Compartilhe
Ir em baixo
Esperançosa
Mensagens : 5
Data de inscrição : 21/09/2017

Recaídas

em 28/9/2017, 09:21
Precisava muito conversar com mais alguém que está passando por isso assim como eu.

Esse vício está levando meu casamento pro fundo do poço.

No fim de semana conversei muito sério com meu marido, que disse que iria procurar ajuda.

Essa semana ele ficou MEGA diferente, super atencioso, amoroso, um fofo. A psicóloga que conversei disse que isso aconteceria quando ele
não visse P
Quando foi ontem fui dormir um pouco antes dele, que ficou no banheiro com o celular.
Hoje pela manhã ele acordou sendo "o mesmo de sempre"

Tenho quase certeza q ele passou a noite vendo P pela mudança de atitude dele pela manhã.

Por favor me ajudeeeeeeeem!!!!!!

Mais alguém já observou seus maridos ou namorados assim????????????

Amigos homens vocês percebem essa mudança de comportamento com vcs tbm?????

avatar
EspíritoAzul
Mensagens : 29
Data de inscrição : 31/05/2017

Re: Recaídas

em 29/9/2017, 08:30
Esperançosa escreveu:Precisava muito conversar com mais alguém que está passando por isso assim como eu.

Esse vício está levando meu casamento pro fundo do poço.

No fim de semana conversei muito sério com meu marido, que disse que iria procurar ajuda.

Essa semana ele ficou MEGA diferente, super atencioso, amoroso, um fofo. A psicóloga que conversei disse que isso aconteceria quando ele
não visse P
Quando foi ontem fui dormir um pouco antes dele, que ficou no banheiro com o celular.
Hoje pela manhã ele acordou sendo "o mesmo de sempre"

Tenho quase certeza q ele passou a noite vendo P pela mudança de atitude dele pela manhã.

Por favor me ajudeeeeeeeem!!!!!!

Mais alguém já observou seus maridos ou namorados assim????????????

Amigos homens vocês percebem essa mudança de comportamento com vcs tbm?????


Olá esperançosa,

Realmente quando paramos de acessar ou fazer o uso de P. deixamos de ser anestesiados pelo vício que nos rouba o afeto e visão. Não dá para saber se ele recaiu ontem, pois a variação de humor de um viciado e constante. Um dia super bem e outro na lama. O ideia é utilizar bloqueadores no celular dele para que ele comece a passar o máximo de tempo possível longe de P.
Desta maneira ele criará força para evitar as P. inevitáveis(Ex: uma grupo de wpp mandou e ele estará mais forte para escolher abrir ou não)

Ele já leu o ebook?
Faz uso de bloqueadores?
tem consciência que existe um vício em P. ?

Bons fluidos para o seu casamento

_______________________________________





Total de dias em recaída em 2017: 16
avatar
TGuerreiro
Moderador
Moderador
Mensagens : 1295
Data de inscrição : 31/07/2016

Re: Recaídas

em 29/9/2017, 10:18
A pornografia nos transforma em zumbis, ficamos indiferentes não só com as mulheres, mas com tudo a nossa volta, tudo perde a graça, consequência da baixa de dopamina causada pelo excesso de estímulo.
Não se atormente e jamais pense que o problema está em você, a única forma dessa situação mudar é o seu companheiro tomar consciência do problema dele e começar a lutar contra isso.

_______________________________________
avatar
Elizabeth de Cássia
Mensagens : 76
Data de inscrição : 07/04/2017

Re: Recaídas

em 29/9/2017, 10:48
Esperançosa escreveu:Precisava muito conversar com mais alguém que está passando por isso assim como eu.

Esse vício está levando meu casamento pro fundo do poço.

No fim de semana conversei muito sério com meu marido, que disse que iria procurar ajuda.

Essa semana ele ficou MEGA diferente, super atencioso, amoroso, um fofo. A psicóloga que conversei disse que isso aconteceria quando ele
não visse P
Quando foi ontem fui dormir um pouco antes dele, que ficou no banheiro com o celular.
Hoje pela manhã ele acordou sendo "o mesmo de sempre"

Tenho quase certeza q ele passou a noite vendo P pela mudança de atitude dele pela manhã.

Por favor me ajudeeeeeeeem!!!!!!

Mais alguém já observou seus maridos ou namorados assim????????????

Amigos homens vocês percebem essa mudança de comportamento com vcs tbm?????



Bonita,

Olá, bem-vinda ao fórum! Eu ia responder no outro tópico que vc fez, mas acabei me afastando um pouco daqui. Sugiro que mantenha um diário, postando sempre por aqui, para desabafar e pedir ajuda, os membros ajudam muito.

Meu namorado, seu marido, e todos os viciados ficam mais indiferentes e distantes depois de algum contato com pmo. Isso é perceptível para a gente, parceira de um viciado.

No caso do meu namorado é visível também a falta de disposição conversar ou passar algum tempo comigo, por culpa e desinteresse. Outra coisa que percebi ao longo do meu namoro, principalmente quando meu namorado não admitia que era viciado e via pornografia com frequência, era a inexistência de ereção mesmo com muitas carícias.

Seu marido precisa admitir primeiro que ele tem um problema, que ele não mais viver dependente de pmo, no mundo de fantasia e solidão. Enquanto ele não admitir o vício e estiver disposto a bloquear todos os meios que ele acessa pornografia, infelizmente, as coisas não vão mudar.  

Dói pra caramba acompanhar eles nesse processo, foram meses que passei tentando insistir para meu namorado que ele era viciado e que ele precisava ser radical, que precisava bloquear o celular, o computador e tudo que tivesse acesso a internet. Eu conheço um pouco da tua dor, porque estou lidando com o vício do meu parceiro há mais de um ano.

Mostre o ebook para seu marido, fale das consequências físicas do vício, caso vc ainda não tenha feito. É preciso que ele se interesse de verdade por essa luta!

Ahh cuide de si mesma, o vício deles acaba com a nossa auto-estima. Podemos fazer pouco por eles, apoiar e ajudar com bloqueios, mas no fim depende totalmente do seu marido a vitória sobre esse vício.

Cuide-se de verdade, é uma luta perversa até chegar o dia em que ele consiga vencer o vício e viver de forma livre.

Desejo que seu marido comece logo a lutar com todas as forças dele contra esse vício!!!

Com carinho,

Beth

_______________________________________
Meu diário:
http://comoparar.forumeiros.com/t5491-desesperanca
Esperançosa
Mensagens : 5
Data de inscrição : 21/09/2017

Obrigada

em 6/10/2017, 10:53
Pessoal, muito obrigada pelas respostas.

Tem sido bem difícil!!!
Quando ELE está bem, sem P EU tbm fico.
E quando ele tem as recaídas isso reflete diretamente no nosso relacionamento e em mim.

O mais difícil é que ele não entende o quanto isso afeta ele e consequentemente a forma com a qual ele lida comigo.

Em nossa última conversa ele disse que procuraria ajuda, mas não a ''minha'' ajuda(a psicologa que estou indo).

Ele já diminuiu bastante a quantidade(pois nesse 1 ano de casada a luta é constante)
Mas ainda vê, ele acha que uma foto ou outra que talvez receba no whats ou de vez em quando não faça diferença,
como todo mundo acredita q uma foto aqui ou video ali "é normal", mas no caso dele é bem diferente, pois se trata de um vicio.

Eu já comentei que ele não está sozinho, que tem muita informação na internet
Ele apenas me escuta
É terrível...

Tudo dele é bloqueado, inclusive os app de foto, whats e face.
Ele morre de medo que eu toque no celular dele, até mesmo para ver as horas(onde nem desbloqueio a tela).
Instalar bloqueadores seria ótimo mas praticamente impossível no momento.

Vou seguindo, e a ajuda de todos é muito importante para mim
Agradeço D+ as mensagem e o apoio
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 233
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Recaídas

em 19/10/2017, 19:18
Oi Esperançosa!

Puxa, lamento muito pelo que está passando...

Espero muito que seu casamento dê certo. E ele tem potencial para isso, acredite. Falo por experiência própria. É possível sim se livrar disso, mas como você mesma já observou requer muita paciência.

Mas ter paciência não significa esperar que ele melhore simplesmente instalando uns bloqueadores e nada mais. Ter os bloqueadores é muito importante, mas o processo de restauração abrange algo maior. E com um início difícil: reconhecer o problema.

Releia isto

Elizabeth de Cássia escreveu:Seu marido precisa admitir primeiro que ele tem um problema, que ele não mais viver dependente de pmo, no mundo de fantasia e solidão. Enquanto ele não admitir o vício e estiver disposto a bloquear todos os meios que ele acessa pornografia, infelizmente, as coisas não vão mudar.

Dói pra caramba acompanhar eles nesse processo, foram meses que passei tentando insistir para meu namorado que ele era viciado e que ele precisava ser radical, que precisava bloquear o celular, o computador e tudo que tivesse acesso a internet. Eu conheço um pouco da tua dor, porque estou lidando com o vício do meu parceiro há mais de um ano.

Mostre o ebook para seu marido, fale das consequências físicas do vício, caso vc ainda não tenha feito. É preciso que ele se interesse de verdade por essa luta!

É exatamente isso aí, não tem como correr disso. Se não for desta forma, você corre o risco de alimentar falsas expectativas e se decepcionar ainda mais. Sabe por que estou dizendo isso?

Esperançosa escreveu:Ele já diminuiu bastante a quantidade(pois nesse 1 ano de casada a luta é constante)

Desculpe se posso parecer rude Esperançosa, mas baseada em quê você acredita que ele já diminuiu a frequência? Você tem como mensurar isso? Acho que você mesma já respondeu:

Esperançosa escreveu: Tudo dele é bloqueado, inclusive os app de foto, whats e face.
Ele morre de medo que eu toque no celular dele, até mesmo para ver as horas(onde nem desbloqueio a tela).
Instalar bloqueadores seria ótimo mas praticamente impossível no momento.

Sei que vai soar repetitivo, mas a vontade de querer parar é dele, como outras pessoas aqui já falaram. Mas se ele ainda acha que ver uma foto ou outra "de vez em quando" não tem problema, então ou ele ainda não percebeu a gravidade da situação ou ainda se nega a admitir que está viciado.

Falei "de vez em quando" entre aspas porque provavelmente ele acessa com frequência.

Aí ele pode até ser sincero quando promete melhorar. Pode até ser que não seja da boca pra fora, que ele tenha intenção de parar... mas se ele não se prevenir quando o lado racional estiver fora do ar, então o vício vai ganhar toda e qualquer batalha.

Desculpem os homens que estão lendo este post, mas muitas vezes nós homens somos uns tapados... às vezes não conseguimos acompanhar as sutilezas da parte emocional e no caso de vício em P, isso se agrava ainda mais.

Por isso Esperançosa, por mais óbvio que pareça, por vezes o melhor a fazer é deixar as sutilezas de lado e dizer abertamente o que está te machucando.

Já falou com todas as letras que olhar pornografia, de forma velada ou não, é EXTREMAMENTE OFENSIVO para as mulheres? Que você tem um LIMITE do quanto pode tolerar essa situação?

É algo muito difícil saber quando ser paciente ou quando ser incisivo... Nunca saberemos a reação do outro, mas tem vezes que um "tapa na cara", uma "sacudida" faça a ficha dele cair...

Desculpe o texto extenso, mas é que me dói o coração ver quantos casamentos/famílias estão sendo corroídos por este vício. Sad

Espero ter ajudado

Estarei acompanhando.

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins


1° reboot registrado: 57 dias (03/09/2017 a 30/10/2017)
2° reboot registrado: 31 dias (31/10/2017 a 30/11/2017)
3° reboot registrado: 29 dias (01/12/2017 a 30/12/2017)
4° reboot registrado: 79 dias (31/12/2017 a 19/03/2018)
5° reboot registrado: 31 dias (20/03/2018 -  20/04/2018)
6° reboot registrado: 21/04/2018 - é melhor que seja dessa vez... tá começando a ficar sem espaço aqui nessa assinatura... Suspect
Rejanef
Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/01/2017

Re: Recaídas

em 27/10/2017, 00:43
Olá
Aqui em casa passamos pelo mesmo problema, com a diferença que ele eu identifiquei o problema, conversei abertamente. Mostrei que ele estava com problemas psiquiatricos já e que ele precisava de ajuda. Te garanto que foi a melhor coisa que fizemos.

Não é facil, nao foi uma linha reta e nem está sendo. Ele esta fazendo o rebut a mais de 1 ano e a maior marca acho que foram 40 dias sem.

Já sofri muito com isso. Já pedi para me separar. Já o vi no fundo do poço, já estive lá com ele, já estive lá sozinha...

Tenho 2 filhos pequenos e o meu marido é o que dá mais trabalho, o que a vigilancia tem que ser maior. Mas será assim até ele caminhar com as proprias pernas e não se maltratar mais.

Demorei a entender que isso é uma doença que toma o controle de uma forma que a gente não tem como saber... Nos mulheres pensamos muito diferentes. Mas que se ele se decidir que quer parar e realmente entender o quão prejudicial isso é tem como. Existem muitos rerlatos aqui de que é possivel. Não é facil mas é possivel.

A nossa ultima briga foi pq mesmo com tudo ele teimava em mentir, em tentar esconder. E eu descobri. A verdade tem que estar na mesa. Ele me falou uma coisa para se justificar que acho que foi bem clara para mim, talvez te ajude: "É como em um jogo de futbol, o time está tomando uma lavada em campo e no intervalo o técnico ao inves de motivar a equipe briga com os jogadores, você acha que eles vão entrar no segundo tempo querendo jogar? Claro que não! Eles vão ter a certeza que não são capazes. Mas se o tecnico souber motivar eles ainda tem chance e mesmo se perderem sairam pelo menos de cabeça erguida para o proximo jogo"

Acho que e isso... Tenha fé. Acredite. Não passe a mão na cabeça porque isso não esta certo, mas esteja ao lado para apoiar porque ele precisa. Como uma criança pequena que brinca com fogo.
avatar
Baggins
Moderador
Moderador
Mensagens : 233
Data de inscrição : 22/09/2017
Idade : 36
Localização : Salvador

Re: Recaídas

em 10/11/2017, 09:29
Oi Esperançosa!

E então? Como andam as coisas? Algum progresso?

Espero que ele tenha se conscientizado do mal que ele está fazendo para si e para você. No começo é difícil se imaginar longe dessa espiral sem fim, mas é possível dar a volta por cima.

Se ele pelo menos admitir o vício, acredite, ele já vai estar com meio caminho andado. A partir daí é trabalhar pra alcançar o objetivo.

Abraço!

_______________________________________


Diário - o Livro Vermelho - http://www.comoparar.com/t5868-o-livro-vermelho-de-baggins


1° reboot registrado: 57 dias (03/09/2017 a 30/10/2017)
2° reboot registrado: 31 dias (31/10/2017 a 30/11/2017)
3° reboot registrado: 29 dias (01/12/2017 a 30/12/2017)
4° reboot registrado: 79 dias (31/12/2017 a 19/03/2018)
5° reboot registrado: 31 dias (20/03/2018 -  20/04/2018)
6° reboot registrado: 21/04/2018 - é melhor que seja dessa vez... tá começando a ficar sem espaço aqui nessa assinatura... Suspect
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum