Ir para baixo
Akarige
Akarige
Mensagens : 4
Data de inscrição : 18/01/2018

No meu caso, esse método ajudaria? Empty No meu caso, esse método ajudaria?

18/1/2018, 17:04
Olá.
Bom, vou abrir meu coração aqui.
Eu tenho 27 anos hoje e já fui bastante viciado em pornografia. Aliás, sempre gostei muito de sexo, porém como era bastante inseguro, tinha receio de chegar nas meninas. Na verdade, até os meus 12 anos eu tentava bastante. Foi quando comecei a me achar gordo demais, não tão boa pinta e comecei a acreditar que tinha um pênis pequeno, o que me deixava ainda mais inseguro. Arrumei uma namorada virtual de outro estado, a qual nunca conheci pessoalmente e que acabou me "traindo" com outra pessoa. Cheguei a inventar a história de que havia ficado e transado com uma menina aos meus 15 anos para não parecer menos do que meus amigos, o que foi uma babaquice na época.
Porém, sempre achei que não iria conseguir satisfazer uma menina sexualmente e o sexo se tornou algo só meu, via pornografia todos os dias, as vezes mais de uma vez por dia, ja me masturbei até introduzindo o dedo no anus e fiz isso um bom tempo, era como se eu fosse o "sexo completo", sempre me batia um grande arrependimento depois e uma sensação de que não era aquilo que eu gostava. Conheci a pornografia com travestis e me viciei nela, dos 16...17 anos até meus 23 mais ou menos fui viciado na pornografia. A prática de estimular a próstata havia passado e nunca mais tive curiosidade para isso. Arranjei uma namorada, já havia ficado com uma menina da minha faculdade também e tentado várias outras, porém sempre romântico e inseguro demais.
Estou com essa minha namorada, que agora é minha noiva, há 5 anos, vamos nos casar em breve. Porém, há dois anos ainda assistia algumas pornografias com travestis de vez em quando e até passava perto do ponto onde elas ficavam na minha cidade, sempre seminuas, com corpos siliconados, etc. Um dia, eu estava bêbado e acabei parando o carro próximo do local para fumar um cigarro, até que uma travesti veio até o carro e me pediu uma carona, não pensei em nada e dei a carona. Ela parou num beco para comprar drogas, ali ja comecei a ficar tenso (não uso drogas ilicitas) e também a ver sinais masculinos e me sentir com aversão, porém eu precisava ter a experiencia que eu fantasiava vendo vídeos.
Acabei parando o carro e pedindo um sexo oral, ela topou, mas não consegui ter uma ereção. Nisso ela me pediu para ver o seu penis e eu acabei segurando e até coloquei a boca, ma logo tirei... enfim, saí de la, cheguei em casa e não acreditava, a bebedeira passou na hora, estava com nojo de mim, foi uma das piores sensações que senti na vida.
Fiquei completamente mal, com medo de ter contraído uma doença, qualquer coisa assim, de ter acabado com o meu relacionamento, havia me esquecido da minha namorada. Entrei em uma crise de ansiedade absurda, sempre sofri com ansiedade, mas leve, pequenas encanações com a saúde, etc.
Dessa vez nem dormia, mal comida, minha libido foi a zero, contei para minha namorada, porém omiti a data do acontecimento e não entrei em muitos detalhes, ela entendeu, achou natural ter curiosidades e tal.
O fato é que desenvolvi um medo irracional de virar gay, porém eu realmente não sinto e nunca senti atração por homens, até ja me questionei no passado sobre isso, sempre de forma tranquila, porém acredito que o vicio na pornografia me levou aos travestis e às fantasias, que me levaram à atitude. Há dois anos estou melhor, porém as vezes ainda me torturo com esses pensamentos, de "será que vou virar gay?", "será que sou gay e não sei?", "será que sou gay reprimido?", "como posso ter feito aquilo e não ser gay?". Fora isso na época em que eu ficava me testando para saber do que gostava, não sentia prazer por nada e comecei a me questionar "nossa e se um dia eu virar um tarado?" e depois foi: "e se de tarado eu virar pedófilo?", e tudo isso gerou uma séries de medos irracionais e torturantes.
Sempre me apaixonei e me apaixono até hoje por mulheres, inclusive amo a minha noiva e, nos momentos de lucidez, sei exatamente o que sou e o que quero, mas quero acabar com o sofrimento desses pensamentos que por vezes me perturbam.
Sempre quis ser pai, ter uma família e hoje sinto que destruí muito desse gosto com essa atitude imbecil, não me sinto capaz, me sinto um fraco, perturbado às vezes. Eu imagino que lendo a minha história, muitos vão pensar que sou gay, mas reforço: já me questionei na adolescência e mesmo aos 20 anos e nunca senti atração por homens, mas tive fantasias desviadas pautadas na pornografia. Será que ainda tem como reverter esse sentimento de culpa, esse desprezo por mim e até mesmo o TOC gerado no âmbito sexual? todo esse medo de virar gay, tarado, pedófilo, enfim, ainda que sem motivo, só quem tem sabe como é irracional.
Esse método proposto aqui pode ajudar?
Obrigado pela atenção desde já.
avatar
Convidado
Convidado

No meu caso, esse método ajudaria? Empty Re: No meu caso, esse método ajudaria?

19/1/2018, 13:37
Sim , esse método vai cair como uma luva pra você. A pornografia fez tudo isso com voce.
Voce está sofrendo de Transtorno Obsessivo-Compulsivo homossexual (HOCD). Eu não sofro com isso , mas muitos daqui do fórum sofrem e provavelmente daqui a pouco aparece alguém pra te ajudar. Também não sei muito sobre, então nao vou aprofundar pra nao te explicar coisa equivocada.
avatar
Convidado
Convidado

No meu caso, esse método ajudaria? Empty Re: No meu caso, esse método ajudaria?

19/1/2018, 13:39
Akarige, Espero que esta se torne a sua casa online por muitos anos e que encontre em todos nós uma segunda família.

Certamente, viveremos grandes momentos e todos juntos iremos alcançar muito sucesso. Suas qualidades e capacidades vão acrescentar muitos pontos positivos ao grupo e sei que iremos aprender muito com você também, embora o foco seja ajudá-lo.

É com muita alegria e de braços abertos que hoje recebemos você! Confira algumas orientações, caso já esteja adotando algumas delas, parabéns!

  • Antes de mais nada, leia nossas Regras de Participação, Orientações Básicas e Proibições.
  • Faça o download do Guia Introdutório - Vício em Pornografia, Como Parar?" Guia Introdutório ou adquira o Curso Online Programa Revert (Super Recomendado). Leia o guia introdutório na íntegra, se possível aprofunde-se com o curso online Programa Revert para extirpar definitivamente a pornografia em sua vida por meio do método "Como Parar".
  • Instale os bloqueadores no seu computador. Download do K9 Web Protection e Tutorial de Configuração do K9 Web Protection / Blok Supreme (Super Recomendado. É pago, custa em torno de R$ 30 - R$40) / Download do Qustodio (Versão gratuita já ajuda bastante e você também pode utilizar uma versão mobile).
  • Proteja seus dispositivos digitais. Exclua seus navegadores convencionais e instale o Kids Safe Browser ou Mobicip. Além disso, instale o NetAngel para restrições e bloqueios em geral, bem como o AppLock que pode ser utilizado para bloquear o serviço de distribuição de aplicativos, as configurações do smarthpone, dentre outras coisas. (Para maiores informações e/ou encontrar outras opções para android, iOS, Windowns Phone, acesse a Seção "Ferramentas e Bloqueadores").
  • Instale um contador de dias. Tutorial Contador de Dias (O contador ajuda a te situar melhor durante esse processo, bem como na motivação).
  • Não abandone o fórum, atualize constantemente o seu diário. Inclusive, conte-nos melhor como foi o seu envolvimento com a PMO, para que possamos te orientar melhor. Iremos empenhar todos os nossos esforços para te ajudar, e na medida do possível ajude outros aqui também.

Sucesso no reboot. Um forte abraço!
THE BOY .90
THE BOY .90
Mensagens : 321
Data de inscrição : 16/08/2016
Localização : 9 Invertido

No meu caso, esse método ajudaria? Empty Re: No meu caso, esse método ajudaria?

19/1/2018, 15:38
Seu caso parece ser um caso típico de HOCD, eu também não desenvolvi HOCD mas diversos usuários que estão aqui relataram suas histórias em que se livraram desses impulsos que não condizem com o que você realmente gosta. Você só precisa voltar seu cérebro às configurações originais através do reboot.
Sugiro que crie um diário, porque a não ser que eu esteja enganado, somente usuários com diários podem escrever suas dúvidas.
Confie no processo e só vai!
Abraço!

_______________________________________




Diário


Vamos vencer juntos! I love you
Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos