Ir em baixo
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 14:24
Boa tarde a todos!

Eu descobri o site por acaso, me identifiquei e li muito, aqui e fora, sobre o tema. Tenho uma série de comportamentos que podem ser explicados também pelo vício em PM.

Escolhi este avatar e nome de usuário por dois motivos: é o meu personagem de filmes favorito e também porque sinto que tenho dois "lados", um "dark side" e um "light side".

Bom, eu tenho 39 anos e pratico a M por pelo menos uns 26 ou 27. Lembro que cheguei a me apaixonar por uma colega de sala, lá pelos meus 12 anos, mas ao mesmo tempo me atraí por um aluno mais velho da mesma escola e cheguei a pensar nele enquanto me tocava. Comecei com P hétero e adulto. Lembro que lá pelos meus 15 ou 16 vi um filme na internet (desses de estúdio) em que aparecia um homem em trajes sociais e me atraí por ele. Desde então comecei a procurar por P homo intercalando com HT. Eu me sentia doente quando meus desejos ficaram mais fortes. Tive minha primeira relação (que foi paga) com uma mulher aos 19 anos. Tive algumas outras relações, sempre pagas, até arrumar uma namorada quando eu tinha 24 anos, que era uma pessoa ótima, gentil e carinhosa. Mas não sentia nada quando a beijava. Eu me indagava por que as pessoas adoravam beijar se não tinha graça. Mesmo enquanto estava com ela, pensava e fantasiava com homens e me sentia um depravado, um doente.

Precisei fazer anos de terapia para me aceitar. Quando eu tinha 27, tinha um amigo mais novo que era bastante afeminado e eu tinha vergonha de ser visto com ele. Eu nunca havia beijado um homem na minha vida e morria de medo de frequentar os locais que a comunidade LGBT da minha região frequentava. Em um dia, estava dando carona para o rapaz e ele me deu uma cantada. Fiquei apavorado e fingi que não entendi. Em uma outra vez, ele deu outra cantada e nós fomos a um drive-in. Eu beijei todo afoito e aconteceu  minha relação sexual. Eu não gostei pelo jeito que foi, mas ao mesmo tempo gostei porque senti uma liberdade. A frequência da M aumentou e eu passei a consumir pornô de twinks.

Dali em diante comecei a navegar nos chats da vida (os aplicativos ainda nem existiam) e arrumar parceiros ocasionais. Mesmo tendo relações com alguma regularidade (normalmente com pessoas mais novas que eu), continuei consumindo bastante P. Cheguei a namorar algumas vezes, mas sempre com mais novos que eu, embora todos maiores de idade. A M começou e eu passei a procurar por simulações de art. 213 do CP (de estúdio).

No último namoro, que durou quase 6 anos e chegamos a morar juntos, o consumo de P diminuiu (mas nunca parou), e ele era ávido consumidor também. Nesse período passei a procurar P de daddy x twinks (ainda de estúdio). Quando terminamos a relação eu já tinha 36 anos e aí que a coisa degringolou. Passei a usar o aplicativo da cebola para me arriscar a procurar material de mais velhos X mais jovens de verdade. Tinha medo de acontecer alguma coisa comigo mas ao mesmo tempo não conseguia largar. Nos últimos tempos, passei a procurar fotos de adolescentes a partir dos 12 ou 13 anos em trajes de atleta, sungas etc.

Nesse tempo, já trabalhava no atual ramo, e fica complicado ter de lidar com alunos. Eu evito ao máximo tocar neles e eles sabem que eu só cumprimento acenando. Os menores (por exemplo, do sexto ano) vêm direto para abraçar os professores (herança dos tempos em que lidava com a "tia" do 5º ano), eu evito mas não ligo. Não me dá gatilho nenhum. Agora quanto aos mais velhos, fantasiava com eles em casa enquanto praticava a M. E isso só foi aumentando. Um dos alunos percebeu que eu estava olhando para suas nádegas e falou com um colega. Fico imaginando o que já disseram. Nunca fiz nada em concreto e quero continuar assim.

Fui assediado (forte) por um aluno de 14 anos, fiquei muito perturbado e apavorado e relatei o assédio à minha chefe, que não fez nada. Eu passei a fugir do garoto, tinha medo. Ele saiu da escola quando fez 16 anos (foi para o ensino médio) e, em Janeiro do ano seguinte, me chamou para sair. Fiquei num impasse entre ter vontade de sair e em me segurar e consegui me segurar, tinha medo de degringolar de vez. Nos últimos tempos, sem ter um parceiro fixo, passei a usar os aplicativos. Comecei a ter DE, coisa que nunca tinha tido na vida. Não foi uma vez, foram várias.

Quando os impulsos vêm, vou fazer faxina em casa, dormir, assistir TV, desviar minha atenção. Aí vou assistir um filme ou série e vejo um adolescente ou jovem homem bonito. Na hora vou pesquisar quem é e disseco  o IG da pessoa.Não chego a me M, mas olho com compulsão todas as fotos.

Na semana passada resolvei fazer uma limpeza nas redes sociais e uma das coisas que fiz foi bloquear os perfis de todos os famosos que me geram atração - dos mais jovens até os mais velhos, como o Cauã Reymond, que é mais velho que eu.

Já estou há 4 ou 5 dias sem praticar nada. Quando senti vontade em uma noite, no lugar de M, abri um livro e comecei a ler. É minha estratégia atual, já que filmes e séries também podem me dar gatilho.

De qualquer forma, não me vejo mais tendo relacionamentos com  mulheres, só homens, e não tenho problemas com isso.

Não sei se o meu caso é a P que mexeu tanto comigo ou o buraco é mais embaixo. Alguém já vivenciou algo semelhante?

Eu sei que isso não é vida e quero me livrar. Voltei recentemente à terapia e ainda não consegui abordar essas coisas.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 14:32
Ah,

E eu havia lido bastante este fórum. Já faz uns dias que instalei bloqueadores no celular. No computador (meu uso é principalmente nele) bloqueei os endereços lá no hosts. Para desbloquear, teria de apagar o conteúdo ou baixar um aplicativo que pule os bloqueios. Mas até ir mexer no hosts ou baixar o aplicativo, já consegui dar uma segurada no impulso.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 98
Data de inscrição : 23/06/2019

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 17:21
seja bem-vindo, darthvader. me identifiquei com seu relato - progressão no consumo de formas mais pesadas de P e também episódios de DE. acho que se afastar da P vai te fazer muito bem.

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

Períodos sem PMO: 06/06 - 14/07/19; 29/09 - 29/10/19; 12/06/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...
Períodos hard mode: 11/07/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...

darthvader gosta desta mensagem

Josuez
Josuez
Mensagens : 525
Data de inscrição : 15/07/2018

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 20:29
Bem vindo ,fez bem em procurar o fórum antes que as coisas pudessem se agravar ,agora é se manter o mais longe possível da pmo .E forças para você nesse começo ,e saiba que pode contar com a gente Wink .

_______________________________________


"E nisso vou ,um dia de cada vez, sem pular degraus e sem olhar para trás ,só seguindo em frente"
(Yo)

darthvader gosta desta mensagem

0126
0126
Mensagens : 116
Data de inscrição : 08/06/2020

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 20:38
Fiquei extremamente triste pelo o que a P fez na sua vida. Foi muito bom
você ter vindo procurar ajuda. O reboot já ajudou várias pessoas a terem suas
vidas de volta e a acabar com esse vício que vai nos destruindo aos poucos.
Conte com o reboot e o apoio do fórum que você vai conseguir se livrar disso
Bem-vindo e sempre nos atualize diariamente de como tá indo essa jornada,
os problema que cê anda passando e tal. Wink

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Quadro11
۩۞۩───── ✧ ───── ۩۞۩
"Fico na esperança de que, à medida que o tempo passe,
consigamos pouco a pouco readquirir a liberdade que existia entre nós"

Pássaro de Fogo gosta desta mensagem

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 20:59
Dá um certo alívio pensar que não estou sozinho nisso e que há uma saída. Há anos que penso que só tinha duas: cadeia ou caixão. Fiquei muito próximo de abreviar minha vida. Sério, você não sabe o bem que me fez ler sua mensagem.

sbtrktr escreveu:seja bem-vindo, darthvader. me identifiquei com seu relato - progressão no consumo de formas mais pesadas de P e também episódios de DE. acho que se afastar da P vai te fazer muito bem.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 21:00
Obrigado! Mesmo sendo anônimo, tive de reunir coragem para começar a postar. É um assunto do qual tenho muita vergonha e nas terapias em que passei nunca consegui abordar com tanta franqueza.

Josuez escreveu:Bem vindo ,fez bem em procurar o fórum antes  que as coisas pudessem se agravar ,agora é se manter o mais  longe possível da pmo .E forças para você nesse começo ,e saiba que pode contar com a gente Wink .

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 10/7/2020, 21:04
0126 escreveu:Fiquei extremamente triste pelo o que a P fez na sua vida. Foi muito bom
você ter vindo procurar ajuda. O reboot já ajudou várias pessoas a terem suas
vidas de volta e a acabar com esse vício que vai nos destruindo aos poucos.
Conte com o reboot e o apoio do fórum que você vai conseguir se livrar disso
Bem-vindo e sempre nos atualize diariamente de como tá indo essa jornada,
os problema que cê anda passando e tal. Wink

Obrigado, 0126! Hoje eu tenho estado mais estável, continuo em tratamento psiquiátrico e estou atacando duas fontes problemáticas ao mesmo tempo. Isso tudo que relatei e o vício nos carboidratos, que também deixam os neurotransmissores enlouquecidos. Por conta de tudo isso, eu me fechei em uma concha, me isolando das várias pessoas que me querem bem. Não deixei de trabalhar (só por um período de 6 meses que fiquei afastado, estava no fundo do poço). Aos poucos estou me reerguendo e penso que destruir mais esse vício vai me ajudar muito na recuperação.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 12/7/2020, 00:13
sbtrktr escreveu:seja bem-vindo, darthvader. me identifiquei com seu relato - progressão no consumo de formas mais pesadas de P e também episódios de DE. acho que se afastar da P vai te fazer muito bem.

Oi, sbtrktr !

Como eu havia mencionado, eu passei a procurar material de adolescentes - ou que se pareçam com, tipo aqueles meninos que são maiores de idade mas tão magros quase desnutridos, sem pelos etc.

Você só se estimulava vendo P ou se visse na rua também?

Por que se passa um na rua que tenha o perfil que eu assistia na net, eu fico que nem um cavalo no cio, tenho que fazer um baita esforço para tirar os olhos.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 98
Data de inscrição : 23/06/2019

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 12/7/2020, 14:14
boa tarde, darthvader. na maioria das vezes que praticava M usava as lembranças de encontros passados, com pessoas conhecidas, mesmo quando eu estava vendo P. quando via homens na rua que me atraíam eu lógico que olhava bastante rsrs e às vezes praticava M, mas não era o comum.

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

Períodos sem PMO: 06/06 - 14/07/19; 29/09 - 29/10/19; 12/06/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...
Períodos hard mode: 11/07/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 12/7/2020, 22:43
Oi, sbtrktr .

O que eu digo é que às vezes eu tenho a fissura em olhar o corpo, o rosto da pessoa e já aconteceu de notarem e eu ficar embaraçado. Parece uma força que me domina e me obriga a olhar.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 13/7/2020, 12:40
Mal comecei e já tive a primeira queda. Sabe quando você tem quase certeza de que vai dar m... ?
Ontem tive uma notícia de que uma pessoa muito querida está bastante doente. Quando voltava para casa, passei na frente de uma padaria e comprei um rocambole imenso. Comi todinho, e isso porque estou seguindo a low carb.

Hoje de manhã comecei a procurar material de trabalho e me deparo com um nome parecido com o de um ator P. Vamos supor que o nome do ator seja Sigfrido Starkiller (o prenome é bem diferente). Aí o nome da pessoa que eu li era Sigfrido da Silva. Pronto, já foi o suficiente para baixar o app que passa por cima do hosts e visitar os sites de sempre.

Agora me deu uma mulher dor de cabeça que tive que tomar remédio. Acrescentei no bloqueio o site que baixa o outro aplicativo, assim fica mais difícil. Agora vou restaurar as permissões do hosts para ficar mais difícil de eu editar.

Bora zerar o contador pela primeira vez.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
David Silva
David Silva
Mensagens : 2721
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 13/7/2020, 15:45
Olá Darth,
Seja bem vindo.
Desculpe a demora para só hoje me manifestar eu estava em queda e só ontem retornei para o reboot.
Bom amigo, pela minha pequena experiência seu caso é mais do q a PMO sim. Seu problema principal é a fantasia e o fetiche. Digo isso porque você sabe nomes específicos (como o Art. 213 CP, eu tive até que pesquisar para ver o que era; claro tive uma vaga noção, mas fui confirmar), nomes de atores, tipos específicos de jovens (fetiches). O fetiche não é todo errado. Toda pessoa tem um ou outro. O problema é quando ele se torna a única forma de se satisfazer sexualmente. Queria muito poder te ajudar. E seria bom se você fizesse um contador para a gente te acompanhar. Eu tb to praticamente na mesma faixa de idade q vc 34 indo pra 35. Conte comigo.

Sinto a liberdade de compartilhar contigo um texto que escrevi sobre o Fetiche:

Fetiche: pensar a fantasia na construção do desejo


Na introdução de “Um mapa da ideologia”, Slavoj Zizek chega a pontuar a questão da fantasia. Ele remonta a Lacan, o qual procura “denunciar o mito do ‘sexo’, supostamente possível ‘antes’ da chegada do ‘sexo virtual’”. Ou seja, haveria uma prática sexual “real” antes da era da internet e da virtualidade e que após a emergência dos dispositivos de comunicação eletrônica, passou também a existir o que chamamos sexo virtual. O psicanalista francês questiona e problematiza a questão da virtualidade – tomada como possibilidade do vir a ser – enquanto o jogo com a fantasia, pois para ele toda prática sexual passa necessariamente pelo jogo dos desejos, do imaginário e no que aqui queremos tratar o fetiche. A relação entre os corpos é o ato carnal, mas a subjetivação e o desenvolvimento do prazer sexual vai além do físico e está no fantasmático. Conceitua, então, Zizek:



“A tese de Lacan de que “não existe relação sexual” significa, precisamente, que a estrutura do ato sexual “real” (do ato praticado com um parceiro de carne e osso) já é intrinsecamente fantasmática; o corpo “real” do outro serve apenas de apoio para nossas projeções fantasmáticas. Em outras palavras, o “sexo virtual” em que uma luva simula os estímulos do que se vê na tela, e assim por diante, não é uma distorção monstruosa do sexo real, mas simplesmente torna manifesta sua estrutura fantasmática subjacente” (ZIZEK, 1996, p.Cool.



Podemos perceber que o sexo virtual apenas evidencia o caráter imaginativo das relações sexuais. É possível sentir prazer sem tocar o corpo do outro. Dentro desse contexto queremos questionar o “fetiche”, numa ótica completamente iniciática e completamente sem compromisso teórico ou filosófico. Na mídia e, principalmente, na cibermídia parece haver um jogo de fetichização, principalmente por meio de imagens: corpos desnudos que aparecem a todo momento. Ao mesmo tempo coloca-se em jogo: o que é o fetiche? Quais as características positivas ou negativas do fetiche? Ele está ligado à curiosidade e ao mesmo tempo ao diferente.

No mundo moderno há um exagero da fetichização onde tudo é fantasia e onde tudo é feito por meio do visual. É preciso ver corpos bonitos, é preciso ver a prática sexual. Dessa forma, a sexualidade passa por coerções e na construção da sua identidade sexual, o sujeito é colocado numa imposição para se definir de tal ou tal forma. A descoberta do desejo é camuflada por desejos (dos) outros. Estamos sendo contra o fetiche? De forma alguma. A fantasia é o alicerce do desejo. Porém, há fantasias que são do sujeito e fantasias que vem de outros lugares. Precisamos deslocar a questão do fetiche para além do sexo.

Num mundo tomado pelas práticas publicitárias que incitam o consumo, ter é mais do que ser, já nos diz o velho clichê. Quando tenho um produto que me é passado como “aura”, como um objeto de consumo que me dá prestígio, status, tranquilidade, conforto do ego, eu me subjetivo como alguém de fato. Porém a construção da identidade está muito além do ter… Entram em jogo na consolidação do desejo as emoções, os sentimentos, as identificações. Para se saber quais são as verdadeiras emoções, sentimentos e identificações do sujeito é preciso um tempo de silêncio, espera, a fuga do visual para se deixar vir a fantasia certa, o fetiche certo e aí poderíamos dizer que nem mais é fetiche e sim desejo de fato. Pois o fetiche muitas vezes é da alçada do impossível, do proibido, do sujo, do escandaloso, do exagerado. Enquanto que uma fantasia, liberta das amarras de imposições societárias e culturais, é algo que emancipa o sujeito e o faz descobridor de si. É algo do possível, do permitido, do prazeroso, do comunicativo (comunica sentimentos e emoções, visto que a comunicação é a comum-ação), e é sempre simples.

Pensar a fantasia na construção do desejo é o que é preciso ser feito cada vez mais. A fantasia ocupa um lugar importante no processo de subjetivação, mas não é o único elemento que se faz presente. Já que todo o jogo sexual se faz pela fantasia, é ela que mexe com as paixões e sentimentos. Todavia o homem é um ser bio-psíquico-social. Digamos que a fantasia alimenta a carga erótica do bio, da parte de vida, de desejo material e carnal, mas ela entrelaça também as demais esferas. Assim a construção do desejo humano perpassa toda sua vivência em sociedade e ao mesmo tempo sofre imposições dela. Para o sujeito consolidar-se e ter de fato seus desejos atendidos e movimentados, deve buscar conhecer a si e ver quando uma fantasia é realmente um desejo ou é uma imaginação coagida por ilusões e negações de mecanismos de poder que envolvem a exploração dos sentimentos.



REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

ZIZEK, Slavoj (org.). Um mapa da ideologia. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 13/7/2020, 19:58
Oi, David! Obrigado pelas palavras! Adorei suas colocações, em especial seu artigo. Não sei se você é da área de saúde mental, mas já pensou em publicar algo? O e-book e os textos do Rafael são as únicas ferramentas em língua portuguesa de fácil acesso e concentradas. Eu encontro um texto aqui e ali, sem fontes, sem referências.

Seja bem vindo.
Desculpe a demora para só hoje me manifestar eu estava em queda e só ontem retornei para o reboot.
Bom amigo, pela minha pequena experiência seu caso é mais do q a PMO sim. Seu problema principal é a fantasia e o fetiche. Digo isso porque você sabe nomes específicos (como o Art. 213 CP, eu tive até que pesquisar para ver o que era; claro tive uma vaga noção, mas fui confirmar), nomes de atores, tipos específicos de jovens (fetiches). O fetiche não é todo errado. Toda pessoa tem um ou outro. O problema é quando ele se torna a única forma de se satisfazer sexualmente. Queria muito poder te ajudar. E seria bom se você fizesse um contador para a gente te acompanhar. Eu tb to praticamente na mesma faixa de idade q vc 34 indo pra 35. Conte comigo.


O meu problema é que as fantasias e fetiches estão gerando problemas no mundo real. Nunca fiz nada com menores de idade (e nem pretendo), mas tenho olhado compulsivamente e eu trabalho com adolescentes, o que se torna uma verdadeira tortura.

Eu até tinha satisfação sexual com os parceiros que tive, até aparecer a DE. Mas, pelo meus últimos encontros, meus parceiros são todos bem mais jovens que eu. Eu vou envelhecendo e eles continuam tendo a mesma idade. Entende o problema?


Para se saber quais são as verdadeiras emoções, sentimentos e identificações do sujeito é preciso um tempo de silêncio, espera, a fuga do visual para se deixar vir a fantasia certa, o fetiche certo e aí poderíamos dizer que nem mais é fetiche e sim desejo de fato. Pois o fetiche muitas vezes é da alçada do impossível, do proibido, do sujo, do escandaloso, do exagerado. Enquanto que uma fantasia, liberta das amarras de imposições societárias e culturais, é algo que emancipa o sujeito e o faz descobridor de si. É algo do possível, do permitido, do prazeroso, do comunicativo (comunica sentimentos e emoções, visto que a comunicação é a comum-ação), e é sempre simples.

Este trecho foi assustador e reconfortante ao mesmo tempo. Os meus fetiches são da alçada do impossível e do proibido. Só com o reboot eu vou descobrir a verdade, pelo que tenho lido. Mas meu medo é que realmente eu tenha uma "efebofilia".

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
David Silva
David Silva
Mensagens : 2721
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 13/7/2020, 20:13
darthvader escreveu:Oi, David! Obrigado pelas palavras! Adorei suas colocações, em especial seu artigo. Não sei se você é da área de saúde mental, mas já pensou em publicar algo? O e-book e os textos do Rafael são as únicas ferramentas em língua portuguesa de fácil acesso e concentradas. Eu encontro um texto aqui e ali, sem fontes, sem referências.

Eu não sou da área de saúde, mas já pensei em fazer Psicologia. Gosto muito.

Seja bem vindo.
Desculpe a demora para só hoje me manifestar eu estava em queda e só ontem retornei para o reboot.
Bom amigo, pela minha pequena experiência seu caso é mais do q a PMO sim. Seu problema principal é a fantasia e o fetiche. Digo isso porque você sabe nomes específicos (como o Art. 213 CP, eu tive até que pesquisar para ver o que era; claro tive uma vaga noção, mas fui confirmar), nomes de atores, tipos específicos de jovens (fetiches). O fetiche não é todo errado. Toda pessoa tem um ou outro. O problema é quando ele se torna a única forma de se satisfazer sexualmente. Queria muito poder te ajudar. E seria bom se você fizesse um contador para a gente te acompanhar. Eu tb to praticamente na mesma faixa de idade q vc 34 indo pra 35. Conte comigo.


O meu problema é que as fantasias e fetiches estão gerando problemas no mundo real. Nunca fiz nada com menores de idade (e nem pretendo), mas tenho olhado compulsivamente e eu trabalho com adolescentes, o que se torna uma verdadeira tortura.

Eu até tinha satisfação sexual com os parceiros que tive, até aparecer a DE. Mas, pelo meus últimos encontros, meus parceiros são todos bem mais jovens que eu. Eu vou envelhecendo e eles continuam tendo a mesma idade. Entende o problema?
Se for maiores de idade a diferença de idade não tem problema nenhuma, se for de comum acordo entre as partes. Você só enfrentará um problema que a sociedade ainda tem. Mas se for maior de idade está tudo ok, e vai fundo.

Para se saber quais são as verdadeiras emoções, sentimentos e identificações do sujeito é preciso um tempo de silêncio, espera, a fuga do visual para se deixar vir a fantasia certa, o fetiche certo e aí poderíamos dizer que nem mais é fetiche e sim desejo de fato. Pois o fetiche muitas vezes é da alçada do impossível, do proibido, do sujo, do escandaloso, do exagerado. Enquanto que uma fantasia, liberta das amarras de imposições societárias e culturais, é algo que emancipa o sujeito e o faz descobridor de si. É algo do possível, do permitido, do prazeroso, do comunicativo (comunica sentimentos e emoções, visto que a comunicação é a comum-ação), e é sempre simples.

Este trecho foi assustador e reconfortante ao mesmo tempo. Os meus fetiches são da alçada do impossível e do proibido. Só com o reboot eu vou descobrir a verdade, pelo que tenho lido. Mas meu medo é que realmente eu tenha uma "efebofilia".
Todo fetiche nasce como proibido, o problema é que alguns podem realizar sem nenhum problemas e outros se realizar podem ter problemas e podem até ser considerados crimes sexuais. O legal é vc prezar sempre pelo equilíbrio. O que eu quis mostrar no texto é que o fetiche pode ser algo mais aprisionante e já a fantasia não.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 13/7/2020, 22:43
Seja bem vindo.
Desculpe a demora para só hoje me manifestar eu estava em queda e só ontem retornei para o reboot.
Bom amigo, pela minha pequena experiência seu caso é mais do q a PMO sim. Seu problema principal é a fantasia e o fetiche. Digo isso porque você sabe nomes específicos (como o Art. 213 CP, eu tive até que pesquisar para ver o que era; claro tive uma vaga noção, mas fui confirmar), nomes de atores, tipos específicos de jovens (fetiches). O fetiche não é todo errado. Toda pessoa tem um ou outro. O problema é quando ele se torna a única forma de se satisfazer sexualmente. Queria muito poder te ajudar. E seria bom se você fizesse um contador para a gente te acompanhar. Eu tb to praticamente na mesma faixa de idade q vc 34 indo pra 35. Conte comigo.


Conheço bastante da terminologia do assunto, como você percebeu. O fetiche transpassa para o mundo real de duas formas, a meu ver:

1. Passa um adolescente que eu considero atraente e eu sinto a necessidade de olhá-lo muito. Isso é um problema porque eu trabalho com adolescentes.
2. Quando eu usava os aplicativos, os que mais me chamavam a atenção tinha o mesmo perfil: bem mais novos que eu, na casa dos 19, 20 anos, rosto delicado, poucos pelos. Conforme fui envelhecendo, o perfil continuou o mesmo mas a diferença de idade foi aumentando, entende?

Meu primeiro namorado era 8 anos mais novo. O segundo, 9. O terceiro, com quem casei, 11. O último, que não namorei, mas ficamos e conversamos por algum tempo (foi agora em Janeiro), é 18 anos mais novo. Vê como acontece?

Não que as pessoas mais velhas não me atraiam. Sim, me atraem. Mas se o Tom Holland e o Henry Cavill estiverem a fim de mim, eu vou acabar com o Spiderman embora ache o Superman dezenas de vezes mais bonito e sexy. Entende?

Se for maiores de idade a diferença de idade não tem problema nenhuma, se for de comum acordo entre as partes. Você só enfrentará um problema que a sociedade ainda tem. Mas se for maior de idade está tudo ok, e vai fundo.


Como te falei, todos maiores de idade, mas com o mesmo perfil. Isso me incomoda demais. Eu não quero estar com 50 ou 60 anos indo atrás dos garotos de 20.


_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
David Silva
David Silva
Mensagens : 2721
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 14/7/2020, 10:22
Por que isso te incomoda? E você já tentou conhecer ou ficar com pessoas mais velhas?

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 14/7/2020, 11:03
Já fiquei sim, e deu certo. Só que, se eu puder escolher, acabo sempre escolhendo o mais novo. Isso me incomoda porque o perfil é de quem está no fim da adolescência, então parece reforçar o fetiche.

Um dia quero namorar sério de novo com alguém, e não me vejo, com quase 40 anos, com um cara de 19. São etapas de vida diferentes, pensamentos diferentes, objetivos diferentes.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
David Silva
David Silva
Mensagens : 2721
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 14/7/2020, 16:18
Hoje eu vi uns adolescentes na rua e me lembrei de você. Eu também acho os teens (acima de 18 anos) bem gatinhos também. Mas já para relacionar eu prefiro ou da minha idade ou mais velhos. A cabecinha de um teen é muito infantil ainda.


_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 14/7/2020, 17:46
Exato... eu quero alguém mais velho para ter uma mentalidade parecida. Por isso preciso me livrar desses pensamentos.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
Luiggi
Luiggi
Mensagens : 130
Data de inscrição : 12/06/2020

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 16/7/2020, 17:29
Sabe Darth, eu acho que vc está muito ligado ao corpo ainda, e na referência que a P nos da.
Eu te entendo muito. Tenho 40 e meus relacionamentos são com boys de 25. Tem um de 22 doido pra transar comigo. Mas no fundo eh só isso. Um corpo, uma imagem. Hoje eu entendo, gosto da jovialidade, mas fica faltando algo.
A atração por teens eh grande, mas hoje percebo que vejo eles como referências do pornô. Quero um teen pra fazer o que eu vejo nos filmes.
Eu não vejo um problema a diferença de idade. Contanto que isso não seja um problema, entende? No meu antigo relacionamento o boy tinha 25, mas Éramos alinhados.
Como estou no reboot, isso perde o sentido. Não quero fazer o que eu vejo nos filmes. Eu quero sentir, quero trocas, conversas, experiências, sentimentos.
Isso faz toda a diferença.
Tem novinhos e tem novinhos. Tem mais velhos e tem mais velhos.
Tem atração física. Tem atração holística.
Tem sexo (uma foda) e tem sexo (um momento)
Nossas referências da P fodem demais nossa sexualidade. Será que isso faz sentido pra vc?
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 17/7/2020, 10:10
Sabe Darth, eu acho que vc está muito ligado ao corpo ainda, e na referência que a P nos da.

Totalmente!!

Eu te entendo muito. Tenho 40 e meus relacionamentos são com boys de 25. Tem um de 22 doido pra transar comigo. Mas no fundo eh só isso. Um corpo, uma imagem. Hoje eu entendo, gosto da jovialidade, mas fica faltando algo.
A atração por teens eh grande, mas hoje percebo que vejo eles como referências do pornô. Quero um teen pra fazer o que eu vejo nos filmes.


Quando usava os apps, o meu foco eram os mais novos. Houve duas situações que me deixaram muito perturbado. Em 2018 tive um aluno que começou a me assediar dentro da escola. Fugia dele, relatei para a diretora, que nada fez. No ano seguinte, ele estava no ensino médio, fez 15 anos, e me convidou para "sair". Passou de tudo na minha cabeça, fiquei em conflito, mas inventei uma desculpa e fugi. Neste ano, um ex-aluno com 16 anos foi mais incisivo e eu tremi das bases. Eu perguntei "quando ele viria me visitar" e ele correu. Se ele tivesse falado hoje, eu teria dado meu endereço, entende?

Não sei se é a P ou não, mas penso que, se eu me relacionar só com esses de 20, acaba reforçando isso e eu posso cair nessas ciladas como te relatei.

Eu fico pensando (e sofro com isso) se essa "preferência" do mundo real decorre do uso excessivo de P ou é minha mesmo.

Eu não vejo um problema a diferença de idade. Contanto que isso não seja um problema, entende? No meu antigo relacionamento o boy tinha 25, mas Éramos alinhados.

Eu me incomodo demais!

Como estou no reboot, isso perde o sentido. Não quero fazer o que eu vejo nos filmes. Eu quero sentir, quero trocas, conversas, experiências, sentimentos.
Isso faz toda a diferença.


Como eu havia falado, todos os meu ex eram bem mais novos e isso fazia bastante diferença nos relacionamentos.

Nossas referências da P fodem demais nossa sexualidade. Será que isso faz sentido pra vc?

Faz todo o sentido! Ainda não estou procurando P propriamente dita, mas agora vou atrás de fotos de praia, piscina, catálogos de roupa etc de meninos adolescentes de verdade, com seus 13-14 anos. Alunos da mesma idade estão me chamando a atenção. As fantasias estão aparecendo.

Será que tudo isso decorre da P ou é alguma coisa muito pior?

Isso me deixa extremamente angustiado. Tempos atrás pensei em resolver logo meu sofrimento. Hoje estou procurando meio de combater tudo isso.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 18/7/2020, 20:23
Ontem joguei minha tarde fora dormindo, hoje foi quase o dia todo. Às vezes me bate moleza, vontade de não fazer nada. Enquanto eu estava deitado, minha mente não parava. Vieram coisas do passado, flertes que não entendi (por muito tempo fui bastante "tapado"), cheguei a ter ereção, mas procurei praticar um pouco de mindfullness enquanto montava o cubo mágico e os pensamentos foram embora. Acabei adormecendo (e dormi muito).

Embora na maioria dos dias eu esteja bem, às vezes bate o desânimo e o cansaço constante, o que me leva a querer comer uma tonelada de açúcar e praticar PMO. Felizmente, ontem caí de cara nos carboidratos (pedi pizza), mas não na PMO e hoje nem nos carboidratos. Na verdade, resolvi fazer jejum terapêutico.

Como falei em alguma outra resposta, percebi uma relação muito forte com o consumo de carboidratos (em especial, doces) e PMO. Quando caio em um, normalmente caio no outro também.

É mais estressante lidar com dois vícios ao mesmo tempo, mas é o que tenho para hoje.

_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 98
Data de inscrição : 23/06/2019

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 19/7/2020, 10:49
tu resetou recentemente? como foi darth?

o uso de açúcar e PMO vem em quais situações? ansiedade?

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

Períodos sem PMO: 06/06 - 14/07/19; 29/09 - 29/10/19; 12/06/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...
Períodos hard mode: 11/07/20 - 26/07/20; 29/07/20 ...

darthvader
darthvader
Mensagens : 96
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário/relato semanal - Darth Vader Empty Re: Diário/relato semanal - Darth Vader

em 19/7/2020, 11:48
sbtrktr escreveu:tu resetou recentemente? como foi darth?

o uso de açúcar e PMO vem em quais situações? ansiedade?

Eu tenho TDAH e estou desenvolvendo técnicas de organização da rotina com a psicóloga. No entanto, vejo minha casa zoneada e suja, pilhas de louça para lavar, chão sujo, trabalhos para fazer e várias outras coisas pendentes e a ansiedade bate forte. Às vezes dá até falta de ar. Caio de cara nos carboidratos, mais notadamente nas coisas doces. E isso puxa para a PMO. Vem um pensamento mais ou menos assim: "hoje o dia está f* mesmo, então não vai ser grande coisa ir para a P". E vice-versa.




_______________________________________
Diário/relato semanal - Darth Vader Anycon10






Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum