Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
pinduca777
Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/08/2016
Idade : 23

Diário do Pinduca 2

em 29/5/2017, 10:37
Tudo blz pessoal?

Minha primeira tentativa de parar com P foi em agosto do ano passado. Porém, o máximo que eu consegui naquela época foi duas semanas sem P. Acabei me entregando ao vicio novamente. Os resultados da P na minha vida são aqueles que todos já conhecem: disfunção erétil, ansiedade social, procrastinação, falta de socialização, e falta de garotas, baixa auto estima, etc. Porém, eu estava de saco cheio da minha vida e resolvi fazer algo para dar uma espairecida, parar com P, e tomar um novo rumo. Então eu juntei uma grana e, agora, estou em Bangkok, na Tailândia. Tenho dinheiro pra ficar por aqui mais ou mesmo um ano sem trabalhar.  Estou sem P há 29 dias. Contudo, eu me masturbei nesse período 5 vezes, mas sem fantasiar. A masturbação, sem fantasias, é muito prejudicial para a minha recuperação?

Então, ontem eu conheci uma Tailandesa no parque. Ficamos umas duas horas conversando. Quero dizer, tentando conversar, pq eu só sei algumas frases em tailandês e o inglês dela é muito básico. Porém, aprendi que linguagem corporal vale mais que palavras. Pintou clima para rolar beijo, mas eu não podia fazer isso, pq beijar em publico é uma coisa que os tailandeses não fazem. E, também, tailandesas que saem com estrangeiros podem sofrer um pouco de preconceito. Ou seja, nós precisamos de um lugar privado. Peguei o contato dela, e marcamos de nos encontrar novamente.

O complicado dessa história, é que se eu levar ela pra um lugar privado (hotel, provavelmente), ela vai querer transar. E eu não me sinto confiante pra fazer isso ainda. Não to querendo broxar durante o reboot, acho q isso iria me atrapalhar. Mas, se eu não levar ela pra um lugar privado, eu não vou poder beija-la. E eu não quero isso, e com certeza ela vai achar isso estranho. Então não sei o que fazer!!

Galera, desculpe pelo texto gigante. Desejo boa sorte no reboot de todos. E vamos vencer essa parada ai!!

Abraço!!

_______________________________________
avatar
Heitor..
Mensagens : 254
Data de inscrição : 05/01/2017

Re: Diário do Pinduca 2

em 29/5/2017, 11:35
pinduca777 escreveu:Tudo blz pessoal?

Minha primeira tentativa de parar com P foi em agosto do ano passado. Porém, o máximo que eu consegui naquela época foi duas semanas sem P. Acabei me entregando ao vicio novamente. Os resultados da P na minha vida são aqueles que todos já conhecem: disfunção erétil, ansiedade social, procrastinação, falta de socialização, e falta de garotas, baixa auto estima, etc. Porém, eu estava de saco cheio da minha vida e resolvi fazer algo para dar uma espairecida, parar com P, e tomar um novo rumo. Então eu juntei uma grana e, agora, estou em Bangkok, na Tailândia. Tenho dinheiro pra ficar por aqui mais ou mesmo um ano sem trabalhar.  Estou sem P há 29 dias. Contudo, eu me masturbei nesse período 5 vezes, mas sem fantasiar. A masturbação, sem fantasias, é muito prejudicial para a minha recuperação?

Então, ontem eu conheci uma Tailandesa no parque. Ficamos umas duas horas conversando. Quero dizer, tentando conversar, pq eu só sei algumas frases em tailandês e o inglês dela é muito básico. Porém, aprendi que linguagem corporal vale mais que palavras. Pintou clima para rolar beijo, mas eu não podia fazer isso, pq beijar em publico é uma coisa que os tailandeses não fazem. E, também, tailandesas que saem com estrangeiros podem sofrer um pouco de preconceito. Ou seja, nós precisamos de um lugar privado. Peguei o contato dela, e marcamos de nos encontrar novamente.

O complicado dessa história, é que se eu levar ela pra um lugar privado (hotel, provavelmente), ela vai querer transar. E eu não me sinto confiante pra fazer isso ainda. Não to querendo broxar durante o reboot, acho q isso iria me atrapalhar. Mas, se eu não levar ela pra um lugar privado, eu não vou poder beija-la. E eu não quero isso, e com certeza ela vai achar isso estranho. Então não sei o que fazer!!

Galera, desculpe pelo texto gigante. Desejo boa sorte no reboot de todos. E vamos vencer essa parada ai!!

Abraço!!

Eai pinduca bem vindo ao fórum man, cara parabéns pelos 29 dias sem P. cara pra começa seu reboot leia o book que está disponibilizado no site, e baixe bloqueadores e coloque no seu PC. Com relação a masturbação é recomendável que vc dê um tempo sim pois como vc tem DE isso pode atrapalhar na recuperação da sensibilidade do seu pênis, ABRAÇOS.
avatar
pinduca777
Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/08/2016
Idade : 23

Re: Diário do Pinduca 2

em 31/5/2017, 09:45
Heitor.. escreveu:
Eai pinduca bem vindo ao fórum man, cara parabéns pelos 29 dias sem P. cara pra começa seu reboot leia o book que está disponibilizado no site, e baixe bloqueadores e coloque no seu PC. Com relação a masturbação é recomendável que vc dê um tempo sim pois como vc tem DE isso pode atrapalhar  na recuperação da sensibilidade do seu pênis, ABRAÇOS.

Valeu pela resposta Heitor. Vou tentar parar com a masturbação também.

Ontem aconteceu uma parada que me deixou muito deprimido, e quase que tive um reset hoje.

Eu sai com um pessoal que eu conheci aqui no hostel onde estou hospedado. Eu tinha bebido uma quantidade considerável de vodca, mas nada diferente do que eu já estou acostumado a beber. Porém, eu não consigo me lembrar do que aconteceu na noite passada. Só me lembro até uma parte. Perdi meu celular, meu dinheiro, quebrei o dente (mas nada grave), tenho alguns arranhões no braço, fui expulso da balada (não lembro o que eu fiz). Acho que colocaram alguma coisa na minha bebida, pq isso nunca aconteceu comigo. Acordei no hostel. E o casal que trabalha aqui me falou que eu cheguei completamente louco, não tinha dinheiro para pagar o taxista e que eu lutei com ele. Eles me deram banho e me ajudaram a ir pra cama.

Eu perdi o contato da garota que eu conheci aqui. Eu só tinha adicionada ela em um app parecido com o whatsapp que os tailandeses usam. Porém, eu não consigo recuperar o numero dela pela internet, pq eu não tinha vinculado um e-mail a minha conta.

Isso tudo me deixou muito deprimido e quase que me "mediquei" com P.

Abraço!!

_______________________________________
avatar
Heitor..
Mensagens : 254
Data de inscrição : 05/01/2017

Re: Diário do Pinduca 2

em 31/5/2017, 10:44
Vixi cara que dureza hein... parece que te deram um mata leão pra te roubarem msm viu... tente investigar ai esse tal pessoal que vc saiu, pois como vc é gringo eles devem ter te achado uma presa fácil e com dinheiro. Com relaçao a P. não se entregue seja forte, já bastar que vc perdeu seus bens materiais agr não perca a luta contra P man
avatar
pinduca777
Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/08/2016
Idade : 23

Re: Diário do Pinduca 2

em 3/6/2017, 06:48
Valeu Heitor!!

O pessoal que eu sai era gringo tbm: um alemão, um chileno, um turco e uma tailandesa. Acho q eles não fizeram nada.

Uma coisa que percebo em mim é que eu tenho vontade de ver P quando acontece algo e eu me sinto mal. Mas quando isso acontece, eu me pergunto: vc quer transar com mulheres reais e se sentir bem com a sua vida, ou vc prefere "fertilizar" a tela do computador e ter uma vida de merda? Esse pensamento me ajuda a refutar qualquer tentativa do meu cérebro de justificar o uso da P. Mas agora com o reboot, e a viagem, eu sempre estou ocupando a minha cabeça com alguma coisa, então eu não estou pensando muito em ver P.

Mas ontem a noite aconteceu outra merda comigo. Eu estava dando uma volta com dois caras aqui do hostel. Um italiano e um indiano. E a gente teve a "brilhante" ideia de entrar num puteiro. Elas tem um "show" aqui que deixou a gente curioso (Não vou explicar que tipo de show é esse para não atrapalhar o desenvolvimento do pessoal aqui, mas é algo que aparece no filme Se Beber Não Case 2). Então, o cara que fica na rua chamando as pessoas pra ver o show nos falou que a gente só precisava comprar um cerveja por 100 baht, e que assim poderíamos entrar e assistir. Fizemos isso. E só tinha mulher baranga e velha naquela espelunca. Terminamos as nossas cervejas rapidamente e quando fomos pagar pra sair, as desgraçadas cobraram 2.000 baht de cada um. Tentamos retrucar e elas ameaçoaram ligar pra alguém, que provavelmente iria "dar um jeito" na gente. Achamos melhor pagar, e conseguimos parar "apenas" 1.000 baht cada um.

Pra vcs terem uma ideia, com 1.000 baht é possível ter de 10 a 20 refeições aqui. Dependendo do valor dos pratos que vc escolhe. Ou ficar hospedado em um hostel por volta de 5 a 10 dias.

Tudo isso me deixou muito pra baixo, e eu quase tive um reset. Mas eu "só" acabei me masturbando, porém, sem fantasiar.

Valeu pessoal, e boa sorte no reboot de todos.

_______________________________________
avatar
pinduca777
Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/08/2016
Idade : 23

Re: Diário do Pinduca 2

em 3/6/2017, 06:49
Estou há 34 dias sem P. Preciso instalar um contador!!

_______________________________________
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum