Compartilhe
Ir em baixo
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Diário do Formiga

em 25/12/2017, 07:27
E ai pessoas, tudo bem com vocês?

Tenho 26 anos e vou tentar contar um pouco da minha história e como cheguei aqui

Comecei na pornografia cedo, tinha meus 13~14 anos e em uma roda de amigos na escola começou o assunto de pornografia, eu ainda era "inocente" nunca tinha visto ou ido atrás por conta própria, mas após aquela conversa com os amigos, senti interesse em conhecer a pornografia. Cheguei em casa e não sabia nem onde conseguir, comprar uma revista ou vídeo em uma banca não era possibilidade por medo de meus pais verem (eram muito rígidos com isso devido a nossa instrução religiosa), então fui para o computador e em um programa de baixar músicas descobri que dava para baixar imagens e foi ali que o vício começou. Comecei com imagens leves apenas de mulheres.. Aquilo passou pra alguns vídeos também baixados no mesmo programa e ai que começou a ficar mais frequente.

Nessa época eu já trabalhava e estava na moda os MP4s e MP3s. Comprei um MP4 afim de poder ouvir música ao caminho da escola, mas no final foi onde eu conseguia esconder meus vídeos e poder assistir sem estar perto do computador ou em quanto estava no banheiro. Dai pra frente só piorou, conheci sites de porno online e cada vez que tinha uma oportunidade em casa, que ficasse sozinho em algum lugar eu corria para aquilo e me viciei, não passava mais de 1 dias sem e quando estava sozinho eram varias vezes por dia, era uma vontade de chegar da escola e do trabalho e conseguir fazer isso, só pensava naquilo, porém na minha cabeça era normal (jovem, mulecão.. pq não né?)

Comecei a namorar e as coisas ficaram melhores (menos pornografia mais sexo.) porém toda vez  que ficava um tempo longe da minha namorada, eu recorria ao porno, era de certa forma "controlado" não fazia sempre, mas qualquer discussão com a minha namorada, ou frustração com ela, eu recorria ao porno, era a minha amante. Depois que casei então foi mais libertador, sempre com a minha esposa em casa, não tinha como fugir, onde ver e nem pra que.. Até que ela engravidou, no começo normal ainda faziamos sexo, depois no final da gravidez era estranho pra mim pois meu filho estava lá, e a vontade de sexo sumiu um pouco, mesmo sem porno. Ai nasceu nosso filho, 40 dias de resguardo e meu cérebro achou a oportunidade perfeita de aliviar o pouco sexo da gravidez e  de voltar aquele gostinho de antes sem que minha esposa percebesse alguma "falha" pois estavamos sem poder fazer sexo. Dai parece que eu voltei a ter 18 anos de novo. Baixava vídeos pelo celular em casa, no banheiro,  pois encontrei essa maneira de fazer escondido e assistia no banheiro do trabalho, 2 vezes por semana pelo menos ou quando tinha alguma frustação em casa ou no trabalho.

2 meses e meio depois minha esposa descobriu, achou pornografia aos montes no meu celular e ai as coisas ficaram feias pro meu lado.. Nesse período da vida dela, onde ela não está se sentindo a pessoa mais bonita do mundo devido ao pós parto a estar completamente focada em cuidar do nenê e não ter tempo pra cuidar dela, eu a traia com pornografia, via outras mulheres e sentia prazer naquilo e que não queria minha esposa, estava usando o resguardo dela como desculpa para não ficar com ela, não ter nenhum tipo de prazer com ela, mesmo sem sexo, pois eu já estava satisfeito sozinho. Meu casamento quase acabou, ali me senti mal, vi que a pornografia estava me tirando de mim algo que era extremamente importante, minha família. Quase terminamos, quase que ela foi embora com meu filho junto, e a culpa disso tudo era minha, de não ser o homem que deveria ser, de ter perdido o interesse nela e ter feito ela sofrer se sentindo inferior e humilhada.

Depois de muita conversa, minha esposa achou esse programa e esse fórum e me deu essa oportunidade de corrigir as coisas, de me tratar. E aqui estou, começando meu reboot e me esforçando para que não faça de novo. De todos os males que a pornografia pode trazer, perder minha família seria o pior.

Já fazem duas semanas que tudo isso aconteceu, nesse tempo senti muita vontade de bater uma, assistir aquele vídeozinho para ficar excitado. Estou me esforçando para não cair, dando mais atenção a ela e ao meu filho. Não levando o celular pro banheiro quando estou com aquela sensação de que qualquer coisa pode me levar a fazer de novo. Nessas 2 semanas já tiveram dias mais difíceis, que a vontade foi forte e o pensamento era... ninguém vai descobrir vou la rapidinho e boa ... Mas me segurei e ainda não tive uma recaída. Também já tive mais vontade de ficar com ela, de fazer sexo com ela e isso tem ajudado.

Hoje minha esposa e eu vamos instalar os bloqueadores, ela vai criar a senha e tem me ajudado a ficar longe disso. Não só por mim faço isso, mas a motivação é fazer ela melhor, se sentir a esposa maravilhosa e linda que ela é, dar o prazer que ela merece e não desperdiçar minha vontade com algo virtual.
avatar
CTroy
Admin
Admin
Mensagens : 1099
Data de inscrição : 16/06/2016

Re: Diário do Formiga

em 25/12/2017, 11:53
Olá, Formiga18!

Seja bem-vindo ao fórum!

Para ajudar no seu Reboot:

1 - Leia o E-book Vício em Pornografia. Como Parar? para compreender este vício a partir de um ponto de vista científico e o método de como se livrar dele:
Link das duas versões: Vício em Pornografia. Como Parar?

2 - Instale bloqueadores no pc/notebook e celular:
Link da seção Ferramentas e Bloqueadores: Ferramentas e Bloqueadores

3 – Utilize um Contador de Dias para acompanhar o seu progresso:
Link: Como Instalar Um Contador de Dias Alternativo

Desejo sucesso na sua jornada!

_______________________________________
avatar
Eder
Moderador
Moderador
Mensagens : 964
Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 28

Re: Diário do Formiga

em 25/12/2017, 14:48
Seja bem-vindo formiga.
Brother, você tem tudo para vencer esse vicio, se apoie na ajuda de sua companheira e no método como parar que você alcançará o êxito.
Siga as instruções que o companheiro de cima mandou, e foque no reboot com seriedade que tudo dará certo!
Família é o nosso maior bem, lute pela sua pois ela merece!

Um forte abraço.


_______________________________________
"O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente."

Foco na vida!

avatar
Petruchio
Mensagens : 152
Data de inscrição : 07/09/2017

Re: Diário do Formiga

em 25/12/2017, 19:37
acompanhando sua guerra aqui, irmão

na minha opinião, não há imoralidade nem traição no que estamos tratando aqui. é um vicio, uma doença que você adquiriu na sua adolescência, assim como todos no fórum
infelizmente é a nossa realidade, como a de muitos dos que convivem com a gente, que tem o problema e não sabem...
não se sinta culpado

certeza de que ter o apoio da sua companheira será de uma ajuda enorme

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 26/12/2017, 13:49
Oi Formiga,

Seja muito bem-vindo ao Fórum, cara! Passei por uma situação semelhante em relação ao meu casamento. Por conta da P, eu não me relacionava sexualmente, com a frequência devida, com a minha esposa, eu me sentia saciado pela PMO. Então, eu comecei a desestimulá-la sendo mal educado, grosseiro. E, assim, ficávamos semanas, meses sem sexo. Na verdade, eu tive alguns lapsos de DE por conta das sessões de PMO. Eu assistia P e me masturbava umas 2 ou 3 vezes no dia em que essas sessões ocorriam. Por coincidência, minha esposa chegava querendo algo a mais comigo e como eu já tinha percebido (por causa da DE) que eu não renderia muita coisa, então, eu a desestimulava. 

Com isso, meu casamento foi se arrastando. Eu não estava prejudicando só a mim, mas a minha esposa também. Privando-a de sexo com o homem que ela tanto amava.  Sad Mas resumindo, isso tudo acabou com o reboot. Hoje, estou com mais de 4 meses de reboot, meu casamento está restaurado e muitas outras coisas boas aconteceram também. Sacrificar é difícil, mas vale a pena. Eu consegui enxergar esse padrão em mim também, que você enxergou em si mesmo, sobre as questões emocionais. Ela estava no Top 1 das situações que me levavam para as garras da PMO. Mas também consegui contornar isso. 

Enfim, Formiga, só quero dizer com tudo isso que entendendo perfeitamente bem o que aconteceu com você e quero te mostrar também que para tudo isso há solução. O caminho, no início, é difícil, cheio que curvas tortuosas. A sensação é de estar enfrentando um leão. Mas se não alimentarmos esse bichano dentro de nós, ele ficará fraco e sem forças para ditar suas regras em nossas vidas. Assim, vai se transformar em um gatinho inofensivo. Desejo sucesso em sua caminhada e conte sempre com o nosso apoio.


_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 26/12/2017, 18:39
Valeu galera! Muito bom ver que na luta não estamos sozinhos!! Isso me faz não me sentir o estranho que faz aquilo e tem esse "segredinho"...

Hoje foi um dia que bateu vontade, tentei me ocupar o dia inteiro com outras coisas para não pensar naquilo, mas infelizmente a vontade vem a cabeça e te leva a pensar no porquê não? Ainda não fiz, continuo na luta e quero vou me manter assim!!

_______________________________________
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 29/12/2017, 19:36
Boa noite galera.. Ontem foi um dos piores dias até agora, foi onde me senti um viciado em abstinência! Bateu desespero de preciso fazer de quero e dane-se o mundo.. Meu cérebro ficou procurando desculpas pra aquilo ser plausível. Felizmente consegui me ocupar com outras coisas no trabalho e consegui vencer!

Oque tem ajudado bastante é conseguir conversar sobre isso com a minha esposa, ela tem me dado força e motivação.

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 31/12/2017, 05:32
Bom dia galera! E continuamos a luta!

Tenho tido problemas com os bloqueadores, principalmente para android. O bloqueador que eu instalei apesar de bloquear os sites corretamente, também bloqueou meu Whatsapp e se não bastasse as pesquisas no google não eram bloqueadas. Minha esposa que testou pra mim, e conseguia pesquisar termos no google e ver imagens que deveriam ser bloqueadas. Estou tentando alguns outros bloqueadores, porém a questão do google ainda é um problema.

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 2/1/2018, 06:12
Formiga18 escreveu:Boa noite galera.. Ontem foi um dos piores dias até agora, foi onde me senti um viciado em abstinência! Bateu desespero de preciso fazer de quero e dane-se o mundo.. Meu cérebro ficou procurando desculpas pra aquilo ser plausível. Felizmente consegui me ocupar com outras coisas no trabalho e consegui vencer!

Oque tem ajudado bastante é conseguir conversar sobre isso com a minha esposa, ela tem me dado força e motivação.

Enviado pelo Topic'it
Oi Formiga18,

Parabéns por ter vencido os sintomas de abstinência. É nessa hora que costuma bater uma forte fissura e muitos sucumbem por conta disso. São essas "pequenas" vitórias que vão nos fortalecendo e dando mais forças para suportar pressões maiores, enfrentar desafios maiores.

O seu cérebro acaba sentindo falta daquela dopamina fácil e desregulada advinda da PMO. Então, passa a racionalizar muito querendo te fazer voltar para o estado anterior. Simplesmente, ignore as racionalizações do seu cérebro. 

Fez bem em se ocupar com outras coisas no trabalho. Procure inserir também em sua rotina diária atividades de substituição, isto é, atividades que visam substituir a dopamina que era liberada durante as sessões de PMO. Assim, o seu corpo não sente tanta falta daquela dopamina artificial, facilitando nossa desvinculação do vício. Então, pratique/realize uma ou mais atividades de substituição que podem ser: corrida, natação, ciclismo, caminhada, musculação, hobbie, cursos para tocar instrumentos...

Que bom que você tem uma pessoa ao teu lado, a sua esposa, para te dar forças e encorajar a prosseguir na caminhada. Parabéns pela esposa que você tem e estarei torcendo para que a vida de vocês, principalmente a sua, seja restaurada.


Formiga18 escreveu:Bom dia galera! E continuamos a luta!

Tenho tido problemas com os bloqueadores, principalmente para android. O bloqueador que eu instalei apesar de bloquear os sites corretamente, também bloqueou meu Whatsapp e se não bastasse as pesquisas no google não eram bloqueadas. Minha esposa que testou pra mim, e conseguia pesquisar termos no google e ver imagens que deveriam ser bloqueadas. Estou tentando alguns outros bloqueadores, porém a questão do google ainda é um problema.
Qual navegador vocês estão utilizando? Sugiro que desinstalem/desativem os bloqueadores convencionais como Mozilla e Chrome. Dificultem o acesso a eles por meio do AppLock e/ou NetAngel. Utilizando algum destes navegadores, como Kids Safe Browser, Mobicip ou Spin, o acesso ao conteúdo pornográfico fica bem limitado. Quanto ao whatsapp ele pode ter sido acidentalmente selecionado para ser bloqueado.

Pode ser até interessante, em algum casos, o bloqueio das pesquisas no google e em outros buscadores, pois podem aparecer imagens de substitutos pornográficos, isto é, algo que não é pornografia propriamente dita, mas pode funcionar como se fosse e assim prejudicar o reboot. Diante disso, todo sacrifício, por mais dolorido que seja, é válido para nos proteger das armadilhas do vício.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 2/1/2018, 07:34
5&4 escreveu:
Formiga18 escreveu:Boa noite galera.. Ontem foi um dos piores dias até agora, foi onde me senti um viciado em abstinência! Bateu desespero de preciso fazer de quero e dane-se o mundo.. Meu cérebro ficou procurando desculpas pra aquilo ser plausível. Felizmente consegui me ocupar com outras coisas no trabalho e consegui vencer!

Oque tem ajudado bastante é conseguir conversar sobre isso com a minha esposa, ela tem me dado força e motivação.

Enviado pelo Topic'it
Oi Formiga18,

Parabéns por ter vencido os sintomas de abstinência. É nessa hora que costuma bater uma forte fissura e muitos sucumbem por conta disso. São essas "pequenas" vitórias que vão nos fortalecendo e dando mais forças para suportar pressões maiores, enfrentar desafios maiores.

O seu cérebro acaba sentindo falta daquela dopamina fácil e desregulada advinda da PMO. Então, passa a racionalizar muito querendo te fazer voltar para o estado anterior. Simplesmente, ignore as racionalizações do seu cérebro. 

Fez bem em se ocupar com outras coisas no trabalho. Procure inserir também em sua rotina diária atividades de substituição, isto é, atividades que visam substituir a dopamina que era liberada durante as sessões de PMO. Assim, o seu corpo não sente tanta falta daquela dopamina artificial, facilitando nossa desvinculação do vício. Então, pratique/realize uma ou mais atividades de substituição que podem ser: corrida, natação, ciclismo, caminhada, musculação, hobbie, cursos para tocar instrumentos...

Que bom que você tem uma pessoa ao teu lado, a sua esposa, para te dar forças e encorajar a prosseguir na caminhada. Parabéns pela esposa que você tem e estarei torcendo para que a vida de vocês, principalmente a sua, seja restaurada.


Formiga18 escreveu:Bom dia galera! E continuamos a luta!

Tenho tido problemas com os bloqueadores, principalmente para android. O bloqueador que eu instalei apesar de bloquear os sites corretamente, também bloqueou meu Whatsapp e se não bastasse as pesquisas no google não eram bloqueadas. Minha esposa que testou pra mim, e conseguia pesquisar termos no google e ver imagens que deveriam ser bloqueadas. Estou tentando alguns outros bloqueadores, porém a questão do google ainda é um problema.
Qual navegador vocês estão utilizando? Sugiro que desinstalem/desativem os bloqueadores convencionais como Mozilla e Chrome. Dificultem o acesso a eles por meio do AppLock e/ou NetAngel. Utilizando algum destes navegadores, como Kids Safe Browser, Mobicip ou Spin, o acesso ao conteúdo pornográfico fica bem limitado. Quanto ao whatsapp ele pode ter sido acidentalmente selecionado para ser bloqueado.

Pode ser até interessante, em algum casos, o bloqueio das pesquisas no google e em outros buscadores, pois podem aparecer imagens de substitutos pornográficos, isto é, algo que não é pornografia propriamente dita, mas pode funcionar como se fosse e assim prejudicar o reboot. Diante disso, todo sacrifício, por mais dolorido que seja, é válido para nos proteger das armadilhas do vício.

Muito obrigado pelo apoio! Vou tentar o esquema de bloquear os navegadores comuns do celular com o APP block e utilizar um desses navegadores que já tem bloqueio nativo.

@Topic: Esse feriado foi tranquilo, como passamos a virada na casa de amigos e com coisas para fazer, não deu tempo de pensar em bobagens. Hoje estou de volta a rotina normal, isso que geralmente é um problema mas até agora estou tranquilo. Mesmo estando a uns dias sem sexo também não deu aquele desespero tanto fisiológico (humano) quanto o do vício.

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 2/1/2018, 08:25
Oi Formiga,

Você está passando pela flatline ou alterna período de alta libido e flatline? Estão ocorrendo ereções espontâneas matinais ou noturnas? Como vão esses aspectos?

Não esqueçam também de bloquear a Play Store. Assim, você não fica tentado a instalar os navegadores comuns, bem como apps que possam conter conteúdos pornográficos ou de alguma forma te levar à PMO. É importante bloquear as configurações do smarthpone também para que não seja possível efetuar mudanças pelo usuário, você, nesse caso. 

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
avatar
Carvalho09
Mensagens : 56
Data de inscrição : 11/04/2017
Idade : 27
Localização : São Lourenço

Re: Diário do Formiga

em 4/1/2018, 07:58
E ai Formiga, Beleza? Prazer, meu nome é Carvalho09
Sua historia é muito parecida com a minha, porém tenho 2 anos de casado e minha esposa vem sofrendo com isso desde 2 semanas de casado, pra você ter ideia nossa lua de mel foi horrível em decorrência do vicio, sempre eu acabava caindo e voltando, tentei o reboot outras vezes mas sem foco. Tivemos um filho faz 3 meses, e também utilizei o puerpério como desculpa no meu cérebro pra cometer o ato, até que ela descobriu, quase saiu de casa levando meu filho junto, realmente cheguei a quase por um fio destruir meu relacionamento. Porém agora estou fazendo o reboot focado, minha companheira esta me ajudando e isso está sendo muito bom.
Seja firme cara pois seu relacionamento só tende a melhorar.
Qualquer coisa estamos ai, lembre-se que tem aqui mais um companheiro de caminhada.
Grande abraço.

_______________________________________
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 4/1/2018, 20:22
5&4 escreveu:Oi Formiga,

Você está passando pela flatline ou alterna período de alta libido e flatline? Estão ocorrendo ereções espontâneas matinais ou noturnas? Como vão esses aspectos?

Não esqueçam também de bloquear a Play Store. Assim, você não fica tentado a instalar os navegadores comuns, bem como apps que possam conter conteúdos pornográficos ou de alguma forma te levar à PMO. É importante bloquear as configurações do smarthpone também para que não seja possível efetuar mudanças pelo usuário, você, nesse caso. 


Ola, estou passando pela flatline.. Sem vontade de ter sexo e isso ja faz mais de 1 semana e é bem triste querer no pensamento mas o físico não responde!

Obrigado pela dixa de bloquear o App store também!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 4/1/2018, 20:26
Carvalho09 escreveu:E ai Formiga, Beleza? Prazer, meu nome é Carvalho09
Sua historia é muito parecida com a minha, porém tenho 2 anos de casado e minha esposa vem sofrendo com isso desde 2 semanas de casado, pra você ter ideia nossa lua de mel foi horrível em decorrência do vicio, sempre eu acabava caindo e voltando, tentei o reboot outras vezes mas sem foco. Tivemos um filho faz 3 meses, e também utilizei o puerpério como desculpa no meu cérebro pra cometer o ato, até que ela descobriu, quase saiu de casa levando meu filho junto, realmente cheguei a quase por um fio destruir meu relacionamento. Porém agora estou fazendo o reboot focado, minha companheira esta me ajudando e isso está sendo muito bom.
Seja firme cara pois seu relacionamento só tende a melhorar.
Qualquer coisa estamos ai, lembre-se que tem aqui mais um companheiro de caminhada.
Grande abraço.

Prazer Carvalho, é difícil essa situação e no meu pensamento chega a ser ridículo uma coisa dessaa quase acabar com uma família! Hoje estamos nos dando melhor.. Minha esposa ainda tem um pouco de insegurança mas eu conto pra ela meu dia a dia as vezes que deu vontade e ela tem me ajudado.

Hoje mesmo foi um dia difícil.. Que seu muita vontade de ver um vídeo e tals.. E isso que acaba me deixando triste pois pra isso eu fico com vontade e para sexo não tem dado..

Continuamos na luta e vamos vencendo se precisar estamos aí!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
avatar
Carvalho09
Mensagens : 56
Data de inscrição : 11/04/2017
Idade : 27
Localização : São Lourenço

Re: Diário do Formiga

em 5/1/2018, 05:27
E ai Formiga, Beleza?

É complicado mas no decorrer do tempo isso deve passar, as conexões com a P enfraquecem e as relações reais vão sendo priorizadas; uma coisa que também passo é sobre a insegurança da parceira, afinal, dei motivos, e isso hoje, agora que tenho consciência, me machuca muito ao ver que eu a deixei dessa forma. Mas vamos lutando dia a dia, reconquistando nossa família e nossa vida que foi destruída por esse vicio.
Grade abraço e força parceiro.

_______________________________________
avatar
Kilua
Mensagens : 87
Data de inscrição : 30/03/2016
Localização : São Paulo

Re: Diário do Formiga

em 5/1/2018, 17:56
Formiga, sua situação é muito mais delicada do que muitos aqui, pois você tem uma família para cuidar, também estou lutando contra o vicio e a batalha é árdua para não fraquejarmos, já houve várias recomendações acima, mas gostaria de enfatizar a necessidade de você incluir atividades físicas em sua rotina, pois isso é super importante para nosso cérebro e corpo ser manterem saudáveis. Comigo está ajudando muito. Desejo toda sorte do mundo na jornada.

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 6/1/2018, 10:06
Oi Formiga,

O que o Kilua disse é verdade, se você não implementar atividades de substituição ao vício de nada vai adiantar, pois o seu cérebro é extremamente viciado em dopamina. É necessário, então, fornecer-lhe dopamina de forma natural, do contrário ele irá fazer de tudo para que você dê a ele aquela dopamina fácil e desregulada que ele conseguia via PMO. Então, escolha uma ou mais atividades de substituição, como corrida, caminhada, musculação, boxe, dança, socialização, prática de um hobbie, fazer um trabalho voluntário e outras. Bom final de semana e um forte abraço.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
avatar
din1976
Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/01/2018
Idade : 41
Localização : bahia

Re: Diário do Formiga

em 6/1/2018, 11:47
Formiga18 escreveu:E ai pessoas, tudo bem com vocês?

Tenho 26 anos e vou tentar contar um pouco da minha história e como cheguei aqui

Comecei na pornografia cedo, tinha meus 13~14 anos e em uma roda de amigos na escola começou o assunto de pornografia, eu ainda era "inocente" nunca tinha visto ou ido atrás por conta própria, mas após aquela conversa com os amigos, senti interesse em conhecer a pornografia. Cheguei em casa e não sabia nem onde conseguir, comprar uma revista ou vídeo em uma banca não era possibilidade por medo de meus pais verem (eram muito rígidos com isso devido a nossa instrução religiosa), então fui para o computador e em um programa de baixar músicas descobri que dava para baixar imagens e foi ali que o vício começou. Comecei com imagens leves apenas de mulheres.. Aquilo passou pra alguns vídeos também baixados no mesmo programa e ai que começou a ficar mais frequente.

Nessa época eu já trabalhava e estava na moda os MP4s e MP3s. Comprei um MP4 afim de poder ouvir música ao caminho da escola, mas no final foi onde eu conseguia esconder meus vídeos e poder assistir sem estar perto do computador ou em quanto estava no banheiro. Dai pra frente só piorou, conheci sites de porno online e cada vez que tinha uma oportunidade em casa, que ficasse sozinho em algum lugar eu corria para aquilo e me viciei, não passava mais de 1 dias sem e quando estava sozinho eram varias vezes por dia, era uma vontade de chegar da escola e do trabalho e conseguir fazer isso, só pensava naquilo, porém na minha cabeça era normal (jovem, mulecão.. pq não né?)

Comecei a namorar e as coisas ficaram melhores (menos pornografia mais sexo.) porém toda vez  que ficava um tempo longe da minha namorada, eu recorria ao porno, era de certa forma "controlado" não fazia sempre, mas qualquer discussão com a minha namorada, ou frustração com ela, eu recorria ao porno, era a minha amante. Depois que casei então foi mais libertador, sempre com a minha esposa em casa, não tinha como fugir, onde ver e nem pra que.. Até que ela engravidou, no começo normal ainda faziamos sexo, depois no final da gravidez era estranho pra mim pois meu filho estava lá, e a vontade de sexo sumiu um pouco, mesmo sem porno. Ai nasceu nosso filho, 40 dias de resguardo e meu cérebro achou a oportunidade perfeita de aliviar o pouco sexo da gravidez e  de voltar aquele gostinho de antes sem que minha esposa percebesse alguma "falha" pois estavamos sem poder fazer sexo. Dai parece que eu voltei a ter 18 anos de novo. Baixava vídeos pelo celular em casa, no banheiro,  pois encontrei essa maneira de fazer escondido e assistia no banheiro do trabalho, 2 vezes por semana pelo menos ou quando tinha alguma frustação em casa ou no trabalho.

2 meses e meio depois minha esposa descobriu, achou pornografia aos montes no meu celular e ai as coisas ficaram feias pro meu lado.. Nesse período da vida dela, onde ela não está se sentindo a pessoa mais bonita do mundo devido ao pós parto a estar completamente focada em cuidar do nenê e não ter tempo pra cuidar dela, eu a traia com pornografia, via outras mulheres e sentia prazer naquilo e que não queria minha esposa, estava usando o resguardo dela como desculpa para não ficar com ela, não ter nenhum tipo de prazer com ela, mesmo sem sexo, pois eu já estava satisfeito sozinho. Meu casamento quase acabou, ali me senti mal, vi que a pornografia estava me tirando de mim algo que era extremamente importante, minha família. Quase terminamos, quase que ela foi embora com meu filho junto, e a culpa disso tudo era minha, de não ser o homem que deveria ser, de ter perdido o interesse nela e ter feito ela sofrer se sentindo inferior e humilhada.

Depois de muita conversa, minha esposa achou esse programa e esse fórum e me deu essa oportunidade de corrigir as coisas, de me tratar. E aqui estou, começando meu reboot e me esforçando para que não faça de novo. De todos os males que a pornografia pode trazer, perder minha família seria o pior.

Já fazem duas semanas que tudo isso aconteceu, nesse tempo senti muita vontade de bater uma, assistir aquele vídeozinho para ficar excitado. Estou me esforçando para não cair, dando mais atenção a ela e ao meu filho. Não levando o celular pro banheiro quando estou com aquela sensação de que qualquer coisa pode me levar a fazer de novo. Nessas 2 semanas já tiveram dias mais difíceis, que a vontade foi forte e o pensamento era... ninguém vai descobrir vou la rapidinho e boa ... Mas me segurei e ainda não tive uma recaída. Também já tive mais vontade de ficar com ela, de fazer sexo com ela e isso tem ajudado.

Hoje minha esposa e eu vamos instalar os bloqueadores, ela vai criar a senha e tem me ajudado a ficar longe disso. Não só por mim faço isso, mas a motivação é fazer ela melhor, se sentir a esposa maravilhosa e linda que ela é, dar o prazer que ela merece e não desperdiçar minha vontade com algo virtual.

Força irmão, você vai consegui, sou casado também e sei o que esta passando.

_______________________________________



Já experimentou acreditar em você? Tente... Você não faz ideia do que é capaz!
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:17
Kilua escreveu:Formiga, sua situação é muito mais delicada do que muitos aqui, pois você tem uma família para cuidar, também estou lutando contra o vicio e a batalha é árdua para não fraquejarmos, já houve várias recomendações acima, mas gostaria de enfatizar a necessidade de você incluir atividades físicas em sua rotina, pois isso é super importante para nosso cérebro e corpo ser manterem saudáveis. Comigo está ajudando muito. Desejo toda sorte do mundo na jornada.

É uma boa, agora que vou entrar de férias estou pensando em voltar a malhar! Tenho tentado substituir um vicio com outro, que são os joguinhos do celular, pelo menos 1 não faz tão mal assim rsrs.

_______________________________________
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:27
Bom dia. Estou conhecendo alguns gatilhos novos, um deles é a irritação/frustação com alguma coisa e acabo querendo descontar na PMO, porém essa vontade se da mais quando estou fora de casa ou longe da minha esposa. Creio que por não estar sendo "vigiado".

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:31
Formiga18 escreveu:É uma boa, agora que vou entrar de férias estou pensando em voltar a malhar! Tenho tentado substituir um vicio com outro, que são os joguinhos do celular, pelo menos 1 não faz tão mal assim rsrs.
Oi Formiga,

Malhar é uma boa, acredito que vá te fazer muito bem! Só tome cuidado para não ficar secando demais as mulheres da academia, com aquele olhar e desejo fantasioso típico despudorado de um viciado. Isso pode atrapalhar e muito a recuperação.

Na verdade, o intuito do reboot não é substituir um vício por outro. É comprovado cientificamente que outros vícios, como jogos, comer demais... também agem no sistema de recompensa alterando o nível de dopamina no organismo. Logo, substituir um vício por outro é totalmente prejudicial. Não quero com isso fazer uma cruzada contra os jogos, mas se eles estão sendo utilizados de forma moderada, de forma que não te impeça de fazer as suas atividades diárias, isto é, que não te faça procrastinar, então, pode ser algo válido para você.

Continue firme, abraços.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:36
5&4 escreveu:
Formiga18 escreveu:É uma boa, agora que vou entrar de férias estou pensando em voltar a malhar! Tenho tentado substituir um vicio com outro, que são os joguinhos do celular, pelo menos 1 não faz tão mal assim rsrs.
Oi Formiga,

Malhar é uma boa, acredito que vá te fazer muito bem! Só tome cuidado para não ficar secando demais as mulheres da academia, com aquele olhar e desejo fantasioso típico despudorado de um viciado. Isso pode atrapalhar e muito a recuperação.

Na verdade, o intuito do reboot não é substituir um vício por outro. É comprovado cientificamente que outros vícios, como jogos, comer demais... também agem no sistema de recompensa alterando o nível de dopamina no organismo. Logo, substituir um vício por outro é totalmente prejudicial. Não quero com isso fazer uma cruzada contra os jogos, mas se eles estão sendo utilizados de forma moderada, de forma que não te impeça de fazer as suas atividades diárias, isto é, que não te faça procrastinar, então, pode ser algo válido para você.

Continue firme, abraços.

Esse olhar é uma coisa que acontece no dia a dia e que eu me sinto culpado, não queria fazer mas não consigo deixar de fazer. O vicio do jogo é complicado também, mas me distrai na hora que bate a vontade da PMO.

_______________________________________
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:39
Formiga18 escreveu:Bom dia. Estou conhecendo alguns gatilhos novos, um deles é a irritação/frustação com alguma coisa e acabo querendo descontar na PMO, porém essa vontade se da mais quando estou fora de casa ou longe da minha esposa. Creio que por não estar sendo "vigiado".
As questões emocionais acabam gerando estresse, desejo de fuga, de alívio. Logo, a PMO se desenha como o melhor caminho para tentar reverter esse estado de espírito. Só que isso é um ledo engano, pois a PMO é dúbia. Ela te dá alguns segundos de prazer e minutos, horas, dias, semanas de desprazer. A alegria que ela fornece é momentânea e superficial, já a tristeza é duradoura e profunda. 

Sem falar do sentimento de culpa que ficamos sentindo, achando-nos um lixo, indigno da vida e de tudo. Ou seja, no final não compensa recorrer à PMO, pois o preço pago acaba sendo muito caro. Temos que aprender a nos acostumar com a realidade. Durante anos, procuramos fugir dela. Por isso, ela por vezes nos assusta e a PMO fica nos lembrando que pode nos "ajudar". 

Eu já tive muita dificuldade de lidar com questões emocionais. Hoje, não tenho mais. Encaro meus problemas de frente, não me escondo mais. Resultado: minha vida financeira está se transformando de tal forma que tem sobrado todo mês em torno de 30 a 35% do meu salário. Parte estou guardando e a outra investindo. Estou reformando a minha casa. Enfim, encarar os problemas de frente acaba sendo bastante salutar em vários sentidos. 

Abraços.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
avatar
5&4
Moderador
Moderador
Mensagens : 1722
Data de inscrição : 18/08/2017
Idade : 32
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 06:42
Formiga18 escreveu:
5&4 escreveu:
Formiga18 escreveu:É uma boa, agora que vou entrar de férias estou pensando em voltar a malhar! Tenho tentado substituir um vicio com outro, que são os joguinhos do celular, pelo menos 1 não faz tão mal assim rsrs.
Oi Formiga,

Malhar é uma boa, acredito que vá te fazer muito bem! Só tome cuidado para não ficar secando demais as mulheres da academia, com aquele olhar e desejo fantasioso típico despudorado de um viciado. Isso pode atrapalhar e muito a recuperação.

Na verdade, o intuito do reboot não é substituir um vício por outro. É comprovado cientificamente que outros vícios, como jogos, comer demais... também agem no sistema de recompensa alterando o nível de dopamina no organismo. Logo, substituir um vício por outro é totalmente prejudicial. Não quero com isso fazer uma cruzada contra os jogos, mas se eles estão sendo utilizados de forma moderada, de forma que não te impeça de fazer as suas atividades diárias, isto é, que não te faça procrastinar, então, pode ser algo válido para você.

Continue firme, abraços.

Esse olhar é uma coisa que acontece no dia a dia e que eu me sinto culpado, não queria fazer mas não consigo deixar de fazer. O vicio do jogo é complicado também, mas me distrai na hora que bate a vontade da PMO.
Você precisa se esforçar para anular esse olhar despudorado de enxergar as mulheres. Isso é normal em qualquer viciado. Mas na medida em que vamos nos esforçando, e o nosso cérebro se restaurando, vai chegar um momento em que vamos olha-las com o intuito de mais admirá-las do que fantasiando comê-las e tudo mais. Sobre os jogos faça tudo o que tiver que fazer no dia e reserve um tempinho para jogar. O errado é ficar jogando por horas, deixando de fazer aquilo que você sabe que precisa ser feito. A procrastinação é irmã da PMO. Logo, não combatê-la é o mesmo que esperar por alguns dias para cair em PMO.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


  
Formiga18
Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/12/2017

Re: Diário do Formiga

em 9/1/2018, 07:05
5&4 escreveu:
Formiga18 escreveu:
5&4 escreveu:
Formiga18 escreveu:É uma boa, agora que vou entrar de férias estou pensando em voltar a malhar! Tenho tentado substituir um vicio com outro, que são os joguinhos do celular, pelo menos 1 não faz tão mal assim rsrs.
Oi Formiga,

Malhar é uma boa, acredito que vá te fazer muito bem! Só tome cuidado para não ficar secando demais as mulheres da academia, com aquele olhar e desejo fantasioso típico despudorado de um viciado. Isso pode atrapalhar e muito a recuperação.

Na verdade, o intuito do reboot não é substituir um vício por outro. É comprovado cientificamente que outros vícios, como jogos, comer demais... também agem no sistema de recompensa alterando o nível de dopamina no organismo. Logo, substituir um vício por outro é totalmente prejudicial. Não quero com isso fazer uma cruzada contra os jogos, mas se eles estão sendo utilizados de forma moderada, de forma que não te impeça de fazer as suas atividades diárias, isto é, que não te faça procrastinar, então, pode ser algo válido para você.

Continue firme, abraços.

Esse olhar é uma coisa que acontece no dia a dia e que eu me sinto culpado, não queria fazer mas não consigo deixar de fazer. O vicio do jogo é complicado também, mas me distrai na hora que bate a vontade da PMO.
Você precisa se esforçar para anular esse olhar despudorado de enxergar as mulheres. Isso é normal em qualquer viciado. Mas na medida em que vamos nos esforçando, e o nosso cérebro se restaurando, vai chegar um momento em que vamos olha-las com o intuito de mais admirá-las do que fantasiando comê-las e tudo mais. Sobre os jogos faça tudo o que tiver que fazer no dia e reserve um tempinho para jogar. O errado é ficar jogando por horas, deixando de fazer aquilo que você sabe que precisa ser feito. A procrastinação é irmã da PMO. Logo, não combatê-la é o mesmo que esperar por alguns dias para cair em PMO.

Obrigado pelas dicas! Vou tentar me esforçar a fazer as coisas assim.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum