Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 03:36
Boas

Decidi também contar a minha experiência que será igual ou parecida a tantas outras que aqui estão. Sou Português, tenho 47 anos, estou casado há 14 e tenho um filho. Aparentemente a minha vida é perfeita. Uma esposa bonita, corpo bonito, seios enormes como eu adoro numa mulher e tem muito em comum comigo. Gostamos de sair juntos, gostamos da mesma música, vinho, séries tv...etc. O meu filho é fantástico, lindo. Tenho um bom emprego, ganho bem, uma boa casa, bons carros.

Mas há algo que não está bem, sou um viciado em pornografia e em masturbação. Comecei a masturbar-me com 12 anos. Na altura não existia internet, eu não tinha acesso a vídeos e  masturbava-me unicamente com fantasias. E o tempo foi passando. Tive a minha primeira namorada só aos 26 anos e a única experiência de sexo que tive até então foi aos 16 anos com uma prostituta.

Contrariamente a muitos aqui, eu não era tímido nem tinha problemas de socialização. Eu sempre fui muito popular e sempre fui um homem interessante para as mulheres mas olhando agora para trás entendo porque não tive muitas namoradas nem mais experiências...era viciado em masturbação. Estava-me marimbando para as mulheres.

Quando aos 26 anos tive a minha primeira namorada e quando tentei a penetração as coisas não correram nada bem. Durante os primeiros meses não conseguimos fazer sexo, pois no momento o meu pénis murchava. As coisas depois melhoraram mas o namoro durou só um ano. Nessa altura já tinha acesso a videos pornográficos e revistas e passado pouco tempo a internet começou a generalizar-se em Portugal (1996). Não existia banda larga mas o que havia já permitia ver alguma pornografia de borla. Cedo descobri uma das minhas paixões na pornografia, mulheres gordas!
Se há algo que ainda hoje me deixa louca são mulheres gordas, ou com rabos enormes, celulite, seios gigantes. Mas é só um fetiche, pois não gostaria de estar casado com uma.

Dos 27 anos aos 31 anos a minha vida continuou igual. Sem mulheres e com muita masturbação e pornografia. Socialmente, continuava a ser um indivíduo com muitas amizades, muito popular e amante do desporto. Isso foi algo que me foi acompanhando desde sempre, o desporto. Ainda hoje pratico assiduamente corrida, btt, natação, ginásio e tenho um corpo bonito. Hoje com os meus 47 anos ainda passo por 38 ou 39. Herdei bons genes, os meus pais também parecem mais novos e os meus irmãos.

Aos 31 anos conheci a minha actual esposa. No inicio houve alguns problemas no momento da penetração, algumas falhas mas depressa as coisas de endireitaram. Lembro-me que nessa altura deixei de me masturbar e ver pornografia. Havia tanto sexo na altura que não havia vontade nem força para a masturbação. Passados 6 meses, e como é normal, a fase de paixão foi abrandando e o sexo também. Já não era diário e a fase da paixão deu lugar à fase do amor, uma fase mais calma. Aí voltei a ver pornografia e voltei à masturbação.

Em 2003 casei, tinha 33 anos. Pouco tempo depois de casar, estava muito, muito viciado na pornografia. Já tinha acesso a internet mais rápida, e passava horas em casa a ver pornografia. Nesse aspecto, tive o azar de ter um trabalho por turnos e sempre passei muito tempo em casa sozinho, enquanto a minha esposa trabalhava. E o que faz um homem sozinho em casa que é viciado em pornografia?

Lembro-me que em 2004, começaram os problemas e graves. Comecei a falhar nas penetrações, não ficava duro. Mas que se passará comigo, pensei eu? Tão novo, já impotente? a minha esposa pensou o normal, que tinha outra mulher e que já não gostava dela. Desde aí a minha vida foi sendo isto com altos e baixos.

Houve alturas que tudo servia na internet, mulheres gordas, travestis, sexo gay, animais, mulheres maduras, etc. Tinha também o hábito de ligar a travestis e prostitutas a marcar encontros mas nunca me encontrei com ninguém. O medo de doenças e o medo de ser descoberto sempre falou mais alto. Mas excitava-me tanto falar com travestis e prostitutas por telefone!

Em 2015 decidi ir a um médico especialista (urulogista)com a minha esposa a ver se conseguia resolver o meu problema de falta de ereção. O médico analisou-me e disse-me que fisicamente não tinha nenhum problema. Disse-me que sofria de ansiedade e receitou-me cialis. Obviamente que nessa altura eu já tinha quase a certeza que era a PMO que estava a causar tudo.

O cialis foi algo que mudou a minha vida nessa altura. Era fantástico! Ereções fortes e fantásticas! mas havia um problema, era muito caro. Passado pouco tempo, passei a comprar cialis em sites de contrafação de medicamentos, que é muito mais barato. A minha esposa nunca soube disso, e sempre pensou que eu já estava normal e curado.

Consegui durante 2 anos ter o melhor de 2 mundos, PMO e sexo com a minha esposa. Era fantástico saber que às vezes podia estar em casa a ver pornografia durante horas, masturbar-me 2 vezes e à noite com ajuda do cialis ter relações com a minha esposa.

Mas tudo o que é bom acaba depressa. Há um mês atrás, o cialis deixou de fazer efeito! Nem queria acreditar que tudo tinha voltado ao antigamente, FALHAVA novamente! "Mas como é possivel isto" pensei eu. Pensei que passaria o resto da minha vida assim. A ver algo que adoro, PORNOGRAFIA e a ter bom sexo com a minha esposa com ajuda do Cialis.

Depois de consultar vários sites, dei com este forum e vi aqui uma esperança. Já li muitas experiências dos leitores do forum e já li o e-book todo. Esta será a minha esperança.

Esta semana decidi então mudar, tem que ser! apaguei a minha valiosa coleção de fotografias de mulheres gordas, que demorou anos  ser construída. Que dor no coração! um dos meus bens mais preciosos, as minhas gordinhas que me valeram milhares de punhetas desapareceu. Nos últimos 2 anos não via tanta pornografia (às vezes via mas só sites de mulheres gordas), as fotografias que tinha dessas gordinhas nuas eram suficientes para as minha fantasias. Também fantasiava muito com fotografias de amigas, e vizinhas. Aliás, tudo o que é mulher serve para as minha fantasias. Já fantasiei com todas as minha colegas, mulheres que vejo na rua. Passo por mulheres na rua que me deixam louco...apetece-me lamber-lhes as pernas, o rabo, anus, pescoço, braços. Só penso em sexo.

Masturbação era, acho eu, o meu desporto favorito. A seguir vinha o btt, corrida, natação. Em casa passava o tempo com a mão no pénis. Adoro tanto mexer nele, adoro tanto masturbar-me e agora tudo vai acabar...tem que acabar. A minha vida depende disso e o meu futuro.

Comecei o meu reboot há 5 dias, vai ser a batalha mais difícil que já travei em toda a minha vida. Mais difícil do que deixar de fumar (fumei dos 12 anos até aos 25).

Terei forças? acredito que sim, tudo a que me propus na vida consegui. E tenho algo que me orgulha, apesar de tudo nunca traí a minha esposa.

Que Deus me ajude! Tenho 47 anos e hoje é o quinto dia do resto da minha vida. Neste momento estou a acabar este texto ao lado de uma colega gordinha e com seios enormes e a tentar não pensar em lamber-lhe o corpo, beija-la, possuí-la...não vai ser fácil!


Última edição por Paulo Jorge em 30/8/2017, 21:40, editado 2 vez(es)

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 09:22
Obrigado!

Vocês todos a partir de hoje serão os meus amigos, confidentes. Deste lado estou sozinho, não irei contar nada a à minha esposa nem a ninguém.
A minha esposa não me perdoaria tanto ano de mentira. Ela já me questionou várias vezes se eu via pornografia e eu sempre neguei.

Estarei deste lado para contar o meu sucesso ou fracasso e vocês todos estarão aí para me apoiar, incentivar. Estou doente mas ainda estou vivo.

avatar
M.V
Moderador
Moderador
Mensagens : 1835
Data de inscrição : 02/10/2015
Idade : 36

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 12:21
Olá Paulo

Seja bem vindo ao Fórum

Sei que você expressou toda sua angustia e experiências com a pornografia no seu primeiro relato, mas gostaria de alerta-lo para algumas palavras que remetesse ao sexo é que isso pode ser gatilho e levar algum de nossos usuários do fórum a uma recaída. Pelos seus relatos vejo que você realmente é viciado em porno online e fazer um reboot sem usar bloqueadores é muito difícil de conseguir parar com o vício. Responda a essa pergunta: É melhor ser escravo dos bloqueadores ou da pornografia? Conforme for sua resposta provavelmente influenciará no seu experimento reboot.

Dese já desejo-lhe boa sorte.

Abçs

Sucesso!!!

_______________________________________
Veja Meu Diário e Histórias de Sucesso
http://comoparar.forumeiros.com/t1587-novo-tempo-nova-vida
http://comoparar.forumeiros.com/t3600-300-dias-de-reboot-novo-tempo-nova-vida


" A PORNOGRAFIA MATA O AMOR" ...

NÃO PERMITA QUE SEU CÉREBRO PRIMITIVO LHE COMANDE E TE DEIXE EM ESTADO DE HIPOFRONTALIDADE.

..."É MELHOR SER ESCRAVO DOS BLOQUEADORES QUE SER ESCRAVO DA PORNOGRAFIA"... (PROJETO, TOGURO)

ABÇS E SUCESSO NESSA JORNADA!!!

avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 12:48
Sim, tem razão. Porque não usar bloqueadores? e eu só estou a começar...daqui a 2 semanas como estarei? Aqui irei aprendendo algo todos os dias convosco.

À meia noite farei 5 dias sem PMO. Nas 2 últimas vezes, falhei com a minha esposa, não tive ereção e hoje à hora de almoço ela já me disse que à noite "temos que por a conversa em dia". Estou algo nervoso, tenho ainda muitos comprimidos de Cialis em casa. Tomo, não tomo? Não quero falhar hoje outra vez...
jamil
Mensagens : 112
Data de inscrição : 20/05/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 13:02
Paulo jorge como esta em uma posição difícil e ja até recebeu uma intimação da esposa hj , meu conselho é , continue firme no reboot,se afaste de tudo o que for estimulação artificial, tudo mesmo, videos fotos filmes, imagens de mulheres de langeries, e faça sexo real com esposa, por hj use o remédio, para ter confiança, se entregue de cabeça no sexo real , curta tudo cada sensação, e se prepare para altos e baixos durante o reboot, não é facil mas vale todo o esforço, lute contra as fantasias tambem , temm que aprender a curtir o real o sexo verdadeiro, rumo aos 90dias amigo força.
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 13:31
Pois, talvez tome um comprimido. Hoje o dia até correu bem, estive bastante tempo no computador e nem vontade de ver pornografia ou fotos mas a minha mão mal me descuido vai para dentro das calças, a vontade de masturbação é enorme. Foram 35 anos a masturbar-me...
Andei um pouco na rua e vi tanta mulher linda e de mini saia! o verão não ajuda a deixar de pensar em sexo.

Um dia de cada vez!
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 287
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 13:39
Paulo, bem-vindo ao fórum.
Sua história se assemelha à de muitos aqui, mas nem por isso deixar de ter sua singularidade. É triste ver como a pornografia pode fazer tanto mal a nossas vidas, destruir famílias, causar, paradoxalmente, problemas sexuais.
Nesse ambiente, você encontrará pessoas que estão (ou estiveram) na mesma situação que você e se curaram de disfunção erétil, ejaculação precoce, dentre outros distúrbios causados pelo excesso de pornografia.
A sua boa vontade deve ser mantida ao longo de todo esse processo, que - adianto - não é fácil, mas que vale muito à pena.
Leia o ebook, porque lá você encontrará uma explicação bastante plausível acerca do vício da pornografia. Essa explicação é baseada em estudos do Gary Wilson, um neurologista norte-americano que constatou os efeitos que o excesso de exposição à P pode causar nas pessoas. Tem alguns vídeos dele no youtube também.
Instalar bloqueadores também é de fundamental importância. Talvez agora mesmo você não sinta vontade de ver pornografia, mas pode ser que, em um momento de fissura, você tenha uma vontade abusrda de ver algo pornográfico e os bloqueadores serão um ALERTA para você. Eles não são infalíveis, mas servem como uma ajuda e tanto.
Basicamente, você terá que remar em sentido contrário de tudo o que você viveu até agora. Já deu um passo significativo que foi o de apagar todo o acervo de P. Agora é preciso preencher com muitas atividades o tempo que você antes dedicou à P com coisas que lhe deem prazer, mas que não conduzam ao vício.
Faça um auto-exame para detectar quais foram as suas princiais ocasiões de queda no vicio, aprenda a controlar seus olhares e a não ver as mulheres como meros objetos (é nisso que a P transforma as mulheres). Reavive o amor à sua esposa e filho.
A luta é difícil, mas vale a pena. Pode até ser que haja recaída (esperemos que não), mas é possível Sugiro que leia algumas histórias de sucesso, como a do Antonio71 e acompanhe o diário de alguns outros membros dessse Fórum. Particularmente, os diários do "Spiritum novus" e "Ieyasu" são bastante inspiradores para mim.
Boa sorte, e não deixe de postar por aqui. É importante que você se sinta acolhido e tenha um suporte de outros. É muito difícil largar esse lixo sozinho.


Última edição por Renovatio em 17/7/2017, 14:24, editado 1 vez(es)

_______________________________________
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 17/7/2017, 13:55
Muito obrigado, Renovatio. Este site é uma benção!

Nem quero imaginar se algo acontecesse a este site e forum. Quem me dera ter conhecido esta família anos antes. Sei que sou viciado em pornografia e masturbação há uns anos, é algo que já reconheci mas nunca tentei largar. Agora vai ser a sério e é aqui que agora venho buscar energias.

Sim, falou bem, apesar de sempre respeitar as mulheres e de as tratar bem, olho a maior parte das vezes para elas e só imagino sexo com elas.
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 06:45
Bom dia

5 dias sem PMO. Hoje vou para o sexto dia. Estou de folga e sozinho em casa, não tenho tido vontade de ver Pornografia mas a mão, sem eu dar por mim, vai para dentro das calças. Que saudades de me masturbar!

Hoje de manhã cedo fui fazer uns exames de rotina e a clínica estava cheia. Tanta mulher de saia, camisolas de alças... essa parte de não fantasiar não é fácil, mas com algum esforço consegue-se.

Ontem não cheguei a fazer amor com a minha esposa, estávamos ambos muito cansados. Tomei um comprimido de Cialis para me prevenir mas não houve nada. Tenho saudades de fazer amor com ela, de ter um orgasmo mas existe algum receio de falhar. As últimas 2 vezes foram uma catástrofe.

É triste estar nu e a ver a minha esposa nua, com um corpo lindo, seios lindos e enormes e não ter tesão. Concentrava-me, esforçava-me mas nada. Ela tentava, masturbava-me e nada. Imaginei que ela era uma das minha gordinhas com que eu fantasiava e nada, o membro não mexia.

Não há pior sensação na vida que esta, um homem sente-se lixo, inútil, merda autentica e por isso estou aqui determinado a mudar.

Coragem a todos!
avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 287
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 07:40
Paulo Jorge, parabéns por mais um dia livre.
Para ajudá-lo e ajudar os demais, sugiro que siga o que o M.V. comentou: evitar usar expressões que aticem a imaginação dos demais integrantes do fórum e possam ser ocasião de queda para eles. Como muitos estão ainda sensíveis demais à exposição da P, um relato mais explícito pode instigar alguém à recaída... nunca se sabe, né? Very Happy
No mais, fico muito satisfeito em ver que você está focado e quer superar este vício. Que bom que não tem tido vontade de ver P. Tenha cuidado com sua mão buscando o pênis. Logo no começo do meu reboot, li um conselho muito sábio: só toque o seu pênis quando for estritamente necessário, por exemplo, para mijar e para lavá-lo; no mais, evite tocar o pênis e coçar o saco. E não é que me ajudou muito? Porque, queira ou não, estar se tocando faz com que a gente esteja buscando um prazer, uma auto-safistação que, no caso, tem estado por anos vinculada à P. Sugiro este teste: evite se tocar e veja se ajuda. É difícil, mas talvez seja um jeito de ficar sempre se lembrando: sou um viciado, em estou em recuperação, estou me desintoxicando para ser um melhor esposo, um pai de família mais entregue aos meus.
Boa sorte, meu irmão.

_______________________________________
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 08:02
Pois, só agora parei para pensar que há expressões que não se podem colocar aqui. Queremos contar o que nos vai na alma, ser claros, mas estamos a cometer o erro de poder levar a fantasias. Não tinha percebido bem a mensagem de ontem.

Vou almoçar e a tarde vai ser dedicada ao desporto, hoje vou fazer Btt,,ou Mtb como alguns dizem, com uns amigos. Vivo no interior de Portugal numa zona lindíssima de montanha, e Btt é daquelas coisas que me fazem esquecer tudo.
avatar
Spiritum Novus
Mensagens : 426
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 45

Bem vindo!

em 18/7/2017, 08:16
Paulo, seja muito bem vindo a este fórum!
Parabéns pela decisão de abandonar este vício terrível que nos torna zumbis de um indústria poderosa.
As histórias se repetem em muitos pontos, eu me identifiquei com algumas partes do teu relato. E quando nós nos deparamos com histórias semelhantes, nós não nos achamos uns "E.Ts.", umas aberrações. Isto é mais normal do que se imagina.
Como o pessoal aqui já falou, ler o e-book é fundamental para entender a lógica do vício. E o que eu posso te dizer é que o reboot funciona! Já consegui ficar 38 dias sem PMO e muita coisa melhorou: a vida sexual, a disposição, a vontade de se socializar, a auto estima, etc.
Parabéns, por destruir o teu acervo! Sei como nós nos apegamos a estas coisas... mas o mundo real é muito melhor!
Vamos lá! Vamos resgatar nossa vida de volta! Vamos ser homens plenos!
Conte conosco! Um forte abraço, meu irmão!

_______________________________________
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 09:31
Obrigado, Spiritum Novus!
Este é o meu novo objectivo neste momento, ver até onde posso ir. Gostava tanto de conhecer o outro lado, o lado que nunca conheci na minha vida, viver sem PMO.
Como será? Como funciona a cabeça de um homem que não tem este vício? como é que ele olha para as mulheres? esse homem dito "normal" não tem também fantasias? Esse homem "normal" não se masturba de vez em quando? Possivelmente mas esse homem não está doente como nós...digo eu, não sei.

Hoje não me ligarei mais a internet, até amanhá a todos e cá estarei para desabafar o que me vai na alma.

Um dia de cada vez...

PS: Estou a chorar, talvez de felicidade...que Deus me ajude!
avatar
Torneira
Moderador
Moderador
Mensagens : 257
Data de inscrição : 05/08/2016

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 11:12

Que bom, Paulo Jorge.
Maravilhoso ler seus comentários.
Primeiramente seja bem vindo e pode comemorar, ou chorar de alegria hehe
Já foi dado o primeiro e mais importante passo. Esse é o passo mais complexo, o do reconhecimento do problema.
Isso, dar conta que estamos vivendo diversas dificuldades é fácil. Dureza é olhar no espelho e dizer: eu sei o motivo. conheco bem a causa disso tudo e reconhecer que a pornografia é capaz sim de destruir vidas, casamentos, relacionamentos, empregos, estudos, enfim. É uma bomba atômica que a maioria desconhece e compra mais a cada dia.

Já chorei demais aqui no fórum, sabia? Talvez com pena do que estava passando, com emoção de ler algo tocante dos outros lutadores aqui do fórum. E de reconhecer nos meus próprios textos as fraquezas, as vitórias, enfim.

Prepare-se pra uma etapa dura que vem por aí, a do reboot. Aproveite bem essa oportunidade de transformação. Espero que tenha muito sucesso.
POrém, prepare-se pra brigas feias, ok? porrada na cara sem dó! Com você mesmo, claro.
Fácil não vai ser, ok, porém tem muita coisa que ira colher no processo. atenção a isso.
Tá aí no fórum uma penca de tópicos para você ler, conhecer experiências de vitórias lindas e de derrotas memoráveis. A maior parte delas, depois, se torna vitória também.
O preço de tudo isso são: dedicação, disciplina, humildade para reconhecer suas falhas e fraquezas e força de vontade extrema.

Estaremos todos aqui, acompanhando suas vitórias e aprendizados, para comemorarmos juntos. E abraçados nos momentos difíceis que exijam de você .
um abraço grande e estamos todos juntos no mesmo barco!!!
paciência e sucesso

_______________________________________
avatar
Brno kalles
Mensagens : 7
Data de inscrição : 12/04/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 13:37
Paulo Você foi o primeiro que me encorajou aqui. Começou a me dar força! Obrigado!

Cara você PODE vencer essa luta. Eu acredito em você! Parabéns por ter acabado com seus arquivos! 6 dias já é uma vitória. Força! Quanto aos pensamentos que vem não temos como evita-los, mas temos a escolha de processa-los ou não. Como disse um escritor "Distraídos não podemos impedir um pássaro de pousar em nossa cabeça, mas podemos impedi-lo de fazer um ninho".
Conte comigo amigão!

_______________________________________
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1132
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 18/7/2017, 15:55
Olá Paulo,
poxa vc já recebeu ótimos conselhos dos amigos aqui do fórum. Eu apenas venho reforçar que estou torcendo por você e que a sua participação aqui de forma tão honesta e sincera é mto importante, sempre que vemos que alguém tem uma dificuldade parecida com a nossa isso nos conforta por sabermos que não estamos sozinhos. O recado que o pessoal disse sobre ter cuidado com os termos utilizados, não os entenda como críticas, apenas como uma cautela a mais, pois aqui cuidamos uns dos outros né e em um momento de fissura as vezes uma palavra pode nos fazer mais propensos a fantasiar.
Bem, assim como você eu me masturbava bastante e achava impossível acabar com essa prática, hoje eu sei que é possível sim, esse ano foram apenas 4 vezes e a última ocorreu a mais de 40 dias, a vontade é bem controlável e dificilmente sinto falta disso. Nesse começo sugiro que você crie um alerta mental de não encostar no seu membro, eu evitei bastante até balançar após urinar, pois uma balançada a mais era um passo para MO.
Bem vindo, boa sorte e muita força aí! Eu já vi muitos relatos como esse seu e depois de um tempo a vida sexual do casal era outra e a mulher até desconfiava e questionava o que estava acontecendo haha é só ter PACIÊNCIA! Abraço!

_______________________________________


Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 19/7/2017, 07:17
Bom dia e muito obrigado por todas as vossas mensagens, não estava à espera disto.

6 dias sem MPO! Hoje caminho para o sétimo. De manhã bem cedo fui às compras e parece-me que agora as mulheres até mexem mais comigo...tanta mulher linda! Que desejo! mas olho e tento logo desviar o olhar. Depois fui tomar café com uns amigos e não tive que vir à pressa para casa para me vir masturbar e ver porno. Isso acabou, espero eu.
Esta noite foi horrível, sempre a sonhar com este forum, com a abstinência. Mais uma noite que não fiz sexo com a minha esposa, ontem ela estava doente, doía-lhe a cabeça. Por um lado ainda bem, pois ando com tanta falta de confiança que prefiro nem ter sexo.
Quanto ao meu pénis, parece que não existe. Não se mexe, está morto. Que coisa estranha, questiono-me se ainda funciona? Não lhe posso mexer e fazer uma experiência pois isso seria sinal de fraqueza por isso é continuar a olha em frente.
Também deixei de andar de cuecas e nu em casa, às vezes fazia isso, o calor é tanto e a minha casa está tão quente. Se andar nu corro o risco de encostar o pénis a algum lado e ele pedir para mim "toca-me". Também adorava ver-me nu em frente ao espelho, com tesão.

Vou fazer o almoço para mim e minha esposa e depois trabalhar.

avatar
Sheik_
Mensagens : 78
Data de inscrição : 18/07/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 19/7/2017, 07:59
Paulo Jorge escreveu:Obrigado, Spiritum Novus!
Este é o meu novo objectivo neste momento, ver até onde posso ir. Gostava tanto de conhecer o outro lado, o lado que nunca conheci na minha vida, viver sem PMO.
Como será? Como funciona a cabeça de um homem que não tem este vício? como é que ele olha para as mulheres? esse homem dito "normal" não tem também fantasias? Esse homem "normal" não se masturba de vez em quando? Possivelmente mas esse homem não está doente como nós...digo eu, não sei.

Hoje não me ligarei mais a internet, até amanhá a todos e cá estarei para desabafar o que me vai na alma.

Um dia de cada vez...

PS: Estou a chorar, talvez de felicidade...que Deus me ajude!

Paulo Jorge, tenho 30 anos e a coisa mais difícil pra mim era vencer essa tentação de não colocar a mão no pênis ao acordar com ele ereto ou em outros momentos que ficava sozinho. As vezes durante o reboot eu cometia esse erro de me tocar, mas isso é só um passo para uma recaída.

Apesar de ter iniciado o reboot ontem, posso te falar como funciona a mente de uma pessoa que permanece longe da pornografia. Eu já passei um período de mais de 100 dias longe da pornografia e a coisa mais incrível que senti foi a mudança na minha relação com as pessoas. Eu deixei de enxergar as mulheres como objeto, eu deixei de fantasiar a todo momento. Eu conversava com uma mulher e sentia um interesse real nelas. Até passei a dar mais atenção para mulheres em que eu não tinha um interesse sexual. Passei a ter interesse real na pessoa, no ser humano, inclusive ao conversar com homens, crianças, idosos, etc. independente de ser mulher ou não. Quero voltar a sentir isso, uma conexão verdadeira com o próximo sem estar fantasiando a todo momento e pensando em sexo.
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 19/7/2017, 09:38
Impressionante isso...
Não imagino como será estar ao lado de uma mulher sem fantasiar. Há sempre qualquer coisa nelas que me atrai, excita, nem necessitam de ser bonitas. Então as gordinhas, é algo quase incontrolável. Ver uma mulher gordinha, atrai-me mais que uma mulher com corpo de modelo. Ver Porno normal não me excita minimamente mas sexo com mulheres gordas é outra coisa.
Será isto do meu vício ou será que sou um tipo que gosta de mulheres gordas e pronto! Há coisas que não entendo ainda. Há 15 dias fui a uma piscina e estavam lá dezenas de mulheres com corpos perfeitos mas uma sobressaiu para mim. Tinha uns 35 anos e era bem gordinha e muito bonita, devia pesar uns 90kg, não sei.
Como digo, há coisas que não entendo na minha cabeça.
avatar
Sheik_
Mensagens : 78
Data de inscrição : 18/07/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 19/7/2017, 14:05
Paulo Jorge escreveu:Impressionante isso...
Não imagino como será estar ao lado de uma mulher sem fantasiar. Há sempre qualquer coisa nelas que me atrai, excita, nem necessitam de ser bonitas. Então as gordinhas, é algo quase incontrolável. Ver uma mulher gordinha, atrai-me mais que uma mulher com corpo de modelo. Ver Porno normal não me excita minimamente mas sexo com mulheres gordas é outra coisa.
Será isto do meu vício ou será que sou um tipo que gosta de mulheres gordas e pronto! Há coisas que não entendo ainda. Há 15 dias fui a uma piscina e estavam lá dezenas de mulheres com corpos perfeitos mas uma sobressaiu para mim. Tinha uns 35 anos e era bem gordinha e muito bonita, devia pesar uns 90kg, não sei.
Como digo, há coisas que não entendo na minha cabeça.

Talvez Freud explique isso. Mulheres gordas e mulheres com peitos grandes acabam por rememorar a figura materna. Eu vou te falar minha experiência. Desde os 20 anos de idade, sempre buscava pornografia e me excitava com mulheres maduras. Tive a oportunidade de namorar com uma mulher 10 anos mais velha que eu e após o término desse namoro saí com várias outras mulheres maduras. Vou te falar que era só um fetiche, no início era bom devido à novidade mas nunca foi pra frente. Não passava de um fetiche, minha preferência mesmo é por mulheres da minha idade ou um pouco mais novas ou um pouco mais velhas. Agora, mesmo comprovando na vida real que não curtia estar com mulheres mais velhas, ao buscar pornografia sempre acabava buscando pornografia com mulheres mais velhas. Depois enjoei disso e busquei pornografia com mulheres grávidas. E por fim, pornografia travesti. No meu diário relatei minhas experiências, todas as vezes que reproduzia esses fetiches bizarros na vida real me decepcionei. Nada contra a pessoa ter uma fantasia sexual, mas a pornografia leva a gente para fantasias que não buscaríamos num relacionamento saudável. Eu tenho minhas preferências sexuais e fantasias que diria serem autênticas, mas também tenho algumas fantasias que só fazem sentido no mundo da pornografia, pois no mundo real são extremamente sem graça, desconfortáveis e até degradantes. Podes ter a certeza, não vai ser imediatamente, pode demorar até mais de um ano, mas acredito que irás conseguir estar num ambiente ao lado de mulheres sem fantasiar. A atração sexual continuará, a vontade de paquerar. Mas fantasiar estar com aquela mulher, pelo menos comigo, parou de ocorrer da última vez que fiz o reboot.

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t5463-diario-do-sheik

1ª tentativa: 10 dias
2ª tentativa: 27 dias
3ª tentativa: 26 dias
4ª tentativa: 25 dias

avatar
Renovatio
Moderador
Moderador
Mensagens : 287
Data de inscrição : 11/01/2017

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 19/7/2017, 15:15
Paulo Jorge escreveu:
Quanto ao meu pénis, parece que não existe. Não se mexe, está morto. Que coisa estranha, questiono-me se ainda funciona? Não lhe posso mexer e fazer uma experiência pois isso seria sinal de fraqueza por isso é continuar a olha em frente.

Paulo, acho que essa é a chamada "flat line", muito comum no começo do reboot. O pênis não responde como antes, parece estar morto. Com o tempo, isso volta ao normal. O importante é você acreditar nisso e não "se testar". Já li relatos de usuários que foram "se testar" com a M e acabaram caindo de volta na P.
Parabéns pelos 6 dias. O importante é você ir tentando forjar uma nova mentalidade para sua vida, uma nova maneira de ver as mulheres. A gente passa a vida toda as vendo de um jeito e essa nova visão proposta é, sem dúvida, um choque. Mas acredite: vale à pena. Sua vida sexual melhorará muito e, mais importante, você ficará em paz consigo mesmo. Acredito que esses fetiches diminuirão com o tempo, como já comentaram.

Força!

_______________________________________
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 20/7/2017, 05:08
7 dias sem PMO, a caminho do oitavo!

Hoje de manhã um pequena ereção. O meu percurso continua. O dia hoje vai ser tranquilo, estou a trabalhar todo o dia e não vão existir tentações.
Ando a tentar ler todas as histórias aqui no fórum e ando a ler também a secção dos casos de sucesso, aprende-se muito. Unidos iremos vencer esta batalha.

_______________________________________
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 20/7/2017, 05:44
Aliás, há tentações...a senhora que faz a limpeza tem 50 anos, mas apesar disso mantém um corpo fantastico e é fortinha. Já fantasiei tanto com ela. Isto terá a ver com a pornografia com maduras que vejo aos anos. Às vezes olhava para ela e quando me era possível ía masturbar-me para o wc mas sem ter o orgasmo. Às vezes fazia isso várias vezes ao dia mas apesar disso nunca afectou muito o meu desempenho profissional.  Mas é algo doentio..
avatar
Paulo Jorge
Moderador
Moderador
Mensagens : 250
Data de inscrição : 15/07/2017
Idade : 47
Localização : Portugal

Re: Paulo Jorge - 35 anos de masturbação, 17 de Pornografia.

em 20/7/2017, 07:14
.
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum