Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/05/2019
Ver perfil do usuário

Diário da Garota Esperança Empty Diário da Garota Esperança

em 7/6/2019, 14:38
Não sei bem como começar, mas vamos lá.
Comecei com a masturbação aos 10/11 anos, atualmente tenho 29. Não lembro como conheci ou como descobri a masturbação, mas muita coisa já passou debaixo dessa ponte: fita de vídeo pornográfico, revistas e sites. No começo não me importava muito, praticava o ato e estava tudo bem, apesar de nunca ter comentado com ninguém que o praticava. Entretanto com o passar dos anos isso foi me gerando uma angústia muito grande de querer contar aos meus pais que eu adquiri esse vício e de certa forma pedir ajuda para parar, mas a vergonha não permitia e assim segui com minha vida dupla. Uma vida muito complicada por diversos motivos: bullying na escola por ser gorda, timidez excessiva, auto-estima baixa, isolamento, raiva do mundo, sentimento de inferioridade. Minha adolescência não foi nada como deveria ter sido; não namorei, não sai com as amigas, ficava em casa e quando me via sozinha me masturbava. Até que cheguei aos 24 anos e vi que minha vida era: casa, trabalho, me masturbar e falar com desconhecidos na Internet, e só percebi isso porque aconteceu uma contenda no meu trabalho e precisei ir ao psicólogo que me diagnosticou com depressão. Não tenho dúvida alguma que minha depressão é resultado de todos esses anos jogados fora com a masturbação, assim como também não tenho mais dúvidas, após ler alguns depoimentos por aqui, que a minha dificuldade de relacionamento, de namorar, é em decorrência da masturbação que gerou uma falta de interesse por pessoas reais; sou uma virgem de quase 30 anos e não virgem só de sexo, mas de boca também. Enfim, isso é um resumo bem resumido de tudo que já passei por causa da masturbação, agora estou há quase 5 meses sem masturbação, pornografia e fantasias e estou escrevendo, porque quero me livrar de vez desse mal e compartilhar pode ser uma maneira de me ajudar, já que me sinto muito culpada e frustrada por ter me deixado levar por esse vício e me sinto pior por não ver muitas mulheres falando sobre isso, então espero que vocês possam me ajudar e que eu possa ajudar vocês também.
potiguar
Mensagens : 562
Data de inscrição : 15/10/2018
Idade : 26
Localização : Natal/RN
Ver perfil do usuário

Diário da Garota Esperança Empty Re: Diário da Garota Esperança

em 7/6/2019, 21:05
Bem vinda Garota Esperança, deixarei o link de orientações básicas para participação no fórum: http://www.comoparar.com/f1-orientacoes-basicas

Parabéns pelos 5 meses longe de PMO, como está se sentindo e quais as atividades de religação que anda fazendo (exercícios físicos, socialização, estudos e etc)? Atividades de religação são muito importantes não só para se livrar do vício, mas para a vida em geral, é preciso aproveitar esse período longe de estímulos sexuais fortes para melhorar nossa vida. Boa sorte na caminhada, estou te acompanhando.

Ps: Você relatou ter sido diagnosticada com depressão, está se tratando?

_______________________________________
Os melhores dias estão por vir






Meu diário: http://www.comoparar.com/t8426-diario-de-potiguar25
Alexandretj
Moderador
Moderador
Mensagens : 696
Data de inscrição : 21/11/2016
Idade : 36
Ver perfil do usuário

Diário da Garota Esperança Empty Re: Diário da Garota Esperança

em 7/6/2019, 22:30
Olá garota esperança

Nós caímos num círculo vicioso: as frustrações da vida vão nos isolando e o único recurso disponível é no campo da sexualidade pois o O é a maior força de prazer que o corpo produz. Estando deprimidos, nos isolamos socialmente - e também por vivermos consumindo P. "PMO pode levar à depressão e a depressão levar à PMO."

Parabéns por este grande passo que deu em entrar nesta comunidade. Seja bem-vinda

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________


study Link do meu Diário
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum