Ir em baixo
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 2/2/2020, 21:57
Olá a todos!

Bem, só quem é viciado sabe como é difícil viver nessas condições , além do mais, em PMO, porque é um vício silencioso que te destrói em muitos sentidos. Ele entrou na minha vida aos 12 anos de idade. Eu estava na escola, lugar onde os meninos começam, geralmente, a compartilhar e incentivar suas primeiras masturbações, ou para os mais avançados, suas primeiras transas. Logo, eu fui interrogado sobre o que sentia ao me masturbar, como eu não sabia o que era isso, eu respondi na maior inocência: eu nunca fiz. Por isso, eu fui zombado e ridicularizado, mas eu nem liguei, os garotos são assim. Porém, a semente  já havia sido plantada e eu não tirei da cabeça aquela ideia e a sensação prazeroso que os praticantes diziam que sentiam. Como a curiosidade era alimentada pelos comentários dos meninos, eu decidi tentar, depois de algumas vezes, eu comecei a perceber que minha excitação não era voltada para as meninas e sim para os meninos, isso aqui cabe outra reflexão, mas, enfim, consegui , finalmente, senti o prazer em fúria, o êxtase. Desde então, eu pensei comigo, quero sentir isso todo dia.
Eu não sou afeminado (preste atenção, essa declaração não contém críticas ou preconceitos) sempre fui e sou bem discreto, isso representa a diversidade dentro do universo gay.  Sou muito na minha. Não levanto bandeira de nenhum movimento. Tento viver minha vida do jeito que considero ideal para mim.  Digo isso porque na escola eu nunca fui questionado a respeito da minha orientação sexual, mas aos 14 anos, eu tive minha primeira experiência homossexual. Muitos poderiam dizer que foi um estupro ou caso de pedofilia, mas eu aceitei o convite sabendo que isso possivelmente aconteceria, afinal depois de  conhecer o mundo do sexo por meio de revistas, eu queria experimentar “ao vivo”, embora reconheça que não tinha “maturidade sexual” para  tanto. Enquanto eu viver, jamais me esquecerei disso. Um garoto de 19 anos do ensino médio me olhava sempre, até que um dia perguntou:  vc não tem jeito de gay, mas mesmo assim investiu e prosseguiu : vc curte uma parada? Ao ouvir isso, eu perguntei logo: o quê? Ele foi direto: curte fazer um boquete?  Era claro que eu não sabia o que isso significava , mas já saquei aonde pretendia chegar (eu já me masturbava, mas não conhecia a “ linguagem pornô” ainda) mas pensei que fosse alguma coisa para gay ou de gay, por isso rejeitei.  Mas  ele se deu conta da minha “minha ingenuidade”,  vislumbrou uma oportunidade e, sempre que me encontrava, reforçava a proposta, até que dia, eu saí cedo da escola e antes de voltar para casa, ele me abordou de carro e  me levou para sua casa. Enfim, não preciso detalhar. Depois disso, veio o mundo dos vídeos pornôs e toda a indústria pornográfica que a internet nos dá acesso irrestrito. A partir daí, minha vida nunca mais foi a mesma.
Falta de foco, desânimo, procrastinação e tudo o mais se tornaram campanhias inseparáveis.
Hoje, aos 25 anos ( recém- completados) estou tentando me livrar dessa vontade incontrolável de recorrer aos vídeos para me satisfazer.  Depois de ter lido muita coisa e instalado os bloqueadores, eu estou começando essa jornada. Quero contar que sobrevivi e não que viverei para sempre como um viciado.  
Me desculpem, acho que escrevi muita coisa. Mas é complicado simplificar uma vida assim, você mesmo sabe disso.  Vamos com força!!
Tristan3
Tristan3
Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2020
Localização : Minas Gerais

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 3/2/2020, 17:37
Oi Farrel. É bem triste como que a P destrói nossa vontade de fazer outras coisas né?! Eu também me sentia muito desanimado, sem energia e foco, e não entendia o motivo disso acontecer. Perdi muita coisa da minha vida por conta desse vício.
Vou acompanhar sua história aqui. Vai contando para a gente como você anda se sentindo, suas dificuldades e também suas alegrias. Foque em qualquer ganho positivo que você tiver.

"Progresso é progresso, não importa o quão pequeno seja."

Abraço e muita força!!!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 3/2/2020, 22:50
Olá Tristan3, Como vai?
Obrigado pelo apoio. Eu vi que escreveu “sentia”, isso quer dizer que vc já realizou o reboot? Ou está em processo?
Realmente, são perdas inestimáveis, principalmente o tempo que esse vício roubou de nós. Não adiante olhar para trás, vamos tentar seguir daqui pra frente.

avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 01

em 3/2/2020, 23:14
Meu primeiro dia no reboot ocorreu sem grandes problemas.  Tive poucos pensamentos pornográficos ou fantasias. Contudo, acredito que nos primeiros dias essa reação seja natural. Digo isso me baseando em alguns diários que comecei a acompanhar por aqui. Por falar nisso, eu li um diário de um rapaz que disse que ficou 102 dias “limpo”, mas está mergulhado no vício outra vez. Que droga é isso? Isso mexeu comigo um pouco, não vou negar. Mas sei que cada um encara o processo de um jeito. Outro ponto é que estou finalizando o ebook sobre o programa e aprendi que o primeiro mês é o mais complicado. Por isso, preciso de foco total para me desvencilhar dos gatilhos e tentar criar ligações saudáveis. Em razão disso, estou praticando exércitos em casa e tomando banho gelado.
Sobre a socialização, eu nunca tive muitas dificuldades. Sempre trabalhei com público e sempre gostei de comunicação. Timidez nunca foi problema.  Por isso, vou usar isso para me manter com a mente sempre ocupada neste primeiro mês.
Tbm estou lendo um livro bem interessante, chama- se o poder do agora. Não sou muito fã de livros desse gênero. Porém, o autor aborda a importância de focar no agora e desenvolver o autocontrole. A leitura até esse momento tem contribuído para entender a formação de alguns vícios e hábitos.
Vou começar com a meta de 30 dias, assim, com o prazo “ fatiado” acredito que chegarei com mais facilidade. Isso me parece ser uma boa estratégia.  
A única que quero é saber que terei autocontrole sobre o vício. Não me importo de ter que “escapar” sempre dos gatilhos. Apenas não quero ser escravo desse sentimento que gera esse comportamento compulsivo.  Sabendo que ao final de toda essa batalha, estarei mais forte para resistir e dizer não.
Vamos com força!!!

Dante Auditore
Dante Auditore
Moderador
Moderador
Mensagens : 750
Data de inscrição : 18/08/2019
Idade : 33

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Inicio no fórum

em 4/2/2020, 01:15
Oi, Farrel !

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Como Parar". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio do Projeto Revert, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!


  • Antes de mais nada, leia nossas Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Faça o download do Guia Introdutório - Vício em Pornografia, Como Parar?" Guia Introdutório ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado). Leia o Guia Introdutório na íntegra, se possível aprofunde-se com o curso online Programa Revert para extirpar definitivamente a pornografia em sua vida por meio do método "Como Parar".

  • Instale os bloqueadores no seu computador: Configuração do Clean Browsing e Bloqueamento via Hosts / Inter App Control Pro (Super Recomendado. É pago, a licença vitalícia custa R$ 89) / Blok Supreme (Super Recomendado. É pago, custa em torno de R$ 30 - R$40) / Download do Qustodio (Versão gratuita já ajuda bastante e você também pode utilizar uma versão mobile). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Proteja seus dispositivos digitais. Exclua seus navegadores convencionais e instale o Kids Safe Browser ou Mobicip ou ainda Spin. Além disso, instale o NetAngel para restrições e bloqueios em geral, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Instale um contador de dias. Tutorial Contador de Dias (O contador ajuda a te situar melhor durante esse processo, bem como na motivação).

  • Embora o foco do site seja se livrar do vício em pornografia, avalie também a necessidade de reduzir, ou em alguns casos o melhor seria extirpar mesmo, outros vícios da sua vida, pois poderão interferir de alguma forma em seu experimento, como masturbação, álcool, drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Jamais ignore as atividades de substituição ao vício ou religação, pois essas atividades concedem dopamina de forma natural ao seu corpo. Procure fazer uma ou mais atividades, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade. Para isso, identifique quais são as atividades nas quais ocorre a maior descarga de dopamina. Perceba como se sente após o término da atividade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais', tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Sendo assim, essas ferramentas digitais acabam mais prejudicando do que ajudando no seu experimento. Isso é válido para chats em geral também. Além disso, reduza o seu tempo conectado à internet, seja no computador ou outros dispositivos. Seja focado e seletivo quando estiver conectado, evite a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Um forte abraço!

_______________________________________
Meu diário: http://www.comoparar.com/t9560-diario-do-dante-auditore         

"Abençoado é aquele que resiste a tentação, pelo julgamento ele recebera a coroa da vida"  

"Lute, lute e lute novamente ate cordeiros se tornem leões"

Tristan3
Tristan3
Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2020
Localização : Minas Gerais

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 4/2/2020, 14:13
Farrel escreveu:Olá Tristan3, Como vai?
Obrigado pelo apoio. Eu vi que escreveu  “sentia”, isso quer dizer que vc já realizou o reboot? Ou está em processo?
Realmente, são perdas inestimáveis, principalmente o tempo que esse vício roubou de nós.  Não adiante olhar para trás, vamos tentar seguir daqui pra frente.  


Oi Farrel, estou me sentindo bem e você como está?
Então, eu escrevi "sentia" de propósito mesmo. Ainda estou nos primeiros dias do Reboot, assim como você. Mas eu falei no passado para o meu cérebro já ir se acostumando que isso é realmente um passado. Tudo o que importa é agora, e agora mais do que nunca o que eu quero é ser livre. Estou mentalizando que o vício já ficou para trás e de agora em diante é vida nova. Claro que não é tão fácil assim, mas pelo menos na minha cabeça eu já começo a construir a realidade que eu quero viver. Experimente fazer isso também. Te dá forças para se desapegar do que passou.
É sempre um dia de cada vez! E é isso que importa agora.

Abraço. Força e luz para você!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 4/2/2020, 22:34
Olá Tristan3,
Que bom que vc está bem. Eu, por enquanto, tbm estou indo bem.
Gostei dessa atitude mental, vou adotá-la. Acredito que isso influencie positivamente.
Quero saber o que vc está sentindo até aqui. As fissuras têm diminuído? Como tem sido sua experiência?
Mais uma vez, obrigado por estar aqui.
Vamos com força!!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força- 02

em 4/2/2020, 22:43
Olá a vc que está por aqui!!
 Estou há dois dias “limpo”. Decidi fazer esse experimento no modo mais difícil inicialmente, talvez eu tenha alguma relação sexual, porém mais pra frente.  Relacionar-se sexualmente é aconselhável para criar uma associação mental saudável sobre a prática do sexo.
Bem, o dia de hoje foi tranquilo. Mas, como deixei claro na minha introdução, eu já fiquei alguns dias sem PMO, então meu desafio será passar de uma semana. Por enquanto, vou tentando controlar meu nível de dopamina fazendo exercícios  e tomando banhos gelados. Sei que a fissura vai chegar e esse será o momento mais difícil.
Vamos com força!!

Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 5/2/2020, 16:37
Olá Farrel!

Seja muito bem-vindo ao fórum!

Que legal que vem focando bem em adquirir novos hábitos, em praticar novas atividades e está seguindo firme, acredito que isso é essencial para o reboot. Parabéns por ter dado esse primeiro passo.

Espero que alcance seus objetivos e que supere esse vício um pouco a cada dia.

Até maaaais!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
Tristan3
Tristan3
Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2020
Localização : Minas Gerais

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 5/2/2020, 17:20
Farrel escreveu:Olá Tristan3,
Que bom que vc está bem. Eu, por enquanto, tbm estou indo bem.
Gostei dessa atitude mental, vou adotá-la. Acredito que isso influencie positivamente.
Quero saber o que vc está sentindo até aqui. As fissuras têm diminuído? Como tem sido sua experiência?
Mais uma vez, obrigado por estar aqui.
Vamos com força!!

Oi Farrel. Eu vi que você comentou no meu diário também, estou muito feliz com essa ajuda mútua. É muito bom poder apoiar outras pessoas e ser apoiado também né?! E também é realmente muito libertador conversar sobre isso, colocar tudo pra fora. Acredito que todos nós guardávamos esse segredo sujo a sete chaves e isso só ia nos corroendo cada vez mais por dentro. Não é fácil se libertar disso, mas nós vamos vencer! Cada dia é uma vitória!
Conte com meu apoio! Vamos adiante com muita força!

PS: Gostei da sua estratégia dos banhos gelados, vou adotar para refrescar os ânimos. haha
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 5/2/2020, 22:26
Olá Rene.gade,
Obrigado pela força. É essencial saber que há gente disposta a nos ajudar nessa difícil jornada.
Espero vê-lo mais por aqui. Wink
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 5/2/2020, 22:29
Olá Tristan3,

Sim. Tbm acredito nisso. Só quem passa por isso consegue compreender o outro de fato. Há muitos que dizem que entendem, mas definitivamente não sabem o quanto é horrível e torturante viver pensando em sexo ou pornografia o tempo todo, literalmente. Porém, sabemos que isso não é para vida toda para aqueles que decidiram MUDAR.
Vamos com força!!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 03

em 5/2/2020, 22:48
Olá a todos outra vez.

Três (03) dias sem PMO. Como estou me sentindo? Na medida do possível, bem.
Mas sinal de alerta acionado  porque hoje tive algumas fantasias, coisa que nos dois primeiros dias não aconteceu, mas logo contornei a situação e mantive o autocontrole. Isso já me mostrou que amanhã os sintomas de abstinência devem se intensificar, sei que isso já era esperado, então vou me precaver ainda mais. Estou ansioso para cumprir os 7 dias totalmente limpo e acompanhar a evolução do meu corpo.
Nesses primeiros dias, ainda não senti muitos benefícios, mas notei uma coisa: meu foco está melhor.
Até o momento seguir as recomendações do programa Revert, entretanto, o uso de bloqueadores são importantes para bloquear os dispositivos, porque o essencial para vitória é bloquear a MENTE.  Eu consigo me masturbar apenas me lembrando dos inúmeros vídeos que já vi, logo usar a internet para isso é coisa secundária.
Por isso, para quem está lendo este meu relato, busque criar ligações saudáveis para bloquear sua Mente liberando dopamina em atividades prazerosas.
Vamos com força!!

avatar
Rafa Cariri
Mensagens : 4
Data de inscrição : 04/02/2020

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 5/2/2020, 23:00
Boa noite!
Parabéns, parceiro!
Estou no meu quarto dia sem PMO, também já consigo perceber uma melhora na concentração.
Mas hoje a abstinência bateu pesada.
Muitas ereções involuntárias.
Um dia após o outro.
Estamos juntos!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 6/2/2020, 23:12
Rafa Cariri escreveu:Boa noite!
Parabéns, parceiro!
Estou no meu quarto dia sem PMO, também já consigo perceber uma melhora na concentração.
Mas hoje a abstinência bateu pesada.
Muitas ereções involuntárias.
Um dia após o outro.
Estamos juntos!

Olá Rafa, como vai?
Meu xará, assim revelo meu nome tbm , rsrsrs.
E o que vc tem feito para aliviar os sintomas de abstinência?
Vc tem um diário tbm? Se sim, como vc o nomeou? Dessa forma, vou te acompanhar tbm.
Boa sorte!!,
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 04

em 6/2/2020, 23:34
Meu quarto dia.
Hoje, meu dia foi curioso por dois razões: uma hora estava repleto de fantasias e em outra estava como alguém que nunca perderia tempo com pornografia. Estranho!
No caminho do trabalho, eu estava pensando sobre este vício e os males que o mesmo causa a suas vitimas. Como podem alguns profissionais de saúde ou sexólogos fazerem propagandas para as pessoas se masturbarem?
Isso não é liberdade sexual. As pessoas precisam entender que se alguém vê muita pornografia ou pratica masturbação em excesso estão, simplesmente, viciadas e pronto.
Enfim, hoje, eu posso dizer que venci.
Amanhã, será mais difícil, pois estarei de folga, logo mais vulnerável. Pretendo estudar, mas quando a vontade vier, buscarei alguma forma de liberar dopamina. Ficarei bem atento aos sinais.
Vamos com força!!!

Tristan3
Tristan3
Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2020
Localização : Minas Gerais

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 7/2/2020, 19:42
Oi Farrel, como você está? Como passou seu dia de folga?

Você comentou sobre o incentivo que as pessoas têm para se masturbarem e de certa forma assistirem pornografia também, como uma forma de descobrirem a sexualidade. E parando para pensar isso me assustou. O número de pessoas viciadas deve ser muito maior do que a gente pensa. É um segredo sujo que ninguém sai por aí contando, por isso nós não temos estatísticas. Mas isso pode estar acontecendo com qualquer um a nossa volta também. E é difícil demais a própria pessoa chegar a conclusão de que ela está viciada. Passamos por isso e sabemos o quanto é doloroso. E essa situação toda é muito assombrosa... Enfim, são algumas reflexões...

Espero que você tenha passado um dia bem! Logo você estará completando uma semana, que maravilha! E assim como você me disse, é um "pequeno grande passo"! Estou torcendo muito! Abraços! Muita força aí, pra você, pra mim e para todos que estão nesse difícil batalha!
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 7/2/2020, 21:27
Tristan3 escreveu:Oi Farrel, como você está? Como passou seu dia de folga?

Você comentou sobre o incentivo que as pessoas têm para se masturbarem e de certa forma assistirem pornografia também, como uma forma de descobrirem a sexualidade. E parando para pensar isso me assustou. O número de pessoas viciadas deve ser muito maior do que a gente pensa. É um segredo sujo que ninguém sai por aí contando, por isso nós não temos estatísticas. Mas isso pode estar acontecendo com qualquer um a nossa volta também. E é difícil demais a própria pessoa chegar a conclusão de que ela está viciada. Passamos por isso e sabemos o quanto é doloroso. E essa situação toda é muito assombrosa... Enfim, são algumas reflexões...

Espero que você tenha passado um dia bem! Logo você estará completando uma semana, que maravilha! E assim como você me disse, é um "pequeno grande passo"! Estou torcendo muito! Abraços! Muita força aí, pra você, pra mim e para todos que estão nesse difícil batalha!

Olá Tristan3,

Infelizmente, vivemos em uma sociedade polarizada pela política, assim, muitos discursos têm a intenção de quebrar paradigmas, se opor ao conservadorismo. Um deles é sobre o sexo. Agora, tudo é permitido. Inclusive, lamentavelmente, já ouvi até pautas que relativizam a pedofilia. Logo, é preciso se masturbar, conhecer o corpo, enfim, tudo isso para se libertar das amarras do tradicionalismo.
Sim, concordo com vc, deve haver muitos de nós.
Assim como vc, tbm espero cumprir minha semana. Boa sorte para nós!,
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 05

em 7/2/2020, 21:42
Olá a todos,

Meu quinto dia.

De acordo com os sinais do meu corpo, eu acredito que durante os próximos dias, os sintomas devem ser os mesmos: impaciência, sonhos eróticos, ereções involuntárias,  abstinência, fantasias, procrastinação e acrescento a essa lista fortes dores de cabeça. Achei isso estranho, pois hoje minha cabeça doeu muito. Não acho que seja algum sintoma de doença, mas  uma reação do corpo à falta do PMO. De qualquer modo, estou seguindo bem.
  Tbm tive sonhos eróticos muito fortes, bem reais por sinal. Nenhuma surpresa, isso já estava previsto.
Hoje, em especial, experimentei, em momentos diferentes do dia, uma vontade imensa de transar ou me masturbar, porém, liberei toda essa energia caminhando. Isso tbm pode ser uma boa pra vc. Quando compreender que não vai suportar, caminhe, saia de casa.
Eu estou um pouco decepcionado, porque programei o dia para estudar, mas os pensamentos intensos não me abandonaram, o que frustrou minhas expectativas,  ainda assim posso dizer que estou bem porque não cedi à tentação.
Que Deus nos fortaleça até o fim. Que no fim disso tudo, possamos dizer que fazemos parte do grupo daqueles que venceram e podem relatar que é possível.
Vamos com força !!!



Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 8/2/2020, 19:08
Olá Farrel, parabéns pelos 5 dias!

Que legal que a caminhada está te ajudando, ela também é bem significativa no meu reboot.

Entendo como é complicado estudar estando com fissuras, eu também não conseguia focar, mas tente ir aos poucos que você pode ir conseguindo avançar. Muito bom que você não se culpou e que viu o lado positivo da situação, ter vencido a fissura.

Espero que continue bem focado e firme.

Até maaais!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 8/2/2020, 21:12
Rene.Gade escreveu:Olá Farrel, parabéns pelos 5 dias!

Que legal que a caminhada está te ajudando, ela também é bem significativa no meu reboot.

Entendo como é complicado estudar estando com fissuras, eu também não conseguia focar, mas tente ir aos poucos que você pode ir conseguindo avançar. Muito bom que você não se culpou e que viu o lado positivo da situação, ter vencido a fissura.

Espero que continue bem focado e firme.

Até maaais!

Olá Rene.Gade, como vai?
Como vc se considera hoje? Já está livre disso?
Assim como ontem, eu programei o dia para estudar, não saiu como planejado, mas rendeu mais que ontem. Nos momentos mais propensos à PMO, eu fiz exércitos físicos, como não foram suficientes, eu sair de casa para aliviar a tensão e funcionou. Dessa forma, venci mais um dia.
Obrigado pelo apoio.
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 06

em 8/2/2020, 21:25
A você que está acompanhando minha trajetória, dedico boas-vindas.

Meu sexto dia.

Os sintomas, de certa forma, se repetiram, mas com destaque a dor de cabeça que, em momentos específicos, se intensificou. Isso deve fazer parte do processo de “desintoxicação”, li a ocorrência desse mesmo sintoma em alguns diários. Falando nisso, eu tenho acompanhado alguns e me surpreendido com a forma com que alguns lidam com isso. Alguns são tão persistentes e outros já desistem facilmente. Só vc sabe o que este vício roubou de vc. Eu sei das possibilidades e oportunidades que perdi por causa dele. Portanto, quero viver a partir de agora e não mais sobreviver. Ao longo da minha jornada, relatarei coisas mais íntimas sobre mim, por enquanto, quero vivenciar mais a “parte técnica” do processo.
Houve momentos em que a fissura bateu forte, mas os exercícios aliados aos banhos gelados e as caminhadas me sustentaram. Vale lembrar que estou no hard mode, mas confesso que neste clima de carnaval e pegação , considero, depois de no mínimo 15 dias, se eu estiver limpo até lá, me envolver com alguém.
No mais, vamos com força!!
Tristan3
Tristan3
Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2020
Localização : Minas Gerais

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 9/2/2020, 16:49
Oi Farrel. Estou muito feliz com sua força e determinação. Parabéns!
Acho muito interessante você se preocupar com a parte técnica do reboot. Estudar os sintomas, comparar com os relatos dos outros colegas... Isso tudo é muito importante para se preparar e analisar os pontos fracos e fortes do processo. Dessa forma é mais fácil prevenir as quedas.
Eu também sigo no modo hard do processo e sei o quanto é difícil. Mas também é muito boa essa sensação de superação e saber que você venceu mais um dia. Isso dá muita força para seguir adiante.
Te entendo sobre considerar transar com alguém, ainda mais nesse período de festas. Sei que você está bem ciente, mas nunca é demais aconselhar hehe. Se você decidir realmente encontrar com alguém, tome muito cuidado no momento da busca. Eu não sei como você prefere conhecer outras pessoas, virtual ou pessoalmente, mas se for virtual é muito fácil ultrapassar os limites e se empolgar no papo sobre sexo. Cuidado com nudes e toda a euforia do momento pra evitar a fissura depois.

Fica bem! Siga firme e com muita determinação! Espero que suas dores de cabeça passem.
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Re: Meu diário: sobrevivente ou derrotado?

em 9/2/2020, 20:09
Tristan3 escreveu:Oi Farrel. Estou muito feliz com sua força e determinação. Parabéns!
Acho muito interessante você se preocupar com a parte técnica do reboot. Estudar os sintomas, comparar com os relatos dos outros colegas... Isso tudo é muito importante para se preparar e analisar os pontos fracos e fortes do processo. Dessa forma é mais fácil prevenir as quedas.
Eu também sigo no modo hard do processo e sei o quanto é difícil. Mas também é muito boa essa sensação de superação e saber que você venceu mais um dia. Isso dá muita força para seguir adiante.
Te entendo sobre considerar transar com alguém, ainda mais nesse período de festas. Sei que você está bem ciente, mas nunca é demais aconselhar hehe. Se você decidir realmente encontrar com alguém, tome muito cuidado no momento da busca. Eu não sei como você prefere conhecer outras pessoas, virtual ou pessoalmente, mas se for virtual é muito fácil ultrapassar os limites e se empolgar no papo sobre sexo. Cuidado com nudes e toda a euforia do momento pra evitar a fissura depois.

Fica bem! Siga firme e com muita determinação! Espero que suas dores de cabeça passem.

Olá, Tristan. Tudo bem, contigo?
Antes de tudo, obrigado por estar por aqui sempre.
Na verdade, morar em São Paulo é um pouco complicado pelas opções que a cidade oferece para diversão. São as tentações da cidade mais rica do país.
Eu estava lendo que, em média, depois de 14 dias, algumas pessoas começam a experimentar a flat line, um período que falta tesão, excitação ( não vejo a hora de chegar, isso deve facilitar bastante a recuperação, se não conhece, eu aconselho que vc leia mais sobre, isso pode te encorajar) lembrando que isso acontece com alguns, se eu estiver nesse estado, provavelmente, ficarei de boa em casa. Mas não descarto sair nos dias de carnaval para curtir um pouco. Obrigado pelo conselho. Vamos firmes sempre.
avatar
Farrel
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/02/2020
Localização : São Paulo

Meu diário: sobrevivente ou derrotado?  Empty Vamos com força - 07 - Uma semana

em 9/2/2020, 20:19
Meu sétimo dia.
Como é incrível saber que estou há uma semana sem PMO. Claro que não tem sido fácil, neste exato momento, estou morrendo de vontade de transar, mas sei que, por mais que esteja viciado, eu domino meu corpo. Meu nível de motivação está elevadíssimo. Eu nunca , em sã consciência, ficarei uma semana sem ver vídeos pornográficos. Sinto que estou vencendo.
Isso prova muita coisa para mim.
Quanto aos sintomas, a dor de cabeça suavizou um pouco, o que mais incomoda, e é de se esperar,  é a vontade de transar que está em um grau quase insuportável. Mas, respiro... e sigo, crendo que dias melhores estão por vir.
Sinto que alguns benefícios estão aparecendo como a clareza mental e o  aumento do foco.
Hoje, em pleno domingo, estava em um shopping e, inacreditavelmente, eu passei 1 hora lendo um livro em meio a multidão. Noutros tempos, estaria à procura de alguém.  Isso me impressionou. Quando a gente sente a recompensa do sacrifício , as coisas ficam mais fáceis.
Se vc está desanimado ou caiu, prossiga, os benefícios são reais. Eu sou prova disso.
Vamos com força!!

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum