Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
lorde
Mensagens : 22
Data de inscrição : 08/04/2016

Me sinto muito mal

em 17/7/2017, 11:29
Bom..Aqui eu posso desabafar.....
Tenho 26 anos e sou casada há 8 anos,nesses 8 anos nunca fui feliz de verdade.
Meu marido sempre negava sexo, mas então achava que ele não gostava muito ou que ele era gay(sim cheguei a pensar nessa possibilidade), sempre soube que ele gostava de assistir vídeos pornos, mas não dei importância achei que era coisa de homem e que era passageiro, mas esse passageiro nunca passou....
Temos um casal de filhos que acho que foi coisa de Deus pq ele nunca estava interessado, eu sofro muito com isso sozinha.
Eu descobri o vício dele o ano passado fuçando o celular dele e vi que ele tinha entrado no fórum e isso acho que o inibiu... Sad
Sempre estou propondo ele a fazer o reboot, ele topa fazer mas nunca conclui os 90 dias e não escreve o seu diário.
Tivemos uma conversa e ele me disse que quando temos relações ele sempre acaba caindo, e me disse que alguns homens do grupo fazem o hardmode e que resolve, então decidimos fazer essa tentativa(90 dias sem sexo).
Eu o amo muito e ele é uma boa pessoa e ótimo pai.
Me sinto triste, eu não sei o que fazer, acho que ele não está fazendo certo o reboot.
Estou sofrendo e pior calada Sad Sad Sad Sad  
Não posso desabar com ninguém,estaria expondo ele e nossa intimidade(todos acham que somos a família perfeita), choro sozinha.
Desculpem o textão precisava desabafar.
avatar
Vimes
Moderador
Moderador
Mensagens : 524
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 40
Localização : São Paulo

Re: Me sinto muito mal

em 18/7/2017, 04:02
Bem vinda, Iorde!

Não posso te dar um ponto de vista de companheira, não deve ser algo fácil, mas posso dar o ponto de vista de um viciado em recuperação. Smile

Esse é um vício dos mais complicados, e vocês dois já se ligaram nisso, não é? Ele pega a gente nos nossos pontos mais fracos, nas nossas inseguranças e frustrações, e joga a gente pra baixo na primeira oportunidade.

O grande truque do reboot - e a razão porquê tanta gente acaba recaindo - é não apenas cortar a PMO, mas substituir os maus hábitos com bons hábitos.

É uma mudança de estilo de vida, mais do que um combate ao vício. Se a vida continua chata, monótona, frustrante, as chances de recaída são grandes.

Por isso começar a fazer atividades é uma parte importante do reboot, como exercícios físicos, praticar esportes, aprender línguas, fazer um curso de dança, praticamente qualquer coisa que seja uma atividade prazerosa e que ocupe o tempo.

Portanto, quais são as atividades que seu marido começou a fazer recentemente? O que mudou na vida dele, desde que ele começou a tentar o reboot? Vocês ainda namoram, ou seja, saem pra passear, curtem a companhia um do outro, saem pra tomar um sorvete juntos, essas coisas?

E a pergunta mais importante: ele já compreendeu os danos que a PMO causa e está disposto a parar?

Obviamente você não pode forçar, mas seria de imensa ajuda se seu marido começasse um diário por aqui. Não apenas para ser ajudado, mas para conseguir expressar e compreender melhor o vício e como ele é afetado pela PMO.

Parabéns por ser uma mulher compreensiva, parabéns por estar disposta a ajudar. Seu marido certamente tem sorte em ter você como esposa. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes
lorde
Mensagens : 22
Data de inscrição : 08/04/2016

Re: Me sinto muito mal

em 18/7/2017, 10:05
Nosso programa como namorados é assistir filmes, quando saímos sempre levamos as crianças.
Eu agradeço vc por vim aqui no meu relato, esse fórum me ajuda muito.
Vc tem esposa?Preciso saber como os viciados se relacionam com suas mulheres(se são carinhosos, se ajudam em casa, se as presenteiam) pq não adianta eu querer comparar o meu relacionamento com os das minhas amigas, preciso saber dos homens do fórum como eles tratam as esposas.
avatar
Vimes
Moderador
Moderador
Mensagens : 524
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 40
Localização : São Paulo

Re: Me sinto muito mal

em 18/7/2017, 18:51
Eu tive, mas me divorciei. Meu caso foi o oposto, a minha ex mulher era uma pessoa extremamente complicada, e conseguir fazer amor com ela deixava de ser um prazer, e acabava virando trabalho, de tantas neuras e complicações.

Eu sempre fui muito compreensivo e entendia, não forçava. Mas era sexualmente frustrado por causa disso. Foi daí que eu me afundei no vício de PMO de vez. Smile

Sim, eu presenteava ela, tratava com carinho. Essa é a minha personalidade.

Mas viciados podem ser de todo tipo. Se você der uma lida nos diários (sugiro ver a faixa etária do seu marido) você vai ver praticamente todo tipo de pessoa. Desde os mais sossegados até os mais estressados, desde os mais atenciosos até os mais desligados.

A vida de vocês é muito monótona? Monotonia, tédio, mesmice, essas coisas são armadilhas clássicas para cair no vício.

Quantas vezes por mês vocês saem de casa sem as crianças? Quantas vezes por mês vocês fazem um programa de namorados, não de casados? Como ele reage em situações do tipo?

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes
avatar
Domi1
Moderador
Moderador
Mensagens : 406
Data de inscrição : 20/09/2015

Re: Me sinto muito mal

em 19/7/2017, 12:37
Olá,
Seja bem vinda ao fórum !

Eu compreendo toda a confusão e frustração que você está passando, e como é devastador para o relacionamento o vício, mas se há uma boa notícia é que com o tempo, se há diálogo e interesse mútuo as coisas vão melhorando e o casal acaba se torando mais íntimo.
O seu marido sempre tem quedas quando tem relações com você? Isso é algo que deve ser discutido, ele anda fantasiando no meio do ato? Porque é recomendável sexo no reboot, para a religação, a redescoberta, talvez nesse começo seja viável, mas ele tem que parar de dar desculpas para o sexo.
Em contrapartida esse é o memento que a maioria das mulheres não tem, vocês podem começar a fazer o sexo de uma forma que seja agradável para os dois e você se descobrir melhor, levar o sexo para a normalidade e deixar dele ser algo obscuro.
Vocês devem conversar sobre o assunto e o vício tem que deixar de ser tabu entre vocês, mas para que isso aconteça você tem que ser uma pessoa de mente aberta porque vai descobrir um homem diferente do que conhece e até verá que ele vê coisas que ele julga horrível, que ele sente remorso depois mas mesmo assim vê. Por isso não deve julgar o seu marido, não deve fazer escândalos, mas sempre respeitando a sua integridade emocional, porque lembre, você não é a culpada.
Eu e meu parceiro andamos bem, por vezes acontece algo aqui, algo acolá, mas nossa vida sexual melhorou muito e a nossa relação se construiu hoje de uma forma muito mais sincera, pois somos hoje melhores amigos e compartilhamos um com o outro diversos problemas.

Eu tenho certeza que com paciência e amor vocês dois superam isso, mas cabe a ele a vontade de sair, ele sabe que precisa, mas para isso ele deve se comprometer com o método.

Beijos de luz.

Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum