Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Respostas aos grandes

em 30/9/2018, 18:34
XikuGuarana escreveu:Relaxa Broda. Não faça nada de cabeça quente.

Concordo plenamente quando diz que o viciado é frouxo e incapaz, pois depois de me masturbar, mas acredito que acontece com todos do fórum, sinto-me extremamente desanimado, como se toda a minha energia fosse embora junto com o sêmen. Enfim, deve ser por isso que era um zumbi na minha adolescência. Mas pelo menos agora sabemos o caminho da libertação.

Por que você não tenta descobrir o porquê deste garoto ser tão ruim na escola? Quem sabe ele está se acabando em farras masturbatórias e, se for o caso, tu poderia dar uns conselhos para ele, no sentido de homem para moleque.

Também concordo com o teu último parágrafo, pois como disse um velho sábio: as palavras convencem, mas o exemplo arrasta.

Enfim, eu iria desejar boa sorte no teu TCC, mas lembrei que tu és o Broda. Então, desejo boa sorte para o professor, já que provavelmente tomará umas porradas se te der uma nota ruim.

Um forte abraço.

Fala Bro!

Sim, a energia sexual sugada para um hábito tão nocivo acaba com nossas energias e ficamos moles.

Bom, eu sei o porquê de ele ser tão ruim. É simples, ele não liga. Quando ele estava prestes a tomar bomba ano passado, ficou claro para mim que ele liga muito pouco, ele não estava dando a devida importância e tipo, eu na situação dele estaria em estado de pânico praticamente, porque ele deixou a situação ficar bem caótica. Não gosta nem um pouco de estudar também, quando estou explicando ele fica viajando algumas vezes, é foda.

Eu tenho um pouco de receio de ficar falando com ele dessa questão de reboot em primeiro lugar porque eu não confio totalmente nele e eu precisaria ter essa confiança para abordar o assunto de forma séria e que realmente fosse mudar o ponto de vista dele, o que iria me expor um bocado, segundo que eu não sei se ele é viciado também, não que você tenha feito isso mas temos que tomar cuidado para não achar que toda e qualquer incompetência que alguém apresente se deva ao fato de ser viciado em P, eu realmente acho que o problema no caso dele é muito mais mentalidade (por isso eu estava brincando com a ideia de ele ser um "vagabundo") do que qualquer outra coisa.

Sobre o professor: kkkkkkkkk.

Valeu por estar acompanhando assiduamente, abração!
mr_reboot escreveu:Parafraseando algum colega o reboot é uma montanha russa de emoções cabe a nos ser firmes pra lidar com elas, mas o caminho para uma vida melhor é claro se distanciar cada vez mais do vício, tu esta indo bem Broda segue firme meu bom!

Valeu demais Bro, o reboot realmente não é uma linha reta de um gráfico indo para cima, mas uma linha que sobe e desce, sendo que no final essa linha se apresentará em um ponto mais alto do que aquele que começamos.

Obrigado por estar acompanhando, abraços!
Rivera escreveu:Olá amigo. Estou passando aqui pra te desejar energias positivas pois faltam menos de 15 dias para você chegar aos 90 dias novamente.
Quais as principais mudanças que você tá sentindo? O vício ainda incomoda?  Depois dos 45 dias é mais fácil controlar?

Abraço

Fala Bro!

Principais mudanças, hmmmm, é meio difícil falar por algumas razões, mas eu citaria a disposição física, já que agora eu dormindo menos descanso mais, aumento do tempo livre, mais disposição e vontade para mudar a minha própria vida e até agora o reboot vem estabilizando bastante meu humor, me sinto bem melhor na maior parte do tempo, antes era um desespero tão grande e uma incerteza quanto ao meu futuro tão sufocante que eu dificilmente ficava totalmente de boas, além de um ganho de virilidade, com uma consciência razoavelmente tranquila.

O pior estágio que existe é essa vida de tentativas, você fica se frustando toda hora e simplesmente parece não sair do lugar, é horrível, na minha opinião é ainda pior do que ficar no vício sem saber que está viciado, porque pelo menos nesse outro caso você está diminuindo sua dor com seu vício e você não tem nem consciência de que está fazendo errado, portanto sua consciência nem te pesa tanto assim.

Minha principal motivação nesse reboot é ter notado que eu já simplesmente não consigo mais aceitar nem fodendo a vida de viciado, simplesmente isso não desce, já tentei desistir e é impossível para mim, então só me resta uma opção obrigatoriamente, porque ficar tentando e recaindo é AINDA PIOR.

Sim, o vício ainda incomoda bastante. Para mim o reboot é como uma pista e nós somos o motorista de um carro muito mal regulado puxando para todos os lados e que é extremamente difícil de dirigir, sendo nossa obrigação ficar corrigindo a direção toda hora, porque é difícil ter um momento em que podemos deixar no automático, se paramos de prestar atenção o carro bate. O reboot é isso, uma grande sequência de correções que não sei se algum dia não precisarei mais de me preocupar em manter esse carro no pista por ele estar suficientemente estável.

O negócio é desenvolver o hábito e essa é a parte mais difícil. O hábito de dizer não tem que estar tão automático que você não precise nem mesmo mais pensar para negar a pornografia, meu hábito ainda não está nesse nível e infelizmente ainda cometo alguns deslizes vez ou outra e coloco o reboot em risco, mas estou conseguindo me manter por causa das constantes correções na direção.

Abraços!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 30/9/2018, 18:53
Turbulência

Fala rapaziada!

Fazendo uma continuidade do que aconteceu desde meu último relato, bem, a minha raiva sumiu completamente e já me sinto mais calmo e controlado na questão de humor.

Essa semana que se passou foi uma semana bem difícil, porque tive caganeira pesadíssima e vômitos em dois dias da semana, mais especificamente na segunda e na quinta, o que fez com que eu perdesse provavelmente uns 4kg, atrapalhando pesado meu objetivo de chegar aos 90kg, para vocês terem ideia, eu já estava pesando uns 88,5 antes disso, eu estava TÃO PERTO, isso está virando uma espécie de jornada do herói já, pois as dificuldades estão realmente fazendo uma grande força na direção contrária e superar isso está sendo foda.

Com esses vômitos estou tendo refluxos ao me deitar e eu senti essa queimação na garganta na sexta ao tentar malhar, estava muito incômodo, esses dias foram tão bostas que eu devo ter ido na academia só umas duas ou três vezes nessa semana. Já fui no médico e acho que estou melhorando, mas tive que comer papinha e diminuir a comilança, o que atrapalhou bastante também, mas fazer o quê né, saúde em primeiro lugar.

Um dia desses tomei um pré-treino com BCAA e fiquei impressionado em como meu rendimento aumentou na academia, você simplesmente não cansa a musculatura, nesse tempo todo malhando nunca tinha tomado nada desse tipo e é praticamente um cheat, dá um gás violento. Pena que no dia seguinte passei mal pra caramba hueuheuheuheuhe, tava doido para ter mais uns treinos com esses roubos, não acho que foram eles que me causaram mal estar, mas sim uma pizza que eu comi nos dias que antecederam os problemas.

O reboot deu uma desestabilizada. Alguns padrões de viciado voltaram a me atacar, minha motivação estava ficando ruim e notei que estava me encaminhando para uma queda. Consegui começar a estabilizar isso ontem, em que fui para um sítio e saí de perto do pc, e hoje que voltei a trabalhar a questão mentalmente novamente.

É impressionante como é fácil sair dos trilhos, mesmo esse tempo todo depois de ter largado a pornografia. A parte boa é que estou conseguindo fazer os consertos no momento certo, mas confesso que senti o meu reboot razoavelmente ameaçado nessa semana. Reboot é foco galera, foco total, se você começar a esquecer que está em reboot antes da hora, você se ferra, sua mente tem que estar o tempo todo trabalhando ao seu favor.

Isso serve de recado para quem está mais ou menos na mesma fase que eu estou no reboot, não tem nada ganho, na minha última tentativa decente tive uma queda aos 85 dias, é só vacilar um pouquinho que você cai no poço de novo.

Por último, consegui entregar meu TCC, acho que faltam muitos consertos ainda, mas está razoavelmente encaminhado. Também consegui voltar a participar decentemente do fórum, postando no diário dos outros, coisa que acho que é praticamente uma obrigação moral que tenho para com vocês, já que sempre obtive muita ajuda nesse espaço. Dessa vez dei prioridade para aqueles membros que já estão na luta há mais tempo mas que eu ainda não tinha deixado uma mensagem para ajudar.

Bção!





_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 530
Data de inscrição : 16/03/2016
Localização : E Corp
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 1/10/2018, 13:48
Fala Broda sobre esse seu problema talvez algum suplemento na linha de enzimas digestivas te ajude, ou então recomendo fortemente a ingestão de fibras meu intestino virou uma maquina depois que eu passei a adicionar farinha de aveia na dieta, todo santo dia na minha vitamina eu coloco uma quantidade moderada isso ajuda demais.

Sobre o reboot assino em baixo o que tu falou, o colega boinador até comentou no meu diário que agente não pode vacilar não importa onde esteja no reboot, mais eu to ligeiro aprendi com vocês galera que chegou longe, sei que esse foco é essencial.

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t3270p25-diario-do-mr_reboot
avatar
Mensagens : 472
Data de inscrição : 11/03/2016
Ver perfil do usuário

Re: Virando Homem

em 2/10/2018, 07:08
Dei umas sumidas violentas do fórum, mas também tenho essa Ideia de que é quase uma obrigação moral estar aqui e mostrar para os outros tudo o que eu aprendi nesses anos aqui e em fóruns/artigos gringos.
avatar
Mensagens : 2310
Data de inscrição : 28/08/2016
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 2/10/2018, 17:25
É bom ver que está melhorando Broda. Mas vá com calma nos treinos por enquanto até descobrir o que causou todo aquele mau estar. Enfim, continue firme no reboot irmão de guerra.

Um forte abraço.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 7/10/2018, 08:11
mr_reboot escreveu:Fala Broda sobre esse seu problema talvez algum suplemento na linha de enzimas digestivas te ajude, ou então recomendo fortemente a ingestão de fibras meu intestino virou uma maquina depois que eu passei a adicionar farinha de aveia na dieta, todo santo dia na minha vitamina eu coloco uma quantidade moderada isso ajuda demais.

Sobre o reboot assino em baixo o que tu falou, o colega boinador até comentou no meu diário que agente não pode vacilar não importa onde esteja no reboot, mais eu to ligeiro aprendi com vocês galera que chegou longe, sei que esse foco é essencial.

Fala!

"meu intestino virou uma maquina depois que eu passei a adicionar farinha de aveia"

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Me parece uma boa ideia Bro, vou dar uma vista nesse lance de farinha de aveia, valeu pela sugestão!

Reboot é foco o tempo todo, vacilou rodou!

Abraços!

Atirador Nordestino escreveu:Dei umas sumidas violentas do fórum, mas também tenho essa Ideia de que é quase uma obrigação moral estar aqui e mostrar para os outros tudo o que eu aprendi nesses anos aqui e em fóruns/artigos gringos.

É isso ae Bro, temos que sempre ajudar os outros, uma mão lava a outra!

Abração!

XikuGuarana escreveu:É bom ver que está melhorando Broda. Mas vá com calma nos treinos por enquanto até descobrir o que causou todo aquele mau estar. Enfim, continue firme no reboot irmão de guerra.

Um forte abraço.

O mal-estar já passou e estou me sentindo bem melhor, valeu pela preocupação, grande abraço!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 7/10/2018, 08:44
Supimpa

E ae jovens! Como é que tá essa força?

Melhorei desde o último relato em tudo e estou malhando normalmente novamente. Essa última semana foi corrida para um caraleo, tive várias provas e trabalhos para entregar e alguns exames para fazer. Fiz um exame de testosterona que eu pedi para um clínico geral me passar, só por curiosidade mesmo para ver quanto que eu tinha e ter uma noção de quanto potencial eu teria no treino e em outras atividades.

Numa escala padrão que variava entre 164,9 a 753,3 no laboratório que fiz, meu resultado deu 571,2, sendo que eu tinha dormido mal de um dia para outro (aliás, dificilmente eu durmo muito bem durante a semana), mas de toda forma está bem de boa.

Um dado que eu acho interessante, para uma galera aqui do fórum meio fanática com ereções matinais, mesmo com minha testo completamente normal e com esse tempo todo de reboot, eu raramente acordo duro e isso não tem tanto a ver com baixa testosterona e nem mesmo com o vício, como podem notar.

Então uma dica que dou é para que fiquem tranquilos e parar de noia quanto a esse ponto, ausência de ereções matinais NÃO É UM SINAL DE QUE VOCÊ ESTÁ MAL, não se balizem somente por este ponto.

Aliás, outro dado interessante, muitas das vezes que eu acordava ereto era um dia após recair (curioso, não?) e muitas outras era quando estava com uma vontade tremenda de mijar.

Bom, mudando de assunto, atualmente tenho uns 95% de certeza que eu me viciei não porque era uma maneira de fugir da vida e lidar com as dores, mas simplesmente por causa de uma combinação de tédio e sono.

Praticamente sempre fui um cara bem feliz, vida tranquila e em grande parte muito estável. Outra questão que é muita levantada aqui no fórum é que muita gente vicia por causa de uma vida muito merda, tristeza, depressão, etc. Eu acho que o vício no meu caso ocorreu por outras razões, porque eu noto que além desses outros fatores praticamente não existirem na minha vida, os momentos em que eu mais sinto vontade de ver pornografia é quando estou absolutamente sem nada para fazer após longos períodos de tempo fazendo várias atividades no pc e com sono.

Isso aconteceu ontem. Fiz uma prova em grupo pelo pc, um amigo meu deu bolo ontem e acabou que não saí de casa, portanto continuei fuçando em outras coisas.

Depois de um certo ponto, depois de ter visto todas as noticias e vídeos que canais que acompanho para me manter atualizado, de repente fiquei sem nada para fazer e sem vontade nenhuma de fazer qualquer coisa que fosse, pois além de tudo fui ficando com sono também, sentindo a cabeça cansada.

Daí surgiu aquela vontadezinha de me afundar em pornografia. Entretanto, resolvi pesquisar sobre tédio e vi uma coisa interessante:

“Nossos smartphones transformaram-se em uma ferramenta que oferece uma satisfação curta, rápida e imediata”, disse um dos autores ao site Medical Xpress. “Nossos neurônios são ativados e a dopamina é liberada, e ao longo do tempo isso nos faz adquirir um desejo de resposta rápida e satisfação imediata. Esse processo contribui para que tenhamos períodos de atenção mais curtos e nos torna cada vez mais propensos ao tédio”.

Apesar de ser algo normal (e algumas vezes até servir de combustível para novas ideias), esse sentimento, em excesso, pode ser prejudicial. “Os entediados crônicos estão em maior risco de dependência de drogas, alcoolismo e jogo compulsivo”, explica o professor e pesquisador Shahram Heshmat, do departamento de Saúde Pública da Universidade de Illinois em Springfield.

Bacana, não? Basicamente, ficar mexendo muito com internet te deixa com um desejo de resposta rápida e satisfação, e adivinha o que fornece essas duas coisas facilmente...

Bom, aproveitei que estava com sono e fui dormir, acordei cedão hoje e hoje, meus amigos, é dia de exercer minha cidadania, votar consciente e blá blá blá. Vamos ver se muda algo, andei fazendo campanha para uma galerinha aí, tomara que tenhamos uma renovação.

Bom domingo para vocês.

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 530
Data de inscrição : 16/03/2016
Localização : E Corp
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 7/10/2018, 18:28
- Bacana, não? Basicamente, ficar mexendo muito com internet te deixa com um desejo de resposta rápida e satisfação, e adivinha o que fornece essas duas coisas facilmente...

Assino em baixo essa sua frase por isso tenho usado com muita objetividade principalmente se vejo que estou suscetível a fissuras, continua firme meu bom esta tirando de letra!

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t3270p25-diario-do-mr_reboot
avatar
Mensagens : 16
Data de inscrição : 08/10/2018
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 9/10/2018, 01:22
Opá Broda!

Rapaz, eu estava pensando na mesma coisa essa semana! Já li vários relados relacionando o vício a suprir um solidão, tristeza, tédio, etc... Mas, no meu caso eu não me identifico como nenhum desses. Nem quando eu estou sem fazer nada!  Neutral  

[quote="Broda"][justify]
Supimpa


Bom, mudando de assunto, atualmente tenho uns 95% de certeza que eu me viciei não porque era uma maneira de fugir da vida e lidar com as dores, mas simplesmente por causa de uma combinação de tédio e sono.

Praticamente sempre fui um cara bem feliz, vida tranquila e em grande parte muito estável. Outra questão que é muita levantada aqui no fórum é que muita gente vicia por causa de uma vida muito merda, tristeza, depressão, etc. Eu acho que o vício no meu caso ocorreu por outras razões, porque eu noto que além desses outros fatores praticamente não existirem na minha vida, os momentos em que eu mais sinto vontade de ver pornografia é quando estou absolutamente sem nada para fazer após longos períodos de tempo fazendo várias atividades no pc e com sono.

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1402
Data de inscrição : 12/06/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 10/10/2018, 21:12
Fala, Broda!

Quatro dias pra rufar os tambores kkkkkkkk

Abração bro

_______________________________________
De pé e lutando.
diário: http://www.comoparar.com/t1157-25-soli-deo-gloria-reinicio





"No sentido mais verdadeiro, a liberdade não pode ser concedida; deve ser alcançada"
Roosevelt
avatar
Mensagens : 2310
Data de inscrição : 28/08/2016
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 12/10/2018, 11:51
É bom saber sobre este estudo que relaciona prazer (dopamina) com o uso de internet, pois assim temos uma explicação clara do por quê devemos ter atividades no mundo real. Enfim, parabéns pelos 88 dias de reboot. Está indo bem Broda, continue assim que é só sucesso.

Um forte abraço.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 12/10/2018, 19:21
mr_reboot escreveu: - Bacana, não? Basicamente, ficar mexendo muito com internet te deixa com um desejo de resposta rápida e satisfação, e adivinha o que fornece essas duas coisas facilmente...

Assino em baixo essa sua frase por isso tenho usado com muita objetividade principalmente se vejo que estou suscetível a fissuras, continua firme meu bom esta tirando de letra!

Muito bom meu jovem, continua nessa pegada, abração!

Valeu pela força!

Sr_023 escreveu:Opá Broda!

Rapaz, eu estava pensando na mesma coisa essa semana! Já li vários relados relacionando o vício a suprir um solidão, tristeza, tédio, etc... Mas, no meu caso eu não me identifico como nenhum desses. Nem quando eu estou sem fazer nada!  Neutral  

Deixa eu ver se eu entendi, você acha que o seu vício não foi alimentado por nenhuma dessas fontes?

Cara, é improvável, normalmente um vício é um sinal de desajuste, é relacionado a algum ponto que você não está sabendo lidar muito bem. Às vezes é difícil dizer com certeza, eu mesmo só fui entender bem que meu problema era tédio e sono não faz muito tempo.

Para conseguir ler o que está nas entrelinhas às vezes é necessário ter um pouco de paciência e ser um excelente observador de si mesmo, se colocando como se fosse uma terceira pessoa observando seus próprios padrões e com o tempo você começa a entender exatamente onde começa a recaída, entendendo como você funciona.

Você ainda chega lá, se esforce muito para se tornar muito consciente, porque você, como todos nós, certamente tem vários padrões relacionados ao vício e isso é importante ser observado!

Abraços!
Soli Deo Gloria escreveu:Fala, Broda!

Quatro dias pra rufar os tambores kkkkkkkk

Abração bro

Vamo que vamo, abração!!!
XikuGuarana escreveu:É bom saber sobre este estudo que relaciona prazer (dopamina) com o uso de internet, pois assim temos uma explicação clara do por quê devemos ter atividades no mundo real. Enfim,  parabéns pelos 88 dias de reboot. Está indo bem Broda, continue assim que é só sucesso.

Um forte abraço.
[/quote]

Bacana ver que gostou do estudo, obrigado pela força, abraços!!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 12/10/2018, 20:14
Reflexões

Sobre o Processo lll

Fala pessoal!

Bom, estou cada vez mais perto de cruzar a linha de chegada. Impressionante, começo a escrever aqui e me emociono um pouco com a jornada. Tanto tempo me fodendo e cá estou eu de novo, pronto para atravessar para a outra margem do rio. Felicidade imensa.

Vamos ao que interessa, algumas ideias que vim a entender mais recentemente e que acho que podem ajudar muito vocês, na continuação de uma série que começou na página 21 desse diário.

Outro dia desses acordei com uma vontade tremenda de voltar para o Tinder e para o Badoo. Imagino que vocês já conheçam, são sites/apps de relacionamento, no meu outro reboot, quando já estava com uns 80 dias, decidi voltar a mexer com esses negócios.

Imediatamente comecei a sentir um aperto no peito, uma ansiedade que eu sinto quando tem alguma coisa bem errada acontecendo. Então parei para observar aquele sentimento, o porquê de estar daquele jeito. Passei um tempo analisando.

Aqui vai a primeira dica para o pessoal que está com dificuldades no reboot e na vida como um todo: comecem a escutar seus corpos. Eles estão falando com vocês, dando sinais CLAROS de que tem algo errado, se você se concentrar um tempinho para tentar compreender a mensagem que o seu corpo está tentando passar, pode ser que você consiga fazer alguma coisa a respeito. Só de entender a fonte do sofrimento isso já te dá meios de agir em cima. Inclusive para evitar recaídas é muito importante interpretar a mensagem, pois muitas vezes seu corpo dá um sinal vermelho antes da sua consciência apitar.

Depois de gastar um tempo tentando entender aquele sentimento ruim, notei que era ansiedade por sexo. Eu estava começando a ficar sedento para transar o quanto antes e meus instintos animais estavam aos poucos começando a tomar conta da minha racionalidade, assim como aconteceu no outro reboot em que joguei tudo pelo ralo.

Notei que não estava sendo capaz de lidar com a vontade de me saciar o quanto antes e comecei a notar que aquilo poderia ser perigoso e isso me levou ao seguinte ponto: eu tinha que tomar uma decisão. Voltar para os aplicativos, me arriscar muito e correr o risco de me expor a gatilhos pesados, além de ficar numa sanha por sexo (que é isso que esses aplicativos fazem com você enquanto você não consegue ir em um encontro) ou poderia tentar um caminho diferente dessa vez.

Decidi que vou tentar o outro caminho. Mas, para tanto, foi necessário mudar minha forma de enxergar sexo e relacionamentos.

Vejo que talvez para iniciar o reboot talvez não seja necessário mudar seu modo de enxergar o sexo, mas para mantê-lo, isso com certeza é necessário. Durante a maior parte da minha vida, após a puberdade, passei a vida enxergando sexo como um fim em si mesmo, eu queria era transar, não importando muito a outra pessoa. Sexo se tornou uma obsessão que muito me fez mal durante minha vida. Talvez isso fosse um reflexo da minha forma de enxergar a masturbação, pois minha vontade era somente ver a pornografia, eu não estava ligando muito para o orgasmo ou para desfrutar as sensações. Eu só queria ver mais e mais, podia ficar horas me masturbando segurando o orgasmo só para continuar vendo aquele monte de falsidade.

É uma forma de enxergar as coisas que te torna um estúpido, porque você passa a não ser mais capaz de conceber um relacionamento como uma série de passos e o sexo como uma mera consequência, o sexo se torna o objetivo primordial que passa a guiar todas suas ações e isso impede que você tenha sentimentos realmente genuínos como carinho, afeto, cuidado, etc. De certa forma, é um gigantesco impeditivo de um relacionamento saudável, essa minha forma de enxergar tudo aliada à pornografia mataram temporariamente minha capacidade de sentir qualquer sentimento que fosse realmente puro por outra pessoa do outro sexo.

Se seu foco de vida se torna tão somente sexo, essa mentalidade gerará fantasias o tempo todo e vai te manter um retardado emocional, se torna impossível criar um nível um pouco maior de conexão.

A receita de bolo para recair é essa: essa mentalidade gera a vontade, a vontade gera doses grandes de ansiedade, seu corpo passa a se preparar para algo que não sabe se vai acontecer através das fantasias, e como de fato muitas vezes não acontece, essa ansiedade vai te consumindo até se expressar na PMO. Basta ler vários diários por aí e notar esse padrão.

Essa mentalidade é um dos maiores impeditivos de um reboot de longo prazo a meu ver, de tal forma que você estará o tempo todo fugindo de fantasias, fazendo esforços cabulosos para não olhar o corpo de mulheres com tentação e sua vida se tornará simplesmente segurar, não superar de vez.

Essa mentalidade a longo prazo corrói seu cérebro, destrói sua capacidade de sentir amor e qualquer outro sentimento bom que seja.
Você se rebaixa a um nível meramente animal e nem mesmo suas necessidades animais serão bem atendidas, porque as pessoas que você interage não são movidas somente pelo sentido sexual e porque uma pessoa que tem como grande meta da vida dela sexo não pode jamais se sentir satisfeita, assim como acontece com qualquer outra sensação, tudo passa e o que fica é aquilo que você cultivou de verdadeiro.

Depois de mudar essa forma de enxergar essa questão, está mais fácil evitar olhar de forma inapropriada para as mulheres, desviar das fantasias e qualquer outro gatilho, porque agora não é somente o reboot, isso tudo que venho falando com vocês está se tornando o que eu REALMENTE sou, de tal forma que cada vez menos tenho que ficar brigando comigo mesmo. Estou entrando em consenso com minha parte racional e com aquilo que eu acredito ser uma forma mais humana de enxergar a vida.

Não que eu tenha desistido da ideia de sexo ou qualquer coisa assim. O que mudou é que agora quero que sexo seja uma mera consequência de algo maior que eu esteja construindo com outra pessoa, com um sentimento real de cumplicidade e, porque não, amor.

Se não for para ser assim, é melhor voltar para os pixels pornográficos, começar a ir em prostitutas, marcar para sair com as mulheres mais nada a ver possíveis e guiar minha vida pensando na próxima oportunidade de esvaziar, sendo massacrado por uma ansiedade enorme e uma sensação de incompletude infinita.

"Mude o modo que você olha para as coisas, e as coisas que você olha mudarão." Wayne Dyer

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Mensagens : 2310
Data de inscrição : 28/08/2016
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 13/10/2018, 08:03
Primeiramente, parabéns pelos 89 dias de reboot.

Ainda bem que optou "pelo outro caminho", pois sabemos que não é recomendado o uso destes aplicativos já que possui muitos gatilhos e também por que estamos escolhendo um meio que não permite contato real - pelo menos inicialmente. O que acaba, de certo modo, não desenvolvendo nossas habilidades de socialização.

Uma das coisas que a pornografia reforça é a objetificação da pessoas, já que quando vemos esse material não nos importamos com os atores, nem tampouco aprendemos como é o sexo real, que envolve dois seres humanos, algo bem diferente da masturbação solitária.

É bom ver que está se desenvolvendo, tornando uma pessoa melhor, principalmente dentro da tua cabeça.

Certa vez um velho sábio da montanha disse: quando muda a mente munda tudo.

Um forte abraço.
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 13/10/2018, 17:57
XikuGuarana escreveu:Primeiramente, parabéns pelos 89 dias de reboot.

Ainda bem que optou "pelo outro caminho", pois sabemos que não é recomendado o uso destes aplicativos já que possui muitos gatilhos e também por que estamos escolhendo um meio que não permite contato real - pelo menos inicialmente. O que acaba, de certo modo, não desenvolvendo nossas habilidades de socialização.

Uma das coisas que a pornografia reforça é a objetificação da pessoas, já que quando vemos esse material não nos importamos com os atores, nem tampouco aprendemos como é o sexo real, que envolve dois seres humanos, algo bem diferente da masturbação solitária.

É bom ver que está se desenvolvendo, tornando uma pessoa melhor, principalmente dentro da tua cabeça.

Certa vez um velho sábio da montanha disse: quando muda a mente munda tudo.

Um forte abraço.

Valeu Bro!

Boas palavras, corrobora com o exposto e mostra um bom grau de conhecimento.

Obrigado por estar acompanhando, abração!


_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 13/10/2018, 18:10
O Rufar dos Tambores

Relato pequeno agora. Prometo.

Poucas horas para cruzar a barreira, que até não muito tempo atrás parecia completamente intransponível.

Saí para comprar 3 sapatos, tava precisando e é um presente para mim mesmo.

Bati minha meta de peso, terminei meu bulking e cheguei aos 90kg. Demorou mas chegou, meu braço chegou aos 38 frio e sem fazer força, 100% natural. Agora é só cutting e cortar tudo, pois eu já tenho toda a pedra necessária para esculpir A obra-prima kkkk

Vou comprar um espumante para explodir e comemorar tudo isso com meus amigos. Esse final de semana é de festa!

Amanhã posto um relato mais detalhado, abração e obrigado a todos que acompanharam essa jornada, valeu demaaaais!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Mensagens : 651
Data de inscrição : 11/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 13/10/2018, 20:07
AI SIM MANO , ACADEMIA REALMENTE PARECE QUE TRANSFORMA VIDAS BRODA E ISSO AI , FLW MANO , FORTE ABRACO AI

_______________________________________




avatar
Mensagens : 2034
Data de inscrição : 22/07/2016
Idade : 20
Localização : Malibu - California
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 13/10/2018, 22:07
Pera ai, o que tá acontecendo?

Tenho a impressão que foi ontem que você estava no ciclo de recaídas, ai eu pisco e você já está prestes a concluir o reboot (Tá usando hack né?).

Mas se você está achando que vou te parabenizar e te fazer um textão, você meu amigo... está ERRADO. 1º) Porque não é o seu aniversário e 2º) Porque você ainda não fez o relato de 90 dias - E a respeito desse relato: Tô esperando um bagulho épico viu, quero ver um relato pica grossa mesmo (nivel Broda de qualidade) - estou colocando mais expectativa no seu relato de 90 dias do que coloquei no filme da Guerra Infinita huehue.

Grande abraço.
É nois.

_______________________________________
Diário

Parte I >http://www.comoparar.com/t3592-stark-going-beyond
Parte II >http://www.comoparar.com/t6475-diario-de-um-vingador
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 14/10/2018, 16:10
Romano1500 escreveu:AI SIM MANO , ACADEMIA REALMENTE PARECE QUE TRANSFORMA VIDAS BRODA E ISSO AI , FLW MANO  , FORTE ABRACO AI

kkkkk, isso mesmo, academia é o que há!

Abração Bro!

Stark escreveu:
Pera ai, o que tá acontecendo?

Tenho a impressão que foi ontem que você estava no ciclo de recaídas, ai eu pisco e você já está prestes a concluir o reboot (Tá usando hack né?).

Mas se você está achando que vou te parabenizar e te fazer um textão, você meu amigo... está ERRADO. 1º) Porque não é o seu aniversário e 2º) Porque você ainda não fez o relato de 90 dias - E a respeito desse relato: Tô esperando um bagulho épico viu, quero ver um relato pica grossa mesmo (nivel Broda de qualidade) - estou colocando mais expectativa no seu relato de 90 dias do que coloquei no filme da Guerra Infinita huehue.

Grande abraço.
É nois.

Faala!

Usei cara, descobri os hacks do reboot perfeito kkkkkk, tô todo cheatado agora e tá tudo tranquilo. Como diria uma tirinha que eu vi do Simpsons uma vez: "Life is easy, you suck" kkkkkkkkkkkkkkk

Relato de 90 dias terá, o que não terá por enquanto será uma publicação no Histórias de Sucesso, dessa vez porque eu acho que eu vou conseguir uns sucessos muito grandes em breve e que tem de constar no relato completo.

Valeu pela aparição ae meu grande Bro, estarei te esperando no pódio que eu sei que você ainda chegará lá de novo!

Abração!

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1819
Data de inscrição : 11/12/2015
Ver perfil do usuário

Rampage

em 14/10/2018, 18:07
Em 18/04/2016, ou seja, 2 anos, 6 meses e 4 dias atrás, eu consegui pela primeira vez e única vez (até o dia de ontem), cumprir o reboot.

Naquele tempo, meu outro diário começava com: I'TS GOING TO BE LEGEN- WAIT FOR IT...

E nesse dia de 2016 eu completei com ...DARY! LEGENDARY!

Agora chegamos a um problema. Se a primeira vez foi LEGENDARY, o que essa vez terá sido?

LEGENDARIER

UAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

CARALHO BICHO EU CONSEGUI FAZER ESSA PORRA PEGAR FOGO DE NOVO!

Passou tanto, mas tanto, mas tanto tempo, que é realmente impressionante que eu tenha conseguido repetir o feito. Eu acho que posso dizer que sou o sujeito mais insistente que conheço.

Eu passei por todas as fases possíveis e imagináveis nesse meio tempo. Nesses meus quase três anos de fórum eu testei de tudo, tentei das mais diferentes formas, fiz todas as cagadas que todo mundo já fez, sofri tudo que dava pra ter sofrido, chorei diversas vezes, pensei em desistir em algumas oportunidades, enfim, APRENDI muito e eu digo que nem todas aquelas experiências foram necessárias, mas de toda forma elas formaram o que eu sou hoje em dia, um cara extremamente difícil de se derrubar e extremamente focado no essencial.

Vamos fazer uma retrospectiva do que eu acho mais importante para entender minha trajetória no reboot desde a primeira vez que consegui até agora:

18 de Abril de 2016 -> Completo o reboot, animadão, acho que tá tudo bem, que estou praticamente curado.

Final de abril de 2016 -> Tenho uma das quedas mais dramáticas e desanimadoras de todas, um dos momentos mais difíceis pelos quais já passei.

De Maio até Outubro de 2016 -> Tamanha a decepção, sucumbo completamente ao vício, período onde eu aprendi que desistir nunca seria uma opção, pois era simplesmente impossível deixar de lado o que aprendi aqui, minha consciência já não me deixava em paz.

Outubro de 2016 até Dezembro de 2017 -> Período de infinitas tentativas e recaídas, tentei absolutamente de tudo e acabo o meu ano de 2017 com uma sensação de que tinha sido o pior ano da minha vida. Passei a virada de ano em uma reflexão profunda sobre como tinha sido capaz de jogar um ano da minha vida no lixo e isso fez com que eu determinasse uma obrigação moral de fazer 2018 ser um ano que valesse a pena ser vivido. A única coisa que passava na minha cabeça era: "Cara, não tem como fazer pior, porque eu já estou no mais absoluto fundo do poço, ou eu saio daqui ou minha vida acabou."

Início de 2018 -> Determinado a sair do buraco, resolvi que ia fazer desse ano um ano infinitamente melhor do que o ano passado. Passei por algumas experiências que me amadureceram muito, aprendi muita coisa e comecei a me tornar o cara que seria capaz de chegar até aqui.

Maio de 2018 -> Chego aos 85 dias de reboot. Bato na trave, mas a bola não entra. A diferença? Dessa vez não fiquei chorando igual um menininho, vi que tinha aprendido coisas extremamente importantes para manter o reboot e os meus erros me mostraram o caminho.

Julho de 2018 -> Após últimas batidas de cabeça na parede, refaço os passos de quando quase consegui e dou início a este reboot.

16x. Dezesseis foi o número de dias que recaí esse ano. Dezesseis dias desperdiçados, sabe em quantos? Até esse momento, 286 dias. Foram 270 dias, ou seja, 9 meses só me recuperando e me esforçando para fazer direito o que deveria ser feito.

Eu gosto de trazer essa perspectiva pois pode ser que você esteja em fase ruim, como já estive, mas não seja capaz de enxergar tudo. Não foram somente esses três meses de recuperação que constam nesse meu contador, foram outros seis de empenho e dedicação que não poderiam ser esquecidos ou apagados só porque eu cheguei até aqui agora. O passado é importante e ele nos mostra uma realidade que às vezes não somos capazes de apreender completamente só prestando atenção no agora.

Bom, vamos tratar da parte que realmente importa muito para grande parte de vocês. Como?

Como que um cara que passou dois anos e meio só se fodendo foi capaz de chegar aqui? O que mudou?

O reboot, como o próprio Projeto já deixou claro algumas vezes, é um todo indivisível. Não tem como você fazê-lo funcionar negando alguma parte desse todo, mas dentro dessa consideração dele, gostaria de destacar que algumas partes desse todo têm maior impacto do que outras.

Para mim o reboot hoje em dia pode ser dividido nas seguintes partes, que são diferentes dos passos do reboot que o Projeto propõe, mas é somente uma outra forma de enxergar um mesmo fenômeno, uma diferente perspectiva de uma mesma estrutura.

1º- Conhecimento
2º- Mentalidade
3º- Foco/Motivação
4º- Insistência + Consciência = Consistência, ou "persistir com método e inteligência."


Vou fazer um resuminho do que penso desses pontos, tenho muito mais coisas para falar sobre, mas para não deixar ainda mais extenso, vamos tratar do mais imediato e principal:

Conhecimento: Básico. Se você não entende o mínimo do que é um reboot, do que são gatilhos e de como funciona seu cérebro, é altamente improvável que você vá sequer passar de dois meses. Serão necessárias muitas recaídas até entender direito muita coisa, então é melhor estudar para já se prevenir e começar em um ponte mais distante do que começaria algum desses caras desses movimentos de "Mês X No Fap", ou seja, dos modinhas e dos que são somente simpatizantes. Isso aqui é sério, tem toda uma ciência por trás e mesmo com todo esse conhecimento ainda é difícil para caralho. Não seja um ignorante, não menospreze o valor do conhecimento do e-book e do fórum. A seção de dúvidas daqui era uma prova de como tem muita cara que não cumpre nem esse requisito.

Mentalidade: acho que não deve existir muitas dúvidas de que você tem que pensar como vencedor, pois quem acha que já perdeu antes mesmo de ir para a guerra já foi derrotado internamente, o que acontecer daí adiante é só mera consequência. Entretanto, esse pensar como vencedor é só uma parte do todo que é a mentalidade certa para vencer. Um vencedor não joga para vencer por pouco, o cara que se prepara tem que estar pronto para vencer de lavada, nisso é importante começar a pensar no reboot em um nível bem diferente do que a maioria das pessoas encara o experimento. Se você é o cara que sua preocupação começa quando você esbarra em um gatilho, você já está errado. A mentalidade mais certa de que te levará adiante no reboot é a mentalidade de PREVENÇÃO, antes prevenir do que remediar e isso vai além do que ter somente um bloqueador, é verdadeiramente uma forma nova de enxergar o como lidar com os riscos. Em um momento oportuno lá na frente colocarei uns textos sobre isso, apesar que alguns já podem ser encontrados espalhados no meu diário, muitos com títulos como "Sobre o processo".

Foco/Motivação: O diferencial que falta para um cara que está há muito tempo tentando, normalmente. Estar motivado para mim, hoje em dia, é estar com o seu objetivo como foco principal durante todo seu dia. É gastar um tempo logo na hora que acordar para pensar sobre o assunto, para refletir sobre erros cometidos no dia anterior, enfim, colocar sua mente, que é a coisa mais poderosa que existe, para trabalhar a seu favor. Essa motivação é obrigatória para resistir aos primeiros dias, pois é ela que alimenta sua força de vontade para resistir a fissuras em níveis estratosféricos. Lembre-se: tudo que você foca se expande

Consistência: Ser aquele filho da puta que não desiste nunca, não importa quão ruim esteja, mas aquele cara que não fica só insistindo. Insistir é bater na mesma tecla, repetir toda hora o mesmo trajeto. Isso é burrice. Persistir, por outro lado, seria mais adequado, seria continuar tentando por outros caminhos se os já tentados anteriormente se provarem errados. Consistência é saber quando insistir em um ponto já descoberto como importante e quando procurar outros caminhos, é continuar tentando só que CONSCIÊNCIA, fazendo análises constantes de si mesmo, das recaídas, do cenário, do seu momento de vida, enfim, saber o que está acontecendo com você e tentar novamente com mais inteligência.

Se você recaiu e não sabe o que aconteceu, está na hora de começar a desenvolver esse lado. Se você está sentindo alguma coisa estranha e não consegue expressar em palavras o que está acontecendo, você também precisa desenvolver mais consciência sobre si mesmo.

Esse ponto é extremamente importante, pois só lendo o reboot e seguindo os passos que estão lá você ainda assim, muito provavelmente, enfrentará algumas quedas. Experiência de um cara que já leu os e-books, tanto o primeiro quanto o segundo que é mais explicado, umas seis vezes, além de ter vistos as palestras do Gary Wilson e muito mais coisa. Isso tudo é insuficiente para garantir que você nunca mais vá recair, mesmo aplicando tudo certinho, por uma razão muito simples: não existe receita de bolo. Você é completamente diferente de mim e diferente de todos os outros, você tem sua individualidade e, ao mesmo tempo que isso é muito bom, isso também é um problema nesse nosso caso, pois o que um fez e que funcionou para ele dificilmente bastará para você. Você precisará de todos esses conhecimentos e eles têm um valor indescritível ao te darem uma base, mas ainda assim vai depender de uma boa dose de conhecimento de si mesmo para vencer a pornografia. Tem coisas que são específicas do seu caso e que só você será capaz de dar as respostas mais adequadas e são justamente essas que serão a garantia de um reboot duradouro.

Acho que isso é o principal por agora. Não quero ficar falando de "benefícios" porque eu acho que isso alimenta uma mentalidade muito ruim de quem acaba de chegar no fórum normalmente tem, que é de ficar buscando uma vida "muito foda", "comer todas", "disposição infinita" e um monte de outras irrealidades, mentalidade essa desenvolvida principalmente por alguns posts no Histórias de Sucesso que, de certa forma, fazem muito sensacionalismo com a questão. Para fazer o reboot você tem que se livrar dos seus planos de adolescente e começar a enxergar o mundo como ele realmente é e entender e, mais do que isso, aceitar que o reboot não te dará benefícios infinitos assim como nenhuma outra coisa te dará, o que pode mudar definitivamente os seus resultados é uma mudança interna profunda de quem você verdadeiramente é, não um ou outro fator isolados.

Sua vida vai melhorar, mas é aos poucos e tudo vai depender muito mais do que você está fazendo com esse tempo livre da pornografia do que somente os efeitos da abstinência em si. Esqueça super poderes, pense em vida normal, saúde, felicidade e maturidade.

Por fim, um recado aos meus antigos de fórum, que estão aí tentando faz tanto tempo e que estão vivendo fases difíceis com várias recaídas, bora para um clichê absolutamente verdadeiro: "Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez." (Thomas Edison). Vejam o que eu consegui depois de tanto tempo tentando, chega um ponto que parece que é impossível, que parece que não vai "clicar" nunca mais e que você está fadado ao fracasso eterno. Uma hora o jogo vira se você tiver muita consistência, no meu caso demorou dois anos e meio e quer saber de uma coisa? Foda-se. Valeu a pena pra caralho, cada tristeza, cada lágrima, cada dor, tudo isso foi recompensado com uma vitória sobre minha maior dificuldade. Eu venci a mim mesmo e, como diria Platão, essa é a mais nobre das conquistas.

Se você consegue isso não há mais limites parceiro. O que eu desejo para você é isso: Conquista sobre si mesmo.


Última edição por Broda em 15/10/2018, 20:01, editado 2 vez(es)

_______________________________________


Meu diário I -> http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II -> http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
avatar
Mensagens : 1953
Data de inscrição : 26/04/2017
Idade : 16
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 14/10/2018, 22:38
Parabéns Broda! Sempre iluminando Caminhos! Obrigado pelas dicas e esse Relato! Tu tem Futuro Longo man, Bora Geral vencer esse Male!


Att.
Vysk

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 267
Data de inscrição : 17/02/2018
Idade : 27
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 15/10/2018, 10:29
Parabéns Broda!

_______________________________________





META INICIAL: 50 DIAS
HISTÓRIA DE SUCESSO: 500 DIAS

DIÁRIO

http://www.comoparar.com/t7659-diario-do-king-of-jungle
avatar
Mensagens : 161
Data de inscrição : 10/04/2018
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 15/10/2018, 11:58
Parabéns Broda. Belo texto que você escreveu.

Eu estou numa mistura de recaídas e se vai valer apena o reboot. Quando entrei eu disse que meu maior objetivo era perder o BV ( sim, quão fútil isso é, mas que pra mim tinha um significado enorme) e consegui. Mas agora estou vendo o reboot de uma nova forma e é muito mais que isso. É evoluir, é você se tornar uma pessoa melhor que era ontem.

Eu estou preso no estágio 3. Eu consigo entender o que é reboot, sei basicamente as "fórmulas" que deve se seguir para que consiga o máximo de dias possíveis, mas ainda falta motivação. É aquele desejo de motivação, que aparece as vezes logo após uma recaída e se esvai ao passar dos dias.

Continue relatando no seu diário após os 90 dias por favor. Alguns somem depois de tal marca e nós não sabemos o quão bem eles estão ou mal eles estão.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 252
Data de inscrição : 18/11/2016
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 15/10/2018, 12:40
Parabens guerreiro!! Lembro de quando eu entrei no forum e te vi na sua pior fase do reboot, caindo diversas vezes mas nunca desistindo e sempre foi um exemplo de superação. Sabia que voce iria conseguir Broda, agora nos espera no hall da fama que eu to chegando hahahahaha

_______________________________________





Meu  diário: http://www.comoparar.com/t4205-o-inicio-da-saga
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 530
Data de inscrição : 16/03/2016
Localização : E Corp
Ver perfil do usuário

Re: Not a boy, Not yet a Man

em 15/10/2018, 13:48
Parabéns Broda me inspiro muito na sua perseverança quero chegar no final do ano fazendo bonito também!

_______________________________________


Meu diário: http://www.comoparar.com/t3270p25-diario-do-mr_reboot
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum