Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/04/2017
Idade : 41
Localização : Brasília
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 15/3/2018, 12:03
Ola jhonsnow tudo bem?
Passando aqui pra te da uma força e te falar, não desista 10 dias parece pouco, mais pra nos viciados é uma vitória, os primeiros dias passa muito lento, mais é ai que você tem que vigiar, sempre o começo de uma caminhada e mais difícil, mais vai chegar o mento que você vai olhar para trás,
e vai ver o quanto valeu a pena resistir a pornográfia.
No começo do meu reboot eu pensava assim, será que vou chegar até is 90 dias? Graças a Deus e a todos vocês, não só cheguei aos 90 como passei dele.
Então meu amigo, lute com todas suas forças, e você vai ver o quanto a vida sem pornô vale a pena.
Que Deus te abençoe.
Abraço.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 21/3/2018, 16:42
Obrigado Luta Diária pela visita e por dar uma força, realmente só de olhar seu contador já é uma motivação e tanto.

Confesso que está difícil, com os bloqueadores estou conseguindo ficar sem P, mas o grande problema está sendo minha imaginação, as fantasias vem forte demais, a vontade de se masturbar é imensa.

Não estou muito legal não, apesar de ter melhorado a questão da ER, mesmo assim não estou me sentindo bem.

A vontade de masturbar está muito forte, já cheguei a começar no banho, mas parei em seguida, não sei se isso é motivo para resetar.

Gostaria de saber se devo resetar, ou seguir com o reboot. Estou chegando aos 16 dias.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/04/2017
Idade : 41
Localização : Brasília
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 21/3/2018, 18:01
Boa tarde Johnsonw.
Se você só iniciou a masturbação e não teve orgasmo, não vejo motivo para resetar, quanto as fantasias é uma luta que nos vamos ter que travar.
sempre.
Por isso é importante não ficarmos alimentando elas.
Ficamos muito tempo afundado no vicio, por isso é tão difícil pra gente, e outra coisa amigo vamos preparar pra luta, pois para o mundo e para alguns isso não tem nada haver.
Hoje em qualquer lugar que você está tem um gatilho, eu também luto contra fantasias, pois eu acho mais difícil lutar contra fantasias do que contra a pornográfia.
Ate hoje luto contra fantasias a todo tempo, pois ela e lançanda muito rápido, por qualquer mulher com decote ou alguma imagem que nos pega de surpresa.
Mais vou te dizer, quando você consegue resistir você fica mais forte, e assim você vai conseguir ir longe no seu reboot e assim ter uma nova vida.

Abraço forte amigo, não desista não se entrega.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Poder das fantasias

em 24/3/2018, 18:21
Luta diária, seu nome traduz tudo q passamos.

Meu amigo, as fantasias estão acabando com minha mente, nunca imaginei que seria tão difícil.
Tenho ereções constantes por conta das fantasias, acredito que nem a pornografia está sendo um grande problema. Claro que se marcar recaio na P novamente.
Mas as benditas fantasias destroem, chego a ter algumas pequenas crises de ansiedade por lutar contra elas.

Parece algo demoníaco, se estou tomando banho e vem uma fantasia seguido de ereção, a M parece ser qse automática.

Não sei quanto tempo isso vai durar, quando tentei o reboot pela primeira vez foi mais fácil por conta da flatline, mas agora nem sinal de entrar em uma, chego a pensar que seria melhor entrar na flatline por 1 mês pelo menos.

Sei lá, mesmo com 19 dias ainda estou com a cabeça a milhão, está muito mais difícil dessa vez do que da primeira. Crying or Very sad Crying or Very sad

No mais, vamos seguindo.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

3ª Tentativa

em 26/3/2018, 09:35
Bom resolvi resetar novamente.

Acabei cedendo as fantasias e M.
Por mais que não tenha sido com P, mas quero tentar um reboot mais limpo possível.
Só não sei como evitar os malditos pensamentos, está muito difícil.

As ereções para o sexo não estão satisfatórias, mas com fantasias elas respondem rápido.

A luta agora é contra meus pensamentos, vou buscar uma maneira de evitá-los. Crying or Very sad

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1999
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 27/3/2018, 12:23
JohnSnow escreveu:Bom resolvi resetar novamente.

Acabei cedendo as fantasias e M.
Por mais que não tenha sido com P, mas quero tentar um reboot mais limpo possível.
Só não sei como evitar os malditos pensamentos, está muito difícil.

As ereções para o sexo não estão satisfatórias, mas com fantasias elas respondem rápido.

A luta agora é contra meus pensamentos, vou buscar uma maneira de evitá-los. Crying or Very sad
Olá John,

Martinho Lutero um dia disse: “Você não pode impedir que um pássaro pouse em sua cabeça, mas, pode impedir que faça ninho”. As fantasias só cessaram por meio da nossa intervenção. E temos que fazer isso assim que elas começarem a surgir na mente, para que não se fortaleçam e criem ninhos, raízes profundas. 

Uma técnica que talvez possa te ajudar é você pensar que uma tela gigante se abrindo no momento da fantasia e que sua família, parentes, amigos estão visualizando toda aquela fantasia que está "passeando" em sua mente. Como você se sentiria se todo esses desejos ocultos de uma hora para outra fossem revelados a todos? Tenho certeza que isso vindo à tona você magoaria, entristeceria, pelos uma pessoa do seu círculo de convívio.

Pense, então, nessa tristeza, sinta-a, pense na tamanha vergonha ocasionado pela revelação de algo tão íntimo. Com o tempo, o seu cérebro vai associando que essas fantasias automáticas não são boas para você, e a tendência será o enfraquecimento delas. Se essa técnica não te ajudar, avise-nos que tentaremos auxiliá-lo de outras formas. Um forte abraço.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Um pouco de alívio

em 29/3/2018, 10:48
Bom dia pessoal,

5&4 obrigado pela dica, e engraçado que eu estou tentando algo parecido e que está funcionando.

Quando vem esses pensamentos, eu tento recorrer a memórias da minha infância, algumas tristes inclusive, e lembro como era inocente e não deveria ter sido apresentado a esse mundo de pornografia, mesmo sendo coisas de moleques na época.

Outra coisa que me faz esquecer é lembrar do meu avô, lembro com muita nitidez do dia de sua morte a 31 anos atrás, quando eu voltava da escola aos 7 anos e minha tia deu a notícia. Era um homem bom e me amava, e as vezes fico pensando se lá de cima ele está vendo tudo isso que fiz, e com certeza isso me causa muita vergonha. Crying or Very sad

Parece que depois de alguns resets estou aprendendo a lição, não sinto que estou na flatline, mas sinto que não devo ceder, fantasiar.
Vamos ver o decorrer do tempo, estou com medo da segunda ou terceira semana, que foi onde eu caí as outras vezes.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 3/4/2018, 18:33
Estou indo para o dia 9, algumas fantasias tentam me assombrar, voltei a ter algumas ereções durante o banho, um pouco de ansiedade durante o dia, mas por enquanto estou resistindo.

Ainda tento buscar recordações boas e ruins pra tentar desviar essas fantasias.

Quero muito voltar a ter a sensação que tive depois da flatline da minha primeira tentativa.
Quero ter aquela potência no sexo de novo igual tive em maio do ano passado, ter relação sexual sem pressa, sem ansiedade, com desejo e ereção disponível para satisfazer minha esposa sempre.
Quero ter aquela energia novamente, lembro de como fiquei feliz em saber que não tinha doença alguma, que a doença mesmo foi criada pelo meu cérebro e que eu posso controlar e dizer não, sem tomar nenhum medicamento, sem depender de ninguém.

Preciso me manter forte, e voltar aqui amanhã e ler isso que escrevi.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Resetei novamente

em 13/4/2018, 13:04
Bom, sem vontade de escrever, sem vontade de fazer nada, estou me sentindo péssimo.
Plena sexta-feira 13 vamos começar de novo.

Estou com ódio de mim mesmo, do tempo que perdi do reboot, pensamentos horríveis de fracasso.

Pelo jeito nunca vou abandonar os remédios de DE.


_______________________________________
avatar
Mensagens : 1782
Data de inscrição : 09/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 13/4/2018, 19:28
JohnSnow escreveu:Bom, sem vontade de escrever, sem vontade de fazer nada, estou me sentindo péssimo.
Plena sexta-feira 13 vamos começar de novo.

Estou com ódio de mim mesmo, do tempo que perdi do reboot, pensamentos horríveis de fracasso.

Pelo jeito nunca vou abandonar os remédios de DE.


Vai sim cara. E vai abandonar a PMO também. e a DE vai sumir. E sua vida vai melhorar muito.

Como vc caiu? Podemos lhe ajudar, lhe dar alguma dica...

_______________________________________
Crux Sacra sit mihi lux, non draco sit mihi dux. Vade retro satana!

Diário 1: http://www.comoparar.com/t4437-diario-de-marco-de-volta-para-a-realidade
Diário 2 (atual): http://www.comoparar.com/t7541-diario-de-marco-construindo-uma-vida
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 14/4/2018, 12:49
Obrigado por responder Marco,

Caí como das outras vezes, trabalho sozinho em casa, aí acabo por tendo ereções fortes durante o banho e a cabeça vive enchendo de fantasias, os métodos q estava usando como lembrar da infância, até mesmo da primeira vez q comecei o reboot e tive ótimos resultados, nada disso está adiantando mais.
Acho até fácil ficar sem a P, mas as fantasias e M me assombram.

Gatilhos por toda a parte, mulheres lindas na academia, na TV, até clientes que vem falar comigo.

Nunca imaginei ser tão difícil resistir assim.

O fracasso está acabando comigo. Sad

_______________________________________
Mensagens : 84
Data de inscrição : 10/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 14/4/2018, 16:27
Meu conselho é: ao invés de M faça com sua esposa/namorada, etc.
No reboot a líbido uma hora vai subir e uma esposa/namorada/rolo, etc vai ajudar a trazer a realidade do que é o sexo longe da M. Tem funcionado comigo.
Não se importe por enquanto em satisfazer a parceira, você está em tratamento.
Converse com ela, ela entenderá se quiser te ajudar a sair dessa e ser um cara melhor.
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Voltando depois de 8 meses

em 3/1/2019, 12:31
É isso aí pessoal, estou tentando voltar, desde abril, consegui no máximo 35 dias, e depois disso apenas caí caí e caí.

Fui variando entre 5 dias e 1 queda, ou uma semana inteira caindo. Todos os benefícios foram pro saco.
Estou com um problema muito sério que é trabalhar sozinho e no computador, isso me mata e não tenho como resolver.

Não sei oq fazer, eu trabalho no pc direto, procrastino mais do que trabalho na verdade, e sempre encontro algo pra ferrar com tudo.
Outro problema sério são algumas redes sociais como instagram, dependo tb por causa do trabalho....tenho que entrar todos os dias, e acabo vendo garotas de biquinis, fitness etc etc

Se alguém tiver alguma ideia, qualquer coisa que possa melhorar isso, me ajudaria demais.

Por algum tempo eu acompanhava um canal no youtube de um rebooter, foi oq mais me ajudou, eu via os videos da luta dele e isso me dava forças, mas depois que vi todos e as vezes demora pra atualizar o canal, acabo que me sentindo perdido e sozinho novamente.

Eu queria muito entrar em um grupo de whatsapp sobre reboot, mas tenho medo da minha esposa ver e querer saber tudo, não consigo me abrir com ela jamais sobre isso, na verdade não consigo contar pra ninguém sobre esse demônio que não sai de mim.

Resumindo estou ferrado, desmotivado, procrastinando direto no trabalho, sexo a base de remédios, com DE e ER e tudo que tem direito pra ferrar com minha vida lixo.

Nunca tinha pensado nisso, mas ultimamente comecei a considerar suicídio.

_______________________________________
Mensagens : 119
Data de inscrição : 30/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 3/1/2019, 14:29
Saaalve parceiro
Vc nem sabe a opinião da sua esposa, o medo está fazendo com que deixe de lado sua maior aliada, ela vai te puxar pro sexo real, sensações reais e ser uma grande aliada na sua recuperação.
Eu sai com duas amigas durante as últimas semanas, falei o que estava fazendo e recebi parabéns de ambas pelo esforço e sinceridade.
Foram super compreensivas e com uma delas saí pela 3a vez.. Cara vc tem uma esposa linda que tenho certeza que vai te ajudar.
Eu tomei um pé na bunda no primeiro dia de reboot!
Minha ex ficou semanas sem falar comigo, imagina a abstinencia e o sentimento de culpa misturado... Foi um inferno!
Mas hoje chego aos 80 dias, sem quedas, fazendo mudanças expressivas na vida, produzindo mais e transando em quase 100%... Falta uns ajustes mas tá tudo bem rsrsrs.
Seja humilde, converse com sua esposa, peça a ajuda dela e se não quiser fazer por vc, faça pela mulher que te ama!
Amo minha ex, e perdê-la por causa de DE foi a maior falha da minha vida! Não chegue aonde eu cheguei, enfrente seu medo!
Poste todos os dias pra poder ver como está vencendo esse desafio e sempre busque o apoio de sua esposa.
Da uma lida no meu diário depois
Confie em Deus e seja forte, Abçs
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 4/1/2019, 10:33
Bom dia,

Salve Sub zero, obrigado por responder.

Então cara, acho que o problema sou eu mesmo, não tenho coragem de contar isso a ninguém, a vida toda me senti péssimo com esse lance de P.
As vezes em roda de amigos qdo alguém comentava algo sobre pornografia, nomes de atriz porno, coisas assim, as pessoas mostravam curiosidade perguntando oq era....e eu cara, eu já sabia o nome e do que se tratava pq já tinha visto.....ou seja eu tinha vergonha e saia de perto.
Jamais iria conseguir falar disso com alguém, pelo menos por enquanto fora de cogitação.

Um dia tentei falar com uma amiga que mora fora do país e não tive o retorno q gostaria, estava muito mal, e ela me devolveu uma resposta do tipo...."vixi precisa se tratar, medicamentos e tal, meio bizarro isso" Sad Sad Sad pale pale ....me senti um merda maior ainda, parecia q eu era um estuprador ou coisa do tipo.
Depois disso ela se afastou e só falava o básico que a educação permite.

Eu fui um cara muito retraído, qualquer coisa ficava vermelho de vergonha, acho que só casei pq minha esposa tomou atitude, a coisa só melhorou depois q entrei na academia e fiquei com um corpo melhor, mas mesmo assim a cabeça é a mesma merda.
Evito lugares com pessoas, já cheguei a ter fobia social por conta desse lance de ficar vermelho qdo alguém faz uma brincadeira ou me deixa em evidência.

Hoje é o primeiro dia da nova tentativa, sinto uma ansiedade forte bounce bounce bounce , qdo consegui um mês de reboot essa ansiedade melhorou uns 80%, mas é complicado, tenho medo de tomar medicamentos para tal e ferrar mais ainda.

Mas valeu Sub zero, vou tentar escrever mais aqui, e darei uma passada no seu diário. Abraço !!!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

3º DIA

em 6/1/2019, 12:04
Olá a todos,
Completando hoje o terceiro dia, nesse momento estou sozinho em casa, e resolvi vir direto pra cá com medo de ter uma recaída.
Me sinto melhor por não ter aquele "estalo" na mente, não sei se com vcs é assim, mas comigo parece q qdo vejo alguma foto específica de mulher acontece esse "estalo" na mente e acabo caindo. Aí acabo lembrando de determinadas atrizes pornô ou garotas de academia e sucumbindo novamente ao vício.
E como trabalho usando redes sociais as vezes me deparo com fotos assim, e é complicado.
Hoje sinto uma grande confusão mental, estou com dificuldade em tecer argumentos sobre vários assuntos, como por ex política, estava falando com um amigo e mesmo sabendo sobre o assunto tive dificuldade em explicar o tema.
E associo essa dificuldade ao vício, pois qdo fiquei 30 dias abstemico eu sentia pensamentos mais claros.

No momento estou segurando bem a vontade, mas sinto a região pélvica em evidência, uma sensação de pressão nessa área, deve ser o cérebro reconhecendo que estou sozinho e por isso esse seria o momento de praticar PMO. Mad

No mais por hoje é isso, meu medo é chegar aos 10 ou 14 dias, onde a vontade vem com força.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 297
Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 6/1/2019, 12:40
Fala meu amigo!

Então, primeiramente concordo com você, a abstinência nos traz uma sensação e como se fosse um "poder" que você consegue se socializar mais e explicar melhor alguma coisa que você esteja falando para outra pessoa. Acho isso muito foda, nessa 3 tentativa que tive e na 1 tentativa, parecia que eu era um cara foda, toda vez que saía me socializava bastante e cara, sei lá, chegava e conhecia pessoas diferentes com mais facilidade, às vezes quando ia falar uma curiosidade no grupo e o pessoal prestava atenção em mim, eu explicava muito bem. Em fim mano, é real isso aí que você sente.

Sobre a questão da região pélvica eu acho que já senti uma pequena pressão, por causa da abstinência é claro, mas nada de mais sabe. Acho que deve ser normal.

Grande abraço irmão! Tô te acompanhando agora!!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________

"O que me diferenciará de um perdedor é minha vontade de vencer e nunca desistir"
"Perderei quantas vezes tiver que perder até conquistar minha glória"


Meu diário: http://www.comoparar.com/t8521-estilo-de-vida-diario-de-um-homem

Primeira tentativa: 21 dias
Segunda tentativa: 3 dias
Terceira tentativa: 9 dias
Quarta tentativa: Em andamento


avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

4º Dia

em 7/1/2019, 12:39
Olá Master_DW, obrigado por acompanhar.
Cara qdo consigo duas semanas ou mais longe do vício sinto uma clareza mental bem grande, mas por enquanto ainda estou com a cabeça meio turbulenta, ainda penso pra fazer coisas simples.

Hoje 4º dia, e preciso tomar cuidado, detesto abrir instagram, lá mora um grande perigo pra mim, mas infelizmente preciso trabalhar.

Estava procurando alguns métodos para evitar vícios na internet e achei algo muito interessante, onde um couch usava um elástico desses de dinheiro no punho, e toda vez q vc sente o vício chegando, ele puxa o elástico e provoca um pequeno incômodo no punho, na verdade nao precisa ser um elástico, pode ser qualquer coisa q provoque uma pequena dor dizendo pro seu cérebro voltar e manter atenção.
Ou seja, ele diz q com o tempo seu cérebro vai associar aquele pequeno incômodo com a recorrência dos pensamentos nocivos.
E vcs acreditam q comecei a testar isso enquanto estou sozinho desde ontem e não é q faz sentido ? Parece q só de ter o elástico lá no punho já é um sinal de atenção.
No caso esse cara disse q essa técnica pode ser usada para diversos vícios, onde ele mesmo disse ter usado para café.
Não sei se alguém ja testou isso, mas eu achei fantástico para resolver o problema das imagens e fantasias que vem na mente.

_______________________________________
Mensagens : 119
Data de inscrição : 30/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 8/1/2019, 17:17
Saaalve parceiro
Associar o vício a um incômodo funciona sim
Avisa pra esse coach que café não é vício hahaha

Como PMO causou a perda de meu relacionamento peguei um ódio mortal, simplesmente tenho nojo de fazer isso

Sucesso na sua recuperação, tamo junto sempre!
Forte abraço
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

6º Dia

em 9/1/2019, 15:00
Olá pessoal,

Sub Zero que bom cara, fico feliz, ainda bem que vc conseguiu essa aversão ao vício, eu ainda luto e muito.

Hoje é o sexto dia e estou trabalhando sozinho como sempre, com uma ansiedade monstro, palpitação, sensação de desmaio. Terrível !!!
Estou buscando métodos para controlar a ansiedade, até instalei um aplicativo sobre meditação, bem legal estou testando ainda.

Comentei na postagem anterior sobre um método para ajudar com vícios diversos, no caso estou usando para controle das imagens e fantasias q enchem a cabeça, onde infelizmente não da pra instalar bloqueador algum, quem dera.

O método consiste na neuro associação, sempre q vem as imagens a mente ou qdo esbarro em alguma foto provocante eu puxo o elástico provocando um leve incômodo na pele.
E acredita q realmente tem dado certo ? Parece que desliga na hora e eu volto ao mundo real.

Por favor assistam o vídeo abaixo,  espero que possa ajudar no controle dos pensamentos.


_______________________________________
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

7º Dia

em 10/1/2019, 11:54
Olá

Eu aqui de novo tentando me livrar da ansiedade, q me causa falta de ar e palpitações.

As vezes me pergunto pq sou tão complicado, pq olho no espelho e não gosto do que vejo mesmo com minha esposa afirmando q gosta.
Como já disse outras vezes sempre fui muito tímido, evitava multidões, só conseguia relacionamento por internet, como meu primeiro namoro sério, e foram 5 anos complicados, outra cidade, já com sinais de DE aparecendo, sexo sem penetração pq ela tinha vaginismo e nem sabiamos oq era isso.

Era muito magro, tinha (tenho) cara de besta, mesmo as vezes ouvindo de mulheres q me achavam bonito, qdo alguma me elogiava eu morria de vergonha mas depois sentia uma felicidade imensa e ficava pensando naquilo por dias.
Acho q minha melhor fase foi qdo entrei na academia e ganhei um corpo legal, mas mesmo assim não adiantou muito, na presença de outras pessoas eu me sentia inferior.

Várias vezes acordo me lembrando de vergonhas q passei, ou de algumas pessoas q trabalharam comigo e q por sinal eram bem maldosas, gostavam de pegar um defeito q me incomodava e evidenciavam na frente todos pq sabiam q seria atingido.

Um vez perceberam q eu ficava vermelho por qualquer coisa Embarassed Embarassed Embarassed , aí eu sofri um bocado, piadas de cunho sexual eram as piores, tinha uma garota q trabalhava lá q era a pior, ela se divertia com isso e sempre q eu me aproximava de uma rodinha lançava algum comentário pra ver minha reação.

Isso ajudou a agravar muito o vício em PMO, nessa época solteiro, ia pra casa e me afundava no vício, onde lá nos chats ninguém poderia tirar onda com minha cara e eu podia ser o "fodão".

Então hoje eu quero muito me livrar desse passado e dos fantasmas q assombram minha cabeça, quero muito fazer isso tb pela minha esposa q me escolheu pra dividir sua vida comigo, ela realmente merece um eu bem melhor do que nunca fui.

No mais é isso, 7º dia segurando as pontas e só percebo acumulo de energia sexual, restante mesma merda, ansiedade a milhão.

Paz a todos no país da putaria. Rolling Eyes

_______________________________________
avatar
Mensagens : 605
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 11/1/2019, 00:22
Fala Snow!

Então mano, tamos juntos. Eu entendo muito bem as merdas que você passou e os fantasmas que você tenta exorcizar, porque eu passei exatamente pela mesma coisa. Foi foda me livrar da timidez, me livrar dos estereótipos que, no fim, a gente mesmo acaba adotando, e me livrar de zilhões de memórias incômodas.

Duas coisas que me ajudaram nesse meu caminho:

Primeiro, foi entender que o inferno mora nos detalhes. Duas pessoas podem ver a exata mesma situação, mas uma pode ter uma visão confortavelmente otimista, enquanto outra pode ter uma visão opressivamente pessimista. Qual é a diferença?

São os detalhes. É você ver que falta uma pétala na flor, ao invés de prestar atenção na beleza das restantes. É você ficar deprimido por ter esquecido o guarda chuva, ao invés de curtir a sensação da água escorrendo pelo corpo. É você prestar atenção apenas nos aspectos negativos, e se esquecer completamente dos aspectos positivos.

Ou seja, se você der atenção demais aos seus defeitos, você fatalmente vai se sentir escroto. E isso funciona para absolutamente todo mundo, todo mundo tem vantagens e defeitos. Se o Trump começar a se ligar que é um gordo nojento, com pouquíssima cultura, péssimo temperamento e zero caráter, ele vai se deprimir. Mas ele prefere se enxergar um homem bem sucedido, que não tem medo, que conseguiu casar com uma gostosa, e que consegue se fazer ouvir, ele vai chegar longe. Se pá, até mesmo à presidência. Smile

Não é fácil perder o costume de ficar olhando apenas os seus aspectos negativos, as suas falhas, as suas deficiências. É um puta trabalho mental.

Mas é possível, e absurdamente recompensador. Very Happy

Segundo, foi aprender a aceitar ser exatamente quem eu sou.

Tem uma cena no seriado de onde você tirou o seu nick, que pra mim foi genial. Foi quando o anão (esqueci o nome) encontra o John Snow pela primeira vez, e começa a chamar ele de bastardo, mencionar como é ser bastardo, encher o saco apenas pelo fato dele ser bastardo.

E o Snow fica puto, extremamente incomodado. Daí o anão fala algo tipo "enquanto você não aceitar esse aspecto da tua vida, enquanto não vestir a camisa do fato de ser um bastardo, todos vão poder usar isso contra você".

E efetivamente o cara era um anão e era sacaneado o tempo todo por ser anão. Mas por aceitar esse aspecto da vida ele, por não se ofender nem se envergonhar pelo fato de ser anão, ele não permitia que ninguém o atingisse ao mencionar a sua estatura. Durante o livro inteiro, qualquer menção à sua estatura acaba solenemente ignorada, e ele consegue bater todo mundo usando a inteligência. Se ele ficasse focado no fato de ser anão, de ser inadequado, ao invés de aceitar o que ele é, ele seria o personagem mais irrelevante, inútil e esquecido da série.

Traduzindo, você tem as tuas características - seja elas quais forem, tipo ficar vermelho - mas ao invés de deixar que elas te incomodem, você se sentiria melhor ao entender que elas fazem parte do que você é, e não são nem piores nem melhores do que as características de qualquer outro.

Eu nasci, cresci e vivi diferente. Sempre vi as coisas de modo diferente dos outros, sempre tive interesses diferentes dos outros. Tipo quando a galera se interessava por futebol, eu curtia física nuclear. Smile E era sacaneado por isso, sofri bullying pra cacete, desde a época em que isso nem tinha nome ainda. Isso só foi mudar quando eu comecei a entender que ser diferente me dava vantagens, e não desvantagens. Eu tinha a habilidade de ver o mundo de outra forma, de entender tudo por duas perspectivas diferentes (a minha e a dos outros), e isso estranhamente me fazia ser mais, e não menos do que os outros. Quando eu estava no primeiro colegial foi quando esse lance entrou na minha cabeça de forma tão forte, que eu comecei a sacanear os meus bullies, de forma que, no fim, nunca mais ninguém me encheu o saco.

Ou seja, aceitar o que eu era, e entender que isso era parte integrante e benéfica de mim, me deu uma puta autoconfiança, que me fez sair de vez - pra nunca mais voltar - da condição de sacaneado.

São conceitos difíceis de serem conversados em um fórum. Isso seria uma conversa muito mais produtiva durante uma cerveja, em algum distinto boteco (ou uma Fanta uva, devo ser o único brasileiro que ama Fanta uva Very Happy ), mas como isso não é possível, espero que essa mensagem ajude. Smile

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes
avatar
Mensagens : 37
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

11º DIA

em 14/1/2019, 09:58
Bom dia a todos,

Eai Vimes, blz ?

Isso é verdade cara, realmente precisamos nos aceitar, eu não sei se consigo isso de verdade, acho q passei uma infância bem estranha.

Essa cena da série realmente é muito boa, a fala mais marcante é qdo o Tyrion diz para John Snow que "todo anão é bastardo aos olhos do pai", no contexto da série né, pq a grande maioria dos pais amam seus filhos sendo anões, tímidos, diferentes etc.

Mas é isso aí, 11 dias de reboot hoje, os dias passam bem lentamente, fim de semana geralmente é bom pq passo sempre ocupado com a esposa passeando ou vendo tv....mesmo imagens insinuantes na tv qdo estou assistindo com ela não me causa grandes incômodos, só evito mesmo qdo estou sozinho.

Estou tentando fazer coisas mais simples e prazerosas com ela, está me fazendo bem e a ela tb, percebo q ela fica mais feliz e empolgada com o futuro qdo fazemos mais coisas juntos. Se durante a semana fosse assim acredito q faria o reboot facilmente.

Esse é um dos motivos q não quero contar a ela sobre o vício, pq eu tenho consciência q o problema é meu, que ela não tem culpa alguma, e se eu contar com certeza perderei a confiança que ela tem em mim.

Ainda prefiro poupar minha esposa dessa frustração e tentar resolver sozinho isso por mais difícil que seja, continuo com a intenção de dar de presente a ela um marido repaginado.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 605
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 14/1/2019, 14:39
Mano, eu te entendo, esse lance de contar é foda.

Eu resolvi abrir o jogo e contei sobre o vício pra minha última namorada. Foi um lance bem tenso, demorou muito pra ela sequer compreender o lance. Ela passou um bom tempo acreditando que o vício me faria trair ela o tempo todo.

A ironia é que o vício faz o exato oposto, faz a gente se afundar no virtual e esquecer do mundo real. Smile

Não me arrependo de ter contado, mas já não sei se vou contar pra minha próxima namorada. Talvez seja melhor ser discreto, ao invés de arriscar um mau entendido.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes
Mensagens : 119
Data de inscrição : 30/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Diário de JohnSnow

em 14/1/2019, 15:20
Salve John Snow e Vimes
Grandes parceiros!!!

Não pude deixar de dar um pitaco na conversa hahahaha
Talvez eu não esteja sendo ético, talvez... Mas eu não falo sobre vício, primeiro porque não faço mais e segundo porque a grande maioria das mulheres não entende o quanto o visual é forte pra nós.
Quando falo que decidi parar com PMO pelos benefícios (descrevo alguns) e que optei por me dedicar só a estímulos reais e tal, recebi muito apoio e elas vão pra cama super pacientes com a maior vontade de ajudar.
E tudo aconteceu muito bem sem maiores problemas, com tudo funcionando numa boa e de forma bem surpreendente.
Não considero uma mentira até porque acho que algumas coisas são particulares e não precisam ser ditas além de enfatizar o que realmente colhemos com a abstinencia de PMO.
Nunca gostei e não me identifico como um viciado, tive um momento de fraqueza e estou me redimindo disso. Acho melhor me concentrar nos benefícios do que numa visão de baixo auto estima
Enfim, comigo deu super certo não sei se concordam com a ideia.
Forte abraço amigos
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum