Ir em baixo
avatar
anamorada
Mensagens : 1
Data de inscrição : 28/03/2020

Desabafo Empty Desabafo

em 28/3/2020, 21:33
Assim como é horrível para quem está enfrentando o vício, o parceiro sofre em dobro.

Meu ex-namorado é viciado em pornografia, masturbação e além disso, em trocar mensagens com GP para se sentir "no poder".
A gente namorava à distancia e mesmo que antes de me conhecer ele já se masturbava, já via pornografia ele achava normal, não via como um vício, ele se deu conta do vício quando nos encontramos pessoalmente e ele não conseguiu chegar ao orgasmo ou sentir prazer, estava anestesiado.
E claro pra mim como pra toda mulher foi um choque de autoestima, eu sempre imaginava que o problema era eu, que eu não era atraente. Chegou um momento (ele só me contou muito depois) que após uma tentativa de sexo frustrada, assim que eu fui tomar banho ele se masturbou vendo uma foto de mulher pelada e foi ai que ele começou a se preocupar. Eu percebi que ele realmente queria enfrentar isso tudo e então apoiei, instalei bloqueadores no computador, no celular, controles parentais, ficou quase um ano sem se masturbar mas nunca deixou totalmente de ver porno ou imagem de mulheres nuas, todas as situações ele sexualizava, novela, filmes, tudo.
O porno que ele assistia não tinha nexo nenhum, garotas fazendo cocô, transando com animais, sexo violento, as coisas mais horríveis.
Até começar a mandar mensagens escrotas para garotas de programas testando até que ponto elas iam por dinheiro, pedindo para que elas mandassem vídeos fazendo alguma coisa, até lamber a tampa da privada ele já pediu, me confessou depois. Eu senti nojo repulsa, mas depois de muito implorar eu percebi que aquilo tava destruindo ele, então novamente começamos de novo. Ele ficou mais um tempo sem se masturbar até recair de novo e novamente, as mensagens para garota de programa, eu dei um ultimato que se isso não tivesse fim isso não daria para sustentar. Toda vez que ele recaía isso me afetava demais, eu ficava mal e já sofrendo compulsão alimentar, só piorava.
Ele começou de novo mas durou pouco e agora já faz uma semana que ele está se masturbando todos os dias pelo menos 5x por dia, ele me confessou que mesmo sem vontade ele faz, mas o que me fez terminar o namoro, foi as mensagens com garotas de programa terem voltado, isso pra mim era de longe o pior.
E agora estou eu aqui, acabada porque eu o amo e nunca conheci ninguém como ele não fosse por esse vício maldito que destruiu o nosso relacionamento, eu quero que ele saia disso, apoiá-lo mas eu não sei se conseguiria suportar as recaídas dele de novo, não consigo ver luz no fim desse túnel, indiquei o fórum pra ele, mas seguimos separados...
Enfim, eu precisava desabafar, nunca imaginei estar numa situação dessas.
avatar
Kevingood120
Mensagens : 7
Data de inscrição : 24/02/2020
Idade : 23

Desabafo Empty Re: Desabafo

em 30/3/2020, 20:46
estou namorando uma garota maravilhosa e estou com hocd, ela sofre demais cmg...

a unica coisa que queria era desejar ela de corpo de alma...
avatar
Gillys La Vie
Mensagens : 50
Data de inscrição : 17/03/2020
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro

Desabafo Empty Quando o próprio amor vacila!

em 1/4/2020, 01:32
Se alguém lhe pedir: salte deste penhasco no escuro! A resposta é sempre não, pq sabemos que vamos nos machucar. Amar é um salto no escuro e depois que passa essa febre nós vamos descobrindo a pessoa e nos apaixonando novamente por outras características que ele vai permitindo a gente descobrir. O seu salto no escuro, infelizmente foi trazendo a luz coisas difíceis de serem digeridas e assimiladas. Se já é difícil para quem luta contra o vício de P, imagina para a parceira. Durante este tempo vc foi essa parceira que esteve ali com a mão estendida pra qq derrapada, queda ou grito de socorro. Um vício tão do mal que indiretamente lhe trouxe outros transtornos que vc nem tinha ao iniciar esse relacionamento. No fim das contas esse salto lhe deixou um pouco doente tmbm. Seu namorado partiu para um lado bem pesado do pornô, deve ser difícil para uma parceira imaginar maneiras que correspondam esse grau de excitação e aí a gente culpa nos mesmos. Infelizmente esse relação que acabara a pouco não é saudável para vc e a gente precisa saber a hora de se afastar, deixar a água rolas para não sermos levados pela correnteza de maneira equivocada. É um vício horrível, que atrapalha, que toma parte da vida da pessoa mas o vício é dele, é meu e de tantos outros que estão aqui tentando. Temos q reconhecer que há uma parcela de culpa nossa nisso tudo e deixar o Vitimismo de lado. Não deve estar sendo fácil, é dolorido mas lembre-se sempre que vc não optou pelo fim e sim pelo respeito e amor próprio para com vc. Essa culpa do vício não lhe cabe. Durma em paz, vai passar. Sigamos em frente!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum