Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 2/11/2017, 10:41
Mantendo meu diário vivo, tô viajando e usando pouca internet, mas tô to aqui. Smile

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 868
Data de inscrição : 28/05/2016
Idade : 34
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 2/11/2017, 20:14
Vimes escreveu:Mantendo meu diário vivo, tô viajando e usando pouca internet, mas tô to aqui. Smile

Olá, Vimes!

É isso aí! Não deixe de mandar notícias.


_______________________________________

avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 12/12/2017, 12:32
Fala galera! De volta ao fórum e de volta à luta!

Passei um belo tempo viajando, uns dois meses maomenos, o que foi bão. Mochila nas costas e destino precariamente traçado (improvisação é o melhor caminho), ficando a preços módicos em vários mocós... digo... estabelecimentos de baixo custo e indo de cidade a cidade com busas baratos ou pedindo carona na estrada, um modo digno e seguro de se viajar. Very Happy

Rolaram umas vaciladas no meio do caminho, umas aventuras também, só que agora é hora de voltar a participar desse fórum que já me deu tanta força.

A vida não tá boa não, na verdade tô meio que na pindaíba, já que minha última agência achou uma boa deixar de pagar meus últimos dois salários. Então tô desempregado, com fundos limitados e sem saber pra onde ir.

Mas um caminho a gente sempre encontra, é só não desistir de procurar.

Espero que esteja todo mundo bem, e quem não estiver aparece aqui, que nóis pode dar uma força mútua! Smile

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 37
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 12/12/2017, 13:14
Grande Vimes!

Foi uma grata surpresa ver seu post hoje, irmão!

Se diário foi uma inspiração pra mim, me motivou a participar aqui do fórum e obviamente aprendi muito com suas observações.

É meu caro, tempos bicudos estes... Também tenho passado por muitos perrengues no âmbito profissional e as incertezas vão nos rondando a cada momento. Mas, por mais clichê que isso possa soar, isso vai passar, temos que trabalhar pra isso. Só não podemos esmorecer.

Seja bem vindo de volta e aguardando as novidades.

Um grande abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 495
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Bom retorno!

em 13/12/2017, 08:52
Olá, Vimes!
Que bom te ver por aqui de novo!Bom retorno!
Estou seguindo a tua sugestão das flexões pela manhã! Está ajudando bastante!
Torço por ti, cara! Força, meu irmão!
Um grande abraço!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 263
Data de inscrição : 11/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 13/12/2017, 10:08
Vimes, bom tê-lo de volta. Espero que sua vida profissional se engate em breve. Um abraço.
avatar
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 15/12/2017, 15:25
Salve Vimes. Qual a boa?

_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 15/2/2018, 14:25
Fala galera! Há quanto tempo! Sumi por meses, dessa vez por motivos pessoais complicados. E não tão bons, infelizmente.

A parte ruim:
Pois é, me apaixonei e vivi um lindo romance, que durou um lindo mês, e depois acabou não dando certo. Eu suspeito que a culpa seja do fato da moçoila viver a uns 12.000 quilômetros de mim, afinal, distâncias assombrosas não um afrodisíaco muito eficiente.

O fato é que depois que eu fui embora do país dela tentei arranjar um modo de fazer o lance funcionar. Se pá eu poderia até me mudar de país de novo. Mas a distância cobrou seu tributo e o lance acabou meio tenso.

Daí eu fiquei mal. E, como consequência, me afastei de praticamente tudo.

A parte boa:
Depressão por causa de amor é causa clássica para recaída em vícios. Bão, a parte boa é que eu não recaí. Passei direto pelo vício em PMO sem descer no ponto, e fui direto para o vício em video game. Algo praticamente tão viciante quanto, mas bem menos indigno e com muito menos consequências debilitantes.

O resultado é que eu voltei a jogar meus clássicos viciantes favoritos e me tornei mestre quadragésimo dan em DOOM (aquele clássico mesmo cheio de píxels e sangue quadriculado, diversão garantida até hoje) e Starcraft (aquele clássico também, porque Starcraft 2 é uma merda feita pra arrancar a grana dos viciados).

Ou seja, os sites de abandonware e emuladores se tornaram minha segunda casa, mas meu assento na P ficou completamente desocupado. Very Happy

A parte ruim:
Semana passada quebrei a costela! Caracoles! Como resultado fiquei em repouso total, em casa o dia inteiro, sem fazer bosta nenhuma. Daí quando até mesmo o video game começou a enjoar, daí sim rolou a recaída.

Passei uma semana sem poder sair de casa, com tempo mais do que suficiente para o vício. Retomei o controle uns três dias atrás e imediatamente já quis aparecer aqui pra escrever mais um capítulo da minha epopéia, mas como a procrastinação é um dos resultados clássicos da PMO fiquei embaçando até hoje.

Ficar em casa parado sem fazer nada é o maior amigo do vício. Isso eu já sabia e pude comprovar mais uma vez.

Portanto saiam de casa, arranjem o que fazer. Monotonia pra gente é inimigo mortal.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 15/2/2018, 18:23
Baggins, Spiritum, Renovatio e Connor, valeu pela presença e pela força! Vou dar uma passada no diário de vocês pra poder acompanhar a caminhada. Smile

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 15/2/2018, 22:54
Que saudade de você meu amigo Vimes! Pena que teve recaídas nessa sua sumida. Cara. Já sofri muito por conta de mulheres, principalmente no inicio do meu reboot (Acho até que tem reclamações minhas no meu diário, rsrs). Você vai estar mais presentes aqui no fórum? e o trabalho como anda?

_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

avatar
Mensagens : 1953
Data de inscrição : 26/04/2017
Idade : 16
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 15/2/2018, 23:08
Eae Vimes! Caraca mano! Curto muito DOOM! Zerei o 1 e o 2 o 3 é bosta mais o novo quero jogar kkkk, mais isso ai que bom que tu voltou! E a depre de amor é foda mesmo kkkk tomara que continue no fórum e melhoras!



Att.
Vysk

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 100
Data de inscrição : 08/04/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 16/2/2018, 09:02
Você escreveu "Portanto saiam de casa, arranjem o que fazer. Monotonia pra gente é inimigo mortal". Isso é essencial...Vou me atentar a isso.

Bom te ver por aqui novamente, vamos recomeçar irmão!
avatar
Mensagens : 263
Data de inscrição : 11/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 16/2/2018, 14:40
Vimes, que bom que você voltou. Sempre gostei de acompanhar seu diário porque você tem um estilo leve de escrita e é bastante pragmático na vida. Estamos juntos nessa luta diária. Um abraço.
avatar
Mensagens : 254
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 37
Localização : Salvador
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 16/2/2018, 19:13
Spoiler:

Vimes escreveu:Fala galera! Há quanto tempo! Sumi por meses, dessa vez por motivos pessoais complicados. E não tão bons, infelizmente.

A parte ruim:
Pois é, me apaixonei e vivi um lindo romance, que durou um lindo mês, e depois acabou não dando certo. Eu suspeito que a culpa seja do fato da moçoila viver a uns 12.000 quilômetros de mim, afinal, distâncias assombrosas não um afrodisíaco muito eficiente.

O fato é que depois que eu fui embora do país dela tentei arranjar um modo de fazer o lance funcionar. Se pá eu poderia até me mudar de país de novo. Mas a distância cobrou seu tributo e o lance acabou meio tenso.

Daí eu fiquei mal. E, como consequência, me afastei de praticamente tudo.

A parte boa:
Depressão por causa de amor é causa clássica para recaída em vícios. Bão, a parte boa é que eu não recaí. Passei direto pelo vício em PMO sem descer no ponto, e fui direto para o vício em video game. Algo praticamente tão viciante quanto, mas bem menos indigno e com muito menos consequências debilitantes.

O resultado é que eu voltei a jogar meus clássicos viciantes favoritos e me tornei mestre quadragésimo dan em DOOM (aquele clássico mesmo cheio de píxels e sangue quadriculado, diversão garantida até hoje) e Starcraft (aquele clássico também, porque Starcraft 2 é uma merda feita pra arrancar a grana dos viciados).

Ou seja, os sites de abandonware e emuladores se tornaram minha segunda casa, mas meu assento na P ficou completamente desocupado. Very Happy

A parte ruim:
Semana passada quebrei a costela! Caracoles! Como resultado fiquei em repouso total, em casa o dia inteiro, sem fazer bosta nenhuma. Daí quando até mesmo o video game começou a enjoar, daí sim rolou a recaída.

Passei uma semana sem poder sair de casa, com tempo mais do que suficiente para o vício. Retomei o controle uns três dias atrás e imediatamente já quis aparecer aqui pra escrever mais um capítulo da minha epopéia, mas como a procrastinação é um dos resultados clássicos da PMO fiquei embaçando até hoje.

Ficar em casa parado sem fazer nada é o maior amigo do vício. Isso eu já sabia e pude comprovar mais uma vez.

Portanto saiam de casa, arranjem o que fazer. Monotonia pra gente é inimigo mortal.

Fala Vimes, seja bem vindo de volta!

Puxa irmão, que histórias! De relacionamentos a longa distância a costela quebrada, rolou de tudo um pouco nesse tempo... Mas com a experiência que você adquiriu e com suas análises que vão no âmago de suas falhas, brevemente você estará livre dessa compulsão.

Apesar de você ter conseguido um feito extraordinário de não resetar após um término de relacionamento, atente para o outro vício, o dos videogames, pois, de uma forma ou de outra, ele pode ter uma relação indireta com a PMO. Quando puder, dê uma olhada neste post que escrevi no diário do 5&4 justamente sobre essa relação nebulosa entre games e PMO:

http://comoparar.forumeiros.com/t5636p250-basta-somente-e-definitivamente#155766

E em relação a essa costela, vai ficar quanto tempo "de molho"? E depois desse período, vai continuar com a capoeira como atividade física?

Desejo a você melhoras, se recupere logo e parta pra luta, Vimes! Mas enquanto está se recuperando, veja se você consegue matar um Cyber Demon na motosserra e sem invulnerabilidade!  Laughing

Um grande abraço!


_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins
avatar
Mensagens : 1782
Data de inscrição : 09/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 16/2/2018, 23:28
Vimes:
Vimes escreveu:Fala galera! Há quanto tempo! Sumi por meses, dessa vez por motivos pessoais complicados. E não tão bons, infelizmente.

A parte ruim:
Pois é, me apaixonei e vivi um lindo romance, que durou um lindo mês, e depois acabou não dando certo. Eu suspeito que a culpa seja do fato da moçoila viver a uns 12.000 quilômetros de mim, afinal, distâncias assombrosas não um afrodisíaco muito eficiente.

O fato é que depois que eu fui embora do país dela tentei arranjar um modo de fazer o lance funcionar. Se pá eu poderia até me mudar de país de novo. Mas a distância cobrou seu tributo e o lance acabou meio tenso.

Daí eu fiquei mal. E, como consequência, me afastei de praticamente tudo.

A parte boa:
Depressão por causa de amor é causa clássica para recaída em vícios. Bão, a parte boa é que eu não recaí. Passei direto pelo vício em PMO sem descer no ponto, e fui direto para o vício em video game. Algo praticamente tão viciante quanto, mas bem menos indigno e com muito menos consequências debilitantes.

O resultado é que eu voltei a jogar meus clássicos viciantes favoritos e me tornei mestre quadragésimo dan em DOOM (aquele clássico mesmo cheio de píxels e sangue quadriculado, diversão garantida até hoje) e Starcraft (aquele clássico também, porque Starcraft 2 é uma merda feita pra arrancar a grana dos viciados).

Ou seja, os sites de abandonware e emuladores se tornaram minha segunda casa, mas meu assento na P ficou completamente desocupado. Very Happy

A parte ruim:
Semana passada quebrei a costela! Caracoles! Como resultado fiquei em repouso total, em casa o dia inteiro, sem fazer bosta nenhuma. Daí quando até mesmo o video game começou a enjoar, daí sim rolou a recaída.

Passei uma semana sem poder sair de casa, com tempo mais do que suficiente para o vício. Retomei o controle uns três dias atrás e imediatamente já quis aparecer aqui pra escrever mais um capítulo da minha epopéia, mas como a procrastinação é um dos resultados clássicos da PMO fiquei embaçando até hoje.

Ficar em casa parado sem fazer nada é o maior amigo do vício. Isso eu já sabia e pude comprovar mais uma vez.

Portanto saiam de casa, arranjem o que fazer. Monotonia pra gente é inimigo mortal.

Que viagem! Isso é que é religação meu amigo. Imagino quantas sensações e experiências novas vc vivenciou. E quanto não adquiriu em conhecimento e vida. Um grande passo na vitória contra a PMO.

Não se entrega a procrastinação Vimes. Já basta eu de procrastinador nesse fórum. kkk

Sucesso. Bem-vindo de volta a sua casa.

_______________________________________
Crux Sacra sit mihi lux, non draco sit mihi dux. Vade retro satana!

Diário 1: http://www.comoparar.com/t4437-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade
Diário 2 (atual): http://www.comoparar.com/t7541-diario-de-marco-construindo-uma-vida
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 18/2/2018, 14:54
Marco:
Efetivamente fiquei contente comigo mesmo por ter segurado a barra. Mas seria melhor ter segurado depois também. Quando eu quebrei o pé e perdi mobilidade por um mês eu acabei recaindo também, lembra? Esse é um problema que eu ainda não descobri como contornar.

Procrastinação de PMO é uma coisa esquisita. A gente tem algo até que simples pra fazer e deixa pra depois, até se ligar que já faz uma semana que tá deixando pra depois.

Baggins:
Um vício de cada vez, Mr. Baggins! Um vício de cada vez. Very Happy

Costela ainda dói, mas tá quase boa. Já fiz uns alongamentos, mas mais do que isso ainda não dá pra fazer. Meu corpo sente falta de exercício mano, e a pança já tá começando a se desenvolver mais do que deveria. Smile

E o único modo conhecido pela ciência pra se matar um Cyberdemon com a moto-serra é o IDDQD. Qualquer outro método é suicídio garantido. Very Happy

Renovatio:
Valeu mano! Tamo junto, tropeçando de vez em quando mas sem parar de caminhar. Very Happy

Ieyasu:
Bom te ver por aqui mano, te vi abandonar o fórum uma ou duas vezes quando a casa caiu pro seu lado, então não tinha certeza se você estaria aqui quando voltasse. Ainda bem que ficou! Very Happy

Vysk:
Doom 3 fiz questão de não jogar. Pegar um jogo perfeito e tentar "reinventar" é garantia de que vai dar merda. Smile

Mas na minha vida pessoal eu tô bem mais sossegado agora, a parte ruim já ficou pra trás. É só eu não quebrar mais nenhum osso e vou ficar bem.

Conor:
Se tem algo que consegue complicar a vida de um homem é uma mulher, seja pro bem ou pro mal. Very Happy

Trabalho tá parado. O próximo contrato só começa no mês que vem, então tenho um mês pra embaçar. Vou tentar arranjar um temporariozinho, mais pra passar o tempo do que qualquer outra coisa, mas até o meio de Março a minha vida vai ser um pouco tediosa.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 18/2/2018, 15:07
Vida caminhando sossegada, sem fissuras, sem crises, o vício definitivamente não tá apertando. Emocionalmente eu tô maomenos, mais entediado do que qualquer outra coisa. Mas depois de duas semanas em casa parado, sem poder fazer nada, era de se esperar, não? Very Happy

Quebrar costela é um pé no saco porque não dá pra enfaixar. Dói quando a gente se mexe, dói pra dormir, dói até pra respirar. E, acabei descobrindo de forma dolorosa, dói quando a gente tosse e mais ainda quando espirra. Se eu pudesse escolher um super poder, muito provavelmente escolheria um confiável esqueleto de adamantium. Smile

De resto as consequências dessa vez não pesaram. Não foi tão forte ou tão debilitante quando normalmente é. Minha cabeça tava boa e o vício me pegou no tédio, e não na depressão ou qualquer outra emoção negativa que normalmente nos leva a ele. Acho que isso contou pra facilitar tudo.

Se for essa a causa, cada emoção ruim que a gente não resolve (sentimento de inferioridade, inadequação, frustração, etc.) piora as inevitáveis consequências da PMO.

Se for assim, quanto mais cuidamos da nossa mente e do nosso estado de espírito, menos força o vício terá e menos consequências vão rolar com uma eventual recaída.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 1782
Data de inscrição : 09/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 19/2/2018, 16:59
Vimes escreveu:Vida caminhando sossegada, sem fissuras, sem crises, o vício definitivamente não tá apertando. Emocionalmente eu tô maomenos, mais entediado do que qualquer outra coisa. Mas depois de duas semanas em casa parado, sem poder fazer nada, era de se esperar, não? Very Happy

Quebrar costela é um pé no saco porque não dá pra enfaixar. Dói quando a gente se mexe, dói pra dormir, dói até pra respirar. E, acabei descobrindo de forma dolorosa, dói quando a gente tosse e mais ainda quando espirra. Se eu pudesse escolher um super poder, muito provavelmente escolheria um confiável esqueleto de adamantium. Smile

De resto as consequências dessa vez não pesaram. Não foi tão forte ou tão debilitante quando normalmente é. Minha cabeça tava boa e o vício me pegou no tédio, e não na depressão ou qualquer outra emoção negativa que normalmente nos leva a ele. Acho que isso contou pra facilitar tudo.

Se for essa a causa, cada emoção ruim que a gente não resolve (sentimento de inferioridade, inadequação, frustração, etc.) piora as inevitáveis consequências da PMO.

Se for assim, quanto mais cuidamos da nossa mente e do nosso estado de espírito, menos força o vício terá e menos consequências vão rolar com uma eventual recaída.

Concordo plenamente Vimes. Por isso é bom associar ao reboot uma busca por fortalecimento espiritual ou fortalecimento de nossas personalidades.

Acredito que existam sim traços de nossa personalidade que nos levam a uma inclinação da PMO. Um padre disse em seu curso que o viciado em PMO não aguenta ser contrariado. Se ele é contrariado pela vida ele corre pra PMO para obter o prazer que a vida lhe nega.

Cuidar de nossa personalidade, nosso "eu", é fundamental. Fortalecer-se!

Melhoras da costela aí. Sucesso!

_______________________________________
Crux Sacra sit mihi lux, non draco sit mihi dux. Vade retro satana!

Diário 1: http://www.comoparar.com/t4437-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade
Diário 2 (atual): http://www.comoparar.com/t7541-diario-de-marco-construindo-uma-vida
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 26/2/2018, 08:16
Bão, atualmente os maiores furos do meu reboot são dois:

1) Acesso a outros computadores.

Meu computador tá bloqueado. Ótimo. Então o perigo nele é reduzido. Mas e quando eu tenho acesso a outros computadores que não estão? Meu cérebro não registra o lance como "perigo", e sim como "oportunidade", e isso muitas vezes deu merda. Já tive algumas quedas por causa disso (e algumas situações complicadas também). No meu último trabalho cheguei a instalar bloqueadores no note que usava pra trabalhar, algo que eu não deveria fazer, mas que valeu a pena. Devem tá instalados até hoje.

2) O massacrante tédio quanto não posso fazer atividades.

Esse é um gatilho que eu ainda não aprendi a bater. Eu adoro atividades físicas, adoro viajar, adoro conhecer gente nova. São três atividades que muito me ajudam a ficar longe do vício. Mas o que acontece quando eu não posso fazer nenhuma das três?

Quebrei a costela recentemente e fiquei duas semanas sem fazer absolutamente nada. Doía até pra dormir e respirar, imagina caminhar. Fiquei em casa parado fazendo porra nenhuma. Daí o vício ganhou muita força e eu recaí.

O mesmo rolou no ano passado, quando eu quebrei o pé. Fiquei duas semanas de molho, sem atividade física, mobilidade bem reduzida, e recaí também. Mesmo problema, mesmo resultado.

Minha grande estratégia para combate ao vício são as atividades. É sair de casa. É me mexer.

E aí, como é que eu faço quando não posso fazer minhas atividades? Como é que eu impeço o vício de ganhar força quando não posso fazer o que tira a força dele?

Como?

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 481
Data de inscrição : 22/12/2017
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 26/2/2018, 08:51
Aí é foda mesmo! Realmente as atividades físicas são ótimas e pra mim as melhores formas de largar o vício! Ficar no tédio tbm é o meu pior gatilho! Na sua situação é foda cara, tu ta na merda (sem querer desmotivar ) tenta não se quebrar toda hora kkkkkkkkk ! Agora é torcer pra sua costela melhorar logo pra vc voltar pra atividades físicas porque trancado em casa é foda.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1402
Data de inscrição : 12/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 28/2/2018, 11:22
Vimes escreveu:Bão, atualmente os maiores furos do meu reboot são dois:

1) Acesso a outros computadores.

Meu computador tá bloqueado. Ótimo. Então o perigo nele é reduzido. Mas e quando eu tenho acesso a outros computadores que não estão? Meu cérebro não registra o lance como "perigo", e sim como "oportunidade", e isso muitas vezes deu merda. Já tive algumas quedas por causa disso (e algumas situações complicadas também). No meu último trabalho cheguei a instalar bloqueadores no note que usava pra trabalhar, algo que eu não deveria fazer, mas que valeu a pena. Devem tá instalados até hoje.

2) O massacrante tédio quanto não posso fazer atividades.

Esse é um gatilho que eu ainda não aprendi a bater. Eu adoro atividades físicas, adoro viajar, adoro conhecer gente nova. São três atividades que muito me ajudam a ficar longe do vício. Mas o que acontece quando eu não posso fazer nenhuma das três?

Quebrei a costela recentemente e fiquei duas semanas sem fazer absolutamente nada. Doía até pra dormir e respirar, imagina caminhar. Fiquei em casa parado fazendo porra nenhuma. Daí o vício ganhou muita força e eu recaí.

O mesmo rolou no ano passado, quando eu quebrei o pé. Fiquei duas semanas de molho, sem atividade física, mobilidade bem reduzida, e recaí também. Mesmo problema, mesmo resultado.

Minha grande estratégia para combate ao vício são as atividades. É sair de casa. É me mexer.

E aí, como é que eu faço quando não posso fazer minhas atividades? Como é que eu impeço o vício de ganhar força quando não posso fazer o que tira a força dele?

Como?

Fala, Vimes! Tudo beleza meu irmão?

Algumas dicas bem simples são:


  • O fato de você estar em casa, não quer dizer que vc não precisa estar fazendo nada. Uma vez você disse que curtia escrever/desenhar, foque nisso ... Jogue video game, veja séries, qualquer coisa.

  • Crie uma rotina!

  • Como eu acredito que vc já faça todas essas coisas, então uma outra forma de driblar esses dias é com uma companhia constante (o ideal é uma namorada), mas podem ser parentes ou amigos

  • Por ultimo: Bloqueadores!


Forte abraço irmão

_______________________________________
De pé e lutando.
diário: http://www.comoparar.com/t1157-25-soli-deo-gloria-reinicio





"No sentido mais verdadeiro, a liberdade não pode ser concedida; deve ser alcançada"
Roosevelt
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 1/3/2018, 01:56
Mano, minha última aventura amorosa acabou em solidão, então não é o momento mais propício pra começar outra. Very Happy

Bem vindo de volta! Smile

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 1/3/2018, 02:02
Acabei de adicionar um contador. Fazia meses que eu não usava um, já era hora de corrigir essa falha.

Por que eu resolvi instalar? Porque estou passando dias de tédio na sua mais pura forma, ainda tenho duas semanas pra não fazer absolutamente porra nenhuma até que comece meu próximo contrato, e estou pensando em PMO o tempo todo.

O contador vai ser mais um incentivo - e um compromisso - para me ajudar a bater o tédio e a pentelha vontade de usar PMO como distração que vem junto com ele.

Tédio é um pé no saco. Ainda mais agora que eu apaguei Starcraft do meu computador, jogo em que eu gasto com prazer horas e horas a fio sem parar. Foi muito útil enquanto eu tava com a costela quebrada e não podia me mexer, mas agora tá me atrapalhando a vida.

O contador inicia agora. Quero estar limpo para começar meu próximo contrato saudável e de cabeça limpa.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 495
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 46
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 1/3/2018, 18:14
E aí, Vimes!
Estamos juntos no reboot.
Vamos ver se a gente chega juntos no pódio.
Força, irmão.
Um grande abraço.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de Vimes

em 4/3/2018, 10:52
Não deu certo mano.

Bão, vamos a uma boa e uma má notícia.

A má é que eu não sei lidar com o tédio. Se fico sem ter o que fazer e tenho acesso a outros computadores, o meu risco de recaída quadruplica. Essa última semana fez um frio de rachar e alguns dias chegou até a nevar. Ou seja, fiquei dentro de casa sem fazer porra nenhuma, só jogando video game e esperando o tempo melhorar.

Resultado, queda desastrosa ontem, puramente por causa do tédio.

A boa notícia é que, pela primeira vez em muito tempo, o sol apareceu e rolou um dia bonito e agradável. Nada de chuva, nada de neve, parece até que realmente estamos em Março.

Ou seja, foi o primeiro dia em muito tempo que pude sair de casa pra fazer exercícios. A costela encheu um pouco o saco, mas isso era já esperado. O que importa é que deu pra fazer, e meu corpo sentiu a diferença.

Ser meio hiper ativo e não gastar energia é fórmula segura pra dar merda.

Primeiro treino depois da PMO é desestimulante. O corpo não aguenta, o ar falta, os músculos não cooperam. Todo o teu corpo protesta e quer voltar ao sedentarismo. Sem sombra de dúvidas reiniciar é um pé no saco.

Daqui a uma semana, saindo sempre que posso pra me exercitar, essa merda toda já vai ter passado. Meu corpo vai estar mais acostumado ao exercício, o pulmão vai normalizar, a agilidade vai voltar e tudo vai ficar mais fácil e prazeroso.

Mas os primeiros dias são uma desgraça. Nada me faz odiar a PMO mais do que os primeiros dias de treino.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum