Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Portnoy
Mensagens : 65
Data de inscrição : 15/07/2015

Virando Homem

em Qua 23 Ago - 11:21
Link do antigo diário: http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem

Fala, Broda

Li algumas partes do seu diário, apesar de sermos bem diferentes, principalmente com relação a idade, hoje eu estou com 30 anos, me identifico com seus relatos. Gosto bastante da forma como você se expõe com muita honestidade. Não vejo você mentindo para si mesmo, você passa muita sinceridade, apesar de todas as dificuldade as quais vêm passando.

Gostei da forma como colocou seu contador de forma decrescente, batendo metas pequenas e depois aumentando.

Torcendo aí por você

_______________________________________



http://www.comoparar.com/t5511-diario-de-portnoy
avatar
jedi27
Mensagens : 258
Data de inscrição : 15/08/2017
Idade : 22

Re: Virando Homem

em Qua 23 Ago - 11:30
Broda lendo seu relato senti que fosse eu escrevendo kkk eu tô na mesma crise de ansiedade quanto mais penso na minha namorada mais eu fico ansioso, fico pensando nos defeitos dela em vez das qualidades e isso é horrível, mulheres reais tem defeitos reais , as da tela não tem defeitos RS, eu tô começando uma terapia e a psicóloga disse que o vício na p afetou como vejo mulheres e os sentimentos, e ela disse quase tudo q o ebook fala kkkk dia a pós dias vem pensamentos intrusivos sobre meu namoro por isso me identifiquei vou acompanhar seu diário e que a força esteja com você

_______________________________________
Que a força esteja com vocês!
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Qua 23 Ago - 13:13
Portnoy escreveu:
Fala, Broda

Li algumas partes do seu diário, apesar de sermos bem diferentes, principalmente com relação a idade, hoje eu estou com 30 anos, me identifico com seus relatos. Gosto bastante da forma como você se expõe com muita honestidade. Não vejo você mentindo para si mesmo, você passa muita sinceridade, apesar de todas as dificuldade as quais vêm passando.

Gostei da forma como colocou seu contador de forma decrescente, batendo metas pequenas e depois aumentando.

Torcendo aí por você

Fala Bro!

A ideia do contador regressivo está me ajudando. Está me dando uma maior sensação de que o objetivo não é tão distante assim, que ele tem data para finalizar.

Busco sempre aqui no meu diário ser o mais sincero possível. Uma coisa que aprendi é que podemos mentir para todo mundo e sermos falsos com todos, menos com nós mesmos. Temos que ter esse mínimo de sinceridade para que sejamos capazes de reconhecer nossos erros e evoluir, senão continuaremos crianças.

Obrigado pela torcida, abração!
jedi27 escreveu:Broda lendo seu relato senti que fosse eu escrevendo kkk eu tô na mesma crise de ansiedade quanto mais penso na minha namorada mais eu fico ansioso, fico pensando nos defeitos dela em vez das qualidades e isso é horrível, mulheres reais tem defeitos reais , as da tela não tem defeitos RS, eu tô começando uma terapia e a psicóloga disse que o vício na p afetou como vejo mulheres e os sentimentos, e ela disse quase tudo q o ebook fala kkkk dia a pós dias vem pensamentos intrusivos sobre meu namoro por isso me identifiquei  vou acompanhar seu diário e que a força esteja com você

Bacana Bro!

Espero servir de inspiração para superar esses seus bremas de pensamentos intrusivos. Eu tenho a seguinte teoria: nos viciamos em pornografia JUSTAMENTE porque não conseguimos controlar nossos cérebros. É o nosso cérebro que nos controla, e até este momento aceitamos as ideias dele sem o questionar. Está na hora de passarmos ao controlo absoluto de nossos pensamentos e nossas vidas.

Nada de ficarmos ansiosos. Nós temos o poder, basta começarmos a exercê-lo.

Abraços!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Conor Mcgregor.
Moderador
Moderador
Mensagens : 1149
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 27

Re: Virando Homem

em Qua 23 Ago - 13:36
Salve Broda...Bacana seu relato. Sucesso meu amigo. Também ja lutei muito com os pensamentos. Agora eu só ignoro...Um abraço!
Broda escreveu:1ª Semana

Fala Bros!

Peço perdão pela ausência. Quando se passa muito tempo na merda e você já está tentando faz 500 anos e não tem os resultados esperados, às vezes você sente a necessidade de se afastar um pouco da questão, analisar como que "de fora" para tentar novamente. É um erro se afastar do fórum, mas tem vezes que você simplesmente perde o pique de continuar participando.

Apesar disso, as notícias não são ruins. Consegui completar uma semana. Sinceramente, confio que vai dar certo dessa vez, mas já confiei tantas vezes e acabei me fodendo que eu ainda tenho muitas ressalvas antes de dizer que este será "o reboot".

Minha vida não mudou muito, somente com relação ao reboot. Consegui ir 6x na academia semana passada (sim, eu inclusive fui no feriado e tava fechado, porque né, eu sou meio mongolon) e eu tomei algumas atitudes.

1º- Voltei a reler o e-book. Eu já devo ter lido umas 3x e agora estou na quarta. Estou lendo um capítulo por dia.
2º- Fiz algo que estava com extrema preguiça de fazer: reli o meu diário, mais especificamente os relatos dos dias do meu reboot que consegui completar. Retirei de lá 3 ideias extremamente úteis que eu tinha esquecido e que me fizeram completar o reboot daquela vez.
3º- Montei um arquivo no meu pc chamado "O Reboot Perfeito", que consta tudo que eu notei que eu tenho que fazer para conseguir avançar. Estou relendo esse arquivo todos os dias, são alguns tópicos com aquilo que tem de mais importante sobre minhas impressões do que funciona.

Me considero focado no momento, pois essa semana foi bem mais ou menos e mesmo assim segurei minha ondinha. Tive umas crises de ansiedade e estou aprendendo a lidar com os pensamentos intrusivos, fazendo o que funciona basicamente e que eu sabia que funcionava, mas que não estava aplicando. Hoje mesmo foi bem esquisito, vou dar uma resumida.

Acho que hoje tive minha primeira crise real de abstinência nesse reboot. Eu dormi muito mal e acordei várias vezes durante a noite, sendo que quando acordei eu estava muito ansioso. Depois, o sentimento de ansiedade deu vez à tristeza e eu chorei. Sim, eu chorei e foi praticamente sem uma boa razão, fiquei me sentindo praticamente uma mulher (que costumam chorar sem razão às vezes). Depois de chorar, resolvi jogar, só que só apanhei no jogo porque eu estava extremamente distraído. Minha cabeça começou a ficar leve demais, parecia que eu estava bêbado, não conseguia concentrar em nada.

O mais estranho é que eu comecei a rir meio histericamente dessa situação. Me senti completamente bipolar e esquisito, sei lá, estou muito desequilibrado emocionalmente e psicologicamente falando. Depois eu fui na academia e esse sentimento de cabeça leve sumiu e a ansiedade voltou. Chegando na faculdade, dei uma volta e depois fui socializar com a menina lá que eu gosto e eu melhorei, nesse instante só estou sentindo sono.

Eu acho que passei muito tempo sem falar com ninguém e isso acabou me desregulando. Tá foda, estou muito inconstante e a tendência é que continue assim nesses primeiros dias. Bem, conversando com a menina, foi só mais um lembrete de que eu precisava do fórum. Eu comentei: "olha, eu tenho um problema tenso e que me incomoda muito", quando ela me perguntou o quê que era, obviamente não falei. Eu não posso falar isso, mas como que eu queria! Mas quem que iria entender? Acabei tendo que falar que era um problema que eu não compartilhava com ninguém e que era uma luta pessoal minha e que eu teria que resolver sozinho.

Na verdade, não é bem sozinho assim né. Não é atoa que estou aqui agora, uma das poucas opções que tenho para falar sobre o tema.

Tirando esses problemas durante a semana, estou ok. Ontem um amigo me mandou um vídeo que tinha putaria, eu abri e fechei com menos de um segundo ao ver que era merda e não senti absolutamente nada. Foi a vez que eu reagi mais rápido a um gatilho e que eu menos tive sensações negativas. Simplesmente mudei o foco no mesmo instante e fiquei de boa. Aliás, eu estava fazendo errado esse tempo todo e voltei com essa tática de parar de brigar com os pensamentos. Antes eu ficava tentando discutir comigo mesmo "eu não posso, eu estou em reboot, eu não quero e blá blá blá". Agora simplesmente mudo o foco e ignoro completamente o pensamento. Não existe discussão com algo que não é racional.

Eu estou fazendo isso não somente com fantasias, mas também com pensamentos com relação à menina. Toda hora que me pego pensando nela, eu troco o foco instantaneamente. Para falar a verdade, parar de pensar nela está sendo mais difícil do que evitar as fantasias até o momento, mas estou dando raça, pois sei que pensar nela me dá muita ansiedade e a última coisa que eu preciso agora é ficar ainda mais ansioso.

Por enquanto é isso meus grandes Bros, obrigado pelas mensagens. Nessa semana li tudo que foi postado no fórum praticamente, então mesmo um pouco "afastado", eu estou acompanhando vocês. Vou tentar relatar todo dia agora, pois era uma coisa que eu fazia e que funcionava.

Abração!


_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Qui 24 Ago - 13:54
Conor Mcgregor. escreveu:Salve Broda...Bacana seu relato. Sucesso meu amigo. Também ja lutei muito com os pensamentos. Agora eu só ignoro...Um abraço!

Boa Bro! Esse é o caminho.

Abração!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
lipecloud
Mensagens : 166
Data de inscrição : 06/04/2017

Re: Virando Homem

em Qui 24 Ago - 14:48
Fala ai meu Broda, hahahahaha.

Caraca cara ta igual eu, to lendo o ebook pela terceira ou quarta vez, isso mesmo, não tenho mais certeza de nada, fazendo igual tu, um capítulo por dia, acho interessante tentar transportar essa leitura para outros livros e aprender mais sobre tudo.

Agora, vamos a luta, ta de parabéns continue firme hehe, sobre o vídeo de putaria, cara me mandaram uma foto a pouco de uma mulher, eu tipo olhei e ja exclui a conversa, caraca a gente vive em constante batalha, desviando do tiroteio das imagens que nos mandam.

_______________________________________


Meu diário:

http://comoparar.forumeiros.com/t4897p25-lipecloud
avatar
Spiritum Novus
Mensagens : 393
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 45

Re: Virando Homem

em Sex 25 Ago - 10:48
E aí, Broda!
Força, irmão! Parabéns por fechar o vídeo do teu amigo!
Como a gente tem que estar focado pra não sucumbir!
Vamos lá! Vamos vencer este vício terrível!
Um forte abraço!

_______________________________________
Zyzz
Mensagens : 651
Data de inscrição : 28/04/2017
Idade : 17

Re: Virando Homem

em Sex 25 Ago - 14:08
Eae Broda que relato amigo,bom quanto aos pensamentos eu luto bastante com eles ainda agora com sua dica as coisas vão ficar mais faceis.

Abraços.

_______________________________________


"Todo mundo vai morrer um dia e ser esquecido, encontre paixões, forme relacionamentos, não tenha medo de chegar lá e foda-se o que todo mundo pensa."
Zyzz
avatar
Stark
Moderador
Moderador
Mensagens : 1305
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 19
Localização : Torre Stark

Re: Virando Homem

em Sex 25 Ago - 16:40
Hey Bro!! What's up ?

To gostando de ver, tomou as atitudes corretas para fazer um reboot diferente.
Mano relaxa que esses dias ruins sempre acontecem, faz parte da vida, o que muda mesmo como você vai reagir a isso.

Ah, quase ia esquecendo, mano tenta ser mais ativo no fórum, atualizar mais o diário. Teus relatos são um dos que eu mais gosto de ler.

Grande abraço.
É nois.

_______________________________________
A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.
- Aristóteles
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Respondendo os Bons!

em Sex 25 Ago - 17:43
lipecloud escreveu:Fala ai meu Broda, hahahahaha.

Caraca cara ta igual eu, to lendo o ebook pela terceira ou quarta vez, isso mesmo, não tenho mais certeza de nada, fazendo igual tu, um capítulo por dia, acho interessante tentar transportar essa leitura para outros livros e aprender mais sobre tudo.

Agora, vamos a luta, ta de parabéns continue firme hehe, sobre o vídeo de putaria, cara me mandaram uma foto a pouco de uma mulher, eu tipo olhei e ja exclui a conversa, caraca a gente vive em constante batalha, desviando do tiroteio das imagens que nos mandam.
E aí Bro!

Exatamente Bro, a luta é foda. Ainda que você faça tudo certo, sempre tem um fdp pra tentar estragar o reboot.

Sigamos firmes, valeu pela força, grande abraço!
Spiritum Novus escreveu:E aí, Broda!
Força, irmão! Parabéns por fechar o vídeo do teu amigo!
Como a gente tem que estar focado pra não sucumbir!
Vamos lá! Vamos vencer este vício terrível!
Um forte abraço!

Isso aí Bro, valeu pela energizada, abração!
Filhodezeus escreveu:Eae Broda que relato amigo,bom quanto aos pensamentos eu luto bastante com eles ainda agora com sua dica as coisas vão ficar mais faceis.

Abraços.

Espero que sim Bro! O segredo é não brigar com a mente, simplesmente mudar o foco. Não vamos vencer o irracional com o racional, não é mesmo?
Abração!
Stark escreveu:Hey Bro!! What's up ?

To gostando de ver, tomou as atitudes corretas para fazer um reboot diferente.
Mano relaxa que esses dias ruins sempre acontecem, faz parte da vida, o que muda mesmo como você vai reagir a isso.

Ah, quase ia esquecendo, mano tenta ser mais ativo no fórum, atualizar mais o diário. Teus relatos são um dos que eu mais gosto de ler.

Grande abraço.
É nois.

COLÉ!
To fazendo diferente mesmo mano, já era hora né. Vou tentar postar aqui no diário com mais frequência, eu mesmo falei q ia postar todo dia e acabei deixando de lado, é foda, tô com muita preguiça de atualizar por enquanto, maldita seja a hipofrontalidade!
Forte abraço!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Conor Mcgregor.
Moderador
Moderador
Mensagens : 1149
Data de inscrição : 06/05/2017
Idade : 27

Re: Virando Homem

em Sex 25 Ago - 23:10
Salve Broda! Quase 11 dias mano! Tamo junto...Passando aqui pra dar meu apoio...vlw!

_______________________________________
DA UMA PASSADA NO MEU DIÁRIO: http://www.comoparar.com/t5738-diario-do-mcgregor

"NOS VEMOS NO PÓDIO" - TOGURO  ( A LENDA DO FORUMEIROS).

Toguro, entra em contato meu velho!

avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Sab 26 Ago - 13:48
Conor Mcgregor. escreveu:Salve Broda! Quase 11 dias mano! Tamo junto...Passando aqui pra dar meu apoio...vlw!

Valeu demais Bro, vai dar nóis! Abraços!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Sab 26 Ago - 14:58
O Longo Dia de Ontem

Fala Bros! Segura que lá vem textão, acho que poderá ser útil para alguns:

Ontem foi um daqueles dias em que eu fiz tudo errado, pelo menos não recaí. Começou com uma decisão minha de que ia jogar um jogo assim que acordei, meu plano era parar de jogar aquele jogo logo após um tempinho. Só que o resultado foi bem diferente.

Eu me senti quase como um viciado em jogos de azar, impressionante. Primeiro que eu não cumpri o que eu tinha proposto para mim mesmo, que era jogar um pouco, dar uma relaxada e vazar. Eu devo ter ficado umas 4 horas seguidas jogando, sem pausa nem nada. Tudo por causa de quê? Porque o animal aqui não queria sair perdendo.

Eu coloquei uma meta: quando eu bater 45 kills eu saio. Eu já estava com umas 43, daí surgiu um cara extremamente bom na sala que eu tava jogando. Daí eu decidi: pô, finalmente um cara decente, vou ficar aqui até conseguir matá-lo sozinho pelo menos uma vez!

Não consegui matar o cara sozinho, ele vazou e além de tudo avacalhou meu KD. Me matou um monte, eu já estava cansado pra caralho, mas ainda assim não desisti. Decidi então que iria recuperar meu frag, para tanto eu iria precisar matar 8 para ficar positivo.

Acreditem em mim, eu jogo bem esse jogo, imaginei que seria fácil matar esses 8 e sair. Só que eu estava tão cansado, que basicamente eu já não estava jogando nem metade do que eu era capaz, então eu continuava morrendo, só que dessa vez para uns caras muito piores. Eu devo ter ficado mais ou menos uma hora a uma hora e meia tentando recuperar o frag, até que finalmente consegui.

Enquanto eu estava no processo, eu estava me sentindo o cara mais doente possível e imaginável. Eu não queria parar enquanto eu não conseguisse, tudo para manter minhas estatísticas do jeito que eu queria. Acabou que eu procrastinei TUDO que eu tinha para fazer durante o dia, comecei a sentir a cabeça pesada igual como se eu tivesse acabado de ter uma sequência gigantesca de PMO e com uma sensação parecida com a de queda em PMO.

Eu nunca tinha chegado a fazer isso de forma tão brutal. Não entendi o que me levou a isso exatamente, mas o fato é que eu fiquei me sentindo muito mal com tudo isso, vou tentar maneirar, pois apesar de não me considerar viciado em jogos (mesmo que esse relato pareça indicar o contrário) eu passei dos meus limites.

Enfim, depois de finalmente conseguir, saí do jogo e fiquei um tempo na minha cama vegetando, esperando minha cabeça normalizar. Quando melhorou um pouco, fui pra academia e lá não rendi muito, inclusive porque eu estava com muito sono. Tive algumas pequenas dificuldades em não fantasiar com as mulheres lá presentes, mas consegui controlar bem.

Uma coisa que eu estou notando que está melhorando é a qualidade dos pensamentos QUANTO A PARTE SEXUAL especificamente. Simplesmente minha mente está parando de fazer spams infinitos de fantasias sexuais na minha cabeça, no começo parecia que a única coisa que eu conseguia pensar era sobre sexo, tinha que ficar afastando o pensamento o tempo inteiro, agora já está melhor. O resto continua bem bosta, inclusive vocês entenderão o porquê.

Bem, saindo da academia, resolvi que ia dar uma volta sozinho no bairro. Nesse instante, os pensamentos começaram a me incomodar. Não os sexuais, mas sim os relacionados à minha autoestima.

Começou comigo pensando: porra velho, é sexta-feira e eu não tenho ninguém para ir dar uma volta comigo, todos os meus amigos, que são poucos, devem estar fazendo coisas mais interessantes do que isso, eu não tenho o que fazer nos meus fins de semana e minha vida social está tão bosta que eu tenho que fazer a parte de religação sozinho, saindo sozinho para fazer nada!

Tem um outro problema. Como eu quase sempre estudei perto de casa e fiz outras atividades também aqui no bairro, quase o círculo inteiro de pessoas conhecidas estão aqui perto. Tem um McDonalds aqui pertinho, mas eu fiquei com medo de entrar lá sozinho para observar o movimento e pensar e de repente algum conhecido me reconhecer lá e me achar um autista do caralho andando sozinho numa sexta à noite.

Resolvi entrar numa espécie de bar aqui perto e lá esbarrei com um cara da faculdade, imediatamente saí do lugar já me sentindo envergonhado e um bosta completo.

Os pensamentos continuaram (des)evoluindo. Fiquei pensando no tanto que eu tinha jogado minha juventude no lixo, em como que eu tinha estragado de forma completa minha vida social e em como eu era merecedor somente de nojo e desgosto. Antigamente, dos 14 aos 18 anos, me lembro de sair com relativa frequência nos finais de semana, de sentir minha vida social relativamente movimentada, com várias pessoas para conversar, enfim, nunca me sentia completamente sozinho.

Desde meus 19 anos, idade em que eu fiquei por conta da faculdade e de dois estágios, minha vida social foi ficando desgastada. Parei de me encontrar com frequência com velhos amigos, perdi alguns outros que depois descobri nem serem tão amigos assim, enfim, a solidão vem batendo na porta quase todos os dias.

Na faculdade não consegui fazer amigos direito, sendo que lá sempre me senti excluído, como sendo o esquisitão. Mesmo o ciclo social que eu participo lá não parece fazer questão alguma da minha presença, sendo a única exceção a menina lá, que também tive muitas dúvidas sobre se ela realmente se importava.

Bom, daí cheguei num nível ainda pior. Comecei a me perguntar se eu não comecei a fazer a academia como forma de tentar "compensar" o tanto que eu era fracassado em todas as outras áreas, tentando me destacar através do meu corpo para balancear o tanto que eu era apagado e sem importância com relação a todo o resto. Também comecei a questionar a questão de eu gostar tanto da menina: será que não é porque minha vida é uma bosta e eu me apego fortemente a qualquer pequena coisa que aparece na minha frente, com um medo irracional de repentinamente perder todo esse pouco que consegui conquistar?

Será que eu realmente tenho cura? Será que o reboot vai me ajudar em algo? E se eu terminar o reboot e nada mudar, qual solução? O caminho rápido? Enfim, todo tipo de pensamento bosta surgiu e eu senti um dos mais baixos níveis da minha autoestima de instalando no meu cérebro.

De repente resolvo ir ... caralho, escrever esse texto tá sendo muito triste. Enfim, segura as lágrimas porra! Continuando: de repente resolvi ir para onde eu tinha escutado alguns gritos de comemoração. Um evento interessante estava acontecendo: era a semi-final de um campeonato de futebol aqui perto, tinham várias categorias aparentemente e quando eu cheguei tinha uma quantidade considerável de pessoas assistindo.

Resolvi começar a assistir e o pior de tudo é que me fez um bem danado! No começo não, pois eu via alguns caras na torcida acompanhados das namoradas e isso só fez piorar minha bad, mas resolvi focar nos jogos e foi bem interessante. Devo ter ficado umas 3 horas assistindo os jogos, nem conhecia os times que eram de alguns colégios conhecidos aqui na minha cidade, mas foi muito legal estar naquele ambiente energizante. Pessoas gritando, torcendo, xingando o juiz, enfim, foi bom. Era o que eu estava precisando.

Fiquei mais ou menos até as 23:30 assistindo os jogos e quando acabaram todos, comecei a voltar para casa. No meio do caminho encontro um conhecido, troco uma ideia e continuo meu caminho. Ao chegar em casa, uma surpresa: meus pais estavam preocupados com meu desaparecimento. Eu tinha ido na academia às 19:00 senão me engano, então obviamente já era para ter voltado fazia tempo.

Eles já tinham ligado para dois amigos meus tentando saber onde eu estava e meu pai já tinha saído de casa em um determinado momento para me procurar. Daí notei que eu posso me considerar um cara sem importância, mas meus pais ainda assim me valorizam acima de tudo. Eles realmente ficaram preocupados com meu sumiço e isso foi bom de ver, apesar de ser chato causar algum nível de sofrimento a eles. Ver que eu ainda tenho alguma importância para alguém me fez bem, lembrar que tem gente que para eles a minha vida e segurança são essenciais.

Por fim, adormeci. Então tenho um pesadelo relacionado também à minha baixa autoestima, acordei no meio do pesadelo lá pelas sete da manhã me sentindo MUITO mal. No sonho eu tinha sido ignorado e tratado igual lixo e eu ainda estava tentando recompensar a pessoa que tinha me feito mal!!! Comecei inclusive a fazer alguns paralelos com meu antigo estágio, onde tinha deixado todo mundo pisar em mim e não tinha feito nada, nem mesmo tentado me defender o mínimo que fosse.

Quando acordei, comecei a fazer algumas reflexões. Decidi que ia parar de me permitir chegar a esse abismo dentro da minha própria cabeça e comecei a notar uma coisa que eu já li num livro de psicologia: todos os nossos comportamentos, mesmo os destrutivos, trazem alguma recompensa e é por isso nós os mantemos.

Pensem comigo: muitos de nós mantemos o comportamento de continuar nos masturbando compulsivamente, mesmo sabendo que nos faz mal, porque isso nos traz uma fuga da realidade, nos traz algum conforto temporário.

Muitas pessoas se mantem na zona de conforto, mesmo sabendo que ela é uma péssima escolha, porque ela te protege do resto. Ela te protege do mundo exterior e cria uma barreira, te impedindo de se ferir caso saia da mesma.

No meu caso, notei que eu estava constantemente mantendo esses pensamentos ruins sobre mim mesmo não necessariamente porque eu acreditasse em todos eles, mas sim porque eu teria a desculpa perfeita. Sim, esse comportamento destrutivo também serve para algo: a partir do ponto em que você se enxerga como um bosta, você se protege de futuras perdas e dores.

Tudo de ruim que acontecer, você já tem uma justificativa: "deu errado, mas eu já sabia que isso provavelmente iria acontecer, eu sou um merda mesmo". "Eu não preciso procurar melhorar, eu não tenho solução mesmo, nem adianta começar a tentar". "Perdi essa oportunidade, isso só prova que eu estava certo de eu estava fadado ao fracasso mesmo, nada a ser feito nesse caso".

É uma forma de proteção, porque a partir do momento em que você admitir ser capaz, você terá que lidar com o sentimento ruim de ter fracasso em algo que você sabia que tinha plenas condições de conseguir. É mais fácil se manter na posição de completo fracassado e não ter de encarar a vida de frente, afinal de contas, você já deu errado mesmo! É mais fácil não assumir o risco!

Ao notar esse comportamento, já notei que esse tipo de comportamento deveria ser totalmente extirpado da minha mente o quanto antes. Depois comecei outra reflexão: será que as pessoas de sucesso primeiramente tinham autoestima e aí sim alcançaram o sucesso ou primeiramente alcançaram o sucesso e só a partir daí começaram a ter autoestima? Primeiro acreditaram ou primeiro fizeram?

Aliás, existe como ter sucesso com uma autoestima tão baixa?

Com esses questionamentos, já comecei a partir de hoje a mudar minha mentalidade. Não interessa o quão ruim esteja, se eu não acreditar em mim mesmo, provavelmente ninguém mais irá. Chega de deixar pensamentos ruins tomarem conta, eu tenho que ao menos tentar fazer algo diferente. Não irei mais me enxergar como o mais lixo dos lixos, ainda que no começo isso seja difícil de acreditar a princípio, me esforçarei ao máximo para mudar a minha visão sobre mim. Eu já perdi tempo demais com esse tipo de coisa, tá na hora de mudar. Espero que esse meu texto sirva de inspiração para alguém se encontra em situação parecida, ainda acredito que todos nós aqui somos capazes de vencer.

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Stark
Moderador
Moderador
Mensagens : 1305
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 19
Localização : Torre Stark

Re: Virando Homem

em Sab 26 Ago - 22:19
Fala Bro!! Excelente monografia relato.

É foda mano, tem que ter cuidado com esses jogos ai, trocar um vicio pelo outro não é lá uma ideia muito boa. Seria melhor dar prioridade a teus afazeres e deixa o lazer, jogos, por ultimo, caso contrário seu dia será improdutivo - falo por experiencia própria.

As vezes tenho esses pensamentos malditos nas sexta-feiras. Só to começando a tacar o foda-se pra isso. Mano tenta deixar a opinião de lado, se tu quiser ir para o mcdonalds, então vá para o mcdonalds, acredito que ninguém vá te perguntar o porque você tá lá sozinho e, ser perguntarem, diga que é porque deu vontade de dar uma saidinha de casa para não morfar.

Só tome cuidado para não ficar pensando demais bro, que muito pensa pouco faz. É só tu perceber que, quando tacou o foda-se para os pensamentos e focou no jogo, tu começou a se divertir. Seu dia serviu como um excelente aprendizado: tudo depende de você!! Se você tá se achando um merda, adivinha como vai ser seu dia ?

Continue firme campeão.
Grande abraço.

_______________________________________
A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.
- Aristóteles
Smith88
Mensagens : 72
Data de inscrição : 20/08/2017

Re: Virando Homem

em Sab 26 Ago - 22:44
Mano sou novo por aqui o que é flatline?
avatar
Brit
Moderador
Moderador
Mensagens : 1119
Data de inscrição : 09/01/2017
Idade : 26
Localização : São Paulo - SP

Re: Virando Homem

em Sab 26 Ago - 22:49
Eaí meu brother!

Sei bem esses sentimentos como são complicados de lidar. A primeira coisa que posso te dizer é que eles são frutos da tua insegurança mano, a tua situação não é tão ruim assim, outro dia mesmo vc estava curtindo com teus primos, vira e mexe vc traz um relato de que saiu com amigos... O que é inevitável é a comparação com os outros, não é? Eu mesmo tô aqui em casa sozinho enquanto ouço uns vizinhos dando risada, dando uma festa, queria tbém estar curtindo a vida, mas vou tentar trazer uma reflexão...

A nossa insatisfação está sempre naquela velha máxima de que a grama do vizinho é sempre mais verde. Nesse momento vc está impossibilitado de curtir e sair com amigos e vc queria ter isso que os outros tem, mas, e aquilo que vc tem? Vc tem possibilidades infinitas de como melhorar o seu futuro, vc tem tempo pra se dedicar a leituras engrandecedoras, vc tem tempo de desenvolver habilidades que só podem ser conquistadas com tempo de prática, vc pode planejar o seu futuro, construir planos de como vai alcança-los. Digamos que vc fosse esse cara cheio de "amigos" que vive indo de uma festa pra outra "top" demais né? Daí vc conversasse com um cara qualquer que te dissesse que no fim de semana dele ele ficou estudando sobre como fazer aplicações em bolsas de valores, de que ele começou um investimento, de que ele está lendo a biografia do Steve Jobs pela 3ª vez, de que ele escreveu uma carta pro Barack Obama, que conversa com gente do mundo todo através de aplicativos pra praticar idiomas....etc...etc... acho que vc consideraria essas coisas legais e talvez pensaria "poxa o cara evoluindo na vida e eu só nessas merdas de baladas".

A ideia que eu quero passar é que todos temos possibilidades de fazer algo melhor por nós mesmos, mas continuamos insatisfeitos, pois estamos aguardando a sincronicidade perfeita entre a nossa vontade e a disponibilidade pra aquilo. Mas o mundo não funciona assim. Se quisermos ficar insatisfeitos vamos ficar sempre vendo o pior da situação. A gente tem que melhorar a nossa capacidade de aproveitar oportunidades. Talvez daqui um tempo vc vai estar tão ocupado que não terá tempo de se dedicar a essas atividades que exigem um tempo e tranquilidade.

Sei que é mais fácil falar do que fazer né, mas ao menos eu tô evoluindo nessa ideia, não quero mais ser coitado e ficar reclamando, dentro das minhas possibilidades vou fazer aquilo de melhor que eu posso fazer.

Sobre os jogos... acho que tem algo com a gente, pois eu tbém passava por esses sentimentos ruins quando jogava, ficava muito nervoso, perdia o controle e jogava muitas horas direto. Só que como sou pobre não pude manter esse vício, logo meu play1 ficou defasado e tive que deixar isso pra lá haha mas é melhor evitar isso cara, se for pra jogar, que seja com alguns amigos, chame alguém pra ir jogar aí contigo, só não vai brigar com os caras por eles terem morrido, tente levar como um jogo apenas.

Forte abraço mano! Parabéns por ter superado tuas recentes crises! Força aí!

_______________________________________

Meu diário:
http://www.comoparar.com/t4440-diario-do-brit
avatar
ShadowMind
Mensagens : 240
Data de inscrição : 16/03/2017

Re: Virando Homem

em Dom 27 Ago - 13:09
Eae Broda.

Primeira vez que comento no teu diário, mesmo após você ter comentado a 100 anos atrás no meu kkkkkk.
Stark e o Brit escreveram excelentes mensagens mas eu vou tentar contribuir com algo também.

Eu sempre fui um cara extremamente pessimista e me identifiquei totalmente com seus pensamentos, é exatamente isso o que nos mantem viciados não só em PMO mas em todas as coisas que nos fazem fugir da realidade. Esse pensamento de "eu sou um bosta, provavelmente vai dar errado mesmo".
São só pra nos manter estagnados, sem vontade de nada, afinal "vai dar tudo errado mesmo".
Então meu amigo, o negócio é mudar o seu jeito de pensar e em vez de ser pessimista, ser realista !
Saiba no que você precisa melhorar, e pense sobre isso, planeje uma solução para cada problema por vez, não tente solucionar tudo de uma vez, esse já é o primeiro passo para organizar as idéias.
E já que você reconheceu que esses pensamentos destrutivos te mantêm na zona de conforto, saia dela !
Pensa comigo, quando saímos da zona de conforto e conseguimos realizar alguma tarefa ou algo importante para nós, não é extremamente gratificante ?
Então por que continuar na zona de conforto que na verdade é extremamente desconfortável ?
Nós somos jovens, temos muita energia para gastar, então gaste essa energia em coisas saudáveis e não racionalize demais pensando que outra pessoa é melhor que você ou qualquer coisa desse tipo, apenas corra atrás do seu desenvolvimento, que com o tempo as coisas vão se acertar.
E parando pra refletir aqui, uma coisa que não nos deixa evoluir é nossa ansiedade e a nossa preocupação.
Veja bem: pré-ocupação = se ocupar antes de algo realmente acontecer.
Preocupação nem sempre é ruim, claro, foi o que eu quis dizer ali em cima, se preocupe com o seu futuro, planeje ! Maaas depois de planejado deixe as preocupações de lado e execute, trabalho duro !
Ah e mais uma observação que eu aprendi na marra kkk, se você está entediado ou está com tempo livre demais provavelmente está deixando de fazer algo que poderia contribuir para o seu crescimento, por exemplo estar treinando (malhando, correndo ou alguma pratica esportiva), estudando ou alguma coisa que te evolua como pessoa.
Todo mundo tem problemas meu amigo, cabe a nós sairmos da zona de conforto para resolve-los !
É nois, e você não é um bosta não, desejo força !

_______________________________________
Smith88
Mensagens : 72
Data de inscrição : 20/08/2017

Re: Virando Homem

em Dom 27 Ago - 13:26
Me masturbei vendo uma mina de biquine tenho que reinicar o reboot?
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Respostas aos muito bons

em Seg 28 Ago - 13:16
Stark escreveu:Fala Bro!! Excelente monografia relato.

É foda mano, tem que ter cuidado com esses jogos ai, trocar um vicio pelo outro não é lá uma ideia muito boa. Seria melhor dar prioridade a teus afazeres e deixa o lazer, jogos, por ultimo, caso contrário seu dia será improdutivo - falo por experiencia própria.

As vezes tenho esses pensamentos malditos nas sexta-feiras. Só to começando a tacar o foda-se pra isso. Mano tenta deixar a opinião de lado, se tu quiser ir para o mcdonalds, então vá para o mcdonalds, acredito que ninguém vá te perguntar o porque você tá lá sozinho e, ser perguntarem, diga que é porque deu vontade de dar uma saidinha de casa para não morfar.

Só tome cuidado para não ficar pensando demais bro, que muito pensa pouco faz. É só tu perceber que, quando tacou o foda-se para os pensamentos e focou no jogo, tu começou a se divertir. Seu dia serviu como um excelente aprendizado: tudo depende de você!! Se você tá se achando um merda, adivinha como vai ser seu dia ?

Continue firme campeão.
Grande abraço.

Boa Bro.

Olha, realmente tenho que fazer as obrigações primeiro. É uma lição que meus pais não ensinaram e que eu estou notando que eu já deveria aplicar faz tempo. Eu costumo entrar no pc, ficar mexendo em 500 coisas e invento um monte de metas e desculpas para não ter que fazer o que é necessário.

Eu sei que em breve conseguirei andar em todos os lugares do bairro sem medo, um dia chego lá.

"Se você tá se achando um merda, adivinha como vai ser seu dia?" Disse tudo!

Abração e obrigado pela resposta!
Smith88 escreveu:Mano sou novo por aqui o que é flatline?

É uma fase de baixa libido que os rebooters tendem a passar durante o reboot, quase como se o pau tivesse morrido. Recomendo ler o e-book que lá explica direitinho.
Brit escreveu:Eaí meu brother!

Sei bem esses sentimentos como são complicados de lidar. A primeira coisa que posso te dizer é que eles são frutos da tua insegurança mano, a tua situação não é tão ruim assim, outro dia mesmo vc estava curtindo com teus primos, vira e mexe vc traz um relato de que saiu com amigos... O que é inevitável é a comparação com os outros, não é? Eu mesmo tô aqui em casa sozinho enquanto ouço uns vizinhos dando risada, dando uma festa, queria tbém estar curtindo a vida, mas vou tentar trazer uma reflexão...

A nossa insatisfação está sempre naquela velha máxima de que a grama do vizinho é sempre mais verde. Nesse momento vc está impossibilitado de curtir e sair com amigos e vc queria ter isso que os outros tem, mas, e aquilo que vc tem? Vc tem possibilidades infinitas de como melhorar o seu futuro, vc tem tempo pra se dedicar a leituras engrandecedoras, vc tem tempo de desenvolver habilidades que só podem ser conquistadas com tempo de prática, vc pode planejar o seu futuro, construir planos de como vai alcança-los. Digamos que vc fosse esse cara cheio de "amigos" que vive indo de uma festa pra outra "top" demais né? Daí vc conversasse com um cara qualquer que te dissesse que no fim de semana dele ele ficou estudando sobre como fazer aplicações em bolsas de valores, de que ele começou um investimento, de que ele está lendo a biografia do Steve Jobs pela 3ª vez, de que ele escreveu uma carta pro Barack Obama, que conversa com gente do mundo todo através de aplicativos pra praticar idiomas....etc...etc... acho que vc consideraria essas coisas legais e talvez pensaria "poxa o cara evoluindo na vida e eu só nessas merdas de baladas".

A ideia que eu quero passar é que todos temos possibilidades de fazer algo melhor por nós mesmos, mas continuamos insatisfeitos, pois estamos aguardando a sincronicidade perfeita entre a nossa vontade e a disponibilidade pra aquilo. Mas o mundo não funciona assim. Se quisermos ficar insatisfeitos vamos ficar sempre vendo o pior da situação. A gente tem que melhorar a nossa capacidade de aproveitar oportunidades. Talvez daqui um tempo vc vai estar tão ocupado que não terá tempo de se dedicar a essas atividades que exigem um tempo e tranquilidade.

Sei que é mais fácil falar do que fazer né, mas ao menos eu tô evoluindo nessa ideia, não quero mais ser coitado e ficar reclamando, dentro das minhas possibilidades vou fazer aquilo de melhor que eu posso fazer.

Sobre os jogos... acho que tem algo com a gente, pois eu tbém passava por esses sentimentos ruins quando jogava, ficava muito nervoso, perdia o controle e jogava muitas horas direto. Só que como sou pobre não pude manter esse vício, logo meu play1 ficou defasado e tive que deixar isso pra lá haha mas é melhor evitar isso cara, se for pra jogar, que seja com alguns amigos, chame alguém pra ir jogar aí contigo, só não vai brigar com os caras por eles terem morrido, tente levar como um jogo apenas.

Forte abraço mano! Parabéns por ter superado tuas recentes crises! Força aí!

Fala Bro!

Cara, é muito interessante o que falou, especialmente sobre a parte dos "investimentos" que podemos fazer e que caras que tem a vida de ficar indo em baladinha todo fim de semana não podem. Genial essa análise e abriu meu horizonte de ideias.

Só tem um ponto em que eu discordo um pouco. Na verdade, eu não tenho esses sentimentos tanto por me comparar com os outros, mas sim comparando com meu eu do passado e pensando sobre o tanto que eu posso fazer mais e não faço. Eu sempre fui considerado um cara acima da média por quem me conhece muito bem, reconhecido por ter algumas boas características, mas eu sinto que eu joguei tudo no lixo, entende?

É a constante impressão de que eu poderia estar fazendo pelo menos um trilhão de vezes melhor e que não estou conseguindo que me mata. É se sentir que na minha lápide poderia estar escrito "aquele que tinha tudo para ser e que não foi". Um desperdício completo.

Enfim, as ideias ruins surgem daí, mas estou evitando pensar nisso agora.

Obrigado por passar aqui e ter a paciência de ler o textão, abraços!
ShadowMind escreveu:Eae Broda.

Primeira vez que comento no teu diário, mesmo após você ter comentado a 100 anos atrás no meu kkkkkk.
Stark e o Brit escreveram excelentes mensagens mas eu vou tentar contribuir com algo também.

Eu sempre fui um cara extremamente pessimista e me identifiquei totalmente com seus pensamentos, é exatamente isso o que nos mantem viciados não só em PMO mas em todas as coisas que nos fazem fugir da realidade. Esse pensamento de "eu sou um bosta, provavelmente vai dar errado mesmo".
São só pra nos manter estagnados, sem vontade de nada, afinal "vai dar tudo errado mesmo".
Então meu amigo, o negócio é mudar o seu jeito de pensar e em vez de ser pessimista, ser realista !
Saiba no que você precisa melhorar, e pense sobre isso, planeje uma solução para cada problema por vez, não tente solucionar tudo de uma vez, esse já é o primeiro passo para organizar as idéias.
E já que você reconheceu que esses pensamentos destrutivos te mantêm na zona de conforto, saia dela !
Pensa comigo, quando saímos da zona de conforto e conseguimos realizar alguma tarefa ou algo importante para nós, não é extremamente gratificante ?
Então por que continuar na zona de conforto que na verdade é extremamente desconfortável ?
Nós somos jovens, temos muita energia para gastar, então gaste essa energia em coisas saudáveis e não racionalize demais pensando que outra pessoa é melhor que você ou qualquer coisa desse tipo, apenas corra atrás do seu desenvolvimento, que com o tempo as coisas vão se acertar.
E parando pra refletir aqui, uma coisa que não nos deixa evoluir é nossa ansiedade e a nossa preocupação.
Veja bem: pré-ocupação = se ocupar antes de algo realmente acontecer.
Preocupação nem sempre é ruim, claro, foi o que eu quis dizer ali em cima, se preocupe com o seu futuro, planeje ! Maaas depois de planejado deixe as preocupações de lado e execute, trabalho duro !
Ah e mais uma observação que eu aprendi na marra kkk, se você está entediado ou está com tempo livre demais provavelmente está deixando de fazer algo que poderia contribuir para o seu crescimento, por exemplo estar treinando (malhando, correndo ou alguma pratica esportiva), estudando ou alguma coisa que te evolua como pessoa.
Todo mundo tem problemas meu amigo, cabe a nós sairmos da zona de conforto para resolve-los !
É nois, e você não é um bosta não, desejo força !

Saiba no que você precisa melhorar, e pense sobre isso, planeje uma solução para cada problema por vez, não tente solucionar tudo de uma vez

É exatamente isso Bro! Maldita zona de conforto, nos mantendo estagnados. Obrigado pelos toques, foram importantes.

Abração!
Smith88 escreveu:Me masturbei vendo uma mina de biquine tenho que reinicar o reboot?

Fala Bro!

Como eu tinha te respondido acima, recomendo ler o e-book que lá todas essas suas dúvidas estarão respondidas. Nesse caso tem que reiniciar sim.

Abraços!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Seg 28 Ago - 13:29
Os últimos dias

Fala Bros!

Nessas últimas semanas fui na academia 6x em cada semana, tô com um rendimento muito bom nesse aspecto. Acredito que no final do reboot estarei com o shape inexplicável kkkkkk, estou orgulhoso de mim mesmo nesse sentido. Apesar de que em alguns dias eu não fui pra academia tããão inspirado assim, pelo menos não faltei nenhum dia.

É aquele negócio que um primo meu me disse uma vez: muitas vezes nos cobramos tão alto que acabamos nem começando direito. Eu sempre tive esse pensamento de que se fosse para fazer, tinha que fazer tudo de uma vez e muito bem feito, senão eu não faria nada. Então teve épocas em que eu não pude malhar, mas que eu decidi inclusive não fazer pelo menos o basicão, que seria algumas flexões e abdominais em casa, sempre com o pensamento de que não seria "suficiente".

Hoje em dia estou mais esperto com isso, eu sempre faço pelo menos o mínimo. Quando vou na academia desmotivado e com um sonão da porra, faço uns 2/3 da ficha e vou caminhar na esteira, sem me cobrar demais. Ou faço somente metade da ficha e vou embora, não interessa, o importante hoje em dia é simplesmente continuar indo que eu sei que futuramente esses problemas tenderão a deixar de existir, o que não pode é ficar parado em casa.

Esses dias a batalha estava indo bem contra o vício, até que hoje eu estava meio dormindo e meio acordado e de repente uma fantasia começou a tomar conta, deve ter durado uns 3 segundos até eu dispersá-la, mas que susto da porra! Deu aquele apertão na região do peito, acho que é a ansiedade alcançando níveis enormes e a vontade veio com tudo durante aqueles poucos segundos. Vocês também sentem esse aperto que parece estar na região do coração quando a vontade de consumir a droga vem?

Por poucos segundos pensei que iria recair, de tão forte que é a porra da vontade. Foi uma sensação horrível, caralho, o que funcionou no caso foi mudar o foco instantaneamente, sem discutir com o cérebro. Isso me serviu de alerta: tenho que arrumar meus horários de dormir e de acordar novamente e devo acordar assim que o despertador tocar, sem enrolar. Estou vacilando um pouco nos hábitos nesses últimos dias porque a luta estava "fácil" e a motivação de fazer meu melhor estava começando a sumir, mas vou voltar a focar de novo.

Seguimos...

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Guidow
Mensagens : 27
Data de inscrição : 17/08/2017
Idade : 25

Re: Virando Homem

em Seg 28 Ago - 14:19
Broda escreveu:
Os últimos dias

Fala Bros!

Nessas últimas semanas fui na academia 6x em cada semana, tô com um rendimento muito bom nesse aspecto. Acredito que no final do reboot estarei com o shape inexplicável kkkkkk, estou orgulhoso de mim mesmo nesse sentido. Apesar de que em alguns dias eu não fui pra academia tããão inspirado assim, pelo menos não faltei nenhum dia.

É aquele negócio que um primo meu me disse uma vez: muitas vezes nos cobramos tão alto que acabamos nem começando direito. Eu sempre tive esse pensamento de que se fosse para fazer, tinha que fazer tudo de uma vez e muito bem feito, senão eu não faria nada. Então teve épocas em que eu não pude malhar, mas que eu decidi inclusive não fazer pelo menos o basicão, que seria algumas flexões e abdominais em casa, sempre com o pensamento de que não seria "suficiente".

Hoje em dia estou mais esperto com isso, eu sempre faço pelo menos o mínimo. Quando vou na academia desmotivado e com um sonão da porra, faço uns 2/3 da ficha e vou caminhar na esteira, sem me cobrar demais. Ou faço somente metade da ficha e vou embora, não interessa, o importante hoje em dia é simplesmente continuar indo que eu sei que futuramente esses problemas tenderão a deixar de existir, o que não pode é ficar parado em casa.

Esses dias a batalha estava indo bem contra o vício, até que hoje eu estava meio dormindo e meio acordado e de repente uma fantasia começou a tomar conta, deve ter durado uns 3 segundos até eu dispersá-la, mas que susto da porra! Deu aquele apertão na região do peito, acho que é a ansiedade alcançando níveis enormes e a vontade veio com tudo durante aqueles poucos segundos. Vocês também sentem esse aperto que parece estar na região do coração quando a vontade de consumir a droga vem?

Por poucos segundos pensei que iria recair, de tão forte que é a porra da vontade. Foi uma sensação horrível, caralho, o que funcionou no caso foi mudar o foco instantaneamente, sem discutir com o cérebro. Isso me serviu de alerta: tenho que arrumar meus horários de dormir e de acordar novamente e devo acordar assim que o despertador tocar, sem enrolar. Estou vacilando um pouco nos hábitos nesses últimos dias porque a luta estava "fácil" e a motivação de fazer meu melhor estava começando a sumir, mas vou voltar a focar de novo.

Seguimos...
Vai parecer meio loucura, mas funciona, qualquer coisa entenda como uma metáfora.
Esse aperto é sua centelha divina emanando LUZ pra dentro do seu coração para lhe manter firme e forte!!! Certa vez em um livro que li, eles falavam de termos assim. Que esse sentimento ''ruin'' de aperto é uma bússula para saber se está fazendo a coisa certa. O contrário é válido também, dando um sentimento de plenitude no coração, de que tudo está da forma que deveria ser, como se estivessemos no lugar certo e na hora certa. Temos que seguir essa bússula interior. Quem dita essa bússola é nossa centelha divina, a parte mais sábia e perfeita que reside dentro de cada ser vivo do Universo. Ela simplesmente sabe o que precisamos, e quando entramos em um trabalho interior com toda nossa força e vontade, a centelha divina, que é essa consciencia superior, nos guia e nos orienta através dos sentimentos...
Resumindo, você chegou perto de se afastar do seu SOL interior novamente se caisse novamente nesse vício. Ai ela lhe alertou trazendo essa aflição de que poderia ali, cair...Como foi um sentmento ruin, você a ouviu e parou...  É como um sussurro de anjo dizendo que é a coisa errada a se fazer!

E a coisa certa você ja sabe né? Firmeza no pensamento e no coração, para se regenerar em um novo ser mais feliz, mais realizado e realizador, em todos os sentidos, INCLUSIVE o sexual! Mas de maneira real, satisfatória e sadía! Wink A de convir que esse tipo de positividade combina com uma possível ''centelha divina'' que habita dentro de você né? Grande abraço e continue!

Aaa, gostei muito da idéia da NÃO AUTOCOBRANÇA, não se culpar pelas coisas. Concordo contigo, se cometemos um deslize e imediatamente nos colocamos em uma vibração de culpa, a de convir que será ainda mais dificil de lidar com a situação, de pensar claramente e encontrar as soluções e mudanças para que nao ocorra de novo. Então a culpa é antiprodutiva mesmo! É importante ser honesto 100% consigo mesmo, reconhecer os erros como são, mas sem culpa! Ta corretíssimo! É mais qualidade do que quantidade! Wink Isso aí!

_______________________________________
avatar
Stark
Moderador
Moderador
Mensagens : 1305
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 19
Localização : Torre Stark

Re: Virando Homem

em Seg 28 Ago - 15:27
Muito bom mano. Quero te ver trincadão - sempre cuide do tanquinho.

Esse negócio de se cobrar demais é furada, eu também tinha esse problema: Esse reboot tem que ser o ultimo, hoje tenho que estudar x hrs, hoje vou conversar com x pessoas para perder a timidez, mas sempre que faço isso acabo me frustrando.

As vezes sinto sim, quando percebo que estou fantasiando e ai penso na possibilidade de recair e voltar ao 0. Só tome cuidado, não deixe a fantasia crescer, corte pela raiz.
To gostando de ver, cole aqui no fórum Bro que teu reboot decola.

É nois.

_______________________________________
A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.
- Aristóteles
Ichibem
Mensagens : 25
Data de inscrição : 21/08/2017

Re: Virando Homem

em Ter 29 Ago - 22:24
Broda escreveu:
O Longo Dia de Ontem

Fala Bros! Segura que lá vem textão, acho que poderá ser útil para alguns:

Ontem foi um daqueles dias em que eu fiz tudo errado, pelo menos não recaí. Começou com uma decisão minha de que ia jogar um jogo assim que acordei, meu plano era parar de jogar aquele jogo logo após um tempinho. Só que o resultado foi bem diferente.

(...)

Aliás, existe como ter sucesso com uma autoestima tão baixa?

Com esses questionamentos, já comecei a partir de hoje a mudar minha mentalidade. Não interessa o quão ruim esteja, se eu não acreditar em mim mesmo, provavelmente ninguém mais irá. Chega de deixar pensamentos ruins tomarem conta, eu tenho que ao menos tentar fazer algo diferente. Não irei mais me enxergar como o mais lixo dos lixos, ainda que no começo isso seja difícil de acreditar a princípio, me esforçarei ao máximo para mudar a minha visão sobre mim. Eu já perdi tempo demais com esse tipo de coisa, tá na hora de mudar. Espero que esse meu texto sirva de inspiração para alguém se encontra em situação parecida, ainda acredito que todos nós aqui somos capazes de vencer.

Gostei muito desse seu texto cara, me identifiquei bastante nele.

Haha, essa pergunta do "será que a autoestima vem antes ou depois do sucesso?" é uma grande questão mesmo haha.

Broda escreveu:
Os últimos dias

Fala Bros!

Nessas últimas semanas fui na academia 6x em cada semana, tô com um rendimento muito bom nesse aspecto. Acredito que no final do reboot estarei com o shape inexplicável kkkkkk, estou orgulhoso de mim mesmo nesse sentido. Apesar de que em alguns dias eu não fui pra academia tããão inspirado assim, pelo menos não faltei nenhum dia.

É aquele negócio que um primo meu me disse uma vez: muitas vezes nos cobramos tão alto que acabamos nem começando direito. Eu sempre tive esse pensamento de que se fosse para fazer, tinha que fazer tudo de uma vez e muito bem feito, senão eu não faria nada. Então teve épocas em que eu não pude malhar, mas que eu decidi inclusive não fazer pelo menos o basicão, que seria algumas flexões e abdominais em casa, sempre com o pensamento de que não seria "suficiente".

Hoje em dia estou mais esperto com isso, eu sempre faço pelo menos o mínimo. Quando vou na academia desmotivado e com um sonão da porra, faço uns 2/3 da ficha e vou caminhar na esteira, sem me cobrar demais. Ou faço somente metade da ficha e vou embora, não interessa, o importante hoje em dia é simplesmente continuar indo que eu sei que futuramente esses problemas tenderão a deixar de existir, o que não pode é ficar parado em casa.

Esses dias a batalha estava indo bem contra o vício, até que hoje eu estava meio dormindo e meio acordado e de repente uma fantasia começou a tomar conta, deve ter durado uns 3 segundos até eu dispersá-la, mas que susto da porra! Deu aquele apertão na região do peito, acho que é a ansiedade alcançando níveis enormes e a vontade veio com tudo durante aqueles poucos segundos. Vocês também sentem esse aperto que parece estar na região do coração quando a vontade de consumir a droga vem?

Por poucos segundos pensei que iria recair, de tão forte que é a porra da vontade. Foi uma sensação horrível, caralho, o que funcionou no caso foi mudar o foco instantaneamente, sem discutir com o cérebro. Isso me serviu de alerta: tenho que arrumar meus horários de dormir e de acordar novamente e devo acordar assim que o despertador tocar, sem enrolar. Estou vacilando um pouco nos hábitos nesses últimos dias porque a luta estava "fácil" e a motivação de fazer meu melhor estava começando a sumir, mas vou voltar a focar de novo.

Seguimos...

Você tem razão é sempre importante fazer pelo menos o mínimo do planejado.

Vou atentar mais para isso daqui em diante e tentar não me super cobrar.

Abraço.
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

Re: Virando Homem

em Ter 29 Ago - 23:18
Guidow escreveu:
Vai parecer meio loucura, mas funciona, qualquer coisa entenda como uma metáfora.
Esse aperto é sua centelha divina emanando LUZ pra dentro do seu coração para lhe manter firme e forte!!! Certa vez em um livro que li, eles falavam de termos assim. Que esse sentimento ''ruin'' de aperto é uma bússula para saber se está fazendo a coisa certa. O contrário é válido também, dando um sentimento de plenitude no coração, de que tudo está da forma que deveria ser, como se estivessemos no lugar certo e na hora certa. Temos que seguir essa bússula interior. Quem dita essa bússola é nossa centelha divina, a parte mais sábia e perfeita que reside dentro de cada ser vivo do Universo. Ela simplesmente sabe o que precisamos, e quando entramos em um trabalho interior com toda nossa força e vontade, a centelha divina, que é essa consciencia superior, nos guia e nos orienta através dos sentimentos...
Resumindo, você chegou perto de se afastar do seu SOL interior novamente se caisse novamente nesse vício. Ai ela lhe alertou trazendo essa aflição de que poderia ali, cair...Como foi um sentmento ruin, você a ouviu e parou...  É como um sussurro de anjo dizendo que é a coisa errada a se fazer!

E a coisa certa você ja sabe né? Firmeza no pensamento e no coração, para se regenerar em um novo ser mais feliz, mais realizado e realizador, em todos os sentidos, INCLUSIVE o sexual! Mas de maneira real, satisfatória e sadía! Wink A de convir que esse tipo de positividade combina com uma possível ''centelha divina'' que habita dentro de você né? Grande abraço e continue!

Aaa, gostei muito da idéia da NÃO AUTOCOBRANÇA, não se culpar pelas coisas. Concordo contigo, se cometemos um deslize e imediatamente nos colocamos em uma vibração de culpa, a de convir que será ainda mais dificil de lidar com a situação, de pensar claramente e encontrar as soluções e mudanças para que nao ocorra de novo. Então a culpa é antiprodutiva mesmo! É importante ser honesto 100% consigo mesmo, reconhecer os erros como são, mas sem culpa! Ta corretíssimo! É mais qualidade do que quantidade! Wink Isso aí!

Fala Bro!

Bom, devo admitir que você chegou em uns planos transcendentais espirituais que ainda não alcancei, portanto ainda não consigo enxergar dessa forma, talvez eu ainda não esteja suficientemente "desperto" kkkk, mas é um modo interessante de enxergar a questão! Possivelmente Deus nos deu essa sensação para nos parar quando estamos prestes a fazer merda.

Muito obrigado pela mensagem, gostei desse ponto de vista, abração!
Stark escreveu:Muito bom mano. Quero te ver trincadão - sempre cuide do tanquinho.

Esse negócio de se cobrar demais é furada, eu também tinha esse problema: Esse reboot tem que ser o ultimo, hoje tenho que estudar x hrs, hoje vou conversar com x pessoas para perder a timidez, mas sempre que faço isso acabo me frustrando.

As vezes sinto sim, quando percebo que estou fantasiando e ai penso na possibilidade de recair e voltar ao 0. Só tome cuidado, não deixe a fantasia crescer, corte pela raiz.
To gostando de ver, cole aqui no fórum Bro que teu reboot decola.

É nois.

Ah bom, interessante ver que alguém sente a mesma coisa. Vejo as pessoas falando praticamente nada sobre esses sentimentos de pré-queda, obrigado por compartilhar!

Em breve estarei com uma boa opção para lavar roupas na minha barriga, É NOIS DEMAIS!
Ichibem escreveu:

Gostei muito desse seu texto cara, me identifiquei bastante nele.

Haha, essa pergunta do "será que a autoestima vem antes ou depois do sucesso?" é uma grande questão mesmo haha.

Spoiler:

Broda escreveu:
Os últimos dias

Fala Bros!

Nessas últimas semanas fui na academia 6x em cada semana, tô com um rendimento muito bom nesse aspecto. Acredito que no final do reboot estarei com o shape inexplicável kkkkkk, estou orgulhoso de mim mesmo nesse sentido. Apesar de que em alguns dias eu não fui pra academia tããão inspirado assim, pelo menos não faltei nenhum dia.

É aquele negócio que um primo meu me disse uma vez: muitas vezes nos cobramos tão alto que acabamos nem começando direito. Eu sempre tive esse pensamento de que se fosse para fazer, tinha que fazer tudo de uma vez e muito bem feito, senão eu não faria nada. Então teve épocas em que eu não pude malhar, mas que eu decidi inclusive não fazer pelo menos o basicão, que seria algumas flexões e abdominais em casa, sempre com o pensamento de que não seria "suficiente".

Hoje em dia estou mais esperto com isso, eu sempre faço pelo menos o mínimo. Quando vou na academia desmotivado e com um sonão da porra, faço uns 2/3 da ficha e vou caminhar na esteira, sem me cobrar demais. Ou faço somente metade da ficha e vou embora, não interessa, o importante hoje em dia é simplesmente continuar indo que eu sei que futuramente esses problemas tenderão a deixar de existir, o que não pode é ficar parado em casa.

Esses dias a batalha estava indo bem contra o vício, até que hoje eu estava meio dormindo e meio acordado e de repente uma fantasia começou a tomar conta, deve ter durado uns 3 segundos até eu dispersá-la, mas que susto da porra! Deu aquele apertão na região do peito, acho que é a ansiedade alcançando níveis enormes e a vontade veio com tudo durante aqueles poucos segundos. Vocês também sentem esse aperto que parece estar na região do coração quando a vontade de consumir a droga vem?

Por poucos segundos pensei que iria recair, de tão forte que é a porra da vontade. Foi uma sensação horrível, caralho, o que funcionou no caso foi mudar o foco instantaneamente, sem discutir com o cérebro. Isso me serviu de alerta: tenho que arrumar meus horários de dormir e de acordar novamente e devo acordar assim que o despertador tocar, sem enrolar. Estou vacilando um pouco nos hábitos nesses últimos dias porque a luta estava "fácil" e a motivação de fazer meu melhor estava começando a sumir, mas vou voltar a focar de novo.

Seguimos...

Você tem razão é sempre importante fazer pelo menos o mínimo do planejado.

Vou atentar mais para isso daqui em diante e tentar não me super cobrar.

Abraço.

Bom saber que de alguma forma o que eu escrevi reflete o que você já passou e que te ajudei em algo sobre a questão do planejamento. É muito tempo tomando porrada, uma hora aprendemos algumas coisas kkk

Abração!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Broda
Mensagens : 1424
Data de inscrição : 11/12/2015

2 Semanas

em Ter 29 Ago - 23:41
2 Semanas


Fala BROtherhood!

Bom demais? Espero que sim.

Esses dois últimos dias ainda foram um pouco zoados. Atrapalhei demais o horário de dormir (devo ter ido dormir umas 4 nesses dois dias, por sorte não estava mexendo no pc) e estou acordando mais tarde do que deveria. Mas tudo bem, sem me cobrar demais, já sabia que o planejamento inicial poderia sofrer com algumas falhas mesmo, só não posso deixar virar festa. Hoje eu VOU deitar no horário, ainda que eu não sinta sono e fique remexendo na cama durante 3 horas e amanhã eu VOU acordar no horário certo. Tá decidido já.

Os olhares para as mulheres ainda precisam de correção. Ainda me pego com alguma dificuldade para não olhar para partes sexuais, mas estou fazendo avanços, sempre me controlando muito, principalmente para não fantasiar. Aliás, estou ficando craque nisso, meu controle para trocar de foco está ficando bom.

Hoje tive um sonho erótico, engraçado que estou acordando no meio desses sonhos e achando que são fantasias (imagino eu).

Hoje também tive umas conversas muito boas com a menina que eu gosto. É difícil não pensar nela, por mais que eu evite, tamanha a sensibilidade e inteligência. Noto que as minhas paixões no ensino médio eram simplesmente coisa de moleque, fiquei deslumbrado com a beleza das meninas, uma delas me deu um pouquinho mais de moral e eu já fiquei vidradão e noto como que dessa vez o que eu sinto por esse menina é algo muito diferente. Não é pela beleza dela (apesar de achar ela linda), não é porque eu me sinto sozinho/necessitado, não é porque eu não vejo outras oportunidades, não é porque ela me ajuda em muita coisa, mas sim porque eu vejo ela como uma pessoa espetacular e que realmente combina comigo, não é somente aquela mina que você sente uma atração sexual e acha que foder com ela seria tudo. É um sentimento muito mais maduro, hoje em dia não sinto necessidade dela, simplesmente aprecio a presença dela. Não sinto como se eu precisasse dela para continuar vivendo, mas sim que eu ESCOLHO continuar convivendo com ela pois isso me faz bem e isso é muito gostoso. Ainda que no final eu não ficasse com ela, ainda sentiria que tudo isso valeu a pena, porque de certa forma me engrandeceu como ser humano e eu passei a entender melhor os sentimentos.  No final das contas, amadureci de fato.

Claro, por consideração e por uma questão de princípios, ainda quero me recuperar bem mais antes de tentar levar tudo isso adiante, mas já me sinto satisfeito por ter conhecido alguém assim e ter tido o prazer de conviver.

Enfim, chega de baitolagem, última vez que escrevo sobre ela aqui até que eu realmente consiga algo, prometo kkkkkk. Só, sei lá, senti vontade de escrever isso para me lembrar posteriormente, lembrar o que eu estava pensando nessa época da minha vida. É um diário, afinal de contas.

Abraços a todos.


Última edição por Broda em Qua 30 Ago - 15:37, editado 1 vez(es)

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://comoparar.forumeiros.com/t5904-virando-homem (continuação)
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum