Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 71
Data de inscrição : 07/02/2018
Idade : 24
Localização : Mundo Real
Ver perfil do usuário

A luta contra si mesmo [155 dias]

em 15/7/2018, 02:23
23 anos, desde os 18 no vício.

Esse sou eu. Sempre fui muito tímido desde a infância e por ter nascido em uma família que sempre me levava a igreja, eu me tornei bem religioso durante a adolescência e por isso nunca havia assistido pornografia nessa fase.

Minha história com a pornografia começou quando eu namorava uma menina a distância. Eu tinha 18 e ela 17, nós nos víamos 1 vez a cada mês praticamente. Foi um período em que eu perdi a virgindade, assim como ela. Em determinado momento do nosso relacionamento, eu tive problemas na ereção, certamente foi por causa de sêmen acumulado, ou algum tipo de nervosismo, pois estávamos na minha casa e tentávamos transar escondido dos meus pais. Pois a partir desse acontecimento tudo mudou, pois eu na época não entendia o porque daquilo ter acontecido. Eu fiquei frustrado e durante o tempo em que eu fiquei distante dela, passei a me masturbar para "treinar" meu pênis para a hora H. A partir disso, acessei pela primeira vez sites pornográficos. Achava tudo muito novo, e também achava um pouco errado tudo aquilo, até pela minha religião. Eu sempre me achava culpado. Porém a sensação de prazer tomava conta do meu corpo e eu ficava cada vez mais fascinado por aquele mundo. Passei mais um ano namorando aquela menina, e resolvemos terminar. Por causa da distância. Era muito sofrido pra gente, e uma hora um teria que abdicar da sua vida. Não deu.

A partir daí, já em 2014, comecei a faculdade, um novo mundo, novos amigos, nova rotina. Estava muito inspirado. Só tirava notas altas. Passei 2014 inteiro assim, embora também consumisse pornografia, mas eu tinha práticas saudáveis que às vezes fazia com que a pornografia ficasse em segundo plano. No entanto, minha auto estima com mulheres sempre estava lá embaixo e eu também ainda sentia pelo término do namoro e quis dar um tempo de namorada. Terminei o ano bem, passei em tudo e com boas notas, fui inclusive um dos 3 melhores da minha turma. Com um ciclo social bacana com o pessoal da turma e do curso.

2015 a 2016 Cheguei quase ao fundo do poço

Em 2015, eu passei talvez o meu pior ano da minha vida. Totalmente improdutivo, comecei o semestre reprovando em 4 matérias, todas por abandono. Tudo começou por um relaxamento. Eu passei a acessar mais jogos online e passava muito tempo neles. Tornei minha rotina dependente dos jogos. Aí dormia até tarde, faltava muitas aulas, me frustrava com notas e caía na PMO para me anestesiar e conseguir prazer. Ficava nesse ciclo jogos, faltas, PMO. Também engordei bastante essa época e fiquei muito depressivo. Minha vida era uma desgraça. Reprovei em 4 no primeiro semestre e em 5 no segundo, tendo aprovado em apenas 4 matérias no ano inteiro. Fora isso, também perdi todo o meu ciclo social, amigos todos me passaram a frente, eu estava muito atrasado e desmotivado.

Em 2016, eu resolvi parar com os jogos, porém com a PMO eu não conseguia parar e nem tentava parar. Passei mais um ano com ansiedade social, depressão. Melhorei um pouco na faculdade no primeiro semestre (reprovei 2 vezes), porém no segundo caí novamente, abandonando 5. Era tão foda, que eu nem lembro dessa fase da vida. Foi como se eu não tivesse vivido esse ano.

2017 - O inicio da luta

2017 foi o ano em que eu comecei a perceber que a pornografia afetava e muito minha cabeça. Eu não tinha vida, não saía, não tinha amigos. Estava depressivo, tinha notas baixas. Eu sempre fui um ótimo aluno, mas a sequência de maus resultados na faculdade me deixava muito pra baixo e meu humor quase sempre esteve relacionado a isso. Então foi quando eu resolvi tentar parar. Eu não conhecia ainda o site nem o método como parar, eu tentei parar sozinho e fazia contagens no papel dos dias que eu não me masturbava vendo pornografia. Diferente do que diz reboot, eu achava que o problema estava na masturbação, então eu continuava a assistir vídeos pornográficos, mas sem me masturbar. Isso não dava em nada, pois nesse "reboot" eu sempre acabava recaindo. Durante um ano tentando parar assim, eu jamais tinha ficado 30 dias sem consumir pornografia. Resultado foi de um ano muito atribulado, minhas notas até melhoraram um pouco, porém reprovei em uma matéria em ambos os semestres desse ano. A depressão foi que bateu mais forte, lembro que no final de 2017 eu já não aguentava mais e saí da sala e fui ao banheiro chorar muito. Também lembro que tive uma crise em frente a um professor, em que chorei horrores, devido a uma nota baixa.

2018 - Uma esperança

Comecei o ano já lutando contra a PMO, ainda do meu jeito antigo. Passei o mês alternando recaídas e me frustrando novamente, aí eu fui em busca de soluções na internet pois via que sozinho, só com minha força de vontade eu não ia chegar a lugar algum. Foi então no mês janeiro mesmo que conheci o fórum e o programa revert. Li bastante, vários diários e tudo relacionado ao vício. Adquiri o programa revert em fevereiro e comecei o reboot no dia 7 de fevereiro decidido a terminar aquilo sem interrupções. Depois de mais de um ano nessa luta horrível contra você mesmo, a minha vontade de vencer o vício era muito grande, por isso eu foquei bastante no método e até hoje estou aqui firme, terminei o meu semestre com 100% de aprovação, tendo feito 10 matérias. Isso foi um "boom" na minha vida acadêmica. Do nada melhorei meu desempenho e enfim passei um semestre tranquilo, sem reprovações, como não fazia desde 2014. A minha vida financeira também melhorou e a social eu vejo que está indo em um caminho bom. Já converso com outras pessoas do meu curso como não fazia antes, e tenho cada vez mais vontade de participar mais de coisas novas. Ainda preciso melhorar essa parte de convívio com as pessoas, porém o bloqueio que eu tinha antes, hoje não tenho mais. Uma coisa que aprendi é que a pornografia é uma anestesia poderosa para tudo de ruim que acontece conosco. Ela camufla nossos problemas e dá a impressão que eles foram embora. Mas com o tempo você vai colhendo os sintomas que ela causa e se torna alguém insensível, fraco, desmotivado. Hoje sem mais essa compulsão de consumir pornografia, eu vejo com clareza tudo aquilo que eu preciso melhorar e posso listar todos os meus conflitos pessoais, como por exemplo, minha relação com meu pai, a sociabilidade, o medo de arriscar, a timidez, ansiedade social, entre outros. Posso enfim dar atenção a esses conflitos menores e tentar melhorar, agora sem o grande problema que tapava tudo que era o vício em pornografia.

Nesse período de reboot o que eu mais me orgulho de ter conquistado foram:

1) O sentimento de bem estar e alívio por poder cumprir com uma meta e de não me frustrar.
2) Autoestima lá no alto.
3) Esperança para o futuro e motivação. É o que me faz traçar metas, hoje eu me vejo me formando na faculdade no futuro, eu me vejo bem sucedido, tendo uma família, aprendendo coisas novas, como esportes, instrumentos musicais, etc.
4) Uma nova percepção das coisas, nos detalhes.
5) Mais foco e atenção nos estudos.
6) Visão menos turva.
8] Maior disciplina.
9) Ansiedade social bem reduzida.
10) Procrastinação bem reduzida.

.Resumindo... A PMO é algo que se eu soubesse do mal que isso causa, jamais teria experimentado. Em um país onde a nossa cultura exalta essa prática e quase não há avisos sobre os malefícios e prejuízos que você pode ter ao consumir a pornografia em excesso, fica bem difícil não consumir isso alguma vez na vida. Eu fui pego nisso, me viciei, mas hoje estou aqui para mostrar que é possível sim parar com esse vício. É difícil? Sim, mas não impossível.  Seguindo o método direitinho, colocando os bloqueadores, reeducando o cérebro para evitar pensamentos, praticando atividades saudáveis são apenas algumas das "armas" contra esse vício.
Obrigado galera, obrigado Projeto. Espero que todos possam vencer também em suas lutas. Desistir jamais. A vida é muito preciosa.


Última edição por Fuzion em 24/7/2018, 11:11, editado 1 vez(es)

_______________________________________


"Se eu desistir agora, estarei onde eu comecei...
E quando eu comecei, estava desesperado para chegar onde estou agora."


90 dias [07/02/2018] ~ [07/05/2018] Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
120 DIAS [06/06/2018]  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
150 DIAS [06/07/2018]  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
180 DIAS [05/08/2018] loading....
210 DIAS [05/09/2018] loading....
365 DIAS [06/02/2019] loading....

>> Diário
Mensagens : 92
Data de inscrição : 20/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 15/7/2018, 18:45
Fala brother , voce abidicou da masturbaçao tambem? Tenho essa duvida..
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 386
Data de inscrição : 10/06/2018
Idade : 31
Ver perfil do usuáriohttp://www.comoparar.com/t7742-diario-the-survivor-idade-30-anos

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 15/7/2018, 21:54
Parabéns, aproveite para dar um basta definitivo na PMO e você tem muito chão pela frente, com 23 anos eu não tive essa sorte de conhecer esses estudos mas você teve parabéns pela força de vontade, nessa fase você consegue uma recuperação bem mais rápida. Força a todos e que Deus nos fortaleça nessa constante batalha diária.

_______________________________________


Mensagens : 30
Data de inscrição : 13/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 08:01
Parabéns amigo !!
Relato muito inspirador, o que me chama atenção é sua força de vontade, me motivou bastante.
Se puder, acompanhe meu diário
http://comoparar.forumeiros.com/t7937-diario-do-cronos#197275
Mensagens : 92
Data de inscrição : 20/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 11:11
Galera me tira uma duvida , sobre a Masturbaçao pra quem ta solteiro por exemplo no periodo de reboot ela pode prejudicar ou ela é essencial ? Na verdade eu acho que ja conseguir me livrar do vicio em porno so ainda tenho muita fissura em me masturbar me dê a opiniao de voces ..
avatar
Mensagens : 695
Data de inscrição : 06/05/2018
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 13:47
Parabéns cara!Vou me inspirar em vc e em outras histórias de sucesso!

_______________________________________
“Quando os pensamentos surgem, em vez de os veres como faltas,reconhece-os como sendo vazios e deixa-os tal como são”
 ~Gotsangpa
avatar
Mensagens : 695
Data de inscrição : 06/05/2018
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 13:48
Smith88 escreveu:Galera me tira uma duvida , sobre a Masturbaçao pra quem ta solteiro por exemplo no periodo de reboot ela pode prejudicar ou ela é essencial ? Na verdade eu acho que ja conseguir me livrar do vicio em porno so ainda tenho muita fissura em me masturbar me dê a opiniao de voces ..
Cara sempre que eu me masturbava, sem P, era so questão de tempo até cair em P por conta do efeito caçado, e isso não foi só cmg

_______________________________________
“Quando os pensamentos surgem, em vez de os veres como faltas,reconhece-os como sendo vazios e deixa-os tal como são”
 ~Gotsangpa
avatar
Mensagens : 71
Data de inscrição : 07/02/2018
Idade : 24
Localização : Mundo Real
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 14:17
Smith88 escreveu:Fala brother , voce abidicou da masturbaçao tambem? Tenho essa duvida..

Smith88 escreveu:Galera me tira uma duvida , sobre a Masturbaçao pra quem ta solteiro por exemplo no periodo de reboot ela pode prejudicar ou ela é essencial ? Na verdade eu acho que ja conseguir me livrar do vicio em porno so ainda tenho muita fissura em me masturbar me dê a opiniao de voces ..

Sobre a masturbação. durante o reboot (90 dias), eu fiquei limpo de PMO. Só fui recorrer à masturbação lá pro dia 96 e eu vejo que a M é como uma válvula de escape que deve ser evitada ao máximo, pois ela leva ao efeito caçador e pode te levar à pornografia novamente.  

No início e durante os 90 dias eu recomendo não recorrer a M, a menos que seja a última saída. Sou solteiro também e aguentei mais de 90 dias sem M nem fantasias ou sexo. Depois eu confesso que bateu um desânimo por continuar assim e a M dava uma aliviada. Mas é aquilo, temos que sempre buscar outras fontes de prazer melhores, masturbação hoje vejo como a última opção. Se fez ou quer fazer pois a fissura está muito forte, sem problemas, não se sinta culpado. O que importa é não fantasiar com fotos eróticas ou pornografia. Mas tenha em mente os riscos e mantenha um contador mental das vezes que recorreu à M.

_______________________________________


"Se eu desistir agora, estarei onde eu comecei...
E quando eu comecei, estava desesperado para chegar onde estou agora."


90 dias [07/02/2018] ~ [07/05/2018] Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
120 DIAS [06/06/2018]  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
150 DIAS [06/07/2018]  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven  Like a Star @ heaven
180 DIAS [05/08/2018] loading....
210 DIAS [05/09/2018] loading....
365 DIAS [06/02/2019] loading....

>> Diário
Mensagens : 92
Data de inscrição : 20/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 16:30
Meu caso é foda , acho que no momento tou mais viciado em M vou recorrer a isso mesmo so nos ultimo caso
Mensagens : 92
Data de inscrição : 20/08/2017
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 16/7/2018, 18:21
Percebo que se trata de vicio por que quando eu tou em dias tristes preocupado , quero descarregar tudo na M
avatar
Mensagens : 202
Data de inscrição : 21/07/2016
Idade : 20
Localização : em algum lugar do Brasil
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 19/7/2018, 13:15
Parabéns Fuzion pela sua conquista, continua nesse caminho mesmo. Como vc falou no comentário aí em cima era para ter um aviso sobre o risco do PMO na vida das pessoas, Como tem no cigarro. Mas tem muita gente grande lucrando com a pornografia. Por isso que mídia n diz nada é ainda incitiva as pessoas praticarem.

_______________________________________
avatar
Moderador
Moderador
Mensagens : 618
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 22
Localização : Pernambuco
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 20/7/2018, 16:29
Olá Fuzion! Meus parabéns por ter completado o experimento!! Afinal de contas, pelo seu relato, você mereceu, por seu comprometimento com o experimento e por sua vontade de querer vencer o vício de uma vez por todas. Meus parabéns também por todas as vitórias que você conseguiu reconquistar na faculdade, e por sua disciplina construída com seus estudos. Continue assim que este é o caminho para uma vida de sucesso.

A parte mais importante agora é que você cuide de sua fase de manutenção, para não permitir que pequeno gatilhos entrem no seu cérebro e que, mais cedo ou mais tarde, você caia em PMO. Cuide de sua vida, de suas metas, realize coisas novas na sua vida, saia de sua zona de conforto, e assim você estará construindo uma ótima fase de manutenção.

Grande abraço, e muito sucesso!

_______________________________________
"Champions keep playing until they get it right"



avatar
Mensagens : 8
Data de inscrição : 25/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: A luta contra si mesmo [155 dias]

em 31/7/2018, 16:46
Parabéns mano, 170 dias não é pra qualquer um. Tenho uma pergunta: durante esse período você se relacionou?

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum