Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 27/2/2018, 14:01
HOCD tá intimamente ligado à insegurança.

Uma das consequências do vício em PMO é justamente aumentar a insegurança.

Ou seja, PMO piora o HOCD, mas não é causa, motivo, razão nem circunstância.

Você deixou claro que tá vivendo num mar de insegurança, e isso o vício vai tornar ainda pior. Você não tem crise de identidade sexual, o que você tem é medo. Medo de ser algo considerado uma perversão ou até mesmo uma abominação pela sociedade.

Travestis, em sua grande maioria, se identificam com muita força com o gênero oposto desde cedo, já na infância. Claramente não é o teu caso.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/03/2018
Ver perfil do usuário

HOCD originado numa Repreensão dos Pais

em 8/3/2018, 14:36
Reconheço meu HOCD desde pequeno, por volta dos 08 anos, talvez. Tudo começou quando recebi uma repreensão de meus pais por querer tomar banho com um primo, o que é normal. Meninos quando criança se identificam com outros meninos e tomar banho era só uma forma de estar próximo, nada de sexual. Mas meus pais, com medo de uma possível homossexualidade, cuidaram logo de repreender e me colocar numa conversa completamente desnecessária. Tudo mudou na minha cabeça desde esse momento. Desde então sempre me comportei para garantir uma imagem de homem, "não veado". Hoje tenho 38 anos, só me relacionei com mulheres. Tive várias namoradas e adoro o corpo das mulheres e me sinto muito atraído por mulheres bonitas.

Contudo, a pornografia e revistas masculinas sempre fizeram parte da minha vida desde os 12 anos. Ficava bastante excitado quando via mulheres nuas e pornografia heterossexual. Os pensamentos obsessivos começaram a ficar frequentes quando eu tinha cerca de 16 anos. De lá para cá, eles sempre moldaram a minha vida. Encontrava na pornografia a certeza de que tinha atração somente por mulheres. O meu vício veio a partir daí. Uma forma de checagem na qual eu encontrava alívio para as minhas obsessões homossexuais. Na pornografia tinha certeza que não era gay, além de no sexo com minhas namoradas, prostitutas e ficantes.

Assim, pergunto: neste meu caso, onde a HOCD não veio da pornografia, mas teve ela como compulsão, o reboot e as técnicas propostas aqui neste site poderão me ser úteis no afastamento ou diminuição da HOCD?

Recentemente, depois que terminei um namoro, minha HOCD voltou depois de anos em nível subclínico, quase inexistente. Agora que voltou com bastante ansiedade, a considero entre leve e moderada, pensando na escala de Yale-Bronw para o OCD.

Alguém pode me ajudar?
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1422
Data de inscrição : 31/07/2016
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 8/3/2018, 15:50
Jabba_79 escreveu: neste meu caso, onde a HOCD não veio da pornografia, mas teve ela como compulsão, o reboot e as técnicas propostas aqui neste site poderão me ser úteis no afastamento ou diminuição da HOCD?

Se a origem não veio da pornografia é provável que o reboot não resolva muita coisa. Penso que você vai precisar de uma ajuda profissional. Porém, a mente humana é muito complexa, e como você usa a pornografia para se afirmar, pode ser que as técnicas do reboot ajudem de alguma forma. Só fazendo o experimento para conferir.

_______________________________________


Meu Diário
Minha História de Sucesso
avatar
Mensagens : 205
Data de inscrição : 09/09/2017
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 8/3/2018, 16:37
A relação do reboot com o teu caso de HOCD vai depender. Mesmo que você já tenha o HOCD antes da pornografia, se caso a pornografia tiver contribuido para solidificar mais esse transtorno então pode ser que o reboot ajude a resolver na parte que e a pornografia ajudar a piorar, mas pelo o seu relato, seu caso não parece ser esse. O jeito é observar as mudanças em você conforme for progredindo no reboot. Como o TGuerreiro disse, você pode precisar de ajuda profissional.

_______________________________________

"Aquele que não filosofa, pauta a vida pelas necessidades do corpo"
Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/3/2018, 08:04
Obrigado, galera. Já lido com o problema há muitos anos (HOCD). Me prejudicou bastante durante a vida. Mas estou mais tranquilo com isso. Todos nós carregamos nossas cruzes. Agora vou iniciar um período sem pornografia, tentar não ser um caçador compulsivo, tentar viver sem achar que sexo e mulher é só o que interessa. Parar de planejar e sonhar com suruba. Quero me conhecer sem isso. Saber que novo cara posso me tornar sem esse hábito ruim e doentio.

Já estou sendo medicado (Fluvoxamina - Luvox). Quero ver do que o medicamento é capaz. Também estou prestes a iniciar um TCC. Espero no TCC me imunizar melhor diante dos gatilhos. Me considerava mais preparado durante os últimos anos, mais imune aos gatilhos que despertavam minhas obsessões homossexuais. Esse tempo me fez perder a consciência deste meu problema crônico, que talvez me acompanhe pelo resto da vida. Não posso perder ele de vista. Sou um obsessivo/compulsivo do tipo doubt/checking. Pronto.

Preciso arrumar outros hobbys, desenvolver outras atividades que me deem prazer. Caso contrário, pensarei que só a pornografia, masturbação e sexo casual me trarão prazer na vida. Valeu pelos conselhos. Boa sorte a todos. A vida é muito bonita e nos espera. Abraço. Smile
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/3/2018, 14:58
Mano, no teu caso a repreensão dos teus pais gerou uma etiqueta clara no teu cérebro. Basicamente você associou algumas situações específicas ao perigo de virar gay.

Dessa forma, sempre que teu cérebro reconhece qualquer situação que venha com a mesma etiqueta (ver um sujeito musculoso na rua, sentir-se menos masculino ao ver um cara mais atlético, etc.), ele vai ativar automaticamente o medo associado a esse "perigo" , e o HOCD vai te atacar com força.

A grande merda do HOCD, como você bem sabe, é que quem sofre disso constantemente testa sua própria masculinidade e faz de tudo para provar para si mesmo que não é gay.

É aí que entra o teu vício em pornografia. E é aí que ele entra num círculo vicioso que alimenta e se alimenta da tua HOCD.

1) HOCD é absolutamente baseada na insegurança. Você sente o iminente risco de não ser o que você deveria.
2) Daí você consome pornografia para provar pra si mesmo que é macho e aumentar a tua autoconfiança.
3) PMO, como você pode ver em vários diários, é um gigantesco gerador de insegurança.
4) Você se sente momentaneamente bem, mas logo depois que a fissura do vício passa, vai se sentir mais inseguro do que antes.
5) A insegurança vai reforçar o teu HOCD, fazendo você voltar ao item número 1.

Faz sentido? Eu acredito que teu HOCD, como o de muitos aqui, vai melhorar muito quando o vício for batido. Ou, nesse caso específico, quando você conseguir cortar de vez a necessidade de usar a pornografia como autoafirmação.

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 12/3/2018, 08:55
Vimes escreveu:Mano, no teu caso a repreensão dos teus pais gerou uma etiqueta clara no teu cérebro. Basicamente você associou algumas situações específicas ao perigo de virar gay.

Dessa forma, sempre que teu cérebro reconhece qualquer situação que venha com a mesma etiqueta (ver um sujeito musculoso na rua, sentir-se menos masculino ao ver um cara mais atlético, etc.), ele vai ativar automaticamente o medo associado a esse "perigo" , e o HOCD vai te atacar com força.

A grande merda do HOCD, como você bem sabe, é que quem sofre disso constantemente testa sua própria masculinidade e faz de tudo para provar para si mesmo que não é gay.

É aí que entra o teu vício em pornografia. E é aí que ele entra num círculo vicioso que alimenta e se alimenta da tua HOCD.

1) HOCD é absolutamente baseada na insegurança. Você sente o iminente risco de não ser o que você deveria.
2) Daí você consome pornografia para provar pra si mesmo que é macho e aumentar a tua autoconfiança.
3) PMO, como você pode ver em vários diários, é um gigantesco gerador de insegurança.
4) Você se sente momentaneamente bem, mas logo depois que a fissura do vício passa, vai se sentir mais inseguro do que antes.
5) A insegurança vai reforçar o teu HOCD, fazendo você voltar ao item número 1.

Faz sentido? Eu acredito que teu HOCD, como o de muitos aqui, vai melhorar muito quando o vício for batido. Ou, nesse caso específico, quando você conseguir cortar de vez a necessidade de usar a pornografia como autoafirmação.

Faz todo sentido, Vimes!!! Já estou acreditando nos benefícios da minha eliminação do vício. Estou contando meus dias sem pornografia. Bastante esperançoso na diminuição ou mesmo eliminação do HOCD e de toda angústia que ela traz. Obrigado pelo seu comentário, cara. Um abraço.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 08/04/2018
Ver perfil do usuário

O HOCD FAZ VC ACHAR QUE VC SENTE ATRASAO PELO MSM SEXO?

em 9/4/2018, 15:53
Eu acho que tenho HOCD pois vieram os pensamentos obssesivos do nada e eu nunca senti atrasao por ninguem do msm sexo.
mais agr q parece q eu tenho vejo amigos ou homems que sao bem afeiçoados e me da um desconforto , coisa que eu nunca senti isso antes , olhava pros meus amigos normal , será que é por causa da HOCD ?? Por favor me ajudem
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 16:48
Cara, o HOCD faz isso mesmo, você começa a reparar em homens, coisa que você não fazia antes e isso causa uma angústia, um nervosismo, você se sente mal, isso com certeza é causado pelo toc. Seguir no reboot é a melhor coisa.

_______________________________________










"Bem e mal, às vezes a diferença entre eles é uma linha tênue, às vezes é um borrão, às vezes é como a pornografia: você reconhece quando vê". Matt Murdock

Acompanhe a minha luta>>





[size=40]http://www.comoparar.com/t7195-vivendo-no-automatico[/size]
Mensagens : 30
Data de inscrição : 08/04/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 17:14
Manin por favor me explica como eu faço esse reboot pk sou novo aq.
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 17:35
Já baixou e leu o ebook? Se não, baixe e leia, lá tem tudo explicado, inclusive esse lance de HOCD, mas resumindo, o reboot é um recomeço, como o nosso cérebro tá viciado em pornográfia e isso com certeza intensifica mais a busca por conteúdo mais "avançados", como muitos aqui,não sei se você escalou de gênero,por exemplo,eu avancei pra lésbicas,zoofilia,e até pedofila, digamos assim, enfim, o reboot não é só pra nos livrar do vício por 90 dias, é pra reiniciar as nossas vidas, tipo substituir o vício por atividades saudáveis, exercícios, socializar e etc...bem vindo ao fórum, segue o reboot, atualize seu diário, é isso

_______________________________________










"Bem e mal, às vezes a diferença entre eles é uma linha tênue, às vezes é um borrão, às vezes é como a pornografia: você reconhece quando vê". Matt Murdock

Acompanhe a minha luta>>





[size=40]http://www.comoparar.com/t7195-vivendo-no-automatico[/size]
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 17:37
Pergunta: há quanto tempo você tem esse toc, o HOCD?

_______________________________________










"Bem e mal, às vezes a diferença entre eles é uma linha tênue, às vezes é um borrão, às vezes é como a pornografia: você reconhece quando vê". Matt Murdock

Acompanhe a minha luta>>





[size=40]http://www.comoparar.com/t7195-vivendo-no-automatico[/size]
Mensagens : 30
Data de inscrição : 08/04/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 18:45
Faz mais ou menos 1 semana , smp fui um menino normal e smp gostei de garotas , fiquei com poucas mas as que eu fiquei gostei bastante , ai do nada veio a pergunta se eu poderia ser gay , disse que claro q nao mais isso nao saiu mais da cabeça , agr tive crises de ansiedade varias vezes quando vinham os pensamentos , foi assim , espero q acabe logo , sei q nao sou gay e nao me sinto como um .
avatar
Mensagens : 103
Data de inscrição : 16/03/2018
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 9/4/2018, 18:49
O reboot é o primeiro passo

_______________________________________










"Bem e mal, às vezes a diferença entre eles é uma linha tênue, às vezes é um borrão, às vezes é como a pornografia: você reconhece quando vê". Matt Murdock

Acompanhe a minha luta>>





[size=40]http://www.comoparar.com/t7195-vivendo-no-automatico[/size]
Mensagens : 161
Data de inscrição : 06/08/2017
Ver perfil do usuário

O vício e o HOCD

em 21/4/2018, 17:58
Tenho HOCD, porém não assistia Pornografia gay.
E agora quem tem diminuído o HOCD, eu fico me perguntando por que tive essa desgraça.
Claro, antes do HOCD , eu era muito viciado em PMO, nunca consegui parar, passava horas, vendo vídeo/fotos e não conseguia parar.
Porém, minha dúvida é, assim como de alguns que já vi, é possível adquirir HOCD, viciado em P normal?
Claro que, eu queria coisas mais e mais, eu mesmo fui pra incesto, contos eróticos, lésbicas, fui pra zoofilia mas não curti.
Porém, viciado eu fui, e dms.
avatar
Mensagens : 555
Data de inscrição : 08/07/2017
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 21/4/2018, 21:16
Não entendi muito bem a sua pergunta.

Mas inicialmente começamos a ver 'pornografia' normal e com o tempo vamos experimentando diversas variações, até achamos normalidade ver variados tipos mas aí começa despertar curiosidade em ver temas cada vez mais 'pesados' tanto no cunho moral quanto no cunho sexual até que com o tempo a aceitação da bizarrice se transforma em uma normalidade e a curiosidade desperta nos faz aprofundar mais ainda, chegando no abismo onde aquele velho porno ainda te estimula mas não como os "HOCD".

E aí causa um bug no cérebro, pois tais temas provocam fantasias sexuais e desejos lá em cima.

No plano real a vontade é hétero mas no pornô é ao avesso e como sentimos mais estímulo vendo pornô acabamos sendo levado a achar que nosso gosto real é aquilo que vemos no pornô pesado (hocd).

Porém não chega ter tão simplório, pois mesmo sem ver pornô, nossos pensamentos criam fantasias que vimos no pornô o que nos confundem mais ainda de acordo com nossa sexualidade e aí vem a dúvida: SERÁ QUE SOU GAY MESMO?

E então o reboot com 20~30~40 dias acaba clareando a nossa mente e fazendo a real limpeza, nos mostrando a verdade.

_______________________________________






Acompanhe meu diário


Vamos lá debater, serei eternamente grato!
http://www.comoparar.com/t5410-diario-do-budista

Valeu pelo apoio!
Mensagens : 161
Data de inscrição : 06/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 22/4/2018, 07:36
Isso eu sei, a minha dúvida não é essa.
A minha dúvida é se alguém pode adquirir HOCD, mesmo não consumindo porno gay, mas
Sendo viciado em pornografia
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1811
Data de inscrição : 10/12/2015
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 22/4/2018, 12:33
Fala Bro!

Apesar de ser menos comum, pode acontecer. Veja só, apesar de você não ter ido para a pornografia gay propriamente dita, se você ficava vendo pornô normal com caras pelados transando com mulheres, isso pode ter sido exposição suficiente para fazer com que você desenvolvesse HOCD e passasse a questionar sua própria sexualidade.

O negócio agora é fazer o reboot, se despreocupar um pouco sobre o "onde" você adquiriu a doença e se concentrar mais na cura! Pornô fode o cérebro de um jeito maluco mesmo, tenha paciência que com o reboot esses pensamentos invasivos vão embora.

Abração!

_______________________________________


Meu diário I > http://www.comoparar.com/t2081-virando-homem
Meu diário II > http://www.comoparar.com/t5904-virando-homem (continuação)
Mensagens : 161
Data de inscrição : 06/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 22/4/2018, 13:36
Agora sim, você respondeu minha pergunta, muito obrigado!
Digo isso porque eu sou viciado em PMO, isso é fato. E eu fui atrás de mais PMO, antes era só foto, dps Gifs, vídeos, até o vício. E eu fui atrás do lésbico, do teen, dos contos, zoofilia (mas não curti), incesto, enfim.
Fiz essa pergunta porque assim como eu, vi outros que tbm tem HOCD e não viram pornografia gay.
Assim como esses: http://comoparar.forumeiros.com/t6951-diario-hocd-angustiado

http://comoparar.forumeiros.com/t3651-hocd-sensacao-de-irrealidade
Convidado
Convidado

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 27/4/2018, 16:30
Ainda não descobriram nenhuma ligação do HOCD com a pornografia. Acredito que o Transtorno Obsessivo Complusivo não foi causado pelo consumo demasiado em PMO. No máximo pode ter sido uma situação que desencadeou um quadro de TOC, mas nunca ter causado.
Obviamente o vício em pornografia pode aumentar a ansiedade, desmotivação e entre outros. Consecutivamente isso pode agravar o seu estado psicológico.

Vou deixar alguns questionamentos aqui: Por que a maioria das pessoas com HOCD consomem pornografia? O que tem causado tantos casos de HOCD? Seria uma consequência indireta e não intencional dos movimentos LGBT'? Talvez do machismo? Seriam os jovens que estão se tornando cada vez mais inseguros? Ou talvez os papéis de homens na sociedade não estão bem definidos causando assim inúmeras dúvidas?

Já li casos de HOCD que são de 2003~2005. Então, não é algo tão novo assim!
Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/10/2018
Ver perfil do usuário

( Dúvida) Sou novo no Forúm

em 8/10/2018, 21:58
Antes de criar a conta, pesquise bastante sobre os termos, e li etc, ví videos , para então finalmente perguntar aqui, pois tem algo que realmente não consegui decifrar só lendo.


Eu ando fazendo sexo com trans, e as ultimas vezes fui passivo, porém, sei que não sou gay por não sentir atração pela figura masculina. Mas possivelmente posso ser Bisexual, porém, eu tentei né aceitar este lado, mas não consigo de forma alguma, pois isto surgiu de 2 anos para ca, no começo eu sentia muito nojo, mas fui me adaptando e toda vida que gozo, eu sinto arrependimento , mas me pergunto se é um lado meu não querendo aceitar minha bisexualidade , se é questão de tempo até eu aceitar este lado, mas sei la, parece até 2 pessoas de mim, quando eu estou de cabeça fria, quando acordo, eu sinto nojo destes desejos, mas cada vez que eu deixo eles entrar na minha vida, mais parte de mim eles se tornam. Tanto que antes eu costumava sentir bem mais nojo a travesti quando eu ficava uns dias sem contato com qualquer conteudo de pornografia travesti, mas hoje ta cada vez mais facil eu desejar e não sentir nojo, isso é foda...e me deixa desanimado.

Tipo, eu refleti bastante, se é isso que eu quero, ter uma vida Bi e tals, mas sei la, no fundo eu sinto que não sou assim sabe ? sempre me apaixionei e só consigo me apaixionar por mulher, mas essa tara por travesti me acaba.


Alguns pontos que me fazem acreditar no fundo que possa ser HOCD,

° Eu era Viciado em PMO, que evoluiu para trans, mas hoje em dia, o vicio evoluiu e estou viciado em sair com prostitutas, o normal esta sendo travesti.

Mas eu não tenho problema com D.E, e tals, quando transo por exemplo com minha namorada mulher, eu consigo transar de boas com ela.

Ja tentei reboot algumas vezes,mas meu máximo de dias foi 10 dias, não consigo ficar longe de apps de procura de prostitutas...


Mas enfim galera, o que acham ? Que meu caso realmente é dificil ser HOCD? por eu ja praticar atos pessoalmente ? Que eu seja realmente 100 porcento bi ou ainda há chances deste lado de trans ter sido desenvolvido por este toc maldito ?
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1198
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Dúvidas sobre HOCD

em 10/10/2018, 16:38
Spoiler:
fnx escreveu:Antes de criar a conta, pesquise bastante sobre os termos, e li etc, ví videos , para então finalmente perguntar aqui, pois tem algo que realmente não consegui decifrar só lendo.


Eu ando fazendo sexo com trans, e as ultimas vezes fui passivo, porém, sei que não sou gay por não sentir atração pela figura masculina. Mas possivelmente posso ser Bisexual, porém, eu tentei né aceitar este lado, mas não consigo de forma alguma, pois isto surgiu de 2 anos para ca, no começo eu sentia muito nojo, mas fui me adaptando e toda vida que gozo, eu sinto arrependimento , mas me pergunto se é um lado meu não querendo aceitar minha bisexualidade , se é questão de tempo até eu aceitar este lado, mas sei la, parece até 2 pessoas de mim, quando eu estou de cabeça fria, quando acordo, eu sinto nojo destes desejos, mas cada vez que eu deixo eles entrar na minha vida, mais parte de mim eles se tornam. Tanto que antes eu costumava sentir bem mais nojo a travesti quando eu ficava uns dias sem contato com qualquer conteudo de pornografia travesti, mas hoje ta cada vez mais facil eu desejar e não sentir nojo, isso é foda...e me deixa desanimado.

Tipo, eu refleti bastante, se é isso que eu quero, ter uma vida Bi e tals, mas sei la, no fundo eu sinto que não sou assim sabe ? sempre me apaixionei e só consigo me apaixionar por mulher, mas essa tara por travesti me acaba.


Alguns pontos que me fazem acreditar no fundo que possa ser HOCD,

° Eu era Viciado em PMO, que evoluiu para trans, mas hoje em dia, o vicio evoluiu e estou viciado em sair com prostitutas, o normal esta sendo travesti.

Mas eu não tenho problema com D.E, e tals, quando transo por exemplo com minha namorada mulher, eu consigo transar de boas com ela.

Ja tentei reboot algumas vezes,mas meu máximo de dias foi 10 dias, não consigo ficar longe de apps de procura de prostitutas...


Mas enfim galera, o que acham ? Que meu caso realmente é dificil ser HOCD? por eu ja praticar atos pessoalmente ? Que eu seja realmente 100 porcento bi ou ainda há chances deste lado de trans ter sido desenvolvido por este toc maldito ?

Olá!

Acredito que seu desejo por trans se desenvolveu pelo vício em pornografia e, como consequência, você quis levar este desejo para a realidade. Se existe algo que você faz para se satisfazer e ao mesmo tempo acha errado, sente-se culpado, é porque não está certo.

Em todo o caso, faça o reboot e tire suas próprias conclusões. Há vários relatos de pessoas que superaram o HOCD com o reboot. Instale bloqueadores e fique longe dos apps.

A solução deste problema só depende de você.

Abç.
Mensagens : 30
Data de inscrição : 30/09/2018
Idade : 29
Ver perfil do usuário

Dúvidas sobre HOCD

em 1/11/2018, 20:26
Galera, me tira uma dúvida que me bateu e basicamente nunca percebi antes. Gosto de ver pornografia com mulheres, geralmente se masturbando ou lésbicas, e geralmente me sinto na posição delas, como se o prazer delas, fossem o meu, por consequência se eu ver pornô entre homem e mulher, fico confuso no sentimento, e acho que por conta disso desenvolvi HOCD, alguém mais passa por isso?

_______________________________________


Meu diário, me deem uma força: http://www.comoparar.com/t8364-diario-do-tovoso-tentando-sobreviver
Mensagens : 8
Data de inscrição : 17/01/2018
Ver perfil do usuário

TRATAMENTO DEFINITIVO PARA O HOCD

em 6/11/2018, 15:46
Meu nome é Xxxx, eu tenho 25 anos, sou estudante de direito, estou num relacionamento de 5 meses e decidi escrever esse post por mero agradecimento ao fórum que me ajudou a identificar meus problemas e assim poder tratar dos mesmos.

Eu sofro de 3 tipos de ansiedade: Transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno de ansiedade social (TAS) e transtorno obsessivo compulsivo (TOC) que é o que vem ao caso.

Após ter realizado o reboot, eu voltei a me relacionar com as mulheres da mesma forma que aprendi a fazer isso, isto é, da mesma forma de antes. Digo isso porque eu nunca fui um “garanhão”, sempre tive uma ansiedade pra tomar atitude com as garotas, mas me soltava quando me envolvia e criava intimidade com a pessoa. O reboot não vai fazer a mágica de te transformar num “pegador”, isso se dá com muita prática, ele só vai te libertar do vício de se relacionar apenas com pornografia para então você poder se relacionar com pessoas reais.

Muito embora eu tenha me curado do vício em pornografia, o HOCD permaneceu e esse problema eu tratei estudando a mente, por meio de um livro: “Livre de Ansiedade, de Robert L. Leahy”, que foi uma indicação da minha namorada que estuda psicologia e sabe que eu sofro de ansiedade. Esse livro fala dos tipos de ansiedade mais comuns existentes e eu recomendo muito a sua leitura.

Nesse post vou tentar passar o método de tratamento do capítulo que fala de TOC aplicando ao HOCD.

O QUE É O TOC?

O transtorno obsessivo compulsivo (TOC), é um tipo de transtorno de ansiedade que basicamente se baseia em pensamentos obsessivos sobre determinada coisa que surgem nas nossas mentes e se hospedam na nossa cabeça, na medida em que vamos em busca de extinguir os mesmos, causando angustia, depressão, insônia, etc,

CICLO DO TOC


O ciclo do TOC se configura em 4 passos:

1. Surgimento de certos pensamentos que parecem surgir sem razão aparente – (será que eu sou gay?)

2. Sentimento de que tais pensamentos são desagradáveis – (porque estou pensando isso? Eu não deveria estar pensando nisso)

3. Urgência em suprimir ou expurgar tais pensamentos da mente – (Eu preciso parar de pensar nisso!)

4. Urgência simultânea de aplacar esses pensamentos por meio de certos comportamentos compulsivos – (Eu preciso comprovar pra mim mesmo que não sou gay, entao vou pesquisar sobre isso, me lembrar de memórias que comprovam isso, ver pornografia de mulheres nuas pra me excitar e provar que estou certo, ver pornografia gay e não me excitar, etc etc)

O fato é que repetimos esse ciclo infinitas vezes e isso só aumenta a força do TOC.

TRATAMENTO

O tratamento é resumido em 9 passos:

1. Construa sua motivação: Reconheça como você ficará melhor sem o TOC. O TOC teve impacto significativo em sua vida. Ele o impede de fazer coisas que outras pessoas facilmente fazem. Pode interferir em seu trabalho, relacionamentos, lazer em muitas outras coisas. Mas para modificá-lo você terá de fazer algumas coisas que são desconfortáveis.

2. Examine por que suas obsessões são irracionais ou demasiado extremas: Acontece que as pessoas que tem TOC geralmente acreditam que só eles tem os pensamentos estranhos, o que não é verdade, todas as pessoas tem pensamentos semelhantes, a diferença é que as pessoas que não sofrem de TOC não dão importância a tais pensamentos. Então aqui deve se pensar o que a maior parte das pessoas pensaria, já que elas tem os mesmos pensamentos que você. Por que elas não são obsessivo-compulsivas? Talvez elas aceitem seus pensamentos e deem continuidade a vida normalmente.

3. Examine suas crenças negativas sobre pensamentos intrusivos: Pergunte-se se você realmente precisa prestar atenção aos pensamentos, se os pensamentos realmente o tornam uma pessoa responsável, se mudam ou sobrecarregam sua realidade ou se você realmente precisa combatê-los.

4. Mude seu relacionamento com seus pensamentos: Seja receptivo a seu pensamento. Observe- o flutuar como uma folha sobre a água e tome conta de seu pensamento como se ele fosse uma pessoa sozinha. Esse passo foi o que mais me ajudou, eu passei a refletir os meus pensamentos como se fosse um “outro eu” que as vezes aparecia com umas ideias meio doidas e eu ria disso, pensava “você e suas ideias”, e seguia com meu dia.

5. Evite automonitorar seus pensamentos: Você pode praticar permitir que sua mente se afaste das obsessões quando elas ocorrem. Por exemplo, pode permitir que sua mente reenfoque vários objetos do local em que estiver, contado-os e descrevendo formas e cores. Isso demonstra que não é preciso prestar atenção a seu pensamento.

6. Elimine compulsões: Identifique um “gatilho” para suas obsessões e compulsões. Por exemplo, você vê um gay na rua e já começa a pensar se sente atraído ou se age como ele. Então vá em um bar frequentado por grupos de LGBT, assista um vídeo de um beijo gay, e não tire enquanto não acabar. Tolere a ansiedade. A isso chamamos de exposição com prevenção de resposta.

7. Atrase suas compulsões: É difícil eliminar a compulsão inicialmente. Atrase-a. Quando perceber sua obsessão, quando surgir o pensamento/dúvida sobre sua sexualidade, tente esperar 20 minutos antes de dar início a seu comportamento compulsivo, isto é, sua busca por informações para comprovar que é hétero. Isso enfraquecerá o desejo de dar início a tal comportamento.

8. Modifique sua compulsão: Suas compulsões podem ser bastante rígidas. Romper com elas pode implicar modificá-las. Por exemplo, se você sentir a necessidade de repetir algo indefinidamente, interrompa a repetição; faça algo diferente em meio as suas repetições. Por exemplo, se sentir vontade de pesquisar no Google como os gays descobrem que são gays ou algo semelhante, procure outra coisa, interrompa a compulsão.

9. Planeje a recaída: O TOC terá variações de intensidade. Mesmo que você tenha sucesso em revertê-lo, há uma boa chance de que os pensamentos e urgências retornarão. Não fique alarmado. Isso simplesmente significa que você deve, mais uma vez, implementar as técnicas que acabou de aprender. Isso aconteceu comigo de forma que o TOC retornou com outros tipos de obsessões, recentemente estava obsecado com a possibilidade de ser traído até perceber que era TOC novamente e aplicar o método a esta obsessão.

Esse é o método que me curou do HOCD, hoje se surgem pensamentos relacionados a isto eu rapidamente detecto a obsessão e acho engraçado. Estou num relacionamento ótimo e tenho certeza da minha opção sexual, a qual desenvolvi na minha vida desde a infância. Consigo manter minhas relações de amizade com homossexuais normalmente, sempre tratando com respeito e além disso, consigo permanecer em ambientes com homossexuais e assistir filmes/séries/novelas com cenas de homossexualismo normalmente.

Lembrando também que tudo pode se tornar mais fácil com o acompanhamento de um profissional da psicologia!

Eu desejo a todas as pessoas que sofrem desse problema que consigam supera-los assim como superei. E sou eternamente grato ao pessoal do fórum pela ajuda na época em que estive no fundo do poço, esse lugar representa o renascimento para muitos e jamais pode morrer.

Abraços eternos!
 study  cheers  Very Happy
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum