Compartilhe
Ir em baixo
Robs
Mensagens : 3
Data de inscrição : 27/12/2017

Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 27/12/2017, 18:23
Boa noite! Acabo de encontrar este grupo e relutei muito em escrever... mas tenho tantas dúvidas que não pude me conter.
Sou casada com um homem que se diz viciado em pornografia. Pelos relatos que li aqui neste fórum e em diversos sites confesso que os sintomas se assemelham muito, mas ainda não estou certa disso e preciso entender um pouco mais antes de me jogar de cabeça.
Temos 7 anos de casados, durante o período de namoro (foram 6 anos) o sexo era muito bom, às vezes rápido demais pra mim, com poucas preliminares mas era bom. Quando casamos a frequência caiu muito, parecia que ele só fazia por obrigação... foi quando me dei conta que a masturbação estava substituindo o sexo. Ele usava muito pornografia durante as relações e chegava a colocar em canais adultos apenas para pegar no sono... isso mesmo!!! Ele usava até para dormir!!! Eu brincava com isso... dizia que ele tinha problema... mas sempre fiz pouco caso da situação. A verdade era que eu não fazia ideia do que vinha pela frente.
Com 3 anos de casados descobri uma conta fake em diversos sites de relacionamento e vi que ele tinha uma vida dupla. Meu mundo caiu! Ele não negou, nem tinha como, e me disse do seu vício, jurou que estes sites eram para troca de fotos e que nada tinha passado disso! Claro que eu não acreditei, mas resolvi dar uma chance ao nosso casamento.
O sexo continuava raro, sem graça, conversamos, eu disse que sentia falta, mas ele alegava estar cansado por problemas no trabalho, etc.
Tive dois abortos, foi um período conturbado... mas nesse tempo nos conectamos de novo... as coisas pareciam estar bem! Engravidei de novo e tivemos nosso primeiro filho. Minha gravidez foi de alto risco e o sexo não era uma opção, ainda assim estava sempre disposta a ele, mas ele não me procurava... a masturbacao voltou e desta vez eu não pude fazer nada.
Nosso filho nasceu e após o resguardo voltamos a ter relações, parecia que tudo estava bem...
2 anos depois planejamos outro filho e durante meu tratamento as relações eram raras! Como pode? Ele simplesmente não me procurava... não tinha interesse! Fizemos uma viagem com nosso filho e descobri em seu celular uma lista de telefone de mulheres associadas a um aplicativo de encontros (juro que não sou bisbilhoteira!!! Nunca fui... estava do lado dele e fui ligar para uma pessoa do telefone dele, disquei na busca da agenda pelo nome da pessoa e pronto... apareceu uma lista de uns 15 nomes todos com a palavra Tinder ao lado)! Foi um choque!!! Estávamos com outras pessoas e passei a viagem inteira sem me referir ao episódio... só quando retornamos fui confrontar ele! Mais uma vez alegou ser um vicio, disse que precisava de ajuda, chorou, implorou perdão, etc. Exigi que fizesse terapia, a partir dali não havia mais o que fazer. A confiança acabou... o respeito aos poucos também! Sobrou o amor que tenho que pela minha família e decidi tentar de novo ao ver ele frequentando a terapia. Fizemos uma viagem de reconciliação, foi ótima! Abandonei o tratamento para engravidar e eis que surge a gravidez... foi um misto de alegria e decepção... não era bem do jeito que eu queria mas um filho é sempre uma benção!
Hoje estou com 37 semanas, reta final da gestação e há 15 dias descobri que ele estava tendo relações com prostitutas!! Isso mesmo... acho que o fundo do poço chegou... ou será possível ir mais fundo?
Eu cansei... minha condição atual não me permite tomar nenhuma atitude agora, minha terapeuta tem me ajudado muito! Tenho medo de ter depressão pós parto e estou focando toda minha energia nos meus filhos!
Minha dúvida é até que ponto isto tudo pode chegar? Como confiar depois de tantas mentiras? O vício pode mesmo levar a tanto desvio de caráter? Às vezes me parece ser só safadeza mesmo... aliada a muita falta de respeito e de amor... estou destroçada com tudo isso!
avatar
Esposa deseperada
Mensagens : 44
Data de inscrição : 24/07/2017
Idade : 31

Sinta-se abraçada e acolhida!!

em 28/12/2017, 08:35
Olá Robs, bem-vinda ao Fórum!!

Minha querida eu nem consigo imaginar sua dor, neste momento tão especial da maternidade, mas continue firme e forte.....te desejo muita força, paz e se apegue à sua fé, que Deus irá confortar seu coraçãozinho, aliás só Deus!!

Fundamental que você esteja fazendo terapia, porque a primeira coisa que essa porcaria atinge é a nossa auto-estima, sentimos-nos rejeitas, frustradas, humilhadas...é como uma faca sendo cravada no nossos corações e como dói. Até entendermos que é uma doença que nada tem a ver com nós, as companheiras.

Estou casada há quatro anos e passo a mesma situação que você, só que não tenho filhos porque não tenho relações sexuais com meu marido....aliás hoje estou tão machucada e dilacerada com tudo com o que passei que mesmo que ele tivesse algum desejo por mim, eu não o deixaria encostar mais em mim....sinto repulsa.

Peguei uma foto que meu marido tirou de uma prostituta dançando no pole dance e ao fundo a tv ligada em filme porno....ou seja, não bastou pagar uma fortuna (isso que ele está desempregado) para uma gp - com uma mulher incrível em casa - tinha que ter a porcaria do filme porno.... o que dizer, não é mesmo??

Quando entrei no fórum estava muito confiante e animada que as coisas melhorariam e, infelizmente, nada mudou...talvez que meu marido hoje toma muito mais cuidado ao sair e tirar fotos de gps.....porque não confio mais, porque o amor cansa, porque quero ter um marido, porque quero ter filhos, porque simplesmente ele não me merece.

Desculpa ser franca com você porque já passei da fase que achava que era safadeza, depois entendi que era o vício e criei expectativas, porém como ele não quis enfrentar verdadeiramente o vício, incluindo instalar bloqueadores de sites no celular e no ipad ou ir fazer terapia.....eu desisti!!!

Hoje estou em casa, inventei uma doença na família e estou guardando todo o meu dinheiro e me coloquei um prazo para sair de casa e resolver minha vida, sem brigas, sem cobranças e sem maiores explicações.....não pela parte financeira, é muito dolorido deixar uma vida de sonhos e planos para trás, porém, há vida depois desse lixo...só de imaginar estar sozinha e em paz já fico até mais animada rsrs.

Claro, cada caso é um caso, porém pense na sua sanidade e serenidade......e como será os seus filhos terem esse exemplo de pai!!!

De coração, estou muito triste com sua situação....me dói muito, mais uma vez ler relatos como esses por causa da pmo. Eu quase não entro mais aqui no fórum porque é muito frustante, mas tive que dar meu apoio a você.

Fica com Deus e te desejo muita paz, para que nada afete esse momento tão lindo da sua vida!!

Muitos abraços carinhosos,

Esposa



Robs
Mensagens : 3
Data de inscrição : 27/12/2017

Re: Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 28/12/2017, 11:45
Ahhh tô tão perdida... não sei o que fazer!!! Obrigada por suas palavras...
Meus hormônios estão à flor da pele então acho que não estou em condições de decidir nada neste momento... a terapia pra mim esta sendo crucial!! Ele também está fazendo com outro terapeuta... mas acho que o fato de não ser um profissional com experiência nessa área está até atrapalhando... muito difícil esta situação toda e mais difícil ainda é acreditar que possa haver alguma mudança!!
Pra ser sincera nem sei se eu quero mais... o problema são as crianças... sei da importância da presença do pai na vida deles...
Graças a Deus não dependo financeiramente dele, tenho total independência para sair dessa relação sem desgaste financeiro, mas o emocional vai ser difícil!! Não por amor a ele, mas pela família que construímos... nossa relação está desgastada mas ele é um ótimo pai!! Não posso negar isso!
Hoje fui no medico, fiz varios exames para ter certeza que estou saudável afinal a chance dele não ter usado camisinha existe!! São tantas mentiras... que nojo! Só de falar nisso me embrulha o estômago!
Ontem ele contou tudo para os pais dele, achei um enorme avanço!! Pediu ajuda... a mãe dele me ligou desesperada!! Hoje vamos conversar todos juntos... isso pode ser um bom sinal... vamos ver!
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5205
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 28/12/2017, 19:45
Boa dia, Robs. Seja bem vinda.

Primeiramente, foi bom você conhecer o fórum. Pela descrição do estado de seu marido, ele é viciado típico. O sexo real e afetivo não faz mais sentido e ele só sente prazer caso busque relações que simule as transas pornôs. Algo que satisfaça fantasias sexuais deturpadas.

Orientamos você a conhecer o método Comparar, baseado em estudos da neurociência. Também, apresentar este fórum e o eBook a seu marido. Será de crucial importância ao processo de cura dele. Também pede para ele se cadastrar e criar um diário.

O vício em pornografia resulta em comportamentos absurdos em relação a sexualidade. Um deles, a nível extremo, é a busca de parceiras promíscuas. Por ser um vício comportamental, requer processo diferenciado de perda de compulsão e também a instalação de bloqueadores no Pc e outros dispositivos móveis para evitar acesso irrestrito a conteúdo erótico.

Para mais esclarecimentos, temos ferramentas necessárias para conhecer a natureza deste vício e como sana-lo. As terapias convencionais possuem limites de práticas de cura. Ao contrário, o método aqui proposta e bem realista e funciona desde que o rebooter aplique coerentemente as estratégias.

Contamos com a presença de vocês. A sorte é que pode se reverter esses comportamentos bizarros. Isto exige muito da boa vontade e engajamento em vencer a compulsão.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


Robs
Mensagens : 3
Data de inscrição : 27/12/2017

Re: Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 31/12/2017, 11:59
Obrigada Blpr! Ele já baixou o livro... eu já li! Ele não sei se leu... não vou ficar pressionando pois acho que estas atitudes devem partir dele! Se ele não quiser mudar, não vou ser eu que irei obrigá-lo!
Hoje no último dia do ano estou exausta! Não sei o que fazer...
Normalmente eu estaria fazendo votos de um novo ano feliz, com minha família reunida e ansiosa pela espera do bebê... mas não! Hoje não...
Sinto-me despedaçada... sem rumo...
Um dia de cada vez... vamos seguindo!
Feliz Ano Novo para todos vocês! Que Deus os fortaleça para vencer esta luta!
avatar
Blpr
Moderador
Moderador
Mensagens : 5205
Data de inscrição : 30/05/2015

Re: Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 1/1/2018, 17:49
Robs escreveu:Obrigada Blpr! Ele já baixou o livro... eu já li! Ele não sei se leu... não vou ficar pressionando pois acho que estas atitudes devem partir dele! Se ele não quiser mudar, não vou ser eu que irei obrigá-lo!
Hoje no último dia do ano estou exausta! Não sei o que fazer...
Normalmente eu estaria fazendo votos de um novo ano feliz, com minha família reunida e ansiosa pela espera do bebê... mas não! Hoje não...
Sinto-me despedaçada... sem rumo...
Um dia de cada vez... vamos seguindo!
Feliz Ano Novo para todos vocês! Que Deus os fortaleça para vencer esta luta!

Eu também considero bom não pressionar. Por enquanto, só ofereça dicas de conteúdos e apoio afetivo. Tente não sofrer bastante pois um vício é algo sem controle. Para ele, está normal como se o que ele faz fosse consciente. Porém, a vontade sexual dele está subjugada. Assim,, caso realmente ele deseje a cura, boa parte da motivação sempre deve partir dele. Sendo realista, há rebooters que só se empenham na luta quando o vício provoca consequências graves como disfunção erétil e sexo perigoso.

Desejo Feliz Ano Novo e que seu sorriso brilhe novamente.

_______________________________________
Link do e-book grátis:

https://drive.google.com/open?id=0B_ZBYrwrvOuJTDctSjhvdGQ1V1E


"A dor é temporária. Ela pode durar um minuto, uma hora, um dia, um mês ou talvez um ano. Mas, eventualmente, ela irá sumir e outra coisa ocupará o seu lugar. Porém, se você não lutar e superar essa dor, ela vai durar para sempre". (Lancy Armstrong)


belaadormecida
Mensagens : 20
Data de inscrição : 29/01/2018

Re: Como acreditar depois de tantas mentiras?

em 20/2/2018, 07:32
Olá Robs, como vcs estão? E seu bb nasceu lindo e saudável?

Comecei a ler mais os diários das parceiras. Antes estava lendo os dos viciados para ver se realmente meu esposo tinha as mesmas reações ou ações parecidas.

Paz e Bem!
BelaAdormecida, já não tão adormecida
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum