Compartilhe
Ir em baixo
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 662
Data de inscrição : 06/08/2019

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 8/8/2019, 23:13
rmotta escreveu:7º dia sem PMO.

Bati minha primeira submeta!!!

Parando para analisar a situação, esses 7 dias me ajudaram mais do que eu esperava. Não são somente 7 dias sem PMO, são 7 dias sem procrastinar; sem coca-cola (que também era um vício que sempre quis eliminar da minha vida e agora estou conseguindo); sem roer as unhas (por conta da ansiedade, minhas unhas não existiam); são 7 dias de atenção as coisas que somam na minha vida.

Hoje foi um dia desafiador, estava no hotel aguardando para meu embarque e a variedade de pessoas diferentes, foram uma tentação, mantive meu foco e consegui desviar minha atenção. A tarde já na aeronave, tirei um cochilo, o que me chamou atenção foi que ao acordar, comecei a sentir uma ereção. Não teve motivo, achei estranho mas no fundo fiquei satisfeito visto que também completam 7 dias que não tive nenhuma ereção.
Agora a noite, eu e meu marido passamos por uma situação difícil, pois estavamos com uma dívida que precisava ser paga urgentemente e não tinhamos dinheiro, combinamos de elevar nossos pensamentos a Deus e pedir um milagre. É incrível!! Mais tarde, conversei com uma pessoa muito próxima aqui do trabalho, a qual pode me ajudar. Como estou feliz!

Essa parte da dívida que foi sanada, para mim, se relaciona muito bem ao reboot também. A partir do momento que emanamos energias positivas, a providência Divina sempre existirá ao nosso favor.

Então é isso, que venham os 14 dias!!

Agradeço o apoio de todos aqui nesse fórum, sem sombras de dúvida, todo esse suporte ajuda muito!

Olá, rmotta!

Parabéns pela conquista, que bom que está se superando cada vez mais e em diferentes áreas. Eu também já fui bem viciado em refrigerantes, dia 19, eu completo 4 anos sem tomar nenhum tipo. Espero que continue firme, e forte.

Desejo boas energias para você e seu marido.

_______________________________________


RECORDE SEM M.O: 43 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 424
Data de inscrição : 06/11/2016

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 8/8/2019, 23:23
Meu amigo, meus parabéns pelo seu avanço e empenho. É lógico que é apenas o começo de tudo, mas você consegue perceber nitidamente a diferença entre ficar alimentando o vício diariamente, e simplesmente abandoná-lo e se permitir sentir o que tiver de sentir, seja tristeza, dor, raiva sem recorrer á esse anestésico mortal que é a PMO. O processo é como um copo que vai se enchendo gotinha á gotinha. Demora, mas quando menos se percebe o copo está transbordando de água!

Te desejo muita força e assim que puder mande notícias sobre como você está!
Marcb
Marcb
Mensagens : 3
Data de inscrição : 06/08/2019

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 9/8/2019, 00:51
Parabéns pela garra, rmotta!
7 dias sem PMO para quem está na fase inicial, tentando se livrar do vício, é um marco e tanto. Só quem é viciado sabe o que é segurar a vontade e não ceder a esses hábitos que temos há anos.

_______________________________________
SilvioSantos
SilvioSantos
Mensagens : 153
Data de inscrição : 14/06/2018
Idade : 35
http://www.comoparar.com/t8095-minha-vida-com-de

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Resposta

em 9/8/2019, 04:40
rmotta boa garotoooooooooooooooooo
e olha q os 1os dias sao os mais dificeis!
q venham os proximos 7 dias!
forca e paz camarada
forte abraco,
SilvioSantos

_______________________________________
SilvioSantos bounce afro
Meu diario:
http://www.comoparar.com/t8095-minha-vida-com-de
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 14/8/2019, 13:21
13º dia sem PMO.

Infelizmente tenho estado um cado ausente, pois como havia dito, a internet aqui no navio não é das melhores.

Essa semana tem sido relativamente tranquila, até o momento, estou satisfeito pois hábitos que costumava ter nesse período, estou conseguindo mudá-los.
Estou muito focado nas atividades físicas e nos estudos, principalmente. Estou me mantendo bastante ocupado nos horários vagos.

Alguns dias atrás, estive um pouco desanimado e procrastinei, deixando de lado minha rotina, mas acho que por conta do cansaço das atividades aqui também.

Em relação a PM, ainda tenho alguns sonhos eróticos mas nenhuma polução noturna acontecendo. Aqui principalmente, me preocupava em cair em tentação, pois sempre olhava os homens de maneira diferente o que acabava levando a PM, embora algumas vezes a iniciativa aconteça, estou conseguindo focar minha atenção em outras coisas.

Pontos importantes: continuo com o líbido em baixa, apenas um dia meu pênis iniciou uma ereção mas mantive o controle e não conclui a ereção; tenho notado minha voz um pouco mais forte, mais imponente, tenho falado com mais peso na voz; as atitudes que tenho tomado também estão mais objetivas, a ansiedade diminuiu muito.

Bem, por hora é isso, amanhã estarei complentando minha 2ª submeta e espero continuar firme e forte no processo.
Sempre que possível, estarei aqui atualizando.

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
David Silva
David Silva
Mensagens : 2186
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 15/8/2019, 12:33
rmotta escreveu:13º dia sem PMO.

Infelizmente tenho estado um cado ausente, pois como havia dito, a internet aqui no navio não é das melhores.

Essa semana tem sido relativamente tranquila, até o momento, estou satisfeito pois hábitos que costumava ter nesse período, estou conseguindo mudá-los.
Estou muito focado nas atividades físicas e nos estudos, principalmente. Estou me mantendo bastante ocupado nos horários vagos.

Alguns dias atrás, estive um pouco desanimado e procrastinei, deixando de lado minha rotina, mas acho que por conta do cansaço das atividades aqui também.

Em relação a PM, ainda tenho alguns sonhos eróticos mas nenhuma polução noturna acontecendo. Aqui principalmente, me preocupava em cair em tentação, pois sempre olhava os homens de maneira diferente o que acabava levando a PM, embora algumas vezes a iniciativa aconteça, estou conseguindo focar minha atenção em outras coisas.

Pontos importantes: continuo com o líbido em baixa, apenas um dia meu pênis iniciou uma ereção mas mantive o controle e não conclui a ereção; tenho notado minha voz um pouco mais forte, mais imponente, tenho falado com mais peso na voz; as atitudes que tenho tomado também estão mais objetivas, a ansiedade diminuiu muito.

Bem, por hora é isso, amanhã estarei complentando minha 2ª submeta e espero continuar firme e forte no processo.
Sempre que possível, estarei aqui atualizando.

Bom ler seu relato.
Como relatei no meu diário, meu pau não está subindo esses dias. Então deve ser isso, baixa libido.
Estamos juntos.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho


rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 15/8/2019, 19:16
14• dia sem PMO

Segunda submeta concluída!

Quando iniciei esse reboot, estava profundamente desnorteado e me sentindo um fracassado, sendo escravo desse vício que literalmente sugava todas as minhas energias.
Hoje completo o 14• dia e não poderia me sentir feliz comigo mesmo. A superação é uma palavra muito bonita, dita por alguém que não alimenta certos demônios (embora tenho certeza que todo ser humano tem suas lutas internas), ainda não me sinto completamente superado pois 14 dias é relativamente pouco, mas me sinto em processo de superação pois se compararmos +10 anos consumindo PM de forma nada saudável, é realmente uma vitória.

Já havia dito quando completei 7 dias, mas agora são 14 dias vivendo a cultura NoFap em outras áreas da minha vida, venho obtendo êxito. O mais importante que vejo, é continuar tendo meu pé no chão que ainda estou em processo, não posso me “dar ao luxo” de ver algum P ou me M, como desculpa que estou a 14 dias limpos. É extremamente importante continuar com meu ego lá embaixo, desta forma continuarei prosperando.

Eu realmente acho que estou vivendo uma Flatline constante (?), não tenho sentido ereções, mas realmente isso não está me incomodando pois continuo distante do meu marido. Às vezes penso se isso continuará acontecendo quando acontecer nossa próxima relação, me causa um pouco de ansiedade, mas tenho conseguido desviar esse pensamento.

No mais, a todos que acompanham meu diário, eu agradeço bem do fundo do meu coração por toda força, conselhos e incentivos. Eu cheguei aqui no fundo do poço e cada história aqui contada, foi como uma corda sendo lançada para meu resgate.

Continuemos fortes, sempre com nossos pés no chão, vivendo um estilo de vida que só vai nos beneficiar.

Deus abençoe a todos!
Sempre, muita paz e luz!
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 17/8/2019, 06:32
15 º dia sem PMO.

Entrei na segunda semana no meu período embarcado, é quando mudo meu horário de trabalho para o turno da noite.
Essa troca de horários costuma ser bem chata, e agora não está sendo diferente, estou bem irritado e sem paciência.

Ontem foi dia de pagamento do meu marido e ele saiu com os companheiros de trabalho, me ligou as 05:50h aparentemente bêbado, aquilo me deixou mega pra baixo e desde então não estamos nos falando. Acho que esqueci de comentar sobre isso, mas meu marido foi adicto em álcool e drogas, se reabilitou um tempo. O fato é que a bebida sempre foi um ponto negativo entre nós, eu sempre me preocupava por onde ele andava, o que fazia, ansiedade extrema, nervoso e adivinhem aonde eu ia parar com isso tudo? Sim, exatamente, PM.

Confesso que estou com medo, ontem preferi me distanciar e não procurar saber "de mais" para não me prejudicar.

Eu costumava sentir uma "coceirinha" gostosinha, um sentimento que não sei explicar ao certo, quando estava prestes a praticar PM, ontem olhei para meu corpo e senti essa "coceirinha", vontade de M. Felizmente não cedi a vontade e continuo limpo.

Não sei se durante o reboot existe essa fase, mas eu atualmente estou com medo de mim mesmo, do meu corpo, do meu cerebro. Continuo não tendo ereções, acho que esse sentimento foi mais uma reação de como foi meu dia.

Menos um dia, seguimos lutando.

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 662
Data de inscrição : 06/08/2019

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 17/8/2019, 13:03
rmotta escreveu:15 º dia sem PMO.

Entrei na segunda semana no meu período embarcado, é quando mudo meu horário de trabalho para o turno da noite.
Essa troca de horários costuma ser bem chata, e agora não está sendo diferente, estou bem irritado e sem paciência.

Ontem foi dia de pagamento do meu marido e ele saiu com os companheiros de trabalho, me ligou as 05:50h aparentemente bêbado, aquilo me deixou mega pra baixo e desde então não estamos nos falando. Acho que esqueci de comentar sobre isso, mas meu marido foi adicto em álcool e drogas, se reabilitou um tempo. O fato é que a bebida sempre foi um ponto negativo entre nós, eu sempre me preocupava por onde ele andava, o que fazia, ansiedade extrema, nervoso e adivinhem aonde eu ia parar com isso tudo? Sim, exatamente, PM.

Confesso que estou com medo, ontem preferi me distanciar e não procurar saber "de mais" para não me prejudicar.

Eu costumava sentir uma "coceirinha" gostosinha, um sentimento que não sei explicar ao certo, quando estava prestes a praticar PM, ontem olhei para meu corpo e senti essa "coceirinha", vontade de M. Felizmente não cedi a vontade e continuo limpo.

Não sei se durante o reboot existe essa fase, mas eu atualmente estou com medo de mim mesmo, do meu corpo, do meu cerebro. Continuo não tendo ereções, acho que esse sentimento foi mais uma reação de como foi meu dia.

Menos um dia, seguimos lutando.

Oi, rmotta!

Parabéns pela conquista. Eu também vivo com esse medo, mas eu percebi que não podemos ter medo de nós mesmos, afinal nós estamos tentando ter auto-controle. Entender quem somos, e as nossas condições faz parte do processo, acredito eu, e como o Sombra me disse uma vez, sabemos que fomos vítima da indústria de P, por muito tempo, e não podemos nos julgar.

Eu entendo que não é fácil, principalmente quando os impulsos vem, mas pense que você já conseguiu 15 dias, você já tem uma conquista nas suas mãos, você sabe que consegue, tente não se deixar levar por pensamentos ruins. Entendo que também passa por outros problemas que não tenho experiência, mas nos amar sempre é o primeiro passo.

Espero ter ajudado, e boa sorte com seu relacionamento.

Até mais!


_______________________________________


RECORDE SEM M.O: 43 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 18/8/2019, 09:00
16 º dia sem PMO.

Acho que a fase da flatline está passando e meu libido está reaparecendo.

Estou tendo mais pensamentos sexuais, grande parte foi pensando no sexo com meu marido, mesmo agora escrevendo esse trecho estou começando a ter ereções.
Sinto aquele incômodo que vi em alguns relatos, no saco escrotal. Meu corpo está pedindo um O.

Estou evitando tocar no me pênis ou em qualquer outra parte do meu corpo, pois estou com medo dessa sensibilidade acabar me fazendo perder a cabeça. Infelizmente algumas lembranças de P aparecem em minha mente como um relance, mas estou conseguindo desviar os pensamentos e nesses casos não estou tendo ereções.

Meu marido está com planejamento de aproveitar a folga no próximo final de semana para ir pra casa, confesso que essa possibilidade está me deixando excitado, acho que será uma ótima maneira de “apaziguar” essa fase e continuar firme sem PM.

Por hora, vou focar em outras coisas pra não ficar alimentando minha mente com isso, mas confesso que fiquei feliz em voltar a me sentir excitado pelo meu marido.
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 19/8/2019, 05:54
17º dia sem PMO.

Hoje foi um dia bem normal, sem grandes acontecimentos.

Como estou trabalhando no turno da noite, ontem de manhã ao ir dormir fiquei muito preocupado em ter um polução noturna, justamente por conta dos relatos do 16º dia. Felizmente tive um sono tranquilo, sem sonhos eróticos ou coisas do tipo.
O mais interessante foi que mais uma vez iniciei uma ereção ao conversar com meu marido, ele disse que estava com saudades do nosso sexo e minha memória foi direto aos nossos momentos. Em relação as ereções, eu tenho me controlado a não deixar que aconteçam totalmente pois não sei o que a "situação" pode me influenciar, porém estou contente que estão acontecendo sempre pensando no meu marido.

Após acordar, passei a tarde toda colocando as matérias da faculdade em dia. Agora estou prestes a sair do turno, tive alguns estresses mas por conta do ambiente de trabalho mesmo.

Ah, estou um pouco afastado das atividades físicas pois essa rotina de trabalhar no turno da noite, me cansa mais que o normal. Continuarei só focando na faculdade até meu desembarque, depois retorno com as demais atividades.

Avante!

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 20/8/2019, 05:34
18º dia sem PMO

Mais um dia sem grandes acontecimentos, apenas o normal.

Acho que posso pontuar que estou mais disposto hoje, meu Supervisor me chamou para conversar sobre minha performance no trabalho, foi uma conversa muito boa e sensata. Ele notou que tive alguns problemas um período e que isso afetou no meu desempenho. Ele estava certo e muito disso se dava também por PM, como já disse nos meu relatos, minhas energias eram sugadas e não conseguia fazer mais nada nem me desenvolver.

Estou focado para conquistar o melhor em todos os aspectos da minha vida, o reboot está me proporcionando isso.

Por hoje, é só. I love you

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
Seeker
Seeker
Moderador
Moderador
Mensagens : 1060
Data de inscrição : 02/10/2018

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 21/8/2019, 16:27
Parabéns pelos quase 21 dias, rmotta!

O seu progresso é notório, siga firme que coisas boas estão por vir!

Grande abraço!


_______________________________________
Meu diário:
http://www.comoparar.com/t8382-diario-do-seeker

1ª tentativa: 284 dias (30/09/2018 - 11/07/2019)


2ª tentativa: 11 dias (12/07/2019 a 22/07/2019)

3ª tentativa: 52 dias (23/07/2019 a 13/09/2019)

Meta 1:   90 dias   /  Submetas:   10 ( X )   30 ( X )  60 ( X )  90 (  )








rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 21/8/2019, 22:11
Seeker escreveu:Parabéns pelos quase 21 dias, rmotta!

O seu progresso é notório, siga firme que coisas boas estão por vir!

Grande abraço!


Olá Seeker!

Muito obrigado pela força, amigo!
Cada dia que passa, vejo o quanto o reboot funciona!

Abçs!


Última edição por rmotta em 23/8/2019, 01:20, editado 1 vez(es)

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 21/8/2019, 22:20
20º dia sem PMO.

Os dois últimos dias foram bem comuns, mais uma vez.
Continuei bastante focado em minhas atividades da faculdade, estou com bastante exercícios para fazer, o que pra mim é ótimo pois são suficientes para não deixar meu tempo ocioso.

Acho que no meu último período de sono, tive um breve sonho erótico, o que achei incrível foi que era como seu eu estivesse acordado. Eu notei totalmente, o início do sonho e a força que estava fazendo para desviar daquilo, parece que meu cerebro está começando a se educar quanto a recusa de P.

Amanhã estarei desembarcando e a empresa agendou uma treinamento para mim, sexta feira em São Paulo. Mais uma vez, estarei sendo colocado à prova, pois sempre que viajava para algum treinamento em outra cidade, acabava entrando em apps para ver as "novidades da área".
Continuarei mantendo o foco que obtive até aqui, amanhã completo mais uma submeta (21 dias) e quero continuar firme.


_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
David Silva
David Silva
Mensagens : 2186
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 22/8/2019, 11:15
Parabéns pelos 20 dias.
Você ainda está no navio?
Abraços

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho


rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 23/8/2019, 01:14
21º dia sem PMO.

Vou contar um pouco do meu dia pois foi bem interessante.

Desembarquei hoje e como havia dito, estou em SP para um treinamento pela empresa. Hoje foi um dia que tinha tudo pra acabar meu reboot e com tudo que conquistei até aqui.

Primeiro após desembarcar, segui para o Aeroporto no RJ para aguardar o vôo com outros companheiros de trabalho. Esses rapazes que estavam comigo estavam literalmente "à caça", desde o primeiro momento já baixando Tinder e planejando ir pra algum local e pegar mulheres, coisas de heteros... com o planejamento deles, eles me convidaram pra acompanhá-los. Eu confesso que fiquei com muito medo, eu não bebo então pra mim estar em ambientes de bares, não me acrescenta muito; pessoas diferentes, em uma cidade diferente... enfim, pensei e decidi me colocar à prova hoje!

Eu fui com eles a um bar e como previsto, eles beberam e começaram a cantar mulheres de outras mesas e falar 1001 besteiras pornográficas. O ambiente estava cercado de homens, seria hipócrita em dizer que não observei alguns, mas nada como fazia a 21 dias atrás. Em outros tempos teria aberto o Grindr alí e feito alguma pesquisa, ou deixaria me levar pela beleza de alguns e mais tarde ceder a PM. Relacionado ao cunho pornográfico das conversas deles e a minha posição em relação a situação de estar num local diferente, eu achei que me saí bem.
Não senti nenhum tipo de atração ou ereção por ninguém; nada do que os rapazes falavam com P fizeram efeito sobre mim.

Me sinto feliz, completei 21 dias limpo e consegui passar por uma grande prova de fogo.

Como disse quando completei 14 dias, continuarei mantendo o foco e não cedendo aos gatilhos, meu ego continua flácido pois são essas as armas que preciso pra seguir com esse reboot até o objetivo final.

Como sempre, muito obrigado a todos aqui que enviam mensagens de forças. Não imaginam o quantos os relatos influenciam no meu reboot.

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 662
Data de inscrição : 06/08/2019

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 23/8/2019, 11:22
Coisas de hétero, kKkKkkk,  Laughing .
Que maravilha, rmotta, parabéns pela perseverança, sucesso sempre. Realmente foi uma prova bem perigosa, mas o importante é que você seguiu pleno.

Até mais!

_______________________________________


RECORDE SEM M.O: 43 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
lmontovani
lmontovani
Mensagens : 69
Data de inscrição : 23/08/2019
Idade : 27
Localização : São Paulo

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 23/8/2019, 17:00
Cara cheguei aqui ontem, ainda estou me preparando para me abrir, achei seu caso. Parece bastante com a minha. Principalmente em relação ao casamento. Meu esposo sofre muito ainda comigo, eu tento conversar, desviar a situação, mas eu estou poluído ainda pela PMO, principalmente no nosso sexo. Me sinto mais sujo ainda quando faço por fazer 😔 ou quando acabo fantasiando outra pessoa. Ele é lindinho eu o amo muito mas os filmes P tomaram meu cérebro para os caras sarados 😔 e meu esposo tá cheinho mas isso não deveria ser o ápice da relação. Ele é bom no que faz. O problema sou eu. Mas creio que aqui agora terei ajuda. Parabéns pra você! 21 dias deve ser muito bom! Eu achobque se chegar no 21 dias eu não me consideraria mais um escravo da PMO. Continue focado amigo, gaste seu O com seu esposo melhor coisa. Estarei sempre acompanhando você

_______________________________________
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 25/8/2019, 12:15
Lmontovani escreveu:Cara cheguei aqui ontem, ainda estou me preparando para me abrir, achei seu caso. Parece bastante com a minha. Principalmente em relação ao casamento. Meu esposo sofre muito ainda comigo, eu tento conversar, desviar a situação, mas eu estou poluído ainda pela PMO, principalmente no nosso sexo. Me sinto mais sujo ainda quando faço por fazer 😔 ou quando acabo fantasiando outra pessoa. Ele é lindinho eu o amo muito mas os filmes P tomaram meu cérebro para os caras sarados 😔 e meu esposo tá cheinho mas isso não deveria ser o ápice da relação. Ele é bom no que faz. O problema sou eu. Mas creio que aqui agora terei ajuda. Parabéns pra você! 21 dias deve ser muito bom! Eu achobque se chegar no 21 dias eu não me consideraria mais um escravo da PMO. Continue focado amigo, gaste seu O com seu esposo melhor coisa. Estarei sempre acompanhando você

Olá Lmontovani.
Seja bem vindo ao fórum amigo!

Que bom que chegou até aqui. Seu breve relato de fato, se assemelha muito ao meu caso. Estou ainda em constante evolução em relação ao meu relacionamento, mas o reboot está me ajudando e me ajudará ainda mais. O que posso te aconselhar é: não desista desse processo. Fica firme, faça tudo que é orientado, você com certeza vai sentir as melhoras com o tempo.

Faça um diário pra você, aqui somos todos anônimos e isso ajuda muito na terapia de se abrir. Estarei presente quando abrir seu diário.

Forte abç!

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 25/8/2019, 12:36
23º dia sem PM.

Tenho muito coisa pra atualizar aqui!

Sexta feira tive o treinamento da empresa e ocorreu tudo bem, minha concentração está melhorando.

Quando cheguei em casa, tive a surpresa de me deparar com meu marido em casa!!  Very Happy Foi literalmente uma surpresa, porque ele não me avisou que vinha.
No momento que o vi, fiquei nervoso e com medo, imaginava que ele ia querer sexo e eu estava extremamente cansado (2 dias de sono atrasado), achei que ia falhar com ele. Quando fomos deitar, ele foi super atencioso comigo e disse pra eu não me preocupar que não ia atrapalhar meu reboot.
Porém foi quase automático quando nos abraçamos, a ereção aconteceu e estava morrendo de vontade de me relacionar com ele. Meu líbido estava muito alto!
Foi muito maravilhoso! Notei que a EP está melhorando bastante, neste dia eu não senti vontade de ejacular durante a Oral e na penetração foi perfeito, eu conseguia me controlar e demoramos mais que o acostumado na fase com PM, eu consegui continuar penetrando até ele pedir pra ejacular. Isso me deixou extremamente feliz!
Um fato interessante foi que o meu orgasmo foi algo extraordinário, num nível que não consigo explicar. Foi um orgasmo demorado e bem intenso, extremamente satisfatório.

No sábado pela manhã, eu estava com meu líbido bem atacado e o procurei novamente para sexo. Desta vez, foi um pouco menos demorado mas por conta da posição que estávamos ,que me dá mais tesão. O orgasmo mais uma vez bem intenso. O restante do dia passei dormindo acho que até as 15:30h, pois como disse estava extremamente cansado e com sono atrasado. Quando acordei ficamos juntos vendo filmes, muito carinho e amor.

Hoje ele fez oral em mim, pedi para não haver masturbação. O interessante foi que demorou demaaaaais, estava bom, claro, mas eu estava um pouco preocupado por ele já que não estava acostumado com tanta demora. Quando estava quase a ponto, deixei que ele masturbasse para finalizar.

Em todos os momentos não houveram fantasias ou pensamentos eróticos com outras pessoas. Foi simplesmente eu e ele.


Última edição por rmotta em 25/8/2019, 18:30, editado 1 vez(es)

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
Hdmi
Hdmi
Mensagens : 332
Data de inscrição : 03/07/2019
Localização : Belém

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 25/8/2019, 13:46
rmotta escreveu:Olá pessoal, sou recém chegado aqui no fórum. Ainda não sei bem como me abrir, mas vou deixar meus dedos me guiarem.

Bem, tenho 26 anos e sou homossexual. Trabalho no ramo Offshore e faço faculdade.
Convivo com esse pesadelo de PM desde os 11 anos, o qual desenvolveu um problema sexual de Ejaculação Precoce.
Hoje sou casado a 09 anos com um rapaz, a qual eu amo e me ama, porém sofremos muito com a situação e esse vício, que somente a pouco tempo pude entender e compreender.

Lembro que a primeira vez que me masturbei, estava estudando para uma prova de Ciências, com toda ingenuidade do mundo, manipulava meu pênis enquanto gravava os textos para a prova. Por fim, após tanto estímulo, meu primeiro sêmen foi expelido, foi um sentimento extremamente bom. Lembro que me assustei MUITO (rsrs), de fato não sabia o que era aquilo e pensei que era alguma coisa ruim. Esse foi o início dessa triste saga...
Mesmo não sabendo exatamente o que era aquela atividade, gostei do prazer que me proporcionou e continuei praticando M mais vezes. Era mais o ato físico neste início, não havia P , fantasias, etc... era somente eu, descobrindo meu corpo.

Falando um pouco sobre minha orientação sexual, sou assumidamente homossexual. Na mesma fase que comecei descobrir meu corpo, eu vivia uma grande crise dentro de mim, sobre meus desejos e o que o eu era de fato. Lembro que quando tinha uns 08 anos, tinha um amiguinho na vizinhança que sempre brincava comigo e um dia ele ficou nu, começou a passar a mão em mim e começou a manipular meu pênis, não consigo lembrar exatamente o que senti, mas hoje entendo que aquela cena me excitou. A partir daquele momento, eu adorava brincar com ele pois com o tempo, desenvolvemos a "brincadeira" e passamos a nos beijar e nos chuparmos, nunca houve penetração e nem nunca houve um O propriamente dito, como mencionei a primeira que expeli foi aos 11 anos.
Durante essa fase da minha infância, eu tinha sentimentos por meninas e meninos, mas por meninas não eram tão intensos quanto por meninos. Eu beijei algumas meninas e inclusive, aos 09 anos namorava um menininha da minha sala, pura inocência, somente beijinhos e mãos dadas. Comecei a ter a mesma "brincadeira" com outros meninos, inclusive eu apresentei ao meu primo (que na época tinha a mesma idade) e sempre que tínhamos oportunidade, o fazíamos.
Voltando um pouco onde mencionei minha homossexualidade como uma grande crise dentro de mim, o fato principal foi a religião. Desde os 05 anos meus pais eram evangélicos e eu fui criado na igreja também, a medida que os anos foram passando que comecei a entender o meu desejo por meninos, vivia com muita ansiedade, medo de ser homossexual, de decepcionar meus pais, e sobretudo de ir para o inferno...

Espero que minha timeline não esteja confusa pra vocês...

Entrando na adolescência, já praticava M todos os dias, pensava no meu amiguinho da rua, em outros meninos e até mesmo homens adultos, e pouquíssimas vezes em meninas. Foi quando meu pai comprou nosso primeiro computador e colocou internet, que na época era discada, em casa. Só acessávamos a internet aos finais de semana. Foi aí que fui apresentado a P... Iniciei vendo imagens por muito tempo, sempre procurava por imagens de homens, daí iniciou o PM. Já entendia agora o que era a M e praticava diariamente, as vezes mais de 1x por dia. Aos 13 anos, mudei para uma outra cidade no interior do estado,  meus pais viriam para melhoria de vida. Eu vim 6 meses antes, morei esse período com minha tia, tio e meus primos com o intuito de me ajustar, pois já fazia vários cursos.
Hoje enxergo essa mudança como um período determinante na minha vida, onde tudo foi determinado e onde entendi o que eu era.
Morando com meus tios, eu continuava praticando PM mas foi lá onde tudo piorou, pois eles possuíam internet liberada a todo momento. Sempre que ficava sozinho, corria para o computador e buscava sites P, na época fazia curso de informática então tinha a malícia de apagar os históricos.
Essa praticava aumentava a M consequentemente, religiosamente todos os dias, no mínimo 3x. Nesse período passava a olhar meu tio com outros olhos, adorava admirá-lo pois sempre estava sem camisa, até que um dia tive a felicidade de levar toalha para ele no banho, ele estava nu e excitado, aquilo me deixou num êxtase onde me masturbei várias vezes num curto período de tempo, pensando nele. Naquele momento internamente, eu entendi que era homossexual, mas continuava com a sombra da religião e dos meus pais me assombrando, onde sofria por ter que de alguma forma arrancar aquilo dentro de mim e ser hetero.

Nessa fase que morei com meus tios, eu estudava muito, era escola e fazia várias outros cursos. Meu primo tocava em um banda de fanfarra de escola e sempre me chamava para entrar e me distrair um pouco, mas eu recusava. Um dia ele me convidou para assistir uma apresentação na escola, eu fui e fiquei absolutamente encantado, voltei pra casa e pedi ajuda minha tia para convencer meus pais, pois sabia que eles não deixariam. Depois de dias pedindo, eles finalmente deixaram.
Esse foi o início da minha liberdade de expressão e sentimentos, até então nunca tinha convivido com gays, durante todo esse período só lembro de uma travesti que morava na cidade anterior e era vizinha nossa, mas toda vez que minha mãe a cumprimentava, eu perguntava se era menino ou menina e ela ficava quieta. Pois bem, foi na banda que o mundo de fato, me foi apresentado. Haviam vários homossexuais da minha mesma faixa etária assumidos, vários afeminados dançando e vivendo suas vidas. Lembro que os via e pensava: "Existem mais pessoas como eu! Eu posso ser isso sem problema então?" Daí voltava os pensamentos com meus pais e religião, e a mesma crise dentro de mim.
Agora cada vez mais praticava PM, meu interesse era por vídeos com sexo anal, passava todas as horas disponíveis que tinha, vendo e praticando M.
Tinha dias que M 8x por dia e sempre queria mais.

Meus pais se mudaram para cidade e voltei a morar com eles. Na época, o início da minha adolescência problemática foi o fato de não querer mais ir pra igreja. Meu pai principalmente não aceitou, ele sempre foi um homem muito autoritário e violento, então ele me obrigava a ir pra igreja, literalmente na porrada. Eu sofria muito, pois não queria ir para aqueles lugares e ouvir coisas que me faziam sentir pior ainda. Acabava aceitando pois meu pai dizia que se não fosse pra igreja, ele me tiraria da banda que fazia parte, e aquele ambiente era o único que me fazia sentir bem, feliz, sendo quem eu realmente achava que queria ser. Eu comecei a me comunicar com os gays (que eram vários!), achava engraçado as linguagens deles, mas sempre que perguntavam de mim dizia que gostava de meninas. Lembro que meu primo me alertava sempre para parar de andar próximo dos gays, pois eu ficaria queimado... mas eu não estava nem aí pro que ele falava, queria estar alí, naquele ambiente.
Determinado dia, todo o pessoal da banda saiu para comemorar o fim de ano na praia, uma menina estava me olhando muito e um dos meus amigos veio até mim, dizendo que ela queria ficar comigo. Ela não era tão bonita e eu não tinha o mínimo de atração por ela, mas eu aceitei, pois naquele momento, todos alí achavam que eu era gay e eu precisava de alguma coisa pra eles verem que não. Fui até a menina num canto da praia e nós nos beijamos por algum tempo, eu até que gostei quando começamos e fiquei excitado, ela notou e começou a roçar em mim, mas ficamos só naquilo mesmo. Quando virei, notamos que quase todo o pessoal da banda estavam alí nos observando, meu primo lá me elogiando e falando coisas de hetero, enquanto todos os gays me olhavam com cara de: "Quem ele pensa que engana?''
Aquilo foi suficiente pra calar as fofoquinhas que eu era gay, por hora.

Tinha 15 anos, quando um garoto gay da banda foi a minha casa e disse que tinha interesses por mim, nós estávamos sozinhos. Ele ficou me olhando e eu não sabia o que fazer, disse que era pra ele ir embora pois não era gay, até que depois de tanto negar, cedi e o beijei. Nós nos beijamos e tivemos relação sem penetração. Ele me pediu em namoro e eu aceitei, eu sempre o achei um graça e na altura do campeonato, eu já não ligava mais pra nada. Como consequência me assumi para todo mundo da banda e da escola, todos meus amigos e meu primo sabiam de mim. Esse foi meu primeiro relacionamento homossexual, porém nunca ouve penetração, pois ele não queria ser passivo e eu também não, pois tinha medo de doer. Com meu relacionamento, já sabia por teoria o que era sexo e como não havia penetrações, saciava meu interesse em P, via todos os vídeos e fantasiava eu penetrando meu namorado, algumas outras vezes sendo penetrado também. Estava com os hormônios a flor da pele, gozava por qualquer coisa, sempre muito rápido, não passando de 1min.
Nesse período meus pais pegaram algumas vezes no meu laptop acesso a sites P, meu pai violento como era sempre me batia e nas chances que tinha de me assumir pra ele, acabava voltando atrás , pra igreja onde eu mesmo dizia que me ajudaria a me libertar. Esses episódios aconteceram 3 vezes, daí começou a surgir um outro fator que impacta até hoje em mim, toda vez que sentia raiva de alguma coisa me M, sentia um alivio imenso quando finalizava, um sentimento de vingança...

Em determinado período dos meus 15 anos meus pais descobriram minhas conversas no MSN com meu namorado, um dia estava com ele em uma feira da cidade e meus pais foram atrás de mim lá, meu pai me puxou pelo braço e quando cheguei em casa, ele me trancou no quarto com ele. Ele não parava de me bater, lembro que ele quebrou um cabo de vassoura no meu braço e dizia que preferia ter um filho bandido a um filho gay.. aquilo me marcou, acho que até hoje...

Peço desculpas, pois não sei se estou perdendo o fio da meada com toda minha história, mas penso que está tudo interligado...

Continuando, a partir daquele dia eu disse pros meus pais que eu era homossexual e que eu não ia mais mentir, sofrer e ser infeliz para satisfazer a vontade deles.
Vivi anos de inferno com eles, a partir dessa decisão tomada, meu pai principalmente me prendia dentro de casa, era da escola pra casa, casa pra escola. Eu não fazia mais nada, meus pais trabalhavam e eu ficava sozinho com minha irmã, me isolava no quarto, via vários vídeos de P e sempre me M pra passar a raiva que sentia...
Eu não aceitava que eles faziam comigo e sempre que dava inventava mentira pra eles, viajei várias vezes pra outras cidades com a banda, dizendo pra eles que estava estudando na casa de amigos (que eles conheciam) pra provas. Eles sempre descobriam minhas mentiras, e mais castigos aconteciam.

Meus únicos passatempos eram PM. Religiosamente. Todos os dias.
Nessa fase conheci o bate papo da Uol, onde adorava conversar com os caras, falar besteiras e marcar encontros. Eu era menor de idade, mas marcava e sempre que possível, ía aos encontros. Dizia que teríamos sexo, mas na hora H não acontecia, nem penetrar ou ser penetrado, tinha um medo fora do comum.
Daí surgiu uma nova curiosidade, adorava conversas via webcam e me masturbava com aquilo, simplesmente aquilo me satisfazia.

Cheguei num estágio onde todos os dias abria a internet apenas para ver vídeos P e bate papo da Uol e msn.
Criei contas fakes no msn para poder conseguir ter fotos ou vídeos de heteros da escola, e sempre conseguia.

Aos 17 anos conheci meu atual marido, via Orkut/MSN. Ele era maior de idade, morava em outra cidade. Quando o pedi em namoro não nos conhecíamos pessoalmente ainda, apenas 2 meses depois nos vimos e 1 mês depois, ele conseguiu um emprego na minha cidade e se mudou para cá. Foi com ele com quem de fato, houve penetração, ele foi meu primeiro. Lembro que a nossa 1ª vez foi terrível (rs) por vários problemas no meu pênis, não conseguia penetrá-lo por nada. Como ainda era praticante assíduo de PM, retornei pra casa aquele dia pensando em ver vários vídeos pra saber como teria que penetrar corretamente, e assim o fiz. Nos vimos na semana seguinte, e cheguei imponente, eu sempre senti muito tesão por ele naquela fase, gozava pensando nele facilmente, o corpo dele me atraia muito. E naquela noite finalmente consegui penetrá-lo como sempre quis. A partir daí nossa vida sexual se tornou muito ativa, todos os dias nos relacionávamos sexualmente... mas mesmo tendo relações sexuais, continuava me masturbando sozinho. Passava a ver P para fazer coisas diferentes com ele e isso me excitava.
Foi uns 2 meses depois que ele se mudou pra cidade, que meu problema com Ejaculação Precoce apareceu, no início nossas relações não passavam de 5min, muitas vezes eu gozava só nas preliminares. Passados mais tempo, duravam menos 2min e eu não conseguia dar uma nova rodada pelo menos, pelos próximos 30min.

Depois de 1 ano de namoro, eu andava na rua encarando os homens, procurando mesmo. Foi um ano onde traí meu marido algumas vezes, pois procurava em bate papos pessoas diferentes, oportunidades de coisas novas, procurava a promiscuidade de fato. Em meio a essas traições, continuava com acesso a P e ainda mantinha relações com meu marido.
Depois de um tempo ele descobriu, conversamos, ele me deu outra chance e continuamos nosso relacionamento. Coloquei na minha cabeça em parar com as traições e pelos próximos 3 anos consegui, só que ainda continuava com PM diariamente, e ele não sabia.
Alguns anos se passaram e meu interesse por ele desabou, ele ganhou um pouco do corpo, não estava mais como era quando o conheci... meu libido simplesmente despencou em um nível grande, não tinha vontade nenhuma de me relacionar com ele, tesão zero e ainda tinha o agravante da Ejaculação Precoce, que me atormenta até hoje. Preferia ter prazer sozinho, assistindo meus vídeos e me masturbando.

Embora a Ejaculação Precoce seja um assunto até bem resolvido com meu marido, isso me incomoda muito.

Já estava enjoado dos P que via então passei a ver vídeos de surubas, menages, dupla penetrações e gang bangs (os preferidos). Morria de tesão por ver vários homens juntos... e assim se dá até os dias atuais. Depois de uns 5 anos de relacionamento, meu marido descobriu que era praticante de PM e nosso relacionamento passou a ser um campo minado, eu disse que não tinha mais atrações por ele, mas o amor que sinto por ele sempre existiu, sempre! Até hoje!
Há 1,5 ano atrás passamos por situações extremamente difíceis conjugalmente, financeiramente também. Foi aí que retornou uma atitude que tinha antes, ainda pior... toda briga, discussão nossa (e eram muitas!) eu sentia tanta raiva, tanta raiva e me M, é como uma válvula de escape, uma folga dos problemas. Isso foi se intensificando cada vez mais...

Eu trabalho em plataforma de petróleo e fico 14 dias em casa só. Os 14 dias que não estou em casa, raramente faço uso de P pois a internet não ajuda, mas quando estou em casa e sozinho, é terrível... Passei a sentir interesses por vídeos "Gays for Pay", onde héteros são pagos por gays em troca de uma relação, ficava fascinado. Passava horas e horas vendo vários vídeos e tendo M várias vezes, a dias atrás cheguei ao edging vendo vários vídeos, incitando a M e parando antes de expelir.
Meu marido hoje sabe do que agora sei que é um vício, ele sofre pois diz pra mim que eu não o desejo, que é muito difícil pra ele tentar alguma coisa e não ter um prazer em troca.

Já tive casos de me relacionar com ele, somente por ele e acabar fantasiando P na minha cabeça para poder ter uma ereção e concluir o ato.
Outras várias vezes, meu pênis acabava ficando machucado, devido a prática excessiva de M. Pelo menos 1x por mês aconteciam esses machucados, muitas vezes, mesmo machucado eu continuava praticando M.

Há alguns dias atrás, cheguei de uma escala de embarque onde todos os dias estava me M e mesmo no dia em que ia chegar em casa, ejaculei 2x.
Quando cheguei em casa, meu marido quis relação sexual. Eu aderi porém não conseguia manter a ereção, sentia meu pênis meio bomba e foi o suficiente para concluir aquele ato. Demorei mais do que o normal, e meu marido notou a situação. Não contei pra ele que havia me M tanto, mas ele devia saber...

Foi no dia seguinte a esse, onde abaixei minha cabeça e pedi a Deus ajuda, pois não queria mais viver escravo disso. Cheguei de fato no meu limite, eu precisava dar um jeito nisso, pois estava perdido. Aquele dia não me M, mas no dia seguinte tive uma briga com meu marido e mais uma vez fiquei com raiva, essa raiva foi o suficiente pra me permitir fazer a pior coisa que poderia, eu paguei por uma inscrição num site P... Depois que acessei o site, vi tantos vídeos que me M 3x em menos de 15min.
Eu sempre fui muito ativo nas redes sociais, e foram as redes que sempre me influenciaram a PM. Eu já havia desativado os Apps do Twitter e Instagram, dias atrás no meu cel, pois período passado na faculdade eu quase fiquei reprovado pois não conseguia focar em estudar, eu passava literalmente o dia inteiro livre que tinha, mesclando redes sociais com PM. Eu não tinha forças pra fazer mais nada, além disso, era como se algo me puxasse toda vez que tentava fazer algo benéfico pra mim.

Ontem dia 01/08/19 abri o Youtube despretensiosamente para ver vídeos de um canal que sigo, quando me deparo com um vídeo falando sobre o NoFap, agora entendo que foi Deus atendendo meu pedido de dias atrás! Abri esse vídeo onde o rapaz explicava sobre os 6 passos do tratamento e aquilo me chamou atenção. Quando o vídeo acabou, pesquisei no Google sobre NoFap e achei o site "Vício em Pornografia", li todo o material explicando o NoFap, o tratamento em si, abri o fórum e vi vários depoimentos... foi aí que me identifiquei e entendi o que de fato está acontecendo comigo, eu me propus a esse tratamento pois quero mudar minha vida, eu realmente estou cansado de ser infeliz e transmitir infelicidade para quem está ao meu redor, minha vida não está andando, estou desenvolvendo uma ansiedade imensa e eu só quero fazer o meu melhor para vencer esse vício.

Agora eu estou aqui, instalei os Bloqueadores no meu laptop e celular, li o Ebook do site e acabo de fazer meu primeiro post no diário.
Com os olhos com água e meu coração cheio de esperança, agradeço a Deus por me trazer até esse projeto e agora deposito minha fé em mim para conseguir vencer esse desafio, confesso que estou com medo de falhar. Meu marido está num projeto onde ficará 3 meses ausente, então estou no nível hard do tratamento (sem PMO).
Desde segunda feira retornei as práticas de corrida, pois quero emagrecer alguns quilinhos, então todos os dias quando acordo vou a praia caminhar/correr e em breve retorno a academia. Além disto, minhas aulas na faculdade retornaram essa semana, espero conseguir focar nos meu estudos durante o período de tratamento. Também tenho meu trabalho que preciso estudar, para poder me desenvolver. Como estou sozinho em casa, estou pensando em colar papéis nas paredes escrito "NoFap" para um momento em que sinta vontade, olhar esses papéis e lembrar do meu objetivo.

Estou a 1 dia limpo!

Peço perdão a quem se interessou em ler minha história, agora vejo o quanto ficou longo e espero que não tenham se confundido.
Agradeço o apoio por estarem aqui, peço suas orações, assim como estou orando por vocês também.

Deus abençoe a cada um presente nesse tratamento e dê a força necessária para vencer!


Acho que o passo mais importante já foi dado rumo a um estilo de vida novo, pornografia realmente destrói muito a vida de alguém, não e comum eu acompanhar o diários do tópico dos homossexuis mas acompanho o do Marcos irei acompanhar o seu sempre que possível, uma coisa tenha cuidado quando recair, não faz mal se tiveres uma queda o que importa e o quão rápido vc vai levantar dessa queda.
Um pequeno adendo li o seu diário e notei que vc usa muitos detalhes, detalhes esses que podem servi de gatilho para outros membros, quando fiz meu diário TB cometi esse erro o que evitou um pouco a visualização do mesmo, e eu tive e reeditar, enfim vamos vencer esse vicio.

_______________________________________
Acompanhe meu relato

http://www.comoparar.com/t9301-hocd-escalada-estou-parado-no-tempo

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
rmotta
rmotta
Moderador
Moderador
Mensagens : 384
Data de inscrição : 01/08/2019
Idade : 26

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 25/8/2019, 16:25
Hdmi escreveu:

Acho que o passo mais importante já foi dado rumo a um estilo de vida novo, pornografia realmente destrói muito a vida de alguém, não e comum eu acompanhar o diários do tópico dos homossexuis mas acompanho o do Marcos irei acompanhar o seu sempre que possível, uma coisa tenha cuidado quando recair, não faz mal se tiveres uma queda o que importa e o quão rápido vc vai levantar dessa queda.
Um pequeno adendo li o seu diário e notei que vc usa muitos detalhes, detalhes esses que podem servi de gatilho para outros membros, quando fiz meu diário TB cometi esse erro o que evitou um pouco a visualização do mesmo, e eu tive e reeditar, enfim vamos vencer esse vicio.

Obrigado por ter lido meu relato Hdmi e obrigado pela força também.

Vou dar uma revisada no meu relato, não quero que ninguém receba influências de minha parte, vlw pelo toque.

Abç

_______________________________________
“To live like I see, a place in this world for me."

          SEM PM                  HARDMODE


Acompanhe meu diário ->   Image hosted by servimg.com

Recordes: king

- Sem PM ->  103 dias
- Hardmode -> 13 dias
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 238
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 25/8/2019, 21:54
Vlw rmotta pelo apoio no meu diário. Estou acompanhando o seu diário desde o início mas ainda não tinha postado uma mensagem. Estudo na área do Petróleo e ver suas publicações sobre a rotina offshore é bem interessante. Desejo sucesso no seu reboot e continuarei acompanhando suas publicações.

Vlw,
Abraço.

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler

Alexandretj
Alexandretj
Moderador
Moderador
Mensagens : 826
Data de inscrição : 21/11/2016
Idade : 36

rmotta diário - O início - Página 2 Empty Re: rmotta diário - O início

em 26/8/2019, 11:08
Olá rmotta. Passando aqui para acompanhar seu diário.

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum