Ir em baixo
avatar
DforDare
Mensagens : 7
Data de inscrição : 25/03/2021

Diario dos 90 dias Empty Diario dos 90 dias

25/3/2021, 21:21
Boa noite, galera.

Fico bastante feliz em ter encontrado esse fórum hoje. Estou me sentindo fortemente desencorajado, ligeiramente desesperado, e com certo grau de repulsa com relação a mim mesmo. Procurei por grupos de auxilio, e esbarrei no fórum sem querer. Acredito que como todos aqui já sabem, o assunto em si é um tabu, e sinto dificuldades de conversar sobre com outras pessoas, e lidar com isso sozinho tem sido um dos motivos de tantas falhas, acredito.

Atualmente sou um universitário, cursando engenharia. Tenho 28 anos, e tive contato com pornografia muito cedo em minha vida, quando ainda criança, pelo computador do meu irmão, mas meu contato com o lado sexual foi ainda mais cedo, com 7 ou 8 anos de idade, quando um primo (devia ter uns 12 ou 13 anos na época) me fazia sentar em seu colo, me tocava intimamente e fazia com que eu o tocasse. Acho que conversei com apenas uma ou outra pessoa sobre o ocorrido, e por muito tempo eu realmente não me importava com isso. Nunca guardei magoa ou achei que isso tivesse criado algum trauma ou algo do gênero. Mas acredito que essas, esse contato precoce de varias formas, tenham agravado minha situação.
Hoje me considero um viciado em PMO. Ja tentei parar inúmeras vezes, e apesar de ter conseguido por algum tempo, sempre cai no relapso e voltei aos antigos problemas.

Hoje, apesar de ainda não ter conseguido parar, consigo ver o dano que isso tudo me causa. O consumo de pornografia de sites duvidosos, com conteúdo de fontes vazadas e sem consentimento, além de fantasiar com pessoas que são próximas de mim, é provavelmente o que mais me machuca. Cheguei ao ponto de usar softwares de edição para tentar criar fotos de pessoas conhecidas com algum grau de nudez, de forma a atender as minhas fantasias mais visuais. Sinto uma forte sensação de repulsa com relação a esse lado da minha personalidade, e mesmo assim, ocasionalmente sinto que minha cabeça 'desliga', sinto que perco o controle sobre meus impulsos, e acabo voltando a consumir pornografia.

Os sintomas que sinto são variados, e não consigo uma linha de discernimento exata para definir o que é e o que não é causado pelo PMO, ou o que pode, a longo prazo, ter sido parcialmente relacionado ao meu consumo compulsivo. Sou depressivo, e ja cheguei a consumir anti depressivos, tenho pouquíssima força de vontade, tenho problemas de concentração, além de também ter tido problemas com ereção em relações sexuais. A alguns anos atrás, quando tive meu primeiro namoro verdadeiramente intimo, minha então namorada me abordou com o fato de que eu tinha alguns episódios noturnos de sonambulismo em que ela acordava comigo agarrando e lambendo o cobertor, ou abraçando e me esfregando nela. Em algumas das vezes eu lembrava vagamente do ocorrido, principalmente se ela me acordava, mas na maioria das vezes isso não acontecia. Não necessariamente os sonhos eram de contexto sexual, apesar do que acontecia. Sinto grande vergonha sobre isso, e já me causou problemas de relacionamento muito graves. Atualmente ainda acordo com isso acontecendo ocasionalmente, e me sinto um pouco sem esperança de ter um relacionamento normal e saudável com isso em minha vida.

Dito tudo isso, considero minha sexualidade fortemente abalada e distorcida ao longo da minha vida, e muito disso me causa grandes dores emocionais e preocupação. Ontem a noite, após um relapso grave, decidi buscar ajuda por meio de terapia. Acredito que ja na próxima semana começo a buscar um profissional. Em paralelo vou tentar manter o diário por aqui, e buscar força e apoio dos demais.

Aos que leram até aqui, desejem-me força e sorte, pois da minha parte deixo meus votos da melhor das sortes a todos vocês. Acredito fortemente na capacidade de auto-aperfeiçoamento dos seres humanos, e espero conseguir sair dessa, assim como todos aqui, e partir para uma vida e mentalidade mais saudável.

Ternamente,
Diego.

Kaneki, Vitoriosa, Rottweiler e guerreirodeluz gostam desta mensagem

Vitoriosa
Vitoriosa
Moderadora
Moderadora
Mensagens : 813
Data de inscrição : 10/12/2018

Diario dos 90 dias Empty Re: Diario dos 90 dias

25/3/2021, 23:42
Oi, DforDare!

Que bom que você chegou! Seja muito bem-vindo ao Fórum "Vício em Pornografia, Como Parar?". Aqui, ao mesmo tempo em que construímos um novo caminho por meio da reversão do vício, também construímos uma família. Por isso, desejamos que você se sinta bem entre nós, ao mesmo tempo que encontre oportunidades e condições para aprender e crescer.

Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Conheça a legislação do Fórum: Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.

  • Veja como gerenciar seu diário em Como criar um diário no Fórum.

  • Conheça o Guia Introdutório e aprenda o básico sobre o processo de reversão do vício ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado) para ter acesso a informações mais completas.

  • Confira o arsenal tecnológico para te auxiliar na proteção contra o vício: Configuração do Clean Browsing; Bloqueamento via Hosts; Inter App Control Pro (Pago); Blok Supreme (Pago); Download do Qustodio (A versão gratuita já é suficiente). Para maiores informações e/ou encontrar outras opções acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Conheça os navegadores (para smartphone) que já vem com proteção contra o vício e escolha um: Spin, Kids Safe Browser (Pago) e Mobicip. Instale o NetAngel para bloquear a pornografia em seu smartphone, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para Android, iOS ou Windows Phone acesse a Seção Ferramentas e Bloqueadores.

  • Dica: Cadastre um e-mail temporário descartável em seus softwares, pois, assim, você evita uma possível recuperação da senha. Utilize também um método de ocultação de senha, para evitar que você desative os bloqueadores em um momento de fissura. Acesse: Método para esconder a senha.

  • Instale um contador de dias: Tutorial Contador de Dias, para te situar em sua jornada.

    Avalie também a necessidade de abandono de outros vícios que podem de alguma forma te atrapalhar no processo, como masturbação, álcool, outras drogas lícitas e ilícitas, games, comidas e outros.

  • Priorize as atividades de religação, tais como: socialização, trabalho voluntário, trabalho manual prazeroso, leitura de livros, mindfulness, meditação, yoga, musculação, natação, ciclismo, pilates, hidroginástica, crossfit, boxe, lutas diversas, dança, caminhada, corrida, zumba, voleibol, futebol e muitas outras. Não foque muito em quantidade, mas na qualidade.

  • Não desperdice o seu tempo em redes sociais, pois muitas delas atuam como verdadeiras "playboys digitais", tais como: facebook, instagram, twitter, pinterest e outras. Evite também a navegação a esmo.

  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Certifique-se de ter relatado toda a sua história de envolvimento com a PMO, para que, assim, possamos ajudá-lo(a) da melhor forma. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te assistir, e sempre que puder ajude outros aqui também.

Abraços!

_______________________________________
Vitoriosa

DforDare gosta desta mensagem

guerreirodeluz
guerreirodeluz
Mensagens : 131
Data de inscrição : 13/12/2020

Diario dos 90 dias Empty Re: Diario dos 90 dias

26/3/2021, 01:35
DforDare escreveu:Boa noite, galera.

Fico bastante feliz em ter encontrado esse fórum hoje. Estou me sentindo fortemente desencorajado, ligeiramente desesperado, e com certo grau de repulsa com relação a mim mesmo. Procurei por grupos de auxilio, e esbarrei no fórum sem querer. Acredito que como todos aqui já sabem, o assunto em si é um tabu, e sinto dificuldades de conversar sobre com outras pessoas, e lidar com isso sozinho tem sido um dos motivos de tantas falhas, acredito.

Atualmente sou um universitário, cursando engenharia. Tenho 28 anos, e tive contato com pornografia muito cedo em minha vida, quando ainda criança, pelo computador do meu irmão, mas meu contato com o lado sexual foi ainda mais cedo, com 7 ou 8 anos de idade, quando um primo (devia ter uns 12 ou 13 anos na época) me fazia sentar em seu colo, me tocava intimamente e fazia com que eu o tocasse. Acho que conversei com apenas uma ou outra pessoa sobre o ocorrido, e por muito tempo eu realmente não me importava com isso. Nunca guardei magoa ou achei que isso tivesse criado algum trauma ou algo do gênero. Mas acredito que essas, esse contato precoce de varias formas, tenham agravado minha situação.
Hoje me considero um viciado em PMO. Ja tentei parar inúmeras vezes, e apesar de ter conseguido por algum tempo, sempre cai no relapso e voltei aos antigos problemas.

Hoje, apesar de ainda não ter conseguido parar, consigo ver o dano que isso tudo me causa. O consumo de pornografia de sites duvidosos, com conteúdo de fontes vazadas e sem consentimento, além de fantasiar com pessoas que são próximas de mim, é provavelmente o que mais me machuca. Cheguei ao ponto de usar softwares de edição para tentar criar fotos de pessoas conhecidas com algum grau de nudez, de forma a atender as minhas fantasias mais visuais. Sinto uma forte sensação de repulsa com relação a esse lado da minha personalidade, e mesmo assim, ocasionalmente sinto que minha cabeça 'desliga', sinto que perco o controle sobre meus impulsos, e acabo voltando a consumir pornografia.

Os sintomas que sinto são variados, e não consigo uma linha de discernimento exata para definir o que é e o que não é causado pelo PMO, ou o que pode, a longo prazo, ter sido parcialmente relacionado ao meu consumo compulsivo. Sou depressivo, e ja cheguei a consumir anti depressivos, tenho pouquíssima força de vontade, tenho problemas de concentração, além de também ter tido problemas com ereção em relações sexuais. A alguns anos atrás, quando tive meu primeiro namoro verdadeiramente intimo, minha então namorada me abordou com o fato de que eu tinha alguns episódios noturnos de sonambulismo em que ela acordava comigo agarrando e lambendo o cobertor, ou abraçando e me esfregando nela. Em algumas das vezes eu lembrava vagamente do ocorrido, principalmente se ela me acordava, mas na maioria das vezes isso não acontecia. Não necessariamente os sonhos eram de contexto sexual, apesar do que acontecia. Sinto grande vergonha sobre isso, e já me causou problemas de relacionamento muito graves. Atualmente ainda acordo com isso acontecendo ocasionalmente, e me sinto um pouco sem esperança de ter um relacionamento normal e saudável com isso em minha vida.

Dito tudo isso, considero minha sexualidade fortemente abalada e distorcida ao longo da minha vida, e muito disso me causa grandes dores emocionais e preocupação. Ontem a noite, após um relapso grave, decidi buscar ajuda por meio de terapia. Acredito que ja na próxima semana começo a buscar um profissional. Em paralelo vou tentar manter o diário por aqui, e buscar força e apoio dos demais.

Aos que leram até aqui, desejem-me força e sorte, pois da minha parte deixo meus votos da melhor das sortes a todos vocês. Acredito fortemente na capacidade de auto-aperfeiçoamento dos seres humanos, e espero conseguir sair dessa, assim como todos aqui, e partir para uma vida e mentalidade mais saudável.

Ternamente,
Diego.

Querido Diego, Seja Bem Vindo !!!

Cara, me identifiquei demais contigo na parte de fazer montagens virtuais para satisfazer meu prazer em ver pessoas que eu conhecia despidas, assim como atrizes, e de fato nossa mente como viciado desliga, a gente ignora tudo e só se afunda mais, a nossa personalidade real é congelada, a gente não se reconhece mais ao mesmo tempo não acorda.

Me solidarizo pelo episódio de abuso que passou na infância e que de fato influencia muito nesse problema, mas meu amigo é um novo momento, você refletiu, você identificou, você acordou, agora é hora de batalhar para voltar ao encontro de si mesmo.

Vamos eliminar esse vício de nossas vidas ? Vamos juntos, todos aqui estão nessa batalha, eu por exemplo venho de recentes recaídas mas estou melhorando a cada dia, a cada semana descobrindo novos benefícios e sei que alcançarei o reboot total pois não desisto e sei que também não desistirá.

Ir a uma terapeuta pode te fazer muito bem como está fazendo a mim, e por favor não esqueça o seu diário e este espaço, se mantenha presente com seu percurso e também ajudando os outros irmãos de luta em suas histórias

Você não está nem um pouco sozinho, és vencedor em aqui já estar, que seja o início de mais uma história vencedora

Abrçs!!!

Vitoriosa e DforDare gostam desta mensagem

avatar
DforDare
Mensagens : 7
Data de inscrição : 25/03/2021

Diario dos 90 dias Empty Re: Diario dos 90 dias

26/3/2021, 23:29
guerreirodeluz escreveu:

Você não está nem um pouco sozinho, és vencedor em aqui já estar, que seja o início de mais uma história vencedora

Abrçs!!!

Boa noite irmão : )

Fico bastante agradecido pelas palavras e pela interação. É bom saber que tem gente presente por aqui.
Me faço presente também, e desejo a ti força e a melhor das sortes.

_______________________________________
"..There is no easy way from the earth to the stars..”

"..For nature does not give a man virtue: the process of becoming a good man is an art.."

- Seneca

guerreirodeluz gosta desta mensagem

avatar
DforDare
Mensagens : 7
Data de inscrição : 25/03/2021

Diario dos 90 dias Empty Re: Diario dos 90 dias

26/3/2021, 23:56
Boa noite galera! : )

Estou no meu segundo dia por aqui, e passo pra deixar o update no diário. Gostaria de tentar escrever todos os dias, ao menos para marcar a presença do foco sobre o assunto.
O dia foi bom e produtivo, apesar de estar lidando com grandes episódios de ansiedade. Recentemente perdi meu pai, levado pelo Covid. Levei uma forte pancada, e somado a depressão dos últimos meses, me deixou numa região bem sombria da vida. Mas nunca houve nuvem tão escura que não fosse passageira, e acredito que nessa situação só resta a paciência e a ciência de que dias melhores virão. Gostaria de presentear esses bons dias futuros com a melhor versão possível de mim mesmo, logo, persevero com a proposta de abstinência.
Algo que tem me ajudado muito, tanto com relação ao desenvolvimento de uma certa resiliência aos maus momentos, quanto a reflexão a cerca do amainar dos vícios, é a filosofia estoica. A um tempo atrás terminei de ler as cartas de Seneca a Lucilio, e recomendo fortemente! Como contribuição do dia, vou adaptar e traduzir uma passagem para deixar por aqui. Espero que traga inspiração a vocês, da forma como trouxe para mim:

"Vamos também superar todas as coisas, com nossa recompensa consistindo não coroa ou guirlanda, não em trombetas e clamores de silêncio para a proclamação cerimonial de nosso nome, mas no valor moral, na força de espírito. Em uma paz que é conquistada para sempre uma vez que a sorte foi totalmente derrotada."

Não sei qual foi o caminho da vida que nos trouxe ao vicio, tenha sido acaso, influencia, fraqueza, ou falta de autoconhecimento, mas tomemos as rédeas das mãos do acaso e da sorte, e rumemos a dias melhores através do autocontrole e da virtude. Façamos não por outra pessoa, não por aprovação do social, ou por qualquer mérito alheio, mas por nós mesmos. Porque no fundo, sabemos o que queremos, e que a mente calma só virá dessa forma.

Abraços, força, e a melhor das sortes a todos.

Ternamente,
Diego.

_______________________________________
"..There is no easy way from the earth to the stars..”

"..For nature does not give a man virtue: the process of becoming a good man is an art.."

- Seneca

Rottweiler, guerreirodeluz e cakelove1510 gostam desta mensagem

avatar
DforDare
Mensagens : 7
Data de inscrição : 25/03/2021

Diario dos 90 dias Empty Re: Diario dos 90 dias

29/3/2021, 15:28
Ola novamente, meus caros.

Fiquei um breve tempo sem passar por aqui para atualizar o diário, mas acredito que a periodicidade da escrita não é tão importante quanto as razões para recorrer a ela. Tive um bom dia ontem, com alguns amigos próximos me visitando. Curioso que depois de algum tempo com fome, deixamos de reparar nela. Mas basta a primeira garfada de comida para que o sentimento volte a postos. Acredito que foi a mesma sensação quando encontrei com meus amigos ontem. Não tinha percebido o quanto estava me sentindo solitário até ter um longo dia de conversa e confraternização. Fico feliz e fortemente grato pela visita.

Hoje beirei em deixar uma brecha para a fraqueza. Dei uma breve da famosa "espiada" em um site em que fui parar por acaso. Voltei aos sentidos e levantei da cama, me esforçando pra sair do ócio. A inatividade é uma inimiga nessas horas. Tomei um banho frio, passei um café, joguei alguns bocadinhos para dar uma acelerada na cabeça, e agora ca estou escrevendo. O próximo passo é retomar os estudos.

A quem quer que esteja lendo minhas atualizações, ou que esteja apenas passando por aqui, obrigado, e a melhor das sortes também. Vou deixar um pedacinho de um livro que estou lendo nos últimos dias para dar uma inspirada a se manter forte a causa:

"Tudo o que temos que fazer é decidir como usar o tempo que nos é dado."
- Gandalf, em O Senhor dos Anéis.

_______________________________________
"..There is no easy way from the earth to the stars..”

"..For nature does not give a man virtue: the process of becoming a good man is an art.."

- Seneca

Kaneki, Rottweiler e guerreirodeluz gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Mensagens : 853
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 25
Localização : MG

Diario dos 90 dias Empty POla

30/3/2021, 08:11
Boa sorte meu caro, lembre de colocar contador e bloqueadores pra te auxiliar nessa jornada, e por fim, faz bem de estar lendo, utilizar o tempo disponível ao seu favor lhe faz muito bem. abraços.

_______________________________________




MINHA HISTÓRIA DE SUCESSO: https://www.comoparar.com/t11429-finalmente-a-vitoria#326635
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t1813p375-diario-do-kaneki#317713
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum