Compartilhe
Ir em baixo
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 16/8/2018, 07:29
Silas_T escreveu:Nino, vou tentar te ajudar sobre a questão do desentendimento com seu marido compartilhando algo que eu aprendi e mudou a minha vida: A comunicação não-violenta (CNV).

Não é apenas uma maneira de comunicar sem agressividade, mas um jeito novo de ver o mundo e o outro, em que a compaixão e a empatia são a base, e não a disputa pra ver quem está mais certo ou errado.

Ela foi proposta pelo psicólogo norte-mericano Marshall Rosemberg, e se baseia em 4 etapas na comunicação:

- observação sem julgamento;
- expressar o sentimento;
- assumir a responsabilidade pelo sentimento (evocar uma necessidade);
- fazer o pedido.

Eu te convido a conhecer a CNV, se você se interessar, pra melhorar o relacionamento não só com seu marido, mas com todos, inclusive no trabalho. Não se trata de aprender a ser "manso", "bonzinho", e portanto passivo nas relações. Ao contrário, é aprender a dizer o que pensa e o que sente de maneira que as pessoas não transformem isso numa barreira entre si e em fonte de traumas. E também aprender a ouvir os outros com intenção de compaixão, e não de disputa.

Aqui vai um vídeo de um youtuber resumindo o método:

https://youtu.be/RcgT_zOhv2c

E aqui é o próprio Marshall dando uma palestra interativa, se você quiser se aprofundar no assunto (ative a legenda):

https://youtu.be/DgAsthY2KNA

E pra finalizar, se você gostar mesmo e quiser que isso faça parte da sua vida, ler o livro Comunicação não-Violenta, do Marshall Rosemberg.

Enviado pelo Topic'it

Olá Silas,
Muito legal a sua dica sobre comunicação não violenta, eu já tinha ouvido falar sobre isso através da minha mãe que algum tempo atrás estava estudando sobre isso... a minha mãe é uma pessoa muito estudiosa e antenada, está sempre em busca de novas informações sobre como melhorar a qualidade de vida e do pensamento, ela sempre teve uma alimentação natural e habitos saudáveis, mas não se acomoda nunca e está sempre buscando novas informações.
Na época que ela me falou sobre CNV eu não dei muita bola porque me apeguei somente no titulo e não me identifiquei porque sou uma pessoa muito pacifica (apesar que a minha mãe tb é assim, rsrs)... agora ao ler a sua mensagem explicando um pouco melhor sobre CNV eu achei bem interessante e vou pesquisar sobre o assunto.
Obrigado pela dica e boa sorte na sua jornada!!!
Grande abraço!!!

_______________________________________
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 16/8/2018, 08:57
Domi1 escreveu:Olá Nino,

Bom olha só, vamos ver essa briga pelo lado positivo: Você finalmente está tendo que resolver seus sentimentos de verdade, antes você se sentia frustrado e dava uma maquiada com o uso do vício, agora você terá que aprender a solucionar o problema para que as coisas voltem a ficar em paz, e isso é incrível, acho que estamos chegando em um novo patamar.

Acho muito boa a história de comunicação não agressiva, ela realmente funciona e evita que chegue em um ponto de guerra ou que você tenha que suprimir os seus sentimentos, é uma forma madura de se comunicar.

Acho que você sair dessa prisão que antes se colocava também bom , e por isso as vezes vai pecar um pouco na força, mas a cada erro concertado um novo aprendizado neh?

Pense nisso, você tem problemas com traumas, o que significa que possui sentimentos poucos resolvidos, aprendendo agora a lidar com eles e tomar as rédeas da sua vida, será um grande passo para você se libertar desses traumas duradouros.  Laughing

Agora vai lá ser um amorzinho com seu marido, ele merece, ele não tem que se colocar como refém do seu vício em? Nada de ficar pensando que ele deve guardar os aborrecimentos para ele porque você está se recuperando que não é bem assim, pois se fosse, ia acabar que você se curaria e ele ficaria doente, não é esse o objetivo, o nosso objetivo aqui é justamente que você consiga lidar com frustrações sozinho sem o recurso da PMO e que seu relacionamento se torne sólido e transparente.

Dê amor a ele que essa briga será um bom motivo para fazer um fondue e tomar um vinho abraçadinho enrolado de um cobertor. Se você estiver errado compre um presente brega para ele para fazer graça, eu faço isso com meu parceiro e acabamos sempre rindo no final.

Beijos gatíssimo.

Olá Domi!!!
Realmente esse desentimento que tive com o meu marido meu levou a um novo patamar na vida e no reboot... Apesar de que qualquer desentendimento seja desgastante e muito ruim eu senti que atingi uma nova etapa de tudo o que venho buscando melhorar com o reboot... vc acredita que diminuiu a ansiedade que eu estava sentindo nos ultimos tempos? Logico que não foi o desentendimento em si que diminuiu a minha ansiedade, e sim a forma como me portei durante e como as coisas foram acontecendo depois... Vou tentar explicar sem me alongar tanto (será que consigo? Rsrs).
O motivo de nos desentendermos foi sobre coisas do cotidiano, ele estava se sentindo sobrecarregado sobre coisas do dia a dia e percebi que ele estava canalizando a sensação pelo o que ele estava passando como se eu não estivesse o ajudando no momento, aí eu fui conversar com ele para saber se era isso mesmo e confirmei o que eu estava pensando... Antigamente em um momento como esse eu iria ficar mega chateado e tentar mostrar para ele o quando eu estava magoado com o jeito dele para que ele mudasse o pensamento dele... Resumindo, quando tínhamos algum desentendimento eu tinha o habito de mostrar que estava sofrendo por ele estar agindo de tal forma comigo até ele voltar ao normal, ou seja, eu tinha que sofrer para ele vir cuidar de mim... Dessa vez eu disse que estava percebendo o que estava acontecendo com ele mas que eu estava fazendo a minha parte sim, e que estava pesada tb mas que eu não estava descontando nele como ele estava descontando em mim... Essa forma de me expressar foi diferente e isso gerou o desentendimento que relatei anteriormente.
Eu acho que posso aprimorar o meu jeito de expressar numa proxima vez que aconteça algum desentendimento (que são muito raros mas que acontecem, como acontece com qualquer casal), mas fiquei muito satisfeito de colocar para fora o que eu estava pensando tb, e não só ficar numa posição de magoado e esperar ele se sentir mal e voltar a se conectar comigo. É muito dificil entre os casais (quando acontece algum desentendimento) os dois lados colocarem o seu ponto de vista sem disputar quem tá certo e quem tá errado, mas dessa vez eu consegui colocar o meu ponto de vista e mesmo ele tendo ficado chateado na hora aos poucos fomos nos entendendo e no final das contas ficou tudo equilibrado... Pois o que eu mais busco é o equilibrio, não tenho intenção "ganhar" ou "perder".

A parte chata foi a ressaca emocional depois que me assustou e morri de medo de ter uma recaida, mas não recai, rsrs... A parte de ficar chateado com ele por termos nos desentendido durante o reboot foi coisa do momento... Eu percebo agora que isso foi o resquicio final da insegurança que eu tinha em não conseguir fazer o reboot (ou não atingir os beneficios que eu almejava), mas vejo agora como um comportamento infantil e medroso... O mundo não vai parar para eu fazer o meu reboot, a vida de todo mundo segue normalmente e mesmo o meu marido me amando muito não tem que controlar as emoções dele para proteger o meu reboot... Ele deve controlar as emoções dele para cuidar dele e da nossa relação, assim como eu devo tb, mas o reboot é meu e eu que tenho que controlar as minhas emoções relacionadas a ele.
Esse foi um grande aprendizado para o meu reboot e posso dizer que foi a prova final que eu poderia ter passado para provar que dou conta de fazer o reboot sim, e que os beneficios que eu almejava e já consegui estão sendo otimos... e os que que eu almejava e ainda não consegui vão vir na hora que tiverem que vir e se tiverem que vir como consequência do reboot... e se não vierem é porque eu tenho que fazer algo mais para atingi-los e vou descobrir o que fazer.

A parte boa é que após esse desentendimento estamos super bem e cada vez mais conectados, o que parecia impossivel, pois sempre fomos muito conectados, rsrs... Esse foi um ponto muito positivo do reboot, nós ficamos ainda mais proximos do que já eramos, acho que por eu desde o começo estar dividindo tudo sobre o reboot com ele... Enfim, sinto que estou entrando numa fase nova do reboot, apesar de estar com aproximadamente 2/3 do processo inicial de 90 dias eu sinto que agora eu incorporei realmente a mudança de vida que me propus (e almejava) ao iniciar esse reboot... A manutenção continuará sempre e as coisas novas que possam surgir serão cuidadas com a mesma atenção que tive até agora, mas agora sinto que compreendi os objetivos desse reboot e como ele continuará na minha vida.

Domi, acabei fazendo um relato dos 60 dias que estão chegando ao responder o seu comentario, rsrs... Mas vou deixar assim mesmo porque a comunicação que desenvolvi com você foi (e está sendo) de grande valor para mim desde que iniciei o meu reboot... Obrigado por tudo!!!
Beijos!!!

_______________________________________
avatar
Mensagens : 1478
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 16/8/2018, 11:05
Força irmão!
Muito bom o seu relato.
Abraços.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 16/8/2018, 12:38
Ai que maravilha ler que você e seu parceiro estão ficando ainda mais próximos, como nós sempre estamos mudando e nossos parceiros também é um erro achar que ele chegou na estabilidade, sempre há novas coisas a serem descobertas no outro.

O reboot só está sendo feito da forma correta quando se percebe o que estávamos deixando de lado por ele, e no seu caso era a sua vontade. Você não falava o que te chateava e descontava na PMO, e como as coisas não se resolviam ficava ansioso o que fazia você procurar mais PMO.... Começar a enfrentar os problemas de frente não é fácil, porém é a única forma de resolvê-los de fato.

Que bom que você está se permitindo falar e ter opinião, fazer as suas escolhas e mostrar aos outros que elas também devem ser reconhecidas, além de ter entendido que há certas lutas que são só nossas e vício infelizmente somos nós contra nós mesmos, os outros só tentam ajudar como pode e por isso é tão desgastante para ambos.
Parabéns por ter chegado até aqui e pelo nível de consciência!

Te adoro, sabe disso neh?
beijinhos
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 24/8/2018, 19:57
David Silva escreveu:Força irmão!
Muito bom o seu relato.
Abraços.

Obrigado David!!!
Muito bom receber seu apoio, estou meio sumido mas está tudo bem por aqui, rsrs.
Abração

_______________________________________
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 24/8/2018, 20:03
Domi1 escreveu: Ai que maravilha ler que você e seu parceiro estão ficando ainda mais próximos, como nós sempre estamos mudando e nossos parceiros também é um erro achar que ele chegou na estabilidade, sempre há novas coisas a serem descobertas no outro.

O reboot só está sendo feito da forma correta quando se percebe o que estávamos deixando de lado por ele, e no seu caso era a sua vontade. Você não falava o que te chateava e descontava na PMO, e como as coisas não se resolviam ficava ansioso o que fazia você procurar mais PMO.... Começar a enfrentar os problemas de frente não é fácil, porém é a única forma de resolvê-los de fato.

Que bom que você está se permitindo falar e ter opinião, fazer as suas escolhas e mostrar aos outros que elas também devem ser reconhecidas, além de ter entendido que há certas lutas que são só nossas e vício infelizmente somos nós contra nós mesmos, os outros só tentam ajudar como pode e por isso é tão desgastante para ambos.
Parabéns por ter chegado até aqui e pelo nível de consciência!

Te adoro, sabe disso neh?
beijinhos

Oi Domi!!!
Também te adoro!!! E é incrivel como me identifico com tudo que vc escreve... Vc sabe que os seus ensinamentos sobre o reboot e suas palavras de incentivo foram (e estão sendo) fundamentais no processo do meu reboot, né?
Estou meio sumido mas está tudo bem por aqui, rsrs.. Assim que der venho contar como está indo o meu reboot.
Beijão!!!

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 28/8/2018, 15:14
Quanto mais completa a sua vida, mais parece que há menos coisas a relatar, só não suma para eu não morrer se saudade. Wink

Curta os bons momentos e acrescente bons hábitos a sua rotina que tudo tenderá a ser melhor.

Beijokas
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 29/8/2018, 08:33
Domi1 escreveu:Quanto mais completa a sua vida, mais parece que há menos coisas a relatar, só não suma para eu não morrer se saudade. Wink

Curta os bons momentos e acrescente bons hábitos a sua rotina que tudo tenderá a ser melhor.

Beijokas

Olá Domi!!!
Verdade, tb percebi que com o passar do tempo temos menos vontade de postar devido as coisas estarem mais estaveis e com menos novidades, mas eu não vou abandonar o forum não, principalmente pelas nossas conversas aqui onde eu aprendo muito, rsrs... O que está me fazendo postar menos é que estou numa fase de entendimento que estou começando a separar as sensações do cotidiano (trabalho, familia, amigos, finanças, etc) das sensações diretamente relacionadas ao reboot, como sou muito analitico (você já sabe, né? Rsrs) eu ainda não consegui concluir a minha analise sobre as emoções de cada setor da minha vida... pelo menos no meu caso essas sensações se misturam muito no inicio do reboot, acho que é natural devido a ansiedade do inicio e o furacão de emoções que o reboot (e assumir o vicio em P) proporcionam, mas  estou organizando as minhas ideias e logo posto a minha analise sobre isso... Como gosto muito de escrever sobre os meus pensamentos eu normalmente levo horas para escrever, e ainda não consegui encontrar um momento com o tempo necessario para escrever tudo isso, rsrs... Mas tenho optado em escrever no bloco de notas do tablet já faz um tempo para poder escrever com calma e revisar antes de postar, então logo retorno com os relatos longos que me fazem tão bem escrever, é quase uma terapia, rsrs...
Tb sinto saudade de ler as suas mensagens, mesmo quando não escrevo no meu diario eu continuo lendo os diarios dos colegas e adoro quando tem uma mensagem sua em algum diario, rsrs...
Beijão!!!

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 29/8/2018, 17:18
Nino você é sempre muito carinhoso, obrigada.
Essa semana eu fiquei um pouco sumida pois além de eu ter extraído dois dentes do ciso, envenenaram o meu gato e eu fiquei arrasada, mas o bichano está recuperado.

O início do reboot os sentimentos ficam bem misturados porque como eu disse em outro momento, a vida fica moldada ao vício. Aos poucos tudo vai sendo motivo para ver PMO, a alegria e a frustração, o tempo vai sendo dedicado a ele, até o tempo que não está vago.
Os gostos, as conversas a perspectiva de vida também são moldadas... Então me diga como não ter esse turbilhão de sentimentos? Querendo ou não, o vício é o que traz coesão para um viciado, tirando ele tudo fica meio solto e jogado, aí que vem o desespero para por tudo em ordem e o medo de estar fazendo algo errado, pois no passado as coisas estavam fazendo mais sentido e estavam mais simples, mesmo que de uma forma errada.

Mas que alegria saber que você está tirando um momento para refletir sobre você, isso é bem importante.
Escreva sobre qualquer coisa se achar necessário, isso é um diário, você pode publicar coisas que não são diretamente ligadas ao vício, mas que tenham haver, como algo que você queria fazer ou um prazo que conseguiu cumprir, uma receita nova que cozinhou ou aquela ida a padaria que te fez ficar com água na boca.
Aposto que antes esses eventos não eram tão importantes e que nesse momento dão uma temperada na vida neh?

Beijokas
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 30/8/2018, 05:21
Domi1 escreveu:Nino você é sempre muito carinhoso, obrigada.
Essa semana eu fiquei um pouco sumida pois além de eu ter extraído dois dentes do ciso, envenenaram o meu gato e eu fiquei arrasada, mas o bichano está recuperado.

O início do reboot os sentimentos ficam bem misturados porque como eu disse em outro momento, a vida fica moldada ao vício. Aos poucos tudo vai sendo motivo para ver PMO, a alegria e a frustração, o tempo vai sendo dedicado  a ele, até o tempo que não está vago.
Os gostos, as conversas a perspectiva de vida também são moldadas... Então me diga como não ter esse turbilhão de sentimentos? Querendo ou não, o vício é o que traz coesão para um viciado, tirando ele tudo fica meio solto e jogado, aí que vem o desespero para por tudo em ordem e o medo de estar fazendo algo errado, pois no passado as coisas estavam fazendo mais sentido e estavam mais simples, mesmo que de uma forma errada.

Mas que alegria saber que você está tirando um momento para refletir sobre você, isso é bem importante.
Escreva sobre qualquer coisa se achar necessário, isso é um diário, você pode publicar coisas que não são diretamente ligadas ao vício, mas que tenham haver, como algo que você queria fazer ou um prazo que conseguiu cumprir, uma receita nova que cozinhou ou aquela ida a padaria que te fez ficar com água na boca.
Aposto que antes esses eventos não eram tão importantes e que nesse momento dão uma temperada na vida neh?

Beijokas

Nossa Domi, que horrivel terem envenenado o seu gato, não consigo nem imaginar a tristeza ao passar por uma situação dessas... Tenho duas cachorras, uma de 8 e outra de 10 anos, que estão desde filhotes comigo e com o meu marido, elas são muito importantes para nós, eu sempre penso que no dia que chegar a hora delas partirem (pelo tempo natural da vida) vai ser arrasador para mim e desejo estar muito bem para conseguir lidar com isso... Mas que bom que o seu gato está se recuperando, fiquei feliz de saber. Quanto aos cisos eu tb tirei 2 no final do ano passado e é bem chato nos primeiros dias, tanto que ainda tenho que tirar os outros 2 mas estou esperando um momento mais adequado.
Muito legal a sua observação sobre escrever os meus pensamentos aqui no meu diario, assim que organizar melhor as minhas ideias vou postar por aqui.
Grande beijo!!!

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 30/8/2018, 12:40
Esse gatinho eu vi nascer, eu dei abrigo temporário para a mãe dele, que era gata de rua e estava grávida. Minha amiga ficou com a mãe e eu com um dos filhotes. Ver ele envenenado me deixou triste, mas passa neh? Eu tenho uma outra gata mais velha (essa minha mãe a roubou de mim rsrsr), eles são todos como parentes para mim, toda a dor que vejo eles sentindo me afeta imensamente. Mas já foi e nós estamos ótimos.
Os dentes eu ainda terei que tirar mais dois dias 3, aí acaba, chega de arrancar dente bom, só estou fazendo porque meus dentes estão tortos novamente então retornarei ao aparelho T.T, mas ficarei linda no final Smile

Fico no aguardando mais publicações suas.
Beijos
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

12 anos.

em 31/8/2018, 06:07
Nesse ultimo final de semana completei 12 anos de casados... Na verdade eu e o meu marido consideramos o nosso aniversario de casamento o dia que nos conhecemos, pois no mesmo dia começamos a namorar e 6 meses depois já estávamos morando juntos, fizemos a nossa união estável pouco depois que a lei foi aprovada no Brasil (não lembro se foi em 2010 ou em 2011) e aproveitamos para oficializa-la no dia do nosso aniversário de casamento... sim, somos românticos e gostamos de celebrar as datas especiais, aliás, eu sou mais ligado a essas datas e celebrações e procuro sempre preparar alguma comemoração especial, não importa se é uma viagem ou um jantar para nós dois, mas o meu marido também curte esses momentos e entra no clima... Esse ano a comemoração foi em casa mesmo, só eu, o meu marido e nossas filhas (temos 2 cachorras lindas e fofas) e foi muito gostoso, preparei petiscos e bebidas e passamos a tarde conversando e ouvindo musica como sempre fazemos nos finais de semana, depois a noite fomos ver fotos nossas desde a época que nos conhecemos, eu já havia separado anteriormente algumas fotos de cd's antigos de backup (nossa, como acumulamos imagens digitais hoje em dia, né)... eu gosto de alguns rituais para celebrar o amor e mesmo depois de 12 anos continuo valorizando isso, não me vejo mudando isso no futuro...
Todo ano eu faço uma analise do tema mais marcante do ano na nossa vida em comum, por exemplo no ano passado foi a reforma aqui em casa (quase enlouqueci com a reforma mas o resultado foi muito bom), no ano retrasado foi uma viagem de comemoração dos 10 anos de casado... e esse ano, conversando com o meu marido, cheguei a conclusão que o tema mais marcante do ano está sendo o reboot, apesar de ser somente eu que estou fazendo o reboot ele se reflete na nossa vida e afeta o meu marido também, e isso está sendo muito interessante na nossa vida...
As nuances que o reboot está afetando o meu casamento são suaves, mas já são positivas... primeiro eu fui pesquisando sobre o que poderia causar a minha ER e aos poucos fui compreendendo que sou viciado em P, até chegar o momento de iniciar o meu reboot... nesse processo estou tendo muitas emoções e aprendizados, com alguns momentos de tristeza mas também momentos de satisfação ao ver os progressos que estou adquirindo em todos os setores da minha vida, não só no que diz respeito a sexualidade... Apesar de estar caminhando para completar o meu reboot sinto que ainda estou engatinhando nesse processo, os 90 dias para mim são só o inicio dessa nova etapa da minha vida que eu intitulei o meu diario, eu sei que a proposta do reboot são os 90 dias iniciais para uma desintoxicação (e que no inicio pode parecer uma eternidade) mas agora enxergo que é um tempo simbólico para nos conscientizarmos da mudança que precisamos fazer na nossa vida... Eu ainda não curei a minha ER (e nem sei quanto tempo vai demorar para isso) mas mesmo assim já considero muito positivas as mudanças que estão acontecendo com o reboot.
Eu não sinto mais a menor vontade de PMO, mas ainda sinto vontade de ver P... alguns dias sinto mais vontade de ver P e em outros nem lembro que ela existe, e apesar de ser frustrante eu vou ter que lidar com essa vontade de ver P pelo resto da minha vida, mas sei que cada dia que passa essa vontade vai ficar cada vez mais fraca... Estou indo para a reta final do meu reboot com a sensação de satisfação de estar fazendo uma mudança tão positiva na minha vida mas também uma sensação de normalidade porque os conflitos emocionais dos outros setores da minha continuam, eles não vão ser solucionados apenas pelo reboot, mas agora tenho mais tempo, energia e consciência para resolve-los.

Esses dias eu fui procurar algum marcador de pagina para um livro que estou lendo e não encontrei, então peguei um cartão postal que estava guardado para resolver isso... E nesse cartão estava uma frase que eu sempre achei inspiradora (por isso guardei o cartão até hoje) e faz muito sentido nesse momento da minha vida...

"Nunca é tarde para para você ser o que poderia ter sido"
Winston Churchill

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 31/8/2018, 14:37
Ahhh seu lindo, sem dúvidas esse é um dos relatos mais lindos que eu já li.

Continue com esse espírito de renovação, que dias melhores sempre virão.
Te desejo o melhor!

Beijos
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Sobre Flatline.

em 2/9/2018, 13:51
Não sei se eu tive ou estou tendo flatline, mas percebo que as ereções estão acontecendo no momento certo, momentos de intimidade... claro que tb tem as ereções noturnas durante o sono e as ereções matinais, mas tirando isso posso ficar dias sem ter ereções, desde que não aconteça um clima intimo entre eu e o meu marido, aí a ereção é inevitavel... Acho que essa forma deve ser a forma normal, a vontade de fazer amor vai acontecendo em algum momento naturalmente e a ereção vem depois, não acho que tem que vir uma ereção primeiro e depois por estar com ereção tem que fazer sexo... Com o vicio em P nos acostumamos a ter ereções como se fossemos ligar a TV, é só apertar um botão e liga, hoje vejo que isso é muito estranho, qual outra parte do corpo que a gente aperta um botão para ela mudar instantaneamente?
É um pensamento que veio porque leio muitos relatos aqui no forum e não percebi em nenhum momento no meu reboot a flatline... Talvez por eu ser casado e toda noite dormir com o meu marido, fazermos muitas coisas juntos, então acho que não deu tempo para sentir a flatline... Ou ela ocorreu (ou está ocorrendo) e eu nem percebi.
Sei lá, eu to muito bem assim, se tive ou estou tendo flatline eu nem to percebendo, o que eu percebi é que as relações sexuais diminuíram na frequência (só um pouco, rsrs), mas a intensidade ficou ainda melhor... eu não trocaria o jeito como está agora por como era antes.
Leio alguns relatos em que os colegas aqui do forum se sentem mal por só conseguir ter um orgasmo durante uma relação sexual... para mim isso é o normal, pode até ser que em algum momento muito intenso do relacionamento aconteça mais de um O, mas o que sempre acontece comigo é ter um O e ficar satisfeito, fico curtindo a companhia do meu marido e relaxamos... 
Até perguntei pro meu marido se eu estou brocha por causa do reboot e ele disse que não, pelo contrario... aliás as ereções nas nossas relações estão incriveis, apesar de eu nunca ter tido DE agora as ereções estão mais poderosas... mas não acontecem a toa, em qualquer momento, elas aparecem após um envolvimento e clima romântico (tirando as habituais ereções noturnas e matinais), para mim está ótimo assim, eu acho que agora estou do jeito natural que todas pessoas sem vicio em P devem ser.
Eu não tenho o habito de falar sobre isso (ereções) com ninguém (tirando o meu marido), e nem falar de forma tão detalhada como estou falando aqui, mas para falar sobre esse tema não tem outro jeito de falar, né...
Quis falar sobre isso porque estou escrevendo sobre vários temas relacionados ao reboot e como eles foram afetados na minha vida durante o reboot... E esse tema apesar de não ser um tema que costumo falar, faz parte do reboot. Estou escrevendo sobre todos esses temas para fazer uma analise pessoal e vou compartilhar aqui no meu diario como forma de registrar o meu processo, para mim, mas se ajudar alguém vou ficar feliz.

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 4/9/2018, 14:35
Olá,

Vou deixar primeiro uma explicação rápida sobre o assunto:

A flatline é um estado onde mesmo com estímulos não há vontade sexual, há um total desinteresse e uma certa apatia para o assunto, ou para diversos outros assuntos, existe muitas vezes sintomas físicos como a falta de ereção matinal, órgão sexual nitidamente flácido, ou ereções incompletas ("pau meia bomba").
Estar em uma fase tranquila para o sexo é não senti a vontade de buscar por ele, mas caso pinte a oportunidade conseguir se envolver no momento, não há apatia e não há indícios físicos relacionados a essa suposta falta de interesse.


Voltando ao seu comentário:

Você realmente fez uma reflexão muito sensata. Muitos homens que chegam aqui no fórum, ficam aflitos porque não sentem vontade de fazer sexo toda hora, isso pode até acontecer na adolescência ou quando nos encontramos em uma situação com grande privação sexual, porém um adulto, com sexo regular, não tem o porque estar nesse nível de vontade. Sexo é importante, mas não é para ter a mesma constância que fome e sede.
O engraçado que para todas as outras coisas não é cobrada a mesma frequência, ninguém escreve desesperado porque não esta em estágio de felicidade eufórica sempre, ou porque não está a todo o momento disposto para fazer qualquer coisa produtiva, pois todos sabem que naturalmente estamos em um estado de normalidade, onde nem estamos com vontade de nada e nem estamos sentindo nada de forma intensa. Pq com o impeto sexual tem que ser diferente?

Quando estamos em um estado maduro e saudável da nossa sexualidade, entendemos que para ser um ato sexual é preciso que ambas as partes estejam envolvidas, se todos tivessem esse grau de consciência, menos pessoas seriam violadas e menos pessoas seriam rejeitadas, pois entenderíamos que não precisamos estar com vontade antecipadamente para fazermos sexo, podemos desenvolver e, se a outra pessoa não está afim de nós, tudo bem também foi só uma interpretação errada de sinais. Ninguém vai morrer por isso.

Por mais pessoas com essa percepção, e que muitos daqui compreendam esse ponto, que não estar com vontade toda a hora não significa estar broxa ou castrado, é apenas um momento normal da vida.

Beijos


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 252
Data de inscrição : 11/09/2017
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 6/9/2018, 13:45
De fato a situação normal é passar a maior parte do tempo sem sentir libido alguma e explodir quando surgir uma oportunidade de sexo ou se você for exposto a algum gatilho.

Eu achava que o reboot me deixaria subindo pelas paredes, com vontade de ter sexo o tempo todo, mas não é isso que acontece, inclusive eu caí nas minhas primeiras tentativas justamente por isso, pois achava que estava numa flat permanente.

_______________________________________
Conquistas (reboot de P):

21 dias
34 dias
69 dias

 
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 10/9/2018, 14:27
Entender que não é preciso estar a toda hora disposto a fazer sexo, e que você não precisa ser uma máquina é libertador. Afinal de contas, mesmo aproximando o sexo ao ato mais animalesco, instintivo e irracional possível, não há animal que fique com vontade integralmente, ainda mais quando a disponibilidade de sexo não é escassa.
Apenas quando ocorre a privação a libido sobre para que você se sinta motivado a procurar um par, e aí entramos naquele estado de ver sexo em tudo.

Porém a pornografia distorce até isso, nem a parte animal e instintiva da coisa é preservada, e os rapazes começam a se cobrar de forma irreal, querem ser uma espécie de máquina do sexo, por isso que cresce a cada dia que passa o consumo de remédios para ereção entre esse público.

Não sentir Tesão nunca é um problema, mas sentir a toda a hora é um problema tão grande quanto. Já pensou? Se seguíssemos a teoria pornô, um homem que estivesse em uma casa com uma mulher teria que fazer sexo 24 h se a mesma permitisse.... Ou então um gorila que possui um Harém só faria isso, e faria até a morte (morreria em menos de uma semana coitado).

Vamos respeitar nosso corpo e nossa mente, isso que é o que temos que levar de bom disso todo.

Beijos.
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 15/9/2018, 06:13
Domi1 escreveu:Ahhh seu lindo, sem dúvidas esse é um dos relatos mais lindos que eu já li.

Continue com esse espírito de renovação, que dias melhores sempre virão.
Te desejo o melhor!

Beijos

Obrigado Domi!!!
Fiquei muito emocionado quando li o seu comentário... deixei para responder depois e acabei ficando longe do forum por uns dias, mas obrigado por todo o apoio que vc tem dado no meu reboot.
Estou escrevendo nas notas do tablet e logo volto a postar aqui no fórum.
Beijos!!!

_______________________________________
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Sobre atividades de religação.

em 16/9/2018, 08:39
Desde que comecei o reboot tenho procurado introduzir atividades de religação no meu dia a dia, tanto porque elas são muito importantes para o reboot quanto porque eu sempre procurei ter uma boa qualidade de vida, sempre percebi que com o corpo mais saudável a mente funciona melhor, mas sempre tem as épocas de descuido devido a correria no trabalho, ou algum problema que acontece, ou alguma outra desculpa qualquer... O que tenho percebido durante o reboot é que as minhas atividades de religação estão sendo ligadas a atividades que pratico sozinho... caminhadas no parque, leitura de livros, passeios em livrarias ou lugares que há tempo não ia, mas o curioso é que todas essas atividades que estou procurando fazer são atividades que faço sozinho, até tenho filtrado mais os eventos sociais e encontros com amigos... agora eu aceito convites apenas se eu achar que vale a pena para o meu bem estar emocional, não tenho mais ido mais a encontro com amigos com tanta frequência nem recebido muitas pessoas em casa também... e isso tem me feito muito bem. Não estou me afastando do contato social por não estar me sentindo bem ou sem vontade de encontrar pessoas, apenas tenho utilizado um filtro de só fazer coisas que vão me fazer bem, as que não vão me acrescentar ou só gerar um desgaste energético desnecessário eu tenho evitado e utilizado esse tempo para as minhas atividades de religação solitárias porém muito prazerosas... Adoro caminhar sozinho no parque ouvindo musica com fone de ouvido e, quando tenho tempo livre, ao final da caminhada tomar uma agua de coco sentindo os efeitos benéficos da caminhada e do contato com a natureza... Tem sido um dos maiores prazeres que eu reinseri na minha vida, eu sempre fui adepto de caminhadas mas com a correria do dia a dia fui diminuindo a frequencia, mas agora sempre que tenho um tempo livre, e o clima permite, saio para caminhar. Outra atividade que tenho feito é buscar musicas para ouvir, eu sempre gostei muito de ouvir musica e quando tinha tempo ficava navegando na internet em busca de musicas novas que eu gostasse, mas com o inicio do reboot eu restringi bastante o uso de internet e acabei parando de navegar em busca de musicas, então assinei o apple music e retomei o habito de buscar musicas, já estou criando um lista de musicas bem interessante no celular... eu aliei as minhas caminhadas com os momentos de ouvir musicas novas e ir adicionando a minha lista as que eu mais gosto... Estou gostando muito dessa nova forma de ouvir musica.
Mais uma coisa nova que estou fazendo é retomar o habito da leitura, nesse periodo sempre que podia passava em alguma livraria em busca de algum livro novo, mas as vezes terminava de ler um livro e ainda não tinha comprado nenhum novo, então assinei o kindle unlimited, que é como se fosse uma biblioteca virtual e tem bastante livros interessantes, inclusive muitos lançamentos disponíveis na assinatura mensal... fiz um teste com um livro que eu havia comprado online e quando o livro chegou em casa eu já tinha lido mais da metade pelo tablet e continuei lendo pelo tablet até terminar (fiquei com um livro novo e sem uso em casa aguardando aparecer alguma ocasião para presentear alguém, rsrs), agora já estou lendo o segundo livro pelo kindle... Esse habito novo me deixou muito feliz por um motivo especial, desde que eu comecei o reboot eu só vinha usando o tablet para entrar no fórum ou facebook (apesar que não dou menor bola para facebook, entro raramente), pois devido a proposta do reboot de parar de ver pornografia eu fiquei sem saber o que ver na internet, afinal quase todos os sites de noticias tem alguma noticia mais picante ou fotos sensuais que podem servir de gatilho, então preferi não arriscar... mas com isso fiquei muito limitado ao ter o que fazer com o tablet, e com a assinatura do apple music e kindle adquiri novos hábitos que além de saudáveis são muito prazerosos, sinto isso como uma atividade de religação muito boa, pois criou uma transformação na minha mente do que fazer nos momentos de descanso e lazer usando a internet, pois passar a vida se controlando para usar a internet por medo de aparecer algum gatilho é muito importante durante o reboot (e fundamental), mas pode ficar meio complicado com o passar do tempo (no pós reboot), afinal ficar lembrando o tempo todo que não pode fazer algo nos faz lembrar do assunto, né... agora com esses novos hábitos para usar internet com o tablet acredito que as lembranças da época que eu via P vão ficar cada vez mais distantes...
Percebi que as minhas atividades de religação estão sendo ficar mais em contato comigo e está sendo muito bom... Além disso estou cada vez mais conectado com o meu marido, ter feito o reboot compartilhando tudo com ele foi e está sendo muito saudável na nossa relação, nós sempre fomos muito próximos mas agora estamos mais ainda... o engraçado é que ele nunca se incomodou de eu ver P, mesmo ele não tendo o habito de ver, eu é que quis buscar um caminho para solucionar a minha ER (que ainda não foi solucionada mas não me importo mais em ficar esperando isso ser solucionado, se for para acontecer vai acontecer naturalmente) e acabei descobrindo o reboot, no começo do meu reboot eu até fiquei incomodado por ele não valorizar tanto o que eu estava fazendo, mas depois entendi que esse processo de me abster de ver P é para mim, isso está proporcionando mais qualidade vida para mim, não é porque isso não chegou a atrapalhar o meu casamento que eu não deveria ter parado de ver P, e sim para mim... Enfim, as melhorias estão acontecendo na minha vida, e isso reflete também no meu relacionamento, mas eu que estou sendo o principal beneficiado.
Essa semana vou completar os 90 dias do processo do reboot, mas eu não consigo enxergar que esses 90 dias finalizaram uma etapa, sinto que ainda é o começo... O que posso dizer é que após esses quase 90 dias fica mais fácil lidar com o processo de parar de ver P, mas a vontade ainda continua, bem mais fraca mas continua... a vontade de praticar PMO não existe mais, e chego a ficar envergonhado quando lembro que eu fazia isso, mas a vontade de ver P continua, obvio que uma vontade de ver coisas leves, tipo nudes ou contos, mas eu sei que isso seria só no começo e depois de um tempo iria me aprofundar mais e acabaria voltando a praticar PMO... então só de imaginar isso me faz ficar longe de qualquer coisa que possa me levar de volta para o lugar que eu estava antes de iniciar o reboot, não quero de maneira nenhuma trocar como eu sou hoje por como eu era antes do reboot.

_______________________________________
avatar
Mensagens : 1478
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 33
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 17/9/2018, 15:41
Relato cheio de sensibilidade e sensatez. Parabéns Nino por ter completado o reboot.
Sobre a música eu sinto que realmente ela ajuda, mas eu ainda sou uma pessoa pouco musical preciso ouvir mais.
Você demorou para falar do seu marido, pensei até que tinham largado, mas fiquei feliz quando li que está tudo cada vez melhor.
Um abraço... Preciso de ajuda.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto - último
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho


avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 747
Data de inscrição : 20/09/2015
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 17/9/2018, 16:56
flower flower flower flower flower Uhuuuuuu!!!!!! flower flower flower flower

90 dias!!!!!!

Parabéns! Querido!!!!

A sua última publicação realmente diz muito sobre o processo do reboot, ele serve para limpar o seu corpo da dependência, porém o vício nunca deixará de existir.
No começo do reboot eu disse que você deveria aproveitar para se conhecer e é muito gratificante que o Nino que antes não falava não, sempre se enrolava para resolver as coisas dos outros passou a gerir melhor a sua vida. Agora você arrumou tempo e coragem para se expressar e viver a maravilha que é estar de bem com nós mesmos.

Sempre te desejei o melhor e continuarei desejando. Que sua família prospere, afinal você tem um casamento lindo, que está melhor porque você percebeu que precisava também cuidar de sí.

Não suma do fórum em??

sunny Beijokas. king
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 1862
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Daily War - A guerra ainda não acabou!
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 18/9/2018, 07:52
Parabéns, Nino!

Poucos conseguem chegar até aqui, e você conseguiu! Parabéns! Valeu cada não dado ao vício, valeu cada sacrifício feito, valeu tudo realizado em prol de vencer a PMO. 

A luta continua, parceiro! Agora, é seguir em frente - mais firme do que nunca. Um forte abraço.

_______________________________________
“Quando até o laço do sapato tentar te derrubar, ande sozinho, ande descalço, mas não pare de andar.” 


avatar
Admin
Admin
Mensagens : 1209
Data de inscrição : 16/06/2016
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 18/9/2018, 10:19
Spoiler:

Nino escreveu:Desde que comecei o reboot tenho procurado introduzir atividades de religação no meu dia a dia, tanto porque elas são muito importantes para o reboot quanto porque eu sempre procurei ter uma boa qualidade de vida, sempre percebi que com o corpo mais saudável a mente funciona melhor, mas sempre tem as épocas de descuido devido a correria no trabalho, ou algum problema que acontece, ou alguma outra desculpa qualquer... O que tenho percebido durante o reboot é que as minhas atividades de religação estão sendo ligadas a atividades que pratico sozinho... caminhadas no parque, leitura de livros, passeios em livrarias ou lugares que há tempo não ia, mas o curioso é que todas essas atividades que estou procurando fazer são atividades que faço sozinho, até tenho filtrado mais os eventos sociais e encontros com amigos... agora eu aceito convites apenas se eu achar que vale a pena para o meu bem estar emocional, não tenho mais ido mais a encontro com amigos com tanta frequência nem recebido muitas pessoas em casa também... e isso tem me feito muito bem. Não estou me afastando do contato social por não estar me sentindo bem ou sem vontade de encontrar pessoas, apenas tenho utilizado um filtro de só fazer coisas que vão me fazer bem, as que não vão me acrescentar ou só gerar um desgaste energético desnecessário eu tenho evitado e utilizado esse tempo para as minhas atividades de religação solitárias porém muito prazerosas... Adoro caminhar sozinho no parque ouvindo musica com fone de ouvido e, quando tenho tempo livre, ao final da caminhada tomar uma agua de coco sentindo os efeitos benéficos da caminhada e do contato com a natureza... Tem sido um dos maiores prazeres que eu reinseri na minha vida, eu sempre fui adepto de caminhadas mas com a correria do dia a dia fui diminuindo a frequencia, mas agora sempre que tenho um tempo livre, e o clima permite, saio para caminhar. Outra atividade que tenho feito é buscar musicas para ouvir, eu sempre gostei muito de ouvir musica e quando tinha tempo ficava navegando na internet em busca de musicas novas que eu gostasse, mas com o inicio do reboot eu restringi bastante o uso de internet e acabei parando de navegar em busca de musicas, então assinei o apple music e retomei o habito de buscar musicas, já estou criando um lista de musicas bem interessante no celular... eu aliei as minhas caminhadas com os momentos de ouvir musicas novas e ir adicionando a minha lista as que eu mais gosto... Estou gostando muito dessa nova forma de ouvir musica.
Mais uma coisa nova que estou fazendo é retomar o habito da leitura, nesse periodo sempre que podia passava em alguma livraria em busca de algum livro novo, mas as vezes terminava de ler um livro e ainda não tinha comprado nenhum novo, então assinei o kindle unlimited, que é como se fosse uma biblioteca virtual e tem bastante livros interessantes, inclusive muitos lançamentos disponíveis na assinatura mensal... fiz um teste com um livro que eu havia comprado online e quando o livro chegou em casa eu já tinha lido mais da metade pelo tablet e continuei lendo pelo tablet até terminar (fiquei com um livro novo e sem uso em casa aguardando aparecer alguma ocasião para presentear alguém, rsrs), agora já estou lendo o segundo livro pelo kindle... Esse habito novo me deixou muito feliz por um motivo especial, desde que eu comecei o reboot eu só vinha usando o tablet para entrar no fórum ou facebook (apesar que não dou menor bola para facebook, entro raramente), pois devido a proposta do reboot de parar de ver pornografia eu fiquei sem saber o que ver na internet, afinal quase todos os sites de noticias tem alguma noticia mais picante ou fotos sensuais que podem servir de gatilho, então preferi não arriscar... mas com isso fiquei muito limitado ao ter o que fazer com o tablet, e com a assinatura do apple music e kindle adquiri novos hábitos que além de saudáveis são muito prazerosos, sinto isso como uma atividade de religação muito boa, pois criou uma transformação na minha mente do que fazer nos momentos de descanso e lazer usando a internet, pois passar a vida se controlando para usar a internet por medo de aparecer algum gatilho é muito importante durante o reboot (e fundamental), mas pode ficar meio complicado com o passar do tempo (no pós reboot), afinal ficar lembrando o tempo todo que não pode fazer algo nos faz lembrar do assunto, né... agora com esses novos hábitos para usar internet com o tablet acredito que as lembranças da época que eu via P vão ficar cada vez mais distantes...
Percebi que as minhas atividades de religação estão sendo ficar mais em contato comigo e está sendo muito bom... Além disso estou cada vez mais conectado com o meu marido, ter feito o reboot compartilhando tudo com ele foi e está sendo muito saudável na nossa relação, nós sempre fomos muito próximos mas agora estamos mais ainda... o engraçado é que ele nunca se incomodou de eu ver P, mesmo ele não tendo o habito de ver, eu é que quis buscar um caminho para solucionar a minha ER (que ainda não foi solucionada mas não me importo mais em ficar esperando isso ser solucionado, se for para acontecer vai acontecer naturalmente) e acabei descobrindo o reboot, no começo do meu reboot eu até fiquei incomodado por ele não valorizar tanto o que eu estava fazendo, mas depois entendi que esse processo de me abster de ver P é para mim, isso está proporcionando mais qualidade vida para mim, não é porque isso não chegou a atrapalhar o meu casamento que eu não deveria ter parado de ver P, e sim para mim... Enfim, as melhorias estão acontecendo na minha vida, e isso reflete também no meu relacionamento, mas eu que estou sendo o principal beneficiado.
Essa semana vou completar os 90 dias do processo do reboot, mas eu não consigo enxergar que esses 90 dias finalizaram uma etapa, sinto que ainda é o começo... O que posso dizer é que após esses quase 90 dias fica mais fácil lidar com o processo de parar de ver P, mas a vontade ainda continua, bem mais fraca mas continua... a vontade de praticar PMO não existe mais, e chego a ficar envergonhado quando lembro que eu fazia isso, mas a vontade de ver P continua, obvio que uma vontade de ver coisas leves, tipo nudes ou contos, mas eu sei que isso seria só no começo e depois de um tempo iria me aprofundar mais e acabaria voltando a praticar PMO... então só de imaginar isso me faz ficar longe de qualquer coisa que possa me levar de volta para o lugar que eu estava antes de iniciar o reboot, não quero de maneira nenhuma trocar como eu sou hoje por como eu era antes do reboot.

Parabéns, Nino por ter completado o reboot de 90 dias e por este seu relato.

Só você sabe o quanto foi difícil atingir esta marca e agora faz parte de um grupo seleto de vencedores. Orgulhe-se disso!

Agora, é só caprichar no período pós-reboot, mantendo os bons hábitos e procurando sempre evoluir para que os benefícios já adquiridos se tornem cada vez mais sólidos, assim como para conquistar outros benefícios também.

Sinta-se à vontade para fazer um relato nas Histórias de Sucesso. Será de grande valia para o Fórum e você poderá inspirar outras pessoas a superar o vício em pornografia.

Parabéns, você é um vencedor!

Forte abraço.
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 21/9/2018, 06:04
David Silva escreveu:Relato cheio de sensibilidade e sensatez. Parabéns Nino por ter completado o reboot.
Sobre a música eu sinto que realmente ela ajuda, mas eu ainda sou uma pessoa pouco musical preciso ouvir mais.
Você demorou para falar do seu marido, pensei até que tinham largado, mas fiquei feliz quando li que está tudo cada vez melhor.
Um abraço... Preciso de ajuda.

Obrigado David!!!
Você foi um dos primeiros a comentar no meu diario e desde então tenho acompanhado o seu diario... Vejo que vc está tendo dificuldades de retomar o reboot, mas vc é uma pessoa com muita força de vontade e logo vai conseguir retoma-lo e conclui-lo com exito, não desanime e busque novas motivações para auxilia-lo... Vc disse que não é uma pessoa muito musical, mas se de a oportunidade de conhecer musicas novas e incorporar esse habito no seu cotidiano, musica sempre faz bem para a alma...
Eu demorei para comentar sobre o meu marido porque da metade em diante do meu reboot percebi que o foco do reboot sou eu e que não deveria cobrar que ele passasse pelo reboot da mesma forma que eu, afinal ele não é viciado em P, então foquei os meus relatos nas minhas sensações no processo do reboot e dentre essas sensações venho relatando o quanto o reboot nos deixou mais conectados ainda... mas a nossa relação é bem antiga e solida, e apesar do meu vicio em P nós já estavamos bem, porém agora estamos melhores ainda.
Grande abraço e torço que vc consiga retomar o seu reboot com a mesma força que já conseguiu anteriormente, vc consegue!!!

_______________________________________
Moderador
Moderador
Mensagens : 118
Data de inscrição : 24/06/2018
Idade : 45
Ver perfil do usuário

Re: Início de uma nova etapa na minha vida

em 21/9/2018, 07:20
Domi1 escreveu:flower flower flower flower flower Uhuuuuuu!!!!!! flower flower flower flower

90 dias!!!!!!

Parabéns! Querido!!!!

A sua última publicação realmente diz muito sobre o processo do reboot, ele serve para limpar o seu corpo da dependência, porém o vício nunca deixará de existir.
No começo do reboot eu disse que você deveria aproveitar para se conhecer e é muito gratificante que o Nino que antes não falava não, sempre se enrolava para resolver as coisas dos outros passou a gerir melhor a sua vida. Agora você arrumou tempo e coragem para se expressar e viver a maravilha que é estar de bem com nós mesmos.

Sempre te desejei o melhor e continuarei desejando. Que sua família prospere, afinal você tem um casamento lindo, que está melhor porque você percebeu que precisava também cuidar de sí.

Não suma do fórum em??

sunny Beijokas. king

Oi Domi!!!
Obrigado pelas palavras e por tudo o que você representa no meu reboot, posso dizer que você foi a inspiração para eu iniciar o reboot... No periodo que comecei a entrar no forum e ler os relatos, e ainda estava me questionando se eu era viciado em P (acredite, eu não tinha noção que era viciado em P, rsrs), ao ler os seus comentários tive uma grande conexão com a forma que você se expressa e as suas palavras me inspirarem a iniciar o reboot... Depois quando vc comecou a acompanhar o meu diario foi uma injeção de animo para seguir em frente e começar a entender como funciona o vicio em P, e sempre que fiquei inseguro ou com duvidas vc esclarecia todas elas (com uma pitada de carinho e outra de disciplina) e eu continuei em frente sempre com o seu apoio... Vc sabe o quanto gosto de escrever e se deixar vou ficar aqui horas enaltecendo a satisfação que tive por te conhecer, e mesmo de forma anonima aqui no forum eu me senti proximo de vc, como se te conhecesse há muito tempo... Vou continuar em contato com o forum mesmo após os 90 dias iniciais do reboot, vou continuar escrevendo os meus textos nas notas do tablet e depois venho posta-ls no forum... venho escrevendo sobre os assuntos gerais da minha vida que mesmo que não sejam exatamente sobre o vicio em P são relacionados as consequências emocinais que o vicio interferiu... aliás, teve um momento que eu fiquei na duvida do que postar porque o vicio em P ficou sob controle mas questionei aqui no forum que tem muitos fatores da minha vida que estavam em transformação também, e vc me estimulou a postar sobre todos os assuntos no meu diário, mesmo estando mais relacionados ou menos ao reboot porque são assuntos relacionados ao processo de transformação proporcionados pelo reboot...
Quanto ao reboot eu me sinto no meio do processo ainda (obvio que já senti muitas mudanças e hoje é bem mais facil me abster de ver P), não sei se um dia eu vou conseguir ter a sensação de que completei esse processo... mas acho que isso deve ser normal, pois a mudança de habitos tem que ser para a vida toda, não é a mesma coisa que quando estava no colégio ou na faculdade e terminavam as provas de final de ano e vinham as ferias, e que dava uma sensação de alivio de saber que aquela que aquela correria e horas e horas de estudo tinham valido a pena e que daquele momento em diante iria desfrutar as ferias e que o proximo ano só iria começar dali alguns meses... Com o reboot é diferente, vem uma sensação de tranquilidade de ter completado a etapa inicial dos 90 dias e de satisfação de ter aprendido como funciona o vicio em P para seguir em frente de agora em diante utilizando o tempo que antes era desperdiçado em ver P para focar na reorganização dos outros setores da vida... comecei a sentir após 50 ou 60 dias do reboot um entendimento maior de como funciona o vicio e os caminhos para se manter longe dele, e isso acalmou a minha mente... essa é a mesma sensação que continuo sentindo após os 90 dias, e acredito que seja a mesma que continuarei sentindo sempre, não me imagino (e nem tenho essa expectativa) em um dia que eu sentirei uma sensação nova e que nunca mais terei mais vontade de ver pornografia, não me imagino em um dia que terei esquecido que a pornografia fez parte da minha vida... mas o reboot funciona para nos dar consciencia do quanto a pornografia nos faz mal e nos dar ferramentas para combate-las da nossa vida, e isso eu aprendi sim com o reboot, então nesse aspecto me sinto vitorioso sim por ter completado o reboot, rsrs...

Domi, como eu falei sobre musica na minha ultima postagem queria te contar que quando eu fiz o relato dos meus 12 anos de casado eu li o seu comentario e fiquei muito emocionado, e na hora que eu li eu tinha acabado de ouvir uma musica que acho muito bonita e agora toda vez que eu ouço essa musica eu lembro de vc, rsrs... é uma musica que toca no filme "Um lugar silencioso", o filme é suspense psicologico bem legal, e a cena que toca essa musica é muito bonita (tem essa cena com essa musica no youtube, mas acho que fica mais emocionante depois de ver o filme)... A musica chama "Harvest Moon" e é do Neil Young, não sei se é o seu estilo de musica mas é bem bonita... Aliás, eu sou bem ecletico no meu gosto musical, gosto de musicas mais agitadas mas gosto de algumas musicas lentas tb... o importante é que toque o meu coração, rsrs...

Vou continuar vindo aqui no forum e sempre que possível postarei os textos que gosto de escrever, mas principalmente para acompanhar os seus comentarios que sempre são enriquecedores...
Grande beijos e obrigado por tudo!!!

PS. Parabéns pelo trabalho maravilhoso que vc faz aqui no fórum.

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum