Diário - Vierkenes

+105
Unknown Guy
Dead
PILGRIM
Origami
logos
Gracinha
Rocketman
Muskel94
Karnall
DarthVaderMax99
Lima Gomes
Taurus
o2Lázaro
Gardenzio Angelone
MEMENTO MORI
Lucas6
DarkSlayer
Léo123
Felipe33
VanGogh
Spartacuz
deltagama_0236
MascaradeFerro
parbat
LikeAStone
PEDRO TRINDADE
Guerreiro de longa data
TexugoVoador
Guerreiro73
FirmeForte
balboa08
brfreedom
fc1992
Vitrola
gokusaiyajin26pmo
Tendel
Moinho
Rottweiler
Kusmin
Flying
Raposo
emoruw
Nino
Master
Eddie Red Pill
Samurai_Bushido
Mike
Ikki De Fênix
Justiceiro do Sertão
headbanger
Paladino91
Alexandretj
potiguar
The Change
..Heitor..
gustav000
MoonWolf
Leao-lipe
Alan Turing
Marker
Beren Erchamion
Urso Polar
Thor_02
PauloXXX
Seeker
vierkenes
Heitor..
Tiago M
Buda
Marco
Coymacoy
Batman23
mocaccino
Vencedor1989
Bolseiro_carioca
Anti-PMO!
Sevenfalls
Ragnar
CinquentaDias
salazaryuri
Budista Rebooter
Kal-el
masterfigher
Alexei I.
Black Skull
Henrique G
Mega Man
Broda
moonshine
Renovatio
Vladislau
Brit
dragon
Ed_Fenix
muleke doido
Soli Deo Gloria
Blpr
Tom
couto94
Senhor X
Kuroro
HenriqueT
Toguro
Indiolouco
Randy
109 participantes
Ir para baixo
MascaradeFerro
MascaradeFerro
Mensagens : 177
Data de inscrição : 04/12/2019
Idade : 31

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

26/6/2020, 11:05
Que bom que voce nao deu ouvidos aquela mensagem sem fundamento nenhum, pelo menos pra minha opiniao aquilo é um desserviço a voce e todos nós!

Acho que voce precisa seriamente melhorar sua autoestima, praticar um hobby que te traga alegria e ser mais gentil consigo mesmo, no fundo essa auto inferiorizaçao é o seu verdadeiro vício!

_______________________________________
Me acompanhe --> Meu Diário

VanGogh gosta desta mensagem

vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

26/6/2020, 12:02
Estou realmente emocionado com as últimas postagens. Claro, somos diferentes, temos opiniões e visões de mundo diferente, e eu não preciso concordar com tudo. No entanto, no que diz respeito ao vício, nossa opinião é uma só. Eu sei que todos que postam aqui tem o intuito de ajudar a erradicar o vício. É isso que importa. Eu senti esse apoio, agora.

Respondendo ao deltagama, não, eu não estou satisfeito comigo mesmo. E isso inclui sexo, mas evidentemente é muito mais do que isso. Quando falo sobre minha ausência plena de vida sexual, não estou de jeito nenhum me baseando no que me dizem, nos valores sociais, pressão de amigos ou me comparando com outras pessoas. EU, por mim mesmo, não quero isso pra mim. Não quero chegar aos 35 anos tendo beijado duas mulheres na vida, uma com 14 anos e outra aos 28, nem quero passar 5, 6, 7 ou 10 anos sem ter NENHUM contanto íntimo com uma mulher. Muito menos quero reprimir brutal e violentamente meu desejo, que foi tudo o que consegui fazer até aqui. Não aguento mais tanta repressão e violência contra mim mesmo. Fora os outros aspectos que eu não gosto em mim.

Máscara de ferro: acho que você acertou quando disse que estou me identificando com o que eu não sou. Acertou na mosca.

Também tenho problemas de auto estima, é verdade. Muito embora o vício tenha uma importância fundamental nisso. Eu não consigo me dar valor quando estou caindo constantemente em porn. Com poucos dias de reboot, é muito difícil não pensar: "eu sou um lixo, um merda, etc". Felizmente, o reboot melhora MUITO isso. Quando eu tava com mais de 100 dias, eu me sentia ótimo comigo mesmo.

Quanto a ser gentil comigo mesmo, você está corretíssimo. Eu sou muito auto exigente comigo mesmo, e isso pode parecer bom, mas na verdade é PÉSSIMO. Quando eu cometo um erro, me vejo como o maior merda do mundo. Quando ocasionalmente cometo uma atitude vil, ou errada,eu me comparo as piores figuras possíveis. O que está no extremo oposto da verdade, porque eu não sou um cara mal e cruel (mesmo que as vezes, por motivos e circunstâncias específicas, eu possa agir assim). São coisas diferentes.

Pegar pesado comigo mesmo sem dúvidas atrapalha muito meu caminho.

O lance da auto estima, só longe do porn. Honestasmente,não me vejo feliz e com uma auto estima boa, enquanto eu tiver batendo punheta pra uma tela.

Bom amigos, senti o apoio de vocês e retornei pra cá.

Hoje, 26/6 é o dia 2.

Tá foda passar dos 10 dias. Exatamente como no primeiro dia que entrei no fórum.

Acredito que a coisa só vai funcionar se eu agir diferente. Não adianta nada só ficar desabafando aqui no fórum.

Com a quarentena,eu me habituei a ficar 99% do tempo em casa. Porém, sair é fundamental,ainda mais que a cidade que eu estou permite isso. Dava pra estar fazendo corrida.

Vou também voltar pras praticas espirituais. Eu deixei essas coisas de lado pra ficar no porn? Muito melhor orar e pedir iluminação, pois sei que assim, aos poucos, eu entro nos eixos de novo. Não tem muito sentido alimentar o rancor e a amargura. Esse é o caminho pra se acabar e se destruir. Eu sei que existem coisas mais elevadas e benéficas do que isso tudo.

Não tenho muito o que falar por enquanto.

Não sei o que seria de mim sem esse fórum.

Se cuidem.

Bom reboot pra todos!


_______________________________________
parbat
parbat
Mensagens : 593
Data de inscrição : 06/05/2020

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

26/6/2020, 22:22
Olá. Tudo bem, vierkenes ?

São muitas páginas a serem lidas e por isso não acompanhei toda sua trajetória, mas li as ultimas mensagens.

Muito pelo que vi é uma auto-flagelação por suas culpas e erros. Percebi também que de certa forma você conseguiu sair da neura do esteriótipo do homem másculo (comedor, jogador de futebol, bebedor de cerveja e o escambau) e conseguiu se aceitar da sua maneira.. Se for isso a minha leitura é um ponto muito importante e preciso na sua vida, continue assim.

O problema maior é esta auto-punição que você tem, com sua falhas sendo os seus piores inimigos. Entretanto, é necessário se livrar disto, é merecimento seu se limpar de toda essa bagunça mental que você mesmo causa em você. Você pode ter uma vida muito melhor do que pensa e acima de tudo isso, você tem que se amar e afirmar isso para você todos os dias.

Crie um pouco mais de amor próprio, procure gostar mais de você e busque suas qualidades. Deixe que seus princípios evoluam e te mostrem como é seguir a vida, levando sempre o conceito de respeito ao próximo a você mesmo. Não tem nada melhor que superar uma situação tensa afirmando sempre que somos capazes, que temos merecimento e que podemos resolver. Por experiência própria tente se afirmar isso, muda completamente a energia da coisa.

Caso esteja blindado contra esta auto-terapia, apenas sente-se no sofá e esteja simplesmente esteja bem com você mesmo, traga este sentimento para si e sinta ele em todas as suas células, sem pressão de que tem algo para fazer. Determine um pequeno tempo a você mesmo (pode fazer isso na briza de um baseado).

Desejo uma boa sorte a você meu caro, além de estar acompanhando sua trajetória a partir de agora.

Um grande abraço, estou na torcida por você!

_______________________________________
Conheça minha jornada

O melhor jardim que existe para cultivar bons frutos é a própria mente


vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

27/6/2020, 14:50
Parbat, muita valiosa sua mensagem! Boa análise. Muito obrigado, cara. Espero que a gente se veja no podio!

Amigos, volto com mais um post. Uma bom exemplo de alguns problemas humanos.

Hoje, eu consegui delimitar os reais inimigos de minha vida. Os nomes primários das correntes que me escravizam. São elas:

Vergonha
Medo
Culpa
Rigidez de julgamento/severidade comigo mesmo

Tem outras. As três primeiras são a base de tudo. Eu básicamente cresci com essas idéias, criei padrões, alimentei pensamentos. Eu aprendi a me ver nisso. Eu aprendi a amar essa estrutura, e submeter tudo na minha vida a ela. De um certo modo, "eu sou isso".

Meu desafio verdadeiro: quebrar toda uma identidade e um padrão de comportamento baseado nesses 4 valores. Ser o oposto disso. Ser:

Corajoso
Me assumir plenamente, me amar, com defeito e tudo
Entender que eu não fiz nada de errado, e que eu posso dormir em paz
Ser leve comigo mesmo

O que é mais curioso é que eu também sou essas coisas. Claro, não foi esse o comportamento que predominou na maior parte da minha vida, mas eu sei o que é isso, sei que existe e é possível. Sei que tenho isso dentro de mim.

Essa construção de mundo é anterior ao meu vício em pornografia, porém, parando pra pensar, esses valores combinam e muito com o velho porn.

Quem é que se orgulha de estar no quarto sozinho batendo punheta? Ou, pior, de coisas asquerosas de viciado, como ejacular num papel ou na mão, sair de forma rápida e furtiva pra lavar a mão?

Acho que vergonha, culpa e medo tem TUDO a ver com pornografia.

Eu encontrei na pornografia algo que sustentava uma existência baseada nesses valores. Um casamento perfeito. Deu certo por muito tempo, até vir a dor profunda, até eu perceber que não é mais conveniente ou possível viver desse jeito.

Eu já sou outra pessoa, depois de descobrir esse fórum. Disso não tenho mais dúvidas.

Como vocês podem perceber, minha tarefa é quebrar esses blocos e ideias que se instalaram na minha mente. Se eu conseguir fazer isso com eficiência, acho que vou estar uns 50% curado do vício em pornografia. Fazer esse trabalho bem feito significa tirar a base sobre a qual está a pornografia, de modo que ela não vai se sustentar em minha vida, e vai ruir.

Nesse sentido, a auto terapia pode ser eficiente. Repetir algumas coisas pra mim mesmo. Repetir com convicção e fé. Deixar isso sair de dentro de mim. Enxergar a verdade nisso. Me arrepiar, ao constatar que eu posso ser outra coisa.

Bom amigos, vou ficando por aqui.

Bom reboot pra todos!

_______________________________________
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

2/7/2020, 07:43
Dia 5 do reboot

Sinto que melhorei bastante, em relação aos últimos posts. Porém, 5 dias é muito pouco tempo, e embora esteja sem nenhuma fissura, acho que ainda estou naquela zona de risco, em que todo cuidado é pouco.

Estou levemente pessimista com o reboot, mas ao mesmo tempo, sei que mais dias limpo vão aumentar meu ânimo e minha confiança.

Eu já sinto uma boa diferença com esses 5 dias.

Tentei uma vez retornar a me exercitar. Meu pique está fraquíssimo, pois fiquei parado muito tempo e tava fumando muito cigarro. É a quarentena, quase sem sair de casa. Mas tá na hora de mudar isso. Estou em um lugar muito privilegiado, e seria uma bobagem eu não usar isso a meu favor.

Investi em material de camping, e agora tenho quase tudo que preciso pra iniciar essa atividade, a qual gosto muito.

Acho que seria realmente maravilhoso pro reboot eu ir pra algum lugar desses de natureza, ficar lá por uns 4 dias, bem longe de internet, tomando banho de rio e de sol, e tendo uma alimentação revigorante. Isso faz parte dos meus planos. Acho que iria me dar um "up" incrível.

Esse é o momento de seguir em frente, não importa o que aconteça!

Tenho usado bastante o celular, mas percebo cada vez mais como parece que isso foi feito pra nos viciar. Uso em preto e branco (essa medida é vital pra mim, e afirmo a vocês que funciona no mais alto grau de eficiência pra quem quer ficar distante do aparelho). Muitas vezes me pego assistindo coisas inúteis ou até anti produtivas (hábito que eu não tinha antes da quarentena). Um dia desses parei por acaso no canal de uma Youtuber, e eu achei a mulher muito gata. O conteúdo era algo banal, nada erótico ou excitante. Mas eu fiquei assistindo um tempo, até que eu percebi que aquilo era 100% inútil pra mim, e que eu só tava vendo porque tava achando a mulher muito atraente. Tirei imediatamente do vídeo.

Considero que medidas para se manter distante do celular, com um uso mínimo e racional dele é totalmente essencial pra mim. Não só pelo reboot, mas porque não quero ficar "scrollando" redes sociais nem ficar checando zap quando eu sei que ninguém me enviou mensagem nenhuma.

Por enquanto é só.

Espero retornar aqui com boas notícias.

Até a próxima!

_______________________________________
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 1511
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

2/7/2020, 12:59
vierkenes escreveu:Dia 5 do reboot

Sinto que melhorei bastante, em relação aos últimos posts. Porém, 5 dias é muito pouco tempo, e embora esteja sem nenhuma fissura, acho que ainda estou naquela zona de risco, em que todo cuidado é pouco.

Estou levemente pessimista com o reboot, mas ao mesmo tempo, sei que mais dias limpo vão aumentar meu ânimo e minha confiança.

Eu já sinto uma boa diferença com esses 5 dias.

Tentei uma vez retornar a me exercitar. Meu pique está fraquíssimo, pois fiquei parado muito tempo e tava fumando muito cigarro. É a quarentena, quase sem sair de casa. Mas tá na hora de mudar isso. Estou em um lugar muito privilegiado, e seria uma bobagem eu não usar isso a meu favor.

Investi em material de camping, e agora tenho quase tudo que preciso pra iniciar essa atividade, a qual gosto muito.

Acho que seria realmente maravilhoso pro reboot eu ir pra algum lugar desses de natureza, ficar lá por uns 4 dias, bem longe de internet, tomando banho de rio e de sol, e tendo uma alimentação revigorante. Isso faz parte dos meus planos. Acho que iria me dar um "up" incrível.

Esse é o momento de seguir em frente, não importa o que aconteça!

Tenho usado bastante o celular, mas percebo cada vez mais como parece que isso foi feito pra nos viciar. Uso em preto e branco (essa medida é vital pra mim, e afirmo a vocês que funciona no mais alto grau de eficiência pra quem quer ficar distante do aparelho). Muitas vezes me pego assistindo coisas inúteis ou até anti produtivas (hábito que eu não tinha antes da quarentena). Um dia desses parei por acaso no canal de uma Youtuber, e eu achei a mulher muito gata. O conteúdo era algo banal, nada erótico ou excitante. Mas eu fiquei assistindo um tempo, até que eu percebi que aquilo era 100% inútil pra mim, e que eu só tava vendo porque tava achando a mulher muito atraente. Tirei imediatamente do vídeo.

Considero que medidas para se manter distante do celular, com um uso mínimo e racional dele é totalmente essencial pra mim. Não só pelo reboot, mas porque não quero ficar "scrollando" redes sociais nem ficar checando zap quando eu sei que ninguém me enviou mensagem nenhuma.

Por enquanto é só.

Espero retornar aqui com boas notícias.

Até a próxima!

Salve, Vierkenes!

Tenho as mesmas dificuldades com o celular; é uma espécie de compulsão também. Fico às vezes olhando, toda hora conferindo se têm novas msgs...isso vem me incomodando.
Até agora não encontrei solução senão resistir na raça.

Um abraço pra vc!

_______________________________________







"Não temos então medo de fraquejar? Por quê? Porque invocaremos o nome do Senhor. Como venceriam os mártires, se neles não vencesse aquele que disse: Alegrai-vos porque eu venci o mundo?"
Santo Agostinho
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

4/7/2020, 02:53
Valeu, Guerreiro! Obrigado pela força!

Dia 7 do reboot.

Eis uma boa meta. Fortalecido pelos colegas do fórum (isso foi fundamental!) acho que peguei o embalo do reboot.

Compulsão ou fissura zero, graças a Deus. Felizmente, sinto que por ter passado períodos mais longos limpo, minha recuperação vai mais rápida. É como se meu corpo já estivesse habituado a estar limpo.

O negócio é não deixar a peteca cair. Já dei o impulso, agora é manter.

Me exercitei ontem e hoje. Peguei o mais pesado que pude. Isso fez uma diferença absurda. Vou me esforçar pra manter isso, pois tal conduta me parece central pra regular o cérebro e me livrar de qualquer compulsão.

Tenho sofrido de ansiedade pela parte da noite. Não sei o porquê disso. Mesmo tendo ficado exausto com o treino, estou acordado as 3 da manhã.

Hoje eu quebrei o hard mode. 7 dias sem me masturbar.

Senti que meu nível de energia subiu bastante, o que me deixou agoniado. Estou cumprindo a quarentena, e não tenho muito onde gastar essa energia. Daí ser fundamental malhar. Mas mesmo me exercitando, tô sentindo um aumentou grande de minha energia. Talvez seja efeito do tratamento natural que faço.

Hoje sai na rua e senti que estava propenso a interagir com mulheres. Estava me sentindo mais atraente, mais confiante, e atraindo mais olhares femininos.

Bom, se for pensar em sexo - ou apenas em flertar ou algo do tipo - isso não vai acontecer tão cedo. Não sei como está em outros lugares, mas aqui onde estou essa possibilidade praticamente inexiste. Essa cidade é muito pequena (cerca de 6000 mil habitantes, incluindo zona rural) e acaba que eu já conheço quase todo mundo, incluindo possíveis amantes. Acho realmente difícil rolar alguma coisa (mas não impossível).

Em resumo: minha energia aumentou, eu não consegui canalizar ela adequadamente e acabei me masturbando. Lembrando que eu não tenho problema nenhum com masturbação.

Minha vontade era de expandir e transar um monte, mas a situação e o contexto está completamente desfavorável pra essas coisas.

O jeito é seguir o reboot e ver se chego no final da pandemia com uma excelente marca, pronto pra fazer e acontecer!

Ontem, na loucura da insônia, fui correr no mato as 2 da manhã (é isso mesmo que vocês leram, hehe). Depois fiquei num lugar muito bonito, completamente só. De uma certa forma, isso foi uma meditação. Tranquilizou muito minha mente. Como eu raramente prático meditação, eu tinha esquecido que é possível ter paz e serenidade de forma simples. Inclusive, me parece que a noite é mais propícia pra isso. E na natureza então, é algo perfeito!

Amanhã: corrida.

Preciso pensar em estratégias pra gastar energia e produzir. Vai ser estranho eu ganhar "super poderes" passando a maior parte do tempo em casa, e com pouca interação com outras pessoas.

Por hoje é só.

Bom reboot pra todos!

_______________________________________
balboa08
balboa08
Mensagens : 253
Data de inscrição : 04/01/2017
Idade : 27

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

4/7/2020, 05:05
2 da manhã? Hahaha Caramba

Parabéns pela determinada determinação cara hahaha Fico na torcida por você. Você tem um discernimento pessoal muito bom, continua nessa, isso inspira a todos


Paz e Bem

_______________________________________
Meu diário:

https://www.comoparar.com/t9825p150-ninguem-vai-bater-tao-duro-como-a-vida


vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

6/7/2020, 09:39
Obrigado pelo elogio, Balboa! Acompanho o seu diário, e em algum momento vou lá dar uma força!


Dia 9 do reboot

Consegui me exercitar na maior parte dos dias, de uns 4 ou 5 dias pra cá. Porém, tá meio difícil incorporar o hábito, pois estou muito caótico em relação a sono e alimentação. Isso atrapalha bastante. Mas não vou desistir.

Ontem fui na casa de um amigo que gosto muito, e isso me fez bem. Bebemos cerveja e fumamos um beck. Acho que valeu a pena pela socialização e pelo momento. Mas quando cheguei em casa, senti a queda na dopamina. Fiquei no celular assistindo vídeos de política, mas mesmo assistindo algo específico, eu senti o perigo. Desliguei o celular e não usei mais. É assim que tem que agir, sempre. É o único modo de vencer o vício.

Hoje de noite, não dormi direito. Em parte pela minha situação sexual/afetiva. Já falei demais sobre isso aqui, e vou falar mais, pois é algo que me faz sofrer imensamente. Fiquei me revirando na cama, me sentindo completamente seco de toque. Me perguntei até quando eu iria viver assim. Pensei até mesmo se eu não deveria me contentar com o porn, já que eu não sei o que é uma mulher. Fiquei 100% na seca até os 28 anos, e depois de um breve relacionamento de 6 meses, já sao mais de 3 anos na seca. 3 anos depois e ela foi a única mulher que beijei em minha vida. Isso é muito foda. Até quando vou viver assim? É pra passar mal mesmo.

E pra completar, ainda tive que ouvir comentários particulares da vida dos outros. Coisas banais (beijar na boca, namorar, ficar afim de alguém), mas que por não existirem para minha pessoa, me machucam.

Bom, só queria colocar pra fora. É melhor, vai me deixar mais firme no reboot.

Claro, percebi que parte dos problemas tem a ver com os pensamentos. A situação é ruim, mas nós mesmos fazemos o pensamento crescer. Parece que há um certo prazer nisso, em remoer e revolver as coisas. Isso nos joga no mundo da ilusão. No fundo, talvez essas coisas não importem. Mas se for esse o caso, é preciso descobrir por conta própria.

Continuo fumando muito. Menos do que antes, porque os treinos fizeram efeito.

Eu sou uma pessoa muito ferida...

Por sorte, eu não virei um grande ressentido. Sou um cara até que doce. As pessoas costumam simpatizar comigo.

Hoje estou pensando em "pular pedra" no rio. Percebi que aqui é muito bom pra esportes na natureza (bike, nado, escalada e um vasto etc). Eu gosto dessas coisas e valeria a pena me jogar nessa.

Minha mente tá a milhão (sempre foi), mas tá desconfortável. Tirando um pouco da minha paz e da clareza das coisas.

Ainda tenho um longo caminho pela frente. Tá meio foda. Mas longe de ser uma situação realmente ruim. Ainda dá pra ajeitar as coisas, felizmente.

Por hoje é só.

Até a próxima!

_______________________________________

Spartacuz e Tavares336 gostam desta mensagem

Spartacuz
Spartacuz
Mensagens : 268
Data de inscrição : 17/10/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

6/7/2020, 18:33
Voce está 200 dias lutando contra o vicio e 9 no reboot?é isso?
Vou marcar aqui para lê o seu post completo mais tarde.
abraço

_______________________________________
Meu diário: https://www.comoparar.com/t4225-led-diario


vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

7/7/2020, 17:15
Led New: são 4 anos e 4 meses de fórum. Nesse tempo, minhas maiores marcas foram 110 dias (foi esse ano!) e 85 dias (ano passado).

Amigos, cai hoje, com material soft, não pornográfico. É muito menos agressivo do que o porn, mas a situação e os caminhos estimulados são praticamente os mesmos.

Eu não queria colocar o modo restrito no youtube, pois nesse modo ele quase não dá retorno das pesquisas e se torna muito menos funcional. Mas pode ser uma boa também.

Ainda tô vacilando em muitos pontos. Engatei 3 ou 4 dias me exercitando, mas já não fui ontem nem hoje - de certo modo, eu me deixei vencer pela prostração.

Me distanciar de celular é muito importante. É incrível como buscamos o celular quando estamos sós ou carentes, as vezes em busca de contato. Na maior parte da vezes, a absoluta ilusão.

Os desafios pessoais seguem. Talvez a situação realmente piore um pouco daqui em diante, mas estou confiante.

Vou tentar novamente me abster de P e semelhantes ou derivados.

Reboot segue, e eu sigo com ele.

Até a próxima!

_______________________________________

balboa08 gosta desta mensagem

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

8/7/2020, 13:23
Amigo, não pude deixar de te responder quando vi sua mensagem.

Tudo o que você falou é absolutamente equivocado para mim. São coisas que não me servem.

Estou fazendo o reboot pra ter o melhor de mim, em todos os sentidos. Físico, psicológico. Pra ter energia. Pra criar coisas, trabalhar. Pra ser um bom amigo e um bom filho. Pra ter uma vida sexual saudável (quero ter família um dia!). Ser um bom marido ou namorado. Me sentir em paz e em harmonia. Ter respeito pelas pessoas (especialmente com mulheres). Faço o reboot pra conseguir realizar meus sonhos. Ser quem eu quero ser, me sentir feliz e ajudar o mundo e todos os que estejam ao meu redor.

São esses os meus motivos pra fazer o reboot.

A questão sexual é outra coisa. É um problema psicológico. Apesar de que o reboot ajuda muito. Depois de um bom tempo de reboot, essa energia sexual se torna mais potente e flui com mais facilidade. No fundo, no meu caso em específico, eu realmente acho que as duas coisas tem muito a ver.

Outra coisa. Estamos em quarentena. Tem muita gente morrendo por aí por causa desse vírus. Pode até ser que tenham festas por aí, com música, álcool, mulheres ou o que for, mas eu mesmo, vierkenes, não vou.

E evidentemente, a quarentena alterou tudo. A cidade onde eu estou era absurdamente badalada. Tinha festa todo dia, muito turista, gente do mundo todo. Eu interagia, e mesmo que não ficasse com ninguém, eu conhecia pessoas interessantes e me divertia.

Talvez seja normal se sentir mais frustrado em um contexto de isolamento social. Sem isolamento da pra enganar melhor, da pra sair pra algum lugar e se divertir, sozinho ou acompanhado.

De volta ao diário, cai hoje com porn.

Medidas que vou tomar imediatamente, afim de evitar mais quedas.

1 - limpar e arrumar a casa toda
2 - me exercitar no mínimo 4 vezes na semana
3 - passar a usar cada vez menos o celular. Guarda-lo no fundo da mochila e deixar lá. Refletir sobre o uso e o papel do celular na minha vida.

Por enquanto é isso. Até a próxima!

_______________________________________

balboa08 gosta desta mensagem

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1068
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 29

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

8/7/2020, 13:57
A dúvida do colega é pq tem contador rodando na sua assinatura Vierkenes!

_______________________________________
REBOOT: https://www.comoparar.com/t11634p225-diario-do-rottweiler#350456

"Um rottweiler nunca desiste..."




balboa08
balboa08
Mensagens : 253
Data de inscrição : 04/01/2017
Idade : 27

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

8/7/2020, 15:52
Vierkenes forças cara!! Estamos todos nesse mesmo barco. Parabéns pela clareza que tens em querer ser uma pessoa melhor, isso me chamou muita atenção cara. Parabéns mesmo

Paz e Bem

_______________________________________
Meu diário:

https://www.comoparar.com/t9825p150-ninguem-vai-bater-tao-duro-como-a-vida


O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

avatar
Convidado
Convidado

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

8/7/2020, 20:56
Força Vierkenes!!!

Cai recentemente também é sei que não é fácil. Assim como você quero ter uma família e filhos no futuro e parece que essas quedas não acabam nunca.


Mas resolvi voltar pro fórum e colocar de novo as forças pra sair dessa. É tão bom viver fora disso cara...

Eu resolvi me meter na cozinha e está sendo divertido. Aproveitando a quarentena e tentando não focar parado. Sei que disse que vai querer fazer exercícios, mas algo manual deve ajudar também. Um quebra cabeça de 10 mil peças, aprender a fazer pizzas, sei lá...

Sei que esse vício fecha nossa cabeça igual aqueles negócio que boca na cara do cavalo pra ele não olhar para os lados.

Abraço! Deus lhe ajude!
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

11/7/2020, 11:24
Primeiro, as respostas.

Rottweiler, eu acesso o fórum do celular, e aqui não aparece esse contador. Faz meses que não uso um computador, kkk. Só com um computador pra eu desativar esse contador. Não liguem pra ele.

Balboa, suas mensagens são sempre bem vindas! Vou aparecer no seu diário pra dar uma força!

Headbanger: fique totalmente a vontade pra aparecer aqui, ou não. Essa raiva ou agonia que aparece em suas palavras são suas, não minhas. É preciso saber diferenciar. Como são coisas que não me dizem respeito, não me afetam. Queria te lembrar que quando atingi 110 dias, eu me sentia muito bem, mesmo sem pegar ninguem. Sabe o que eu estava fazendo? Trabalhando com o que eu mais gosto na minha vida (coisa que nunca tinha conseguido fazer antes). Eu era elogiado e incentivado pelas pessoas a continuar. Cara, essa é uma das melhores sensações do mundo. Aí sim, as coisas fluíam e aconteciam com naturalidade. Mas como eu trabalho na rua, a quarentena me quebrou. Aí a vida ficou sem graça. Trabalhar com o que se gosta é um presente tão valioso quanto, ou até melhor, do que uma boa companheira ou namorada. No mais, se você se irrita tanto ao ler meu diário (por se identificar comigo em algum ponto, suponho), está mais do que certo em cair fora. Espero que você descubra seu próprio caminho e tenha sucesso em sua vida. Nunca mais vi seu diário, mas no que depender de mim, vou te ajudar como puder.

Coragem: valeu, cara! De fato, atividades manuais ajudam muito! E sim, viver sem P é bom demais!

Dia 2 do reboot

Amigos, eu não estou afundado na P, porém, já faz um tempo (2 ou 3 meses) que recaio, em média, de 10 em 10 dias.

Com o tempo, isso vai deprimindo a gente (eu consigo sentir de forma muito clara). Eu não quero ficar nessa. A verdadeira potência de vida está além do reboot. E não preciso me contentar com essas migalhas de prazer.

Continuo postando aqui pra manter o foco, mesmo sem uma quantidade digna de dias a algum tempo.

O vírus chegou aqui na cidade, e eu pretendo permanecer em quarentena. O que percebo é que eu me habituei a ficar em casa, e acho estranho sair na rua. Fora que na maior parte do tempo, não faço nada de produtivo. Muitas vezes passo horas vendo vídeos no celular (o que é péssimo pro reboot). Porém, eu vou e preciso sair mais. Aqui tem muito lugar de natureza, a maior parte intocado e preservado. Estou sentindo falta de ar puro. Estou também começando a ficar ansioso, pois gostaria de sair daqui, viajar, mudar de casa ou de cidade, visitar minha família, etc. Estou realmente ansioso pra isso tudo acabar. Mas não adianta ansiedade. O negócio é sair ao menos 1 vez ao dia, respirar, se exercitar, relaxar um pouco, ficar em silêncio.

2 dias atrás eu me enganei de novo com soft core, depois de um gatilho totalmente inesperado. Um contato do zap colocou uma foto muito excitante, olhei mais do que devia e isso me afetou. Do soft no youtube pra porn foi bem rápido.

Se exercitar ainda é prioridade. Quero ter uma vida saudável.

Se eu voltasse a escrever, seria bom também. Gosto muito de tal atividade e certamente iria contribuir com o reboot.

Por hoje é isso.

Vi um poema circulando na internet, do Fernando Sabino (e não do Pessoa, como tão dizendo por aí). Achei que cabia aqui no fórum.

De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

Bom Reboot pra todos!

_______________________________________

balboa08 e Rottweiler gostam desta mensagem

Tiago M
Tiago M
Moderador
Moderador
Mensagens : 2005
Data de inscrição : 31/07/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

11/7/2020, 13:27
vierkenes escreveu:Primeiro, as respostas.

Rottweiler, eu acesso o fórum do celular, e aqui não aparece esse contador. Faz meses que não uso um computador, kkk. Só com um computador pra eu desativar esse contador. Não liguem pra ele.

Balboa, suas mensagens são sempre bem vindas! Vou aparecer no seu diário pra dar uma força!

Headbanger: fique totalmente a vontade pra aparecer aqui, ou não. Essa raiva ou agonia que aparece em suas palavras são suas, não minhas. É preciso saber diferenciar. Como são coisas que não me dizem respeito, não me afetam. Queria te lembrar que quando atingi 110 dias, eu me sentia muito bem, mesmo sem pegar ninguem. Sabe o que eu estava fazendo? Trabalhando com o que eu mais gosto na minha vida (coisa que nunca tinha conseguido fazer antes). Eu era elogiado e incentivado pelas pessoas a continuar. Cara, essa é uma das melhores sensações do mundo. Aí sim, as coisas fluíam e aconteciam com naturalidade. Mas como eu trabalho na rua, a quarentena me quebrou. Aí a vida ficou sem graça. Trabalhar com o que se gosta é um presente tão valioso quanto, ou até melhor, do que uma boa companheira ou namorada. No mais, se você se irrita tanto ao ler meu diário (por se identificar comigo em algum ponto, suponho), está mais do que certo em cair fora. Espero que você descubra seu próprio caminho e tenha sucesso em sua vida. Nunca mais vi seu diário, mas no que depender de mim, vou te ajudar como puder.

Coragem: valeu, cara! De fato, atividades manuais ajudam muito! E sim, viver sem P é bom demais!

Dia 2 do reboot

Amigos, eu não estou afundado na P, porém, já faz um tempo (2 ou 3 meses) que recaio, em média, de 10 em 10 dias.

Com o tempo, isso vai deprimindo a gente (eu consigo sentir de forma muito clara). Eu não quero ficar nessa. A verdadeira potência de vida está além do reboot. E não preciso me contentar com essas migalhas de prazer.

Continuo postando aqui pra manter o foco, mesmo sem uma quantidade digna de dias a algum tempo.

O vírus chegou aqui na cidade, e eu pretendo permanecer em quarentena. O que percebo é que eu me habituei a ficar em casa, e acho estranho sair na rua. Fora que na maior parte do tempo, não faço nada de produtivo. Muitas vezes passo horas vendo vídeos no celular (o que é péssimo pro reboot). Porém, eu vou e preciso sair mais. Aqui tem muito lugar de natureza, a maior parte intocado e preservado. Estou sentindo falta de ar puro. Estou também começando a ficar ansioso, pois gostaria de sair daqui, viajar, mudar de casa ou de cidade, visitar minha família, etc. Estou realmente ansioso pra isso tudo acabar. Mas não adianta ansiedade. O negócio é sair ao menos 1 vez ao dia, respirar, se exercitar, relaxar um pouco, ficar em silêncio.

2 dias atrás eu me enganei de novo com soft core, depois de um gatilho totalmente inesperado. Um contato do zap colocou uma foto muito excitante, olhei mais do que devia e isso me afetou. Do soft no youtube pra porn foi bem rápido.

Se exercitar ainda é prioridade. Quero ter uma vida saudável.

Se eu voltasse a escrever, seria bom também. Gosto muito de tal atividade e certamente iria contribuir com o reboot.

Por hoje é isso.  

Vi um poema circulando na internet, do Fernando Sabino (e não do Pessoa, como tão dizendo por aí). Achei que cabia aqui no fórum.

De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

Bom Reboot pra todos!


Você tá no caminho certo! Mesmo com as dificuldades se nota o progresso. Acompanhando de perto sua caminhada.

_______________________________________


Diário: parte 1 | parte 2
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

14/7/2020, 01:50
Muitíssimo obrigado, Tiago! Seu comentário foi curto, mas teve um efeito muito bom sobre mim!

Dia 5 do reboot.

Senti vontade de "bater o ponto".

Hoje me aconteceu uma coisa relativamente boba, mas que me deixou em um estado muito negativo...

Foi difícil. Tem que ser forte quando uma maré negativa nos pega. Seria o tipo de situação que poderia me fazer cair.

Acaba que eu ganhei um pouco mais de experiência no combate.

A verdade é que nunca vale a pena a gente optar pelo negativo (pela raiva, pela frustração, ódio, desprezo ou qualquer outra dessas coisas). São sentimentos tóxicos, venenosos. Porque alimentar eles?

Fui resolver uma coisa na rua e cantei uns mantras. São coisas que me ajudam na purificação.

Ainda tenho muitas emoções negativas em mim, verdadeiras chagas que sangram de forma continua. As vezes intenso, outras vezes suave, mas que nunca param de sangrar.

Tudo terminou bem. Achei minha postura ridícula, infantil. Fazer o que? Não consegui controlar os impulsos e sentimentos na hora. Simplesmente veio.

Hoje também me recordei de como é absolutamente sublime e espetacular a vida sem P. Ah, eu lembro bem! Não seria nenhum exagero que foram alguns dos melhores momentos de minha vida! Eu consegui sair do estado morto vivo, deprimido, zumbi, em que vivi durante muito tempo, para um estado pleno, produtivo! Realmente inesquecível. Até minha postura ficou mais reta. As mulheres olhavam e se interessavam por mim. Falava com absolutamente qualquer pessoa, sem medo nem timidez. Eram realmente super poderes!

Quem tem sonhos e grandes planos, tem que largar o porn. Para quem é viciado: você nunca vai conseguir o que você quer enquanto ficar nessa. Eis o fato, nu e cru!

O vício é foda!

5 dias é pouquíssimo. Faz um bom tempo que não passo dos 15 dias. Jamais me contentarei com isso. Sigo em frente.

Estou lendo uns livros de filosofia. Tem sido meu principal passatempo. Continuo viciado na porra do celular, e considero isso estupido e imbecil: é simplesmente muito burro, muito desperdicio de energia, ficar horas na frente do celular. E o complicado é que é um vício! Não falo de um uso funcional, mas de um uso obsessivo e vazio. Isso tem me incomodado.

No mais, as coisas seguem.

Bom reboot pra todos!

_______________________________________
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

15/7/2020, 03:13
Mais uma queda.

Vou ignorar minhas crenças negativas (que são falsas) e continuar a postar no fórum.

Alguns pontos: estou cansado de encarar esse período de quarentena como provisório. Como se fosse um período de suspensão. Claro, tem coisas e planos que não dá pra fazer, mas acredito realmente que é possível ser útil e produtivo durante esse período.

Digo mais: a partir de minha experiência pessoal com o reboot, ter um senso de utilidade e produzir é um dos melhores antídotos pro vício. O vício faz a gente pensar que somos um lixo. Porém, essa sensação tende a desaparecer, assim que nos entregamos a algo que gostamos, que fazemos com gosto e prazer. Acredito que essa prática é uma base do reboot. Sem isso,não se vai longe. O vício não resiste quando servimos o mundo, fazendo aquilo que sabemos e gostamos de fazer.

Na verdade, o vício destrói nosso lado potente, criativo e revolucionário. Pra fazer qualquer coisa "de verdade", só largando o porn.

Como sempre digo, a pornografia é uma máquina de destruir sonhos. Amor, dinheiro, trabalho, tudo vira uma gozada na mão. Isso é triste pra caralho.

Terminei de ler hoje um livro extremamente denso de filosofia. Li tal livro mais por passatempo mesmo, mas pensando bem na questão, ou eu não fiz um bom uso da filosofia (muito provável) ou eu me perdi na pura abstração, ignorando as coisas concretas (totalmente verdadeiro no meu caso). Minha vontade era continuar nessa empreitada, mas não vou seguir. Preciso de uma guinada prática na minha vida.

Tenho alguns problemas domésticos. Problemas de convivência que estao me estressando.

Uma situação que eu pensei que era temporária se prolongou por vários meses. Não tava contando com isso.

Amanhã, mesmo resistindo, vou pro mato. Estou sentindo uma resistência grande. Seria efeito do porn? (Fica aí nessa casa, nesse circuito viciado, ao invés de se abrir pro novo!).

Bom, vou ignorar essa voz. Estou precisando dar um tempo da pessoa que mora comigo. 4 ou 5 meses morando com uma pessoa, de quarentena, torna as coisas complicadas em algum momento. Na verdade, preciso MUITO dar um tempo dela.

Então, vou acampar. Ficar na natureza. Tô pensando em 3 dias, pra começar. Nesses 3 dias em que estarei longe dessa casa "viciada", pretendo ter uma rotina saudavel. Não vai ser difícil. O ambiente influência muito nessas coisas, e infelizmente tem um tempo que estou morando em um ambiente tóxico.

Vou largar os tratados filosóficos e ler livros práticos - esses que possuem até um programa pra seguir, por semanas. Vou buscar ler coisas me elevem,e que me induzem a usar as mãos e os pés, ao invés de ficar em um mundo intelectual árido.

Hoje eu tomei sol no rio, e consegui até meditar. Isso foi muito bom. Porque eu me recuso a essa serenidade que vem com a meditação?

Estou firme no reboot. Muito longe do meu melhor estado, mas permaneço aqui.

Bom reboot pra todos!

_______________________________________

balboa08 gosta desta mensagem

vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

21/7/2020, 22:34
Dia 6 do reboot.

Passando pra bater o ponto.

Fiquei alguns dias numa "roça". Uma casa sem energia nem água encanada. Posso dizer que me fez muito bem: outro ritmo. Dormindo as 10 da noite, acordando as 6, trabalhando, cozinhando e comendo bem, banho de sol no rio, etc. Realmente muito bom.

Ontem, quando eu já estava de volta a cidade, fiquei no vício do celular. Uma hora comecei a divagar na net: sinal de alerta. Mais uns 20 ou 30 minutos nessa e eu ia cair. No entanto, tive outra ideia: busquei material educativo. Assisti uma live (gravada) incrível do Terry Creed, no canal "fighting the New drug". Recomendo muito, pena que só tem em inglês. Ele é um grande cara, já está a 6 anos longe do vício (se não me engano) e senti que suas palavras são realmente inspiradoras. Ele já trilhou esse caminho e já chegou no pódio. Excelente.

No mais, tudo anda bem. A quarentena está se tornando um teste de paciência: gostaria muito de viajar, mas não é uma boa hora para isso. Fiz também amizade com um viajante que está aqui na cidade, é um cara incrível e tenho aprendido muito com ele. Fiquei feliz por essa amizade passageira - daqui a pouco ele vai pra outro lugar, e não deve retornar pra essa cidade.

Fiz também grandes progressos em outros campos, o que me faz pensar que, não necessariamente devemos medir nossa evolução pela quantidade de dias. As vezes uma única atitude que tomamos em relação a algo significa uma vitória grandiosa, não importando a quantidade de dias do reboot.

Descobri e coloquei em prática algumas técnicas para a criatividade, e estou tendo resultados fantásticos. Com poucos dias, senti uma grande liberação de energia. O caminho é longo, mas os resultados são incríveis, mesmo os de curto prazo.

Consegui me libertar de alguns padrões negativos e limitantes, ou ao menos tive absoluta clareza sobre eles, e de onde vieram. Fruto de algum movimento interno, psicológico, que já não suportava mais estar amarrado a conceitos, opiniões e coisas que outras pessoas me disseram. Relações tóxicas. Finalmente consegui me curar: me livrar de um canalha qualquer do passado, que disse que eu não poderia tal coisa, ou que eu não ia conseguir o que eu realmente queria. É preciso dar uma banana pra todas essas pessoas e se afastar delas, não importa quem sejam. Mesmo que seja o meu pai (é o meu caso). Foi muito libertador.

Eu sou um cara bacana, honesto, bonito, criativo, talentoso. Tenho defeitos, é claro, mas eu sou uma pessoa linda! Auto estima é MUITO importante, e agora me sinto mais a vontade com todas essas idéias, coisas que antes eu não conseguia conceber ou reconhecer em mim. Fruto de décadas de comentários depreciativos e negativos. É foda.

É foda mas me sinto pronto pra curar isso tudo e partir pra outra. Pra quem eu realmente sou. Não ao que disseram que eu era ou deveria ser. Dane-eles. Eu sou eu e pronto. Único e especial como todos os outros.

Vou continuar a assistir material educativo ocasionalmente. Isso fortalece bastante o processo. Talvez assista algo sobre os abusos cometidos pela indústria. São pautas importantes.

No mais, tudo ok.

Reboot segue. Só depois dos 20 ou 30 dias que meu processo se estabiliza e começa a ficar mais firme.

Possuo também alguns trabalhos particulares para fazer. São muito desafiantes pra mim, porém, quanto mais eu me jogar neles, melhor eu vou me sentir e mais distante da P eu vou estar.

Fico por aqui.

Bom reboot pra todos!


Última edição por vierkenes em 21/7/2020, 23:10, editado 3 vez(es)

Rottweiler gosta desta mensagem

avatar
Convidado
Convidado

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

21/7/2020, 22:58
Sigo acompanhando aqui!!!

Fico feliz pela retomada!!! Mantenha-se firme!!!
vierkenes
vierkenes
Mensagens : 719
Data de inscrição : 25/03/2016

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

25/7/2020, 17:50
Amigos, cai feio ontem. Me masturbei várias vezes. E já que tinha consumido porn, resolvi chutar o balde e enchi a cara, pra depois consumir mais porn.

No entanto, tenho boas notícias.

A primeira é que estou tendo mais consciência de algumas coisas e comportamentos.

Finalmente entendi o que é o auto martírio. Durante toda minha vida, eu tive essa característica e acreditem, eu achava isso normal e até saudável. Não é. Ao contrário: é cruel e contraproducente. Todas as vezes que eu caia, sempre me vinham os seguintes pensamentos na cabeça: "você é um merda! Seu punheteiro lixo! Não vai transar nunca,.vai ficar se masturbando pra uma tela! Seu porco viciado de merda, estupido, idiota, vil" e um vasto etc. Isso era realmente algo naturalizado. Eu acreditava que tais pensamentos iriam me fazer superar isso tudo. No entanto, o que essas frases significam? Eu estava chutando a mim mesmo, aniquilando minha já frágil auto estima, que estou recuperando. São frases cruéis, que NUNCA vão ser úteis ou servir de auxilio pra quem quer que seja. Eu era, literalmente, viciado nisso, em me auto diminuir, em me colocar nesse lugar. Não só quando caia em porn, mas em várias situações, constantemente.

Pois bem, aposentei o porrete e o chicote e vou me estender a mão, ao invés de me espancar. Espero que isso me ajude no reboot. Agora esse comportamento e os danos dele estão claros como água para mim.

Também hoje, eu ouvi algo, totalmente involuntário de outra pessoa, e que acabou me machucando. Fora o motivo irracional disso me machucar - preciso de mais tempo pra compreender isso - o que eu notei foi o seguinte: o fato de sermos viciados significa que somos muito frágeis a dor, ou então que realmente não sabemos lidar com ela. Afinal, qual a reação típica de um viciado, quando passa por uma situação assim? Ir aliviar a dor com alguma droga - porn, álcool ou algo do tipo.

Mas eis minha conclusão. O primeiro que se drogar com porn ou álcool não resolve absolutamente nada. A dor diminui um pouco, é bem verdade, mas na verdade a ferida sangra mais por trás do relaxamento, sem direito a cuidado ou cicatrização. O segundo que simplesmente ignoramos completamente a dor. Resolvemos chutar ela, calar ela, tapar de qualquee jeito. Não aprendemos a lidar da forma correta com a dor. E isso também é extremamente famoso, pois perdemos uma oportunidade de nos conhecer e de nos ajudar.

O que eu fiz então? Pensei:"devo sentir a dor. Deixar que ela venha e se manifeste. Nao pensarei nada, nem direi nada. Não tenho pressa. Estou no meu quarto e posso até chorar se eu quiser, ou me encolher e ficar deitado aqui. Não tem problema nenhum em sentir isso".

Bom amigos, digo a vocês que esse é o modo correto de lidar com a dor - sentindo-a e acolhendo-a. Ao fazer isso, nos tornamos conscientes do processo e mais: se sentimos bem a dor e a acolhemos, podemos ser guiados para uma real cicatrização e cura...

Pra quem quer ignorar a dor, passar por cima dela, consumir porn é realmente uma boa pedida. Mas já sabemos onde isso vai dar.

Hoje o dia foi de ressaca, mas por incrível que pareça, acordei bem. Arrumei a casa e tudo.

Tenho notado que é FUNDAMENTAL ultrapassar uma certa marca de dias - 21 ou 30 - pra compulsão desaparecer. Antes disso parece que há sempre um certo risco.

Estou também desfazendo outros comportamentos, extremamente danosos. A impressão que eu tenho é que eu fiz tudo errado até aqui - e isso não inclui só pornografia. Percebi que tinha grandes escoadouros de energia na forma com que eu conduzia minha vida. Era absurdo! E de repente estou me tornando consciente de várias coisas!

Espero ter uma vida mais autêntica e menos frustrada daqui em diante!

Vamos lá. Dia 0. Não irei desistir.

Bom reboot pra todos!

_______________________________________

Rottweiler e VanGogh gostam desta mensagem

Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 1511
Data de inscrição : 21/03/2020

Diário - Vierkenes - Página 31 Empty Re: Diário - Vierkenes

25/7/2020, 19:17
Meu amigo, Vierkenes! Passando aqui para deixar meus cumprimentos e um grande abraço!
Vamos lutar, sair dessa condição!!! Uma vida cheia de desafios e conquistas está à nossa frente!
Deus o abençoe!!!

_______________________________________







"Não temos então medo de fraquejar? Por quê? Porque invocaremos o nome do Senhor. Como venceriam os mártires, se neles não vencesse aquele que disse: Alegrai-vos porque eu venci o mundo?"
Santo Agostinho
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos