Compartilhe
Ir em baixo
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Diário do Carvalho

em 17/1/2018, 12:56
Fala gente,
Depois de muito tempo acompanhando o fórum resolvi descrever um pouco de como é minha situação, acho que vai me dar mais forças pra reiniciar meu processo! Vou deixar primeiro umas informações rápidas pra quem deseja ver um resuminho de tudo.

Problemas maiores: ER (provavelmente por death grip), falta de energia, irritabilidade intensa (preciso de ajuda em relação a isso!) dificuldade de manutenção de ereção
Idade: 25 anos (15 anos aproximadamente em uso de PMO)
Frequência usual de PMO antes do reboot: 3 vezes na semana, sem uso de LUB.
Atualmente: em um relacionamento, pratico meditação diária, tenho uma rotina pesada de estudo (curso puxado), não pratico exercícios (em processo para começar natação), sem uso de medicação, já tentei o reboot umas 5 vezes (recorde de 50 dias)
Início do Reboot: JAN 9

Um pouquinho da minha história:

Comecei com a pornografia com cerca de 10 anos, começando a baixar fotos de revistas de homens americanas, tipo playgirl. Essa época chegava a dormir muito tarde só procurando essas coisas na internet, que era discada, por sinal. Ao longo do tempo, começando com a internet rápida, começava a baixar vídeos e acessar váaaarios sites pornôs, várias vezes por semana, sempre com M. Com cerca de 17 anos fiquei com o primeiro menino, sendo que antes disso só ficava com mulher, mas nunca cheguei a transar. Perdi minha virgindade de sexo (penetração propriamente dita) com 21 anos, quando eu tive meu primeiro namorado. Desse tempo pra cá, sempre notei uma dificuldade de ejaculação e, algumas vezes, de ereção. Já passei várias transas da minha vida sem gozar. Nunca tinha encontrado uma causa pra isso, sempre pensei que estava passando por uma transição, ou que era exigente demais na cama, pensando que só caras lindos e fortes me deixariam excitado. Além disso, tive muita dificuldade, ainda tenho, de determinar qual "posição", ativo ou passivo, que me deixa mais excitado e confortável na cama. Ano passado descobri o "NO FAP" e comecei a relacionar tudo a isso, ou pelo menos grande parte dos meus problemas sexuais. No final do ano passado cheguei a ficar um mês e meio sem M ou P, mas chegou o tempo que não consegui mais, desistindo de manter meu reboot de M, apesar de ter reduzido bastante a frequência. Depois de me M pela primeira vez após esse processo, sem uso da P, vi um resultado que, pra mim, foi impressionante. Consegui me M sem me fantasiar e ejacular rapidamente e com meu próprio controle. Isso era impossível antes de eu iniciar o processo! Vendo esse resultado me empolguei e achei que tudo estava resolvido. Comecei a aumentar a frequencia de M, por vezes cheguei a ver P e tudo foi meio que por água abaixo.

O sexo sempre foi um problema pra mim. Sempre tive vontade de não me preocupar se um primeiro encontro acabasse em sexo. Sempre tive a teoria de que não poderia transar com o cara ao menos que eu sentisse segurança nele. Mas tudo isso talvez por minha insegurança mesmo, não por uma "filosofia de vida". Sempre quis ser livre, e acaba que me encontro, não no momento (conto mais adiante), sempre preso.

Agora to criando muitas forças para continuar o processo. Nesse meio tempo, tentei algumas vezes reiniciar o processo, mas sempre falhava. Acho que isso pode ser devido a minha vida muito estressante... Faço um curso muito pesado, que toma muito meu tempo e que as vezes sinto essa necessidade de relaxar. Por muito tempo também passei pelo tempo de flat, muitas vezes, chegando a desanimar de fazer coisas bacanas, tipo sair c amigos, barzim, boate e tal.

Atualmente eu tô num relacionamento sério com o Lucas, que me entende muito, sendo que estamos juntos por volta de 10 meses. No começo do namoro, a primeira transa que tivemos foi maravilhosa, sendo que tive O nos primeiros 3 minutos do sexo. Fiquei até encucado com isso, já que minha dificuldade sempre foi em chegar ao O. Ao longo do tempo, usando camisinha, nunca consegui mais chegar ao O durante a relação, sendo que isso é o meu sonho atualmente. Não que eu esteja dizendo que o "caminho" para chegar ao O não seja bom, mas a sensação de chegar ao O durante o sexo é incrível! Agora não estamos mais usando camisinha e mesmo assim os problemas da ER continuam. E é horrível, pois gosto demais do Lucas e sinto tesão quando estou com ele. Mas nunca o sexo é maravilhoso. É sempre average, e pronto.

Já tem um tempo que eu prefiro a pornografia ao sexo. Me sinto muitas vezes culpado por causa disso, ainda mais porque a sociedade sempre dita o sexo como a melhor coisa do mundo. Me sinto sempre deslocado por não sentir isso, nem de longe. Como que o sexo pode ser a coisa mais gostosa para a maioria das pessoas e pra mim não ser isso? Já até abordei isso com minha psicóloga e ela me ajudou muito a desconstruir essa ideia de que o sexo de todo mundo é perfeito, só o meu que não. Tenho um grande desejo de que o sexo seja gostoso, prazeroso. Que simplesmente me dê vontade de fazer na maior parte das vezes e que eu não veja, como vejo muitas vezes, como um "que bom que já transei com ele, agora posso ficar tranquilo e aproveitar meu fim de semana". Não é que seja ruim, mas que poderia não acontecer e eu ficar de boa.

O meu vício tem evoluido bastante ao longo dos quase 15 anos de PMO: comecei com as revistas, passei para as fotos, para os vídeos... E antes de começar o Reboot eu estava vendo somente pornografia hétero, sempre com um sexo violento e com caras sempre másculos. Essa perversão dos meus hábitos estava se tornando tão grande que eu começava a me questionar se eu gostava de mulheres. Me dava muita vontade de fazer sexo com mulheres. Logo eu, super bem resolvido. E junto com o relato dos meus amigos, "que nunca desconfiaram, antes de me conhecer, que eu era gay", isso começou a me confundir um pouco. Acaba que é o reverso do que acontece com os héteros, no HOCD.

Ainda, tinha um vício de criar perfis falsos nos aplicativos de pegação, juntar fotos de um cara qualquer, incluindo suas fotos íntimas, e trocá-las com o máximo de caras que eu conseguisse, para eu poder masturbar vendo elas ao fim do dia. Isso era o que mais me excitava. Muitas vezes isso era tão prazeroso para mim que eu nem precisava M vendo as fotos. Só ficava vendo aquilo e pensando que aqueles caras eram reais e estavam aqui no RJ, perto de mim. Isso é péssimo, ver que os hábitos de P vão avançando para coisas mais bizarras possíveis. Hoje sinto uma grande vergonha disso.
Acabava que, também, como estou com o Lucas, isso criava uma grande paranoia, já que eu possuia o aplicativo 24 horas por dia e de tempos em tempos, ao longo do meu dia, eu ia no bairro dele pelo Hornet para ver se ele estava usando e me traindo de alguma forma. Essa mania, então, me prejudicava duplamente.

No ano passado, comecei a usar um antidepressivo por causa da minha irritabilidade constante, com tudo e com todos. Nesse período eu nem chegava ao O durante o sexo, nem mesmo me M com a maior rapidez e intensidade do mundo. Cheguei a usar por 3 meses e tirei agora, em dezembro. Nosso último sexo foi no início do último mês do ano, ainda sem O. Espero que com o Reboot essa irritabilidade passe!
Estou, agora, no interior. Durante as férias estava me M todos os dias, com muita P. Dia 9 de Janeiro decidi parar e agora estou no oitavo dia sem PMO, graças a Deus.

Estou usando também um método meu, caseiro, que presume uma recompensa, de algo que eu gostei, a cada 10 dias se eu passá-los sem PMO. E tá sendo incrível!

RUMO AO INFINITO SEM PMO

Desde já quero agradecer aos que acompanham declaradamente ou timidamente esse diário e que mandam energias positivas. E estou sempre feliz em ajudar, pois sei a enormidade desse problema pra gente que sofre, em relação a qualquer distúrbio.

Like a Star @ heaven


Última edição por joaocrv em 18/1/2018, 12:39, editado 1 vez(es) (Razão : Complementação, à medida que vou lembrando dos fatos importantes.)
avatar
David Silva
Mensagens : 1317
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 32

Re: Diário do Carvalho

em 17/1/2018, 17:02
Parabéns pela decisão
Seja bem vindo
Mas uma pergunta: essa recompensa a cada 10 dias não é Pornografia não né? Pq se for isso não é reboot.
Mas se for outra recompensa aí vale a pena sim

Conte comigo
Um abraço

Força, fé, luta, foco!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro


avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 17/1/2018, 17:23
David Silva escreveu:Parabéns pela decisão
Seja bem vindo
Mas uma pergunta: essa recompensa a cada 10 dias não é Pornografia não né? Pq se for isso não é reboot.
Mas se for outra recompensa aí vale a pena sim

Conte comigo
Um abraço

Força, fé, luta, foco!

Oi David, obrigado pela força!
Sim, esse sistema dá uma recompensa que definitivamente não é PMO! Por dias livres e saudáveis Wink
Grande abraço!
Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
RodsRJ
Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 17/1/2018, 19:41
Olá, vou acompanhar seu diário.  Desejo que tudo corra bem!!

_______________________________________
"Im not afraid to live my life and take whats mine. I will make my way through the darkes hours of my days." - Stratovarius.

avatar
Gregory16
Mensagens : 654
Data de inscrição : 15/08/2017

Re: Diário do Carvalho

em 17/1/2018, 20:02
Estarei de acompanhando, espero que consiga completar o reboot eu já concluí uma vez e realmente me senti melhor e já não sou mais o mesmo de um ano atrás, faz que curso (se puder dizer)?

_______________________________________
Clique aqui para acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 08:38
RodsRJ escreveu:Olá, vou acompanhar seu diário.  Desejo que tudo corra bem!!

Obrigado amigo! Valeu pelas energias boas!


Gregory16 escreveu:Estarei de acompanhando, espero que consiga completar o reboot eu já concluí uma vez e realmente me senti melhor e já não sou mais o mesmo de um ano atrás, faz que curso (se puder dizer)?


Que massa! E agora, tá há quanto tempo?

Eu faço medicina no rio!

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 11:16
Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos

avatar
Gregory16
Mensagens : 654
Data de inscrição : 15/08/2017

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 11:31
joaocrv escreveu:
RodsRJ escreveu:Olá, vou acompanhar seu diário.  Desejo que tudo corra bem!!

Obrigado amigo! Valeu pelas energias boas!


Gregory16 escreveu:Estarei de acompanhando, espero que consiga completar o reboot eu já concluí uma vez e realmente me senti melhor e já não sou mais o mesmo de um ano atrás, faz que curso (se puder dizer)?


Que massa! E agora, tá há quanto tempo?

Eu faço medicina no rio!
Estou a 4 dias porque tive umas recaídas recentemente (veja meu diário), continue relatando.

_______________________________________
Clique aqui para acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 11:33
Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot (bloqueadores) mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.


Última edição por marcosbanc em 18/1/2018, 12:38, editado 1 vez(es)
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 12:12
marcosbanc escreveu:Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.

Você faz medicina também?
Realmente a realidade é muito estressante. Tem dias na semana que passo literalmente o dia inteiro na faculdade. Então às vezes você só quer chegar em casa e relaxar, muitas vezes com PMO. E esse é o maior gatilho: o cansaço. Eu sempre via, antes do Reboot, como uma recompensa ao cansaço, pensando: "Nossa, meu dia foi super estressante e não fiz nada que eu tive prazer fazendo (mesmo que eu ame o meu curso). Vou ali relaxar rapidinho, com uma coisa que gosto muito".
Então, igual um amigo disse em um diário que li por agora, que a PMO preenche lacunas em nossa vida. Pensei muito sobre isso e é a mais pura verdade: a lacuna da diversão, relaxamento, alegria sempre são "supridas", mesmo que não diariamente, pela P.
E isso que você disse é muito legal também. Eu estou passando por uma fase na qual também estou me readequando, retirando coisas ruins da minha vida, principalmente no quesito alimentação. Vou tentar fazer um esporte quando começarem as aulas e estou criando o hábito de meditar, que está me fazendo MUITO bem!
Força pra nós!
Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 12:41
Gente, queria complementar um pouco a minha história. Lendo o diário dos outros me deu impulso para desabafar sobre algumas coisas...

Já tem um tempo que eu prefiro a pornografia ao sexo. Me sinto muitas vezes culpado por causa disso, ainda mais porque a sociedade sempre dita o sexo como a melhor coisa do mundo. Me sinto sempre deslocado por não sentir isso, nem de longe. Como que o sexo pode ser a coisa mais gostosa para a maioria das pessoas e pra mim não ser isso? Já até abordei isso com minha psicóloga e ela me ajudou muito a desconstruir essa ideia de que o sexo de todo mundo é perfeito, só o meu que não. Tenho um grande desejo de que o sexo seja gostoso, prazeroso. Que simplesmente me dê vontade de fazer na maior parte das vezes e que eu não veja, como vejo muitas vezes, como um "que bom que já transei com ele, agora posso ficar tranquilo e aproveitar meu fim de semana". Não é que seja ruim, mas que poderia não acontecer e eu ficar de boa.

O meu vício tem evoluido bastante ao longo dos quase 15 anos de PMO: comecei com as revistas, passei para as fotos, para os vídeos... E antes de começar o Reboot eu estava vendo somente pornografia hétero, sempre com um sexo violento e com caras sempre másculos. Essa perversão dos meus hábitos estava se tornando tão grande que eu começava a me questionar se eu gostava de mulheres. Me dava muita vontade de fazer sexo com mulheres. Logo eu, super bem resolvido. E junto com o relato dos meus amigos, "que nunca desconfiaram, antes de me conhecer, que eu era gay", isso começou a me confundir um pouco. Acaba que é o reverso do que acontece com os héteros, no HOCD.

Ainda, tinha um vício de criar perfis falsos nos aplicativos de pegação, juntar fotos de um cara qualquer, incluindo suas fotos íntimas, e trocá-las com o máximo de caras que eu conseguisse, para eu poder masturbar vendo elas ao fim do dia. Isso era o que mais me excitava. Muitas vezes isso era tão prazeroso para mim que eu nem precisava M vendo as fotos. Só ficava vendo aquilo e pensando que aqueles caras eram reais e estavam aqui no RJ, perto de mim. Isso é péssimo, ver que os hábitos de P vão avançando para coisas mais bizarras possíveis. Hoje sinto uma grande vergonha disso.
Acabava que, também, como estou com o Lucas, isso criava uma grande paranoia, já que eu possuia o aplicativo 24 horas por dia e de tempos em tempos, ao longo do meu dia, eu ia no bairro dele pelo Hornet para ver se ele estava usando e me traindo de alguma forma. Essa mania, então, me prejudicava duplamente.
Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 17:13
joaocrv escreveu:
marcosbanc escreveu:Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.

Você faz medicina também?
Realmente a realidade é muito estressante. Tem dias na semana que passo literalmente o dia inteiro na faculdade. Então às vezes você só quer chegar em casa e relaxar, muitas vezes com PMO. E esse é o maior gatilho: o cansaço. Eu sempre via, antes do Reboot, como uma recompensa ao cansaço, pensando: "Nossa, meu dia foi super estressante e não fiz nada que eu tive prazer fazendo (mesmo que eu ame o meu curso). Vou ali relaxar rapidinho, com uma coisa que gosto muito".
Então, igual um amigo disse em um diário que li por agora, que a PMO preenche lacunas em nossa vida. Pensei muito sobre isso e é a mais pura verdade: a lacuna da diversão, relaxamento, alegria sempre são "supridas", mesmo que não diariamente, pela P.
E isso que você disse é muito legal também. Eu estou passando por uma fase na qual também estou me readequando, retirando coisas ruins da minha vida, principalmente no quesito alimentação. Vou tentar fazer um esporte quando começarem as aulas e estou criando o hábito de meditar, que está me fazendo MUITO bem!
Força pra nós!
Like a Star @ heaven

Não, eu faço direito, mas a maioria dos meus amigos fazem med. Eu também me M pra sentir alívio sobre meu dia extremamente cansativo.
Na realidade eu que mencionei que o PMO preenche lacunas. Um grande amigo psicólogo me abriu os olhos. Junto com o PMO o vício do café foi junto (mesmo sem eu perceber) e não sinto a menor vontade.
Hoje tive a ideia de criar uma agenda e ser mais objetivo e organizado com meus afazeres, alimentação, lazer e finanças.

Qualquer coisa chama no privado pra conversamos!

Abraços.


Última edição por marcosbanc em 18/1/2018, 18:59, editado 1 vez(es)
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 18:40
marcosbanc escreveu:
joaocrv escreveu:
marcosbanc escreveu:Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.

Você faz medicina também?
Realmente a realidade é muito estressante. Tem dias na semana que passo literalmente o dia inteiro na faculdade. Então às vezes você só quer chegar em casa e relaxar, muitas vezes com PMO. E esse é o maior gatilho: o cansaço. Eu sempre via, antes do Reboot, como uma recompensa ao cansaço, pensando: "Nossa, meu dia foi super estressante e não fiz nada que eu tive prazer fazendo (mesmo que eu ame o meu curso). Vou ali relaxar rapidinho, com uma coisa que gosto muito".
Então, igual um amigo disse em um diário que li por agora, que a PMO preenche lacunas em nossa vida. Pensei muito sobre isso e é a mais pura verdade: a lacuna da diversão, relaxamento, alegria sempre são "supridas", mesmo que não diariamente, pela P.
E isso que você disse é muito legal também. Eu estou passando por uma fase na qual também estou me readequando, retirando coisas ruins da minha vida, principalmente no quesito alimentação. Vou tentar fazer um esporte quando começarem as aulas e estou criando o hábito de meditar, que está me fazendo MUITO bem!
Força pra nós!
Like a Star @ heaven

Não, eu faço direito, mas a maioria dos meus amigos fazem med. Eu também me M pra sentir alívio sobre meu dia extremamente cansativo.
Na realidade eu que mencionei que o PMO preenche lacunas. Um grande amigo psicólogo me abriu os olhos. Junto com o PMO o vício do café foi junto (mesmo sem eu perceber) e não sinto a menor vontade.
Hoje tive a ideia de criar uma agencia e ser mais objetivo e organizado com meus afazeres, alimentação, lazer e finanças.

Qualquer coisa chama no privado pra conversamos!

Abraços.

Realmente, é um curso bastante pesado...
Hahahahaha cara!!! Tô rindo aqui de eu ter mencionado uma coisa que você falou hahahaha
Como assim criar uma agência? Não consigo chamar no privado!
Abraços!

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 19:00
joaocrv escreveu:
marcosbanc escreveu:
joaocrv escreveu:
marcosbanc escreveu:Amigo eu conheço bem a realidade das faculdades de medicina. São muitos gatilhos ambulantes rsrs
Eu não utilizo o sistema de Reboot mas de conscientização. O mesmo sistema estou utilizando pra mudar a minha alimentação. Há alguns meses já não consumo refrigerantes, e estou progredindo. Tudo que me rouba vida estou deixando pra trás, inclusive pessoas tóxicas.
Aguente firme!!! Qualquer coisa estamos por aqui!

Abraços.

Você faz medicina também?
Realmente a realidade é muito estressante. Tem dias na semana que passo literalmente o dia inteiro na faculdade. Então às vezes você só quer chegar em casa e relaxar, muitas vezes com PMO. E esse é o maior gatilho: o cansaço. Eu sempre via, antes do Reboot, como uma recompensa ao cansaço, pensando: "Nossa, meu dia foi super estressante e não fiz nada que eu tive prazer fazendo (mesmo que eu ame o meu curso). Vou ali relaxar rapidinho, com uma coisa que gosto muito".
Então, igual um amigo disse em um diário que li por agora, que a PMO preenche lacunas em nossa vida. Pensei muito sobre isso e é a mais pura verdade: a lacuna da diversão, relaxamento, alegria sempre são "supridas", mesmo que não diariamente, pela P.
E isso que você disse é muito legal também. Eu estou passando por uma fase na qual também estou me readequando, retirando coisas ruins da minha vida, principalmente no quesito alimentação. Vou tentar fazer um esporte quando começarem as aulas e estou criando o hábito de meditar, que está me fazendo MUITO bem!
Força pra nós!
Like a Star @ heaven

Não, eu faço direito, mas a maioria dos meus amigos fazem med. Eu também me M pra sentir alívio sobre meu dia extremamente cansativo.
Na realidade eu que mencionei que o PMO preenche lacunas. Um grande amigo psicólogo me abriu os olhos. Junto com o PMO o vício do café foi junto (mesmo sem eu perceber) e não sinto a menor vontade.
Hoje tive a ideia de criar uma agencia e ser mais objetivo e organizado com meus afazeres, alimentação, lazer e finanças.

Qualquer coisa chama no privado pra conversamos!

Abraços.

Realmente, é um curso bastante pesado...
Hahahahaha cara!!! Tô rindo aqui de eu ter mencionado uma coisa que você falou hahahaha
Como assim criar uma agência? Não consigo chamar no privado!
Abraços!

Deveria ser "Agenda". Meu corretor não perdoa kkk
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 18/1/2018, 19:02
Dia 09 de muita gratidão

Hoje o dia foi bastante tranquilo. Apesar disso, na noite de ontem pra hoje, passei muito mal. Ontem já estava meio mal do estômago, sentindo que ia vomitar a qualquer momento. Acabou que dormi mal e acordava várias vezes a noite. Em uma dessas vezes, não consegui voltar a dormir, ficando cerca de 30 minutos atoa.
Em um dia desses, antes do Reboot, aconteceu a mesma coisa comigo e me M bastante vendo muita P. Então acabou que me deu muita vontade de M. Tive uma força de vontade imensa e fui ver um filme, me tranquilizando bastante.
O pior: como estou no interior, sem meus pais, hoje todas as minhas cuecas estavam sujas, então estou o dia inteiro com um samba-canção. E isso é pessimo, pois o meu querido fica solto o tempo inteiro, e às vezes gera uma ereção. Então hoje a noite foi um pouquinho mais difícil que o normal.

Estou muito feliz nas férias, pois faço coisas que nunca me são permitidas fazer durante as aulas: estou meditando todos os dias, estou lendo um livro muito gostoso, bem brasileiro, estou curtindo a natureza, tirando fotos (um hobbie que eu amo), escutando músicas gostosas e dando valor às coisas simples da vida e da natureza. Queria tanto que minha rotina fosse tranquila... Gostaria de admirar mais as flores, o céu, o cheiro de mato... Essas coisas pequenas, simples... Estou refletindo muito sobre como nossa vida fica séria, fica mecânica... perdemos o gosto da infância, na qual admiramos tantas coisas simplesmente por existir e por seu simples valor... essas coisas passam sem mesmo serem notadas no nosso dia-a-dia...
Gratidão por tudo! Pelo valor às coisas simples!
Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 19/1/2018, 23:58
Dia 10 de muito desafio

Hoje estou com insônia. Percebo que acordar à noite e não conseguir dormir é o maior de todos os gatilhos pra mim. A vontade de PMO nesse momento é a maior de todas durante esse Reboot de agora Neutral
Mas burlando minha mente pra passar por tudo isso! Tem um objetivo muito maior em minha vida do que uma "distração de uma madrugada".

Força!

Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 20/1/2018, 06:08
Isso aí amigo! Pense sempre no resultado a longo prazo. Acordar de madrugada realmente é um dos piores gatilhos. Tente jogar alguma coisa, assistir tv, se distraia e esqueça de PMO. Leia o diário dos colegas (ajuda muito!), os heteros também possuem diários fantásticos.

Qualquer coisa estamos por aqui.
Abraços!

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos

avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Anexo 01: A cabana

em 20/1/2018, 22:13
(Todos os anexos que coloco em meu diário não se relacionam diretamente com o Reboot. Mas gostaria que esse diário se tornasse cada vez mais pessoal e que servisse como um registro de todas as emoções e reflexões que tenho necessidade de colocar no "papel" para tornarem muita vida em minha vida)

O filme tem uma visão muito interessante. Ele fala muito de que os seres humanos foram criados para serem amados.
Como no mundo eu posso querer afastar e criar barreiras para um indivíduo que me ama e que quer ficar junto a mim, simplesmente e exclusivamente por tal fato? Isso não faz sentido. Muita gente querendo ser amado e eu afastando pessoas por me amarem e gostarem de mim. De onde vem isso? Incrível como as coisas acontecem no momento certo: assisti esse filme exatamente no dia que disse para uma amiga que "eu gosto muito dele, mas fico muito irritado somente pelo fato de ele querer ficar perto de mim a maior parte do tempo dele e abrir mão de qualquer um dos amigos dele para ficar comigo". Deus quer que a gente aprenda o tempo todo. Nada acontece por acaso.
Estou muito feliz que essas férias, como nunca, têm me feito refletir sobre muitas coisas. Estou muito, mas muito feliz.
sunny

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
avatar
David Silva
Mensagens : 1317
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 32

Re: Diário do Carvalho

em 21/1/2018, 04:34
joaocrv escreveu:(Todos os anexos que coloco em meu diário não se relacionam diretamente com o Reboot. Mas gostaria que esse diário se tornasse cada vez mais pessoal e que servisse como um registro de todas as emoções e reflexões que tenho necessidade de colocar no "papel" para tornarem muita vida em minha vida)

O filme tem uma visão muito interessante. Ele fala muito de que os seres humanos foram criados para serem amados.
Como no mundo eu posso querer afastar e criar barreiras para um indivíduo que me ama e que quer ficar junto a mim, simplesmente e exclusivamente por tal fato? Isso não faz sentido. Muita gente querendo ser amado e eu afastando pessoas por me amarem e gostarem de mim. De onde vem isso? Incrível como as coisas acontecem no momento certo: assisti esse filme exatamente no dia que disse para uma amiga que "eu gosto muito dele, mas fico muito irritado somente pelo fato de ele querer ficar perto de mim a maior parte do tempo dele e abrir mão de qualquer um dos amigos dele para ficar comigo". Deus quer que a gente aprenda o tempo todo. Nada acontece por acaso.
Estou muito feliz que essas férias, como nunca, têm me feito refletir sobre muitas coisas. Estou muito, mas muito feliz.
sunny


Li o Livro e vi o Filme é Lindo.
O interessante também é a forma como Deus é mostrado. Deus está dentro de nós e é diferente de todas as concepções mundanas existentes.
Nossa vida deve ser uma constante aceitação dos planos de Deus em nossa vida. Pois só Ele sabe o melhor para nós. Mesmo nas dificuldades (como no caso do filme o assassinato da filha) temos que encontrar e nos conectar com Deus.

Abraços.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro


avatar
Gregory16
Mensagens : 654
Data de inscrição : 15/08/2017

Re: Diário do Carvalho

em 21/1/2018, 14:27
joaocrv escreveu:(Todos os anexos que coloco em meu diário não se relacionam diretamente com o Reboot. Mas gostaria que esse diário se tornasse cada vez mais pessoal e que servisse como um registro de todas as emoções e reflexões que tenho necessidade de colocar no "papel" para tornarem muita vida em minha vida)

O filme tem uma visão muito interessante. Ele fala muito de que os seres humanos foram criados para serem amados.
Como no mundo eu posso querer afastar e criar barreiras para um indivíduo que me ama e que quer ficar junto a mim, simplesmente e exclusivamente por tal fato? Isso não faz sentido. Muita gente querendo ser amado e eu afastando pessoas por me amarem e gostarem de mim. De onde vem isso? Incrível como as coisas acontecem no momento certo: assisti esse filme exatamente no dia que disse para uma amiga que "eu gosto muito dele, mas fico muito irritado somente pelo fato de ele querer ficar perto de mim a maior parte do tempo dele e abrir mão de qualquer um dos amigos dele para ficar comigo". Deus quer que a gente aprenda o tempo todo. Nada acontece por acaso.
Estou muito feliz que essas férias, como nunca, têm me feito refletir sobre muitas coisas. Estou muito, mas muito feliz.
sunny
Acabei de terminar de ler o livro, também gostei. Parabéns pelas férias e pela felicidade que está, que essa felicidade seja duradoura!

_______________________________________
Clique aqui para acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 22/1/2018, 06:51
David Silva escreveu:
joaocrv escreveu:(Todos os anexos que coloco em meu diário não se relacionam diretamente com o Reboot. Mas gostaria que esse diário se tornasse cada vez mais pessoal e que servisse como um registro de todas as emoções e reflexões que tenho necessidade de colocar no "papel" para tornarem muita vida em minha vida)

O filme tem uma visão muito interessante. Ele fala muito de que os seres humanos foram criados para serem amados.
Como no mundo eu posso querer afastar e criar barreiras para um indivíduo que me ama e que quer ficar junto a mim, simplesmente e exclusivamente por tal fato? Isso não faz sentido. Muita gente querendo ser amado e eu afastando pessoas por me amarem e gostarem de mim. De onde vem isso? Incrível como as coisas acontecem no momento certo: assisti esse filme exatamente no dia que disse para uma amiga que "eu gosto muito dele, mas fico muito irritado somente pelo fato de ele querer ficar perto de mim a maior parte do tempo dele e abrir mão de qualquer um dos amigos dele para ficar comigo". Deus quer que a gente aprenda o tempo todo. Nada acontece por acaso.
Estou muito feliz que essas férias, como nunca, têm me feito refletir sobre muitas coisas. Estou muito, mas muito feliz.
sunny


Li o Livro e vi o Filme é Lindo.
O interessante também é a forma como Deus é mostrado. Deus está dentro de nós e é diferente de todas as concepções mundanas existentes.
Nossa vida deve ser uma constante aceitação dos planos de Deus em nossa vida. Pois só Ele sabe o melhor para nós. Mesmo nas dificuldades (como no caso do filme o assassinato da filha) temos que encontrar e nos conectar com Deus.

Abraços.

Gregory16 escreveu:
joaocrv escreveu:(Todos os anexos que coloco em meu diário não se relacionam diretamente com o Reboot. Mas gostaria que esse diário se tornasse cada vez mais pessoal e que servisse como um registro de todas as emoções e reflexões que tenho necessidade de colocar no "papel" para tornarem muita vida em minha vida)

O filme tem uma visão muito interessante. Ele fala muito de que os seres humanos foram criados para serem amados.
Como no mundo eu posso querer afastar e criar barreiras para um indivíduo que me ama e que quer ficar junto a mim, simplesmente e exclusivamente por tal fato? Isso não faz sentido. Muita gente querendo ser amado e eu afastando pessoas por me amarem e gostarem de mim. De onde vem isso? Incrível como as coisas acontecem no momento certo: assisti esse filme exatamente no dia que disse para uma amiga que "eu gosto muito dele, mas fico muito irritado somente pelo fato de ele querer ficar perto de mim a maior parte do tempo dele e abrir mão de qualquer um dos amigos dele para ficar comigo". Deus quer que a gente aprenda o tempo todo. Nada acontece por acaso.
Estou muito feliz que essas férias, como nunca, têm me feito refletir sobre muitas coisas. Estou muito, mas muito feliz.
sunny
Acabei de terminar de ler o livro,  também gostei. Parabéns pelas férias e pela felicidade que está, que essa felicidade seja duradoura!

Os conceitos que o filme/livro passam são realmente muito bacanas! Tirei muitas coisas boas do filme!
Obrigado!!!

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Dia 13

em 22/1/2018, 07:08
Estou me sentindo péssimo hoje. Parece que todos os episódios de irritabilidade fácil que eu normalmente tenho, e que melhoraram muito com o remédio voltaram... E piores. Saí com o Lucas ontem e tive um desses episódios, com uma coisa boba que ele fez. Ás vezes sinto muita vontade de ficar em casa, sozinho, e não com as pessoas. Ainda mais com o Lucas que gosta muito de mim e quer meu carinho grande parte do tempo.
Depois da nossa saída, cheguei em casa e fui dormir. Não conseguia. Estava com uma angústia muito grande e muita vontade de chorar. Estava incomodado até com minha presença comigo mesmo. Senti que se pudesse misturar meu espírito ao ar iria me sentir melhor, sem meu corpo. Uma sensação muito ruim. Acabou que desabafei com ele sobre isso tudo, um tempão... chorei e tal... depois me senti melhor, muito melhor. Mas aí acordei muito mal de novo, com uma angústia terrível. Não sei o que tá acontecendo ou o que eu posso fazer pra melhorar isso.
Decidi voltar a tomar o antidepressivo. Ele não é a escolha ideal mas ele não me deixa ficar assim. Usei por 3 meses e tirei da outra vez, porque achei que estava bem. Mas agora, de acordo com o recomendado, devo ficar os 6 meses. O ruim dele é que retarda muito a sua ejaculação. E como eu já tenho essa dificuldade normalmente, é impossível ter O durante o sexo. Mas uma outra coisa boa que ele vai trazer é a queda da libido, me ajudando com o Reboot.
Não to muito bem hoje, espero que passe... Sad

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
marcosbanc
Moderador
Moderador
Mensagens : 276
Data de inscrição : 07/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 22/1/2018, 10:47
joaocrv escreveu:Estou me sentindo péssimo hoje. Parece que todos os episódios de irritabilidade fácil que eu normalmente tenho, e que melhoraram muito com o remédio voltaram... E piores. Saí com o Lucas ontem e tive um desses episódios, com uma coisa boba que ele fez. Ás vezes sinto muita vontade de ficar em casa, sozinho, e não com as pessoas. Ainda mais com o Lucas que gosta muito de mim e quer meu carinho grande parte do tempo.
Depois da nossa saída, cheguei em casa e fui dormir. Não conseguia. Estava com uma angústia muito grande e muita vontade de chorar. Estava incomodado até com minha presença comigo mesmo. Senti que se pudesse misturar meu espírito ao ar iria me sentir melhor, sem meu corpo. Uma sensação muito ruim. Acabou que desabafei com ele sobre isso tudo, um tempão... chorei e tal... depois me senti melhor, muito melhor. Mas aí acordei muito mal de novo, com uma angústia terrível. Não sei o que tá acontecendo ou o que eu posso fazer pra melhorar isso.
Decidi voltar a tomar o antidepressivo. Ele não é a escolha ideal mas ele não me deixa ficar assim. Usei por 3 meses e tirei da outra vez, porque achei que estava bem. Mas agora, de acordo com o recomendado, devo ficar os 6 meses. O ruim dele é que retarda muito a sua ejaculação. E como eu já tenho essa dificuldade normalmente, é impossível ter O durante o sexo. Mas uma outra coisa boa que ele vai trazer é a queda da libido, me ajudando com o Reboot.
Não to muito bem hoje, espero que passe... [smiley]https://illiweb.com/fa/i/smiles/icon_sad.gif[/smiley]
Amigo não se sinta assim! Você é muito mais forte do que pensa.
Tome seus remédios com a devida prescrição médica, não interrompa o tratamento pela metade. Minha mãe sempre que para de tomar os remédios dela no meio do tratamento ela se sente muito mal e irritada.
Se ocupe com algo divertido. Que tal visitar algum primo ou caminhar por algum parque?

Abraços!

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos

avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

Re: Diário do Carvalho

em 23/1/2018, 07:35
marcosbanc escreveu:
joaocrv escreveu:Estou me sentindo péssimo hoje. Parece que todos os episódios de irritabilidade fácil que eu normalmente tenho, e que melhoraram muito com o remédio voltaram... E piores. Saí com o Lucas ontem e tive um desses episódios, com uma coisa boba que ele fez. Ás vezes sinto muita vontade de ficar em casa, sozinho, e não com as pessoas. Ainda mais com o Lucas que gosta muito de mim e quer meu carinho grande parte do tempo.
Depois da nossa saída, cheguei em casa e fui dormir. Não conseguia. Estava com uma angústia muito grande e muita vontade de chorar. Estava incomodado até com minha presença comigo mesmo. Senti que se pudesse misturar meu espírito ao ar iria me sentir melhor, sem meu corpo. Uma sensação muito ruim. Acabou que desabafei com ele sobre isso tudo, um tempão... chorei e tal... depois me senti melhor, muito melhor. Mas aí acordei muito mal de novo, com uma angústia terrível. Não sei o que tá acontecendo ou o que eu posso fazer pra melhorar isso.
Decidi voltar a tomar o antidepressivo. Ele não é a escolha ideal mas ele não me deixa ficar assim. Usei por 3 meses e tirei da outra vez, porque achei que estava bem. Mas agora, de acordo com o recomendado, devo ficar os 6 meses. O ruim dele é que retarda muito a sua ejaculação. E como eu já tenho essa dificuldade normalmente, é impossível ter O durante o sexo. Mas uma outra coisa boa que ele vai trazer é a queda da libido, me ajudando com o Reboot.
Não to muito bem hoje, espero que passe... [smiley]https://illiweb.com/fa/i/smiles/icon_sad.gif[/smiley]
Amigo não se sinta assim! Você é muito mais forte do que pensa.
Tome seus remédios com a devida prescrição médica, não interrompa o tratamento pela metade. Minha mãe sempre que para de tomar os remédios dela no meio do tratamento ela se sente muito mal e irritada.
Se ocupe com algo divertido. Que tal visitar algum primo ou caminhar por algum parque?

Abraços!

Enviado pelo Topic'it

Muito obrigado pela força, meu querido! Agora estou em busca de sair com meu namorado pra ver se espaireço, estou jogando umas coisas no PC e estou bem melhor!

Grande abraço!!

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
avatar
joaocrv
Mensagens : 73
Data de inscrição : 17/01/2018

DIa 14

em 23/1/2018, 16:19
Hoje acordei bem melhor do que estava ontem. Que dias difíceis esses dois passados... Senti uma angústia enorme, que parecia que ia tomar conta do meu ser. Parece que o remédio já está fazendo um pouco do seu trabalho, já que parei por poucos dias apenas.
Apesar disso tudo, encontrei com meu namorado e estou enfrentando um processo de término, infelizmente. Hoje saímos e estou com uma irritabilidade sem medidas, da mesma forma que terminei com ele da outra vez. Eu gosto muito, mas muito dele. Mas sempre tive algo no fundo do meu coração que diz que ele não é a "minha pessoa". Sinto que estou nadando contracorrente para que tudo dê certo entre a gente. Mas acaba que não está dando mais.
Uma hora dei uma crise de tristeza e conversamos. Eu disse que queria que a gente desse um tempo ou terminássemos. Foi uma conversa bem de boa, ele é muito apaixonado por mim e só quer ver o bem de nós dois, apesar de ele ter chorado bastante e ficado bem triste.
Amanhã vou na psicóloga e vou conversar com ela sobre essas duas opções: ou nós terminamos ou demos um tempo pro meu remédio "fazer efeito" e eu ver se vale a pena tentarmos outra vez, mas cada um segue sua vida pra ficar com outra pessoa durante esse tempo. Quase certeza que ela vai me aconselhar a seguir a opção número 1.
Se Deus quiser vai dar tudo certo. Sei que estou a passar por momentos muito difíceis daqui pra frente. Terminar com uma pessoa que se gosta não é fácil.
Mas acaba que sinto que estou prendendo-o. Eu querendo ser mais livre (não para ficar com outros caras, mas pra ficar mais comigo mesmo) e ele querendo um amor.
Quem lê aqui, mande energias positivas pra mim. Confio muito que o que Deus faz na minha vida, sempre é para o meu melhor. Estou preparado para qualquer coisa que venha.

Like a Star @ heaven

_______________________________________
Clique aqui pra acompanhar meu diário
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum