Ir em baixo
henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Diário do henriquew

14/10/2020, 23:31
Oi pessoal.


Iniciei meu reboot no dia 12 de outubro, o dia em que me registrei no fórum. E começo hoje com um pouco da minha história.

Tenho 33 anos, sou músico e professor.


P teve entrada na minha vida por volta dos 10 anos, embora eu não me lembre do momento exato. Lembro que os primeiros acessos foram através da internet e de fitas VHS que meu pai guardava “secretamente” em casa.

Eu era um menino tímido e com problemas de relacionamento. Não atribuo a totalidade disso à P, embora o vício certamente nunca tenha me ajudado a superar medos e inseguranças. Sempre fui uma criança “diferente”, talvez mais sensível, criativo e ingênuo que a maioria. E tem também o fato de ter me descoberto gay, o que trouxe toda sorte de turbulências e sofrimentos na adolescência. A falta de referências e orientação madura nessa época da minha vida não contribuíram para eu formar uma auto-imagem mais coesa e consistente, o que sempre retro-alimentou o vício.

Sempre fui alguém de trabalhar arduamente pra ser uma pessoa melhor. Tive muita sorte de me mudar de cidade aos 20 anos e conhecer amigos que me ensinaram muita coisa e me oportunizaram um tipo de atenção e companheirismo que me faltou na adolescência. Isso me fez crescer muito, e eu me considero bastante afortunado nesse aspecto.

No entanto, a P SEMPRE esteve na minha vida. Eu tive minha boa dose de experiências sexuais, de terríveis a excelentes, e só namorei uma única vez, e já faz mais de 10 anos. Eu tenho consciência de que poderia ter tido uma sexualidade muito mais feliz na juventude. Nunca consegui me libertar completamente de algumas travas. Sempre fiquei muito nervoso sexualmente, ainda mais em primeiros encontros. Não conseguir uma ereção se tornou algo até comum, e já usei medicamentos pra poder ter relações mais “confortáveis”.

Já faz bastante tempo que suspeito de um grande link entre P e muito do que me atormenta até hoje no meu comportamento: a dificuldade de demonstrar afeto, de conseguir atrair uma boa relação com um cara legal, de me sentir mais atraente, mais confiante. E levou muito tempo pra começar a fazer investidas mais sérias contra o vício.

Nesse ano, consegui ficar mais de 60 dias sem P no sentido estrito de não acessar sites e etc, que sempre foram a principal via pra mim. No entanto, durante esse período, não parei com M, e percebi que esse hábito tomou novas formas que provavelmente substituíram a relação típica da P - comecei a tirar mais nudes, a frequentar apps de pregação pra conseguir nudes, e a frequência da atividade até aumentou. Até que um dia eu tive uma bela recaída e aí voltei mais ou menos ao que era.

Pra mim, mais importante ainda do que a quantidade de horas perdidas em P ou M (que variam de época em época, pra mim) é o que alimenta o vício. E eu sinto que sempre usei P ou M como uma forma de lidar com ansiedade, com medo, com dúvida, com sensações desagradáveis. Sempre foi uma maneira rápida de conseguir prazer e evitar confrontar emoções negativas. Enfim, deve ser parecido pra muita gente. Só que no meu caso tem ficado mais claro pra mim a “forma” dos sentimentos negativos que eu sempre evitei confrontar.

Dessa maneira, eu sinto que esse processo só vai dar certo se eu arcar com o problema inteiro, isto é: PMO. Estou determinado a me libertar fazendo um reboot consistente, deixando P pra sempre, e me abstendo de M ou O por um período considerável, se possível até o fim do ano, o que pra mim seria um enorme desafio.

Nesse momento, estou no meio de um curso introdutório de meditação mindfulness que está me fazendo muito bem. Está me ajudando a me “desprender” melhor de padrões emocionais e energéticos, e a criar mais consciência deles. E também tenho praticado exercícios regularmente, o que também ajuda.

Estou num momento importante da vida, em que estou tendo que reunir energia pra mudar o foco da minha carreira profissional. Gostaria muito de me tornar uma pessoa mais inteira e centrada, não mais assombrada por esse fantasma que me encontrou na infância. Quero conhecer a pessoa que existe para além do vício!

Já fiz a limpa do PC, navegador, celular e nuvem. Bloqueei uma gigantesca lista de sites de P (a maior que encontrei) via host no Mac. Embora eu não possa me ausentar completamente de todas as redes sociais, vou me manter o mais longe possível de todos os gatilhos. Desinstalei apps de pegação. E pretendo reportar sempre que possível o meu processo, com seus altos e baixos. Estar no fórum faz com que eu tenha que prestar contas do meu processo, um estímulo fundamental.

Estou quase concluindo o dia 3 hoje.

Obrigado pela atenção, pessoal!


Última edição por henriquew em 5/11/2020, 00:39, editado 1 vez(es)

Eros, sbtrktr, Rottweiler, Henrique MG e Arhin gostam desta mensagem

Eros
Eros
Moderador
Moderador
Mensagens : 495
Data de inscrição : 11/09/2017

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

15/10/2020, 01:05
Bem-vindo ao fórum, Henriquew!

Você escreve de uma forma muito agradável. Li tudo sem me cansar!

Vou te passar algumas orientações sobre o fórum.


  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________

henriquew gosta desta mensagem

Josuez
Josuez
Mensagens : 772
Data de inscrição : 15/07/2018
Idade : 18
Localização : DF

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

15/10/2020, 08:08
Primeiramente bem vindo ,e parabéns por perceber o mal que é a pmo e pelo desejo de querer sair desse vício! Sinta-se acolhido , e estaremos aqui para te acompanhar e te ajudar nesse processo. Wink

_______________________________________











Meu diário : https://www.comoparar.com/t7653-relato-diario

henriquew gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Dia 4

16/10/2020, 00:22
Olá gente. Obrigado pelo acolhimento!

Hoje foi o dia 4. Passei bem, dediquei a maior parte do dia a leituras, estudos e escrita, de forma que pouco tempo restou pra pensar em P, M ou O.

Sei que isto é provavelmente só o "monstro dormente", mas estarei espreitando. Smile

Abç!

Rottweiler e Piyselo gostam desta mensagem

David Silva
David Silva
Mensagens : 2969
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

18/10/2020, 10:20
Seja bem-vindo, Henrique!
Eu também concordo que a masturbação atrapalha. Eu não a erradiquei totalmente, mas diminuí drasticamente. Em 50 dias tive apenas 2.
Tente sempre buscar um equilíbrio. Sobre aplicativos e buscas na internet etc, eu tenho uma opinião particular. Pra mim não é o que busco. Já tentei buscar relacionamentos nestas coisas, 99% das vezes não deu certo. Só em duas ocasiões conheci uma pessoa que valia a pena. Mesmo assim não deu certo. Eu resolvi parar a procura de pessoas, não quero sexo casual, estou conhecendo a mim mesmo para depois deixar acontecer um romance. Bem, você faz ou já fez terapia? Não sei como são suas condições financeiras, mas acho que poderia ajudar. Abraços! Paz!

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://comoparar.forumeiros.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)


Piyselo e henriquew gostam desta mensagem

darthvader
darthvader
Mensagens : 241
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

18/10/2020, 15:52
Oi pessoal.


Iniciei meu reboot no dia 12 de outubro, o dia em que me registrei no fórum. E começo hoje com um pouco da minha história.

Tenho 33 anos, sou músico e professor.

Seja bem-vindo!

P teve entrada na minha vida por volta dos 10 anos, embora eu não me lembre do momento exato. Lembro que os primeiros acessos foram através da internet e de fitas VHS que meu pai guardava “secretamente” em casa.

Eu era um menino tímido e com problemas de relacionamento. Não atribuo a totalidade disso à P, embora o vício certamente nunca tenha me ajudado a superar medos e inseguranças. Sempre fui uma criança “diferente”, talvez mais sensível, criativo e ingênuo que a maioria. E tem também o fato de ter me descoberto gay, o que trouxe toda sorte de turbulências e sofrimentos na adolescência. A falta de referências e orientação madura nessa época da minha vida não contribuíram para eu formar uma auto-imagem mais coesa e consistente, o que sempre retro-alimentou o vício.

Totalmente eu!

Pra mim, mais importante ainda do que a quantidade de horas perdidas em P ou M (que variam de época em época, pra mim) é o que alimenta o vício. E eu sinto que sempre usei P ou M como uma forma de lidar com ansiedade, com medo, com dúvida, com sensações desagradáveis. Sempre foi uma maneira rápida de conseguir prazer e evitar confrontar emoções negativas. Enfim, deve ser parecido pra muita gente. Só que no meu caso tem ficado mais claro pra mim a “forma” dos sentimentos negativos que eu sempre evitei confrontar.

Quando você puder ler os fóruns dos outros, perceberá que a maioria procura PMO como válvula de escape para ansiedade e carência. A solução é enfrentar a causa - sentimentos negativos.

Nesse momento, estou no meio de um curso introdutório de meditação mindfulness que está me fazendo muito bem. Está me ajudando a me “desprender” melhor de padrões emocionais e energéticos, e a criar mais consciência deles. E também tenho praticado exercícios regularmente, o que também ajuda.

Tenho estudado a meditação e espero em breve praticar. Descobri um grupo (Daissen virtual) que dá aulas gratuitas duas vezes por semana via Zoom. Na semana que vem quero iniciar, deixo como sugestão.

Já fiz a limpa do PC, navegador, celular e nuvem. Bloqueei uma gigantesca lista de sites de P (a maior que encontrei) via host no Mac. Embora eu não possa me ausentar completamente de todas as redes sociais, vou me manter o mais longe possível de todos os gatilhos. Desinstalei apps de pegação. E pretendo reportar sempre que possível o meu processo, com seus altos e baixos. Estar no fórum faz com que eu tenha que prestar contas do meu processo, um estímulo fundamental.

Se você puder, deixo como sugestão desinstalar as redes sociais do celular. Ajuda muito.



_______________________________________
Leia meu diário!

Diário do henriquew Anycon10










Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)

henriquew gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

18/10/2020, 23:19
Sobre aplicativos e buscas na internet etc, eu tenho uma opinião particular. Pra mim não é o que busco. Já tentei buscar relacionamentos nestas coisas, 99% das vezes não deu certo. Só em duas ocasiões conheci uma pessoa que valia a pena. Mesmo assim não deu certo. Eu resolvi parar a procura de pessoas, não quero sexo casual, estou conhecendo a mim mesmo para depois deixar acontecer um romance. Bem, você faz ou já fez terapia? Não sei como são suas condições financeiras, mas acho que poderia ajudar. Abraços! Paz!

Sim, pra mim os apps também não valem a pena. Eu já consegui marcar alguns encontros até satisfatórios, mas nada que compensasse nem de perto o tempo gasto naquela dinâmica desgastante.

Eu já fiz terapia. No momento é um pouco inviável, pois estou numa cidade apenas temporariamente. De qualquer maneira, não estou sentindo tanta necessidade de suporte terapêutico. Estou confiando nas ferramentas que tenho à disposição agora, e de maneira geral tenho me mantido positivo.


Tenho estudado a meditação e espero em breve praticar. Descobri um grupo (Daissen virtual) que dá aulas gratuitas duas vezes por semana via Zoom. Na semana que vem quero iniciar, deixo como sugestão.

Concluí hoje um curso de 28 sessões práticas de meditação mindfulness (fiz uma por dia durante os 28 dias, estou bem satisfeito com isso!  Smile ). O nome do instrutor é Sam Harris, um filósofo e neurocientista. As lições são através de um app chamado Waking Up. Tem sido absolutamente fundamental. Eu também recomendo.


Bom, 7 dias hoje! Passou rápido! Nem acredito.

Por enquanto, tive bastante sorte. Só ocasionalmente tive pensamentos eróticos e consegui deixar eles passarem. Nada de ter que resistir ou lutar muito.

Mas eu bem sei que são dias e dias... semanas e semanas. Continuarei vigilante!

Abraço e obrigado pelas respostas!
darthvader
darthvader
Mensagens : 241
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

19/10/2020, 06:26
Concluí hoje um curso de 28 sessões práticas de meditação mindfulness (fiz uma por dia durante os 28 dias, estou bem satisfeito com isso!  Smile ). O nome do instrutor é Sam Harris, um filósofo e neurocientista. As lições são através de um app chamado Waking Up. Tem sido absolutamente fundamental. Eu também recomendo.

Olha a coincidência: terminei de ler neste fim de semana "Despertar", do Sam Harris! Laughing Uma excelente obra, por sinal.

_______________________________________
Leia meu diário!

Diário do henriquew Anycon10










Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)

henriquew gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

19/10/2020, 12:22
Ah, sensacional! Então, o app na verdade tem o mesmo nome do livro (ambos "Waking Up" em inglês) e, se você curtiu o livro, recomendo demais. O app é só em inglês, mas se isso não for problema, tem um ponto muito bacana, que é a possibilidade de conseguir um ano de inscrição gratuita caso a pessoa não tenha condições de pagar pelo serviço.  I love you  Eles oferecem pra todas as pessoas que fazem o pedido, "no questions asked". hehe
darthvader
darthvader
Mensagens : 241
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

19/10/2020, 13:36
henriquew escreveu:Ah, sensacional! Então, o app na verdade tem o mesmo nome do livro (ambos "Waking Up" em inglês) e, se você curtiu o livro, recomendo demais. O app é só em inglês, mas se isso não for problema, tem um ponto muito bacana, que é a possibilidade de conseguir um ano de inscrição gratuita caso a pessoa não tenha condições de pagar pelo serviço.  I love you  Eles oferecem pra todas as pessoas que fazem o pedido, "no questions asked". hehe

hehehehe inglês não é problema, sou professor da matéria Laughing

(embora eu conheça professores de inglês que teriam dificuldades...)

Vou baixar já.

_______________________________________
Leia meu diário!

Diário do henriquew Anycon10










Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)

henriquew gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

21/10/2020, 12:49
Décimo dia hoje. Lembrei que tenho que instalar o contador.

Na noite anterior, tive um sonho muito louco. Sonhei que estava transando com alguém, e daí, em algum momento, aquela situação se transformou e na verdade era eu vendo um vídeo da transa, como se tivesse assistindo P. Eu fiquei extremamente decepcionado comigo mesmo por ter tido a recaída, e pensei no que ia relatar no fórum. Mas aí, acordei. E nossa... que alívio tremendo! Era só um sonho.

Ontem foi meu dia mais conturbado desde que comecei. Eu me envolvi com a realização de um projeto de áudio-vídeo pra tentar me inscrever num edital. Como sempre acontece quando estou absorto em algum trabalho de natureza criativa, eu esqueço do meu ritmo interno básico. E isso abre espaço pra mais distração, desconexão com meu corpo e menos auto-controle. De repente, eu me peguei tendo pensamentos eróticos intensos, de fazer minha energia sexual entrar em congestão. Acabei baixando um aplicativo pra ver se descolava sexo casual. Fiquei nisso por mais ou menos 1 hora. Mas depois acabei desinstalando o app, e nem me envolvi muito com o lance. Felizmente, não quebrei meu reboot com PMO.

É incrível a natureza dessas coisas. Às vezes você tem uma maré baixa por dias a fio, sem grandes desafios. De repente, vem uma tempestade violenta que testa até o último fio do seu auto-controle. No mínimo, desperta nossa humildade.

Abraço e obrigado pela leitura! Smile


P.S.
hehehehe inglês não é problema, sou professor da matéria

(embora eu conheça professores de inglês que teriam dificuldades...)

Então temos mais uma coincidência legal, porque eu também sou professor de inglês. haha!

Rottweiler gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

21/10/2020, 13:31
Feito!

Rottweiler gosta desta mensagem

darthvader
darthvader
Mensagens : 241
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

21/10/2020, 20:16
Na noite anterior, tive um sonho muito louco. Sonhei que estava transando com alguém, e daí, em algum momento, aquela situação se transformou e na verdade era eu vendo um vídeo da transa, como se tivesse assistindo P. Eu fiquei extremamente decepcionado comigo mesmo por ter tido a recaída, e pensei no que ia relatar no fórum. Mas aí, acordei. E nossa... que alívio tremendo! Era só um sonho.

Uma coisa meio inception... já tive sonhos assim!

Ontem foi meu dia mais conturbado desde que comecei. Eu me envolvi com a realização de um projeto de áudio-vídeo pra tentar me inscrever num edital. Como sempre acontece quando estou absorto em algum trabalho de natureza criativa, eu esqueço do meu ritmo interno básico. E isso abre espaço pra mais distração, desconexão com meu corpo e menos auto-controle. De repente, eu me peguei tendo pensamentos eróticos intensos, de fazer minha energia sexual entrar em congestão. Acabei baixando um aplicativo pra ver se descolava sexo casual. Fiquei nisso por mais ou menos 1 hora. Mas depois acabei desinstalando o app, e nem me envolvi muito com o lance. Felizmente, não quebrei meu reboot com PMO.

Você atribui essa vontade toda à carência ou energia represada mesmo?

É incrível a natureza dessas coisas. Às vezes você tem uma maré baixa por dias a fio, sem grandes desafios. De repente, vem uma tempestade violenta que testa até o último fio do seu auto-controle. No mínimo, desperta nossa humildade.

I love you

PS.:

professor de escola regular, particular ou cursos livres?

_______________________________________
Leia meu diário!

Diário do henriquew Anycon10










Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)
henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty 1/9 do caminho do reboot. :)

22/10/2020, 18:41
Hoje foi um dia legal.

A energia extra que tem resultado da abstinência é inegável. Apenas tinha ouvido falar desse efeito, sem nunca antes ter tido força de vontade pra experimentar por conta própria. Ontem consegui bater uma to-do list item por item, e ainda sobrou energia pra estudar no fim da noite.

Na noite passada, acordei no meio da noite num estado "de transe" e comecei a me M. Isso já aconteceu outras vezes, quando tentava segurar. Talvez seja, sei lá, o inconsciente tentando "emplacar" a ação quando a gente tá mais desprotegido. Mas, talvez por conta da prática da meditação (que me faz prestar atenção nas sensações corporais), ou talvez por pura sorte, veio uma voz lá de dentro que apenas disse: "Observe e pare." E eu parei. E deitei de volta e dormi de imediato.

No mais, voltei a baixar o aplicativo. Tem sido difícil conter esse aspecto. Ainda guardo a esperança de talvez conseguir uma relação sexual verdadeira em breve. Acho que me ajudaria, já que elas sempre foram escassas em comparação com PMO. É certo meu pensamento nesse sentido? Ou arruinaria meu processo? Apreciaria o input.

Abraço e obrigado pela leitura!

P.S.:

professor de escola regular, particular ou cursos livres?

Cursos livres, até ano passado, em que estava trabalhando numa escola de inglês grande. Desde minha saída, tenho ficado como tutor autônomo. E venho tentando me estabelecer mais nesse sentido, que tem sido o desafio recente. Smile

Josuez gosta desta mensagem

darthvader
darthvader
Mensagens : 241
Data de inscrição : 10/07/2020
Idade : 39

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

22/10/2020, 19:21
A energia extra que tem resultado da abstinência é inegável. Apenas tinha ouvido falar desse efeito, sem nunca antes ter tido força de vontade pra experimentar por conta própria. Ontem consegui bater uma to-do list item por item, e ainda sobrou energia pra estudar no fim da noite.

Que delícia!

No mais, voltei a baixar o aplicativo. Tem sido difícil conter esse aspecto. Ainda guardo a esperança de talvez conseguir uma relação sexual verdadeira em breve. Acho que me ajudaria, já que elas sempre foram escassas em comparação com PMO. É certo meu pensamento nesse sentido? Ou arruinaria meu processo? Apreciaria o input.

Há quem faça em hard mode e há quem não. Ao menos seria uma relação com alguém real.

Cursos livres, até ano passado, em que estava trabalhando numa escola de inglês grande. Desde minha saída, tenho ficado como tutor autônomo. E venho tentando me estabelecer mais nesse sentido, que tem sido o desafio recente. Smile

Bem corajoso! Eu sou professor de escola pública e estou completamente esgotado neste ano. Nunca preenchi tanto documento inútil.

_______________________________________
Leia meu diário!

Diário do henriquew Anycon10










Meta 1 (30 dias)
Meta 2 (60 dias)
Meta 3 (90 dias)

henriquew gosta desta mensagem

sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 175
Data de inscrição : 23/06/2019

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

24/10/2020, 09:24
bom dia, henrique. o uso de aplicativos pra mim vai depender da relação que você tinha antes com eles. eu notei que para mim era uma forma de P, por isso não chego perto. se você consegue fazer um uso sadio deles, tá tranquilo.

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Um dia em duas partes: luz e escuridão

24/10/2020, 20:52
Hoje eu vou dar uma entrada mais reflexiva e reveladora no meu diário. Aos que quiserem acompanhar:

...

Teve a primeira parte do dia, um pouco tumultuada. Fui acordado de repente pelo meu pai me dizendo que iríamos almoçar num balneário longe de casa. Não estava sabendo, e me pegou despreparado. Rosnei, praguejei, mas embarquei com a família. Lá fomos.

Situações em que pessoas se divertem com pouca roupa ao redor da água sempre me causaram desconforto. As raízes são profundas, e provavelmente múltiplas. Nem vou entrar nisso. Só é necessário dizer que eu sempre tive vergonha do meu corpo por ser bem mais magro do que a maioria dos homens, de forma que ficar só de calção de banho sempre foi meio que um problema. Eu nem preciso explicar o link que isso tem com insegurança psicológica e os resultantes tentáculos que sempre abraçaram firmemente o vício em pornografia. Certo.

Mas hoje eu sou um cara mais maduro, de forma que, por ter uma mente ávida por reflexões sobre questões de identidade, auto-estima, sentimentos de comparação e pertencimento, eu já obtive bastante sucesso em me convencer a sair do buraco da vergonha. Só que ainda rola um período de preparação. E quando sou pego desprevenido, pode ficar aparente pros demais a minha hesitação em me "mostrar", assim... naturalmente. Então lá vou eu. Busco dentro de mim tudo o que já consegui acessar em algum dia do passado. Respiro fundo, caminho um pouco, sento. Cuido de minhas coisas, ajo naturalmente, tento tirar do ato de tirar a roupa em si o peso que ele tem. É quase como se eu estivesse tentando me distrair do que estou prestes a fazer, preciso me partir em dois, enganar a voz dentro da cabeça...

Sucesso! Logo estava com todo mundo, sentindo-me leve, desprendido, relaxado. Aproveitei o dia com a família. Tive uma excelente conversa com meu pai. Em determinado momento, o pensamento de estar livre de P há mais de 12 dias me trouxe um vigor extraordinário. Eu me senti limpo, presente. Eu senti poder vindo da minha própria fragilidade, percebi o potencial que existe quando alguém pode assumir as suas dificuldades e encará-las de frente. Ora, eu não preciso ser diferente do que eu sou, e nem preciso eliminar sentimentos negativos pra me sentir mais seguro. Basta que eu me compreenda melhor, me aceite melhor, e ouse manter a calma quando as coisas apertarem.

...

E teve a segunda parte do dia, mais para o final da nossa estadia no balneário. A mente já mais cansada, exausta por conta da água, da comida e do sol. Chega um grupo de pessoas, que passa a habitar a tenda logo em frente à nossa. E entram uns caras pra tomar banho na parte do rio bem ao lado.

Não quaisquer caras. Pelo menos três caras fantasticamente atraentes e malhados, acompanhados de suas auto-estimas e de suas mulheres jovens e igualmente esbeltas. E lá estou eu olhando pra eles. Nesse ponto, não se trata de atração física, de combater PMO, de controlar impulsos. Se trata de atestar vividamente o ponto em que minha segurança vai meio que por água abaixo. Se trata de perceber a mudança na tonalidade dos meus pensamentos quando eu me lembro que existem homens jovens, sarados e viris correndo por aí.

Posso compartilhar um pouco do conteúdo que me veio à mente. "Por que eu não nasci um pouco mais assim? Não me acho feio, mas aqueles caras são gostosos. Eles são o que as outras mulheres querem. E mais ainda, o que os homens gays querem, na maior parte das vezes. E por mais que eu abandone tudo que é natural da minha personalidade e me concentre exclusivamente em ser um rato de academia, eu jamais vou atingir aquele padrão. Então eu estou condenado. Tudo o que eu posso fazer é lutar contra meus impulsos. E só. Sem esperanças de provar um pouco do êxito 'sexual' que esses caras provavelmente provam."

O conteúdo entre aspas acima é meramente uma descrição das minhas tendências mentais em períodos de sombra. Eu sei perfeitamente que é possível quebrar a lógica de cada uma das frases, e não é difícil revelar a falta de fundamento em cada uma delas. Mesmo assim, a parte da mente que realiza essas operações conflituosas é muito mais rápida do que a parte racional. E, por mais que a mente racional tenha me ajudado a vencer a parte conflituosa no começo do dia, ali, no final do dia, tive que admitir alguma derrota. Ainda tem muito trabalho pela frente.

Pelo menos, não quebrei o reboot.

Tem também uma frase do apresentador americano Ted Rogers que diz o seguinte: "Everything that is mentionable is manageable." (Tudo o que pode ser mencionado pode ser manejado.) O motivo de fazer esse relato mais detalhado foi recuperar um pouco do sentimento de vitória, pois eu sei que não deixar esses sentimentos nas sombras me dá outra leve vantagem sobre eles.

Smile

Abraços e obrigado pela leitura!


Última edição por henriquew em 24/10/2020, 21:08, editado 1 vez(es)
henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

24/10/2020, 21:04
bom dia, henrique. o uso de aplicativos pra mim vai depender da relação que você tinha antes com eles. eu notei que para mim era uma forma de P, por isso não chego perto. se você consegue fazer um uso sadio deles, tá tranquilo.

Sim, tem total razão. Eu preciso tentar entender melhor a natureza do uso que faço deles. Sinto que, ultimamente, não é a mesma coisa que P. Não entro pra procurar nudes dos caras e ficar olhando. Mesmo assim, existe uma fixação. Parece que a ideia de suprimir totalmente meu vínculo com qualquer forma de interação que tenha um viés sexual é muito pesada pra mim. Tenho medo de ela acabar descambando em um retorno abrupto a PMO.

Rottweiler gosta desta mensagem

David Silva
David Silva
Mensagens : 2969
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

25/10/2020, 11:13
Acompanhando!
Como disse em outro diário, o olhar solto, em direção aos homens que passam e o direcionamento do olhar lá pra baixo, é um grande desafio para mim ainda. Fora que tem muita gente como você disse se "esbeltando", ou seja, esculpindo o corpo a todo custo. Esse é um efeito de vários anos em PMO. No meu caso, praticamente, 20 anos. Esses efeitos do pensamento pornográfico em nossa mente ainda vai durar um pouco. Por isso, os 90 dias é um prazo mínimo, mas este tipo de efeito ainda vai levar mais tempo. Por isso, reboot eterno. Gostei muito do seu esforço. Parabéns! Sigamos! Abraços! Paz!

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://comoparar.forumeiros.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)


henriquew gosta desta mensagem

sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 175
Data de inscrição : 23/06/2019

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

25/10/2020, 12:23
henriquew escreveu:Sim, tem total razão. Eu preciso tentar entender melhor a natureza do uso que faço deles. Sinto que, ultimamente, não é a mesma coisa que P. Não entro pra procurar nudes dos caras e ficar olhando. Mesmo assim, existe uma fixação. Parece que a ideia de suprimir totalmente meu vínculo com qualquer forma de interação que tenha um viés sexual é muito pesada pra mim. Tenho medo de ela acabar descambando em um retorno abrupto a PMO.

pois é, eu já cai em uma cilada antes. como salas de bate papo nunca fizeram parte da minha rotina com P, acabai entrando em algumas por achar que poderia ser um escape inofensivo. ledo engano, virou uma nova porta pra P.

sobre a situação da praia. também luto pra trabalhar algumas inseguranças minhas, e que também aparecem nesse mesmo tipo de situação. tento sempre meditar que tenho que encontrar minha felicidade com o que a natureza me deu, e assim seguiu meu caminho sem olhar pros lados, senão acabo entrando no fosso da inveja - que às vezes pode ser boa, mas nesse caso pra mim é ruim.

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

henriquew gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

26/10/2020, 23:40
Parte boa do dia hoje: voltei pros exercícios.

Parte ruim: libido meio que explodiu, e me M até O.

:/

Mas foi limpo.

Já mudei o contador. Mas vou tentar quebrar o recorde. haha

sbtrktr e Elpaco gostam desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

29/10/2020, 01:06
Hoje foi um dia estranho. Os rumos da minha vida estão incertos. Tenho ficado muito tempo sozinho, trancado em meu quarto, tentando dar conta de uma iniciativa que não sei se vai me levar pro lugar que eu quero. Ao mesmo tempo, existem tantas outras coisas que eu queria estar fazendo, e de certa maneira, eu me sinto tão distante delas agora, é como se houvesse um abismo inteiro de distância, como se a vida em que experimentei elas fosse outra já, que ficou pra trás.

De qualquer maneira, todo esse torvelinho mal me fez lembrar de PMO. Ponto positivo.

Abraços e obrigado pela leitura! Very Happy

Rottweiler gosta desta mensagem

henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

4/11/2020, 22:36
Oi. Fiquei um tempo sem postar, concentrado em outras coisas.

Libido alta ultimamente. Bastante atividade nos apps, tentando desenrolar algo (ainda sem sucesso, por motivos outros). E tive uns 2 dias de MO mais frequente. Fiquei atento. Como passei 14 dias sem, acabei me "deixando" um pouco pra entender melhor minha relação com a coisa. Percebo que existe um nível saudável, até produtivo. Mas existe aquela linha tênue que marca o início da compulsão, da fuga.

Percebo que talvez seja essa a alma da coisa. Entender esse ponto. Porque nós somos criaturas apegadas ao prazer. E,  no momento em que descobrimos uma maneira economicamente vantajosa (no sentido da relação tempo X resultados) de obter prazer, temos a tendência de abusar da relação. E é justamente em períodos de dificuldade, crise e mente contraída que essa relação se estreita até os níveis do desgaste. Estou tentando entender o meu limite.

Também vejo a lógica do chaser effect. Uma vez que você cede à atividade prazeirosa, existe uma memória corporal que fica viva por um bom tempo depois do ato. E esta memória está ali, como um botão pronto pra ser pressionado. Só precisa que você ceda mais uma vez. E mais outra, e outra.

Bom, espero passar uns dias sem MO de novo, tentar quebrar o recorde. Hoje consegui, então 1 dia sem MO.

Felizmente (felizmente!) a vontade de ver P está relativamente fácil de controlar, se comparada com essas outras atividades. E tem o fato de os bloqueadores dificultarem tudo. Então, sigamos em frente!

Abraços e obrigado pela leitura!
henriquew
henriquew
Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/10/2020

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

4/11/2020, 22:46
Ah, alguém pode me explicar como muda o nome do tópico?

Por alguma razão estranha está: que, , mas eu não coloquei isso. Shocked
Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 813
Data de inscrição : 10/12/2018

Diário do henriquew Empty Re: Diário do henriquew

4/11/2020, 23:19

Após a criação do diário é possível editá-lo.
Para isso, o usuário deve clicar no lápis, situado na parte direita do primeiro post. Feito isso, é só realizar as modificações necessárias, seja no título do tópico, seja na caixa de mensagens, e clicar em "Enviar" novamente e o post editado será salvo.

henriquew gosta desta mensagem

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum