Do inferno ao céu... A ascensão.

+22
firstman062018
Cavaleiro Oculto
TheFinalCountdown
Joseph
Jowsee
Lucky Luke
João Preve
Inspetor
Fuzion
Buda
Marker
5&4
NTesla
ShadowMind
AT 10
Wayne
Marco
Broda
Stark
Arthur Pendragon
Gregory16
Optimus Prime
26 participantes
Ir para baixo
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

16/6/2018, 23:28
Fico realmente muito feliz em saber que meus relatos inspiram a outros, saber que minha luta pode servir de motivação para outros.
Um relato extra que gostaria de fazer, é que tenho diminuido muito essa supervalorização da ereção, essa ideia de que nós, homens, devemos estar sempre prontos para o sexo, com ereção à todo instante.
É normal ter dias em que não queremos sexo, assim como as mulheres. É normal, durante a relação sexual, perder a ereção em alguns momentos - principalmente se você estiver ansioso. Não há problema algum em ser visto com o pênis flácido, isso não é vergonha e muito menos uma derrota. Somos seres humanos, não máquinas do sexo, estamos propensos a falhas e isso não significa que há algo de errado conosco.
O sexo deve ser um momento de prazer e conexão, não uma tarefa onde seu objetivo é ter a ereção mais forte possível e demorar o maior tempo que puder sem ejacular. É um momento para se curtir, sem pressão e preocupação.
Parte do nosso pensamento do que é sexo e como um homem deve desempenhar durante o sexo, é devido à falsa imagem que a pornografia nos proporciona, de que homens são máquinas potentes de sexo, com o único objetivo de meter em mulheres o maior tempo possível, nas mais diversas posições e gozar. A vida real não é assim e nunca vai ser, pois o prazer da mulher também importa - e nenhum homem, naturalmente, terá tal desempenho pornográfico.
Por fim, digo à todos que não tenham pressa. O caminho não é facil e não é rápido. No caminho, você terá que enfrentar e superar a ansiedade também - é muito comum desenvolvê-la devido aos traumas de DE,EP, etc - , questões pessoais inerentes às suas próprias experiências e ao mesmo tempo enfrentar toda a questão do vício. Mas somos todos capazes e fortes o suficiente. Não se sinta inferior por ver alguém com maior tempo de reboot, cada um tem seu próprio ritmo e suas próprias lutas, mas não desistam! A vitória já é nossa, creiam nisso.
Um grande abraço, Wayne.

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Negan
Negan
Mensagens : 124
Data de inscrição : 03/05/2018

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

18/6/2018, 01:17
Negan escreveu:Fala mano Wayne, tudo tranquilo?
É incrível que toda vez que leio seu diário tenho alguns insights sobre a PMO e como me identifico com seus relatos amigo! Coisa de louco mesmo... kkkkk

Fala mano Wayne! Como está meu amigo? Tudo em ordem?

Primeiramente queria dizer que você é um grande guerreiro meu amigo! Seu diário é realmente muito inspirador, até fiz um quote de um post que fiz aqui a algum tempo no seu diário! É impressionante como toda vez que venho aqui tenho esses insights, tudo o que você escreve faz sentido...

Abraços! king

_______________________________________




Deem uma passada e comentem a vontade:
- Meu diário

- e-mail: negansavior@outlook.com.br
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

19/6/2018, 00:05
firstman062018: Tinha esquecido de responder, pode deixar que irei conferir seu diário. Não tenho entrado muito no fórum devido o tempo corrido. Abração!
Negan: Fico feliz que se identifique e espero que possa tirar proveito dos meus relatos, de alguma forma. 41 dias de reboot, ta voando também em meu mano? O tempo tá passando rápido. É isso ai, tamo junto! Abração

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Dia 70 - Uma nova esperança
Dia 70, falta cada vez menos para a tão esperada marca de 90 dias. As coisas tem voltado a melhorar, e melhoram cada vez mais, sinto como se o reboot fosse uma insana montanha russa, onde eu subi, desci e agora subo mais alto do que antes - o que eu espero que não implique numa descida ainda maior, risos.
Ontem, fui a casa da minha namorada e notei que minha ansiedade está beeem menor. Transamos duas vezes e foi simplesmente incrível, mantive minha ereção a todo momento, consegui controlar meu tempo de ejaculação e prolongar bastante e tive orgasmos incríveis, proporcionando o mesmo para minha namorada. Não lembro a última vez em que transei a ponto de sair suado, provavelmente porque essa vez nunca existiu. Como tenho vício desde a adolescência, minhas melhores experiências sexuais foram com minha atual namorada, já que faço o reboot desde o início do namoro. Com minha ex, eu tinha EP, ER, algumas vezes DE e as relações não eram satisfatórias - aguentar transar mais de uma vez no mesmo dia também era muito raro. Mas é importante ressaltar que minha ex também era bem pé atrás com sexo, então era difícil me sentir satisfeito, o que com certeza implicou no meu aumento do consumo de P.
Sinto muito mais disposição e energia sexual, meu bat-dick (como diz meu amigo Stark) está muito mais sensível, os orgasmos e toques são muito mais prazerosos. Hoje, fui tocar nele e tive uma puta ereção que não abaixava de jeito nenhum, dessa vez me peguei até desejando que a ereção sumisse logo (que coisa, não?)
Hoje também quase dei mole, de novo esbarrei com gatilhos. Por mais que eu esteja muito mais no controle, todo cuidado é pouco e não posso mentir dizendo que não sinto vontade nenhuma quando isso acontece. Tenho medo que alguma hora eu perca o controle, talvez num dia de ansiedade ou que eu esteja brigado com minha namorada, então é bom se policiar mais - infelizmente, não podemos navegar 100% em paz sem o risco de esbarrar com pornografia.
Enfim, a compulsão por masturbação sumiu, me sinto plenamente satisfeito com minha namorada e o sexo é suficiente pra mim. Apesar de algumas vezes sentir algum desejo por pornografia, não sinto compulsão também, me sinto cada vez mais realizado e no controle da minha própria vida e a sensação é incrível, espero que todos que estão lendo possam desfrutar do mesmo.
E que venham os 90 dias, 120, 300 e o resto da vida sem pornografia!
Um grande abraço, Wayne.

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

19/6/2018, 16:18
Dia 71 - Nem tudo são flores

Ultimamente tá f**a navegar em paz na internet. Tentei novamente utilizar o Pinterest pois, como disse, é uma ferramenta ótima para mim que desenho. Decidi pesquisar como bloquear pornografia por lá e, resultado: esbarrei com pornografia DE NOVO. Hoje foi ate pior, pois foi realmente uma imagem pornografia, não somente erotica - não me permiti olhar nem por um segundo sequer.
Apesar de conseguir resistir, isso me perturba bastante. Eu queria me manter o mais limpo possível e eu diria que, pra mim, esbarrar em conteúdos eróticos e/ou pornográficos é o equivalente a sentir o cheiro de um bolo de chocolate para alguém que está tentando largar o doce devido à diabete - você não está comendo o bolo, mas a chance de você não resistir e acabar devorando um pedaço é bem maior do que se você não estivesse tentado com o cheiro.
A conclusão que cheguei é que, infelizmente, nosso tempo na internet deve ser limitado e objtivo. Sim, eu sei que é algo obvio para a maioria, mas acredito que o vicio em computador/internet seja ainda maior que o vício em pornografia (até porque, sem PC/Internet, dificilmente haverá consumo de pornografia), o que implica numa "teimosia" de se manter na internet mesmo sabendo dos riscos.
Irei limitar meu tempo na internet e, infelizmente, terei que de fato abdicar do Pinterest. Estou um pouco chateado por esbarrar nessas coisas, sinto como se estivesse "sujando" meu reboot e sinto como se, de alguma forma, estivesse me prejudicando nesse quesito, talvez até regredindo. Contudo, tento manter a ideia de que não estou consumindo pornografia por vontade própria e, segundo as regras do reboot, não resetei por isso - afinal, não da pra ter controle de tudo que vem aos nossos olhos, o controle está em o que faremos com aquilo, admirar ou ignorar, aceitar ou recusar.
Por fim, hoje estou num dia ruim, me sinto desanimado e inseguro, com a auto estima um pouco baixa. Devido esses sentimentos negativos, devo me policiar ainda mais quanto esses gatilhos, pois num momento ruim, um pequeno gatilho de pistola pode se tornar o gatilho de uma AK-47. Precaução nunca é demais quando se trata de reboot.
Grande abraço, Wayne.

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

22/6/2018, 14:41
Dia 74: Uma velha amiga

Hoje me sinto com a líbido baixa, não estou sentindo vontade de transar (nem de me masturbar), talvez esteja experimentando de novo a flatline.
Ontem, acabei me masturbando sem necessidade, acho que por estar com sono não pensei muito bem. Não utilizei estimulos artificiais, como sempre, e o orgasmo foi bom. Contudo, fiquei me sentindo culpado, devido a muitas opiniões radicais que se encontra aqui no fórum. Embora seja claro que o objetivo do reboot é abstenção de pornografia, há um certo radicalismo construído que condena até mesmo a masturbação, o que torna inevitável pensar sobre isso após o ato e sentir culpa. Obviamente, visto os prejuízos proporcionados pela pornografia e o risco de voltar à mesma ao se praticar masturbação, é até compreensível que muitos rebooters tomem pra si esse "radicalismo".
Ainda ontem, pela tarde, encontrei minha namorada e tive dois orgasmos com ela, com masturbação e oral - não transamos pois foi inesperado e eu não estava com camisinha. Algo que me incomoda, é que notei que ainda perco ereção durante o sexo oral nela, mesmo sentindo muito prazer em fazer isso. Não sei dizer, mas sinto que a ereção não estava tão boa e fiquei meio ansioso, devido a culpa de ter me masturbado.
Hoje, como disse, não estou com líbido alta e estou um pouco preocupado, pois amanhã ou domingo verei minha namorada e tenho medo que isso volte a me acarretar ansiedade, medo que tenha que passar por toda aquela situação de novo. Além disso, estou preocupado que a masturbação seja causa disso, embora não exista nenhum embasamento científico sobre isso, como é com a pornografia. O próprio método diz que o objetivo é abstenção de pornografia e que a masturbação, sem o auxílio de estímulos artificiais, não acarreta nos mesmos prejuízos e, portanto, não é motivo de reset.
É importante ressaltar que não estou tendo efeito caçador, e eu acho o sexo muito mais prazeroso. Ter me masturbado não mudou isso. Antigamente, eu preferia masturbação e pornografia ao sexo, no entanto, posso afirmar, com certeza, que hoje já não é assim e eu, de fato, me masturbei sem real necessidade - não estava com vontade, fiz por fazer.
Enfim, devido essa culpa, irei parar de vez com a masturbação. Enquanto eu tiver a oportunidade de ter orgasmo com outra pessoa, irei me manter sem masturbação, não porque acho que a masturbação vá me prejudicar, mas devido à culpa que desenvolvi e acaba acarretando em ansiedade - e todos sabem que ansiedade e sexo não combinam, meus relatos mesmo mostram isso.
Fiquem a vontade para opinar, estou aberto à qualquer conselhos, desde que seja algo baseado na própria ou em outras experiências, sem achismos, pois acho isso um tanto perigoso. Grande abraço!

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Areswar
Areswar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 08/06/2018

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

24/6/2018, 22:14
Estou acompanhando você acora cara.

Cara você tenta negar que masturbação não afeta o Reboot, vc esta querendo se auto sabotar...

Quer embasamento científico ?

Seu cérebro é viciado e foi por muito tempo, masturbar é sim saudável pra quem nunca viu pornografia oque nunca vai ser seu caso..

Você tem vias neurais que se reconectam toda vez que ejacula, até mesmo no sexo se fantasiar e muito mais na masturbação.

você pensa que por não ver porno e não fanrasiar não está religando essas vias neurais? O subconsciente é muito mais inteligente do que você pensa, o cérebro tem.uma capacidade violenta para se reconectar a antigos padrões mesmo que subconsciente.
Já foi provado cientificamente que quase 90% das nossas atitudes são formadas por hábitos e não decisões pois é a forma que o cérebro tem para ser uma máquina que gasta menos energia, leia o livro o poder do hábito e pesquise mais sobre o lado científico do vício.

O Reboot é pra enfraquecer essas vias neurais, assim como um viciado em cocaína sempre vai ser um ex viciado mas nunca vai apagar o fato de que ele foi viciado e de que no cérebro dele existem as velhas conexões do vício.
Isso sem falar que vício em drogas é mais fácil de corrigir do que vício numa necessidade fisiológica e psicólogica como o sexo.

Mas se vc quer arriscar, arrisque.
Só não fique reclamando e duvidando do pq de não estar indo 100% as vezes, quando já sabe a resposta.

Você tem sua namorada e quando não tem ela por perto tem que saber e aprender se controlar, não é nem questão de ser saudável se masturbar ou não, é sobre auto controle.

Eu sou bem simples, duro e direto, espero que veja que quero abrir sua mente.

Parabéns pela meta atingida e se puder olhar meu diário ficarei mto grato.
Fique com Deus.

_______________________________________
Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Maxresdefault

Meu diário:


https://comoparar.forumeiros.com/t7735-ares-war

Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

25/6/2018, 00:42
Olá, amigo. Bom, concordo e discordo e irei explicar o porquê.
De fato, a masturbação reativa os mesmos caminhos neurais da pornografia quando você a faz FANTASIANDO e o ebook é muito claro sobre isso. Não me engano e sei dos riscos da masturbação, inclusive afirmo aqui mesmo que não recomendo a ninguém pois recai diversas vezes devido o efeito caçador da masturbação.
No próprio site, há uma página sobre “resetei ou não?” com diversas opções, e uma delas é a masturbação sem fantasia. Não é considerado reset e não prejudica o experimento. Obviamente, para muitos, uma masturbação sem fantasia é quase impossível e por isso essa associação.
Por fim, como disse, não sinto necessidade de masturbação e eu, realmente, fiz por fazer. Me sinto completamente capaz de viver sem masturbação e é o que farei, assim como é o que recomendo, principalmente aos que tem uma parceira disponível para sexo.
Sobre o desempenho, meu maior problema tem sido ansiedade, não a masturbação. Fato que comprova isso é que, certa vez, já no Reboot, transei 2 dias após me masturbar e foram 2 transas otimas no mesmo dia. Já mais recentemente, há um bom tempo sem me masturbar, estava ansioso e não fiquei 100%. Mas, claro, ao estar sem masturbação há uma economia muito grande de energia e isso, de fato, melhora o desempenho no sexo, então não posso discordar 100%.
Alem disso, tenho notado que ainda estou passando pela flatline, mas ela vem em alguns dias apenas, não é duradoura. Ontem, por exemplo, fui ver minha namorada e minha libido estava relativamente baixa, o que acabou me deixando ansioso. Ela conseguiu me esquentar e transamos duas vezes. Perdi ereção algumas vezes nas preliminares, mas depois de esquentar, não tive problema algum com ereção durante a colocação da camisinha e durante a penetração (que era o momento fatal de DE).
Enfim, agradeço sua vinda ao meu diário, essa troca de ideias é ótima e agrega muito ao Reboot. Pode deixar que visitarei seu diário assim que tiver tempo. Grande abraço!

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

27/6/2018, 10:46
Dia 79 - Contagem regressiva

Faltam 11 dias para os tão sonhados 90 dias! Nunca imaginei que um dia chegaria, mas estou chegando. Contudo, tento não focar tanto na questão dos 90 dias, pois percebo que no fórum há um certo padrão de reset logo após os 90 dias, provavelmente porque nos prendemos tanto à ideia de 90 dias que quando alcançamos essa marca, achamos que estamos 100% curados e passamos a nos descuidar, o que fatalmente resulta em resets ou até mesmo em recaídas.
Não acredito que estarei 100% curado nos 90 dias, principalmente por ser jovem e por ser sido exposto a pornografia tão cedo, com poucas experiências sexuais durante a adolescência e, portanto, pretendo realizar "outro" reboot, com mais 90 dias, para limpar os erros que cometi nesse reboot e para ter certeza que, de fato, estou curado. Estive refletindo e penso que meu reboot não foi o melhor que poderia ter sido, com muitos vacilos, o que não tira o mérito e a maravilha que o reboot tem sido para mim, apenas sinto que não alcancei o potencial que eu podia ter alcançado se tivesse feito algumas coisas diferentes, como falar para minha namorada sobre os nudes desde o início e tomar mais cuidado com a internet (toda aquela questão do Pinterest, etc). Porém, tento não radicalizar tanto, pois acredito que a vida se baseia no equilíbrio e nenhum tipo de radicalismo é bom.
Sim, o objetivo é abster-se pro resto da vida, mas é insensato colocar como meta o "para sempre", pois se torna algo a completo longo prazo e pode-se parecer até algo inalcançável. Acredito que trabalhar com pequenas e médias metas (30-90 dias) é mais produtivo e torna o processo mais possível - o para sempre é algo abstrato.
Tenho tido dias de baixa líbido e dias de alta líbido, uma grande montanha russa. Noto que minha DE provinda da PMO já praticamente não existe, não perco a ereção para colocar camisinha (uma técnica que uso é pedir minha namorada para fazer oral enquanto abro a camisinha e etc, pois o tempo de abrir o pacote é o tempo de você permitir a ansiedade invadir sua mente e acabar com tudo, portanto é melhor se manter concentrado no prazer) e muito menos durante a penetração. Quem acompanha meu diário, sabe que a camisinha era algo fatal pra mim. Contudo, há alguns momentos em que acabo gozando mais rápido do que gostaria (Não EP) ou em que perco ereção durante as preliminares, PRINCIPALMENTE e quase exclusivamente, durante o sexo oral na parceira, pois ainda lido bastante com a ansiedade. Durante o sexo oral, acabo me distraindo bastante (e acredito que ainda haja resquícios do vício em mim).
Ontem, minha líbido foi às alturas. Eu senti uma necessidade enorme de ter um orgasmo e, ao invés de recorrer a masturbação como normalmente fazemos nesses momentos, tive a melhor atitude possível : falei com minha namorada e fui até a casa dela, onde tive um orgasmo maravilhoso, duas vezes. Com isso, acredito que irei reconectar ainda mais o meu cérebro, pois mostro-lhe que a melhor, e única, maneira de se obter um orgasmo, é esforçando-se para sair da zona de conforto e indo transar. Ao se masturbar, você se coloca numa zona de conforto e sempre que tiver necessidade, recorrerá primeira à masturbação. É importante ressaltar que estou dizendo no meu caso, pois há rebooters que não possuem uma parceira para o sexo e isso se torna impossível - mas recomendo que, mesmo para esses, busquem o sexo de alguma forma.
Enfim, estou caminhando e espero poder, com minha caminhada, motivar outros rebooters e espero que, com minha experiência, eu possa ajudar outros que estão/estiveram no mesmo buraco que eu. Somos todos irmãos, frutos de um mesmo e destruidor vício, e devemos estar sempre dando forças uns aos outros.
Grande abraço, Wayne.

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Areswar
Areswar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 08/06/2018

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

27/6/2018, 17:51
Legal Wayne, bom cada um pensa de uma forma, eu cheguei num estágio em que a pornografia me causou tanto mal que a ideia de pensar nela já me causa pânico e medo então é difícil pra mim voltar, eu não ponho meta até nem olho o contador. Eu perdi a virgindade com.20 e ainda estando viciado então quase não tenho experiência de sexo real satisfatorio, com certeza vou precisar de mais que 90 dias, é até meio irracional pensar que anos de vício se vão com 90 dias.
Para mim é como a palavra dieta e reeducação alimentar, falar que está em dieta tem um peso psicológico, falar que faz reeducação alimentar muda o ponto de vista para algo eterno, um novo modo de viver, mas lembrando, esse sou eu. Sua maneira de pensar também está correta, e parabens por chegar até aqui, não tem palavras que descrevam essa vitória, vc sabe pois viveu, venceu.

Queria saber quais benefícios vc teve fora da esfera sexual?

Tamo junto, fique com Deus.


_______________________________________
Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Maxresdefault

Meu diário:


https://comoparar.forumeiros.com/t7735-ares-war

avatar
the titan
Mensagens : 101
Data de inscrição : 06/04/2015
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

27/6/2018, 17:56
Fala Wayne blz? Cara hoje eu tirei uns minutos do dia pra ler completamente o diário de alguém aqui. escolhi o seu. Parabéns pelos 80 dias, pela sua história e persistência. E te falar q é sim uma inspiração pra galera daqui. Valeu por dividir sua história. Tmj

_______________________________________


Recorde: 44 dias
Recorde hard mode: 38 dias


Meu diário
http://www.comoparar.com/t457-the-titan-diario
Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

29/6/2018, 11:14
the titan: Fico muito feliz em ler isso, de verdade. Isso me dá ainda mais forças para não desistir, me mantém motivado à continuar o caminho. Tamo junto!
Areswar: Então, embora eu fale mais dos benefícios com relação ao sexo, tive muitos benefícios em outras áreas da minha vida também. Alguns deles:
- Maior foco e concentração, principalmente nos estudos;
- Maior prazer por pequenas coisas do dia-a-dia, como um pôr-do-sol;
- Maior carinho e afeto, sem que todo contato físico deva significar sexo;
- Melhor capacidade de compreensão, principalmente com relação ao sexo (irei fazer um relato depois que exemplifica melhor isso);
- Mais tempo livre, já que eu costumava gastar pelo menos umas 2h com pornografia;
- Menor ansiedade social e maior capacidade de socialização;
- Mais atitude, etc.
Enfim, acredito que existam ainda mais benefícios, mas há muitas coisas que nem percebemos. Esses foram os benefícios mais evidentes, que consigo observar com maior clareza.
Certamente, algo que funciona pra mim, talvez não funcione pra você. Mas desde que estejamos longe do vício, tudo é válido e compartilhar opiniões e experiências é sempre muito produtivo, pois há sempre algo para ser absorvido. Abração!

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
Lucky Luke
Lucky Luke
Mensagens : 281
Data de inscrição : 21/12/2016
Idade : 27
Localização : Brasília

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

1/7/2018, 09:44
Wayne escreveu:Então, embora eu fale mais dos benefícios com relação ao sexo, tive muitos benefícios em outras áreas da minha vida também.

Essa é a grande sacada do Reboot, pelo menos para mim é o que mais motiva, externalidades que o processo de recuperação nos trás. Wayne as pontuou muito bem.

Continue, siga firme. Sucesso!

Falou!
BrCoyote

_______________________________________
"Enquanto há VIDA, há ESPERANÇA"

Resultados de Destaque:
26 dias (2021),
20 dias (2021),
32 dias (2021),
18 dias (2021),
34 dias (2020),
15 dias (2020),
36 dias (2020),
37 dias (2020),
53 dias (2020),
60 dias (2019),
105 Dias (Virada 2018-2019),
101 Dias (2018).

Meu diário: Click e Leia Aqui!

Wayne
Wayne
Mensagens : 137
Data de inscrição : 10/09/2017
Idade : 23
Localização : Gotham City

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

4/7/2018, 14:09
Dia 86 - Na beira do precipício
Chegando aos 90 dias... Tudo maravilhosamente bem e a compulsão ausente. Quem me dera fosse realmente assim, pois nos últimos dias estive - e ainda estou- num frenesi maldito. Razão do título? Por um fio de cabelo, ainda estou de pé no reboot.
Nos últimos dias, após uma transa maravilhosa com minha namorada no sábado, quase recaí várias vezes. Noto que o cérebro começou a me pregar peças, e eu até mesmo baixei arquivos que eu sabia, inconscientemente, que iria ter pornografia. Hoje foi o pior, pois abri um vídeo que estava no torrent e me deparei com uma cena pornográfica, eu não esperava que fosse acontecer e fiquei muito assustado. Como sempre, desviei o olhar e fechei o mais rápido possível, sem olhar pra tela novamente. Isso me deixou perturbado, pois além de aumentar o frenesi, me fez refletir se eu recai ou não - conclui que não foi recaida, pois lutei contra ao invés de aceitar o que me apareceu.
Está ficando dificil e estou me sentindo muito mal por essas vontades e por ter visto essa cena erótica, mesmo que por um milésimo. Essas vontades me fazem pensar que eu esteja traindo minha namorada, pois é como se eu desejasse outras mulheres nuas. Tudo tem me remetido à pornografia nos últimos dias, até mesmo na minha consulta com a psicóloga me veio uma fantasia ao olhar pra ela (não a desejei, apenas um flash involuntário). Estou me sentindo enfraquecido e muito preocupado...
Refleti esses dias, num momento de muita fissura, sobre o porque de estar nesse caminho, do porque estar em reboot. No momento, ajudou e muito, mas logo isso volta a não fazer sentido e a compulsão começa a se tornar cada vez maior do que qualquer motivação que eu tenha.
Também tenho sentido que estou sentindo mais vontade de PMO do que de sexo ultimamente, algo que não acontecia há um bom tempo. Enfim, estou preocupado se, com tudo que relatei, eu tenha fracassado e deve resetar o experimento. Estou me sentindo triste e muito ansioso. Agora, após esse "acidente" a compulsão até diminuiu um pouco e estou sentindo mais tristeza do que tudo, pois apesar de já ter esbarrado com nudez, não esperava ver uma cena pornográfica, mesmo que eu tenha desviado o olhar. Sinto que falhei e cometi erros que não deveria ter cometido. Sinto que perdi o meu propósito e que já não enxergo porque estou nesse caminho...

_______________________________________



Meu Diário: http://www.comoparar.com/t5956-do-inferno-ao-ceu-a-ascensao


"A dor pode durar um dia, uma semana ou até um ano. Mas uma hora ela vai sumir e algo bom vai tomar seu lugar. Se você desistir, entretanto, ela irá durar pra sempre"
SrGuaxinim
SrGuaxinim
Mensagens : 5
Data de inscrição : 04/07/2018

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

4/7/2018, 23:13
Embora eu seja novo no fórum, estava lendo seu diário, seus últimos posts, e parabéns você esta prestes a concluir sua primeira etapa.
Ao meu ver você não falhou, sabe o que é essa ansiedade e essa vontade de ver pmo que esta se sobressaindo a vontade de ter relações com sua namorada?
Exatamente o fato de você estar no bem na reta final dos 90 dias, isso faz com que você exija mais de si mesmo(pelo medo de falhar, o que acaba fazendo você sentir essa vontade de consumir pmo), e junto vem a ansiedade por estar prestes a completar algo que você falhou diversas vezes, fica tranquilo que você não precisa resetar o contador, e mete um sorriso nessa sua cara pq ficar triste com isso pode te levar a ver pornografia. Força irmãao!

_______________________________________
PORNOGRAFIA


MASTURBAÇÃO

Cavaleiro Oculto
Cavaleiro Oculto
Mensagens : 659
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 27
Localização : Gotham

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

4/7/2018, 23:36
Wayne escreveu:
Dia 86 - Na beira do precipício
Chegando aos 90 dias... Tudo maravilhosamente bem e a compulsão ausente. Quem me dera fosse realmente assim, pois nos últimos dias estive - e ainda estou- num frenesi maldito. Razão do título? Por um fio de cabelo, ainda estou de pé no reboot.
Nos últimos dias, após uma transa maravilhosa com minha namorada no sábado, quase recaí várias vezes. Noto que o cérebro começou a me pregar peças, e eu até mesmo baixei arquivos que eu sabia, inconscientemente, que iria ter pornografia. Hoje foi o pior, pois abri um vídeo que estava no torrent e me deparei com uma cena pornográfica, eu não esperava que fosse acontecer e fiquei muito assustado. Como sempre, desviei o olhar e fechei o mais rápido possível, sem olhar pra tela novamente. Isso me deixou perturbado, pois além de aumentar o frenesi, me fez refletir se eu recai ou não - conclui que não foi recaida, pois lutei contra ao invés de aceitar o que me apareceu.
Está ficando dificil e estou me sentindo muito mal por essas vontades e por ter visto essa cena erótica, mesmo que por um milésimo. Essas vontades me fazem pensar que eu esteja traindo minha namorada, pois é como se eu desejasse outras mulheres nuas. Tudo tem me remetido à pornografia nos últimos dias, até mesmo na minha consulta com a psicóloga me veio uma fantasia ao olhar pra ela (não a desejei, apenas um flash involuntário). Estou me sentindo enfraquecido e muito preocupado...
Refleti esses dias, num momento de muita fissura, sobre o porque de estar nesse caminho, do porque estar em reboot. No momento, ajudou e muito, mas logo isso volta a não fazer sentido e a compulsão começa a se tornar cada vez maior do que qualquer motivação que eu tenha.
Também tenho sentido que estou sentindo mais vontade de PMO do que de sexo ultimamente, algo que não acontecia há um bom tempo. Enfim, estou preocupado se, com tudo que relatei, eu tenha fracassado e deve resetar o experimento. Estou me sentindo triste e muito ansioso. Agora, após esse "acidente" a compulsão até diminuiu um pouco e estou sentindo mais tristeza do que tudo, pois apesar de já ter esbarrado com nudez, não esperava ver uma cena pornográfica, mesmo que eu tenha desviado o olhar. Sinto que falhei e cometi erros que não deveria ter cometido. Sinto que perdi o meu propósito e que já não enxergo porque estou nesse caminho...

Que isso cara, pode ficar tranquilo, de forma alguma é motivo pra recaída, vivemos em tempos que tudo é sexualizado e de fácil alcance. Você deu a resposta correta ao gatilho: desviou o olhar. O problema estaria se você acessasse o conteúdo de maneira proposital e insistisse levando um tempo considerável. Essa compulsão pode ser consequência do efeito caçador. Lembre-se que 90 dias é um periodo médio, pode levar mais tempo pra uns e menos pra outros. Essa oscilação emocional é normal.

Muito importante que você tome as ações necessárias para evitar acesso a Pornografia, já que esta vulnerável.

Abraços!!

_______________________________________
Acompanhe o meu diário
TheFinalCountdown
TheFinalCountdown
Mensagens : 11
Data de inscrição : 07/06/2018

Do inferno ao céu... A ascensão.  - Página 7 Empty Re: Do inferno ao céu... A ascensão.

7/9/2018, 14:20
Fala Wayne! E aí, como vão as coisas, cara?

_______________________________________
Metas:

1   DIA   - 100%
3   DIAS - 100%
7   DIAS - 86%
10 DIAS -
14 DIAS -
30 DIAS -
60 DIAS -
90 DIAS -
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos