Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 28/9/2017, 11:33
Tiago090 escreveu:Através de uma breve comparação de suas postagens, é bem notável que você evoluiu muito psicologicamente. Antes você focava muito no problemas, agora na solução.
Sem dúvidas 2018 vai ser um ano como nunca apreciado antes por todos nós, eu espero.

Vai ser um ano de novas conquistas e, consequentemente, de muitas dificuldades que deverão ser superadas. Só não podemos jogar a toalha no chão e achar que nunca venceremos. Pode dar errado muitas vezes para conseguir chegar ao fim almejado. Vai conseguir chegar lá? 50% sim e 50% não. Agora, se desistir, vai ter 100% de certeza que não vai dar certo.

Posso ter evoluído psicologicamente no quesito de olhar para as mulheres e me frustar. Só que ainda sou muito imaturo, meu colega! Very Happy Mas isso vai ser com certeza mudado! Vou lutar para isso!

Obrigado por sempre ter frequentado meu diário, meu caro!
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 28/9/2017, 11:51
BrCoyote escreveu:Mano cuidado com esse "estudar muito", sabemos que há uma curva de aprendizado e um limite máximo de conteúdo que conseguimos absorver com qualidade durante determinado período de tempo. Faça outras coisas, por exemplo musculação, caminhada, pedalada, etc.

Isso pode te ajudar no quesito socialização. Entenda que a maioria das pessoas são frustradas mesmo, agora depende de nós não permitir que esse estado mental nos domine. Pode oscilar, mas sempre mantenha a cabeça limpa e poderosa. Leia sobre vida simples, minimalismo, entenda mais sobre a felicidade,  princípios do estoicismo, frugalidade, low profile, essas coisas me ajudaram bastante, se não fosse por elas....eu já teria posto um fim.

Você é um cara novo, não fique só na faculdade(erro que cometi), aprenda algo que gere valor, te traga grana para o seu bolso. É o que os gringos, chamam de book smart X street smart. No começo foquei muito no primeiro(e foi um erro), agora foco no segundo. Faça o mesmo, melhor, sugiro que fala o mesmo.

No mais parabéns pelos dias, siga nessa pegada.

Falou,
BrCoyote
Zero to Hero
]


Eu penso também nisso. Sei que, de fato, faculdade só te informa... Agora tudo vai depender do seu "empreendedorismo" em transformar a informação disponibilizada na faculdade para o campo prático.

Eu, sinceramente, vejo poucos meios ainda para transformar o conhecimento que obtenho na faculdade para o empreendedorismo. Um deles que eu acho que deveria fazer é PARAR DE FICAR ISOLADO E SE INTEGRAR MAIS COM AS PESSOAS. É fazer um "social network". Assim eu me exponho e mostro que tenho conhecimento na cabeça. Daí já poderia ser conhecido...Quem sabe eu já arranjo alguma clientela. De alguma forma, isso facilitaria a minha usca por um emprego, visto que poderia conseguir me integrar em algum escritório de advocacia e ter algum cliente mais facilmente..

Só que vou ter que parar de ser ansioso. Ajo de forma estranha quando estou com pessoas estranhas... Não sou espotâneo.. Não penso rápido... Enfim, sou ansioso e defensivo... -.-' Sabe quais são os dias que eu não tenho ansiedade quando estou na faculdade? Quando estou doente ou quando estou com sono. Motivo? Porque paro de pensar muito Eu só me foco no ambiente. Eu sei que é por pensar demais que eu tenho esse problema de ansiedade.

Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 28/9/2017, 12:11
59 dias sem MO e 53 dias sem P!

Agora tudo depende de mim. Não adianta ficar parado mais. Já eliminei a vontade de fazer PMO. Aquela autoestima que a gente possui por ter estar limpo já passou há muito tempo. Os benefícios que recebi por não ter feito PMO nao são mais grande novidades.

A vontade de conhecer mulheres e de ver alguma coisa erótica é alta! Hoje mesmo estava sentado no ônibus ao lado de uma garota garota que possuía um corpo bem cuidado. Fiquei com muita vontade de conversar... Mas, de fato, não conversei e quando eu percebi que estava secando-a, imediatamente sentei em um outro canto mais afastado. Há dois meses atrás, me sentiria um lixo por não ter conseguido falado.


Como eu estou chegando no mês mais crítico e dificultoso na faculdade, irei parar de frequentar o fórum. Todo tempo é precioso agora. Depois de completar od 90 dias, entrarei no fórum esporadicamente. O fórum é uma grande ajuda, mas tem um momento em que o menino tem que andar de bicicleta em sem as rodinhas... É seguir o rumo.
avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 30/9/2017, 00:41
Espero que você volte aqui não só como um vencedor, mas um dos poucos que completará o reboot sem quedas.

_______________________________________









http://www.comoparar.com/t5417-angustia-solidao-fobias-e-hocd-sem-internet
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 1/10/2017, 07:28
Tiago090 escreveu:Espero que você volte aqui não só como um vencedor, mas um dos poucos que completará o reboot sem quedas.

Oi meu amigo!

Bem, não me dê tanto mérito assim. Eu já vinha frequentando o fórum há quase três anos. Eu cheguei até criar uma conta aqui, mas não usei para escrevei um diário. O máximo que eu fazia com essa conta era responder algumas perguntas na seção já removida Offtopic e também algumas perguntas de alguns diários. Depois de algum tempo, eu só passei a ler os diários.

A razão de não ter criado um diário é que eu não queria expor a minha vida, sabe? Ainda me sinto um pouco mal quando eu penso que escrevi muito dos meus problemas e preocupações. Não quero passar a imagem de um homem que só sabe chorar. Na verdade, eu passo a imagem de um homem que chora muito, né? De fato, até pouco tempo atrás a minha vida era só ficar chorando. Reclamava muito de várias coisas. Mas percebi, e pior que pareça, percebi isso por causa do reboot, que não adianta ficar reclamando. Se você não muda o seu jeito de ser ou as suas ações, você só ficará mais estressado ainda, já que ninguém pode fazer nada por ti. É por isso também que quero me distanciar do fórum. Eu quero perder essa mania de ficar falando sobre os meus problemas.

Me dê apenas o mérito de eu ter tido vergonha na cara e assumir um compromisso verdadeiro com o reboot. Antigamente eu ficava fingindo para mim que estava fazendo a abstenção da "PMO", mas ficava secando mulheres na vida real, fantasiava com qualquer mulher que eu considerasse bonita, me testava se eu tinha uma boa ereção com vídeos de mulheres dançando sensualmente na Internet, ficava muitas vezes fazendo a técnica do edging, etc. Só nesse reboot que eu evitei fazer todas aquelas ações citadas. A consequência disso foi que a minha libido ficou estabilizada. Existiram alguns picos de uma vontade exacerbada de fazer sexo, mas nada que durasse dois ou três dias.





Legal. Hoje é 01.10.2017. Quem quiser ficar limpo para a virada do ano só tem até hoje para iniciar o reboot.


Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 7/10/2017, 17:38
Quase me masturbei. Foi muito perigoso ontem.

0.0

avatar
Mensagens : 1059
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 7/10/2017, 22:24
Faaala meu brother!!
Estou aqui torcendo por vc Very Happy
A sua mensagem no meu diário me tocou mto e queria te agradecer, comecei a ler o teu diário e queria te dar uma força.

Cara, gostei de ver a tua evolução e me identifiquei bastante contigo. Parabéns pelas tuas atitudes que são de um rebooter vencedor, gostei:
-das suas estratégias com os bloqueadores
-do teu esforço em evitar gatilhos, evitar olhares, evitar fantasiar (as fantasias pra mim são as coisas mais difíceis, é só dar uma vacilada que a mente vooooooaaaa hahaha)
-do teu esforço em socializar, eu tbém tô me esforçando mano, isso é um exercício, começa com cumprimentar as pessoas na rua, puxar assunto sempre que surgir a oportunidade e daí vamos evoluindo até conseguirmos ter a atitude de chegar numa mina

Só não vi vc comentando sobre as atividades de religação, vc pediu dicas do que poderia fazer... vi que vc está se dedicando bastante aos estudos, mas tente ver na sua própria faculdade o que é oferecido por lá, vc pode fazer uma aula de idiomas por exemplo que costuma ser uma aula de conversação mais descontraída, ou alguma atividade física, tente se juntar a algum projeto ou grupo. Saia de casa pra caminhar sempre! Só de sair de casa vc já está oferecendo estímulos mais saudáveis pra sua mente.

Quero vê-lo se superando!!!! Você disse que costuma cair por volta dos 30 dias, então se esforce um pouco mais nesse período, se esforce pra chegar nos 40 dias, se afaste de gatilhos, mantenha-se ocupado, tente participar mais do fórum, seja no seu diário ou no dos outros, vc tem mta experiência pra ajudar quem precisa.

Outro dia vc perguntou se olhar pras mulheres era gatilho, é sim mano, pois tem uma atração sexual nesse olhar, tem desejo por sexo e vontade de se relacionar envolvido nesse olhar... Eu mesmo cara, comecei academia e fiquei doidinho com o que vi hahaha isso é bom por um lado, melhor do que não sentir nada, mas eu por exemplo ainda não tenho atitude de chegar numa mina e tentar algo então ao menos reconheço essa minha fraqueza e sei que devo evitar esses gatilhos.

Entendi a sua postura de não reclamar da vida, isso é atitude de alguém que ao menos tá tentando ser um cara mais maduro, que nem vc falou, não adianta ficar reclamando e não tomar atitude pra mudar, mas olha mano, esse aqui é o teu diário e se as coisas não estão legais vc pode desabafar aqui e contar com a gente, só de por as coisas pra fora parece que ajuda Smile

Interessante o que vc comentou da sua relação familiar, percebo que vários aqui passam por isso, eu tbém mano, a minha mãe grita comigo, isso é foda, quero vazar e seguir meu rumo, mas enquanto não é possível vamos cultivar essas relações da melhor forma possível. Eu estou encarando isso como um desafio tbém, de me tornar um filho melhor, se eu for um filho melhor estarei evoluindo como pessoa.

Mano, não fique nessa neura de se viciar no fórum, é perfeitamente normal se interessar por algo com que nos identificamos. Esse fórum e os amigos que conheci aqui me mudaram a minha vida pra melhor, aprendi pra caramba, só coisas boas vieram desse espaço. É melhor do que procrastinar fazendo outras coisas... eu penso assim, o tempo que eu passo aqui é um tempo que me mantém longe de PMO de forma saudável na grande maioria das vezes, as vezes sim, leio alguma coisa que pode ser até besta mas me deixa excitado, mas ainda assim é bem melhor do que ficar nas redes sociais da vida. Acontece que a gente que é viciado em P nos acostumamos a passar mto tempo online, então, lógico que o melhor é sempre viver extranet, mas quando der vontade de ficar na internet vir pro fórum me parece uma boa opção sim.

Por favor, confie em mim, você está indo bem, continue assim que vc só tem a melhorar, supere essa fissura aí de hoje, banho gelado no menino que a vontade passa hahaha

Abração!

_______________________________________
Recomeçar - relato do meu 90º dia de reboot:
http://www.comoparar.com/t4440p525-diario-do-brit#136565
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 12/10/2017, 11:59
Recaí. Foi incrível as circunstâncias fáticas sucessivas que me levaram a um certo ponto de ter utilizado novamente a masturbação como válvula de escape para os meus problemas. No momento em que me masturbei, estava com raiva, inveja e tristeza. Foi burrice da minha parte não ter saído de casa para refrescar a minha cabeça.



Bonitas palavras, Brit. Recaí no sábado, bem no dia que você tinha escrito essa mensagem.... Pena que estava com cabeça quente e me masturbei sem pensar muito nas consequencias...
avatar
Mensagens : 1086
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 28
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 13/10/2017, 10:19
TristeDesesperado escreveu:Recaí. Foi incrível as circunstâncias fáticas sucessivas que me levaram a um certo ponto de ter utilizado novamente a masturbação como válvula de escape para os meus problemas. No momento em que me masturbei, estava com raiva, inveja e tristeza. Foi burrice da minha parte não ter saído de casa para refrescar a minha cabeça.



Bonitas palavras, Brit. Recaí no sábado, bem no dia que você tinha escrito essa mensagem.... Pena que estava com cabeça quente e me masturbei sem pensar muito nas consequencias...

Se não viu pornografia. Pra mim não precisa resetar. A não ser que fantasiou o tempo todo, ou vem fantasiando. Mas se só se masturbou mesmo. Continua firme ai.

_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 13/10/2017, 19:41
Conor Mcgregor. escreveu:
TristeDesesperado escreveu:Recaí. Foi incrível as circunstâncias fáticas sucessivas que me levaram a um certo ponto de ter utilizado novamente a masturbação como válvula de escape para os meus problemas. No momento em que me masturbei, estava com raiva, inveja e tristeza. Foi burrice da minha parte não ter saído de casa para refrescar a minha cabeça.



Bonitas palavras, Brit. Recaí no sábado, bem no dia que você tinha escrito essa mensagem.... Pena que estava com cabeça quente e me masturbei sem pensar muito nas consequencias...

Se não viu pornografia. Pra mim não precisa resetar. A não ser que fantasiou o tempo todo, ou vem fantasiando. Mas se só se masturbou mesmo. Continua firme ai.

Foi uma longa história que me levou a recaída em PMO. Mas te digo que houve sim o uso de pornografia. Não foi porque eu quis consumir a pornografia, mas fui simplesmente coagido a consumir. Ocorreu que na semana passada meu primo passou um bom tempo em minha casa mostrando "pornografia", isto é, fotos de mulheres de biquíni, mulheres dançando, enfim, mulheres sendo sensuais. Pena que eu não podia fazer nada, visto que estava só eu e ele em casa e eu, infelizmente, não soube falar "cara, não quero ver essas porqueiras...". Nesse dia eu considero que não recaí, mas ativei muitos gatilhos que me levassem a ter uma vontade de fazer alguma relação sexual.


No outro dia, mesmo não tendo visto pornografia, sob um estado emocional que misturava ódio e tristeza, me masturbei. Considero, então, a minha recaída, pois, de alguma forma, creio eu, as "putarias" que o meu primo me mostrou e ficou falando aqui em casa influenciaram na minha masturbação. Eu fiquei com ódio e tristeza porque ele ficou falando das garotas que ele tinha ficado. Ele tem 19 anos. Daí, como eu tenho 20, fiquei com muita inveja e raiva. Tanta raiva que eu me masturbei sem pensar. Além de ficar falando, ainda mostrou as beldades que ele supostamente tinha namorado e as que tinha ficado.

Isso só foi uma parte da história. Não vou contar toda semana porque seria um relato depressivo. Esse fato que cometei no parágrafo anterior só foi um fator, um estopim que me fez recair. Foi muita coisa ruim que aconteceu comigo. Uma semana de pura energia negativa.

Depois da minha masturbação, quis me masturbar mais ainda. Para isso, recorri a fotos de pés femininos para me excitar... Tinha me masturbado só em um dia cinco vezes!

Ontem eu recaí novamente, pois me masturbei. Mas, beleza... Sei que dá para controlar o vício e tenho fé que consiga engatinhar rapidamente nesse novo reboot.
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 14/10/2017, 08:00
Ontem de noite um bar que fica praticamente em frente à minha casa estava fazendo muito barulho. Na verdade, me expressei errado. Não foi “ontem”. Foi hoje mesmo, visto que já eram 00:06.

Enfim, a minha mãe foi até lá e, como é muito nervosa e descontrolada, começou a gritar com todas as pessoas que estavam nesse bar. Daí eu fui até o bar para ver o que minha mãe iria fazer mais. Para quem já leu aqui, ela é muito estressada... Eu tive medo de elar fazer alguma besteira com essas pessoas, já que, quando ela está irritada, só pensa em agredir.

Cheguei lá e, atrás de mim, um senhor chamou-a de imbecil. Daí eu perguntei a ele quem é imbecil. Ele apontou para a minha mãe. Daí eu gritei que ela era a minha mãe e não tinha razão de ter chamado ela assim. Daí várias pessoas que estavam na festa tentaram me segurar pensando que eu ia bater no cara.

Não achava que eu ia ter esse comportamento mesmo tendo me masturbado anteontem. Eu sinceramente achava que eu estava novamente “dopado”, sem reação...

O bom de tudo isso foi que o som parou! Mas o ruim de tudo isso foi que a minha mãe não agiu diplomaticamente. O bar funciona quinta, sexta e sábado. Resultado é que hoje vai haver música (talvez barulhenta só para nos irritar) e, como a minha mãe é muito orgulhosa naquilo que faz, nunca chegará no bar para ter uma conversa com o dono do estabelecimento.

Eu confesso que tenho até medo do que ela, minha mãe, possa fazer agora. Ela disse que quer comprar uma arma de numeração raspada. Eu estou morrendo de medo do que possa fazer.

A minha mãe é toda orgulhosa e quer ter sempre razão em tudo. Ela detesta perder. Quando ela fica irritada, é capaz de ela sair morta para não perder em algo. Meu Deus! Não sei o que eu faço...

O que vocês me aconselham a fazer para resolver esse litígio? Não sei como vou dar conta disso. A minha mãe não me deixa nem negociar com os nossos vizinhos barulhentos... Ela me restringe em “fazer as pazes” pelo o que aconteceu hoje de madrugada... Nem posso contar com a ajuda do meu pai porque ele é um homem passivo.
avatar
Mensagens : 249
Data de inscrição : 15/08/2017
Idade : 23
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 14/10/2017, 08:21
É cara não sei muito o que fazer , tente antes do problema falar com o dono do bar a sós pode ser uma alternativa se ele quiser conversar .
Mas força aí e cuidado com as recaídas! Não se deixe levar

_______________________________________
Que a força esteja com vocês!
avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 21/10/2017, 16:22
Fala meu caro!
Lamento pela sua queda, mas vamos lá, não desanime.

Como anda a situação com sua mãe?

Abç !!

_______________________________________









http://www.comoparar.com/t5417-angustia-solidao-fobias-e-hocd-sem-internet
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 21/10/2017, 22:49
Tiago090 escreveu:Fala meu caro!
Lamento pela sua queda, mas vamos lá, não desanime.

Como anda a situação com sua mãe?

Abç !!

Logo depois do dia em que aconteceu a situação narrada, ela ficou mentalmente abalada pelo o que tinha acontecido. Mas esse abalo já passou.

Very Happy
avatar
Mensagens : 700
Data de inscrição : 27/08/2016
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 22/10/2017, 13:17
Agora é voltar aos trilhos...
Mensagens : 133
Data de inscrição : 04/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 24/10/2017, 12:51
Smile
avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 16/12/2017, 02:45
Como vão as coisas, guerreiro?

_______________________________________









http://www.comoparar.com/t5417-angustia-solidao-fobias-e-hocd-sem-internet
avatar
Mensagens : 226
Data de inscrição : 26/10/2017
Idade : 29
Localização : Minas Gerais
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 16/12/2017, 18:41
TristeDesesperado escreveu: Ontem de noite um bar que fica praticamente em frente à minha casa estava fazendo muito barulho. Na verdade, me expressei errado. Não foi “ontem”. Foi hoje mesmo, visto que já eram 00:06.

Enfim, a minha mãe foi até lá e, como é muito nervosa e descontrolada, começou a gritar com todas as pessoas que estavam nesse bar. Daí eu fui até o bar para ver o que minha mãe iria fazer mais. Para quem já leu aqui, ela é muito estressada... Eu tive medo de elar fazer alguma besteira com essas pessoas, já que, quando ela está irritada, só pensa em agredir.

Cheguei lá e, atrás de mim, um senhor chamou-a de imbecil. Daí eu perguntei a ele quem é imbecil. Ele apontou para a minha mãe. Daí eu gritei que ela era a minha mãe e não tinha razão de ter chamado ela assim.  Daí várias pessoas que estavam na festa tentaram me segurar pensando que eu ia bater no cara.

Não achava que eu ia ter esse comportamento mesmo tendo me masturbado anteontem. Eu sinceramente achava que eu estava novamente “dopado”, sem reação...

O bom de tudo isso foi que o som parou! Mas o ruim de tudo isso foi que a minha mãe não agiu diplomaticamente. O bar funciona quinta, sexta e sábado. Resultado é que hoje vai haver música (talvez barulhenta só para nos irritar) e, como a minha mãe é muito orgulhosa naquilo que faz, nunca chegará no bar para ter uma conversa com o dono do estabelecimento.

Eu confesso que tenho até medo do que ela, minha mãe, possa fazer agora. Ela disse que quer comprar uma arma de numeração raspada. Eu estou morrendo de medo do que possa fazer.

A minha mãe é toda orgulhosa e quer ter sempre razão em tudo. Ela detesta perder. Quando ela fica irritada, é capaz de ela sair morta para não perder em algo. Meu Deus! Não sei o que eu faço...

O que vocês me aconselham a fazer para resolver esse litígio? Não sei como vou dar conta disso. A minha mãe não me deixa nem negociar com os nossos vizinhos barulhentos... Ela me restringe em “fazer as pazes” pelo o que aconteceu hoje de madrugada... Nem posso contar com a ajuda do meu pai porque ele é um homem passivo.  

Olá amigo, triste ouvir seu relato, somente quem passo por isso pra saber o quanto poluição sonora é pertubadora, irei te auxiliar para dar um basta nisso ai, mas é preciso muita cautela.

Primeiramente e alguem ja deve ter informado a vocês procurarem o dono do bar, se este for apenas o arrendatário, procurar o dono do estabelecimento em si e informar o que se passa no estabelecimento de sua propriedade.

Se não tanto o dono do bar ou o dono do estabelecimento não agir para parar com o incomodo, você deve ligar para a policia no 190 e fazer um boletim de ocorrência informando tudo que se passa, acredite, fazer o que você e sua mãe fez é muito mais perigoso, NUNCA FAÇA ISSO, NÃO DISCUTA COM ALCOÓLATRA, essa pessoas so aprendem quando doem no bolso.

Após você ter feito o boletim de ocorrência vá até a policia civil de sua cidade e diz que quer fazer uma REPRESENTAÇÃO DE UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA, nisso o policial irá intimar tanto você quanto o pertubador para uma audiência no forum de sua cidade no qual poderá ser determinado que o autor pague meio salario minimo ou serviços sociais.

Se mesmo assim não adiantar e o barulho continuar, chame a policia novamente e vá fazendo representação que chegará no juiz e os responsáveis terão sérios problemas e principalmente grave tudo que ocorre, faça isso de forma discreta, grave videos e vá juntando tudo, pois você também poderá levar isso no ministério público e denunciar eles e onde será até mais rápido a ação

Você também tem a opção de procurar o setor de comercio ou meio ambiente na prefeitura de sua cidade e fazer uma denuncia

Nesse meio tempo tente dormir com protetores auriculares de espumas, são em média R$5,00 e ajuda muito a dormir e descansar

Moro em região central e sei bem o que você passa e aqui tomamos todas essas atitudes, proprietarios de estabelecimentos pensam 2x antes de abrir algo ou escutar som nas redondezas, pois sabem que os vizinhos vão tomar atitudes. Lhe dei diversos meios para acabar com o incomodo, mas para muitos destes você precisará de provas, tais como video ou boletim de ocorrencia em si, quando os responsaveis ver que está tendo problemas lhe garanto que o barulho irá cessar e novamente repito NUNCA VÁ NO LOCAL, somente compareça se a policia estiver com você.

Vi que você também recai após um tempo no reboot, amigo você foi pego pela causadora da PMO, e você precisa tomar mais cuidado com elas que com a PMO em si, pois tento estas sobre controle, dificilmente você terá um instinto de fuga ou caça, pelo o que você cita parece que foi uma frustação por algo e procurou um " relaxamento" no vicio e deixa eu lhe perguntar, ADIANTOU ALGUMA COISA?Escreve em algum lugar que você veja todo dia uma frase, um mantra para repetir para você " NÃO IMPORTA O QUE OCORRA A PMO SÓ IRÁ PIORAR A SITUAÇÃO"

Esse vicio é extremamente mal e nos ataca nos momentos de maior fraqueza e nesse momento é preciso manter a racionalidade já que força não teremos.

Te desejo sorte no reboot e para ter sossego em sua casa, irei lhe acompanhar na medida do possivel

Abraços

_______________________________________
CLICK AQUI PARA ACESSAR O MEU DIÁRIO



avatar
Mensagens : 165
Data de inscrição : 09/07/2017
Localização : SC
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 15/1/2018, 03:39
Não deixe seu diário morrer, amigo!

_______________________________________









http://www.comoparar.com/t5417-angustia-solidao-fobias-e-hocd-sem-internet
avatar
Mensagens : 330
Data de inscrição : 05/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 18/1/2018, 14:07
EAI TRISTE, CADÊ VC CARA? vejo que as vezes vc visita os diarios dos outros e deixa mensagens de motivação, mas agr quero saber, e vc? como está sendo seu reboot e sua vida no geral?
Mensagens : 5
Data de inscrição : 25/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 25/1/2018, 13:33
E aí Tiago e Heitor!

Eu meio que estou parando de usar o fórum. Não tem muito mais para explorar. Eu já aprendi muito aqui. Aprendi lições de vida. O reboot é mais ou menos uma analogia aos entraves das nossas vidas e suas possíveis superações.

O meu reboot anda bem. Eu não conto mais a quantidade de dias em abstenção. Não sei bem quantos dias eu estou sem PMO. Com certeza está com mais de 40 dias. É engraçado que eu não sinto tanta felicidade por atingir uma marca significativa de abstenção. Talvez isso esteja acontecendo porque eu esteja, de fato, no dia 0 de P. Explico.

Não sei se por causa da minha idade, não sei se porque eu não tive tanto contato social com as mulheres, percebo que a minha maneira de olhar para as mulheres é completamente errada. Tenho 20 anos, poxa! Nesse ano já completo 21 anos e ainda tenho essa maneira safada de olhar para as mulheres. Essa maneira de olhar com certeza está em mim desde a 8ª série, isto é, desde 2010, ano em que comecei a consumir uns 45 minutos de pornografia pela Internet. E percebo que essa maneira de olhar é O PROBLEMA. Noto que se abster de imagens pornográficas pela Internet não vai ser, por si só, o meu tratamento. Noto que essa maneira de olhar é o caminho para me odiar. Noto que tenho picos baixíssimos de autoestima quando eu fico olhando para as mulheres. Eu não entendo. No momento em que estou olhando a mulher, não tenho baixa autoestima. Porém, deixa só chegar o momento em que fico sozinho comigo mesmo... O meu cérebro está muito condicionado a sempre associar uma mulher com sexo. Do nada, surge pensamentos na minha cabeça que poderiam ser sintetizadas dessa maneira “Olha só! Que fracassado! 20 anos sem namorada! Olha aquelas meninas! Que gostosas! Olha aquele cara namorando! Que merda! Eu devo ser um verdadeiro merda para não conseguir nenhuma garota. Que pena que eu não você não vai conseguir fazer sexo nunca! Vai morrer virgem! Até mesmo o meu primo, de 20, já teve três namoradas e eu nenhuma? O Arthur, já no oitavo ano do ensino fundamental, já tinha como namorada a Tayla, linda mulher de corpo moreno e altamente atraente. Você é um fracasso em pessoa. E na faculdade? Tá perdendo seu tempo. Quantas amigas você já fez?”. Fico triste e desanimado e muito irritado por isso. Meus pais pensam que eu preciso de psiquiatra porque tem dias que eu chego da faculdade bastante irritado e falando de uma forma agressiva. Já tentei explicar que eu tinha pensamentos negativos no ônibus por conta de olhar para as mulheres que eu achava atraente e ficar se lembrando que eu não tenho nenhuma namorada para “namorar”, só que eles não entendem. "Namorar" porque quem está viciado em P não quer namorar, e, sim, transar!

No reboot que eu fiz lá para setembro do ano passado, fiz abstinência total de olhar para as mulheres. Parei mesmo. Só olhava para uma quando realmente eu tinha que conversar ou tinha que cruzar no caminho dela. Meu pai disse que eu estava diferente naquela época. E realmente, eu estava. Eu me soltei mais. A minha ansiedade tinha diminuído tanto que eu perguntava aos professores minha dúvida sem se preocupar com o que os outros iriam achar. Só que, infelizmente, comecei novamente a consumir a imagem derivada da contemplação da mulher. No início, eu achava estranho, pois mesmo olhando para uma garota altamente bela, não me importava muito. Eu via que aquela garota não era nada mais do que um ser humano. Não pensava sobre sexo, fiquei com uma saúde mental bem equilibrada. A minha grande irritação esse momento não era porque não tinha uma namorada ou não dava para fazer sexo, mas, sim, tão somente por causa das provas da faculdade. Porém, eu fiquei novamente a ficar olhando para várias mulheres. No final, não estava apenas vendo mais o rosto, mas sim o corpo. Fiquei cobiçando-as. Fiquei desejando de novo possuir uma namorada. Sai de um estado de solitude para um estado de desespero e solidão, onde, novamente, o foco da minha vida era namorar e ter uma linda mulher.

Acho que, sobre a minha pessoa, infelizmente, a PMO não só está no fato de fantasiar ou de acessar pornografia da Internet. O conceito de pornografia de estende ao fato de ficar contemplando imagens reais de várias mulheres. Hoje a gente vive em um mundo escancarado. As vestimentas das mulheres estão sendo desenvolvidas para sensualizar o homem. É só sair para a rua que, se eu não tiver cuidado, já me deparo com uma moça de rosto bonito e de corpo cheio (nem gordo nem magro, vulgo “gostosa”) usando uma vestimenta altamente sensual (que não cobre nem as coxas). Vai para a faculdade e você, se não tiver cuidado, se depara com mulheres extremamente bem cuidadas sentadas com mini shorts. Agora, imagine como um cérebro de viciado em imagens pornográficas fica afetado? É uma chuva de dopamina para mim, que é um viciado desde os 12 anos em pornografia, não tem muito contato com as pessoas porque passa quase o tempo todo em casa estudando para se tornar analista judiciário e que ainda não tem nenhuma namorada e nenhuma garota íntima por perto.

Perdoe pelo longo texto. Eu tinha que esclarecer. E também, acho que esse vai ser o meu último texto no fórum. Decidi a mim mesmo que iria parar, no ano de 2018, de  ficar lendo fóruns. Até isso me vicia, sabe? Eu gosto de ler e expressar também as minhas opiniões. Porém, ficar lendo e escrevendo na Internet equivale a condicionar o cérebro a ficar na zona de conforto, a receber dopamina sem fazer nada. Basta ler. Basta ler. Deus condicionou ao nosso cérebro receber prazer e interesse para o que novo. Até pouco tempo atrás, para obter novas informações, você tinha que conversar muito com as pessoas. Até mesmo para você ser um bom aluno no colégio ou na faculdade, você tinha que se entrosar bastante com as pessoas. Hoje em dia, facilmente a gente pode acessar o computador e ficar lendo infinitas informações. No final de tudo, você não precisa se sociabilizar e, consequentemente, você perde a habilidade da Conversação. E é isso que ocorreu em mim. Percebo que eu gosto de receber novidades e ficar lendo sobre a história das pessoas nos fóruns, mas não passa de mera ilusão. Não vou ganhar nada. Eu só estou me drogando com uma droga infinita No final, o essencial, que é a parte da socialização, não está sendo feita. Meu cérebro tá recebendo prazer por estar, nesse momento, escrevendo essa mensagem. Mas do que adianta se deliciar com esse grande texto se escrever se estou na Internet e em anonimato? Perdi uns 30 minutos escrevendo aqui. Poderia muito bem ter conversado com alguma pessoa desconhecida nesse período e, mesmo que sendo apenas uma conversa de 30 segundos, poderia mudar todo o meu dia. Enfim, eu estou me auto coagindo para que seja mais sociável. Estou evitando o máximo possível receber prazer a partir da virtualidade.

Não estou dizendo que o fórum não sirva para nada. Mas quando você já extrai a essência do que o fórum pode te proporcionar, ela se torna uma grande perda de tempo. Ninguém vai ler o mesmo livro se já souber de cor a essência daquele livro. Já estou há mais de 3 anos nesse fórum. Sou do tempo em que Toguro estava online no fórum. Acho que passava umas 2 horas aqui todos os dias só lendo e me deleitando com as histórias. Mas tudo não passa de dopamina recebida através da irrealidade.

Passem bem, colegas
Mensagens : 1
Data de inscrição : 16/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 16/3/2018, 11:21
Quais foram as diferenças que eu senti após ter concluído o Reboot

0) Maior Concentração nos meus afazeres

Só o fato de não ficar pensando o tempo todo em sexo e também nem ficar se sentido culpado por ter fracassado na missão de se abster da PMO me deixou menos distraídos. Lembro bem dos dias em que não conseguia nem ler, compreender e memorizar quatro páginas de um livro sem ter que assistir algo erótico para poder me masturbar.

E, como não poderia faltar, o desperdício de tempo já não é mais problema. Ora, todas as redes sociais e as redes de compartilhamento de vídeos e imagens estão bloqueados. Tenho tempo para estudar mais.

0) Autoestima

No período em que me masturbava, estava tão viciado que, bastava olhar para alguma mulher que me atraísse para pensar algo do tipo “Seu lixo! Olha aquela gostosa! Olha aquele corpão! Nunca vai poder transar com uma dessas em toda sua vida! ”. Esses pensamentos me deixavam bastante enfurecidos. Cheguei até cogitar suicídio por conta disso! O lugar que mais vinha à tona esses pensamentos era quando estava no ônibus. Bastava olhar para QUALQUER mulher bonita para começar a ter esses pensamentos negativos. Como o tempo da faculdade até onde eu moro demora uns 40 minutos, ficava completamente destruído psicologicamente. Atualmente não tenho mais esse problema. Esses pensamentos cessaram de vez. Acabaram totalmente. Olho para uma mulher bonita, aprecio sua beleza e não fico mais estressado.

Outro fato que me deixava muito triste e desesperado era de nunca ter tido namoradas e nem ao mesmo colegas. Por conta da minha timidez e da minha ansiedade social, nunca tive muitos amigos. Tenho 20 e nunca namorei ou fiz amizade (no sentido de ser amigo, e não meramente colega) de mulheres. Culpo uma boa parte dessa falta de interação social por conta dos vícios de jogos eletrônicos. Jogava TODOS OS DIAS mais de oito horas. Era só chegar da escola, dormia um pouco, estudava até o momento em que os meus pais saíam para trabalhar e jogava até quando meus pais retornassem. Atualmente isso não é problema. Eu não fico com peso na consciência pelo simples motivo de várias pessoas da minha idade estarem namorando. Como diz a passagem bíblica “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. Errei. Deveria ter usado meu tempo de outra forma. Mas não vamos remoer o passado. A cada dia que passa percebo que estou mais amadurecendo no quesito de sociabilidade.

0) Perversão Sexual

Inconscientemente, eu olhava as mulheres de forma safada. Olhava todo o corpo. Eu não ficava só olhando. Idolatrava/Contemplava! Me focava tanto nos dedos dos pés (podolatria), panturrilhas, glúteos e o rosto que o resultado era cobiça-las. Mesmo eu não querendo da maneira exposta, olhava. E não era só uma ou outra que fazia isso. QUALQUER mulher que me atraísse fazia toda essa inspeção. Atualmente, essa vontade de ficar contemplando as mulheres diminui muito. Não contemplo a beleza das mulheres. Deixa ver se eu consigo explicar. De certa maneira, eu aprecio a beleza, mas não traz tanta satisfação como antes. É como se apreciar a imagem de um belo corpo e rosto de qualquer menina que passa fosse ilógico. Não tem muito sentido de ficar querendo olhar para toda sua volta atrás de uma imagem para ficar apreciando. Em apertado síntese, é como se o fato de contemplar a imagem de uma mulher bonita não fosse um atributo necessário para as nossas vidas.

0) Fantasias, Sono e Atividades Físicas

As fantasias diminuíram bastante.  Acabo alguma vezes me pegando na imaginação de criar um conto, uma história amorosa entre eu e uma garota que estou afim.

Atualmente, está sendo mais fácil chegar na hipertrofia muscular. Contudo, com todo respeito, devo dizer que, quanto a exercícios anaeróbicos, a abstenção da PMO, por si só, não melhora nada o seu desempenho muscular. Na verdade, para você chegar na hipertrofia durante a realização desses exercícios, basta não estar desanimado ou preocupado. A abstenção da PMO te proporciona, durante as primeiras quatro semanas, muito ânimo para fazer atividades musculares. Só que essa felicidade vai aos poucos cessadas. Diante disso, não posso considerar que a PMO é fator predominante para se chegar na hipertrofia muscular por meio de exercícios anaeróbicos. Contudo, quanto as atividades aeróbicas, percebo sim que ela é fator predominante. Não sei se vocês notaram, mas depois de uma sessão de masturbação, temos dificuldade na respiração, nosso coração trabalha muito. A oxigenação fica muito ruim. Não tenho critérios científicos, mas percebo isso em mim.

A prática da PMO constante deixa teu corpo muito cansado. Lembro dos dias em que precisei dormir SETE HORAS, OITOS HORAS OU NOVE HORAS (WTF!) após ter me masturbado e visto pornografia umas cinco ou seis vezes  Atualmente, preciso dormir 4h 45min ao dia sem ficar com sono.

0) Fetiches e Ansiedade

Os fetiches diminuíram muito. Não fico mais excitado ao olhar os pés de ou também ao olhar uma barriga um pouco gorda de mulheres.

Sou ainda nervoso. Mas estou percebendo que estou mais relaxado com o tempo. Antigamente eu tinha um baque no meu coração ao iniciar a conversa. Hoje em dia eu tenho isso, mas não dá forma como antes. Talvez seja uma ansiedade natural que todo mundo tem ao começar algo novo. O meu único problema é que falo ainda muito rápido. Chegar nas pessoas eu consigo chegar. Mas, na hora de conversar, sou muito apressado e, consequentemente, não levo a transmitir uma imagem “agradável” para várias pessoas. A minha voz já é grossa (dizem que tenho voz de locutor) e falando muito rápido, talvez as pessoas acham que estou sendo muito grosso.

0) Agradecimentos

Agradeço a todos que se interagiram comigo. Todos foram importantes para o meu desenvolvimento pessoal. Tudo que vocês escreveram eu lia e refletia. Vocês são uma ótima comunidade! Obrigado!

Devo agradecer primordialmente ao Projeto, por ter desenvolvido a plataforma, e ao Blpr. O Blpr sempre me ajudou. Eu tinha uma outra conta na seção Adolescentes que já foi deletada. Ele era um dos poucos que lia e escrevia para mim. Ele sempre foi elucidativo.

0) Quem acredita, sempre alcança!

Passei desde dezembro de 2015 lutando. Só agora consegui passar da tal marca simbólica! Persisti e deu certo! Mas a luta não para por aqui. Acho que até quando eu morrer, eu vou utilizar bloqueadores no meu PC.

O mais interessante é que essa marca foi alcançada bem no período em que eu não entrei muito nesse site. É como o Broda fala. Se a gente não utilizar muito o site, a gente esquece que está lutando contra o vício da PMO e parece que dá mais facilidade para cumprir o reboot.









Bom! É isso! Me perdoem por ter criado essa conta. Eu tive que escrever esse texto para demonstrar os benefícios proporcionados pela abstenção da PMO. Eu pensava que não iria mais voltar ao fórum. Mas os benefícios foram notórios. Tive de escrever!


Boa sorte, pessoal!
avatar
Mensagens : 46
Data de inscrição : 10/11/2015
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 15/4/2018, 16:52
TristeDesesperado, como vão as coisas?

Me identifiquei com partes do seu relato, como por exemplo jogar muito. O período em que eu joguei muito foi relativamente curto, mas existiu, e eu sinto MUITO o que ele me causou relativo à perda de habilidades sociais. Chegou um momento nos meus 18-19 anos que eu pensei "puts, eu to começando do zero algo que eu já deveria estar bem evoluído" (socialização).

O bom é que a gente acordou pra vida e descobriu, percebeu esse mal, não é? E ainda dá pra reverter tranquilamente.
Fiquei muito feliz por perceber que você conseguiu concluir o reboot e nos trouxe um feedback das suas experiências e melhoras.

Sobre a socialização.. tem conseguido socializar? Por experiência própria, eu me expus muito a socialização quando fui estudar em uma cidade nova e vi que melhorei muito, mas hoje perdi a prática e preciso voltar urgentemente. Existe um ditado que diz "não é o que você fala, mas como você fala" e isso é a mais pura verdade... Você pode falar o que quiser, do assunto mais idiota que quiser.. se falar do jeito certo a conversa vai fluir.. o jeito certo, pelo que percebi, é ESTAR TRANQUILO E CONFIANTE.. e isso é prática.

Vamos a luta!

PS. Gostei de ver que você citou Eclesiastes. Eu não sou religioso mas tenho como manual da vida essa parte da bíblia.

_______________________________________
MEU DIÁRIO
http://www.comoparar.com/t1855-cce-19-anos

avatar
Mensagens : 330
Data de inscrição : 05/01/2017
Ver perfil do usuário

Re: Se abstenha de atos reiterados que proporcionem pensamentos negativos.

em 27/4/2018, 14:24
Eai triste parabéns por ter completado 90 dias sem PMO e sinto muito feliz pelo relato de superação realmente super poderes não existe, porém dps que vc larga a PMO vc fica livre pra ter uma vida normal e plena fora do fundo do poço. Mas aparece ai cara faz mais de 1 mês, diz pra gente ai como ta a sua vida.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum