Ir em baixo
BSB-BRO
BSB-BRO
Mensagens : 74
Data de inscrição : 02/06/2020
Idade : 29
Localização : Brasília

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 8/6/2020, 10:01
O problema dessa porta "especial" é que ela sempre dá o que a gente quer, mas nunca o que a gente precisa. Identificar a necessidade por trás do comportamento vicioso tem sido uma ferramenta muito gratificante para ter um caminho menos turbulento neste reboot.

Vai lá Psico, advogue pelas suas necessidades, cuide delas e veja essa porta sumir de vez da sua vida.

_______________________________________


_______________________________________

DIÁRIO DO BRO


psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Dia 2

em 8/6/2020, 19:43
Nao imaginei que a viagem da minha analogia tivesse sido tao grande rsrs. Mas foi a unica forma a qual eu consegui explicar o que ocorre comigo de verdade e isso de certa forma também me deu um pouco mais de noção do que fazer quando a coisa complicar.

Aparentemente, mudanças radicais na minha vida estão se aproximando à passos largos. Nao digo só em relação ao reboot, mas pelo visto, eu irei me mudar pro meu próprio cantinho no mês que vem, ou seja, dois meses antes do previsto. Tem ocorrido algumas coisas bem chatas entre minha mãe e a vizinha e agora a coisa tem ficado complicada entre ela e a dona da casa. Isso vem deixado ela mal e por tal motivo acho que é hora de dar esse passo. Isso não é 100% certo, mas vamos ver.

René amore, não vou falar não rsrs. Eu quero primeiramente ver se essa hipótese de fato funciona, antes de dizer qualquer coisa. Então a senhorita vai ter que esperar rsrs. E sobre isso virar um história, olha... quem sabe rsrs.

Bro, Josuez, muito obrigado pelo apoio de sempre e David, eu tenho esse talento de escrever e uso às vezes. Tenho uma saga de seis fanfics na minha cabeça que não foram pro papel ainda, mas estão indo de pouco em pouco rsrs. Lógico que, no que diz respeito à analogias, digamos que as minhas sejam iguais à pum. Sai totalmente sem querer (e olha eu fazendo mais uma) kkk.

De qualquer forma, brigadão pelo apoio gente. Amo vcs.

_______________________________________
Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 543
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 28

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 8/6/2020, 19:47
Ótimo texto!
Força nesse recomeço.

Abraço.

_______________________________________
DIÁRIO: www.comoparar.com/t9368-diario-do-rottweiler

psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Dia 3

em 9/6/2020, 20:18
Quase batendo 3 dias limpo. Comecinho ainda, mas avançando.

Hoje não fiz muita coisa. Apenas paguei algumas contas de manhã e na parte da tarde escrevi algumas coisas pra passar o tempo. Dormi um pouco e acordei. Estou assistindo uma live agora, como de costume e daqui a pouco vou jantar.

Brigado pelo apoio rott. Também estou na torcida por você.

_______________________________________
Eros
Eros
Moderador
Moderador
Mensagens : 464
Data de inscrição : 11/09/2017

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 9/6/2020, 22:47
psico escreveu:Eu estava tendo a sensação de que talvez alguma coisa fosse acontecer na noite de ontem e de fato aconteceu. Minha mãe foi dormir na casa do meu irmão mais velho e com isso eu me senti a oportunidade de ir atrás de alguém pra matar a vontade de fazer sexo. Realmente estava precisando. E consegui achar um rapaz muito legal que me convidou pra ir ao seu apto. Depois de dois meses de seca, havia chegado a hora.

No começo da pegação em meio a beijos e abraços, eu já estava sentindo algo estranho. Faltava fogo, faltava vontade, mas a ereção estava presente então, eu estava "tranquilo". Tiramos as roupas e ainda tudo certo, ele fez oral em mim e quando vi que a hora da penetração havia chegado, coloquei a camisinha. O pênis morreu. Senti o peso de todo o tempo dedicado ao vício recair nos meus ombros de novo. Pedi desculpas à ele várias vezes, mesmo ouvindo ele dizer que aquilo era normal, e que eu só estava nervoso. Disse que estava bom e que era pra relaxar. Voltamos a nos beijar e a ereção voltou. Tentei sem camisinha, sem sucesso. Me senti um fracassado. O sexo acabou ali. A vontade acabou ali. Vestimos nossas roupas já que estava frio e meio tarde (mais de meia noite). Batemos papo, voltei pra casa me perguntando afinal de contas... Por que?

Com muita raiva de mim mesmo fiz aquilo que fui "treinado" a fazer em momentos de grandes frustrações. PMO.

Afinal, existe felicidade de verdade no real? Será que dá pra ser feliz e realmente satisfeito sem o vício? Me fiz essa pergunta. Qual o preço que eu estou disposto a pagar pra voltar a sentir prazer com coisas simples tendo como fonte só e realidade do acontecimento?

Esses anos todos tenho pago um preço alto pra ter um prazer rápido, fácil, sem muitos riscos ou frustrações. O preço que pago é justamente esse: Ter o que eu gosto no virtual, mas não ter o que gosto no real. É um preço justo talvez. Uma troca justa e não dá pra ter os dois.

Tantas promessas de que eu não recairia já foram feitas e refeitas várias vezes. Mas a pergunta que fica continua sendo a mesma. Eu estou disposto a pagar o preço pra sentir prazer e felicidade no real?

Oi, Psico!

Vc tem que levar em conta que sexo casual é uma grande loteria. Pode ser muito bom ou muito ruim.

Mesmo que o cara seja fisicamente interessante, a química pode não bater. Fica faltando algo.

Abraços!

_______________________________________
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 9/6/2020, 22:59
Psicoooo, parabéns pelo novo começo amigo!

Sua analogia foi incrível, deixou os amigos todos igual ao meme da Nazaré, hahahahahaha. Poxaa, uma pena você não falar a resposta agora, kkkkkkk, mas tudo bem, eu espero, bem princesa.

Que notícia legal, colegaa. Espero que dê tudo certo e que em breve você tenha o seu cantinho. Aliás, amei saber que você escreve, pois assim como o Davidzinho eu amei sua escrita, você fez todo mundo se levar por ela e ficou bem claro. E que bom que você arrasa nas analogias, hahahahahahaha, eu percebi. Agora você pode escrever uma saga com analogias ao vício em P, ficar famoso e levar essa mensagem para o mundo. Que fique dito que eu serei a princesa que te salva da torre, hahaha.

Espero que  continue brilhando!
Abracinhoos de luzz!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Dia 4 (e 5 caso eu não apareça hoje de novo)

em 11/6/2020, 16:33
Galerinha... Eu fiz uma coisa que fiquei muito na dúvida se contava ou não. Antes porém, eu preciso falar do dia 4 (ontem)

Foi um dia de cão. Cansativo demais e movimentado demais. Mesmo em meio à pandemia, a loja onde eu trabalho está vendendo bastante. Como já relatei, trabalho como estoquista e também no setor de entregas da loja. Ontem rodei meio mundo carregando e descarregando mercadorias. Por isso não cheguei a relatar nada por que estava exausto e precisava muito descansar. Dormi de babar o travesseiro.

Eros, muito obrigado pelo toque no que diz respeito à sexo cara. Realmente, é um sorteio. Se até entre quem namora ou é casado tem dias que o sexo não é tao bom como poderia ser, que dirá de quem não tem um parceiro fixo. O meu problema é que como eu havia ficado muito tempo sem, fui com expectativas lá em cima de que seria uma coisa incrível de boa, mesmo comigo já tendo passado por isso uma vez e ter prometido pra mim que não usaria isso como motivo para recair. Dessa vez não funcionou, mas na próxima, vou mais consciente de que realmente, tem dias que pode sim ser muito bom, como tem dias que pode não ser. O negócio é viver a vida e não viver o vício.

René, vou segurar esse mistério sim rsrsrs. Relaxa, uma hora eu solto uma dica do que possa ser. Hoje eu pude ter uma noção da complexidade dessa analogia que eu fiz e olha, Você não é o primeiro a falar sobre eu publicar um livro só sobre analogias rsrs. Quem sabe um dia né? E sobre você a princesa que me salva da torre kkkkkk prefiro te colocar como sendo a princesa que entra pela porta rosa da sala branca e me salva de lá rsrs. Literalmente, tem sido assim de certa forma.

Agora vamos ao que eu fiz...

Eu não me lembro se comentei no diário, mas se eu fiz, vou fazer de novo. Talvez eu possa sem querer escrever alguns gatilhos (na realidade esse é meu medo) mas eu preciso colocar isso pra fora por que me fez entender algumas coisas muito importantes sobre mim e sobre sexo em geral.

Se eu for dizer pra vocês qual a minha preferencia na hora do sexo, direi sem receios que sou ativo e pronto acabou. Porém eu sempre tive uma curiosidade em saber afinal de contas, como e por que um passivo consegue sentir prazer sendo passivo. Eu nunca soube o porque, até pelo fato de nunca ter sido passivo. Até que no final do ano passado, ou começo desse ano eu não me lembro, eu fui a casa do rapaz com quem geralmente eu fico e no meio da pegação ele me fez um pedido. Gostaria de ser ativo e gostaria que eu fosse o passivo. Fiquei receoso na hora, mas topei. Seria a minha PRIMEIRA vez sendo passivo por que nunca fui (mesmo que durante a minha famigerada infância e começo da adolescência tivesse recebido convites dos coleguinhas para tal e sempre recusei)  O resultado? DOEU PARA UM C********. Perdi a ereção na hora, mas mesmo assim, eu decidi que alguém teria que sentir prazer ali. Mesmo sentindo dores eu deixei esse contato me penetrar. Pra ele foi muito bom, pra mim um pesadelo e nunca mais fui passivo de novo. Nesse ultimo encontro onde rolou a DE, o rapaz também pediu a mesma coisa, mas eu recusei.

Porém, no finalzinho do dia 3 quando fui jogar uma água no corpo, eu comecei a praticar MO no banho. Estava sozinho já que minha mãe estava na casa da minha irma (provavelmente ela irá morar lá depois que eu me mudar) e sim, comecei a me estimular analmente também. Pensei... e se eu usar algo maior? Será que vai doer agora?

Não vou entrar em detalhes do que eu usei. Digo que foi maior do que meu dedo rsrsrs e pela primeira vez eu senti prazer de uma forma a qual eu não pensei que teria "coragem" de sentir. Sem nenhum tipo de estimulação visual diga-se de passagem e com ereção. Isso me deu noção de duas coisas. A primeira é a de que nosso corpo não precisa MESMO de nenhum artifício externo pra sentir prazer. PMO é uma ilusão das grandes e que nos tira o foco do prazer de nós conosco mesmo. Não estou aqui fazendo uma apologia à pratica de MO, mas isso deixou claro pra mim o quão vazio e FALSO é o prazer vindo da pratica de se sentar na frente do PC e ver outras pessoas fazendo sexo ou seja lá o que for. O nosso corpo tem naturalmente os recursos necessários para se excitar sem esse recurso nocivo e isso pra mim é algo mais do que sensacional. A segunda coisa, é que agora eu consigo ter uma noção bem maior do que o passivo sofre e sente na hora do sexo e isso me deu umas ideias do que fazer sendo ativo. Verdadeiramente, não é só penetrar e tá tudo certo. Existe um universo de coisas envolvidas.

Isso significa que agora eu sou passivo ou versátil? Calma! Mesmo chegando na beira dos 30 eu ainda estou me descobrindo sexualmente, o que pra mim é algo muito legal então, não posso nem mais dizer que sou só ativo.

_______________________________________
BSB-BRO
BSB-BRO
Mensagens : 74
Data de inscrição : 02/06/2020
Idade : 29
Localização : Brasília

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 12/6/2020, 08:28
psico,

Realmente as PRIMEIRAS vezes como passivo tendem a ser bem desconfortáveis. Lembro que na minha primeira vez nessa posição eu só consegui sentir vontade de cag** kkk - e fiquei tipo: Oi, como tem gente que sente prazer com isso? Mas com a prática você vai se conhecendo e vendo o que funciona para você.

E concordo contigo, nesse caso de conhecimento do próprio corpo e da própria sexualidade MO é um caminho válido.

Um abraço!

_______________________________________


_______________________________________

DIÁRIO DO BRO


David Silva
David Silva
Mensagens : 2628
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 12/6/2020, 15:45
Eu sempre me estimulo analmente. Tenho mto prazer.
Concordo com tudo.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho
39 dias - 2020 - janeiro
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 12/6/2020, 18:01
Psiquinhoo!!

Que bom que você teve essa nova experiência de descoberta, amigo. É bem legal quando vamos descobrindo mais sobre nós mesmos, muitas vezes coisas sempre ofuscadas pelo vício com todas suas estimulações visuais. Apenas tome cuidado com o tipo de objeto para não se machucar.

E sobre esses rótulos, ativo, passivo, eu nunca tive relações, mas sempre achei isso tão... Estranho? Delimitador? Hahaha. Eu penso que se rotular por conta de uma preferência faz com que muitos até desistam de relacionamentos, e talvez muito disso venha desse universo da P. Será se estou viajando? Hahaha. No entanto, continuo achando um pouco estranho esses rótulos e o quanto as pessoas dão tanto valor para eles. Muitos até perpetuam ideias como passivo é o afeminado, o ativo é o machão, e por conta de um estereótipo até maltratam e inferiorizam passivos, e por aí vai. Talvez eu não me rotule com esses nomes quando for ter minhas relações. Espero não ter viajado, hahaha.

E falando em viagem, porta rosa? Hmmmmm, seria isso já uma dica? Vou anotar, haha. De qualquer forma, já amei e espero que quando você estiver com sua ideia fortalecida você volte aqui para nos explicar sobre a resposta.

Abracinhoos de luzz!!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Dia 6

em 12/6/2020, 21:08
O dia de hoje foi tranquilo de certa forma. Ontem e hoje foi dia de folga e ainda tenho o fim de semana pra descansar, o que é muito bom.

Em relação ao reboot, as coisas estão avançando lentamente, mas estão avançando. Sem nenhuma fissura louca ou vontade. O que tenho usado pra não recair até então tem funcionado.

Entao Bro, sobre essa vontade de defecar, eu realmente acredito que seja uma questão de costume e de pratica digamos assim. Uma das coisas que sempre me travaram em ser passivo, além da dor, foi o medo disso acontecer na hora do sexo. Eu levo de boa se for com a outra pessoa, como já aconteceu umas vezes, mas se for comigo eu ficaria com muita vergonha. Eu tenho que estar de fato confortável com a ideia, e ai sim.

David, se você concordou já é um alivio dos grandes pra mim rsrs. Valorizo muito a sua opinião por que eu estou aprendendo a sentir prazer dessa forma só agora e é um prazer de fato diferente do que apenas manipular o pênis.

René... Eu não sabia que vc nunca tinha tido relações! Muito legal isso e que bom que você não está com pressa pra isso acontecer (pelo menos eu acho). Sobre essa coisa de rótulos, eu concordo totalmente com você. Eu mesmo prefiro não me prender à rótulo nenhum. Gosto de quem gosta de mim e pronto rsrs. O que abriu ainda mais a minha mente em relação a isso, foi a vez em que eu fiz sexo com um cara que se dizia heterossexual, mas gostava de sentir prazer sendo passivo algumas vezes. A sexualidade humana é uma parada muito complexa pra se colocar dentro de uma caixinha de estereótipos. Porém, quando a gente fala sobre ser ativo ou passivo, realmente, depende muito da experiencia de vida de cada um na área da sexualidade e isso, querendo ou não, acaba criando preferencias. Mas, nem tudo que é preferencial é obrigatório Wink Ah, e relaxa. O que eu usei não me machucou. Se me machucasse pode ter certeza que eu não teria sentido prazer usando então pode ficar tranquilo rsrs.

_______________________________________
David Silva
David Silva
Mensagens : 2628
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 13/6/2020, 10:58
Olá Psico
Parabéns pelo progresso! 1 semana já hein? Que venham mais e mais semanas.
Sobre o sexo ou estimulação anal eles ainda são rodeados de muitos preconceitos até mesmo pelos gays.
Como você disse sobre o famoso "passar cheque" é uma coisa que cada um controla de uma forma. Eu por exemplo não gosto muito de fazer a chuca, porque das vezes que fiz acho que não fiz corretamente e foi pior, "atiçou" o intestino e virou uma cagança rsrsrs. Eu gosto de evitar comer pelo menos 1 hora ou até mais antes da prática estar bem relaxado etc.
Abraços e Força. (PS: Não vejo esses papos nossos como gatilhos. Vejo que são amigas tirando duvidas e se conhecendo melhor pela sexualidade. Desculpe a todas se causar um efeito assim.). Beijocas.

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho
39 dias - 2020 - janeiro
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

avatar
marcosbanc
Mensagens : 533
Data de inscrição : 07/01/2018

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 13/6/2020, 11:10
Eu sempre tive curiosidade em ser passivo, tentei algumas vezes mas doeu MUITOOOO, algumas vezes chegou a machucar. Daí também foi um dos motivos pra eu largar o vício, pq eu não consigo ter prazer sendo passivo, o jeito é botar a pirokinha pra funcionar e ser ativo rs

O certo é ir se descobrindo aos poucos. Sobre sexo "bons", é uma roleta russa, eu diria que pra cada 10 sexos, 2 são espetaculares, 3 são ok, 3 ruins e 2 arrependimentos completos.

Bjs

_______________________________________
Visite meu diário e me ajude a vencer!

http://www.comoparar.com/t6668-reboot-marcos
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 13/6/2020, 15:07
Brigadao pela força de sempre David.

É, eu sei que existe essa coisa de estimulação anal ser um assunto tabu, mas não tem jeito. É possível sentir prazer assim e é o próprio corpo que permite isso. Sobre a chuca, olha, eu nunca cheguei a fazer, apesar de ter evacuado antes e ter limpado bem, eu não tive problemas, isso incluindo a vez que eu fiz sexo com o rapaz. Ele inclusive disse que pra minha primeira vez eu tava melhor do que muitos passivos kkkk. Acho que o que rolou foi justamente eu não estar relaxado o suficiente.

Então marcos, realmente dói no começo. A parada ao meu ver, está muito nessa questão de se levar pela posição e parar de pensar, só sentir. Pelo menos eu tenho visto que quanto mais inibido se fica na hora de ser passivo, mais as coisas tendem a ser complicadas. Também existe uma questão corporal, afinal de contas, é um corpo "estranho" que está te penetrando por um lugar onde normalmente sai outra coisa e o corpo tende a querer expulsar. Por isso que eu acho que é um exercício mental, pois de certa forma, você precisa meio que aceitar mentalmente a "invasão" digamos assim. Pelo menos comigo nessa ultima vez que pratiquei MO foi assim. Eu vou fazer o teste de novo pra ter certeza. Gostei do que você falou sobre a questão do sexo. É como eu disse no ultimo post, eu estava realmente com a expectativa lá em cima de que seria uma parada inesquecível. Talvez tenha sido até legal pro rapaz e eu catastrofisei o que rolou. Agora eu estou mais consciente disso e de mente aberta pro que pode rolar.

_______________________________________
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Dia 7

em 13/6/2020, 20:05
Enfim chegando à marca de uma semaninha. Hoje pela manha fiz algumas compras e de tarde fiquei em casa atoa mesmo.

Venho começado à talvez ficar sensível à simples visão de pessoas. Hoje no supermercado um rapaz me chamou muita atenção, ao ponto de eu ter enrolado mais tempo andando só pra não perder ele de vista. Enfim, muito incomum pra mim essas coisas acontecerem. Eu realmente estou curioso em relação ao "jeito novo" de praticar MO, mas com a minha mãe em casa, eu fico com receio, já que não costumo demorar muito no banho, e da ultima vez eu demorei um tantinho até acabar tudo. Enfim, vamos avançando pra mais uma semana.

_______________________________________
Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 14/6/2020, 00:01
Acompanhando Psicooo!!

Não estou com pressa não, hahaha, acho que também já falei disso no meu diário. Porém que bom que não está se prendendo com rótulos e concordo com você, preferências não são obrigatórias. Apenas esclarecendo que não sou contra quem possui preferências, todos temos, apenas acho estranho toda essa cultura que se criou ao redor desses dois termos que eu citei, muitas vezes até com preconceitos.

Parabéns pela primeira semana, arrasou!

Sobre a questão do rapaz no mercado eu também sempre tinha, e tenho às vezes ainda, esse costume. No meu período de reboot eu fiz um drama aqui no fórum, pois eu atravessei uma avenida só para passar do lado de um moço, hahaha, e tive que atravessar de novo para poder seguir meu caminho. Então acontece, kkkkkk.

É chato não ter essa privacidade, amigo, mas quem sabe em breve você não está no seu cantinho.

Espero que continue brilhando!
Abracinhoss!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
Josuez
Josuez
Mensagens : 422
Data de inscrição : 15/07/2018

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 14/6/2020, 08:05
Parabéns psico por uma semana !!!!!!,sobre as miradas ,são comuns e até natural ,só não pode deixar elas serem perigosas ou fantasiosas ,eu mesmo prefiro manter as olhadas (sem eles perceberem rsrs) só na parte de cima ,nos olhos ,cabelos ,no rosto ,se descesse é um perigo total .Mas aos poucos vamos aprendendo a admirar a beleza dos boys de maneira natural e não pornográfica.

_______________________________________





FOCO: um objetivo pra alcançar; FORÇA: pra nunca desistir de lutar e FÉ: pra me manter de pé enquanto eu puder
Só preciso de foco, força e fé
(Projota)
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Zerei de novo.

em 14/6/2020, 19:44
A estratégia estava funcionando muito bem durante os ultimos 7 dias, mas hoje eu passei o dia todo mal por conta do que aconteceu pela manhã. Perdi o foco, descontei de novo a raiva na P. Ainda consegui resistir bem, mas no fim das contas, me anestesiei de novo pra não sentir o desprazer de uma situação bem chata.

Como vocês sabem, eu estou (ainda estou) pretendendo ir morar sozinho. Mas hoje de manhã quando acordei, encontrei minha mãe chorando por que ela havia falado algo com minha irmã, mas minha irmã havia brigado com meu sobrinho mais velho e ela não estava bem e conversou com a minha mãe de uma forma aparentemente ríspida. O fato é que isso aborreceu muito minha mãe e bom, sobrou pra mim ouvir um monte de coisas e uma dessas coisas tocou exatamente no que diz respeito à mudança. Minha mãe tem enfrentado uma situação delicada por conta da depressão, tem perdido peso, tem estado desanimada, e tudo isso como sempre tem respingado em mim como se eu fosse o messias salvador que traz a cura. Hoje ela afirmou que não sabe o que vai fazer caso eu me mude e que se continuar assim dará cabo da própria vida já que pra ela é muito dificil conviver com minha irmã ou meu irmão por que os dois não são como eu. Fiquei mal. Dernorteado. Ela saiu, foi pra casa do meu irmão, eu não aguentei. Pratiquei PMO a tarde inteira desse domingo e vim aqui mais pra desabafar. Não estou nem muito chateado pela queda, mas por essa situação.

Eu sinceramente estou chegando ao meu limite. Tem sido dificil desde o começo do ano e a coisa piorou com a COVID-19. Meu plano é fazer meu segundo semestre ser melhor do que está sendo esse primeiro, mas como?

_______________________________________
David Silva
David Silva
Mensagens : 2628
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 14/6/2020, 19:54
Psico,
Não se puna! Quando a gente cai é dificil retomar ao prumo. Eu voltei agora, mas mesmo assim estou num estado de vigília constante e mesmo assim estou sendo tentado o tempo todo. Hoje mesmo eu fui várias vezes.
Não tenho resposta pronta para o "Como ter um segundo semestre melhor", mas acredito que a ponta de uma resposta é "não fazendo tudo da mesma forma como sempre foi feito".
O seu problema maior não é a PMO. É a relação familiar e a dependência e co-dependência emocional de mãe e filho. Passo por problemas semelhantes e creio que sou alguns muitos anos mais velho que você.
Conte comigo, parceiro!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho
39 dias - 2020 - janeiro
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

David Silva
David Silva
Mensagens : 2628
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 14/6/2020, 19:54
PS: O que acho mais bonito é vc nao deixar de tentar nunca!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho
39 dias - 2020 - janeiro
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

BSB-BRO
BSB-BRO
Mensagens : 74
Data de inscrição : 02/06/2020
Idade : 29
Localização : Brasília

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 15/6/2020, 08:43
Que situação horrível, hein psico?

Lendo seus relatos, me parece que a única forma de extravasar seus problemas tem sido com PMO. Seria interessante que ao invés de resistir com todas as forças à PMO, você tentasse encontrar outra forma alternativa de se livrar desses sentimentos ruins.

Torço pela sua vitória amigo.

Abraço!

_______________________________________


_______________________________________

DIÁRIO DO BRO


Rene.Gade
Rene.Gade
Moderador
Moderador
Mensagens : 1286
Data de inscrição : 06/08/2019

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 15/6/2020, 22:45
Psiquinho, eu concordo com os colegas.

A gente percebe que é uma situação que vai além da PMO em si. É algo mais como esse hábito de associá-la ao seu refúgio, quando você se depara com essa questão sensível que você apontou, e que imagino ser bem complicada. No meu caso ela também era mais relacionada com outros fatores, não tão complexos, mas que de certa forma eram sua causa.

Estamos aqui para te apoiar, amigo, lembre-se de tentar não se culpar por isso.

Desejo tudo de bom para você nesse recomeço!
Beijinhos e abraços de luz!

_______________________________________



RECORDE SEM M.O: 51 DIAS
MEU DIÁRIO DE PRINCESA  
psico
psico
Mensagens : 600
Data de inscrição : 06/11/2016

Diario psico - Página 37 Empty Paciência.

em 16/6/2020, 00:03
Eu quero agradecer pelo apoio de todos depois dessa queda e quero dizer que estou decidido à chegar ao fim não importa o quanto eu recaia.

Eu vou desabafar e dessa vez eu vou falar da verdadeira raiz do vício. Talvez eu já tenha até dito isso algumas vezes, mas como vocês bem notaram, sim, meu problema vai além da PMO. O vício é consequencia de algo do qual eu por mais que tente, ainda nao consegui aceitar por completo, e sim, é uma fuga para um mundo falso de sensações boas. As unicas sensações que eu aprendi à ver como boas em minha vida.

Quando eu ainda era criança, com 11 anos, eu realmente achei que estaria entrando na fase da adolescencia e que iria aproveitar muito bem esse período. Porém, de uma hora pra outra, eu me vi sendo obrigado à mudar de estado, fui morar com meu irmão mais velho e deixei todos os meus amigos para trás. Minha rotina mudou. Me tornei um menino amargurado, solitario, triste, sem amigos, já que o local onde eu morava era extremamente perigoso, e eu não saia pra brincar ou conversar como era na minha cidade natal. Na escola por não conseguir me enturmar era chamado de viadinho, apanhava, tinha as coisas roubadas e sonhava com o dia em que eu iria voltar para minha cidade. Bom, no meio de todo esse inferno meu padrastro, dono da casa onde minha mae e eu morávamos cometeu suicídio. Eis aí que surgiu a depressão da minha mãe a qual ela luta até hoje contra.

Entrei na adolescência me sentindo um deslocado. Sem muitos amigos ainda, e com toda a loucura desse período, a sexualidade foi se revelando pouco a pouco quando eu me vi realmente apaixonado pelo meu melhor e unico amigo na escola. Até que de uma hora pra outra, ele foi embora. Mais uma perda. Sozinho de novo. Um pouco mais a frente fiz amizade com um vizinho meu (evangelico) onde a amizade foi evoluindo e tive minha primeira experiência sexual com ele. Até que no auge de tudo, outra mudança. Pra não perder a amizade, decidi entrar para a igreja, mas faltava algo. Faltava aquela sensação de acolhimento completo digamos assim. Descobri a PMO. Tou preso nela até hoje por que ela me faz ter essa mesma sensação. Parece que sou acolhido, parece que eu volto no tempo digamos assim, pra uma época sem problemas.

Depois de adulto, tenho poucas experiências de fato memoráveis. Logico que as poucas que eu tenho foram por meio da igreja. Mas tirando isso, não houve nenhuma. O vício drenou minha energia e me colocou num casulo. E todas as vezes que algo frustrante ocorre, parece que o desconforto é insuportável e minha unica saída é fazer a mesma coisa. Não pelo conteúdo, mas pela sensação.

Sabe qual o maior ponto forte do vício? Ele te dá um prazer pronto e rápido. Sabe o ponto fraco? É um prazer que dura pouco e não muda sua realidade.

Sabe o maior ponto forte do reboot? Ele te dá um prazer permanente e uma felicidade verdadeira. Sabe o ponto fraco? Isso acontece bem devagar e por demorar acaba te fazendo duvidar se é realmente verdade.

Meu refugio sempre foram as brincadeiras na rua até tarde da noite, as conversas na calçada, a ida na casa dos amigos pra jogar videogame, os passeios de bicicleta nas trilhas. Perdi tudo isso e parece que nunca mais fui feliz de fato. Sim, já relatei isso com minha psicóloga. E olhando pra minha história, um tanto quanto é justificável o porquê do vicio ser algo tão complicado para que eu vença.

Mas mesmo assim, as pessoas ainda me vêem como alguém forte e maduro. Hoje mesmo um amigo do trabalho que perdeu o irmão para o câncer (que também trabalhava onde eu trabalho) me ligou pra desabafar. Ele sabe que eu faço Psicologia e eu sem nem ter algo pronto disse algumas coisas. Ele me agradeceu bastante depois disso.

Eu fiquei pensando muito sobre a minha propria vida, o que eu quero pra mim, o que eu quero alcançar. O quanto de parcela dessa conquista vai vir com o reboot. O que pode mudar depois disso...

Enfim... eu só peguei meu celular e quis digitar até não ter mais nada pra escrever. Pelo menos, seria o que eu escreveria em um diário.

Vou dormir.

_______________________________________
David Silva
David Silva
Mensagens : 2628
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 34

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 16/6/2020, 10:18
Olá Psico.
Ótimo relato e sinta-se abraçado.
O seu pai é falecido?
A igreja é evangélica?
Abraços!

_______________________________________
Recordes:
90 dias - em 2015
71 dias - em 2016
32 dias - 2017 - maio
15 dias - 2017 - junho/julho
32 dias - 2017 - agosto
26 dias - 2018 - janeiro
81 dias - 2018 - julho
20 dias - 2018 - dezembro
15 dias - 2019 - janeiro/fevereiro
44 dias - 2019 - março/abril
43 dias - 2019 - julho
39 dias - 2020 - janeiro
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

sbtrktr
sbtrktr
Mensagens : 41
Data de inscrição : 23/06/2019

Diario psico - Página 37 Empty Re: Diario psico

em 16/6/2020, 14:17
psico escreveu:

Sabe o maior ponto forte do reboot? Ele te dá um prazer permanente e uma felicidade verdadeira. Sabe o ponto fraco? Isso acontece bem devagar e por demorar acaba te fazendo duvidar se é realmente verdade.


apesar de ficar empolgado com os relatos de sucesso daqui do fórum, eu não sei onde o reboot vai me levar, não sei se irá resolver os meus problemas etc. mas tenho certeza de uma coisa: da forma como me comportava não quero continuar. a masturbação pra mim tinha perdido completamente o seu significado natural e virou outra coisa, muitas vezes apenas o escape para as tensões da minha vida. acho que sexo e masturbação são coisas naturais e gostosas, mas no meu caso sinto que foram infectados pela pornografia, e que agora preciso passar por esse processo de desinfecção. espero que esse ponto de vista de ajude.

muito forte teu relato, espero que as coisas possam correr da melhor fora possível. já tentou meditação? acho esse vídeo uma boa: https://www.youtube.com/watch?v=c5GH1IU0EpA

_______________________________________
meu diário: https://www.comoparar.com/t9324-diario-do-sbtrktr

Períodos sem PMO: 06/06 - 14/07; 29/09 - 29/10; 12/06 ...
Períodos hard mode: 01/07 ...

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum