Ir em baixo
CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Diário do CavaleiroDaLua

em 24/8/2020, 00:06
Boa noite pessoal, eu estou utilizando meu Pseudónimo CavaleiroDaLua e irei relatar a minha história para vocês e o porque eu recorrer ao reboot.

Hoje tenho 24 anos de idade, comecei com o vício em pornografia aos 13 anos de idade (jovialidade com suas novidades), e desde os 13 eu mantive o meu vício.

Como muita gente, comecei a acreditar que masturbação com pornografia era algo completamente normal, que todo o homem consome (inclusive fui incentivado por um amigo, e dizia que se eu não me masturba-se vendo uma mulher sendo fodida, eu era gay). Depois comecei a me masturbar todo o dia (não tinha que ter um dia sequer que eu ficasse sem). Desde criança eu sempre fui bem tímido, e sempre tentei ter uma namorada.

Aos 18 anos comecei a dar inicio a uma depressão pesada, inclusive cheguei a pensar em suicídio la pelos 20 anos de idade. E até os 22 anos que foi quando melhorei.

Aos 21 anos de idade foi que eu perdi a minha virgindade, e passei pela minha primeira vergonha. Eu brochei mais de 1 vez com a mulher com a qual ia ter uma relação, a sorte que ela era compreensiva comigo, na segunda vez houve penetração mas não senti nada. Foi muito difícil eu chegar ao orgasmo, depois de 4 tentativas (imagine o quão compreensiva era a mulher). A partir disso comecei a ficar preocupado comigo (e nesse mesmo tempo, não acreditava que a pornografia era a causadora disso, inclusive, me aconselhavam a me masturbar pra aumentar a minha duração durante o sexo).

Depois disso, aos 22 anos eu tive a minha primeira namorada, pela qual eu havia me apaixonado. Pois é, e essa minha namorada era virgem, e eu de alguma forma, acreditava que tinha que tirar a virgindade dela para não ganhar chifre depois (uma crença familiar bem comum que eu acreditei). Lógico que eu sempre tentei ser respeitoso com ela e que só faria a penetração quando ela estivesse pronta. Ali que piorou tudo, toda a vez que ela estava mais apta e preparada, eu conseguia manter somente por um curto período a minha ereção, e na hora H eu SEMPRE falhava. A gente arranjava sempre uma forma de se dar prazer (exatamente aquela outra alternativa), mas eu sempre tinha aquela crença e aquele medo de que a minha namorada ia me deixar se eu não tirasse a virgindade dela. E nesse tempo, eu ainda estava com o vício, mesmo namorando.

E sim, mesmo namorando eu tentei acabar com essa porcaria, mas eu nunca conseguia. Até que um dia eu consegui ter a minha motivação e consegui ficar 5 dias sem pornografia e masturbação. Nesse mesmo tempo, a minha avó havia falecido e eu havia perdido o meu emprego por causa dessa pandemia, e no mês seguinte, essa minha namorada me deu um "pé na bunda". E a partir desse ponto, senti o meu vicio piorar mais do que já tava. Foi difícil encontrar motivação para parar com o vício depois disso (pois eu ainda acreditava que não era algo que me fazia mal). E além do mais, essa minha namorada não aceitava eu ter algum vício (ainda mais em pornografia), eu havia tentado conversar com ela e que estava tentando acabar com isso, e ela não se sentia bem conversando sobre isso, ela chegava até a me culpar pelo jeito que eu era. Então resumindo, era a perda do meu emprego, o falecimento da minha avó e o pé na bunda que eu levei, tive que lidar com tudo isso em uma pancada só.

Já faz um tempo que estou separado, e nesse tempo meu vicio pareceu tornar-se algo necessário para mim. Inclusive consegui arranjar novamente outros motivos para parar, e por milagre consegui ficar 9 dias (o recorde dos recordes desde os 14 anos meus), mas me deu uma recaída no caminho e acabei voltando ao vicio de uma maneira mais forte ainda. Eu ainda pensava que eu precisava acabar com o vício para ser aceito por alguma mulher ou coisa assim, eu me senti demais de culpado por ter esse vício, justamente por causa da minha ex. A minha crença sobre a virgindade, quase arrasou comigo, pois de toda a vez que eu tentava, nunca dava certo (não importasse o quão calmo eu estava). Me senti demais de culpado depois que levei um pé na bunda, fiquei pensando diversas vezes no que eu errei e o porquê, me senti o maior fracassado por perder alguém que eu me sentia tão bem como minha ex (ela era linda demais inclusive).

Hoje estou a uma semana novamente limpo, e arranjei novamente forças para acabar com o meu vício. Sei que o que aconteceu entre minha primeira relação séria, aconteceu porque era para acontecer assim mesmo. Minha ex nunca foi de falar na cara o que incomodava ela, ela sempre começava a não falar com a gente e depois que eu ficava preocupado em não perder ela, eu sedia a ela quando ela estava me julgando por coisa que eu não fiz (desconfiança e ciúme). Eu lendo relatos de sucesso e vendo o relato do pessoal do fórum que estão cedendo a esse reboot, me trouxe muito mais motivos para querer acabar com o meu vício.

A maior sorte que eu tenho grandes amigos que estão me ajudando, e acredito que encontrarei novos amigos aqui também, e acredito que não estou mais sozinho (pois com as pessoas que eu conheço, a maioria acham o vicio coisa normal, pouquíssimas pessoas estão me dando forças).

Esse é meu relato do dia e um desabafo, agradeço por quem leu e espero conseguir junto essa caminhada com quem também está precisando.

ilCapo gosta desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/06/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 24/8/2020, 06:16
Olá cavaleiro da lua, seja muito bem vindo ao fórum. Que bom que tenha tomado essa iniciativa de criar um diário porque é muito importante falar, guardando para si ou tentando resolver sozinho é mais difícil. Sinta-se a vontade aqui e é bom que atualize sempre que possível. Me identifiquei em alguns pontos com a sua história, também comecei bem novo por volta dessa idade de 13 anos e algumas crenças mentirosas também me foram ditas e por muito tempo acreditei nelas. Agora não precisa ficar se culpando tanto, olhe para o passado como uma experiência que serviu de aprendizado para onde você está agora, não tem como mudar a passado mas o futuro você pode.
Se você sentir necessidade instale bloqueadores nos teus aparelhos. É isso. Bem vindo ao fórum e boa sorte!

_______________________________________


Meu diário: https://www.comoparar.com/t10626-foco-fe-e-forca

CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Mais um dia, nos 9 dias limpos e o que está acontecendo

em 25/8/2020, 00:55
Pois então, hoje me deparei com um sintoma de abstinência, por qual passei por uma raiva da minha ex e já veio um chamado em minha cabeça para acessar a pornografia. Meu gráfico está começando a oscilar. Esqueci de mencionar que sou da área da computação, e estou em fase de TCC, logo não posso bloquear o google imagens no momento. Irei instalar o bloqueador no meu celular e dar a senha para um amigo, já estou usando o Qustodio e ainda não senti a vontade de "burlar o sistema". Porém hoje e ontem me veio a cabeça o pensamento da pornografia e a duvida se realmente tudo irá funcionar. Meu Pai que acreditava que era algo normal, agora está com total apoio comigo, pois ele quer muito que eu me concentre no TCC e sabe que isso atrapalha. Estou começando a me reeligar lendo livros como antigamente, praticando exercicios como academia e artes marcias (vezes em casa e vezes no saco de pancadas), assim como ver alguma coisa relacionado a ciência ou tecnologia (até sobre coisas relacionadas ao meu TCC).

Hoje também sai para passear com a minha cadela, minha cabeça estava um balão mas consegui aliviar a cabeça. Antes mesmo com o vicio, não conseguia fazer uma linha sequer do meu TCC (sendo que estou fazendo ele a 1 ano e meio, praticamente enrolando esse tempo todo), e agora estou até mais motivado e com bastante vontade de fazer o TCC, é como se, se eu definir em fazer o TCC eu faço mesmo (tenho distrações como instagram e facebook mas não tão grande quanto antes). Logo nos primeiros dias pelo menos, estou moldando a minha motivação e combatendo a procrastinação. Unica coisa que está vindo a tona, é a leve depressão e a raiva da minha ex. Mas sei que eu encontrarei o que preciso, e tenho fé que irei melhorar depois do reboot. Hoje entendo um tio meu que foi viciado em bebida, sei o quanto ele já tentou e como foi dificil, assim como um primo meu que também foi viciado em drogas, tenho eles como minhas inspirações.
Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/06/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 25/8/2020, 10:14
CavaleiroDaLua escreveu:Pois então, hoje me deparei com um sintoma de abstinência, por qual passei por uma raiva da minha ex e já veio um chamado em minha cabeça para acessar a pornografia. Meu gráfico está começando a oscilar. Esqueci de mencionar que sou da área da computação, e estou em fase de TCC, logo não posso bloquear o google imagens no momento. Irei instalar o bloqueador no meu celular e dar a senha para um amigo, já estou usando o Qustodio e ainda não senti a vontade de "burlar o sistema". Porém hoje e ontem me veio a cabeça o pensamento da pornografia e a duvida se realmente tudo irá funcionar. Meu Pai que acreditava que era algo normal, agora está com total apoio comigo, pois ele quer muito que eu me concentre no TCC e sabe que isso atrapalha. Estou começando a me reeligar lendo livros como antigamente, praticando exercicios como academia e artes marcias (vezes em casa e vezes no saco de pancadas), assim como ver alguma coisa relacionado a ciência ou tecnologia (até sobre coisas relacionadas ao meu TCC).

Hoje também sai para passear com a minha cadela, minha cabeça estava um balão mas consegui aliviar a cabeça. Antes mesmo com o vicio, não conseguia fazer uma linha sequer do meu TCC (sendo que estou fazendo ele a 1 ano e meio, praticamente enrolando esse tempo todo), e agora estou até mais motivado e com bastante vontade de fazer o TCC, é como se, se eu definir em fazer o TCC eu faço mesmo (tenho distrações como instagram e facebook mas não tão grande quanto antes). Logo nos primeiros dias pelo menos, estou moldando a minha motivação e combatendo a procrastinação. Unica coisa que está vindo a tona, é a leve depressão e a raiva da minha ex. Mas sei que eu encontrarei o que preciso, e tenho fé que irei melhorar depois do reboot. Hoje entendo um tio meu que foi viciado em bebida, sei o quanto ele já tentou e como foi dificil, assim como um primo meu que também foi viciado em drogas, tenho eles como minhas inspirações.

Fala cavaleiro, no começo é difícil mesmo cara. Nosso cérebro está acostumado a ver aquelas imagens e vídeos e quando fica sem, qualquer situação que não é boa bate a vontade mas isso é o inimigo querendo nos derrubar. No começo eu também duvidava de se isso iria dar certo mas ao ver os benefícios que traz eu não pensei duas vezes e quero continuar essa batalha. Hoje estou muito mais concentrado nas coisas que faço, focado no trabalho, estudo, saúde que era coisas que muitas vezes eu deixava de lado para ficar acessando P. Só quero te dizer que o problema existe mas não é um bicho de 7 cabeças, não fica pensando muito nisso, eu sei que é difícil mas logo isso vai passar, foca no seu futuro, nas coisas que você almeja realizar que vai dar tudo certo.
Abraços e boa sorte!

LuckyTheWolf e CavaleiroDaLua gostam desta mensagem

Drew
Drew
Mensagens : 240
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986 drewforum@gmail.com

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 25/8/2020, 13:12
Fala bro, vou estar por aqui pra acompanhar a sua jornada, vamos nessa, tmj!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t10897-diario-da-minha-vitoria

Metas
3 dias (12/08/2020) - 7 dias (16/08/2020) - 10 dias - 14 dias - 17 dias - 21 dias - 25 dias - 30 dias - 37 dias
43 dias (recorde atual) - 44 dias (ultrapassar o recorde) - 45 dias (metade do reboot) - 50 dias - 60 dias
70 dias - 80 dias - 90 dias (INFINITO)

CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 262
Data de inscrição : 15/07/2017

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 25/8/2020, 17:52
E ai Cavaleiro

Bom, acho que você veio ao lugar certo, aqui todos passamos por esses problemas e estamos tentando superar, se precisar de amigos por aqui, eu estarei aqui.

O conselho que eu te dou é comece o reboot e não pare mais, a sensação é muito boa e a cada dia melhora mais.

Abraços

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.png

Rudolf Hansen e CavaleiroDaLua gostam desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty 11 dias, mas seguimos em frente ainda

em 27/8/2020, 00:15
Boa noite meus amigos, agradeço pelo apoio e por demonstrarem que estão comigo nessa causa. Hoje acabo de perceber coisas como, as pessoas que estão contando comigo para limpar esse vício e acredita que é um mal que acontece comigo. Estou fazendo o programa revert (pago), e acabo de perceber coisas bem interessantes, eu tenho que literalmente me perdoar por tudo o que aconteceu no meu relacionamento, não significa que eu estava certo, mas que eu não me reconhecia durante esse tempo. Eu estou agora decidido a mudar por mim mesmo, eu não quero mais ter aquele sentimento de estar escondendo coisas no meu computador (sim, eu vivia baixando filmes pornos, além do PMO eu ainda tinha o vicio em baixar, já cheguei a 300 GB de vídeo). Hoje eu não penso mais em retornar com minha ex. As coisas que eu penso é literalmente o que esse vicio me interrompeu para ser alguém melhor.

Me lembrei hoje de várias coisas ruins que o vício me deu e que minha moral é contra. Categorias de porno (isso é muito mais assustador se pensar na vida real), alterações físicas (percebi que a forma do meu ombro direito é diferente do ombro esquerdo), as roupas sujas de forma exagerada como cuecas, as vezes em que eu podia fazer algo diferente e descontava uma tarde inteira em pornografia.

Eu imagino como seria hoje sem pornografia. Com toda a certeza estaria disposto a fazer muitas coisas, teria lido diversos livros que eu gosto, até feito vários outros cursos, até mesmo teria treinado mais o meu canto e estaria com um baita vozerao. E parece que terei que construir uma vida nova do zero agora. A coisa que me deixa feliz é saber que tem outras pessoas que sentem o mesmo que eu e que passaram pela mesma coisa, ou algo semelhante. Aquelas mentiras que ouço frequentemente como isso ser algo normal, eu posso ter a certeza que não tenho que dar ouvidos a isso, e tenho ainda minha motivação para seguir em frente. Com 11 dias foi um recorde grande para mim. A cada dia busco criar minhas religações, hoje mesmo comprei mais um livro para mim ler e voltar aos meus tempos de leitor nato.

E para finalizar esse tópico de hoje, quero agradecer quem está me ouvindo aqui do fórum, é realmente algo que eu me sinto feliz e que consigo mais alguma motivação para continuar em frente, muito obrigado!!!

Vitoriosa, GuerreiroImplacável, Rudolf Hansen e LuckyTheWolf gostam desta mensagem

Harvey Spectter
Harvey Spectter
Moderador
Moderador
Mensagens : 1211
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 28/8/2020, 18:32
Saudações, CavaleiroDaLua. Seja bem-vindo ao Fórum “Vício em Pornografia, Como Parar?”. Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.


Sinta-se abraçado pelo Harv.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

Todo prazer vem associado a uma dor. O verdadeiro prazer é aquele no qual a dor vem antes.

Cure o garoto e o homem aparecerá.

CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 1196
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 28/8/2020, 19:08
Fala Cavaleiro da Lua!

Primeiramente seja bem vindo ao Fórum, mano. Sinta-se à vontade para usar o seu diário sem moderação, e use-o também como um ambiente que vai agregar ainda mais na sua jornada em direção a uma mente limpa da PMO! 

Cara, em segundo lugar, parabéns por iniciar esse diário. Eu sei que muitas vezes não é fácil, às vezes temos vergonha ou timidez de expor nossas histórias, mas aqui todos estamos nos ajudando. 

Encare essa batalha como sua, como algo que depende única e exclusivamente de você. Nesse sentido, o e-book do Programa Revert e o e-book Vìcio em Pornografia Como Parar (creio que esse último ainda está disponível) são fundamentais nesse processo, juntamente com o Programa Revert, que também é sensacional. 

Continue seguindo no combate a esse vício. A Pornografia, assim como o vício em álcool e em drogas sintéticas, afeta nosso cérebro nas mesmas maneiras, diminuindo nossa massa cinzenta, nossa capacidade de concentração, foco, disciplina, e por isso mesmo deve ser encarado como a prioridade número um da sua vida hoje. 

Grande abraço, e desejo ter contribuído de alguma maneira!

_______________________________________
"A única recompensa do vício é o arrependimento"



CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty 2 semanas completas e meus pensamentos

em 31/8/2020, 16:13
Então pessoal, consegui bater um novo recorde, que é ficar 2 semanas completas sem PMO. Para mim é uma vitória grande, pois nunca, desde o meu início do vicio fiquei tanto tempo assim. Em questão de melhorias, estou conseguindo me sentir mais vivo, e pela atração mais real. Porém há algo ruim também acontecendo, que é novamente os pensamentos da pornografia como "substituto" de sexo. Posso dizer que é como o sentimento de saudade, é algo que posso chamar de abstinência também, a compulsão oscila. Estou começando a reeligar meus hobbies, estou focando muito na leitura e na pratica de exercícios físicos.

Ontem recebi uma notícia muito ruim em nossa família, o meu tio que parou de beber por 1 ano bebidas alcoólicas, acabou voltando ao vício dele, e o pior de tudo, é que o que ta acontecendo com ele, aconteceu muitas vezes comigo. Eu analisei varias situações semelhante com ele.

1- Família achando que é bem de boa perder o vício, que é só ter um objetivo de vida e do nada, parar.
2- Más influências de amizades que não dão o devido apoio e acha que não irá fazer mal "só uma, não vai fazer mal".
3- A família, e outras pessoas acreditarem que somente acaba com o vício a base de remédio.

Eu sim, percebi que o vício que possuo, é de minha total responsabilidade por te-lo e por remove-lo em minha vida, mas não sou de total culpa por ter acontecido.  A ideia de iniciar no mundo do vício em pornografia, não surgiu em um ambiente amigável, com pessoas ao meu redor que não me aconselhariam a consumir esse tipo de coisa, mas tive pessoas que acham isso algo NECESSÁRIO para o "homem", e não tratando somente amizades, mas também família, alguns profissionais e influenciadores digitais. Eu confio mais em uma mulher hoje do que qualquer homem. Parece que muita gente está contra mim e minhas ideias, as vezes é difícil por fé nas vantagens que li do reboot, mas com o vício, as desvantagens são piores. É como um tempo correndo muito devagar.

A esperança é que sábado eu a minha família nos mudamos de um apartamento para uma casa, e o ambiente que incentivava a pornografia, já nao existe (agora estou em um quarto com uma janela bem exposta, pra quase todo mundo ver o que to fazendo huashaus). E eu sinto que estou com uma vida nova, e hoje comecei a me inspirar a procurar novamente um emprego bem semelhante com o que eu perdi. Estou lendo mais, me exercitando mais, e agora sinto vontade de conversar com bastante pessoas pessoalmente (só esse corona virus que impede um pouco, mas na medida do possivel), uma das vantagens que percebi, foi eu dizer "oi" pra uma guria olhando nos olhos e sem aquela vergonha que eu tinha antes. Ainda irei batalhar até nunca mais depender de vício nenhum,



ilCapo e Vitoriosa gostam desta mensagem

GuerreiroImplacável
GuerreiroImplacável
Mensagens : 480
Data de inscrição : 04/06/2020
Idade : 21

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 31/8/2020, 17:58
Cavaleiro, parabéns por ter alcançado duas semanas livres de PMO!! Continue firme nesses momentos, e ajude seu tio! Você mais do que ninguém sabe os males de ser viciado, sabe o qual ruim é ser dependente de alguma substância ou algo do tipo... Então aproveite essa "oportunidade" para ajudar seu familiar que necessita de você agora. Não sei se você é próximo ou distante dele, mas com certeza sei que será muito benéfico se você se dispor a escutá-lo e apoiá-lo em sua luta. Conversem no privado, você nem precisa contar sobre seu próprio vício se não quiser pois mesmo assim você ainda estará se ajudando também!!

Acredite no reboot e não dê ouvidos ao que as pessoas falam... Os benefícios são reais, eu mesmo já pude ter uma luz de muitos benefícios só com 30 dias sem PMO no passado... Portanto, continue! Não deixe que a ignorância das pessoas à sua volta fale mais que sua própria razão.

Continue firme e muito bom reboot! Tmj


_______________________________________
(Iniciado dia 13/09, às 10:40 e contando...)

---------------------------

Acesse meu diário: https://www.comoparar.com/t10648-e-aqui-que-o-vicio-encontra-seu-fim-guerreiroimplacavel

Como eu disse em meu diário:
GuerreiroImplacável escreveu:"Espero poder ler isso aqui no futuro, me lembrar de tudo o que passei e por fim me orgulhar de tudo o que conquistei até então."

Vitoriosa e Rudolf Hansen gostam desta mensagem

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 1196
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 31/8/2020, 19:53
Fala mano! Parabéns pelas 2 semanas longe do vício. Também estou vivenciando muitas coisas positivas, e nosso contador de dias está um pouco semelhante. Então sei o que é realmente experimentar essas sensações boas que você relatou. 

Mano, com relação à família, é uma questão bem problemática. Evidentemente muitas coisas na nossa vida (nossos pais, familiares, ambiente onde nascemos, por exemplo) nunca são coisas que nós escolhemos, mas algo que nos foi dado por Deus (ou pela natureza, se preferir). Não cabe a nós nos frustrarmos com isso, mas ressignificarmos. 

Ontem saí com meu pai e ao voltar pra casa ouvi a um podcast do PrimoCast, um em que ele entrevista o Pablo Marçal, um personagem conhecido recentemente que trata muito sobre desbloqueios mentais. E entre os minutos 30 e 40, creio eu [kk], ele ressaltava a importância de RESSIGNIFICARMOS. Precisamos ressignificar nossos relacionamentos, sobretudo como nos lidamos com a figura paterna. 

No podcast ele dizia que tinha problemas com a figura paterna, e eu também tinha muito. Ele contou que o pai dele se envolveu com várias mulhres, e se casou 5 vezes, um pouco semelhante ao meu pai. Ele também disse que tinha problemas muito grandes com pornografia. E ele até falou que na vida toda dele, ele só jogou futebol com o pai dele 1 vez na vida. E por increça que parível incrível que pareça, o mesmo aconteceu comigo. Eu só joguei futebol com meu pai 1 vez na minha vida. Mas hoje o Pablo conseguiu reverter tudo isso. 

No caso de minha experiência, foi meu pai quem pela primeira vez me mostrou P. Lembro até hoje o lugar, o celular, onde ele estava, lembro ele me chamando, lembro de tudo. Parece que foi ontem. Mas, novamente, precisamos ressignificar. 

Se você puder entender (e aí eu sei que é um desafio grande) que seus familiares estão fazendo o melhor que eles podem, talvez isso tranquilize um pouco a sua alma. Se eu conseguir entender que meu pai, ao me mostrar P aos 10 anos no trabalho dele enquanto ele dava plantão, ao se separar de minha mãe, ao ser ausente em alguns momentos importantes de minha vida, deu o melhor que ele podia dar com as condições que ele tinha naquele momento, aí sim creio que minha vida pode ter uma sequência mais tranquila.

Porque nem eu sei como foi a infância do meu pai, suas dores, a ausência dos pais dele ou os traumas que ele teve, nem talvez você saiba os traumas, as experiências negativas, as dores que seus familiares carregam. Talvez você saiba até da história, como eu sei muito bem as dores e os traumas de minha mãe, mas eu não vivi o que ela viveu. 

Portanto, mano, se você hoje entendeu cognitivamente (por meio das pesquisas) e, MAIS IMPORTANTE, aprendeu com a sua vida que a única recompensa da PMO é o arrependimento, siga seu caminho independentemente de quem quer que seja. Siga a sua estrada, pois por mais que você ame seus familiares, a sua vida é somente sua e somente você que pode transformá-la. Se alimente nesse Fórum, com outros rebooters, com livros e em ambientes construtivos, com o que há de melhor nesse mundo. E aí, com fé em Deus, você poderá até ser um agente transformador da sua vida e na vida dos seus próximos!

Grande abraço!

Perdão pelo textão kkk

_______________________________________
"A única recompensa do vício é o arrependimento"



CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty 16 dias

em 2/9/2020, 16:53
Consegui completar 16 dias completos sem PMO. Porém houve alguns problemas, literalmente a nossa mente não é imbatível. Eu sonhei ontem que estava assistindo e tendo orgasmos com pornografia. Além de vir aquela vontade durante a tarde e a noite. E hoje esta dando isso novamente. Estou também me sentindo cada vez mais ansioso por procurar emprego, e hoje sonhei com o emprego que eu perdi. Eu enviei curriculos para tentar trabalhar remotamente, mas fui negado por motivos que tenho pouca experiência. Ai que vem a dor, pois eu entrei em uma empresa que me aceitou com a experiência que eu tinha, e eu estava disposto a aprender. Sempre ando disposto a aprender coisas novas na prática. Porém agora como estou no TCC, quando vou estudar algo da minha profissão, acabo me lembrando que tenho que fazer meu TCC. Eu tenho que organizar isso. Eu queria de volta o emprego que eu consegui, que eu me sentia feliz trabalhando, e o pior de tudo que nem foi culpa minha de ter sido desligado. Únicos empregos que tem disponível é em coisas foras da minha área, até surgiu uma vaga e fiz a entrevista (além de mandar curriculo para as empresas daqui), e até agora eles não me responderam.

Parece que tudo se encaixa, quando meu psicológico começa a ser abalado, começo a desejar o vicio de volta. E o meu caro amigo que respondeu aqui em cima esta certo. Tem toda uma figura paterna por trás, e tudo o que eu mais queria era nao depender mais do meu pai, mas eu literalmente estou preso. O que eu tinha de dinheiro foi pra pagar o programa revert pra me ajudar a acabar logo esse vício, e logo o dinheiro irá acabar e terei que depender do meu pai novamente. E meus pais estão começando a me cobrar para arranjar um emprego. E dói imaginar que terei que encontrar outra coisa novamente.

Eu havia ficado muito feliz quando fui chamado para trabalhar na empresa que fiquei antes da pandemia, e foi meu primeiro trabalho fixo que eu consegui com esforço próprio, tudo na raça, e me sentia cada dia mais empolgado para trabalhar. Além do mais, minha ex vivia me dizendo que eu era um piá mimado, e muito mais gente também. Pois eu recebo tudo do meu pai. Porém eu fiz diferente de ir atrás das coisas que eu queria sem depender deles. E o que eu recebi foi essa pandemia em troca. To enviando curriculo para uma par de empresas, e a maioria não aceita pessoas com pouco experiência, ENTÃO COMO IREI GANHAR EXPERIÊNCIA? COMO VOU DEIXAR DE SER ALGUÉM DEPENDENTE DOS PAIS SE MESMO INDO ATRÁS DE ALGO, SOU NEGADO? PORQUE ESSA PANDEMIA TINHA QUE ACONTECER?. Tem coisa que é dificil aceitar, que a pornografia era a unica companheira, mas eu sei que ela destruiu muita coisa de mim, inclusive minha vontade de buscar coisa melhor.

E ainda penso, que foi melhor mesmo ter levado um pé na bunda para perceber o que a pornografia fez comigo, mas não quero a minha ex mais perto de mim, e se me encontrar com ela quando o dojo voltar, quero o maximo de distância. Pois quando eu perdi o meu emprego e minha vó veio a falecer, ela ficava chorando por causa do ciúme e me culpando por meu pai trair a minha mãe (sim, ela fazia isso, e não gostava da ideia de mim ter amigas). Eu entendo muito meu pai hoje, trair nunca é a maneira certa, pois um traira é alguém mal resolvido na vida, que ainda luta com seus demonio interiores a tempos. E sei que o meu pai trai pois ainda pensa no meu vô que também traia a minha vó, e mais, a minha mãe não é das fracas com ele, ela gosta muito de levar as coisas pro lado religioso e nao conversar com a pessoa de uma forma seria e empatica,, além dela nao demonstrar afeto pelo meu pai, apenas pelo lado religioso da coisa (ela nao vai se separar dele, por causa de deus).

Não é pra mim ser atingido assim, pois eu sempre fui a pessoa mais sincera possível tanto pra minha ex, quanto por todas as pessoas que eu me relacionei. Eu contava tudo para a minha ex, e mesmo assim fui um "traira" para ela. E sei que ela esta ERRADA nisso. E meu pai pode trair minha mae e ainda continuar, mas ele já deu o seu melhor pra minha mãe e ela ficou enfiada num canto chorando e somente clamando a deus e não fazia nada para concertar os erros ou a situação. Nunca vi um "debate" entre os dois, é sempre briga e minha mãe chorando e enfiando a religião guela a baixo e nada de conversarem para ajeitar as coisas. E tudo isso me lembra também do relacionamento meu com a minha ex, pois sim, eu era o cara que tentava concertar e ela puxava tudo pro lado da meta-fisica, signos e essas coisas. E mais, ela não falava o que incomodava na minha frente, pois segundo ela "ela não queria ser a minha mãe". E eu sempre encontrava uma forma de conversar com ela e concertar as coisas que me incomodavam, SEMPRE.

Ser isso seria um piá mimado que recebe tudo dos pais? eu tentei mudar e fazer algo diferente. E me sinto feliz por isso. Apenas estou agora lutando para fazer algo diferente novamente, ter essa oportunidade. Não quero por meus sonhos com relacionamentos, pois sei que pode dar merda algum dia, mas quero sonhos onde eu faça a diferença. Quero voltar a fazer trabalhos voluntários, quero ajudar pessoas com depressão. Quero ser aquela pessoa com a auto estima pra cima. Eu ainda seguirei em frente pra acabar com esse vício, enquanto isso eu vou fortalecendo a minha mente.

Agradeço novamente aos meus amigos comentarem no meu fórum, pois cada dia estou acreditando que vale a pena eu acabar com esse vício.









GuerreiroImplacável gosta desta mensagem

Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 262
Data de inscrição : 15/07/2017

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 2/9/2020, 19:59
E ai meu parceiro

Cara, eu acho que me identifico um pouco com você, pelo menos na forma como eu me enxergo saca? Pelo o que eu vejo, você também é uma pessoa extremamente bem intencionada, mas que muitas vezes acaba sendo mal interpretada pelos outros (é assim que eu me vejo).

Pior que eu também sempre fui meio chamado de mimado, mas nunca foi minha intensão ser mimado, eu comecei a trabalhar com 16 anos, sempre tentei juntar meu dinheirinho, usar ele de maneira consciente para que eu pudesse comprar as coisas que eu gosto.

O problema é que as pessoas de fora, que não sabem o que rola na minha vida, sempre desmereceram meu trabalho, eu tentei levar currículo em algumas empresas, em todas fui negado por falta de experiência também e etc, então o que me restou foi trabalhar com minha família mesmo.

Trabalhando com a minha família, a cobrança era extremamente alta, o salário era baixíssimo, e eu trabalhava muito, as vezes chegava a trabalhar de segunda a segunda durante vários meses seguidos, fazendo sempre horas extras e tudo mais, não era um trabalho fácil, eu fazia o mesmo trabalho que qualquer outro funcionário comum (inclusive meu salário era bem menor que os outros funcionários), não tinha muitos privilégios. Eu erguia peso, pegava chuva, as vezes fazia jornadas de 13 horas por dia sem almoço, não era mole não viu! Mas pra quem estava olhando de fora, acabava desmerecendo sim.

Finalmente a pouco tempo atrás acabei arrumando um trabalho na área que eu estudo (eng.civil), o salário ainda não é nada bom, pois sou estagiário, mas pelo menos agora é um dinheiro de 100% mérito meu (antes também era 100% mérito meu, porém as pessoas não viam isso).

Eu também procuro ser sincero, eu tinha uma ex namorada que mentia muito pra mim, e então criei uma grande aversão a mentira, acredito que quando a gente mente, a gente só piora as coisas.

E cara, eu também recebo muitas coisas dos meus pais ainda... Eu me sinto um pouco culpado por isso? Sim, eu me sinto, mas eu não sei muito o que fazer, como eu disse, meus salários sempre foram baixos, eu ainda estou estudando, e assim, eu nunca pedi nada pros meus país depois que comecei a trabalhar, eles sempre me dão por que querem me ajudar.

Eu te entendo irmão... Aguenta o tranco, e vamos virar esse jogo, dias melhores virão para nós dois!

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.png

GuerreiroImplacável, LuckyTheWolf e CavaleiroDaLua gostam desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty 3 semanas completas e alguns resultados, depois de uma queda emocional

em 6/9/2020, 22:27
Então pessoal, finalmente consegui 3 semanas completas. Para mim foi uma vitória grandíssima. Nunca na minha vida desde o vício consegui tanta coisa assim, é o primeiro sentimento de que eu sou capaz de muitas coisas. Essa semana inteira passei por um rebuliço, mas no fim de tudo (que é hoje), apareceu uma luz no meu caminho. Mas irei primeiro citar as coisas ruim que passou em minha cabeça.

Anti-ontem e ontem, passei pelo sentimento de fracasso, em quesito de emprego, pois ainda sentia a dor de ter perdido um emprego bom, e além do mais, ontem foi comemorado o aniversario do meu primo, e eu senti mais ainda dor por nao ter meu emprego. Esse ano no final de todas as coisas ruins que aconteceram, era pra ter algo bom no fim. Mas pra fim foi diferente, pois as realizações que aconteceu comigo, acabaram por serem tiradas de mim sem culpa minha. Foi trágico, e quanto mais eu mandava currículo para as empresas na tentativa de um novo emprego, mais eu perdia o ânimo. Aconteceu-me algumas recaídas emocionais e comecei a pensar "naquelas coisas". Mas no fim de tudo, eu comecei a entender de verdade o que tava na minha mente que eu não conseguia esquecer a minha ex.

O que aconteceu foi o seguinte, eu lutava para ser o melhor namorado pra ela, lutava para não perde-la, e fazia de tudo por ela, mas nunca me preocupei em se ela realmente gostasse de mim. Eu forçava muito o pensamento de que, ela sim gostava de mim, porque eu era isso, ou era aquilo pra ela. E dos 1 ano e meio que namoramos, o verdadeiro motivo de não ter conseguido ter tirado a virgindade dela, não foi a minha culpa. Não mesmo, apesar de existirem crenças de que eu sou um mulher lerdo e que ela me deixou porque eu não transei com ela, eu hoje aceito de que eu fiz de tudo mesmo com o vício dentro de mim, eu sempre demonstrava vontade pra ela e pedia para ela me ajudar "quando a espada perdia o seu fio", pois eu sim, dava prazer para ela e fazia ela gozar. Mas o problema era que, ela não queria de jeito nenhum perder a virgindade comigo. Eu arrastei o namoro por tanto tempo, e ela também. Eu fiz papel de coitado, de romântico demais, até mesmo meloso demais. E o melhor de tudo isso é que, eu não me arrependo de nada. Fiz tudo o que me dava na teia sem arrependimentos, amei uma pessoa como um dia eu desejei amar alguém. Foi maravilhoso para mim enquanto durou, e sinto feliz pela pessoa que eu fui mesmo para alguém que não gostava de mim.

Ela não foi a minha inspiração para treinar, mas eu me sentia feliz treinando com ela, porém, o que me mantinha continuar me dedicando as artes marciais, era a vontade de proteger minha família para que nunca mais meu pai seja violentado que nem um louco drogado fez com ele. Hoje percebo que não há necessidade de mim me dedicar tanto, pois nos mudamos, tudo está mais calmo, mas a verdade é que não. Eu ainda tenho que continuar seguindo em frente mesmo que tenha que vê-la no dojo treinando junto comigo novamente. Eu não devo sentir raiva dela de forma alguma. Irá sim acontecer dela encontrar outra pessoa que faça ela feliz da maneira dela, e não tenho mais que me preocupar com isso. Devo sim pensar em mim mesmo, em como eu me tornarei mais feliz daqui pra frente, sem depender de ninguém.

Isso não foi a unica coisa boa que aconteceu na semana, tem mais uma coisa que eu sempre quis e acabei conquistando e agora só resta continuar. É a minha relação com o canto e com a musica. A anos sozinho eu tento cantar, pois aqui na minha cidade as aulas de canto são caras e a aula barata que eu tive, abriu um leque para mim, mas eu não sentia ânimo para ir numa aula. Acabei comprando um curso de um cara conhecido no brasil sobre canto contemporâneo para ver se eu conseguia me dedicar mais, porém tinha uma coisa me atrapalhando no caminho, a auto-estima.  

Canto a quase 6 anos, e minha voz nunca foi aquelas "boas", e eu sempre ouvia "você nao fica bem nessa musica", "você não serve pra cantar rock", "você ta forçando a voz". Apesar de muitos me elogiarem, acontecia era que os que elogiavam não entendiam muito de música (como os cantores profissionais), sempre diziam "eu que não tenho talento nenhum pra cantar, você canta bem". Isso nunca foi um conforto pra mim, mas sempre sonhei em cantar rock, alcançar notas agudas, cantar diversas musicas preferidas sem forçar a voz, e também cantar de igual com cantores que eu considero ter uma voz incrível. E pois é, nunca pensei que estaria a par com esses cantores.

Eu instalei um aplicativo de canto novamente (já instalei ele uma vez, mas como não tinha uma auto-estima boa, acabei removendo com pouca vontade de gravar), e nesse aplicativo consigo cantar com pessoas de outros países também, porém antes eu cantava somente musicas simples, e hoje, como voltei a treinar, percebi que a minha voz mudou muito. Estou cantando musicas bem agudas e graves (to conseguindo até nuvem de lágrimas do chitaozinho e xororó, coisa que achava "impossível" demais para mim). E mais, não fazem ideia da sensação de cantores que eu considero ter um vozerão, começando a me seguir e me elogiarem (nunca que um cantor profissional uma vez sequer me elogiou), até o estilo de rock que é o meu sonho, hoje não sinto mais nada impossível.

EM 3 SEMANAS LIMPO, JÁ ESTOU SENTINDO QUE CONSIGO REALIZAR UM DOS MEUS SONHOS. E eu nem botava muita fé que ia melhorar algo da minha vida tentando abandonar o vício.  Na relação do meu sonho de cantar, eu consigo sentir que não preciso mais estar na ultima fila esperando alguém vir me dar uma mão, mas eu consigo ir na frente por mérito próprio (sempre foi meu objetivo em quesito desse sonho). Agora, é manter o foco e realizar meu sonho, de ser um cantor de rock profissional, ser alguém que cative as pessoas na música e que tenha uma banda show de bola.

GOSTARIA DE AGRADECER AS PALAVRAS DITAS ACIMA ME CONFORTANDO EM UM MOMENTO DIFÍCIL.  Agradeço a quem continua acompanhando esse meu trajeto, e com certeza, iremos juntos vencer essa luta. Consegui conhecer mais pessoas que estão me apoiando pessoalmente, e eu estou mais decidido a acabar com esse vício agora. Muito obrigado!!!

GuerreiroImplacável
GuerreiroImplacável
Mensagens : 480
Data de inscrição : 04/06/2020
Idade : 21

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 6/9/2020, 23:15
Cavaleiro, meus parabéns pelas suas 3 semanas livre de PMO.
Você lidou a situação da sua ex com muita maturidade em desejar que ela seja feliz à maneira dela e que você também possa ser feliz!!
Que legal você querer ser vocalista de Rock, a música vem servindo como uma terapia para mim (como sempre serviu) e é muito legal ver outras pessoas na mesma situação que eu (no reboot) também podendo usar da música como fonte de inspiração para continuar. Ainda mais com o melhor estilo musical que existe (na minha opinião hahah)
Quais bandas você gosta de cantar?

Te desejo um bom reboot e continue. Você já pôde sentir o gostinho do que sentirá quando estiver mais longe ainda do vício, use esses benefícios como impulsionadores em sua caminhada!!

_______________________________________
(Iniciado dia 13/09, às 10:40 e contando...)

---------------------------

Acesse meu diário: https://www.comoparar.com/t10648-e-aqui-que-o-vicio-encontra-seu-fim-guerreiroimplacavel

Como eu disse em meu diário:
GuerreiroImplacável escreveu:"Espero poder ler isso aqui no futuro, me lembrar de tudo o que passei e por fim me orgulhar de tudo o que conquistei até então."

Rudolf Hansen e CavaleiroDaLua gostam desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty 25 dias, e novamente o terror em minha cabeça

em 10/9/2020, 23:18
Gostaria primeiramente de agradecer ao pessoal que respondeu acima. Hoje completa 25 dias livre de PMO, mais uma vez um recorde alcançado.

Hoje foi mais um dia onde me veio sensações ruins, inclusive envolvendo culpa. Primeiro, eu não tive um sonho legal, já foi a terceira vez que eu sonhei que havia quebrado o reboot, e jogado 25 dias no lixo. Porém, não começou somente assim o dia, eu novamente estou me culpando pelo o que aconteceu com o relacionamento com a minha ex, porém, sempre uma coisa nova para pensar, mas hoje veio a tona os pensamentos que me incomodavam enquanto eu estava com ela.

Por uma grande felicidade minha, um primo meu começou a namorar uma guria, que é a cara dele, e eu estou feliz demais por ele. Ontem havia conversado com meus pais que essa guria era perfeita pra ele, até cuida dele. E isso me fez lembrar as coisas boas da minha ex, e uma delas a que mais me doeu. Uma vez eu havia brigado com o meu pai por motivos bestas que meu pai queria me obrigar a fazer, e nesse mesmo dia, eu estava um pouco doente, e acabei indo pra casa da minha ex. Lá ela fez algo que eu amei muito, ela havia cuidado de mim, da maneira mais carinhosa, e eu estava feliz demais com aquilo. Depois de um tempo eu falei pra ela que eu admirei aquilo dela e que me senti muito feliz com ela exatamente por essa atitude. Porém depois de um tempo, ela havia brigado comigo, e achado que eu estava duvidando dela que ela iria cuidar de mim (a verdade, era que eu queria mostrar que eu consigo me cuidar sozinho, e eu fiquei feliz por estar com ela quando eu precisava). Essa lembrança é uma das que mais se manteve durante todo esse tempo. E o pior de tudo é que, ainda me faz pensar "o que que eu errei? como concertar isso?", ainda coça aquela duvida do que eu errei com a minha ex, pois eu literalmente sempre buscava concertar os nossos problemas, não importa o dia ou hora. Eu ainda penso se eu desperdicei tudo, ainda não encontro o ponto principal que falta para seguir em frente sem lembrar do passado.

Varias coisas estão circulando na minha mente, ainda penso na possibilidade de mim ser um frouxo e não ter tirado a virgindade dela, e ter culpado tudo no vicio de pornografia. Tinha muitas vezes em que eu sentia que ela não estava afim, e eu não sei se isso era a minha cabeça que estava com medo de "broxar" novamente. Eu não sei se tudo o que aconteceu, foi por mim ser um broxa. Eu juro que eu fiz de tudo, eu até comecei a tomar remédio, fui para um urologista saber o que pode estar acontecendo. Eu ainda mantinha o vicio em PMO naquela vez. Tudo está vindo a tona, eu odeio saber que eu estou errado e tentar seguir em frente sabendo que eu tenho que "limpar" o que eu fiz. Eu não sei o que é errado e o que é certo em um relacionamento, eu busquei fazer tudo o que era certo, da melhor forma o possível. E ainda, não sei se foi por justamente, parecer que eu só queria sexo. Eu tinha medo constante de broxar novamente e não conseguir, e acabar perdendo minha ex por causa disso. Eu tinha medo dela ter medo de mim justamente por causa desse vício. Agora com certeza outra pessoa fará isso por mim. É ruim apenas imaginar de que eu não fui um bom namorado para ela, de que pelo menos ela esteve comigo, porque eu forçava a barra com ela.

Eu estou tentando procurar coisas novas, mas é complicado. Não é como simplesmente as mulheres se sintam bem conversando contigo. As que eu mais sinto atração mentalmente, nem querem me responder por mensagens, e com essa pandemia, fica difícil querer sair e conversar com outras pessoas. Eu busco procurar afeto, busco deixar tudo no passado, mas é difícil ficando somente em casa. Unica coisa que me resta é lembrar do tempo em que eu estava acompanhado. Não sinto ainda que tudo foi acertado. E sinto que isso é o único perigo que me faz quebrar o reboot. A coisa que me mantém em frente é saber que serei alguém melhor. Eu saber que não existe nada no meu computador, e que a pessoa pode mexer a vontade quando eu deixar, que ela não encontrará nada ali.

Eu espero renovar tudo na minha cabeça, que eu encontre a minha paz e deixe de vez esse vício, muitas coisas dependem de mim para estarem prontas, e esse vício me impedia de boa parte delas. Agradeço por todos que vem me dando uma força, pois estão me ajudando muito. E sei que ainda devo continuar e não parar mais. Até terminar o reboot e nunca mais acessar qualquer coisa que me prejudique. Muito obrigado por estarem comigo.

GuerreiroImplacável e Rudolf Hansen gostam desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/06/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 11/9/2020, 11:27
Parabéns pelos 25 dias, cavaleiro. Você está indo muito bem. Vai dar certo, estou torcendo por você!
Abraços.

_______________________________________


Meu diário: https://www.comoparar.com/t10626-foco-fe-e-forca

CavaleiroDaLua gosta desta mensagem

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Pode ser, mas posso não ligar mais

em 13/9/2020, 01:41
Boa noite pessoal, estou hoje dando o aviso que completei 4 semanas inteiras. Praticamente um mês sem PMO. É algo incrível conseguir bater um recorde desses, apesar de ter varias chances de recaídas.

Estou conseguindo encontrar o ponto de partida inicial para esquecer literalmente a minha ex. Eu tenho que deixar de vez de me culpar tanto, pelo o que eu fiz. Ela decidiu acabar, então acabou. Não tenho mais nada o que fazer. Eu não preciso me culpar de mais nada. Relacionamentos são assim mesmo. Quando acaba, não é como os filmes da disney, que termina tudo com um final cheio de flores e um herói que sempre se dará bem no final.

Dei inicio a uma pequena parada com as redes sociais como facebook e instagram novamente (por 2 semanas possivelmente), percebi que isso está ajudando a me machucar por dentro. Nas redes sociais, só tem porcaria sendo postada, e o conteúdo que tu tando deseja, não aparece, pois todos os teus amigos vivem postando porcarias. Porém não quero deletar minhas redes sociais, pois eu quero ganhar reconhecimento na musica, e gostaria muito de usar as minhas redes sociais para marketing de mim mesmo.

Estou conseguindo me dedicar a outras atividades, como treino de canto (de rock especificamente), treino de artes marciais, leitura, e até atividades de programação e meu TCC. De vez em quando me vem a mente as coisas pornográficas que via, mas mantenho o foco em tirar da minha cabeça aquilo. Quanto ao vicio, não baixarei a minha guarda, mas sinto que estou conseguindo me manter.

Até na academia estou sentindo que estou sendo mais notado, e as pessoas estão mais de boas comigo. Consigo agora fazer amizade mais facil, hoje uma mulher quis me dar carona para ir para casa (ela mora perto), fiz amizade com uma nova instrutora, até consigo conversar com as pessoas de uma maneira mais humorizada e sentir que as pessoas não estão me estranhando, e estão sendo gente boas comigo (até no meu bairro, parece que todo mundo é gente boa, não sei se é por ser minha nova vizinhança). Já o meu corpo, NÃO FAZEM IDEIA DO QUÃO FELIZ ESTOU COM ELE. E ando feliz por não me preocupar mais em evitar que meus pais acessem o meu quarto, pois não tenho mais nada a esconder. Apesar que algumas vezes oscila as minhas emoções, mas sempre mantendo o foco.

Vamos a marca dos 30 dias, que é 1/3 do reboot, agora estamos ainda moldando a minha mente para torna-la melhor.

AGRADEÇO PELA COMUNIDADE QUE ESTÁ ME AJUDANDO, ABRAÇOS A TODOS, E SEGUIMOS EM FRENTE.




Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Rudolf Hansen
Rudolf Hansen
Mensagens : 187
Data de inscrição : 05/06/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 13/9/2020, 06:01
CavaleiroDaLua escreveu:Boa noite pessoal, estou hoje dando o aviso que completei 4 semanas inteiras. Praticamente um mês sem PMO. É algo incrível conseguir bater um recorde desses, apesar de ter varias chances de recaídas.

Estou conseguindo encontrar o ponto de partida inicial para esquecer literalmente a minha ex. Eu tenho que deixar de vez de me culpar tanto, pelo o que eu fiz. Ela decidiu acabar, então acabou. Não tenho mais nada o que fazer. Eu não preciso me culpar de mais nada. Relacionamentos são assim mesmo. Quando acaba, não é como os filmes da disney, que termina tudo com um final cheio de flores e um herói que sempre se dará bem no final.

Dei inicio a uma pequena parada com as redes sociais como facebook e instagram novamente (por 2 semanas possivelmente), percebi que isso está ajudando a me machucar por dentro. Nas redes sociais, só tem porcaria sendo postada, e o conteúdo que tu tando deseja, não aparece, pois todos os teus amigos vivem postando porcarias. Porém não quero deletar minhas redes sociais, pois eu quero ganhar reconhecimento na musica, e gostaria muito de usar as minhas redes sociais para marketing de mim mesmo.

Estou conseguindo me dedicar a outras atividades, como treino de canto (de rock especificamente), treino de artes marciais, leitura, e até atividades de programação e meu TCC. De vez em quando me vem a mente as coisas pornográficas que via, mas mantenho o foco em tirar da minha cabeça aquilo. Quanto ao vicio, não baixarei a minha guarda, mas sinto que estou conseguindo me manter.

Até na academia estou sentindo que estou sendo mais notado, e as pessoas estão mais de boas comigo. Consigo agora fazer amizade mais facil, hoje uma mulher quis me dar carona para ir para casa (ela mora perto), fiz amizade com uma nova instrutora, até consigo conversar com as pessoas de uma maneira mais humorizada e sentir que as pessoas não estão me estranhando, e estão sendo gente boas comigo (até no meu bairro, parece que todo mundo é gente boa, não sei se é por ser minha nova vizinhança). Já o meu corpo, NÃO FAZEM IDEIA DO QUÃO FELIZ ESTOU COM ELE. E ando feliz por não me preocupar mais em evitar que meus pais acessem o meu quarto, pois não tenho mais nada a esconder. Apesar que algumas vezes oscila as minhas emoções, mas sempre mantendo o foco.

Vamos a marca dos 30 dias, que é 1/3 do reboot, agora estamos ainda moldando a minha mente para torna-la melhor.

AGRADEÇO PELA COMUNIDADE QUE ESTÁ ME AJUDANDO, ABRAÇOS A TODOS, E SEGUIMOS EM FRENTE.





Parabéns pelos 27 dias, cavaleiro. Cara Não fique se culpando tanto, esse erro não te define, você pode é aprender com esse erro e mudar. Tem tantas outras mulheres por aí, siga em frente amigo. As redes sociais são ótimas para divulgar trabalhos e ter mais visibilidade, boa sorte, só cuidado com o exagero pois como você disse tem muita besteira. Parabéns pelas novas amizades, socializar é primordial para não só o Reboot mas para a vida também.
Tudo de bom!
Drew
Drew
Mensagens : 240
Data de inscrição : 09/08/2020
Idade : 24
Localização : Brooklyn 1986 drewforum@gmail.com

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 13/9/2020, 08:38
Fala bro! Cara, que marca, um mês. Eu consegui isso em outubro do ano passado e foi muito bom.
Naquela ocasião eu precisava dar uma palestra e além de me sentir mais coerente por não estar caindo em PMO, eu também estava com energia total!
Força velho, tmj!!!!

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t10897-diario-da-minha-vitoria

Metas
3 dias (12/08/2020) - 7 dias (16/08/2020) - 10 dias - 14 dias - 17 dias - 21 dias - 25 dias - 30 dias - 37 dias
43 dias (recorde atual) - 44 dias (ultrapassar o recorde) - 45 dias (metade do reboot) - 50 dias - 60 dias
70 dias - 80 dias - 90 dias (INFINITO)

Rudolf Hansen gosta desta mensagem

Barão Vermelho
Barão Vermelho
Mensagens : 262
Data de inscrição : 15/07/2017

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 13/9/2020, 10:10
É isso ai mano!

Quanto sua ex, falou bem, se ela decidiu acabar, então que vá embora de vez! kkkkkkkk

Parabéns pelo avanço, tenho certeza que vamos sair dessa vida

_______________________________________


"I am gonna show you how great I am"
- Muhammad Ali

Meu diário -> https://www.comoparar.com/t10878-recomeco

trofeu14.png

CavaleiroDaLua
CavaleiroDaLua
Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/08/2020

Diário do CavaleiroDaLua Empty Falta pouco pra 1 mes, e uns breves resultados

em 15/9/2020, 01:39
Então meu publico que me acompanha. Durante esses dias, atacou a minha procrastinação envolvendo o meu TCC. Estou começando a ficar com poucas ideias de como fazer, estou com bloqueio criativo dos brabos. Porém estou fazendo bastante atividades de religação, focando em exercicios físicos (to começando a fazer uns abdominais pra ficar com aquele corpão sedutor hsauas), e também focando em leitura fantástica (minha paixão), e também focando em canto. Hoje descobri que tem mais uma pessoa que tá me dando um grande apoio fora do fórum. E fiz amizade com essa pessoa pelo Tinder (instalei esse negocio depois que levei meu pé na bunda). E hoje ela estava mal, pois sua familia deu positivo para o corona virus, eu confortei ela da forma que eu sei, cantei musicas para acalmar ela (mandei em audio). O mais interessante, é que, essa mesma pessoa já teve um passado envolvendo drogas, e ela parece ser alguém bem apta a me entender. O que eu mais fiquei feliz com isso, é que ela postou no story do instagram dela a minha atitude de cantar pra ela com a legenda "como não amar um amigo?". Eu ainda não conheci ela pessoalmente, mas ela mora em uma cidade perto, e já tentei ir ver ela mas levei um toco dela hsaushau (o curioso era que nós dois tínhamos levado toco de ex, e tava em busca de conforto).

O que eu pude tirar dessa história é que, eu estou ganhando grandes coisas por não ligar para somente sexo. Estou retornando a ser a pessoa que eu era e esquecendo as coisas que me decepcionaram. Irei lhes contar um segredo da pessoa que eu era e como eu conheci a mulher com a qual eu perdi a virgindade, é uma história um pouco maluca mas interessante e que hoje tiro a lição do que eu tenho que fazer.

Por 2,3 anos eu fui voluntario de um projeto no hospital da minha cidade, eu tocava e cantava para os pacientes junto da minha equipe. A primeira vez que parei de ir na minha cidade, era porque tinha pouca gente participando, e não tava me sentindo muito bem. Logo depois participei no hospital da cidade vizinha (a mesma cidade que essa minha nova amiga mora), participei por 1 ano. Depois de um tempo, comecei a fazer um curso técnico a noite, e tive que parar com esse projeto da cidade vizinha. Passou um tempo eu retornei para o projeto da minha cidade e ali continuei por mais 1 ano e meio.

Pelo final de um tempo ali, eu conheci a guria que tirou a minha virgindade, e acabei levando ela para fazer parte do projeto também. Só que aconteceu umas confusões que um outro dia eu contarei a vocês referente a essa guria, que me fez não me sentir mais a vontade com essa turma. Depois comecei a desconfiar que o lider da nossa turma estava utilizando a nossa imagem para publicidade (algo que eu sou contra, pois eu quero focar somente no projeto). E acabei saindo novamente. Depois de um tempo, resolvi voltar de novo, porém quando eu estava namorando. Até que foi bom, porém, a guria que tirou a minha virgindade ainda permanecia no projeto. Imaginem a cena de mim namorando com a minha ex que sentia ciume, e ainda fazer o projeto com a guria que tirou a minha virgindade. Hoje eu sinto que nao tinha nada a ver, mas naquela vez, eu tinha um pensamento muito rigoroso comigo mesmo de ser completamente fiel sem pestanejar para a minha namorada (que hoje é ex). E bom, acabei parando novamente, sendo que o lider me chamou outra vez para mim participar novamente, e eu fiz um gesto de indecisão para ele.

CONCLUSÃO, o projeto de cantar para os pacientes é a minha área, é algo com a qual eu tenho experiência e um lugar em qual eu me sinto bem. Não importa se estão tentando fazer publicidade de mim, o importante é eu seguir mantendo o foco no que eu quero. Sentir novamente aquela gratidão que eu sentia toda a vez que eu terminava o tempo no hospital. Quando eu aprendia coisa nova toda a vez. Quando eu lutava por meus objetivos com mais força. Agora com o corona virus, tudo fechou, mas dessa vez, nem que fale pessoalmente com o lider, eu irei retornar a aquilo. Eu ainda tenho muita coisa para limpar espiritualmente.

Agradeço pelo apoio de todo mundo novamente. Agora com 1/3 do reboot. Tem mais coisa ainda pela frente, mas seguimos juntos. Abração a todos!!!




Diário do CavaleiroDaLua Tumblr_nw8bnbdnJs1uiyzyyo1_1280

ilCapo
ilCapo
Mensagens : 1196
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 24
Localização : Pernambuco

Diário do CavaleiroDaLua Empty Re: Diário do CavaleiroDaLua

em 15/9/2020, 12:54
Fala Cavaleiro de Lua! Parabéns pelos avanços e pelas mudanças que você vêm vivendo na sua vida.

Espero que possa sempre superar os obstáculos e seguir focado no seu experimento!

Grande abraço!

_______________________________________
"A única recompensa do vício é o arrependimento"



GuerreiroImplacável gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum