Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
thefaith
Mensagens : 3
Data de inscrição : 18/06/2017
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

Diário thefaith

em 19/6/2017, 00:50
Olá, pessoal.

Sou novato no fórum, conheci o site há um mês atrás praticamente. Vi todos vídeos do Gary Wilson, li o E-book e me identifiquei com basicamente tudo que é dito sobre estar viciado em pornografia. Eu tinha resolvido fazer o reboot de 90 dias sozinho, por conta própria, sem falar ou desabafar com ninguém, mas tem sido muito difícil. Eu entendi que eu preciso jogar boa parte disso que eu sinto pra fora, para assim minimizar meu sofrimento.

Atualmente tenho 28 anos. Meu primeiro contato com pornografia foi aos 13 anos através de várias revistas playboy que meu vizinho de mesmo idade tinha em casa e me mostrou. Depois disso comecei a me masturbar fantasiando as imagens da playboy, amigas do colégio, primas. As coisas pioraram quando descobri os "prazeres" de ficar acordado de madrugada escondido dos pais para se masturbar vendo cine band privé, noite a fora etc. Um tempo se passou e a internet discada foi instalada em casa, depois veio a internet banda larga, e lá estava eu sempre acessando pornografia e me masturbando pelo menos uma vez por dia. E era exatamente como Gary Wilson disse, várias abas abertas, mais de 10, eu passava o vídeo até as cenas que eu mais queria e nunca estava satisfeito.

Devido à excessiva cobrança do meu pai por notas boas, e minha mãe por me prender muito em casa, sempre fui um cara tímido. Vergonhosamente fui perder a minha virgindade aos 22 anos, numa casa de prostituição, de outro Estado, onde tive minha primeira DE. Até aí tudo bem, pensei comigo, estava nervoso. Numa outra oportunidade, tive DE com outra garota de programa, mas pensava que era ansiedade, já que eu conseguia ereção vendo pornografia.

Cansado dessa timidez e dificuldade de me aproximar das mulheres, resolvi fazer uma revolução na minha vida, entrei na academia e mudei totalmente minha postura diante das mulheres, virei um cara confiante, e depois de muito treino conseguia seduzi-las facilmente. Lembro-me que nessa época no meio da pegação a ereção vinha forte e de uma forma que eu nem percebia.

Entretanto, pouquíssimo tempo depois, com 24 anos, tive a infelicidade de fazer uso de esteróides anabolizantes por 6 semanas. Isso acabou comigo, tive atrofia testicular e fiquei com libido baixa durante muito tempo. Quase 1 ano depois, com a libido baixa ainda, resolvi sair com uma mina e tive DE novamente, ela entendeu a situação e foi muito compreensiva, mas aquilo foi vergonhoso demais pra mim, me senti um lixo. No outro dia, fui ao endocrinologista, expliquei a ele o que usei e ele me pediu exames. Fiz os exames e para minha surpresa estava tudo ok, e ele disse que meu problema era psicológico.

Enfim, mesmo depois de ouvir aquilo tudo, que eu estava ok, num período de 1 ano tive DE com 9 (nove) mulheres diferentes, isso mesmo 9 mulheres, imagina a vergonha, fiquei com uma tristeza profunda, vontade de me matar por não conseguir satisfazer uma mulher. Passou-se um tempo conheci minha ex e com ela também tive DE na primeira relação, mas estranhei muito essa DE porque eu estava totalmente focado no sexo e não tinha porque a ereção ir embora assim do nada (eu nunca colocava a pornografia como causa). Voltei ao endocrinologista, contei pra ele a situação e ele então me receitou tadalafil 5mg. Perguntei a ele se eu poderia tomar aquilo, já que eu era novo; ele disse que posso como também devo porque é muito bom. Comecei a namorar e a tomar o tadalafil foi tudo as mil maravilhas, sexo 4 dias diretos nas minhas folgas, fiquei 1 ano e 2 meses com ela, mas nunca larguei a pornografia, sempre que eu estava longe dela eu praticava PMO. Lembro que com ela eu só tive DE uma vez, mas atribuí a cansaço. O meu problema também que dá pra  contar nos dedos as vezes que fiz sexo com ela sem tadalafil. Eu quase sempre tomava um pra garantir. Viciei.

Depois desse tempo me separei dela em dezembro por ela ter muitos ciúmes. Caí profundamente na pornografia, me masturbando 4x seguidas por dia, não tinha coragem pra nada, fiquei assim por 4 meses ou mais. Comecei a sair com outras garotas, e aí começou a merda, mesmo tomando o tadalafil eu comecei a ter DE. E lá estou eu tentando me explicar de novo, dizendo que não é culpa delas, que sou eu o problema. Isso é a pior coisa...

Comecei a namorar de novo esse ano, e em menos de 1 mês já falhei com minha namorada atual. Isso pra mim foi o fim, porque ela é uma pessoa que eu gosto bastante, que gosto de ter ao lado e ter DE com ela foi o fim, queria a morte por não satisfaze-la. Entrei numa tristeza. Comecei a pesquisar mais a fundo a causa disso, estava sem esperanças pro meu caso, minha cabeça estava um alvoroço (e ainda está), acabei encontrando sem querer a relação entre pornografia e DE induzida. Vi aqui no fórum uma esperança. Comecei a ler tudo e iniciei ali mesmo o reboot. No dia seguinte fui ao urologista com o exame de 2014 para ele ver se realmente estava tudo ok. Sem surpresa ele me disse que sim. Contei a ele basicamente toda a minha história de vida e a DE recente que tive com minha namorada que me abateu bastante. Ele me recomendou ficar 6 meses sem fazer sexo. Disse que minha relação tinha que se sustentar com amor. Eu falei que não podia, porque eu preciso fazer sexo com minha namorada, porque senão pode abrir vias para traição (eu fico muito preocupado com isso, me sinto inutilizado como homem por não poder ter uma ereção decente com minha namorada). No entanto eu disse pra ele que eu havia largado a masturbação e pornografia a poucos dias, e perguntei a ele será que havia relação entre a pornografia e a minha disfunção. Juro pra vocês pessoal, ele riu de mim.Saí de lá insatisfeito...

Estou desde o dia 20/05/2017 sem PMO. Não instalei bloqueadores, não tenho recaída, gatilhos não funcionam comigo porque de tanta vergonha que já passei por essa maldita DE, vocês não tem noção, não quero mais isso na minha vida, estou blindado. Estou focado. Essa é minha ultima esperança de uma vida sexual melhor. Eu não aguento mais.

Sobre o reboot, até o 10º dia minha libido parece que tinha melhorado, mas desde então estou numa flatline fudida. Sem vontade pra nada, sem ímpeto sexual, nada. Minha namorada e eu precisamos parar com o sexo (o ultimo eu tive DE) porque ela precisava fazer exames. Ontem mesmo ela me disse estar com muita vontade, e eu aqui numa libido zero, sem ereção espontânea, sem nada. E hoje é o dia que eu vou vê-la, nem sei como vai ser, Deus me ajude... não tenho coragem de contar a ela sobre esse vicio.

É isso, o texto foi longo, mas é que procuro ajuda, estou motivado! Aqui não há espaço para recaídas!

Abraços.

_______________________________________
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário thefaith

em 19/6/2017, 06:16
Eaí parceiro thefaith! Bem vindo, obrigado por compartilhar a tua história aqui conosco, sem dúvidas a decisão de participar do fórum é benéfica.
Então cara, pelo teu relato, sem dúvidas a tua DE foi induzida pela P, tenho certeza que vc pode se recuperar dela, talvez em menos tempo do que vc imagina.
Achei mto interessante essa evolução que vc teve ao longo da tua vida, quer dizer, você até conseguiu melhorar em muitos aspectos né, só que sem se livrar do vício em P, a gente não consegue estar bem de verdade, eu me identifiquei com isso, pq eu tbém sabia que tinha algo errado comigo e tentei melhorar por outras vias, mas não deu certo, até que cheguei no e-book e tudo fez sentido, só que pra ser sincero eu relutei a aceitar no meu íntimo que era viciado mesmo, pq de uma certa forma a P faz parecer normal ficar trancado em casa um final de semana inteiro vendo P (isso mesmo que vc falou, várias abas e pulando pras cenas perfeitas) e se M 4x ou mais, loucura achar isso normal, mas é isso que o consumo de P faz a gente pensar.
Sobre os seus episódios de DE, mano, vc foi valente enfrentando isso, eu tinha tanto medo disso que não me arriscava mais e ficava só na M mesmo. Então, ver vc compartilhando isso, me dá forças pra enfrentar essa situação caso ela ocorra.
Você não está sozinho, se tiver a oportunidade de ler alguns diários e histórias de sucesso, verá que mtos chegam aqui nessa tua mesma situação e todos conseguem melhorar.
Para esse começo é recomendado um período de hard mode, que é se abster de sexo, tente pelo menos uns 30 dias sem, como vc tem namorada deve ser difícil isso. Vc disse que vai ter um encontro com ela e já está ansioso quanto a isso, esse é um sinal de que vc não está preparado pra isso agora, pra ter uma ereção satisfatória vc deve conseguir relaxar. O que eu pensei que vc poderia falar pra ela hoje é que vc está com um pouco de micose na região da virilha e isso poderia passar pra ela, vc pode falar que não é nada grave mas que um médico recomendou ficar uns 30 dias sem relações até passar isso, só uma ideia. Pensei nessa ideia pq atualmente estou com um pouco disso (por falta de me enxugar adequadamente após o banho), e isso tem me ajudado a não encostar lá em baixo.
Sobre os bloqueadores, eu tbém tive esse sentimento que vc, não via necessidade nenhuma deles pq entendi o mal da P e não quero mais isso pra mim. Mesmo assim coloque-os, eles não poderão fazer mal, concorda? Então, vc não tem motivos pra não por, isso deve ser justificativa suficiente pra vc por, na dúvida coloque. Depois vc vai sentir estar mais comprometido com o reboot e vai se afastar da P que pode aparecer de forma involuntária no teu pc, o que te causaria um pouco de mal estar provavelmente, evite isso.
Mta força aí brother! Vai dar tudo certo. Qualquer coisa apareça aqui. Abraço!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Joao Paulo
Mensagens : 36
Data de inscrição : 12/04/2017

Re: Diário thefaith

em 19/6/2017, 09:06
Bem vindo, cara! Eu ja estou há mais de 60 dias no reboot, confesso que é uma mistura de emoções, sentimentos, parece uma montanha russa! Eu me identifico um pouco com a sua história, também comecei a fazer o reboot, devido a DE. Mas a minha começou depois do término do meu último namoro, onde fiquei mais viciado em pornografia. Hoje eu tenho que trabalhar o meu psicológico, pois eu estou meio traumatizado e com medo de me envolver, devido ter medo de ter uma DE novamente. Força aí, vai dar certo!
thefaith
Mensagens : 3
Data de inscrição : 18/06/2017
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

Re: Diário thefaith

em 19/6/2017, 22:34
Brit escreveu:Eaí parceiro thefaith! Bem vindo, obrigado por compartilhar a tua história aqui conosco, sem dúvidas a decisão de participar do fórum é benéfica.
Então cara, pelo teu relato, sem dúvidas a tua DE foi induzida pela P, tenho certeza que vc pode se recuperar dela, talvez em menos tempo do que vc imagina.
Achei mto interessante essa evolução que vc teve ao longo da tua vida, quer dizer, você até conseguiu melhorar em muitos aspectos né, só que sem se livrar do vício em P, a gente não consegue estar bem de verdade, eu me identifiquei com isso, pq eu tbém sabia que tinha algo errado comigo e tentei melhorar por outras vias, mas não deu certo, até que cheguei no e-book e tudo fez sentido, só que pra ser sincero eu relutei a aceitar no meu íntimo que era viciado mesmo, pq de uma certa forma a P faz parecer normal ficar trancado em casa um final de semana inteiro vendo P (isso mesmo que vc falou, várias abas e pulando pras cenas perfeitas) e se M 4x ou mais, loucura achar isso normal, mas é isso que o consumo de P faz a gente pensar.
Sobre os seus episódios de DE, mano, vc foi valente enfrentando isso, eu tinha tanto medo disso que não me arriscava mais e ficava só na M mesmo. Então, ver vc compartilhando isso, me dá forças pra enfrentar essa situação caso ela ocorra.
Você não está sozinho, se tiver a oportunidade de ler alguns diários e histórias de sucesso, verá que mtos chegam aqui nessa tua mesma situação e todos conseguem melhorar.
Para esse começo é recomendado um período de hard mode, que é se abster de sexo, tente pelo menos uns 30 dias sem, como vc tem namorada deve ser difícil isso. Vc disse que vai ter um encontro com ela e já está ansioso quanto a isso, esse é um sinal de que vc não está preparado pra isso agora, pra ter uma ereção satisfatória vc deve conseguir relaxar. O que eu pensei que vc poderia falar pra ela hoje é que vc está com um pouco de micose na região da virilha e isso poderia passar pra ela, vc pode falar que não é nada grave mas que um médico recomendou ficar uns 30 dias sem relações até passar isso, só uma ideia. Pensei nessa ideia pq atualmente estou com um pouco disso (por falta de me enxugar adequadamente após o banho), e isso tem me ajudado a não encostar lá em baixo.
Sobre os bloqueadores, eu tbém tive esse sentimento que vc, não via necessidade nenhuma deles pq entendi o mal da P e não quero mais isso pra mim. Mesmo assim coloque-os, eles não poderão fazer mal, concorda? Então, vc não tem motivos pra não por, isso deve ser justificativa suficiente pra vc por, na dúvida coloque. Depois vc vai sentir estar mais comprometido com o reboot e vai se afastar da P que pode aparecer de forma involuntária no teu pc, o que te causaria um pouco de mal estar provavelmente, evite isso.
Mta força aí brother! Vai dar tudo certo. Qualquer coisa apareça aqui. Abraço!

Boa noite, Brit!

Obrigado pela recepção! E Deus lhe ouça que eu consiga me recuperar em menos tempo do que imagino, brother.
Você citou a minha valentia nos episódios de DE com as mulheres, mas o que tornou digamos tudo menos dramático para mim é que elas eram de bairros diferentes e não se conheciam.

Ontem eu estava muito pra baixo, com vontade de nada. Hoje, pelo contador eram 29 dias sem PM, acordei super bem, disposto, libido normal, cheio de vontade e confiante. A flatline deu uma aliviada. Infelizmente houve um contra tempo com o pai da minha namorada e não foi possível fazermos nada hoje. Rezo para que eu esteja dessa mesma forma amanhã.

Sobre os bloqueadores, pode deixar, vou instala-los amanhã mesmo, sem falta. Realmente não custa nada.

Quero agradecer de novo pela força, cara! E te desejo em dobro!

Abraço!

Joao Paulo escreveu:Bem vindo, cara! Eu ja estou há mais de 60 dias no reboot, confesso que é uma mistura de emoções, sentimentos, parece uma montanha russa! Eu me identifico um pouco com a sua história, também comecei a fazer o reboot, devido a DE. Mas a minha começou depois do término do meu último namoro, onde fiquei mais viciado em pornografia. Hoje eu tenho que trabalhar o meu psicológico, pois eu estou meio traumatizado e com medo de me envolver, devido ter medo de ter uma DE novamente. Força aí, vai dar certo!

Obrigado, João Paulo!

Realmente o medo é foda, te bloqueia, mas uma hora você vai ter que ver como se comporta com uma pessoa real, né...

Mas caramba, mais de 60 dias, parabéns!! Daqui a pouco estou nessa meta e espero estar 200% melhor do que eu estou agora! Smile

Nesses 60 dias seus, a flatline atacou muito?

Abraço, irmão! Força pra você em dobro também!



/

_______________________________________
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário thefaith

em 20/6/2017, 00:42
Boa noite thefaith!
Poxa mano, fiquei feliz pelo teu retorno e fico mto grato tbém pelos desejos que me transmitiu, tamo junto brother!
Que bom que deu tudo certo hoje, fiquei preocupado. Bem, vc venceu mais um dia sem PMO, isso é o mais importante, chegou nos 30 dias já! Está de parabéns! Eu nem te indiquei as orientações básicas, pois pelo que vc escreveu vc já estava bem encaminhado. Só a questão dos bloqueadores mesmo pra ficar 100%.
Cara, infelizmente tenho zero experiências, mas recebi mtos conselhos do pessoal aqui do fórum e posso tentar transmitir um pouco do que eu aprendi pra vc.
Se esses 30 dias foram em hard mode, vc já pode tentar um contato mais íntimo, mas isso vc quem deve decidir, vc mesmo vai sentir se vai rolar ou não, se vc não estiver confiante espere mais um pouco, isso vai passar, vc só precisa ter fé, tem vezes que sinto que nada me animaria e tem vezes que estou subindo pelas paredes haha, espere um dia em que vc esteja mais animado, vc vai saber reconhecer que o teu desejo está maior e isso te dará mais confiança de que tudo vai funcionar. Não se preocupe com a tua performance, se foque em curtir o momento e curtir a troca de carinhos com a tua namorada independente do que possa acontecer.
O vício em P tem muito efeitos sobre a gente, é preciso ter paciência, mas funciona sim!
Abraço!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Joao Paulo
Mensagens : 36
Data de inscrição : 12/04/2017

Re: Diário thefaith

em 20/6/2017, 11:24
Eai, man! Beleza? Então, tive flatline sim, varias vezes! Pra falar verdade, nesses dois meses nunca tive uma ereção espontânea, há nao ser durante a madrugada ou ao acordar. Durante o dia é como se eu estivesse desconectado, meu amiguinho nao da sinal nenhum. Mas não podemos nos testar, apesar da vontade ser grande. Eu tenho muitos sonhos eróticos e algumas poluções noturnas, mas segundo o e-book isso é normal! Valeu, continue firme!
thefaith
Mensagens : 3
Data de inscrição : 18/06/2017
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro

Re: Diário thefaith

em 20/6/2017, 22:43
Brit
Fala ae, Brit!

O fato de você me dizer que após 30 dias em hard mode é o momento ideal pra tentar algo mais íntimo, não sei porque, mas de certa forma me deu mais confiança para tentar. Coloquei na minha cabeça: "São 30 dias, já estou curado! Não tenho mais DE!" Foi um certo alívio, porque se talvez você me dissesse 45 dias, por exemplo, talvez minha postura seria outra.

Hoje não acordei tão bem quanto ontem, libido mais baixa e sem ereção matinal. Um detalhe que eu gostaria de salientar é que ontem pra hoje eu tive um sonho em que eu estava vendo pornografia, me masturbando e pensando comigo mesmo "tenho que resetar, tenho que resetar". Olha aí o tal cérebro tentando me pregar uma peça, mas isso não vai colar!

Apesar de não estar tão animado, resolvi me encontrar com minha namorada, passei o dia com ela entre ir ao dentista e buscar exames, e aproveitei né pra abraçar, beijar, sentir o cheiro, tocar, todas sensações fisicas que eu pude, e eu comecei a ver que o meu amigo estava dando sinal de vida. Depois de um dia inteiro, resolvi ir para algo mais íntimo, e posso dizer que FUNCIONEI uns 85%, não tive DE, graças a Deus!! As sensações foram todas mais intensas, mais vívidas, você realmente curte mais, fica mais presente. Esqueci de mencionar no meu primeiro relato que sempre tive ER, posso dizer que mudou pouca coisa, consegui ter orgasmo num tempo um pouquinho menor. A sensibilidade é proporcional, aumentou pouca coisa. Mas isso aí, estou feliz!!! Até porque saiu um peso enorme das minhas costas, eu tive DE com ela na relação anterior à esta, estava na dívida. rs
Agora o objetivo é continuar focado!! Nunca mais eu quero ser refém de PMO!!

Abraço!!

Joao Paulo
Beleza?

Já eu tive muitas ereções espontâneas até o 8º dia, de lá pra cá pouquíssimas.
Ah, esqueci de comentar no tópico também, juntamente com o reboot estou tomando L-Tirosina, Mucuna, Tribulus e gerovital. São tentativas de dar uma ajuda nos ups nos receptores de dopamina.

No período de 30 dias acho que tive uns 4 sonhos eróticos, o ultimo acabei de contar aí em cima.

Estou confiante, cara, caminhando para os 100%. Você também consegue!

Abraço!!

_______________________________________
Joao Paulo
Mensagens : 36
Data de inscrição : 12/04/2017

Re: Diário thefaith

em 20/6/2017, 22:53
Bacana! Quando eu tinha namorada, eu não tinha DE não, pelo contrário, bastava eu chegar perto já ficava armado! hehehe  eu nao tive contato íntimo com nenhuma garota nesses dois meses ( escolha minha), mas se eu começar a imaginar alguma coisa, já começo a ter ereções, mas evito esse tipo de pensamento, não faz bem pro reboot, pis leva a M! Uma coisa que eu percebi com o reboot, foi a diminuição da ansiedade, hoje não como mais as unhas haha! Em relação aos sonhos, eu tb tenho muitos, praticamente todos os dias. Isso é o teu cérebro querendo te prejudicar, rs! Abraço, fique firme no reboot!
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1134
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Diário thefaith

em 22/6/2017, 22:39
Mano que sensacional! O mérito é todo seu! Parabéns!
Uma coisa é certa com um pouco de incentivo nós somos capazes de coisas que sozinhos não conseguiríamos. Fiquei muito feliz por você brother!
Guarde essa lembrança de como vc se sentiu com muito carinho e lembre-se dela quando as coisas ficarem mais difíceis, eu aprendi a duras penas que o nosso cérebro é nosso inimigo, ele sabe os teus pontos fracos e vai tentar usá-los para fazer vc voltar ao vício em P, então saiba disso e mantenha-se focado no teu reboot, vc já teve uma prova de que funciona, então não peça por mais provas pois o nosso cérebro viciado nunca vai se dar por satisfeito, ignore sempre todas as racionalizações e vença o vício um dia de cada vez, espero que vc continue participando aqui do fórum. Abração!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum