como uma forma de me distrair, pois estou com uma vontade quase incontrolável de ter uma recaída.

Mesmo que eu já tenha tentado por diversas vezes vencer o vício em pornografia, isso não significa que a luta vai se tornando mais fácil. A minha percepção individual me diz exatamente o contrário, ou seja, quanto mais tento mais difícil vai ficando. Isso ficou muito claro nos últimos três dias, que eu classifico como os mais difíceis que já experimentei nessa luta. Desde sábado tenho me sentido depressivo, sonolento e a beira de uma crise de pânico. Sinto os maxilares travados, dor de cabeça, respiração curta e ansiedade, o que tem me impedido de cumprir com minhas obrigações profissionais e me atrapalhado na minha vida acadêmica (ingresseis recentemente no curso de filosofia). Acredito que essas sensações são reflexos não apenas da abstinência, mas também da percepção dos efeitos negativos que o vício causou em minha vida, pois imagino que se eu não tivesse vivenciado tais problemas eu provavelmente estaria melhor estabelecido financeiramente e emocionalmente. Deste modo, penso que a abstinência, somada a citada percepção, tem sido somatizada através das sensações descritas.

Mesmo assim, sigo firme e forte nessa luta. Aceito esse sofrimento agora porque já senti em outros reboots, onde fiquei por mais tempo sem PMO, que grande partes dessas sensações ruins tendem a reduzir ou até mesmo desaparecer. Desta forma, continuarei me esforçando para vencer esse vício, mesmo sabendo do sofrimento que me aguarda no curto prazo, uma vez que já conheço os efeitos positivos do reboot a médio e longo prazo, efeitos estes que sem sombra de dúvidas compensam a situação pela qual estou passando neste momento.

Desejo a todos boa sorte!


Última edição por selfgnosis em 11/4/2017, 15:25, editado 1 vez(es)

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 10/4/2017, 16:21
Boas

De factos as primeiras semanas são as mais difíceis. Estou quase a chegar a 6 dias limpo e hoje notei pensamentos mais fortes em mim. Estava a tender muito para entrar nas fantasias na minha cabeça.

Minha estratégia nestes dias mais difíceis é o forum. Venho cá todos os dias, se possível várias vezes ao dia, principalmente para ler diários e casos de sucesso de outros rebooters.

6 dias é para mim o recorde de 2017 e consegui graças ao forum, que me tem orientado os pensamentos. É como um calmante do tesão.

Uns damos força aos outros e todos juntos conseguiremos.

Por isso concentração e boa continuação Wink

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

4 dias sem PMO

em 11/4/2017, 14:51
Hoje estou me sentindo bem melhor do que nos três primeiros dias do reboot. Acordei sem sentir aquele cansaço horroroso e minha ansiedade diminuiu consideravelmente. Infelizmente ainda não sinto melhora na minha atenção/foco e na minha inteligência. Nada que eu não esperasse, pois é querer demais que em quatro dias as coisas mudem a esse ponto. De qualquer forma a pequena melhora que experimentei já fez com que eu me sentisse aliviado, revigorado e com mais gás pra me manter longe do vício.

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 21/4/2017, 05:52
Oi Selfgnosis

Então como está a correr esses dias sem PMO??? Tudo em cima. Vai dando noticias.

Força Wink

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

Recaidas reiteradas

em 26/4/2017, 16:20
Pessoal, infelizmente recaí reiteradamente esses últimos dias. Só hoje consegui reunir forças para iniciar o reboot mais uma vez.

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 27/4/2017, 15:53
Já somos dois. Junta-te a mim. Vamos Recomeçar.

Eu cai por causa dos aplicaricos Hornet e grindr no tele. Já os consegui bloquear. Passei hoje o dia todo a trabalhar nos APPBLOCKs. Agora com tudo fechado, já me sinto mais tranquilo Wink

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

3ª Recaída

em 1/5/2017, 22:01
Reiniciando o contador! Desta vez vou começar com metas menores. Faz muito tempo que não consigo passar de uma semana, sendo assim, essa sera minha meta inicial.

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 4/5/2017, 04:46
O segredo está em permanecer no forum, falando, ajudando outros, lendo casos de sucesso.
Fazendo isso todos os dias, continuamente, ficará mais forte e avançara no reboot. É o que eu tenho percebido.
Quando caio é depois de um longo período sem vir aqui

força e boa continuação

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

Finalmente uma semana

em 9/5/2017, 14:46
Finalmente consegui sair do limbo. Pela primeira vez em três meses consegui ficar sem PMO por uma semana.

Foi, e ainda está sendo uma semana bem difícil. Me senti o tempo todo cansado e sem ânimo pra nada, meu sono está péssimo e não consigo me focar em quase nada. Porém devo ressaltar um lado positivo que sempre sindo no reboot. Em pouco tempo sem PMO minha ansiedade reduz drasticamente.

Agora é continuar na luta. Alterei contador para minha nova meta que é de 30 dias.

Boa sorte a todos.

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
Math_____
Mensagens : 3
Data de inscrição : 07/05/2017

Re: Diário de Selfgnosis

em 10/5/2017, 15:19
Força amigo, sua história de vida é parecida com a minha, até no lance da ansiedade..
e oq você falou é verdade, a ansiedade reduz drasticamente com o passar dos dias sem PMO, vamos vencer isso Very Happy

_______________________________________
selfgnosis
Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/04/2017

Recaidas reiteradas

em 12/6/2017, 00:25
Recai a uns 30 dias atras, e desde então estou recaindo quase todo dia. Parecia que uma força me impedia de programar os bloqueadores para que eu pudesse começar tudo novamente. Mas agora me sinto melhor e com mais vontade de recomeçar o Reboot.

_______________________________________
Records

P: 35 dias
M: 35 dias
O: 35 dias
--------------
avatar
Artur Monteiro
Mensagens : 171
Data de inscrição : 05/03/2015
Idade : 30
Localização : França Paris

Re: Diário de Selfgnosis

em 23/6/2017, 09:28
Oi selfgnosis

As recaídas servem para fecharmos as brechas que ainda estão abertas, só assim conseguimos avançar para uma nova contagem.

Perceba que quando caímos, os benefício não desaparecem logo de uma vez.

Em relação ao sono e à produtividade no trabalho são das primieiras coisas que melhoram durante as primeiras semanas.
Eu estou com 15 dias sem P e a 4 sem M (com uma M no dia 11) com a intenção de progredir em hardmode, sinto o meu sono a melhorar de dia para dia e a minha concentração no trabalho também. Até já deixei os comprimidos que tomava para dormir.

por isso força na luta

Força a todos

_______________________________________
MEU DIÁRIO:
http://www.comoparar.com/t4903-diario-artur-vicio-p-vs-paixoes-desordenadas

RECORDS:
P - 46 dias
M - 32 dias
O - 24 dias Janeiro 2018
Miau
Mensagens : 42
Data de inscrição : 29/11/2016

Re: Diário de Selfgnosis

em 30/8/2017, 14:58
Olá, meu caro, como vai o reboot?

Dê notícias!! Não desista!!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4392-rumo-a-vitoria
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum