Ir para baixo
avatar
GabrielWittels
Mensagens : 1
Data de inscrição : 21/09/2020

Um pouco da minha história  Empty Um pouco da minha história

21/9/2020, 03:52
Olá, amigos.
Eu sei que o texto ficou longo, mas peço um pouco de paciência para ler.
Primeiramente gostaria de dizer que sou novo aqui, mas estou entrando em um ato desesperado.
Eu andei refletindo sobre a minha situação atual e gostaria de contar um pouco da minha história pra vocês, se for permitido.
Atualmente estou com 16 anos, mas esse meu vício está cada dia pior e eu já sinto que não estou conseguindo mais viver de forma normal.
Eu sempre tive problemas de relações com as outras pessoas. Na escola, eu era muito introvertido, inteligente, gostava de ficar na minha e tudo mais. Na verdade até hoje sou assim. Posteriormente, fui diagnosticado com uma forma leve de autismo, o que explica esse comportamento. No entanto, além das minhas dificuldades sociais, acontecia coisas que me perturbavam e que só há pouco tempo é que eu fui me dar conta.
Por causa desse meu jeito de ser, inocente, introvertido, franzino, quase inanimado, eu frequentemente me envolvia com "brincadeiras" com colegas da escola ou meninos mais velhos, as quais eu não fazia ideia do que era. Depois percebi que essas brincadeiras eram, na verdade, abusos. E eu, mesmo achando ruim, suportava como se fosse algo que eu tivesse que fazer pra ter amigos. Mais ou menos dos 6 aos 9 anos eu era abusado, às vezea todos os dias da semana (exceto sábado e domingo, claro), por esses garotos mais velhos.
Eu não tinha ideia do que estava fazendo, e quando voltava pra casa, fazia as minhas atividades normais, ora incomodado, ora normal, querendo apenas assistir os meus vídeos preferidos, pois não sabia de absolutamente nada. Nem o que era sexo eu sabia, mesmo praticando contra a minha vontade.
Posteriormente eu me mudei de escola. Tive alguns outros problemas e me afastei de todos. Na nova escola isso não voltou a acontecer. No entanto, quando eu tinha aproximadamente 10 anos, ou algo assim, eu costumava navegar muito na internet. Foi onde comecei a ter algum contato com a palavra "sexo" e coisas relacionadas, e comecei, digamos, a interligar um pouco os pontos, mas ainda assim sem noção de nada. No mesmo ano, de uma forma que eu não lembro direito, eu tive acesso a um video pornô. Aquilo era algo totalmente novo para mim, mas ao mesmo tempo me lembrava de algo que eu não conseguia saber o que era.
Naquele mesmo dia eu comecei a me tocar, e sentindo aquela sensação "boa" eu não conseguia mais parar. E desde então, desde esses 10 anos, eu não consigo parar. Perto da puberdade mais ou menos é que tudo piorou ainda mais. Somada à necessidade de conhecer novas coisas, conhecer o corpo etc. eu percebi que eu já tinha feito isso, só que de uma forma toda errada. Foi aí que além de me masturbar, eu adquiri uma compulsão terrível que me assombra até os dias de hoje.
Eu já tentei parar, já passei dias sem fazer mas o máximo que consegui foi 1 semana. E sempre que tento, sinto um vazio, uma coisa terrível dentro de mim que não sei o que é.
Por isso eu decidi fazer essa conta aqui, pois sei que tem pessoas de confiança que eu posso falar e pessoas que passam por algo parecido, pois na "vida real", ninguém sabe de nada disso que eu passei.
Agora eu quero dar um basta definitivo, porque preciso viver de verdade, mas não sei nem como começar. Não sinto mais prazer em nada, nem na masturbação nem em qualquer outra atividade. Sei que estou sendo simplesmente levado por um vício que ora ou outra vai me matar, fora a ansiedade e a depressão que, no fundo, eu sei que tem a ver com isso.
Enfim, amigos, nunca falei isso a ninguém, mas precisava de algum lugar para desabafar.

Powerranger gosta desta mensagem

Jota ouro
Jota ouro
Mensagens : 187
Data de inscrição : 24/07/2020

Um pouco da minha história  Empty Re: Um pouco da minha história

21/9/2020, 08:16
Oi irmão, seja bem vindo ao fórum. Fique em paz que, apesar de todas as coisas horríveis vivenciadas por ti, ainda há esperança. Sou cristão e teria um grande prazer em contar-lhe sobre minha experiência, ou melhor, meu renascimento de uma situação de tristeza e dor para a paz e alegria. Contudo, prefiro me resguardar nesse ponto por não conhecer o seu credo. Não quero ofender-te de modo algum. Sugiro que afaste-se IMEDIATAMENTE da masturbação. Essa foi também a minha desgraça. Hoje, graças a Deus, já estou a mais de 50 dias livre do vício. O Reboot que, caso você queira, você terá pela frente mudará tudo. Sexo e assuntos realcionados a ele são um tabu horrível - pelo menos aqui no Brasil. Isso prejudicou e prejudica muito toda a nossa vida. Mas calma, como eu já disse, ainda há esperança.
Código:


Última edição por Jota ouro em 21/9/2020, 08:19, editado 1 vez(es)

_______________________________________




( ) 7 dias ( ) 4 semanas ( ) 1 ano
Jota ouro
Jota ouro
Mensagens : 187
Data de inscrição : 24/07/2020

Um pouco da minha história  Empty Re: Um pouco da minha história

21/9/2020, 08:18
Sinta-se completamente a vontade para socializar conosco. Não posso falar por todos, mas a maioria de nós está disposto a ajudar uns aos outros. Não vamos julgar-te. Entendemos um pouco da tua dor. Fique em paz, grandiosíssimo abraço. Paz para nós.

_______________________________________




( ) 7 dias ( ) 4 semanas ( ) 1 ano
avatar
Lorenzo Mitielli
Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/01/2020
Idade : 46

Um pouco da minha história  Empty Não desista

21/9/2020, 11:12
Filho, hoje tenho 45 anos e passei o mesmo que você. Me envolvi com colegas também sem saber o que estava fazendo. Mas, tenha certeza de algo:
VOCÊ NÃO É O CULPADO PELO QUE ACONTECEU. Uma criança nunca é culpada.
O OCORRIDO NÃO TORNA VOCÊ MENOS HOMEM. Você é homem, tenha certeza disso.
NUNCA VEJA PORNOGRAFIA, POR FAVOR. Nunca tente provar que é homem com pornografia.
Força meu jovem!

Jota ouro gosta desta mensagem

Jota ouro
Jota ouro
Mensagens : 187
Data de inscrição : 24/07/2020

Um pouco da minha história  Empty Re: Um pouco da minha história

21/9/2020, 16:28
Lorenzo Mitielli escreveu:Filho, hoje tenho 45 anos e passei o mesmo que você. Me envolvi com colegas também sem saber  o que estava fazendo. Mas, tenha certeza de algo:
VOCÊ NÃO É O CULPADO PELO QUE ACONTECEU. Uma criança nunca é culpada.
O OCORRIDO NÃO TORNA VOCÊ MENOS HOMEM. Você é homem, tenha certeza disso.
NUNCA VEJA PORNOGRAFIA, POR FAVOR. Nunca tente provar que é homem com pornografia.
Força meu jovem!


Concordo plenamente com você. Não é necessário provar NADA. A pornografia só destrói a vida humana, tanto para quem consumo quanto para quem produz.

_______________________________________




( ) 7 dias ( ) 4 semanas ( ) 1 ano
Powerranger
Powerranger
Mensagens : 2059
Data de inscrição : 17/02/2018

Um pouco da minha história  Empty Re: Um pouco da minha história

21/9/2020, 17:07
Olá Gabriel, seja bem vindo ao forum meu amigo, aqui poderemos te ajudar e futuramente você também poderá ajudar a galera que chega no forum.

Lamento pelos abusos que tu passou, eu também fui abusado quando criança, mas nada parecido com o que você viveu por tanto tempo. Gabriel, o primeiro passo você já deu, que era procurar por ajuda para ser livre desse vicio, e agora tu vai seguir o Método Como Parar e vai conseguir ser livre desse vicio, e estaremos contigo nesse caminho.

Vou deixar aqui alguns links para você ler e ter uma introdução ao assunto:

Guia Introdutório: http://vicioempornografiacomoparar.com/guia-introdutorio/
Bloqueador Gratuito: https://www.kaspersky.com.br/downloads/thank-you/safe-kids-pc?ICID=SK_product_page_BRA_WIN_TYFD

Para vencer esse vicio em pornografia, primeiro é necessário dar um descanso para seu cérebro de todo esse super estímulo que sofreu por anos, pois a pornografia funciona como qualquer outra droga, e isso está comprovado cientificamente, ano após ano surgem mais e mais pesquisas sobre os efeitos da pornografia no cérebro.Então é necessário o que chamamos de Reboot, um período de 90 dias que seu cérebro vai se desvincular das conexões com o vicio.

Nesse período de 90 dias é de extrema importância substituir o vicio por atividades saudáveis que também liberem dopamina, pois se você tirar completamente a pornografia e não colocar nenhuma outra fonte de prazer e dopamina, será como uma cadeira em que arrancamos um pé dela, ela vai cair imediatamente e vai ser muito difícil sentar nela, agora se você substitui por novas atividades, essas atividades viram uma nova perna da cadeira, e seu cérebro vai aceitar melhor e será muuuito mais fácil.

Essas atividades chamamos de Atividades de Religação, escolha uma e tente faze-la todo dia. Algumas ótimas atividades de religação: Caminhar, Correr, Academia, Passear com o Cachorro, Nadar, Andar de Skate, Andar de Patins, Andar de Bicicleta, enfim, todas as atividades físicas são ÒTIMAS para amenizar as fissuras e substituir a pornografia, pois ajudam muito o cérebro.

Abraços amigo, tente postar diariamente aqui, estaremos te acompanhando.

_______________________________________
"Se eu desistir agora, logo estarei de volta onde eu comecei. E quando comecei, eu estava desesperadamente desejando estar onde estou agora."
Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos