Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Em busca de mim mesmo

em 16/2/2018, 03:30
Salve, rebooters! Meu diário vai começar um pouco diferente da maioria, porque já estou no 47˚ dia do meu processo. Sinceramente, há 15 anos não conseguia ir tão longe. Conheci este site há 2 anos, foi quando compreendi a minha real condição de viciado, e o que a ciência me oferecia como recurso para vencer. Na primeira tentativa foram 23 dias, mas depois eu só fui decaindo, decaindo, até abrir mão completamente do Reboot. Só retornei no dia 31/12/2017, após uma sessão de 5h seguidas de PMO na madrugada. Acordei com a certeza, mais uma vez, de que estava no fundo do poço. Decidi guerrear novamente.
Como para a maioria, comecei no vício por volta dos 12 anos, ainda com os filmes eróticos que passavam na Band. Logo descobri as revistas pornôs que meus irmãos mais velhos guardavam no banheiro, e depois as fitas cassetes. Lembro que aos 14 já estava num ritmo frenético, com sessões de PMO quase todos os dias, e com a chegada da internet tudo piorou.
Por volta dos 16 anos me tornei cristão e entendi pela primeira vez que aquilo me fazia um mal terrível (essa consciência me fez parar 3 meses). Mas após a primeira recaída, voltei com força total e foram anos e anos de vício. Inicialmente só via pornô hétero, mas depois de um tempo passei a assistir pornô gay, e aí, definitivamente, o caos se instalou. Após um curto espaço de tempo, essa se tornou a minha principal fonte de excitação sexual, e assim se seguiu por muito tempo. Como consequência de tantos anos afundado em fantasias, hoje enfrento uma crise de identidade sexual severa.
Atrações por pessoas do mesmo sexo, sinto desde a puberdade, embora desde esses tempos me entendesse mais orientado como heterossexual. Tive ficantes, namoradas, garotas por quem me apaixonei, mas nunca passei de preliminares com elas, por buscar levar a sério os ensinamentos da religião. Por garotos também me apaixonei (isso é o que mais me causa dúvidas), mas nunca tive um contato íntimo verdadeiro, tudo sempre ficou na fantasia.
Há 3 anos me vi numa tristeza profunda, porque as fantasias chegaram a tal ponto, que passei a ter certeza de que era um homossexual egodistônico. Comecei a frequentar o psicólogo e ele me fez refletir que eu já havia vivenciado bons momentos de prazer com mulheres, e continuo sentindo atração por elas. Portanto, disse que provavelmente eu era bissexual. Compartilhei a questão do vício, e ele me falou que “orientação não se muda, mas comportamento sim”, portanto, se eu quisesse mesmo, eu deixava a pornografia e a masturbação. Eu só não tinha um método eficaz.
No último dia de PMO eu estava fulminado, extremamente infeliz, e pensei muito sobre toda essa bagunça. Percebi o quanto me afastei de relacionamentos (talvez tenha deixado uma grande chance pra trás por conta do vício), a culpa que me corroía por dentro frequentemente, a insegurança como pessoa, a falta de domínio sobre mim mesmo, a baixa auto estima, energia e empolgação com as coisas, a produtividade abaixo do esperado no trabalho. Então concluí: “que futuro eu terei desse jeito? Preciso me esforçar, e tem que ser agora”. Hard mode era a única solução.
E por isso, agora eu estou em busca de mim mesmo, descobrindo a cada dia livre, quem de fato eu sou. Tudo o que foi forjado pela pornografia quero colocar pra fora. Sei que as respostas para os conflitos da sexualidade virão com o tempo, mas é certo que inundado em PMO eu jamais teria a mente sã pra refletir dignamente sobre minha condição, e ter paz pra tomar decisões acertadas. Os benefícios são evidentes. Me sinto cada vez mais forte, seguro, organizado, focado no trabalho e nos estudos, lendo mais, malhando com dedicação, não olho pras pessoas como objetos sexuais, me sinto dono da minha vontade. Nesse tempo vivi verdadeiros momentos de tentação, sofri mas continuei firme, pra não jogar fora tudo que já alcancei. Os bloqueadores são muito eficazes nessas horas.
A partir de agora pretendo compartilhar com vocês como tem sido essa jornada. Quem quiser, sinta-se livre pra comentar. Abraços e força a todos nós!

P.S: ler os diários de tanta gente aqui me trouxe muita força e esperança, esse é um dos motivos pelos quais resolvi compartilhar, ainda que um pouco tarde, minha história.
avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1160
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 16/2/2018, 19:52
Olá, Guerreador!

Seja bem-vindo ao fórum!

Você já está com um bom número de dias longe da pornografia. No entanto, nunca é demais reforçar o método de como parar com o vício em pornografia:

1 - Leia o novo Guia Introdutório – Vício em Pornografia. Como Parar?
Link: http://vicioempornografiacomoparar.com/ebook/ebook-introdutorio/

2 - Instale bloqueadores no pc/notebook e celular. Caso já o tenha feito, por quê não reforçá-los?
Link da seção Ferramentas e Bloqueadores: Ferramentas e Bloqueadores

3 – Utilize um Contador de Dias para acompanhar o seu progresso:
Link: Como Instalar Um Contador de Dias Alternativo

Desejo sucesso na sua jornada!
Convidado
Convidado

Força Guerreador

em 17/2/2018, 02:12
É isso aí, cara, vc já está a meio caminho do reboot. Como você, também sou cristão e acredito na força que Deus nos dá nesses momentos. Acredito fortemente que Ele me orientou no momento certo até aqui e continua me dando forças para vencer. Seja perseverante nos contatos sociais e nas práticas esportivas e busque Deus através de uma conversa franca. Estamos juntos, irmão. Junto aos 90 dias!!
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Gratidão

em 17/2/2018, 15:12
Valeu, pela força Ctroy! Já fiz algumas dessas coisas, mas não todas. Vou seguir seu conselho. Muito obrigado também, Rodion Romonovith! Todos, de todas as crenças são bem-vindos e se ajudam aqui. Mas encontrar cristãos nessa batalha sempre me fortalece, porque me identifico mais ainda. Inclusive, parece que a essência desse trabalho tem tudo a ver com uma recomendação cristã: "confessai as nossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis"  Tiago 5.16 (parte a). Tô chegando perto do dia cinquentão. Feliz demais. Abraços!
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 17/2/2018, 15:56
CTroy escreveu:Olá, Guerreador!

Seja bem-vindo ao fórum!

Você já está com um bom número de dias longe da pornografia. No entanto, nunca é demais reforçar o método de como parar com o vício em pornografia:

1 - Leia o novo Guia Introdutório – Vício em Pornografia. Como Parar?
Link: http://vicioempornografiacomoparar.com/ebook/ebook-introdutorio/

2 - Instale bloqueadores no pc/notebook e celular. Caso já o tenha feito, por quê não reforçá-los?
Link da seção Ferramentas e Bloqueadores: Ferramentas e Bloqueadores

3 – Utilize um Contador de Dias para acompanhar o seu progresso:
Link: Como Instalar Um Contador de Dias Alternativo

Desejo sucesso na sua jornada!

Apenas testando pra ver se aparece o contador.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 18/2/2018, 14:35
Ótimo início mano, você parece estar bem focado e consciente, e isso é bão. O lance agora é ficar de olho nas tantas armadilhas do vício.

Enquanto você tá bem, tudo no sossego. O vício vai tentar te pegar mesmo quando você estiver mal.

Continue firme e forte, metade do caminho já foi. Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 19/2/2018, 00:35
Vimes escreveu:Ótimo início mano, você parece estar bem focado e consciente, e isso é bão. O lance agora é ficar de olho nas tantas armadilhas do vício.

Enquanto você tá bem, tudo no sossego. O vício vai tentar te pegar mesmo quando você estiver mal.

Continue firme e forte, metade do caminho já foi. Very Happy

Valeu, grande Vimes! Já li bastante coisa do seu diário, assim como li vários comentários sábios seus para os usuários. Tenho cada vez mais percebido onde estão as associações com o vício. Por exemplo, semana passada me senti frustrado com uma situação e veio uma forte vontade. Consegui driblar e depois refleti o quanto eu fugia dos meus problemas através da PMO. Lamentei muito por tantas vezes que fiz isso ao invés de enfrentar com maturidade essas situações. Mas nunca é tarde pra se levantar. Valeu pela força!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/12/2016
Idade : 41
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 26/2/2018, 08:25
Bem por aí, eu também uso PMO como remédio. Obviamente isso dá merda a longo prazo, e faz com que o cérebro associe qualquer problema a essa fácil mas falsa resolução.

Passei os últimos dez anos da minha vida aprendendo a lidar com meus problemas emocionais sem usar a PMO. A maioria das vezes dá certo. De vez em quando eu não consigo. Mas faz parte, aos poucos nóis melhora as técnicas, fortalece o reboot e o vício perde força.

Então o lance é manter o foco e lembrar sempre que vale a pena! Very Happy

_______________________________________
Know, of course, thine enemy. But in knowing him do not forget above all to know thyself. The commander who embraces this totality of battle shall win even with the inferior force.

http://www.comoparar.com/t4912-diario-de-vimes

Mensagens : 38
Data de inscrição : 21/11/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 26/2/2018, 15:31
Parabéns pelos 57 dias!

Acho que essa armadilha do "remédio fácil" pra tédio, ansiedade, tesão reprimido, dor de cabeça da espposa/namorada... é que faz o vício tão forte.

Boa luta!

_______________________________________




1º período - 15 dias ( )
2º período - 15 dias ( )
3º período - 15 dias ( )
4º período - 15 dias ( )
5º período - 15 dias ( )
6º período - 15 dias ( )
(contador roubado : )
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 27/2/2018, 01:05
Vimes escreveu:Bem por aí, eu também uso PMO como remédio. Obviamente isso dá merda a longo prazo, e faz com que o cérebro associe qualquer problema a essa fácil mas falsa resolução.

Passei os últimos dez anos da minha vida aprendendo a lidar com meus problemas emocionais sem usar a PMO. A maioria das vezes dá certo. De vez em quando eu não consigo. Mas faz parte, aos poucos nóis melhora as técnicas, fortalece o reboot e o vício perde força.

Então o lance é manter o foco e lembrar sempre que vale a pena! Very Happy

Tem razão, Vimes. Acho que tô só começando a lidar com os problemas sem recorrer a PMO (quanto tempo de associação!), mas já me sinto outra pessoa. Às vezes paro e penso: "sei como uma noite dessas ia acabar antes, mas hoje vai ser diferente, tô no controle". Espero seguir assim.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 27/2/2018, 01:08
Benedito escreveu:Parabéns pelos 57 dias!

Acho que essa armadilha do "remédio fácil" pra tédio, ansiedade, tesão reprimido, dor de cabeça da espposa/namorada... é que faz o vício tão forte.

Boa luta!

Valeu, Benedito! Até aqui a gente segue no controle. É bem isso que você disse, são muitas associações que vão sendo criadas, a gente só percebe quando entra pra valer na abstinência. Por isso que o Rebbot é uma jornada de autoconhecimento também.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 27/2/2018, 01:24
Dia 57 e eu sigo firme! Rumo ao sessentão. Já passei pela flat, por momentos tensos de fissura (em um deles quase entrego os pontos), mas tô resistindo. Nas horas difíceis, penso sempre o quanto é melhor viver sem aquele peso escroto. Minha produtividade na vida, como um todo, melhorou. Me sinto mais seguro como pessoa, inclusive menos medroso pros desafios. Uma coisa simples, porém bacana, é que consigo olhar pras pessoas nos olhos, com firmeza, e assim ter uma comunicação melhor. Pelo menos duas vezes alguém comentou que minha voz está mais grossa ou mais firme. Enfim, isso tudo é bão. Essa é a versão de mim mesmo que eu quero. Vamo seguindo! Very Happy

_______________________________________
avatar
Mensagens : 481
Data de inscrição : 22/12/2017
Idade : 19
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 27/2/2018, 01:26
Boa soldado! Já passou pelas fases majs difíceis! Agora é manter e aproveitar os benefícios cada dia mais! Parabéns

Enviado pelo Topic'it
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Dia 63

em 5/3/2018, 00:05
Dia 63 e eu seguindo em frente. Não tem sido fácil ultimamente. Acho que a pior parte é lidar com outros problemas da vida sem tentar fugir pra esse álibe que esteve à disposição durante tantos anos. Mas decidi que não vou recorrer às fantasias. Na realidade é só um mundo de ilusões que não ajuda a tomar decisões ou encarar as coisas de frente. Só atrapalha, na medida em que rouba tanta energia e traz tanto peso. Prefiro sofrer momentaneamente com essa abstinência, mas acreditando que estou me tornando uma pessoa melhor a cada dia em que consigo me dominar.
Uma coisa que observei é que atividade física é realmente fundamental nessa luta. Fiquei doente semana passada e não pude ir à academia, percebi que isso me prejudicou. É necessário alivar essa tensão com exercícios. Mesmo estando próximo de provas pra concursos, vou ter dar um jeito de ir. Preciso.
É isso, meus amigos. Força a todos nós!

_______________________________________
Mensagens : 38
Data de inscrição : 21/11/2017
Idade : 39
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 5/3/2018, 10:54
Amigo,

É nessas horas e aperto que dá pra sentir se o objetivo está bem traçado.

Vc parece bem e com foco. Esses momentos passam rápido.

Abraço e força

_______________________________________




1º período - 15 dias ( )
2º período - 15 dias ( )
3º período - 15 dias ( )
4º período - 15 dias ( )
5º período - 15 dias ( )
6º período - 15 dias ( )
(contador roubado : )
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 6/3/2018, 00:49
Benedito escreveu:Amigo,

É nessas horas e aperto que dá pra sentir se o objetivo está bem traçado.

Vc parece bem e com foco. Esses momentos passam rápido.

Abraço e força

Valeu pela força, Benedito. Você tem razão, o aperto sempre vem, mas passa mesmo. É uma das lições que aprendi nesses 64 dias. Tem que sofrer um pouco, tentar desviar os pensamentos pra outra direção, fazer alguma atividade, porque é certo que em algum momento a fissura vai te deixar. Se esforçar é mostrar comprometimento.

Abraço, mano.


_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Queda e aprendizado

em 18/3/2018, 16:06
Meus amigos, lamento mesmo em confessar que caí. Uma raiva muito grande por ter interrompido meu processo no dia 70. Embora tenha passado dias muito tensos, não coloco isso como justificativa, qualquer coisa nesse sentido é racionalização. O que me restou foi avaliar tudo o que aconteceu e encontrar os gatilhos que me levaram à queda. Quando se passa tanto tempo se vigiando, não é difícil entender onde estão as razões.
O problema foi o Instagram. Ao entrar na parte onde você vê as curtidas dos amigos comecei a me deparar com muitas imagens sensuais, curtidas por alguns conhecidos. Durante uns 3 dias fiquei acessando isso até chegar a imagens mais pesadas. Me deparei com o fato de que nem todas as brechas estavam fechadas. Lembrei de um tablet antigo que quase não funciona. Foi ele mesmo que me serviu pra retornar à antiga prática, mesmo mal funcionando. Me acabei mas não sinto que perdi todos os benefícios dos dias de abstinência. Consigo ver com clareza que posso abandonar, porque até poucos dias atrás estava vivendo muito bem sem isso. Então é questão de força de vontade, aliada a uma estratégia sagaz. Porque quem uma vez foi viciado não pode brincar.
Já estou tomando atitudes. Vou levar o tablet velho pra um lugar bem longe de casa. Não saí do Instagram, mas deixei de seguir todos aqueles que curtem aquelas imagens (não tenho muitas pessoas no meu círculo). Mas se houver necessidade, vou fechar minha conta, sim.
É isso. Força pra nós!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 120
Data de inscrição : 29/12/2017
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 18/3/2018, 16:54
Eai guerreador, o Instagram é um app que tem muitos gatilhos, eu já cai várias vezes mexendo nele, eu via uma imagem sensual e já acabava procurando por outras até consumir P no final de tudo. Agora é se levantar e seguir em frente, parabéns pelos dias conseguidos! Força aí mano

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

De volta ao fight

em 23/7/2018, 22:55
Meus amigos, tô retornando à luta. Passei um período de trevas nos últimos 4 meses, isso depois de ter passado 70 dias no modo hard. É realmente um vício muito sagaz, jamais duvidemos disso. É muito ruim voltar à PMO depois de um período considerável de reboot, porque você se sente muito desacreditado. Mas há dois dias revolvi sair daquele marasmo em que estava e retornar à luta. Não podia continuar me fazendo um mal tão grande. Quero uma vida saudável, normal, natural, sem esse engano. Levei o tablet que tanto usei no vício pro meu trabalho. Hoje tô colocando a restrição de conteúdo no meu iphone e pedindo pra um amigo colocar a senha. Não terei acesso. No entanto, sei que o maior bloqueador tem que estar na nossa mente, no nosso coração, nos travando de avançar a cada instante de tentação, nos fazendo crer que a vida é melhor sem essa porcaria. Também vou retirar os aplicativos de redes sociais do telefone. Vou aproveitar que tenho que alcançar umas metas grandes no trabalho e evitar a perda de tempo com essas distrações. É isso, sigamos juntos para o nosso alvo!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Pesadelo

em 26/7/2018, 14:26
Hoje é meu 5˚ dia, após a nova retomada. Acho que adquiri um novo vício, que é ler os diários. Rsrs, é bem mais saudável e ajuda e me enxergar no sofrimento do outro. As coisas tem ido bem, já tenho me sentido mais auto confiante, e percebo que realmente me comunico melhor com as pessoas. Olho nos olhos, tenho uma fala mais firme, me sinto menos amedrontado, sei lá. Mas essa noite aconteceu algo muito estranho, tive um pesadelo nos qual eu entrava numa mega sessão de PMO, via um bando de cenas fortes e depois saia caçando, sabendo me contentaria com qualquer coisa. Parecia muito real (no sonho eu até dizia "que merda, já era o meu compromisso com o reboot"). Eu realmente não dormi bem, tanto que acordei super mal e tive até dor de cabeça pela manhã. Deve ser alguma expressão do subconsciente. Mas quando acordei, fiquei aliviado porque não era real nada daquilo. Enfim, seguimos em frente. Abraços.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 253
Data de inscrição : 25/06/2018
Idade : 25
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 26/7/2018, 14:52
Força, meu caro! Vou começar a acompanhar seu diário.

O vício em PMO é um peso imenso, um fardo. Ele sobrecarrega nossa mente como um verdadeiro entulho, À medida em que você se esvaziar disso, todos os seus problemas de identidade e seus conflitos internos serão solucionados naturalmente, porque sua mente estará mais tranquila.

_______________________________________
Acompanhe meu Diário

Meta inicial: 30 dias (100% concluído)
2ª meta: 60 dias (100% concluído)
3ª meta: 90 dias (92.2%)

avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Re: Em busca de mim mesmo

em 27/7/2018, 10:12
Beren Erchamion escreveu:
Força, meu caro! Vou começar a acompanhar seu diário.

O vício em PMO é um peso imenso, um fardo. Ele sobrecarrega nossa mente como um verdadeiro entulho, À medida em que você se esvaziar disso, todos os seus problemas de identidade e seus conflitos internos serão solucionados naturalmente, porque sua mente estará mais tranquila.

É isso mesmo, meu amigo. Tenho certeza que sim, considerando as experiências positivas que já tive com o Reboot. Abraços e força pra você também, mano.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Dia 9

em 30/7/2018, 02:32
Passando por aqui pra anunciar a chegada do 9˚ dia de Reboot. É pouco? Sim. Mas é interessante lembrar que isso é 10% do total. Memórias sobre as sessões de PMO vieram esses dias, mas nada capaz de abalar minha confiança. Procuro exercitar o corpo e a mente com frequência. Academia, caminhadas, estudos do mestrado, leituras avulsas, e - não menos importante - sair para encontrar pessoas. SIMPLESMENTE se relacionar. Parece louco isso, porque compartilhar é algo tão humano, mas o vício em PMO realmente me impedia de fazê-lo. Por enquanto tá sob controle, mas hoje me ocorreu um pensamento que gostaria de deixar aqui: "te prepara por que um dia o tempo vai fechar, vais passar por frustrações, tristezas... vais permanecer de pé?". Realmente, é aí que somos colocados à prova. Força, querreiros!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Dia 11

em 1/8/2018, 13:44
Então, meus amigos. Estamos no dia 11 por aqui. Estou feliz com os resultados obtidos e ressalto alguns neste post. Tenho deixado de ter pensamentos tão sexualizados o tempo inteiro. Se alguém me é atraente, meu pensamento não é imediatamente levado a fantasiar sexualmente com aquela pessoa. E isso pra mim é uma libertação. Lembro também de como meu coração palpitava demais após as sessões de PMO e isso se prolongava um certo tempo, agora tá mais sossegado, tranquilo. Estou relaxado pra encarar melhor os desafios acadêmicos e profissionais. Acordo melhor e muito mais disposto. Voltei ao trabalho mais concentrado e motivado. As ereções matinais são mais comuns agora do que em outros tempos. Enfim, não há dúvidas de que esse sacrifício vale a pena. Força, guerreiros!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/11/2015
Ver perfil do usuário

Dia 16

em 6/8/2018, 00:47
Cheguei ao dia 16, meus amigos. Posso dizer que hoje enfrentei a primeira fissura que realmente estremeceu, durante todo esse tempo. Sem poder sair de casa hoje, já que precisei fazer alguns trabalhos e ainda fiquei um pouco doente, minha alternativa foi partir pro banho gelado. Funcionou. Também resolvi parar um tempo pra escrever aqui e ler os diários. Isso fortalece o compromisso.
Só um comentário, já assistiram um episódio de "Rede sombria" que trata do vício em pornografia? Se não conhecem, é uma série de documentários (tem no Netflix) sobre como as tecnologias moldaram nossa percepção de mundo, nossas relações, e podem ser extremamente negativas. Mostra a experiência de alguns caras que estão lutando e outros que já venceram o vício. Vale a pena, não só esse como outros episódios.

É isso, guerreiros. Força pra nós!

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum