Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Qui 20 Abr - 20:23
algmrj escreveu:E aí, cara! Tudo bem?
Como está o reboot? Mande notícias. rsrs

Abração! Vamos vencer e não desista!!! Mad Mad Mad

E aí mano! Desisti de fórum e entrei num ciclo vicioso horrível caindo todos os dias. Estou voltando pois nada das outras soluções resolveram. Meu computador não tem bloqueador, preciso reinstalar pois o que eu tenho não funciona mais - Kurupira. Aquele outro que é o bloqueador mais conhecido, meu windows 10 trava e não consigo trabalhar. Trabalho como designer e preciso estar constantemnete buscando imagens, e não só isso, mas as vezes procastino muito meu tempo! No dia 1° de Maio estarei entrando numa base missionária que é semi-integral, Ou seja, vou ficar lá na parte da manhã e na parte da tarde. na parte da manhã tem aulas, na parte da tarde você trabalha orientado por coachings e consultores financeiros sobre seu negócio e na parte da noite como a base fica próximo a minha casa não necessito morar lá - voltarei pra casa todas as noites. Voltei por causa da barra de progresso pois de todos os recursos era o que mais me ajudava, ainda tem?

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

SEGUNDO DIA - 3° TENTATIVA DE REBOOT

em Dom 23 Abr - 1:41
Sigo no segundo dia, da terceira tentativa do reboot. O instagram me atrapalha muito. Eu trabalho como social media, não posso bloquear as medias pois cuido de alguns perfis na agência de comunicação, em contra partida as vezes ou quase sempre aparece alguma foto má intencionada que já me leva à pensar e a querer praticar PMO. Meu cérebro está totalmente detonado. Eu vejo qualquer mulher e é dificil não incluir ela em algum tipo de cena imaginativa de P. Até por isso foi que eu voltei. Estar aqui contando como um diário e vendo minha contagem, me ajuda a criar mais vínculo com a vontade de parar e agir diferente do que só tomar uma atitude em um dia e no próximo voltar na rotina novamente. por isso, o reboot é tão importante! Vi minha namorada hoje, mas não ficamos sozinhos,estou fazendo no modo hard. Então.. vamos pra cima. Boa noite.

_______________________________________
Lucas2017
Mensagens : 76
Data de inscrição : 30/03/2017

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Dom 23 Abr - 9:23
Lucasco, você comentou no meu diário que corre mas não usa o tênis apropriado para tal exercício, mano eu também não uso rs, uso um que não nada a ver com corrida, mas meu anseio por vencer esse vício está tão grande que vou a luta com a arma que tenho se é que me entende, qualquer coisa faz outra atividade para substituir o vício, te recomendo a ler o livro: o poder do hábito esse livro é muito bom pra entendermos com um vício funciona e como mudá-lo por um outro saudável. Abraço amigo, força no reboot.

_______________________________________
avatar
lipecloud
Mensagens : 166
Data de inscrição : 06/04/2017

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Dom 23 Abr - 10:12
Boa sorte nessa sua jornada, namorando é mais fácil e não recomendo fazer no modo hard se tem a oportunidade de transar, isso ajuda de fato a se recuperar, escutei relatos de quem ficou a 90 dias e ainda tinha DE, exatamente pelo fato de não exercitar o sexo nesse tempo todo, o que recomendo é que para qualquer viciado, ficar o tempo mínimo de 30 dias sem pornô e sem masturbação e depois voltar a ter relações para ir melhorando mais rápido.

Sem desculpas, bloqueadores são essenciais, força mental não EXISTE, instale agora os bloqueadores.

Atividades extranet pro tempo que vai lhe sobrar, se não voltará ao porno

_______________________________________


Meu diário:

http://comoparar.forumeiros.com/t4897p25-lipecloud
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Dom 23 Abr - 23:49
Lucas2017 escreveu:Lucasco, você comentou no meu diário que corre mas não usa o tênis apropriado para tal exercício, mano eu também não uso rs, uso um que não nada a ver com corrida, mas meu anseio por vencer esse vício está tão grande que vou a luta com a arma que tenho se é que me entende, qualquer coisa faz outra atividade para substituir o vício, te recomendo a ler o livro: o poder do hábito esse livro é muito bom pra entendermos com um vício funciona e como mudá-lo por um outro saudável. Abraço amigo, força no reboot.

Lucas2017 ACABEI DE TERMINAR O LIVRO O PODER DO HÁBITO É DEMAIS CARAAAAAAAA hahahha
então, na verdade eu estava correndo muito, 5km X 4 vezes por semana, e aí com tênis inapropriado realmente estavam causando lesões nas minhas pernas e no calcanhar, inchachos e tal.. Mas obrigado demais pela motivação eu vou ver se consigo um tênis barato para continuar correndo - dá pra substituir por enquanto pelas flexões e abdominais! Abraço mano! Vamo pra cima

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Dom 23 Abr - 23:51
lipecloud escreveu:Boa sorte nessa sua jornada, namorando é mais fácil e não recomendo fazer no modo hard se tem a oportunidade de transar, isso ajuda de fato a se recuperar, escutei relatos de quem ficou a 90 dias e ainda tinha DE, exatamente pelo fato de não exercitar o sexo nesse tempo todo, o que recomendo é que para qualquer viciado, ficar o tempo mínimo de 30 dias sem pornô e sem masturbação e depois voltar a ter relações para ir melhorando mais rápido.

Sem desculpas, bloqueadores são essenciais, força mental não EXISTE, instale agora os bloqueadores.

Atividades extranet pro tempo que vai lhe sobrar, se não voltará ao porno

lipecloud, primeiramente, Obrigado pela força! Preciso muito instalar mais bloqueadores, eu tinha o K9 mas estava dando problema no meu notebook. Sad windows 10. Aí instalei o kurupira.net só que na atualização do windows recente ele parou de funcionar, não sei porque, e não consigo nem reinstalar e nem desinstalar e só formantando - e hoje é impossivel formatar esse notebook pois uso constantemente para trabalho. Até se tiver outros bloqueadores para indicar que sejam fáceis de configurar, vou dar uma lida no fórum sobre tbm! Valeu a força

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Seg 24 Abr - 0:02
É o terceiro para o quarto dia, estou no meu quarto o dia foi lotado de tarefas só agora pegando no notebook, estou cansado, mas não a ponto de deitar e capotar, eu estou com uma vontade imensa de PMO. vejo o quanto eu sou viciado. chegou num nível absurdo, 3 dias está sendo insuportável. Vou reler o ebook preciso ler e dizer ao cérebro que isso nao é prazer, é doença, são problemas em jogo. E a mente grita por prazer. Estou tentando me focar no reboot. Voltei principalmente pela questão do diário - só aqui eu conseguia manter esse diário firme e quase cheguei a completar o processo pois falar me alivia bastante, anda mais contando com vocês rebooters que estao lendo. Sempre existe uma segunda chance galera. Abraço.

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Seg 24 Abr - 19:49
Começando o Quarto dia! Parece insuportável, a vontade de cair é gigantesca, ta difícil raciocinar e pensar, gastrite atacada por conta do estresse elevado e muita ansiedade, o dia todo estive fora do computador - o que me ajudou bastante - Tentando distrair a mente com outras coisas e pensando o quanto DE é horrível me faz ter forças pra continuar nisso.

_______________________________________
Evolutivo
Moderador
Moderador
Mensagens : 1003
Data de inscrição : 23/05/2015

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Seg 24 Abr - 22:41
Oi amigo tudo bem? li seu relato, e cheguei a uma conclusão que pode assustar no início e parecer exagero. Mas eu se fosse você pensaria na possibilidade de mudar de profissão. A recuperação deve vir em primeiro lugar. Eu conheço alcoolatras que eram bar tenders e também tiveram que mudar de profissão. Se você realmente quiser se livrar desse vício terá que ter acesso limitado à internet e bloqueadores instalados (incluindo youtube, redes sociais, etc)

Quanto ao celibato, qual é o sentido dele pra você? quer dizer, você ve pornografia, pensa constantemente em sexo, se masturba pensando na namorada, será que isso é celibato? Você vive uma vida sexualizada, apenas reprime seus impulsos. Porque não pensar na possibilidade de dar um caminho mais natural e saudável para seus impulsos com um ato de amor pela sua namorada? por causa de um papel que diz que vocês são casados? Mas ja não existe o amor e o carinho de um casal apaixonado em vocês? Será que  o mais importante no celibato e no sexo não é o amor e o carinho durante o ato? Será que não é isso que torna o ato sagrado? Talvez muito mais do que um simples papel que os transforme em marido e mulher.

De maneira nenhuma quero questionar a sua orientação religiosa, mas pra mim viver pensando em sexo e apenas reprimir esse desejo não é celibato.
Lucas2017
Mensagens : 76
Data de inscrição : 30/03/2017

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Ter 25 Abr - 0:23
Continua na luta Mano, não desanima não. Sucesso!

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Ter 25 Abr - 0:54
Evolutivo escreveu:[....] Quanto ao celibato, qual é o sentido dele pra você? [.......]

De maneira nenhuma quero questionar a sua orientação religiosa, mas pra mim viver pensando em sexo e apenas reprimir esse desejo não é celibato.

Olá Evolutivo, primeiramente, OBRIGADÍSSIMO pelo comentário, vamos juntos na força! Bro, primeiramente não sou celibatário, quem segue o celibato foi chamado por Deus para não casar para viver cumprindo seu chamado espiritual pois caso contrário, casando, não conseguiria cumprir sua missão. Isto é o celibato. O que eu sou é um cristão, que luta contra um pecado, a pornografia, assim como outros cristãos lutam com a mentira, a ganância, a glutonaria e entre outros pecados diversos. A questão é que os pecados morais a Igreja em um âmbito geral não sabe tratar, pois não fala sobre eles e nem traz informação concreta sobre as coisas. O coito, antes do casamento não é um ato de amor, pois segundo a palavra de Deus, você está burlando o processo de se tornar uma só carne com seu cônjuge, e seria injusto tornar-se uma só carne com uma pessoa que você nem sabe se vai viver a vida inteira com ela. É um assunto muito extenso aqui explicar sobre detalhes isso! Se quiser podemos trocar infos sobre! Estou totalmente aberto! Nós cristãos, acreditamos que é honroso esperar até o casamento para transar com nossas mulheres, não por cultura ou fé, mas por mandamento. E sim, é como se minha mente e meu corpo e eu já fosse um adúltero. Para Deus, e segundo os evangelhos, Olhar para uma mulher com olhar impuro já é adultério. Ou seja, eu já sou um adúltero, porém aquele que confessa e deixa seu pecado para trás é perdoado. No caso, estou confessando não apenas no fórum, mas para pessoas próximas, minha própria namorada, e seguindo o reboot para deixar para trás este pecado moral, pecado contra o meu próprio corpo, e pecado contra Deus. Esta é minha busca! Obrigado pela sua reflexão! Tamo junto, abraço!

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Ter 25 Abr - 0:55
Lucas2017 escreveu:Continua na luta Mano, não desanima não. Sucesso!

Obrigado Lucas! Está muito difícil, mas voltei pela terceira vez para ir até o fim! Vamos com garra e força! Abraço!

_______________________________________
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Ter 25 Abr - 13:05
Vamos pra cima! concluir mais um dia... são quase 5 dias... Ansiedade parece matar. Parece que a vontade é busca por estímulos, e não a vontade física em si. O Corpo não sente. Mas a mente quer sentir e quer ser estimulada. portanto creio que nessa fase os bloqueadores são úteis demais! Meu celular não suporta nenhum app. Tenho que me controlar ao máximo para não acessar o explorar do instagram.

_______________________________________
Evolutivo
Moderador
Moderador
Mensagens : 1003
Data de inscrição : 23/05/2015

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Ter 25 Abr - 22:21
Deixa eu ver se eu entendi, o que determina se o sexo é um ato de amor ou não, não é o próprio amor nutrido pelo casal, mas um papel que diz que vocês são casados? O amor é um sentimento sublime, mas você se amam hoje, talvez até mais do que se amarão daqui há 20 anos. Se daqui há 20 anos vocês estiverem se odiando e transarem, isso é mais correto do que um casal apaixonado realizar um ato de amor antes do crivo do casamento?

Repito, será que o que torna o ato sagrado não é o sentimento envolvido?

Enfim, gostaria que você pensasse na possibilidade que eu falei sobre mudar de profissão. Aproveite que você é jovem e que isso ainda é possível. Com a sua profissão dificilmente conseguirá viver uma vida em reboot.
avatar
lucasco
Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 22
Localização : Curitiba/PR
http://lucascomunicacao.com

Re: De uma Revista P até a Violência - O RECOMEÇO

em Qua 26 Abr - 1:47
Evolutivo escreveu:Deixa eu ver se eu entendi, o que determina se o sexo é um ato de amor ou não, não é o próprio amor nutrido pelo casal, mas um papel que diz que vocês são casados? O amor é um sentimento sublime, mas você se amam hoje, talvez até mais do que se amarão daqui há 20 anos. Se daqui há 20 anos vocês estiverem se odiando e transarem, isso é mais correto do que um casal apaixonado realizar um ato de amor antes do crivo do casamento?

Repito, será que o que torna o ato sagrado não é o sentimento envolvido?

Enfim, gostaria que você pensasse na possibilidade que eu falei sobre mudar de profissão. Aproveite que você é jovem e que isso ainda é possível. Com a sua profissão dificilmente conseguirá viver uma vida em reboot.

Vou tentar explicar melhor nossa visão sobre o assunto :
AMOR “EROS”: Termo grego para o amor sensual. Daí a palavra “erótico”. Esse é o amor físico, da carícia, da relação sexual. Quando um rapaz diz para a namorada: “Estou apaixonado por você!”, ele quer expressar o amor “eros”. Por isso tal amor é também conhecido como paixão. Apesar de tudo isso, esse amor é passageiro.

AMOR “FILEO”: É o amor-amizade, fraternal, social. Desse vocábulo grego (“fileo”) temos algumas palavras derivadas, como Filadélfia (“fileo”, amor-amizade, e “adelfos”, irmãos) que significa “amor entre irmãos” ou “amizade fraternal; Teófilo (“Teos”, Deus, e “fileo”, amizade ou amigo) que quer dizer “amigo de Deus”; Filantropia (“fileo”, amizade, e “antropos”, homem) significa “amor humano”. Em suma, se você possui boas amizades, logo o que está em evidência é o amor “fileo”.

AMOR “STORGE”: É o amor conjugal, familiar, doméstico. Longe de ser interesseiro, esse amor é humilde, objetivo e sacrificial. É o amor que une o marido à sua mulher bem como os pais aos filhos. Logo, em um lar onde reina a harmonia, está em ação o amor “storge”.


AMOR “ÁGAPE”: Dos quatro, este é o amor maior, pois tem origem no próprio Deus que é a revelação clara desse amor (Jo 3.16; 1Jo 4.8-18; 1Co 13.1-13; Ef 5.25). Esse amor é incondicional. Ou seja, não espera nada em troca. Não preciso esperar que alguém me ame para amá-lo. Aliás, com esse amor é possível amarmos até os nossos inimigos (Mt 5.44). Ele também é infalível e eterno, como se pode ver em 1Coríntios 13.8,13.

No caso, o casamento é a União dos 4 amores. Não só do Eros. Mas de todos esses 4. A bíblia diz que devemos estar unidos perante a lei de Deus (biblia) e perante a lei dos homens (papel). Ou seja, sexo só depois do papel como tu falou. E outra coisa, Amor não é sentimento. Amor é uma decisão. Você decide amar : Exemplo :" Amem seus inimigos" Eu não sinto paixão por eles. Mas segundo o que acreditamos, devemos amá-los com tudo que somos. Por decisão e obediência, é loucura né? pois é rs.

Sobre mudar de profissão não posso! Amo o que eu faço, o que tenho feito é redirecionando para uma parte mais estratégica e de gestão e de palestras e ensino sobre design solution entre outras coisas (estou abrindo uma escola de tecnologia) do que ficar atrás de uma tela de computador. E concordo contigo mano! É bem difícil mesmo. As vezes acho impossível. Mas tenho fé. vamos pra cima! Abraço! Se precisar tirar dúvidas sobre meu conceito de amor ou sexo ou essas coisas, to livre pra compartilhar meu email pessoal ou qualquer outra rede social pra gente trocar ideias! Amo conversar sobre o assunto! Sem autoritarismo ou rebaixando a ideia dos outros! Abraço

_______________________________________
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum