Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 10
Data de inscrição : 09/05/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Internet"

em 12/5/2018, 19:35
Amigo, a disfunção erétil vai passar. Ja passei por isso devido ao vício. A gente sente uma insegurança o tempo todo por sentir que não é mais "tão homem".
Ficar ansioso por causa disso só piora a situação.
Mas o lance é relaxar e não perder a oportunidade de tentar ter relação, e de preferência com uma pessoa com quem vc possa se abrir, o que quase sempre não acontece.
Tive um fase muito passivo por não ter segurança em conversar com passivos com intuito de sexo, por medo de falhar. Se eu percebia que o cara era passivo terminava logo o papo ou dava uma desculpa pra sumir. Até tomei tadalafila pra ver se dava certo, sendo que falhei certas vezes mesmo sob efeito do remédio.
Mas o que me ajudou a melhorar foi quando me abria pra certos parceiros sexuais, que me entendiam e me deixavan relaxado. Nessas vezes funcionou!
Eventualmente, como agora, ficava inseguro de novo, por causa da P. Mas neste momento estou no meu 5º dia, do meu primeiro reboot sério. E minha meta é poder ter ereção com as preliminares, sem precisar ficar o tempo todo M durante a pegacao.
O que quero dizer é que vc não deve se apavorar, se puder conte com a compreensão da outra pessoa, mas não deixe de querer ser ativo ou querer transar normalmente por conta da DE. E aceite um tempo sem sexo, caso seja conveniente.
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 13/5/2018, 00:36
Ewvs escreveu:Amigo, a disfunção erétil vai passar. Ja passei por isso devido ao vício. A gente sente uma insegurança o tempo todo por sentir que não é mais "tão homem".
Ficar ansioso por causa disso só piora a situação.
Mas o lance é relaxar e não perder a oportunidade de tentar ter relação, e de preferência com uma pessoa com quem vc possa se abrir, o que quase sempre não acontece.
Tive um fase muito passivo por não ter segurança em conversar com passivos com intuito de sexo, por medo de falhar. Se eu percebia que o cara era passivo terminava logo o papo ou dava uma desculpa pra sumir. Até tomei tadalafila pra ver se dava certo, sendo que falhei certas vezes mesmo sob efeito do remédio.
Mas o que me ajudou a melhorar foi quando me abria pra certos parceiros sexuais, que me entendiam e me deixavan relaxado. Nessas vezes funcionou!
Eventualmente, como agora, ficava inseguro de novo, por causa da P. Mas neste momento estou no meu 5º dia, do meu primeiro reboot sério. E minha meta é poder ter ereção com as preliminares, sem precisar ficar o tempo todo M durante a pegacao.
O que quero dizer é que vc não deve se apavorar, se puder conte com a compreensão da outra pessoa, mas não deixe de querer ser ativo ou querer transar normalmente por conta da DE. E aceite um tempo sem sexo, caso seja conveniente.

Na verdade, não estou exatamente ansioso em fazer também o papel de ativo (nem sei se vou curtir). Só queria manter uma ereção digna durante toda a relação.

Atualmente não tenho nenhum contatinho versátil e disponível que me desperte a vontade de ser ativo. O ideal, como você mesmo comentou, seria tentar isso com alguém que eu tivesse mais intimidade e já tivesse saído outras vezes, pois eu ficaria obviamente mais à vontade. Com um desconhecido é mais complicado. O nervosismo é fatal pra mim. Perco a ereção instantaneamente.

Enfim, essa possibilidade de tentar fazer ativo ainda me parece muito distante. Eu teria que estar extremamente confiante e seguro de que não ia ter DE. Por isso me mantenho focado em continuar sendo passivo, porém quero ser passivo com vontade, com libido de verdade e mantendo uma ereção digna.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 14/5/2018, 08:50
Passando pra te desejar muita força!

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 14/5/2018, 10:52
santo escreveu:Passando pra te desejar muita força!

Obrigado por acompanhar, Santo!

------------------------------------------------------------------------------

Ontem passei por uma situação familiar estressante. Não foi nada de grave, mas me desestabilizou. A vontade de cair na P pra esquecer todos os problemas foi grande.

A ausência da dopamina da P te deixa não só mais sensível aos estímulos prazerosos sutis, mas também aos problemas da vida. Estou me preocupando bem mais com problemas que até uns meses atrás não incomodavam tanto.

Esses últimos dias têm sido muito sem graça. Sinto vontade de fazer nada. Ânimo zero.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 14/5/2018, 13:52
Sei como você se sente meu querido. Nesse meu recomeço tenho seguido estritamente os conselhos sobre procurar outras atividades que produzam dopamina em substituição ao consumo de pornografia. Outra coisa que percebi foi a importância de não praticar M antes dos 90 dias já que isso é um chamariz para a P quando você não tem segurança a esse respeito.

Novamente te desejo força!

Fraterno abraço
Internet escreveu:
santo escreveu:Passando pra te desejar muita força!

Obrigado por acompanhar, Santo!

------------------------------------------------------------------------------

Ontem passei por uma situação familiar estressante. Não foi nada de grave, mas me desestabilizou. A vontade de cair na P pra esquecer todos os problemas foi grande.

A ausência da dopamina da P te deixa não só mais sensível aos estímulos prazerosos sutis, mas também aos problemas da vida. Estou me preocupando bem mais com problemas que até uns meses atrás não incomodavam tanto.

Esses últimos dias têm sido muito sem graça. Sinto vontade de fazer nada. Ânimo zero.

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 14/5/2018, 15:02
Eu percebi que a DE é o que anda te deixando mais inseguro.
Bom vamos com calma e entender alguns mecanismos que o vício usa para te deixar assim.

A sua DE não é física e sim psicológica, ao contrário do que muitos viciados em P acham a pornografia não deixa alguém viciado em sexo e sim em fantasia e imagem.
Então vamos entender basicamente o que acontece no sexo:
A fase preliminar é a fase mais fantasiosa do sexo, é nela que se criam as expectativas e fantasias sobre o sexo em sí, é a fase de subir a libido e não satisfazer a mesma não é? Então a sua cabeça que ainda está dependente olha para o corpo da outra pessoa como se fosse uma imagem, você ainda está na fase de expectador.
No entanto, quando ocorre a penetração seu corpo e sua cabeça se comportam de modo psicológico e hormonal diferente de quando está apenas vendo imagens e fantasiando com aquilo. E por isso há um estranhamento, alguns perdem a ereção e outros simplesmente não sentem nada na hora do sexo, nada mesmo, como era o caso do meu marido.
Agora,some tudo isso a pressão e estresse que o medo de ter DE já exerce sobre você. Perder a ereção é coisa fácil.

Você tem que se perdoar, vai ser constrangedor, porém uma hora vai passar.

Não lembro se você está praticando MO, mas se estiver não use de fantasias da sua cabeça na hora, pois isso só reforça o estímulo que a P exerce na sua cabeça, apenas use M sentindo o prazer do seu corpo e não sua mente, verá que é bem satisfatório e não da aquela BAD pós O.

Deixo bem claro você precisa se condicionar a não criar fantasias e sentir prazer pelo prazer e não pela ideia dela.
Isso vale para todos, quando forem fazer sexo aproveitem aquele momento e só ele, nada de ficar pensando em qualquer coisa no meio do caminho, seja no sexo futuro, em um pornô, ou em contas a serem pagas. Sinta a pessoa que está com você.
Mas até seu corpo e sua cabeça não estarem desintoxicados de PMO será mais trabalhoso.
Continuaremos tentando neh?

Boa sorte

avatar
Mensagens : 10
Data de inscrição : 09/05/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 14/5/2018, 20:18
Domi1 escreveu:Eu percebi que a DE é o que anda te deixando mais inseguro.
Bom vamos com calma e entender alguns mecanismos que o vício usa para te deixar assim.

A sua DE não é física e sim psicológica, ao contrário do que muitos viciados em P acham a pornografia não deixa alguém viciado em sexo e sim em fantasia e imagem.
Então vamos entender basicamente o que acontece no sexo:
A fase preliminar é a fase mais fantasiosa do sexo, é nela que se criam as expectativas e fantasias sobre o sexo em sí, é a fase de subir a libido e não satisfazer a mesma não é? Então a sua cabeça que ainda está dependente olha para o corpo da outra pessoa como se fosse uma imagem, você ainda está na fase de expectador.
No entanto, quando ocorre a penetração seu corpo e sua cabeça se comportam de modo psicológico e hormonal diferente de quando está apenas vendo imagens e fantasiando com aquilo. E por isso há um estranhamento, alguns perdem a ereção e outros simplesmente não sentem nada na hora do sexo, nada mesmo, como era o caso do meu marido.
Agora,some tudo isso a pressão e estresse que o medo de ter DE já exerce sobre você. Perder a ereção é coisa fácil.

Você tem que se perdoar, vai ser constrangedor, porém uma hora vai passar.

Não lembro se você está praticando MO, mas se estiver não use de fantasias da sua cabeça na hora, pois isso só reforça o estímulo que a P exerce na sua cabeça, apenas use M sentindo o prazer do seu corpo e não sua mente, verá que é bem satisfatório e não da aquela BAD pós O.

Deixo bem claro você precisa se condicionar a não criar fantasias e sentir prazer pelo prazer e não pela ideia dela.
Isso vale para todos, quando forem fazer sexo aproveitem aquele momento e só ele, nada de ficar pensando em qualquer coisa no meio do caminho, seja no sexo futuro, em um pornô, ou em contas a serem pagas. Sinta a pessoa que está com você.
Mas até seu corpo e sua cabeça não estarem desintoxicados de PMO será mais trabalhoso.
Continuaremos tentando neh?

Boa sorte

Interessante sua análise, amigo. Me vejo nessa sua descrição. E ainda acrescento que as preliminares é um dos momentos mais aterrorizantes, acredito que para a maioria dos viciados em PMO em recuperação, como eu. As preliminares chegam a ser entediantes para quem já estava acostumado a acelerar as cenas para a parte mais interessante, além passar o vídeo todo estimulando o penis.
É um processo de resignificação demorado e que exige paciência.

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 15/5/2018, 00:06
Domi1 escreveu:Eu percebi que a DE é o que anda te deixando mais inseguro.
Bom vamos com calma e entender alguns mecanismos que o vício usa para te deixar assim.

A sua DE não é física e sim psicológica, ao contrário do que muitos viciados em P acham a pornografia não deixa alguém viciado em sexo e sim em fantasia e imagem.
Então vamos entender basicamente o que acontece no sexo:
A fase preliminar é a fase mais fantasiosa do sexo, é nela que se criam as expectativas e fantasias sobre o sexo em sí, é a fase de subir a libido e não satisfazer a mesma não é? Então a sua cabeça que ainda está dependente olha para o corpo da outra pessoa como se fosse uma imagem, você ainda está na fase de expectador.
No entanto, quando ocorre a penetração seu corpo e sua cabeça se comportam de modo psicológico e  hormonal diferente de quando está apenas vendo imagens e fantasiando com aquilo. E por isso há um estranhamento, alguns perdem a ereção e outros simplesmente não sentem nada na hora do sexo, nada mesmo, como era o caso do meu marido.
Agora,some tudo isso a pressão e estresse que o medo de ter DE já exerce sobre você. Perder a ereção é coisa fácil.

Você tem que se perdoar, vai ser constrangedor, porém uma hora vai passar.

Não lembro se você está praticando MO, mas se estiver não use de fantasias da sua cabeça na hora, pois isso só reforça o estímulo que a P exerce na sua cabeça, apenas use M sentindo o prazer do seu corpo e não sua mente, verá que é bem satisfatório e não da aquela BAD pós O.

Deixo bem claro você precisa se condicionar a não criar fantasias e sentir prazer pelo prazer e não pela ideia dela.
Isso vale para todos, quando forem fazer sexo aproveitem aquele momento e só ele, nada de ficar pensando em qualquer coisa no meio do caminho, seja no sexo futuro, em um pornô, ou em contas a serem pagas. Sinta a pessoa que está com você.
Mas até seu corpo e sua cabeça não estarem desintoxicados de PMO será mais trabalhoso.
Continuaremos tentando neh?

Boa sorte


Em quase três meses, pratiquei M de forma rápida e sem fantasias apenas 4 vezes, uma mudança extremamente radical para quem estava acostumado a se M várias vezes ao dia sem ejacular, o tal do edging. Agora até me acostumei a ver meu p*nis forever mole.

Me identifiquei totalmente com a sua explicação sobre as preliminares. O sexo pra mim sempre foi algo extremamente fantasioso. Eram raras as vezes em que uma transa real me satisfazia por completo. A DE vem com tudo só de ameaçar na penetração, que é o momento que a realidade, como vc bem disse, vem à tona. Além disso, eu sempre esperava um sexo olímpico e violento como nos filmes, sem dor alguma, cenário perfeito, tudo maravilhoso. Se não fosse desse jeito, então eu me frustrava.

Eu vou ter que reaprender a fazer sexo. Estava tudo errado. Fico até me perguntando se sou full passivo mesmo ou se foi o vício que me fez acreditar nisso com tanta convicção durante todos esses anos.

Sua palavras estão sendo muito importantes pra mim, Domi. Obrigado!

Abs!

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 15/5/2018, 12:33
O sexo da pornografia foi feito para mostrar e/ou chocar, ele está longe de ser um sexo real e gostoso de fato.
É um raciocínio rápido, sexo precisa de concentração, como ele seria mais gostoso se você está se esforçando para se manter em uma determinada posição.
Tudo bem mudar as vezes, porém o sexo não precisa ser um evento sempre, ele as vezes só precisa ser confortável.

Aos poucos você vai começar a se perceber melhor e ver o que funciona ou não contigo, é uma auto descoberta o que é agradável se pensar assim. Pense em você como uma folha em branco agora, procure primeiro o que te da prazer fora do sexo, como conversar com alguém, comer fora, falar de alguns assuntos e ai vai refinando sua paquera, até chegar em um sexo sem pressão.

Não se preocupe com desempenho e sim com sentir de verdade que no final de tudo você será sexualmente muito bem resolvido e saberá não só sentir prazer como dar prazer para qualquer pessoa.

beijo
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 19/5/2018, 16:24
Domi1 escreveu:O sexo da pornografia foi feito para mostrar e/ou chocar, ele está longe de ser um sexo real e gostoso de fato.
É um raciocínio rápido, sexo precisa de concentração, como ele seria mais gostoso se você está se esforçando para se manter em uma determinada posição.
Tudo bem mudar as vezes, porém o sexo não precisa ser um evento sempre, ele as vezes só precisa ser confortável.

Aos poucos você vai começar a se perceber melhor e ver o que funciona ou não contigo, é uma auto descoberta o que é agradável se pensar assim. Pense em você como uma folha em branco agora, procure primeiro o que te da prazer fora do sexo, como conversar com alguém, comer fora, falar de alguns assuntos e ai vai refinando sua paquera, até chegar em um sexo sem pressão.

Não se preocupe com desempenho e sim com sentir de verdade que no final de tudo você será sexualmente muito bem resolvido e saberá não só sentir prazer como dar prazer para qualquer pessoa.

beijo

Minha sexualidade precisa ser reescrita.

Umas das coisas que fiz por causa do vício em P foi experimentar relações dominador x submisso. Nunca sequer gostei de filmes dessa modalidade, mas as fantasias me faziam acreditar que seria extremamente prazeroso. Na imaginação, o papel de submisso era maravilhoso pra mim, tudo obviamente era feito com foco no meu prazer. Quando chegava no momento do encontro real, era péssimo, sem graça, não sentia nada! Eu não gosto de ser submisso.

Quanto ao reboot, estou completando duas semanas. Tenho tido fortes ereções matinais, mas estou em flatline. Sinto vontade nenhuma de caçar e nem de trocar ideia com contatinhos pelo whats. A libido está adormecida.

Bjs!

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 468
Data de inscrição : 08/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 19/5/2018, 21:15
Oi, Internet! Faço minhas as palavras da Domi. Procure seus gostos de maneira descompromissada que isso vai se refletir inclusive no sexo. Vc vai conseguir ver se/o que curte e as coisas tendem a melhorar.

Em relação à essa fetichização do sexo, isso vai sumir com o tempo, conforme vc avançar com o reboot. Evite ter fantasias e, se tiver, tome uns banhos frios pra passar.

Abraços!

_______________________________________



''All good things to those who wait'' (Mother Gothel, Enrolados)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 21/5/2018, 15:23
Aproveite esse momento para não focar somente no sexo, se torne virgem das coisas, procure o prazer nas coisas simples, como apenas sentir o vento no rosto. Parece um clichê, mas com o nosso dia-a-dia tão corrido esquecemos de aproveitar o banal.

Todo o viciado em fantasia perde o prazer do banal, do comum, e acaba querendo ser protagonista de uma vida que nunca é a sua. Recomece se conectando com a sua vida, com você mesmo e sentir o prazer de uma briza, de um céu estrelado ou de um chá quentinho é começar e sentir prazer em estar vivo.

Quando se reconectar com todos os seus sentidos o sexo será melhor também.
avatar
Mensagens : 10
Data de inscrição : 09/05/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Internet"

em 21/5/2018, 15:39
Domi1 escreveu:Aproveite esse momento para não focar somente no sexo, se torne virgem das coisas, procure o prazer nas coisas simples, como apenas sentir o vento no rosto. Parece um clichê, mas com o nosso dia-a-dia tão corrido esquecemos de aproveitar o banal.

Todo o viciado em fantasia perde o prazer do banal, do comum, e acaba querendo ser protagonista de uma vida que nunca é a sua. Recomece se conectando com a sua vida, com você mesmo e sentir o prazer de uma briza, de um céu estrelado ou de um chá quentinho é começar e sentir prazer em estar vivo.

Quando se reconectar com todos os seus sentidos o sexo será melhor também.

Caramba, que profundo isso! Passo por isso, de ser um viciado que tentava (tento?) ser protagonista de uma história idealizada, uma história de luxúria, diga-se.
To procrastinando escrever um diário, mas percebo que sem essa conexão, sem essa âncora, não estou conseguindo me manter longe do vício.
Peço até desculpas, por falar do meu problema no diário do amigo "Internet", mas as palavras e conselhos, dados aos usuários têm me dado um choque de realidade.
Agradeço a vc Domi1, e a todos que dedicam seu tempo e experiência em nos ajudar!


Última edição por Ewvs em 21/5/2018, 15:43, editado 1 vez(es)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 21/5/2018, 15:42
Os diários são importantes por muitos motivos.
Primeiro porque ajuda você a outras pessoas sobre dúvidas, porém o mais importante é que escrevendo conseguimos por de forma clara nossas idéias e sentimentos, é como um marco material do início contra o vício.

Te aconselho fazer um, será ótimo para você, e para todos aqui. Você se sentirá menos escondido o que te fará se aceitar melhor.
Espero que tenha te ajudado de alguma forma.

beijinhos
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 21/5/2018, 17:08
Domi1 escreveu:Aproveite esse momento para não focar somente no sexo, se torne virgem das coisas, procure o prazer nas coisas simples, como apenas sentir o vento no rosto. Parece um clichê, mas com o nosso dia-a-dia tão corrido esquecemos de aproveitar o banal.

Todo o viciado em fantasia perde o prazer do banal, do  comum, e acaba querendo ser protagonista de uma vida que nunca é a sua. Recomece se conectando com a sua vida, com você mesmo e sentir o prazer de uma briza, de um céu estrelado ou de um chá quentinho é começar e sentir prazer em estar vivo.

Quando se reconectar com todos os seus sentidos o sexo será melhor também.

Sim, estou entrando numa etapa em que coisas triviais voltaram a se tornar prazerosas. Sinto menos apego também.

Ontem um contatinho me mandou msg no Whats. É um carinha que curte exatamente aquela situação de submissão que eu citei anteriormente. O cara é fisicamente muito atraente, então a msg serviu como gatilho para disparar algumas fantasias na minha cabeça. Tive que respirar fundo e desviar o foco. Procurei racionalizar. Nunca saí com ele, mas sei que esse tipo de encontro não é prazeroso pra mim. Sexo tem que ser prazeroso para ambos, e não 90% de prazer pra um e 10% para o outro. Nem respondi o cara até agora.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 22/5/2018, 12:39
Acho que no momento o melhor é buscar por sexo com fantasias.
Força ai com a tentação do contatinho, sei que não é fácil resistir, mas se ele te serve como gatilho é melhor não investir.

Beijos
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 00:06
18 dias completados.

É muito boa essa sensação de ter menos apego a coisas que não são realmente importantes, de dar menos valor para questões estéticas e outras futilidades.

Me sinto mais realista, mais pé no chão.

Tenho tido a impressão de que meu p*nis está maior. Pelo menos flácido parece maior (pois ereto só vou poder observar  quanto tiver um encontro).

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Mensagens : 123
Data de inscrição : 18/10/2017
Idade : 31
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 08:06
Que belezura Internet!!!! Parabéns e siga em frente!!!

_______________________________________
MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t6035-santo-reboot

avatar
Mensagens : 1436
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 08:52
Internet escreveu:18 dias completados.

É muito boa essa sensação de ter menos apego a coisas que não são realmente importantes, de dar menos valor para questões estéticas e outras futilidades.

Me sinto mais realista, mais pé no chão.

Tenho tido a impressão de que meu p*nis está maior. Pelo menos flácido parece maior (pois ereto só vou poder observar  quanto tiver um encontro).

Estamos na mesma marca. Também estou há 18 dias. Que bom que estamos conseguindo.
Força, foco e fé
Parabéns
Abraços.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho

avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 13:36
Muitos homens sentem o pênis maior mesmo .

Eu acho que acima de tudo ´pelo fato de você estar vendo seu órgão pela primeira vez sem compará-lo diretamente com um ator pornô. Deixou de acabar de ver um homem com um membro nada normal, extremamente avantajado, para se ver.
Isso é antes de tudo ter mais carinho consigo mesmo. Ser mais realista e justo com o seu corpo.

Feliz com o seu pregresso.

Força
avatar
Mensagens : 1436
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 32
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 14:25
Domi1 escreveu:Muitos homens sentem o pênis maior mesmo .

Eu acho que acima de tudo ´pelo fato de você estar vendo seu órgão pela primeira vez sem compará-lo diretamente com um ator pornô. Deixou de acabar de ver um homem com um membro nada normal, extremamente avantajado, para se ver.
Isso é antes de tudo ter mais carinho consigo mesmo. Ser mais realista e justo com o seu corpo.

Feliz com o seu pregresso.

Força

Gostei muito legal. Também tenho essa sensação. E o carinho por mim mesmo aumenta a cada dia.
Beijos

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho

avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 24/5/2018, 17:02
Domi1 escreveu:Muitos homens sentem o pênis maior mesmo .

Eu acho que acima de tudo ´pelo fato de você estar vendo seu órgão pela primeira vez sem compará-lo diretamente com um ator pornô. Deixou de acabar de ver um homem com um membro nada normal, extremamente avantajado, para se ver.
Isso é antes de tudo ter mais carinho consigo mesmo. Ser mais realista e justo com o seu corpo.

Feliz com o seu pregresso.

Força

De fato a minha referência de normalidade eram aqueles membros gigantescos dos atores. Eu gostava mais de assistir filmes héteros justamente porque os membros eram maiores e os caras eram mais violentos do que os atores gays.

Eu olhava para o meu p*nis e pensava: "como vou ser ativo com essa miséria no meio das pernas? Não tem como! Nasci pra ser passivo".

O vício constrói uma imagem extremamente distorcida sobre o "ideal" de tamanho do membro e estética do corpo/rosto.

Enfim, além dessa visão mais realista que estou tendo agora, noto que meu p*nis não fica tão murcho como acontecia no período de pleno vício. Acredito que ereto fique a mesma coisa, mas no estado flácido não fica tão murcho, tão miúdo. Isso já melhora a autoestima.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 25/5/2018, 11:09
Flatline brabíssima.

O chato dessa fase é que não dá muita vontade de fazer algo que saia da rotina.

Flatline vai além da questão sexual. Quando a libido fica muito baixa, não se sente vontade de sair pra algum lugar diferente, de comprar alguma coisa nova. Nada.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 611
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 25/5/2018, 12:38
Mas nesse momento é que você se prepara para quando surgir o ânimo novamente.
Aproveite para cuidar do seu corpo, da sua pele, da sua alimentação, por em dia a arrumação da casa, se desfazer de coisas velhas.
Esse período é ótimo para você cuidar de você mesmo por simplesmente se cuidar e não para agradar alguém.

Assim que você começar a cuidar de sí próprio sem uma razão externa se sentirá mais seguro na hora da paquera.

beijinhos
avatar
Mensagens : 286
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Diário do "Eros"

em 28/5/2018, 23:24
23º dia!

Muitos flashes de encontros sexuais passados.

Minha libido parece um vulcão adormecido que dá sinais de que vai despertar.

Meu nível de consciência segue aumentando. Me sinto bastante lúcido e pragmático.

Minha pele do rosto, que sempre jorrou óleo, tem ficado mais seca, mais limpa. Tô impressionado, pois já fiz dois ciclos de Roacutan, mas mesmo assim não tinha resolvido 100%.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum