Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
lucas123kk
Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/05/2017
Idade : 21
Localização : Florianópolis

Diário do desafio de minha vida. 21 anos, muita vida pela frente

em 14/5/2017, 23:41
Começo este texto como um desabafo, é dificil descrever como me sinto no instante momento.
Creio que falando um pouco e mim aos poucos as coisas vão se acertando.
Boa noite a todos! Me chamo Lucas, tenho 21 anos, olhos verdes, 1,80, bonitão, bom papo e descontraido, cheio de vida, gostaria que essa descrição foste veridica á todo momento de minha vida deste dia em diante. Mas, como todos temos dualidades, dois lados, meu lado fraco se mostra firmemente, em muitos momentos passados, e no momento presente. O universo é tão louco, a gente vem a esse planetinha pequeno, todos com dificuldades, vicios, frustrações, pensamentos e etecétara.
Sempre fui muito precosse, minha energia sexual sempre falou muito alto desde meus 9 anos.
Comecei a me masturbar, me machucava pois eu tinha o freio curto na época, necessitava ser circuncidade e não sabia.
Aos 12 anos, ganhei uma playboy, não me lembro de quem, de duas loiras, logo de cara entrei nesse mundo, fiquei amarradão nas curvas, jestos o corpo todo em sí.
Aos 14 anos ganhei meu primeiro pc, foi quando comecei meu vicio até então.
Aos poucos isso ia me consumindo, depois de 1 ano, me sentia mais introspecivo, pensamnetos negativos, medo do que poderia acontecer, quem falaria comigo, insegurança do tipo,* eu não sou bom o suficiente* engordei muito nesse tempo, pesava 105kg, e cheguei á 108.
Com 15 terminei o fundamental e fui para o 1 ano do ensino médio, no maior colégio estadual da minha cidade. Mesmo com todos estes sintomas minha vontade de viver, aprender, crescer, descolar gatinhas continuava, sempre ocilando de mais para menos e vice-verça.
Neste mesmo ano levei alguns meses para fazer amizade, não me sentia parte daqui, não me sentia parte de ninguém.
A vontade de mudar sempre vinha, eu sabia que a p. me fazia mal, me sentia desmotivado sempre que praticava, uma solidão grande, sem energia alguma. Intercalava minhas semanas em dias bons e dias ruins, sempre na incerteza.
Aos 16 decidi mudar meu corpo, comecei a correr, fazer academia, deixei o cabelo crescer, comecei a me curtir mais,  pois, realmente, eu sou bonito pra caralh. tipo aqueles galã de novela de olhos verdes e beleza diferenciada tlg??? Não é ego, só acho que temos que nos reconhecer quando necessário.
Meu gosto musical sempre foi antigo, musica clássica, rockzão anos 70, blues, jazz, psycodelico,
um Led Zeppelin na veia pÔ!
Fui adiquirindo novos gostos, fiz novas amizades aos meus 16 anos, meus irmãos estudavam na mesma escola, neste ano, faziamos maior sucesso entre as gatinha, foi um horizonte que se abriu de uma forma maravilhosa.
Com 16 anos perdi minha virgindade com uma gata de 18 toda tattoadinha, na praia!
Foi irado raça!!!!!
Não estou falando estes fatos por puro ego, quero que você. que está lendo veja o quão destrutivo pode ser o P. e coisas do mesmo limbo praticadas.
Bom, meus 17 anos foi um ano muito bom, porêm, sempre acompanhado da p. cada ano que passava o negócio ficava mais hardcore, meus videos de mulheres lindas não estavam mais me dando tanto tesão, o que está contecendo?. Nessa época tinha uma namorada, maior safadinha, era bom demais ficar com ela, mas mesmo assim não me satisfazia totalmente, sempre intercalava entre sexo com ela e p.
Com meus 18 anos, comecei a acessar estilos diferêntes, daddy daughter, milf, cenas mais violentas, sempre indo para um abismo com fantásias mais fortes, intensas.
Com 18 anos comecei a perceber uma falta de senssibilidade no meu pênis quando fazia sexo com garotas. Nesta época assistia cerca de 5 vezes ao dia quando não tinha nada para fazer e mesmo quando tinha algo não fazia direito, sentia muita falta de atenção, falicidade, me sentida recluso, cada vez mais ante-social. Me sentia sempre irritado, frustrado sempre mais, triste e mais triste. Por todos estes anos até meus 18 eu sabia que tinha de parar e tentava.
No começo não justifiquei a falta de libido e senssibilidade ao P.
Com 19 anos os sintomas foram ficando mais dráticos
Tive de fazer a cirurgua no meu pênis, circuncisão, amigos, isso tirou mais senssibilidade ainda do meu pênis. Me via em uma guilhotina com milhares de egos a rir de mim.
COMO UM HOMEM TÃO BONITO, CHEIO DE VIDA, DE VONTADE ESTAVA SE TORNANDO ISTO? Engordei 25 kg que tinha perdido, voltei aos meus 100kg
Se eu desisti? NÃO, A VONTADE DE VIVER CONTINUA ATÉ AGORA, NESTE MOMENTO EM QUE DIGITO, ME SENTINDO TÃO DECEPCIONADO COMIGO MESMO. MAS... AMIGOS, TENHAM FÉ, VAMOS TODOS VENCER ISTO.
Aos 19 para 20 decidi parar de vez, passava 2 semanas sem e voltava ao mesmo erro.
Com 20 anos, meus gostos foram mudados totalmente distorcidos!
Comecei a me interessar por sexo com travestis, tranny, cdzinha, porno com mulheres sentindo dor anal, cenas de violência. ONDE ESTAVA AQUELE MEU LADO POSSITIVO, BOM E OTIMISTA?
Foi totalmente massacrado pelo vicio, agora me via como um lixo, feio, gordo, triste, sozinho, anti social, comecei a sentir anciedade e a fumar cigarro, comecei a consumir muita maconha para não pensar sobre nada. Porêm, amigos, lhes digo de novo, durante todo este processo eu sempre tentava achar algo de positivo, correr mesmo que uma vez na semana, gostaria de correr mais.... porêm era raros meus dias de siposição.
Passei meus 20 anos inteiros com pornografia pesada, minha mente estava liquida, se desfazendo, n prestava mais para nada, Ao falar com garotas a mão soava, detestava falar na frente de muitas pessoas, LOGO EU QUE SEMPRE TIVE UM JEITO TÃO COMUNICATIVO!!!!
no fim de 2016 para 2017, decidi de vez parar, fiquei 1 mês sem, e voltei ao vicio. Fiquei mais 2 semanas e voltei, ia intercalando.
Aos poucos percebi que, meu interesse pelo porno ia diminuindo gradativamente, conseguia ficar mais tempo.
Com 21 anos, agora, no presente momento, me sinto melhor que outrora, mais vida, emagreci 12 kg, estou com 88kg e meu objetvo é os 80.
Amnhã volto para a academia, corrida, meu yoga que pratico á 2 meses
Estou aqui, pois, a poucos minutos atrás sucumbi mais uma vez ao P. depois de 2 meses.
Estou pronto para recomeçar.
No momento, me formei em gastronomia a pesar de todas as dificuldades, trabalho com o público como garçom, tenho uma relação muito mais afetiva com a familha, com as pessoas, tenho tido a chance de conhecer mulheres maravilhosas, porêm minha senssibilidade no pênis está fraca, sucumbi durante a flat line, A FLAT LINE É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DO PROJETO AMIGOS, TEMOS DE TER FORÇA E VENCER ESTA DROGA.
LUZ A TODOS, A PARTIR DE HOJE ESTOU JUNTO COM VOCêS, INDEPENDETEMENTE DE COR, RAÇA, CREDO, GOSTOS, SOMOS SEMELHANTES, HUMANOS, HABITANTES DO MESMO LUGAR, QUEREMOS A LUZ A Á LUZ IREMOS. FÉ E FORÇA E VOCêS MESMOS QUE O UNIVERSO LHES DARÁ EM DROBRO
avatar
Broda
Mensagens : 1414
Data de inscrição : 10/12/2015

Re: Diário do desafio de minha vida. 21 anos, muita vida pela frente

em 15/5/2017, 10:29
Fala!

Movi seu tópico para seção 20-24 anos. A partir de agora, ele ficará sempre aqui e será seu diário.

Boa sorte com o reboot.

Abraços!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Pioneer
Mensagens : 95
Data de inscrição : 28/02/2017

Re: Diário do desafio de minha vida. 21 anos, muita vida pela frente

em 15/5/2017, 10:59
Cara seu relato foi ótimo, apesar de vc enfatizar suas características de galã, se são verdadeiras, ótimo... realmente atinge o objetivo que vc quis, mostrar como a P destrói a gente.

Gostei de vc sempre falar do lado positivo... eu tenho essa vibe também. Sou muito observador e sensitivo pro mundo, absorvo os problemas de todo mundo na expectativa de ajudar e sempre tento ver uma luz no fim do túnel. E essa luz existe. Está lá. Temos que acreditar nisso, senão... o que nos resta?

Mesmo nos meus piores momentos de PMO eu também dava um jeito de encontrar uma razão para tentar de novo e de novo. Então força!

Você mora numa cidade incrível, gosta de esportes, é formado, bonitão... viva essa vida! E conte com seus novos amigos pro que precisar Cool
~italo~
Mensagens : 64
Data de inscrição : 29/04/2017

Re: Diário do desafio de minha vida. 21 anos, muita vida pela frente

em 15/5/2017, 13:40
Eae mano tudo beleza ?
Nossa que triste essa sua história, mais pude me identificar em algumas coisas.
Nos vamos vencer essa praga mano nosso dia ainda vai chegar, só basta seguir em frente firme e forte para conseguirmos essa vitória
Não desista mano você pode vencer todos nós podemos vencer só basta ter fé
Bom reboot mano sucesso pra você tmj.

_______________________________________
avatar
Justiceiro do Sertão
Mensagens : 433
Data de inscrição : 13/09/2014
Idade : 25

Bem-vindo

em 20/5/2017, 15:17
Questões de vaidade à parte, percebo que tem amor próprio. Precisará muito dele aqui.

Meu incentivo, força na luta que dias melhores nos esperam.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t2940-24-de-volta-a-guerra-ferido-humilhado-ate-injusticado-mas-nunca-vencido



Win or die trying.
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum